Blog de Airton Sousa: Finalmente chegou o dia da decisão

Depois de mais de 60 dias, o torcedor pernambucano terá nesta quarta-feira(28), a decisão do Campeonato Pernambucano de 2017. Na primeira partida, que aconteceu na Ilha do Retiro, tivemos o empate de 1 x 1, favorecendo naquele momento, ao time do interior. No entanto, por existir um calendário apertado, o fato do Sport estar em várias competições, não foi possível realizar o segundo jogo, com um menor intervalo de tempo.

Enquanto isso, o time do Salgueiro passou a jogar pela Série C, com resultados negativos, em razão de que o grupo participava do Brasileiro, com a cabeça no jogo decisivo contra o Sport, o que é um fato indiscutível, além da preocupação do encerramento de alguns contratos. Nesse sentido, realmente esse argumento tem sentido, também porque a espera não teve um espaço de tempo tão pequeno, ao contrário, foi bastante longo.

Agora não adianta argumentar isso ou aquilo, porque muitos esperam que desta feita, o título fique no interior, o que nunca aconteceu. Essa demora só trouxe prejuízo para o Carcará, que não possui um elenco grande, enquanto que o Sport Clube do Recife tem a vantagem da estrutura de um time grande, com um elenco tecnicamente superior.

O que pode ser colocado como vantagem para o time do interior: o estádio, a participação entusiástica da torcida, o conjunto do time que joga com muita garra, e os detalhes no campo de jogo que o Salgueiro conhece muito bem. Porém, uma decisão dessas pode acontecer por uma única bola, valendo a pena esperar para acompanhar com muita emoção, essa decisão que será inédita no futebol do Campeonato Estadual. Se o título fica no interior, irá despertar mais motivação nas demais equipes.

Blog de Airton Sousa: Decisão para as finais sem favoritos

O placar apertado entre Santa Cruz x Salgueiro, com apenas 1 x 0 para o time tricolor, torna o jogo desse sábado (22), no Sertão, uma partida onde um detalhe pode decidir o classificado. Um simples placar de 1 x 0, com um pênalti duvidoso, faz com que aumente a emoção para a partida de volta entre as duas equipes.

No jogo de sábado passado no Arruda, tecnicamente o Santa Cruz foi melhor. Porém encontrou dificuldade nas finalizações e poucas foram as chances criadas pelas duas equipes. No entanto, a vitória apertada do time tricolor, lhe permite jogar por um empate, o que é um pequeno percentual de vantagem.

Está aberta a vaga, porque sabemos a força do Salgueiro em casa, bem como conhecemos a capacidade do técnico Vinícius Eutrópio, em aplicar retranca, só saindo para o jogo em um descuido do adversário. Portanto, o fato de jogar em casa, com o apoio da torcida e por conhecer o campo de jogo, torna o resultado mais indefinido ainda. Não arriscamos nenhum favorito para o jogo entre Salgueiro x Santa Cruz.

Enquanto isso, uma história mais ou menos parecida, entre Sport e Náutico. 3 x 2 foi o placar a favor do Sport, que teve mais desempenho, mais chances de gols, principalmente  no primeiro tempo. Porém, Marco Antonio abriu o placar para o Náutico aos 44 minutos de jogo. As chances do Sport no primeiro tempo, foram as seguintes: Mena, aos 3 minutos; Rogério aos 5;  outra vez Rogério aos 12; mais uma vez Rogério aos 24; Fabrício aos 29; André aos 33, 34 e 36 minutos. Enquanto que o Náutico teve as seguintes chances: 23 minutos com Anselmo; 40 com Thiago Alves e aos 44 minutos, o gol de Marco Antonio.

No segundo tempo também não foi diferente. Prevalecia o domínio ofensivo do Sport. Aos 12 minutos uma cabeçada de André e aos 7 minutos o gol de empate com Diego Sousa. Continuavam as chances para as duas equipes. Aos 10 minutos uma cabeçada na trave de Diego Sousa; e aos 19 minutos Anselmo desempatava para o Náutico. Depois do segundo gol do Náutico, os treinadores resolveram mexer nas equipes.

Um equilíbrio no jogo pelo cansaço de alguns jogadores, a exemplo de Diego Sousa pelo Sport e Marco Antonio pelo Náutico. Porém a surpresa estava para acontecer. O iluminado Juninho, que tinha entrado no lugar de Ronaldo, faz aos 45 e aos 47 minutos, os dois gols que fecharam o placar de 3 x 2 para o Sport.

Também a vaga está aberta. O Sport joga por um empate e qualquer vitória do Náutico, leva a partida para penalidades. Portanto, teremos um sábado e domingo de muita emoção, para conhecermos os dois finalistas do Campeonato Pernambucano de 2017. Também não arriscamos apontar qual será o finalista, por tudo que vimos entre as duas equipes.

Blog de Airton Sousa: Sport e Salgueiro empatam na Ilha do Retiro

Jogando com o time sub-vinte, o Sport não passou de um empate contra o Salgueiro, na noite desta segunda-feira(03). Um jogo brigado, disputado, e com o time salgueirense abrindo o placar com 1 minuto da primeira etapa, dando a entender que venceria o jogo. O time rubro-negro, dominou grande parte do jogo e terminou empatando, ainda no primeiro tempo.

Na segunda etapa, aos 13 minutos, o Sport fez o segundo gol e fica na frente do placar. No entanto, o time do sertão,  demonstrando a boa fase que está atravessando, chega ao empate aos 23 minutos  e  matou um pouco, as pretensões leoninas de chegar à vitória.

O fato lamentável no jogo, foi o lance entre Wallace e Levi, quando com um choque o jogador rubro-negro, atingiu o atleta do Salgueiro. Um lance violento, daí uma fratura na tíbia, causando revolta aos jogadores salgueirenses. Depois do jogo, foi constatada a fratura e o tempo de 120 dias para a recuperação do jogador Levi.

Em seguida o Presidente leonino, reclama da arbitragem de Gilberto Castro Júnior, antecipando em seguida o pensamento de trazer árbitros de fora para apitarem os jogos do Sport nas semi-finais e finais do Campeonato Pernambucano.

O Salgueiro com o empate, é mais líder ainda, somando 20 pontos, enquanto que o Sport é o segundo colocado, com 14 pontos. Dependendo dos resultados do Náutico e Santa Cruz, nesta quarta-feira(04), o time rubro-negro, pode perder essa segunda colocação.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz e Central perdem na 5ª rodada do Hexagonal

Fechando a quinta rodada do Hexagonal, nesta quinta-feira(02), o Central teve sua quinta derrota, e o Santa Cruz, jogando no Arruda, também perdeu, desta feita para o Salgueiro, líder absoluto do Hexagonal, com 13 pontos. O placar em Vitória de Santo Antão foi 2 x 0 para o time do Belo Jardim, enquanto que, em pleno Arruda, o Santa Cruz, perdeu por 2 x 1.

A vitória do time da terra do Bitury, foi através de dois pênaltis, o primeiro aos 33 minutos do primeiro tempo, com a cobrança do jogador Bruno Sacomam, enquanto que o segundo pênalti, foi marcado aos 46 minutos da segunda etapa. O time de Caruaru, em nenhum momento do jogo, teve poder de reação, mesmo com algumas modificações feitas pelo técnico Laelcio Lima, que após o jogo entregava o cargo. Até o final desta matéria, ainda não havia tido a confirmação oficial da saída do treinador.

O Belo Jardim com a importante vitória, agora briga por uma vaga nas semi-finais do Campeonato, já que soma quatro pontos, tendo com esse resultado e a derrota do Santa Cruz para o Salgueiro, se aproximado do time tricolor, com apenas dois pontos de diferença. O Próximo jogo do time do Belo Jardim, será no Estádio Antonio Inácio, contra o próprio Central. Caso vença e o Santa Cruz venha a perder para o Salgueiro, no sertão, o time do Belo Jardim, assume a quarta posição no Hexagonal.

Por outro lado, mais de cinco mil torcedores, assistiram a derrota do Santa Cruz, para o Salgueiro pelo placar de 2 x 1. Essa foi a primeira derrota do tricolor esse ano, já que o time vinha há oito jogos sem perder. Agora, o técnico do time do Arruda, repensa a escalação para o jogo de domingo, contra o próprio Salgueiro, já que a princípio, o pensamento era jogar com o time misto outra vez.

Agora o tricolor vê a necessidade de uma vitória, além de torcer que o Central, também no domingo, no Estádio Antonio Inácio, consiga vencer ao Belo Jardim. Se acontecer um empate ou uma derrota do Santa Cruz, e uma vitória do Belo Jardim sobre o Central, pela primeira vez, o tricolor poderá sair do Hexagonal. Daí, uma rodada importante para o Santa Cruz e para o time do Belo Jardim.

Blog de Airton Sousa: Salgueiro perde em jogo tumultuado

O Salgueiro é mais um clube pernambuco, a ficar de fora da próxima fase da Copa do Brasil, ao perder na noite desta quinta-feira(16), por 1 x 0, para o Sinop no Mato Grosso. Todos sabem as dificuldades de jogar naquela região, a começar pela lojística da viagem, dificultando o deslocamento dos adversários do time Mato-Grossense, além da alta temperatura.

Foi um jogo tumultuado, principalmente no segundo tempo. O time do sertão pernambucano, segurou o empate no primeiro, teve lances ofensivos ao seu favor, inclusive bola na trave, e segurou o empate até 39 minutos do segundo tempo. Porém pelo regulamento da Copa do Brasil, o empate também serve para quem joga fora de casa e o Salgueiro jogou fora essa chance, no final do segundo tempo.

Com jogadas violentas e uma arbitragem perdida disciplinarmente, tivemos a expulsão de Raniere e Eduardo pelo time pernambucano, além de Marinho pelo time da casa. Revoltado com a arbitragem do jogo, o técnico do Salgueiro, também foi expulso, considerando-se desta maneira,  que o jogo foi cheio de problemas disciplinares.

Agora o Salgueiro volta para Pernambuco, e enfrenta nesse domingo(19), às 20 horas, a equipe do Central. O alvi-negro também teve uma semana tumultuada, com o afastamento de cinco jogadores, e nesta quinta-feira(16), os atletas fizeram uma paralisação de advertência, cobrando  do presidente Licíus Cavalcanti, solução para os atrasos de salários. Foi garantido aos jogadores, que até quarta-feira(22), na próxima semana, os pagamentos serão realizados.

Blog de Airton Sousa: Salgueiro permanece na série C

Diferentemente dos outros anos, quando o Salgueiro participava dos Campeonatos Brasileiros das séries B e C, o time sertanejo este ano, teve ameaçada a sua manutenção, em razão da perda de alguns jogadores de uma qualidade diferenciada. É bom lembrar também que o seu mandatário maior, o Clebel, está ausente em razão da campanha política naquele município, ocasionando algumas dificuldades técnicas e financeiras. No entanto, mesmo com essas dificuldades, o time foi ajudado por resultados adversos de times que estavam em situação também complicada. Mesmo perdendo para o Confiança em Aracaju, pelo placar de 2 x 1, o carcará conseguiu a classificação, porque o River do Piauí e o América de Natal,  tiveram resultados negativos.

Agora estão classificados: Fortaleza, ABC, Botafogo da Paraíba, ASA de Arapiraca, Juventude, Guarani, Boa Esporte de Minas, Botafogo de São Paulo.

Os grupos para as quartas de final ficaram assim: Juventude x Fortaleza; Botafogo PB x Boa Esporte de Minas Gerais;  Botafogo de SP x ABC; ASA x Guarani.

Por região a posição é a seguinte: 04 clubes do nordeste; 01 clube do Sul e 03 clubes do Sudeste.

Agora é torcer que os nossos representantes façam bonito, e cheguem ao título de campeão de 2016. Quanto ao Salgueiro, que pregou um susto na sua torcida, é aguardar a reorganização do clube, para voltar a ter a credibilidade e a confiança do torcedor do interior.