Caruaru-PE: ROCAM prende dois acusados de tráfico no bairro João Mota

Os soldados Cesar Augusto, Vandilson e Wolney da ROCAM do 4º BPM, estavam fazendo rondas no bairro João Mota, quando se depararam com dois elementos em atitude suspeita na rua Jackson do Pandeiro, e um deles ao ver o policiamento saiu em desabalada carreira e foi visto quando o mesmo jogou uma bolsa no quintal de uma casa, os policiais seguraram o acusado e pediram permissão para entrar no imóvel e encontraram no quintal uma bolsa contendo 20 papelotes de maconha.

Os acusados, Luiz Paulo da Silva, vulgo “Lu Aleijado” de 26 anos, que disse já ter sido preso três vezes, mora na rua Jackson do Pandeiro, no João Mota e Igor Henrique Silva dos Santos, de 18 anos, residente na rua D-7, bairro Kennedy, foram apresentados no plantão da Delegacia Regional, para adoção das medidas de praxe.

DSC07051

DSC07053

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Wolney diz que conseguiu R$ 15 milhões para obras de canalização

Na quarta-feira (2), o deputado federal Wolney Queiroz (PDT) comemorou a previsão de liberação de R$ 15 milhões para a canalização do riacho dos Mocós e do riacho do Salgado, em Caruaru. Esses recursos são oriundos de um convênio, articulado pelo deputado junto com o Ministério da Integração Nacional desde 2011, e que agora chega à fase final, com a liberação. Os empenhos nos valores de R$ 6.193.556,02 e R$ 8.806.443,98 estão registrados no SIAFI.

De acordo com Wolney, a canalização desses riachos era uma necessidade antiga da população não só dos dois bairros diretamente envolvidos, mas de toda a cidade de Caruaru. “Os recursos serão importantes para resolver um problema antigo de vários bairros de Caruaru. A obra prevê a canalização do riacho dos Mocós, que cruza o Boa Vista I e II, o bairro Kennedy e o Caiucá; e vamos canalizar o riacho do Salgado, que corta o principal bairro da cidade”, explicou.

O deputado frisou o cumprimento do processo burocrático para a liberação do dinheiro, ainda na gestão do ministro Fernando Bezerra Coelho. “Foi fundamental estar com todos os projetos prontos e documentação completa. Sem isso seria impossível conseguir o dinheiro. Foi preciso paciência, perseverança e articulação com o governo federal”, concluiu. A Prefeitura de Caruaru fará a licitação para que as obras sejam iniciadas no começo do próximo ano.

2

Fonte: http://blogdomarioflavio.com.br/vs1/