Vanessa da Mata, Titãs, Alceu Valença e Lenine no Carnaval multicultural do Recife

article

Reconhecida pela riqueza de suas manifestações culturais e pela beleza de suas festas, Recife é o centro de convergência de Caboclinhos, Maracatus, Bandas de Pau e Corda, Tribos de Índio, dos Afoxés, do Samba… E claro, do Frevo. Uma festa irreverente, democrática que fomenta e estimula a vivência de todas as sonoridades. Este ano, a maior festa popular do estado homenageia a mais que centenária Tribo Indígena Carijós do Recife e o cantor Almir Rouche.

No total, a Prefeitura do Recife se preparou para, mais uma vez, fazer jus a essa grande festa. Em 2017 serão 47 polos, espalhando alegria e abrigando mais de 2.000 apresentações, com 99% de atrações da cultura pernambucana entre os dias 24 e 28 de fevereiro. Por eles passarão agremiações tradicionais que encantam recifenses, como o Clube de Frevo Lenhadores, a Troça Formiga sabe que Roça Come, o Bloco da Saudade, o Urso Cangaçá de Água Fria, o Caboclinho 7 Flexas. Também fazem a festa os artistas da terra como André Rio, Nena Queiroga, Marron Brasileiro, Lucas dos Prazeres, Lirinha, Orquestra Contemporânea de Olinda e Antônio Nóbrega, além dos Maestros Ademir Araújo, Duda, Edson Rodrigues, Spok e Forró.

Ainda participam da nossa folia nomes nacionais. No Marco Zero, irão se apresentar Lenine, Vanessa da Mata e Gaby Amarantos no sábado (25), Jorge Aragão e Leci Brandão no domingo (26), Titãs e Jota Quest na segunda (27) e Geraldo Azevedo, Alceu Valença e Elba na noite de encerramento (28). O Polo do Arsenal será palco de nomes como Fafá de Belém e Quinteto Violado no sábado de Carnaval (25), Tulipa Ruiz em parceria com Marcelo Jeneci no domingo (26) e Tereza Cristina, que apresenta show em homenagem a Cartola na terça-feira (28).

O Alto José do Pinho é o ponto de encontro dos amantes do rock e de sonoridades mais alternativas. É lá que será celebrado o aniversário de 20 anos do clássico ‘Tá Valendo’, obra de estreia da Devotos, banda encabeçada por Cannibal e que apresenta o show do disco no domingo de Carnaval (26). O Polo do Alto José do Pinho ainda trará nomes como Mundo Livre, Karina Burh e Marcelo Yuka na segunda (27).

As grandes atrações também serão as estrelas dos palcos nos bairros. No dia 26 (domingo), Vanessa da Mata, Gaby Amarantos e Titãs se apresentam em Campo Grande, Lagoa do Araçá e Várzea, respectivamente. Na segunda, haverá show de Leci Brandão em Brasília Teimosa, Jorge Aragão no Cordeiro, Alceu Valença no Ibura de Baixo e Elba Ramalho na Linha do Tiro.

Uma das grandes novidades do Carnaval do Recife 2017 é a decoração da cidade, inspirada na arte urbana e nos grafites. Para tanto, o escritório do arquiteto Carlos Augusto Lira irá utilizar painéis inspirados em obras que foram executadas por cinco artistas urbanos e um coletivo atuante na cidade especialmente para a festa. No repertório imagético, figuras eternizadas pelos brincantes: Caboclinhos, passistas, Reis e Rainhas de Maracatu, Músicos, Bois e o Galo da Madrugada são algumas das imagens.

Homenageados

Neste ano, os homenageados são o cantor e compositor Almir Rouche e o Caboclinho Tribo Indígena Carijós do Recife. Almir tem uma ficha de grandes serviços prestados ao Carnaval e, há trinta anos, anima os foliões em maratonas que têm início nas prévias, passando pelo Galo da Madrugada e se estendem até a Quarta-Feira de Cinzas. Já o Caboclinho Tribo Indígena Carijós do Recife completa 120 anos e representa o Caboclinho, uma tradição carnavalesca que foi contemplada com o título de Patrimônio Imaterial do Brasil no fim de 2016.

Abreu e Lima-PE: Abertura do 9º Festival Multicultural

Nesta quinta (19),  com o show principal da banda Titãs, foi feita abertura do 9º Festival Multicultural da Cidade de Abreu e Lima na Região metropolitana de Recife.

Novidades, promessa de maior de todos os tempo, shows, cinema, teatro e muita cultura, são os ingredientes desta edição.

TV Replay, o que é bom se repete!