Garanhuns-PE: FIG dedica noite ao forró tradicional

A noite desta terça-feira (24) foi inteiramente dedicada ao forró no FIG 2018. Nando Azevedo, artista garanhuense que carrega em seu repertório músicas autorais e clássicos do Rei do Baião, Genival Lacerda, Trio Nordestino, Os Três do Nordeste, Nando Cordel, Dominguinhos, Jackson do Pandeiro, Flávio José e muitos outros, abriu a noite do forró do Festival de Inverno de Garanhuns. 

Fotos: Hilton Marques (Secom/PMG)

Fotos: Hilton Marques (Secom/PMG)

O cantor caruaruense Petrúcio Amorim foi a segunda atração do palco principal. O artista animou o público com seus grandes sucessos como “Tareco e Mariola”, “Filho do Dono” e “Anjo Querubim”.

37764508_1766361210150432_7041060791109287936_n

Mesmo debaixo de chuva, a Praça Mestre Dominguinhos ficou lotada. Os forrozeiros dançaram muito ao som do cantor Fábio Carneirinho, ele que é nascido no Crato, no Sertão do Ceará, e já viajou mais de 15 países para propagar a cultura nordestina através de seu forró.

37731227_1766404670146086_4296905232488595456_n

Por fim, Santanna, O Cantador, encerrou a noite aquecendo os corações do público presente na Praça Mestre Dominguinhos. O cantor trouxe o melhor do forró tradicional e fez uma homenagem à Garanhuns, cantando “Onde O Nordeste Garoa”, do Mestre Luiz Gonzaga.

37736734_1766561380130415_4796476659920273408_n 37767205_1766561386797081_3487806979596877824_n 37798961_1766561473463739_8070321782013296640_n

Ibirajuba-PE: XI Cavalgada 2016 é vivenciada no município por cavaleiros e amazonas amantes desta tradição

A cavalgada consiste em um evento cultural e tradicionalmente vivenciado nas cidades do interior de todo o Brasil. A cidade de Ibirajuba, situada no Agreste Pernambucano, bem como diversos municípios da região Nordeste do país, vivencia esta tradição há muitos anos, e no último domingo, dia 10 de janeiro de 2016, foi realizada a 11º Cavalgada da cidade. Familiares e amigos reuniram-se na concentração do evento para reforçar suas energias antes de seguir em passeio.

Após um café da manhã bem reforçado, os cavaleiros e amazonas saíram em direção à Paróquia de Santo Izídio, para receber as bênçãos divinas por meio do Padre Jerônimo, e logo seguiram para a fazenda do prefeito do município, onde na ocasião, todos puderam se confraternizar e aproveitar o momento para conversar e dançar o famoso “Pé de Serra”.

Um dos organizadores do evento, Adilson Siqueira, contou como esta tradição cultural, que já está em sua 11º edição, foi idealizada e preservada durante tantos anos. O prefeito de Ibirajuba, Sandro Arandas, externou sua satisfação em participar deste evento junto com amigos e população em geral.

1 2 3 4 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26

Aluízio Sandro Arandas

Agrestina-PE: Festival de Folclore agora fará parte das programações culturais do município

Os primeiros passos já foram dados e, agora, só é preciso ajustar os detalhes. A cidade de Agrestina poderá sediar um Festival de Folclore. A informação foi confirmada pelo secretário de Cultura, Turismo e Juventude de Agrestina, Josenildo Santos, após visita realizada por equipe da Associação Brasileira dos Organizadores de Festivais de Folclore e Artes Populares (ABrasOFFA) ao município esta semana. Ao final, impressionados com o que pôde ser visualizado, os representantes da Associação afirmaram que levarão relatórios à presidência da entidade para possibilitar a escolha de Agrestina para o Festival. A confirmação se dará após aceites por parte dos organizadores e da gestão municipal.

11219439_926718487403078_7374889597722285189_n 12191695_926718440736416_8330606132188474910_n 12193278_926718434069750_7325235548030451394_n 12195914_926718437403083_7232380868194410724_n

Nelson de Almeida Melão e Dilana Olímpia César de Aragão chegaram a Agrestina com a missão de conhecer as potencialidades locais para que a cidade possa sediar um evento que congrega diversos grupos de danças e celebra a cultura e o folclore popular. Partindo desse princípio, o roteiro contemplou o acompanhamento de todo o processo de fabricação do chocalho junto aos artesãos da Vila de Santa Tereza, a apresentação de itens como o alfenim (doce típico) e a entrega de folderes explicativos sobre a cidade. A dupla também conferiu apresentações de grupos de dança locais em evento realizado na noite desta quarta-feira (28.10). A vinda dos dois técnicos foi viabilizada a partir do diretor de Cultura, Mílvio Leite, que é voluntário da Associação há mais de duas décadas e está à frente do Grupo de Danças Folclóricas Asa Branca.

222414_926721907402736_7611297026789007995_n 1013620_926722227402704_6203968616997101923_n 10151346_926719024069691_2929179051853129173_n 10259777_926718737403053_5293953710486725253_n 10298730_926719294069664_6885277177574328022_n 10410220_926719670736293_1809321433800396563_n 10462957_926719894069604_1021433125301568679_n 10897014_926721957402731_5951930371157517879_n 11012528_926718950736365_3950978240404819708_n 11206117_926719740736286_4962200819011526379_n 11215504_926721960736064_672402445533665552_n 11218929_926719794069614_6382227560790244638_n 11220467_926722307402696_626728314847909852_n 11221511_926719834069610_5290580450589714532_n 11222225_926719714069622_2356482892164108987_n 11233178_926718874069706_241409752011529981_n 11251171_926719137403013_492772314479835013_n 11752431_926719410736319_2148700561561876316_n 11752431_926721760736084_8422415246934492177_n 11796449_926718864069707_3463235323896330255_n 12063872_926721847402742_3601736646930989719_n 12065946_926718834069710_3039070465370983316_n 12066057_926718597403067_7488136916780533030_n 12066060_926719607402966_3603095471909286381_n 12096014_926719807402946_5440412548921955634_n 12105943_926719854069608_7057791213906787969_n 12106895_926719574069636_1280734687005831067_n 12109145_926722234069370_8819624560872017223_n 12115687_926718654069728_1474645052475377336_n 12122619_926719610736299_8402825414330016670_n 12141500_926718894069704_6427544444273098389_n 12187737_926719007403026_1486546559360615517_n 12187800_926718570736403_331619516539888926_n 12187907_926722290736031_8022564980397006554_n 12188904_926719170736343_151495286974450384_n 12189156_926718644069729_7242169347708529724_n 12189684_926721757402751_6704190726924158904_n 12189717_926718787403048_3851264726063698944_n 12189765_926722240736036_3649042702100378609_n 12189982_926719187403008_5043680098854877213_n 12190002_926719464069647_4857482791969933347_n 12190122_926719777402949_8733815827097745367_n 12190848_926719677402959_8227929618039218352_n 12190957_926719444069649_7138308517004674857_n 12190968_926721977402729_1576137301700842401_n 12190969_926718800736380_3254560849711103127_n 12191054_926722010736059_8568767739836923826_n 12191059_926718574069736_5475586375520072706_n 12191402_926722284069365_2770991172122533155_n 12191492_926719197403007_8243057926270840090_n 12191544_926719374069656_8513997573620003318_n 12191613_926719057403021_8325497682995002272_n 12191695_926719107403016_5331750417526416685_n 12191695_926719324069661_5976397927427119123_n 12191767_926721754069418_8631562238724663741_n 12191823_926719234069670_3874039524111417470_n 12191896_926719634069630_6139252963765630490_n 12191993_926719440736316_2786489203595805266_n 12193435_926719747402952_8017819991864737451_n 12193648_926719097403017_7501437316121569863_n 12195875_926718557403071_111564183347602628_n 12195882_926719870736273_1427782389576678027_n 12196034_926719687402958_6285998660957084733_n 12196112_926719414069652_334635473199283297_n 12196162_926719270736333_7317978473795630212_n 12196261_926721844069409_2688506658872794191_n 12196304_926721850736075_3194655474350507495_n

1897941_926723410735919_4547744927036912538_n 1897968_926722980735962_8115844452353500001_n 10313992_926723344069259_3625549656232505801_n 10930987_926723047402622_7342304613943229399_n 11219615_926723300735930_746390291643380332_n 11222639_926723360735924_2575062327900633561_n 12063660_926722914069302_1307456389414487127_n 12063769_926722610735999_3429347808090339085_n 12063780_926722480736012_922369412066910030_n 12065952_926723200735940_3245684381238609855_n 12088181_926722600736000_9123044953710132601_n 12096016_926723124069281_998361462774583428_n 12105987_926722634069330_3889253367927043798_n 12106855_926723204069273_3396917058024085105_n 12111973_926723117402615_4918527060054038237_n 12112045_926722657402661_8914724078252742973_n 12115675_926722574069336_704627699271746851_n 12115687_926722394069354_633583365246510513_n 12122621_926722754069318_2372551273599901352_n 12122902_926722524069341_4513106464836143355_n 12141755_926723164069277_6136117567929043109_n 12188927_926722687402658_4323963911326519310_n 12189012_926722987402628_7638261933580435429_n 12189530_926723224069271_3327046387955253761_n 12189664_926722537402673_1102358209831355010_n 12189684_926722874069306_6228157205179106934_n 12189852_926722900735970_6983143959963757647_n 12190012_926722364069357_5792926561467348768_n 12190012_926722947402632_1066305736701169793_n 12190098_926723394069254_3821572543841283083_n 12190104_926723007402626_3093588106029467884_n 12191021_926722694069324_2340514543737901844_n 12191071_926722357402691_7985718198913569126_n 12191422_926722550736005_1275644357026656419_n 12191543_926723304069263_41887455923123783_n 12191971_926722460736014_7932312554725630618_n 12191973_926722417402685_1366595733121912121_n 12193694_926722750735985_390675624750225118_n 12193805_926722430736017_153435659935698967_n 12193867_926723087402618_7050099648955382424_n 12195964_926723030735957_399482191511916878_n 12196108_926722684069325_9111170722550760227_n

Para Dilana, ter acesso a essas particularidades foi enriquecedor.

“É uma região muito rica, com muitos atrativos. Vimos que tem, sim, condições de sediar um evento desse porte. O Agreste me impressionou porque eu tinha uma visão muito limitada do que era Pernambuco até chegar aqui e o que vi foi muito diferente do que é repassado para nós através das mídias, por exemplo”, falou.

Nelson complementa a informação, dizendo que tudo foi devidamente anotado e fotografado para ser relatado à gestão da entidade e a receptividade foi positiva a tudo o que já foi encaminhado.

“É importante ver que Pernambuco não é somente sol e mar, mas que tem muito a oferecer. Agora, será realizado um estudo de viabilidade. Precisamos de contrapartida da Prefeitura para acomodação e alimentação dos grupos”, disse.

Diante da fala, Josenildo Santos informou que “existe sim a intenção de sediar o evento”. Tudo o que for para trazer benefícios para a cidade e para os seus é de interesse do governo municipal. Tão logo a organização sinalize positivamente, vamos negociar”, atestou. Ainda não há prazo definido para a avaliação do município por parte da ABrasOFFA, visto que ainda foram realizadas visitas em Cupira, Bezerros e Caruaru.

Texto: Reprodução/ Facebook Prefeitura de Agrestina-PE

Fotos: Adriano Monteiro/Decom PMA

TV Nova Replay, o que é bom se repete!

Agrestina-PE: Estudante de Jornalismo promove exposição de fotografias em Caruaru retratando o festival de quadrilhas

Beleza e tradição das quadrilhas juninas estão em exposição até o fim deste mês em Caruaru

Exposição Festa e Tradição_Adriano Monteiro (3)

Será realizada até o dia 29 de junho, em Caruaru, a exposição fotográfica intitulada ‘Festa e Tradição’, que retrata em detalhes as emoções dos participantes do 7º Festival de Quadrilhas de Agrestina deste ano. Cerca de 30 fotografias estarão expostas no Centro de Informações Turísticas, localizado no Pólo Cultural da antiga Estação Ferroviária, das 14h às 0h. A entrada é gratuita.

Exposição Festa e Tradição_Adriano Monteiro (2)

As imagens são de autoria de Adriano Monteiro, estudante de Jornalismo e fotógrafo da Prefeitura de Agrestina. Ele explica que a ideia de realizar uma exposição surgiu após as duas eliminatórias do Festival.

Exposição Festa e Tradição_Adriano Monteiro (1)quadrilha materia hj 5

Depois da divulgação, as imagens ganharam repercussão e foi por este motivo que surgiu a proposta de fazer uma seleção das fotos e as expor, tendo como objetivo a demonstração das expressões faciais e corporais dos quadrilheiros, bem como suas roupas caracterizadas.

“Desde que comecei a fotografar, percebi que tinha afinidade em retratar emoções, então quero mostrar a beleza representativa de nossa cultura”, detalha o profissional.

Adriano afirma que a intenção é evidenciar o resgate da atenção do espectador aos detalhes de uma apresentação, o induzindo a observar minuciosamente os gestos, roupas, coreografias e outras peculiaridades de uma quadrilha junina.

quadrilha materia hj 7

quadrilha materia hj 13

 

Fotos: Adriano Monteiro

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Agrestina-PE: Músicas de Gozagão e muito forró estilizado marcaram a 2ª noite de festa

Com um repertório baseado em composições próprias e sucessos já consagrados na voz de Gonzaga, Maciel Melo abriu os festejos juninos desta terça-feira (23) em Agrestina. Em entrevista, antes de subir ao palco, o cantor elogiou o clima da cidade, as comidas típicas e falou da agenda de shows.

foto hj 12

“Preparei um repertorio digno da recepção de vocês agrestinense, inclusive incluindo algumas músicas do rei do baião Luiz Gonzaga”, acrescentou.

foto hj 3

Claro que não faltaram canções como ‘Caboclo Sonhador’ e ‘A poeira e a Estrada’ O show foi realizado no Pólo da sanfona, montado na Praça Padre Cícero, no centro da cidade.

foto hj 9

A chuva estava bem fininha, mas o suficiente para parte do público se acomodar embaixo da cobertura montada na Praça Padre Cícero.

Batateira e forró do Baú esquentaram o clima com o autêntico forró pé-de-serra e o público não parou um só instante de dançar; por serem prata da casa, os artistas fizeram questão de agradecer ao prefeito Thiago Nunes pelo espaço e principalmente por valorizar a cultura local.

fot hj 5

foto hj 7

Além do prefeito também estava prestigiando o evento o vice-prefeito Josué Mendes, que falou com a nossa reportagem da satisfação em estar realizando mais um São João, mesmo com as dificuldades e principalmente a crise financeira, mas, não poderia deixar passar em branco tendo em vista toda uma tradição.

foto hj 1

Mauricinhos do Forró subiu ao palco e mostrou o porquê é sempre garantia de um bom público, apresentando o forró estilizado, não deixou ninguém ir embora. Com uma excelente bagagem e uma década de muito sucesso, fez da véspera de São João uma verdadeira festa.

fot hj 10

foto hj 13

foto hj 8

 

Fotos: Adriano Monteiro

TV REPLAY, VEM FORROZAR COM A GENTE!

Agrestina PE: 7º Festival de Quadrilhas corresponde expectativas e disputa segue acirrada

A competição na cidade de Agrestina-PE terá número recorde em participações no 7º Festival de Quadrilhas; uma disputa com  20 grupos e a participação de todas as regiões do estado, além de Alagoas, tem marcado a história e a tradição que o município carrega em promover este evento cultural. No ano passado, 14 grupos se inscreveram, onde apenas o Agreste pernambucano participou. Após a avaliação da banca examinadora, as três melhores serão qualificadas para a etapa seguinte. Na final, seis delas se enfrentarão, disputando do 1º ao 6º lugar, no dia 27 de junho. Todas serão avaliadas por uma banca examinadora reformada por júri técnico e convidados.

Na noite deste domingo (14) fizeram parte da banca os profissionais Inês Araújo (psicóloga e monitora de dança popular); Jonas Liebert (graduando de Educação Física e monitor de dança popular); João Batista (diretor de ensino – Secretaria de Educação de Agrestina); Ednilson Leite (ator e diretor de teatro), formando o júri técnico. Os jurados convidados foram: Eduardo Ferreira (gerente de Cultura da cidade de Bezerros); Danúbia Carvalho (assessora de comunicação do Gabinete do prefeito) e Mirian Silva (Miss Mundo Pernambuco).

1

Reveja um pouco do que aconteceu no 1° dia do 7º Festival de Quadrilhas. Nas imagens, as Alpargatas de Virgulino, de Casinhas, homenagearam as obras e o universo encantado de Ariano Suassuna. Nem os mamulengos foram esquecidos, afinal, tão lembrados pelo escritor.

Descalços, os dançarinos da Quadrilha Junina Tradição de Venturosa apresentou o tema ‘Imigrantes Andarilhos’.

2

“Bom mesmo seria se o Nordeste fosse separado do Brasil, seríamos a República Federativa dos ‘Cabras Macho’”. Com essa fala, a Raposart, de São Caetano, chegou  ao Polo da Sanfona tendo o Nordeste Independente como tema da apresentação.

3

A Quadrilha Junina Flor da Vertente apresentou o tema ‘Fogão de Lenha’. O grupo veio de Vertente do Lério.

5

Luz do Candeeiro, de Caruaru, contou a história de Romeu e Julieta unindo teatro e dança. “Não vejo mais você faz tanto tempo, que saudade que eu sinto…” foi o trecho que fez toda a plateia cantar junto com os dançarinos.

6

Com uma entrada baseada em espetáculos teatrais, a Quadrilha Junina Pisa na Brasa, de Tacaimbó, fechou em grande estilo a noite de apresentações. O grupo apresentou o tema ‘Quadrilhança, alegria de um povo’.

quadrilhas domingo ok

Infelizmente, a Quadrilha Sanfonear, que participaria desse 7º Festival de Quadrilhas, não pôde comparecer devido a um acidente sofrido. O melhor é que todos estão bem.

Saíram vencedoras nesse domingo, as quadrilhas Alpargatas de Virgulino (Casinhas-PE), Pisa na Brasa (Tacaimbó-PE) e Levanta Poeira (Ibimirim-PE). Elas irão concorrer com as vencedoras da próxima eliminatória, que acontecerá no dia 21 de junho, em uma final grandiosa marcada para o dia 27 de junho.

O secretário de Cultura, Turismo e Juventude, Josenildo Santos, informou que a premiação do 7º Festival de Quadrilhas Juninas será com troféus e valor total de R$ 4,5 mil, distribuídos de acordo com a classificação. O primeiro lugar receberá R$ 2 mil, o segundo R$ 1,5 mil e o 3º lugar será bonificado em R$ 1 mil.

quadrilhas domingo 11 quadrilhas domingo 12

TV Replay, o que é bom se repete!

 

 

Cachoeirinha-PE: Crianças de nossa cidade levam cultura adiante… “A La Ursa quer dinheiro, quem não dá é pirangueiro”…

No período de carnaval a manifestação da “Ala Ursa”, é uma das manifestações artísticas de cultura popular, de bastante representatividade nas cidades do interior.

Trata-se de uma brincadeira carnavalesca realizada por crianças e jovens que saem às ruas vestidos com adereços como: macacões de estopa, retalhos, pelúcia ou agave; com máscaras de papel machê pintada de cores variadas, representando ursos. Presos por uma corda na cintura e seguros pelo domador, a figura do “urso” dança com a alegria de todos, ao som de toadas do próprio grupo em suas batucadas em latas, tambores, panelas e baldes, arrecadando dinheiro para suas brincadeiras de carnaval.

Em nossa cidade está manifestação cultural não morreu! Crianças se revesavam cantando: “A La Ursa quer dinheiro, quem não dá é pirangueiro”…

20140301_102813 20140301_102840 20140301_102853

TV Replay, o que é bom se repete!

Canhotinho-PE: Prefeito do Município, Felipe Porto destacou a importância da Missa do Vaqueiro como uma tradição

Neste último domingo (08), aconteceu na cidade de Canhotinho a 12ª Missa do Vaqueiro, um evento que reuniu os tradicionais vaqueiros do município e região circunvizinhas.

Autoridades como o Senador Armando Monteiro e o Deputado Federal, Bruno Araújo estiveram presentes apoiando uma das festas mais culturais da cidade.

O Prefeito, Felipe Porto em entrevista para TV Replay, destacou a importância de continuar fortalecendo este evento, sendo o mesmo, um evento cultural da terra, onde vem gerar renda e o resgate da história do vaqueiro em seu município.

Confira na íntegra esta entrevista!

TV Replay, o que é bom se repete!

Mesmo estando mais caro, milho é bem vendido em Caruaru

Como já faz parte da tradição, o milho tem que estar na mesa dos nordestinos. Mesmo estando com o preço alto os caruaruenses não deixaram de comprar.

Na Avenida Caruaru, no bairro Boa Vista II, os vendedores usaram os canteiros para expor as espigas.

Esse ano a mão de milho passou de R$ 20 para R$ 30. A explicação está no campo. “Isso foi por falta de chuva, sem água houve pouco milho.” A consequência disso é o preço alto. “Alguém já imaginou uma festa junina sem o tradicional e delicioso milho?”