Garanhuns-PE: Uma pesquisa realizada pela cidade teve 80% de aprovação pelos turistas

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Garanhuns (SDE), numa iniciativa inédita, realizou, durante a 24ª edição do Festival de Inverno, que aconteceu entre os dias 17 e 26 de julho deste ano, uma pesquisa socioeconômica com o objetivo de identificar o perfil dos turistas que visitam o município e os números. O estudo dos dados foi concluído este mês e mostra, de maneira detalhada, o potencial de crescimento que o evento ainda possui.

Os pesquisadores de campo atuaram no Parque Euclides Dourado, localizado no bairro Heliópolis; e no Espaço Colunata, situado no centro da cidade. A proposta era a aplicação em áreas com maior diversidade de polos e, consequentemente, de programação, fornecendo um novo banco de dados com conclusões de hábitos do turista em viagem.

Foi constatado que as principais origens que visitam Garanhuns, no período, são vindas dos estados Pernambuco (69%), Alagoas (20%), Rio Grande do Norte (7%), Sergipe (2%) e Minas Gerais (2%). A faixa de idade com maior predominância esteve entre 25 e 34 anos. Aproximadamente 67% dos turistas abordados são solteiros, 31% casados e 2,2% viúvos. O grau de instrução segue a mesma linha de grande diversidade, o fato de atrair pessoas de todas as idades, de várias ocupações, mostrando que 29% possui ensino superior, 31,8% ensino médio e 29% têm ensino superior incompleto.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Geandré Nogueira, em torno de 24% da população visitante disse estar em Garanhuns com frequência média de 15 vezes ao ano. “Mais de 50% respondeu que já visitou a cidade algumas vezes. Os outros pouco mais de 24% responderam que estavam visitando a cidade pela primeira vez. O tempo médio de permanência de todos foi de três dias, justificando, assim, o fator de grande lotação nos meios de hospedagem nos finais de semana”, completa Nogueira.

O levantamento mostra ainda que mais de 80% dos entrevistados disseram que tiveram suas expectativas superadas com a edição do ano de 2014. Entre os pontos positivos citados estiveram à beleza natural da cidade, a limpeza, reformas nas praças e o Parque Euclides Dourado. Sobre a pretensão de retorno para a 25ª edição, 100% dos turistas responderam que deverão voltar.

Foto: Renand Zovka

Foto: Renand Zovka

TV Replay, o que é bom se repete!

Recife-PE: Livro revela a história das pontes da cidade

Construídas com materiais e estilos arquitetônicos diferentes, as pontes do Recife atraem olhares de turistas, estudantes, pesquisadores, arquitetos e da comunidade em geral. Além de cartões postais, essas construções constituem um rico acervo do patrimônio material de Pernambuco.

No entanto, a literatura existente, retrata as pontes de maneira superficial, necessitando de uma pesquisa mais consistente e rica em informações e detalhes. Com base nessa carência, o pesquisador e arquiteto José Luiz Mota Menezes, que preside o Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano (IAHGP), lançou ontem (20), com incentivos do Governo do Estado, através da Fundarpe, o livro “Pontes do Recife: a construção da mobilidade”.

Com 73 páginas e um rico conteúdo, a publicação retrata a história das pontes da cidade, ressaltando os traços arquitetônicos, detalhes da construção, informações históricas, curiosidades e a importância para o crescimento econômico e cultural do Recife. O livro é ilustrado com imagens, mapas e desenhos antigos, além de fotografias atuais de diversas pontes do Recife, hoje consideradas patrimônio material do estado de Pernambuco.

O livro acompanha um CD com áudio-descrição, importante ferramenta de acessibilidade comunicacional para pessoas com deficiência visual. O lançamento do livro acessível no IAHGP integra-se às ações de promoção de acessibilidade cultural da instituição, visto que, seu museu já dispõe de plataforma elevatória, piso podotátil, guia balizadora, auditório e banheiros acessíveis e está finalizando a instalação da sinalização em braile de todo o acervo da exposição.

Para o autor, as pontes do Recife sempre representaram um papel essencial ao crescimento da cidade, desde sua parte mais antiga até a arquitetura moderna. Erguidas em estilos e épocas diferentes, as construções representam símbolos marcantes da história, tendo uma profunda identificação com o cotidiano da cidade.

O livro tem tiragem de mil exemplares, sendo 450 destinados à distribuição gratuita em escolas e bibliotecas públicas, universidades, Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (SEAD) e associações de pessoas com deficiência visual.

O livro será vendido por R$ 25,00 nas livrarias. Sobre o autor – Pesquisador e arquiteto por formação, José Luiz Mota Menezes é professor do Programa de Pós-Graduação em Arqueologia e Conservação do Patrimônio da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); é presidente do IAHGP e membro do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU). Tem vários livros e artigos publicados no Brasil e no exterior, como o Atlas Histórico e Cartográfico do Recife.

unnamed

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Pé de Moleque Gigante espera receber mais de 10 mil pessoas

Nesta sexta-feira, 20, os caruaruenses e turistas poderão apreciar a tradicional festa do Pé de Moleque Gigante, que este ano celebra sua 17ª edição. Para comemorar o sucesso, a organizadora do evento, Maria Eugênia aumentará em 2 metros o tamanho do bolo, que ao invés de 15 metros terá 17 metros, passando a pesar mais de 2 mil kg.

Este ano, serão usados 15 kg de cravo, 15 kg de erva doce, 15 kg de canela, 3 mil e 300 ovos, 40 kg de coco ralado, 70 kg de castanha, 30 kg de margarina, e 5 litros de fermento, além de 2 kg de bicarbonato de sódio, 15 kg de chocolate, 600 kg de mistura para bolo e 30 rolos de papel alumínio para compor as formas .

Segundo a organizadora da festa, Maria Eugenia, dezenas de pessoas estão engajadas para confeccionar o manjá. “Só para fazer o bolo são 20 pessoas e para ornamentar a praça são mais 20. Tudo isso para receber os forrozeiros da melhor forma possível”, destacou.

Além de poder degustar o manjar, os visitantes ainda poderão se divertir e dançar ao som de muito forró. O evento acontecerá na Praça Nossa Senhora Aparecida, às 20h, nas Rendeiras.

Reprodução da Internet

Reprodução da Internet

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Carona solidária tem sido orientada pela Destra

Caruaru recebe neste mês de junho cerca de um milhão e meio de forrozeiros que fazem a festa no Parque de Eventos Luiz Lua Gonzaga e nos principais polos de animação e especialmente neste ano, o número de turistas pode aumentar e muito, por causa da Copa do Mundo sediada aqui no Brasil e com jogos na capital pernambucana.

Para evitar problemas de mobilidade durante os festejos juninos, a Destra orienta os forrozeiros a aderirem à carona solidária que tem como principal objetivo aliviar problemas de congestionamento.

”A prática resulta em menos carros nas ruas, diminuição no trânsito e da poluição. É importante também que os motoristas combinem os detalhes do rodízio, pesquise sites ou aplicativos que deem instruções sobre a carona solidária, como uso do sinto de segurança e da cadeirinha”, orientou Marta Moraes, gerente de Educação da Destra.

Reprodução da Internet

Reprodução da Internet

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Proprietários de bares e restaurantes do Pátio de Eventos estarão devidamente identificados com crachás

Para o forrozeiro se alimentar com segurança, a prefeitura tem o cuidado de coordenar a venda de alimentos dentro do Pátio de Eventos. A Secretaria de Fazenda e Vigilância Sanitária estarão de prontidão para garantir a regularidade desses alimentos. Todos os proprietários de barracas e restaurantes deverão estar identificados com crachá e os turistas devem ficar atentos a isso.

A Secretaria da Fazenda cadastrou esse ano mais de 200 pessoas, entre elas 155 barraqueiros, 28 proprietários de restaurantes e seis quiosques. No crachá há a foto do proprietário, inscrição municipal, endereço, RG, CPF e tipo de atividade que é desenvolvida.

De acordo com Luiz Henrique, gerente de arrecadação externa e integrante do Comitê Gestor do São João, a medida visa garantir mais tranqüilidade aos turistas e moradores da cidade que frequentarem a festa. “São 30 dias de festejos e precisamos ter esse cuidado, pois com a identificação, o forrozeiro poderá saber se está comprando um alimento que está sendo fiscalizado e, por ventura, ocorra algum problema, poderá haver uma denúncia mais elaborada.”, explica Henrique.

O São João começa neste próximo sábado (31) e segue até o dia 29 de junho. Nesse ano de Copa, é espera mais de 1,5 milhão de turistas e uma movimentação financeira de mais de 200 milhões de reais na economia local.

Foto da Internet

Foto da Internet

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Nesse São João houve redução de 30,3% nos acidentes com vítima

Balanço das ações realizadas durante o mês de junho é finalizado pela Destra

De 1º de junho até o dia 30, durante o São João 2013, a Destra atendeu 147 solicitações e prestou 29 apoios à Polícia Militar, além de um à Polícia Rodoviária Federal. Três pessoas foram pegas no teste do bafômetro e 65 motos foram apreendidas porque apresentaram alguma irregularidade ou estavam sendo conduzidas por pessoa não habilitada.  Ao todo 97 acidentes foram registrados, sendo 51 deles apenas com danos materiais e 46 com vítimas.

Os números de acidente com vítima representam queda de 30,3% em relação ao ano anterior quando em 66 acidentes houveram feridos.

As equipes da guarda municipal e dos agentes de trânsito também atenderam a 52 solicitações de fechamentos de vias, além de acompanharem 15 festas de comidas gigantes. No mês junino também foram necessárias 22 escoltas dos artistas que passaram pelo palco principal do Maior e Melhor São João do Mundo.

Para o Cel. José Carlos, presidente da autarquia esse balanço é bem positivo. “Conseguimos atender a cidade de forma macro, em um período que a frota chegou a duplicar. Os agentes, guardas e toda equipe operacional merecem os parabéns”, destacou.

1Blitzes educativas foram realizadas em todos os polos da folia. Cerca 2000 pessoas foram abordadas e metade delas se submeteram ao teste de alcoolemia. Todos receberam orientações sobre os perigos de misturar álcool e direção. Essas Blitzes foram realizadas pelo quinto ano consecutivo.

Os forrozeiros foram parados nos pólos da folia, quando não estavam nos veículos. Em média 70% dos abordados, que fizeram o teste, não tinham ingerido bebidas alcoólicas. De acordo com Marta Moraes, gerente de educação e coordenadora da ação, os outros 40% que acusaram álcool no organismo garantiram que não iriam dirigir.

Caruaru-PE: São João 2013 – Pituxa com Turistas no Forró!

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!