Caruaru-PE: Vereador Edmilson do Salgado homenageia Sindicato dos Professores de Pernambuco

Na 58ª Reunião da 3ª Sessão Legislativa Ordinária da 16ª Legislatura, da Câmara Municipal de Caruaru, realizada na noite dessa terça-feira (20.10), o vereador Edmilson do Salgado (PCdoB), apresentou dois requerimentos, que foram aprovados por unanimidade.

Requerimento nº 1830/2015/Vereador Edmilson do Salgado: voto de aplauso ao Sindicato dos Professores do Estado de Pernambuco (Sinpro-PE) pelos seus 70 anos;

Requerimento nº 1831/2015/Vereador Edmilson do Salgado: asfalto na Rua São João da Escócia, bairro do mesmo nome;

Edmilson-do-Salgado-PCdoB

TV Replay, o que é bom se repete!

Barreiros-PE: SINTEPE se prepara para eleições, enquanto professores protestaram por direitos iguais

Sintepe em Mobilização

Foto e Reportagem : Luciano Luiz

O SINTEPE, esteve realizando uma reunião que contou com diversos educadores do município da educação infantil, fundamental I e fundamental II, além de professores do EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Na ocasião foram tratados vários temas, dentre eles: A Eleição do SINTEPE, que acontecerá na próxima quarta e quinta-feira, 12 e 13 de novembro, onde o sindicato ressaltou a necessidade de todos professores filiados participarem deste processo.

Outra pauta que ficou em destaque foi a questão do PASEP de alguns funcionários que ainda precisa ser resolvido junto ao poder executivo. A inclusão dos funcionários administrativos no PCC da educação, também foi outro ponto abordado que se destacou entre os participantes do encontro.

Um dos pontos mais polêmicos na reunião foi o atraso da Prefeitura em repassar os valores consignados aos Bancos, haja vista que o Santander, o Bradesco e Caixa Econômica são os bancos credores. No caso do Santander, o sindicato informou que foi até o mesmo e lá foi confirmado que a prefeitura está regular, no entanto, os demais bancos ainda carecem resolver a situação financeira dos empréstimos.

Chegando ao último ponto em discussão, o atraso de pagamentos dos funcionários da educação, foi decidido pela categoria procurar o Prefeito para juntos encontrarem uma solução, onde todos os funcionários da classe, tantos os que receberam seus vencimentos, quanto aqueles que ainda esperavam o pagamento, de início resolveram fazer um ato público em frente a Prefeitura para reivindicar a regularidade nos pagamentos de todos por igual; para tal, uma comissão teria sido escolhida e a mesma em conjunto com os membros do sindicato iriam falar pessoalmente com o Prefeito para esclarecerem a situação; enquanto isso, os demais professores estariam do lado de fora em um protesto pacífico, segundo o que inicialmente ficou acordado na reunião.

Da forma como combinado, professores e membros da classe educacional percorreram as ruas do município de Barreiros na última segunda-feira (10), e protestaram solicitando do Poder Executivo o cumprimento aos acordos firmados com os educadores em relação aos pagamentos pendentes.

A classe esteve no pátio da Prefeitura, e como ato de protesto proferiam palavras contra o gestor público do tipo:

 “Prefeito, bota o dinheiro pra fora!”. 

A manifestação foi passiva, sem gravidade alguma.

 Fotos: Lucidio Alves

Fotos: Lucidio Alves

4 5

Na ocasião, o Prefeito da cidade e sua equipe receberam a comitiva formada, e escutaram as reivindicações da categoria, como o repasse dos consignados e calendário de pagamento dos funcionários da educação.

No encontro, foi observado entre as partes que havia diferenças de cálculos e de imediato ficou acertado uma outra reunião ainda no mesmo dia, no período da tarde, para esclarecer quaisquer que fossem as dúvidas levantadas.

2

Quanto aos salários atrasados de alguns profissionais da educação e que até o dia (10), não teriam sido repassados, ficou determinado pelo poder executivo que seriam depositados de segunda à quarta-feira, e os valores já poderiam ser sacados.

Vamos continuar acompanhando de perto as negociações e repassando a todos os internautas maiores informações.

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Caruaru-PE: SINTEPE realizou plenária pré-congressual em Caruaru

Reportagem: Edvaldo Magalhães entrevista Heleno Araújo presidente do SINTEPE, que fala sobre política educacional,conjuntura estadual e da palestras.

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Recife: Greve dos professores deixa 800 mil estudantes sem aulas

Os professores da rede estadual de ensino paralisam hoje suas atividades para cobrar melhorias na educação pública e na valorização profissional dos servidores como planos para a carreira, aumento do piso salarial e qualificação. A ação faz parte da 14ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública, que ocorre em todo o país durante três dias.

Os docentes do Recife também irão aderir ao movimento. No Estado, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sintepe) estima que a mobilização tenha a adesão de 90% da categoria.

Durante coletiva de imprensa na manhã de ontem, o Sintepe informou que recebeu denúncias de que a Secretaria Estadual de Educação (SEE) estaria pressionando diretores para que não houvesse a greve.

À tarde, a SEE informou que as escolas funcionarão normalmente e que os faltosos terão o valor descontado.

O presidente do Sintepe, Heleno Araújo, informou que caso haja o corte, o sindicato irá acionar o Ministério Público do Trabalho.

“Os alunos têm direito a 200 dias letivos. Se a Secretaria de Educação optar pelo corte, automaticamente, não poderemos repor as aulas. Com isso, vamos acionar o MPT, para que a lei seja cumprida e os alunos não sejam prejudicados”, disse.

Segundo a secretaria, o Estado paga o piso nacional previsto para os professores e busca uma remuneração cada vez melhor para os servidores da educação.

De acordo com o Sintepe, hoje estão previstos atos públicos nas Gerências Regionais de Educação. Amanhã a categoria pretende ocupar a Câmara dos Vereadores e a Assembleia Legislativa.

 

Fonte: Destak