Caruaru-PE: Projeto “Família em Tiras” ganha amplitude e lança livro infantil

É comum que as pessoas tenham contato com histórias em quadrinhos desde a infância, bem como é possível encontrá-las em jornais, revistas e até mesmo em provas de vestibulares. Este tipo de gênero textual tem origem das famosas “tirinhas”, que são compostas por pequenas imagens, ou mais precisamente por um conjunto de cartuns, caracterizadas por ter um início, desenvolvimento e desfecho de alguma história.

Os personagens das tiras de “banda desenhada”, ou comumente chamadas de “tirinhas”, mais conhecidas no Brasil são as reflexões de Mafalda, Garfield, Calvin e Haroldo e também as histórias da Turma da Mônica, de Maurício de Sousa, que podem ser encontradas tanto em quadrinhos como em tirinhas.

Diante de todo este contexto, uma caruaruense foi surpreendida através dos filhos, por um talento que manteve-se escondido durante sua vida. Julianna Rodrigues, hoje chamada de ilustradora e blogueira, mas que é formada em fisioterapia e é mãe de Pedro e de Luísa.

FB_IMG_1484949894752

13232962_1015540501857671_7917174694844319819_n

Suas artes foram além de publicações nas redes sociais. A pedido de amigos, Julianna também confecciona camisetas, almofadas, quadros, caixinhas de presente, tudo de acordo com as histórias contadas por seus clientes.

13782153_1049831505095237_4965669526268154109_n 14591718_1139993166079070_2521397893394713473_n 15873454_1217637538314632_5268706163321572704_n 15965054_1221728311238888_8678265623284994486_n

Uma mudança radical aconteceu na vida de Julianna e sua família, quando Pedro, seu filho, lhe fez um questionamento: mãe, o que é cemitério? Julianna respondeu que é um lugar onde são enterrados os corpos das pessoas. A curiosidade de Pedro o fez questionar a mãe mais uma vez dizendo: mas então, onde eles enterram as cabeças destas pessoas? Foi a partir deste momento, quando a mamãe coruja transformou as perguntas dos filhos em tirinhas e começou a divulgá-las nas redes sociais. O resultado é mais de 36 mil curtidas na página “Família em Tiras” no facebook e a participação em diversos programas e jornais de circulações nacionais.

Em abril de 2016, o “Família em Tiras” participou, por meio de matérias, do Programa Opinião, da TV Nova Nordeste/ TV Cultura e que também foram divulgadas pela TV Replay.

Além de toda divulgação por diversos meios jornalísticos de rede nacional, ainda não foi o bastante para Julianna e sua família. Neste mês de fevereiro foi lançado o primeiro livro em parceria com o Farmacêutico Flávio Lago e a Faculdade Pernambucana de Saúde, com título: “Medicamento não é brinquedo!”.

“Flávio já fazia um trabalho educativo em escolas do Recife e me convidou para ilustrar umas historinhas a fim de facilitar o entendimento das crianças e de deixar o aprendizado mais divertido. De pronto eu topei!! Começamos a fazer as tirinhas e nos percebemos encantados com o material que estávamos produzindo. Então decidimos: VAMOS FAZER UM LIVRO!! Com o projeto pronto nós apresentamos à Faculdade Pernambucana de Saúde – FPS que confiou na ideia e comprou os primeiros 1000 exemplares!” – afirmou a ilustradora Julianna Rodrigues

24-medicamento-antibióticos-familia-em-tiras

O livro aborda, de uma forma lúdica, e composta por tirinhas, sobre o uso racional de medicamentos para o público infantil. Exemplares já estão disponíveis em algumas livrarias do Recife e também podem ser adquiridos através do e-mail: familiaemtiras@gmail.com. Entrega para todo o Brasil.

“O livro trás uma série de tirinhas para orientar pais e filhos que ter saúde é também ter cuidado. E quando falamos de medicamentos devemos entender seus benefícios e riscos e lembrar sempre da importância do farmacêutico na farmácia como um profissional pronto para cuidar da nossa saúde.” – disse Julianna.

medicamento não é bombom-cmyk

A história da “Família em Tiras” estimula os pais a guardarem as “pérolas” dos seus filhos, como uma forma de lazer e, além disso, valoriza a prática da leitura. Pode-se perceber o quanto a criatividade de uma pessoa, neste caso a de Julianna, unida às oportunidades – que neste contexto são as mídias sociais -, resultam em algo tão simples, mas que provocam resultados significantes.

12115560_899742586770797_6284582458324193683_n