Blog de Airton Sousa: Campinense complica o Sport outra vez

Nem mesmo a estréia do técnico Ney Franco, evitou a derrota do Sport na noite dessa 5ª feira (30), no Estádio Amigão, em Campina Grande, para o Campinense, pelo placar de 3 x 1. O Sport voltou a jogar mal, inclusive contando com todos os titulares, e apesar disso, não se encontrou em campo e complicou sua situação na Copa do Nordeste.

É bom lembrar, que foi o Campinense, que em 2016, tirou o Sport da competição. Agora o time leonino, no jogo de volta, domingo (02/04), terá que vencer com diferença de dois gols, e não tomar nenhum, caso contrário, o vexame será maior ainda, perante a sua torcida, que não vem bem com os resultados, e acreditava ser o ex-técnico Daniel Paulista, o motivo do mal futebol do time.

Está provado agora, apesar de poucos reconhecerem, que existem carências de melhores profissionais no Sport, e que poucos estão alcançando essas deficiências. O treinador Ney Franco terá que reverter, caso contrário, será responsabilizado também se a classificação não acontecer.

O time do Campinense, que também estreava o treinador Ney da Mata, teve facilidade para jogar, principalmente pelas falhas constantes de marcação do meio campo leonino, e pelo fraco futebol jogado pela defensiva, principalmente Samuel Xavier, que falhou em um dos gols do time paraibano.

Aos 28 minutos o jogador Magno abre o placar, demorou apenas um minuto, e aos vinte nove minutos Augusto amplia, deixando o Sport apavorado, no restante do primeiro tempo. Terminando assim 2 x 0 a favor da raposa paraibana.

Na segunda etapa, mais precaução por parte do Campinense, o Sport tentando se encontrar, e aos 35 minutos, o jogador Juninho desconta para o rubro-negro, dando a entender que a partir daquele momento, o Sport reagiria. Puro engano, 3 minutos depois, a torcida leonina silencia, o estádio explode de emoção, porque o Campinense fazia o terceiro gol, com Reinaldo Alagoano, aos 38 minutos, ampliando o placar, deixando o jogo com 3 x 1, para o Campinense.

O Campinense deu um passo importante para passar para as semi-finais da Copa do Nordeste, onde pode empatar com qualquer resultado, ou perder pelo placar de 1 x 0. Ao Sport cabe, se quiser continuar na competição, ter a competência de marcar 2 x 0, sem tomar nenhum gol. A dúvida é a seguinte: será que agora, diante da necessidade, o time terá a competência  que não teve no três últimos jogos?

Blog de Airton Sousa: Sport tem jogo difícil pela Copa do Nordeste

O Sport Clube do Recife, de técnico novo, enfrenta ao Campinense, coincidentemente também com um novo treinador, após a saída de Sérgio China. O jogo será no  Estádio Amigão, e o time leonino já  vai contar com a presença de Diego Sousa e Mena, que estavam a serviço das seleções do Brasil e Chile, respectivamente.

O rubro-negro, terá que fazer um placar que venha favorecer no jogo de volta, a exemplo do que aconteceu na noite desta quarta-feira(29), onde todos os visitantes venceram. O Campinense, por outro lado, já chegou a duas finais na Copa do Nordeste, sendo campeão e vice, respectivamente.

Nos últimos jogos, contra o Sampaio Correia pela Copa do Nordeste, e contra o Santa Cruz, pelo Hexagonal do Título, o time leonino não teve bons resultados,  provocando inclusive, o afastamento do ex técnico Daniel Paulista. Espera-se dessa maneira, que a motivação do  treinador Ney Franco, possa revigorar a condição técnica do  rubro negro, e sair com um resultado positivo.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz avança para as semi-finais da Copa do Nordeste

Coincidência ou competência, a verdade é que nos três jogos realizados na noite desta quarta-feira(29), todos os visitantes conseguiram vencer. O Bahia venceu por 4 x 2 ao Sergipe, o Vitória venceu por 3 x 2 ao River, e o Santa Cruz venceu pelo placar de 1 x 0 ao Itabaiana, deixando transparecer uma vantagem substancial para os jogos de volta.

Falando especificamente do jogo do Santa Cruz contra o Itabaiana, podemos dizer que o time tricolor, não teve uma boa apresentação, porém, jogou o suficiente para vencer, e trazer para o  Recife, nesse sábado à noite, a vantagem de jogar por qualquer empate, tomando simplesmente a preocupação de respeitar o adversário, que demonstrou na primeira partida, muita fragilidade técnica.

O gol do Santa Cruz, aconteceu aos 20 minutos do primeiro tempo, na cobrança de falta por Anderson Sales,que vem de destacando nas bolas paradas. Poucas foram as chances de gol, exceção dois chutes no primeiro tempo para o Santa Cruz, aos 5 minutos com Everton Santos, e aos 8 minutos com Tomás. Enquanto que o Itabaiana, limitou-se apenas a uma oportunidade de gol, com Diego Neves, aos 22 minutos.

No segundo tempo, as equipes se abriram mais um pouco, e já aos 6 minutos André Luiz chutou forte, por fora, para o Santa Cruz; Geovani colocou uma bola na trave, aos 10 minutos a favor do Itabaiana; Anderson Sales cobrou uma falta perigosa aos, 17 minutos; e somente aos 35 minutos, o Santa Cruz vai ao ataque com o lateral Victor.

Com a vitória de 1 x 0, o Santa Cruz trás para o jogo do sábado às 18:30 h, no Arruda, a  vantagem de jogar por qualquer empate. Quanto ao técnico Vinícius Eutrópio, demonstrou pelo esquema aplicado, que  entende muito bem da maneira como atuar na série de mata-mata das competições. O time do Arruda, com a vitória dá um passo importante para chegar às semi-finais da Copa do Nordeste.

Blog de Airton Sousa: Copa do Nordeste encerra primeira fase

Tivemos na noite desta quarta-feira(22), o encerramento da primeira fase da Copa do Nordeste. O Santa Cruz cumpriu o seu dever de casa, ao vencer o Campinense pelo placar de 1 x 0. Tecnicamente não foi um bom jogo, onde o tricolor fez um primeiro tempo melhor que o adversário, marcando o gol da vitória através de Anderson Sales, de pênalti, aos 31 minutos.

Outras oportunidades, ainda no primeiro tempo, a exemplo de uma falta cobrada aos 15 minutos, mais uma falta cobrada aos 22 minutos, através do jogador Anderson Sales, que demonstrou nos três lances, uma qualidade espetacular nas bolas paradas. Anderson Sales foi escolhido  o melhor jogador da partida.

No segundo tempo, o  técnico China colocou Fernando Pires e Augusto, que deram mobilidade ao time do Campinense e a equipe passou a dominar o jogo, principalmente porque houve uma aceitação da equipe  tricolor. No entanto, as finalizações não foram concretizadas, e o time pernambucano terminou com o resultado na primeira colocação do grupo, enquanto que o Campinense ficou na segunda posição.

Por outro lado, o Náutico goleou por 9 x 0 ao Uniclinic, mas de nada adiantou, porque só chegou a 10 pontos, não atingindo ao Santa Cruz com 13, e ao Campinense com 11 pontos.

O Sport por sua vez, surpreendentemente perdeu para o Sampaio Correia em São Luiz do Maranhão, pelo placar de 2 x 1. O time esteve em uma noite irreconhecível, com os três setores sem produzirem um futebol capaz de superar ao adversário. Ainda bem que o time fez um gol, teve um saldo melhor que o River, que venceu ao jogo, porém no saldo, o time leonino tinha um gol a mais.

Com os resultados, os grupos ficaram dessa maneira:

Bahia – Sport – Santa Cruz e Vitória .

Itabaiana – Campinense – River e Sergipe.

Espera-se para essa sexta-feira(24), o sorteio dos jogos do mata-mata.

Blog de Airton Sousa: Times pernambucanos na Copa do NE

O Náutico, de técnico novo, agora sob o comando de Milton Cruz, joga nesta quinta-feira(23), na Arena de Pernambuco, contra o Campinense. Esse mesmo Campinense que na primeira partida, no Estádio Amigão em Campina Grande, venceu pelo placar de 2 x 0, derrota que ocasionou a queda do técnico Dado Cavalcanti. Hoje, obrigatoriamente, o time timbu terá que vencer, caso contrário, se distancia cada vez mais da oportunidade de avançar na Copa do Nordeste.

A presença do técnico Milton Cruz, deve influenciar emocionalmente no grupo, mesmo entendendo-se que é muito cedo para efetuarmos cobranças. Porém, sempre é bom lembrar que um novo comando, dá ao grupo perspectivas de reação, é o que espera a torcida timbu. Quanto ao jogador Mailson, foi reintegrado ao grupo. No entanto, não consta na relação de hoje, em razão de estar fora de forma.

Outro que volta a campo, desta feita no próximo sábado(25), à tarde, é o Santa Cruz, que está bem colocado no seu grupo. Enfrenta ao lanterna Uniclinic, que até agora não conseguiu nem uma vitória. Daí espera-se que o tricolor pernambucano, possa voltar do Ceará com três pontos, que poderão manter o time na cabeça do grupo.

Finalmente, depois de jogar pela Copa do  Brasil, e vencer por 3 x 0 ao time do Sete de Dourados, na quarta-feira(22), o Sport Clube do Recife, enfrenta nesse sábado(25), à noite, ao time do River do Maranhão. Este mesmo River que veio a Capital Pernambucana, e saiu com um empate de 2 x 2, frustrando naquela oportunidade, a torcida rubro-negra.

Este jogo é um divisor de águas, em razão de que os dois times dividem a liderança do grupo, sendo que pela campanha, o River é o primeiro colocado, e o Sport é o segundo. O técnico Daniel Paulista, confirmou a presença do time titular, porque entende a importância do time voltar do Maranhão com uma vitória.

Blog de Airton Sousa: Sport se rende ao River

Talvez a falta de respeito e o espírito de superioridade, tenham feito com que o Sport não conseguisse, na Ilha do Retiro, vencer ao mediano time do River do Piauí. Com todas as suas estrelas, com a estréia de André, a partir dos 5 minutos do segundo tempo, com a participação e o incentivo do torcedor, nada disso foi suficiente para o rubro-negro somar três pontos. 2 x 2 foi o placar, deixando o torcedor rubro-negro apreensivo, com o rendimento ofensivo do time. Daniel Paulista vai ter que rever os posicionamentos a partir de agora, tanto de Diego Sousa como de André, porque no jogo contra o River, esses jogadores tiveram mal posicionados.

Bolas altas, muita distância entre os jogadores, Diego Sousa fazendo de conta que estava em campo, e  a aplicação colocada pelo técnico Waldemar Lemos, que fechou muito bem o seu time, sendo objetivo na finalização e com apenas duas chances no jogo, marcou os dois gols, entendendo-se que o técnico do River se preparou taticamente para o jogo, pegando Daniel Paulista desprevenido e sem poder reagir taticamente.

O técnico Daniel Paulista tem urgentemente, que encontrar um outro jogador para o Mansur. O atleta Caio, da base, e que teve um grande destaque na Copinha em São Paulo, pode quem sabe, aparecer no time, assim como aconteceu com o ex jogador leonino Renê. O que não pode acontecer é insistir com Mansur, facilitando em todos os jogos o caminho para os adversários, e não só isso, Samuel Xavier também não vem correspondendo, o que é uma preocupação a mais.

Para quarta-feira(15), pelo Hexagonal do Título, o técnico Daniel Paulista, já anunciou o time opcional para enfrentar ao Belo Jardim. O que vai acontecer sinceramente, não sabemos. Já para no  clássico do final de semana, contra o Santa Cruz, o técnico pode escalar o time principal, porque trata-se de  um rival direto pelo título do Pernambucano 2017.