Blog de Airton Sousa: Campinense complica o Sport outra vez

Nem mesmo a estréia do técnico Ney Franco, evitou a derrota do Sport na noite dessa 5ª feira (30), no Estádio Amigão, em Campina Grande, para o Campinense, pelo placar de 3 x 1. O Sport voltou a jogar mal, inclusive contando com todos os titulares, e apesar disso, não se encontrou em campo e complicou sua situação na Copa do Nordeste.

É bom lembrar, que foi o Campinense, que em 2016, tirou o Sport da competição. Agora o time leonino, no jogo de volta, domingo (02/04), terá que vencer com diferença de dois gols, e não tomar nenhum, caso contrário, o vexame será maior ainda, perante a sua torcida, que não vem bem com os resultados, e acreditava ser o ex-técnico Daniel Paulista, o motivo do mal futebol do time.

Está provado agora, apesar de poucos reconhecerem, que existem carências de melhores profissionais no Sport, e que poucos estão alcançando essas deficiências. O treinador Ney Franco terá que reverter, caso contrário, será responsabilizado também se a classificação não acontecer.

O time do Campinense, que também estreava o treinador Ney da Mata, teve facilidade para jogar, principalmente pelas falhas constantes de marcação do meio campo leonino, e pelo fraco futebol jogado pela defensiva, principalmente Samuel Xavier, que falhou em um dos gols do time paraibano.

Aos 28 minutos o jogador Magno abre o placar, demorou apenas um minuto, e aos vinte nove minutos Augusto amplia, deixando o Sport apavorado, no restante do primeiro tempo. Terminando assim 2 x 0 a favor da raposa paraibana.

Na segunda etapa, mais precaução por parte do Campinense, o Sport tentando se encontrar, e aos 35 minutos, o jogador Juninho desconta para o rubro-negro, dando a entender que a partir daquele momento, o Sport reagiria. Puro engano, 3 minutos depois, a torcida leonina silencia, o estádio explode de emoção, porque o Campinense fazia o terceiro gol, com Reinaldo Alagoano, aos 38 minutos, ampliando o placar, deixando o jogo com 3 x 1, para o Campinense.

O Campinense deu um passo importante para passar para as semi-finais da Copa do Nordeste, onde pode empatar com qualquer resultado, ou perder pelo placar de 1 x 0. Ao Sport cabe, se quiser continuar na competição, ter a competência de marcar 2 x 0, sem tomar nenhum gol. A dúvida é a seguinte: será que agora, diante da necessidade, o time terá a competência  que não teve no três últimos jogos?

Blog de Airton Sousa: Sport tem jogo difícil pela Copa do Nordeste

O Sport Clube do Recife, de técnico novo, enfrenta ao Campinense, coincidentemente também com um novo treinador, após a saída de Sérgio China. O jogo será no  Estádio Amigão, e o time leonino já  vai contar com a presença de Diego Sousa e Mena, que estavam a serviço das seleções do Brasil e Chile, respectivamente.

O rubro-negro, terá que fazer um placar que venha favorecer no jogo de volta, a exemplo do que aconteceu na noite desta quarta-feira(29), onde todos os visitantes venceram. O Campinense, por outro lado, já chegou a duas finais na Copa do Nordeste, sendo campeão e vice, respectivamente.

Nos últimos jogos, contra o Sampaio Correia pela Copa do Nordeste, e contra o Santa Cruz, pelo Hexagonal do Título, o time leonino não teve bons resultados,  provocando inclusive, o afastamento do ex técnico Daniel Paulista. Espera-se dessa maneira, que a motivação do  treinador Ney Franco, possa revigorar a condição técnica do  rubro negro, e sair com um resultado positivo.

Blog de Airton Sousa: Pernambuco na Copa do Nordeste

Sport, Santa Cruz e Náutico, entram em campo neste sábado(11), e domingo(12), pela Copa do Nordeste. No sábado à noite o rubro-negro enfrenta ao River do Piauí na Ilha do Retiro, valendo a liderança do grupo, em razão de que os dois times estão com 100% de aproveitamento, ou seja, duas vitórias. O Sport tem tudo para somar três pontos, porque além de jogar em casa, com o apoio da torcida, tecnicamente tem um time superior ao adversário. Caso aconteça a vitória, o rubro negro praticamente garante a vaga na próxima fase, em razão de que os dois próximos jogos, são com adversários teoricamente inferiores, que são o Juazeirense, cujo jogo será na Ilha do Retiro, e o Sampaio Correia, no Estádio Castelão, em São Luiz.

Por outro lado, o Santa Cruz tem 4 pontos na competição, fruto de um empate em Campina Grande contra o Campinense, e uma vitória no Arruda contra o Náutico. O adversário deste domingo(12), do time tricolor é o Uniclinic do Ceará, considerado o adversário mais fraco do grupo, que inclusive na estréia, perdeu na Arena Pernambuco, pelo placar de 4 x 0. O Santa Cruz começa tomar corpo no Campeonato Pernambuco, que também incentivará o time e a tendência é a soma de 3 pontos contra o time Cearense.

Finalmente o Náutico vai até a Rainha da Borborema para enfrentar ao time do Campinense, que na estréia empatou no Estádio Amigão, contra o Santa Cruz. A raposa possui um bom elenco, e tem como retrospecto o título de campeão e vice-campeão, respectivamente, da Copa do Nordeste, sendo dessa maneira um adversário experiente. Por outro lado, o time de Dado Cavalcanti, vem em baixa, ou seja, uma derrota para o Santa Cruz por 1 x 0 pela Copa do Nordeste, e uma derrota para o time do Salgueiro por 2 x 0, pelo Hexagonal do Campeonato Pernambucano. Portanto, um jogo em que o Náutico tem que dar a volta por cima, em todos os sentidos, inclusive livrando a pele do Técnico Dado Cavalcanti de mais um resultado negativo. Fato aliás, se acontecer, pode causar a saída desse treinador.