Blog de Airton Sousa: Brasil massacra a Argentina

A princípio a preocupação, como a seleção brasileira reagiria emocionalmente, ao pisar no gramado do Mineirão, para o jogo contra os argentinos. Porém, não passou de um momento de lembranças, tudo foi embora a partir do instante em que a bola começou a rolar. E tudo parecia um sonho, na proporção que o jogo ia acontecendo, em um 0 x 0 eletrizante, com os adversários melhores, mais tranquilos, e colocando os brasileiro acuados no campo defensivo. É tanto que chegou um momento em que a Argentina teve 63% de posse de bola, contra 37% do Brasil, demonstrando o domínio técnico do adversário.

Porém, continua aquela máxima no futebol, onde quem não faz, leva. E foi o que aconteceu. De repente a surpresa, onde Felipe Coutinho, em uma jogada surpreendente e de muita qualidade, chuta indefensável para o goleiro da Argentina, aos 25 minutos, e o Brasil explodia de emoção. A partir daí, os argentinos impactados com o gol, baixaram a cabeça e se renderam. Ainda no primeiro tempo, também de uma maneira surpreendente, Neymar, com uma troca de passe com Gabriel Jesus, aproveita, penetra, e faz 2 x 0, aos 45 minutos, finalizando o placar na primeira fase.

Para a volta do segundo tempo, tudo estava mais tranquilo, mesmo porque os dois gols abalaram a todos os jogadores da Argentina, até os mais qualificados e experientes. Um segundo tempo, que mudou muito pouco as características  das seleções. O Brasil mais solto, e a Argentina mais nervosa e intranquila, tentando e sem conseguir reagir o suficiente. O desespero dos argentinos aumenta, a seleção brasileira aproveita para tocar bola e irritar, até que aos 14 minutos, com Paulinho, que houvera entrado no jogo, acontecia o terceiro gol, matando mesmo cedo, qualquer reação do time de Messi.

Com a vitória, o técnico Tite festeja sua quinta vitória junto com os jogadores, os brasileiros voltam a vibrar e confiar na seleção, que continua firme e forte rumo a classificação nas eliminatórias. E o melhor, na liderança do grupo sul americano. Agora que venham os Peruanos, que ontem surpreenderam a seleção do Paraguai, em Assunção, pelo placar de 4 x 1. No entanto, vamos analisar, quem faz três gols na Argentina, com um futebol show, tem que respeitar os peruanos, nunca temer. Acredito, que desta maneira, Tite volta do Peru com mais uma vitória, e uma invencibilidade que dá inveja às demais seleções.

Blog de Airton Sousa: Brasil – apenas uma vitória

Com uma apresentação diferente das três anteriores, a seleção do técnico Tite venceu a lanterna Venezuela pelo placar de 2 x 0. É preciso uma reflexão, para tentar encontrar a justificativa do futebol apresentado pelo Brasil. Será que foi a ausência de Neymar? Será que foi acomodação, pela posição do adversário? Será que foi cansaço físico em razão da sucessão de jogos, e já estarmos no final de temporada? Ou será que as goleadas dos três jogos anteriores, envaideceu os jogadores, dando a entender que já estamos 100%?  Ou talvez a chuva, a condição do gramado, seja essa a justificativa encontrada pelo treinador e os seus comandados. A verdade, é que a seleção teve uma apresentação fraca, sem envolver ao adversário e sem brilhar, apesar da vitória de 2 x 0.

O Brasil abriu o placar, aos 7 minutos com Gabriel Jesus, depois de um presente do goleiro Venezuelano, Hernandez. Outros lances se sucederam, porém a seleção sempre falhava no último passe e consequentemente nas finalizações, terminando o primeiro tempo, apenas com o placar de 1 x 0, onde o goleiro do Brasil, teve muito pouco trabalho, a não ser uma jogada ou outra pela esquerda, com o melhor jogador do time venezuelano, o Peñarando, aliás um dos poucos jogadores de qualidade no adversário .

No segundo tempo, pouca coisa mudou. O Brasil marcou o segundo  gol aos 8 minutos com William, que teve uma apresentação apenas razoável. Aos 28 minutos, houve um problema provocando a falta de energia, e após 22 minutos de paralisação, na retomada do jogo, aconteceu uma certa evolução na Venezuela, sem contudo, ocasionar muito perigo ao time Brasileiro. No entanto, o importante é que a seleção continua com cem por cento de aproveitamento com o técnico Tite, e além do mais assumiu a liderança com 21 pontos, em razão do empate do Uruguai.

Após a rodada de ontem, ficou assim a classificação dos quatro primeiros colocados: Brasil, 21 pontos; Uruguai, 20 pontos; Equador e Colômbia, ambas com 17 pontos. A Seleção Brasileira jogará a próxima partida em Minas Gerais, no dia 10 de novembro, contra o seu arqui rival, Argentina, que não vem bem nos jogos eliminatórios. Nesse jogo, Neymar estará de volta à seleção e espera-se que os comandados do técnico Tite, possam vencer e encantar a torcida brasileira.

Blog de Airton Sousa: Tite estreia com vitória

Finalmente, chegou o dia da estreia do técnico Tite, no comando da seleção brasileira. Muita espera, muita expectativa e a esperança de um povo que tem no sangue o futebol, e que nos últimos anos, acompanha com tristeza e decepção nas participações da seleção em Copas do Mundo e América. Em torno do nome do novo técnico da seleção, apoio, confiança e a certeza de que agora os rumos podem ser outros, principalmente pela competência do treinador Tite. A altitude do Equador, o entrosamento do adversário, a invencibilidade nos seus domínios, tudo isso criava uma atenção toda especial com o jogo.

Um primeiro tempo em que o adversário, na maioria das jogadas, colocou a bola em cima dos nossos laterais, mas suportamos e conseguimos um empate de zero a zero. Na volta do segundo tempo, a seleção do técnico Tite voltou com outro plano tático e aos poucos foi envolvendo o time Equatoriano. O placar foi aberto aos  26 minutos com um pênalti sofrido por Gabriel Jesus e cobrado por Neymar, e era isso que queriam os nossos jogadores, impactar o adversário, partir para cima, dominar todos os setores do campo, chegar ao segundo gol, com uma bonita jogada de Gabriel Jesus aos 41 minutos e finalmente o fechamento do placar aos 45, novamente com Gabriel Jesus, que conseguiu ser o nome do jogo. Um placar de 3 x 0,  que dá confiança e credibilidade para o jogo de terça-feira(06), em Manaus, contra a Colômbia.

Com certeza, a situação da seleção e do seu treinador agora é outra. Não estamos exagerando, porém, além do placar, a maioria dos jogadores e o plano tático, que corresponderam, o otimismo de que o tempo e os jogos farão a seleção brasileira voltar a encantar, desde que o grupo tenha humildade e união, além de pulso firme do seu comandante.

Blog de Airton Sousa: Seleção Masculina surpreende e se classifica

O inesperado aconteceu, a seleção brasileira de futebol masculino, desacreditada e jogando mal nas duas primeiras partidas da fase classificatória, dá a volta por cima e surpreende vencendo de goleada a seleção de Honduras por 6 x 0, com o crescimento de alguns jogadores a exemplo de Neymar e Gabriel Jesus, entre outros. Esperava-se muito mais dos adversários, que inclusive haviam vencido aos Argentinos. De repente tomaram um gol com menos de 1 minuto do primeiro tempo, e não tiveram controle emocional, para superar o gol tomado, mesmo porque a principal arma dos Hondurenhos era a velocidade e o jogo duro. No entanto, com a sequência inesperada de gols a favor da seleção brasileira, não tiveram chances de recuperação e terminaram se rendendo ao maior volume do time brasileiro.

O ouro agora está mais perto, os adversários da seleção nacional, será a Alemanha que venceu nas semi finais a seleção da Nigéria por 2 x 0. Um fato não deixa de aparecer na mente dos brasileiras, aquele momento terrível que passamos há 2 anos atrás, quando perdemos na Copa do Mundo pelo alarmante placar de 7 x 1. É um outro time, um outro momento, outra competição> No entanto o emocional vai pesar muito contra os brasileiros, pelo vexame que passamos na Copa do Mundo de 2014.

Conquistar o ouro, será um grande feito, já que nunca conseguimos na historia das olimpíadas, sermos campeões de futebol masculino. Brasil e Alemanha decidem o ouro nesse sábado às 17.30. Vamos torcer e esperar que os brasileiros façam bonito, dentro de campo.