Blog de Airton Sousa: Cobertura exclusiva pela Nova FM

A Rádio Nova FM 105,9, foi a única emissora da cidade de Caruaru, que fez a cobertura ao vivo, direto do Estádio Cornélio de Barros, da decisão do Campeonato Pernambucano 2017, entre Salgueiro x Sport, valorizando assim, o ouvinte e o patrocinador. Agradecemos a audiência e o apoio dos nossos patrocinadores!

Blog de Airton Sousa: Arbitragem de vídeo dá título ao Sport

Um Campeonato onde aconteceu de tudo, do início até o final, onde destacamos alguns pontos importantes. Os considerados grandes, entraram sem perigo de rebaixamento no meio da competição. Os intermediários, além de não receberem no interior os grandes, jogaram todo Hexagonal na capital. O calendário da decisão se perdeu no tempo, e a diferença do primeiro para o segundo jogo, foi de quase 60 adias. Renda e público decepcionantes também nos clássicos, entre outros fatos negativos.

Como se não fosse o bastante, na decisão entre Salgueiro e Sport, aconteceu o gol do Carcará aos 25 minutos do segundo tempo, legítimo e anulado através da consulta ao “árbitro de vídeo”. Implantado para facilitar, essa tecnologia porém, vem complicando, porque foi preciso 5 minutos para que fosse confirmada a irregularidade que não existiu contra o Salgueiro, quando o jogo ainda estava 0 x 0; e com certeza mudaria, se confirmado o gol, toda história da partida. A maioria da crônica especializada, não viu irregularidade no gol. Daí muita confusão e revolta. Inclusive o Presidente de Honra e Prefeito da cidade, disse que iria retirar o clube de qualquer competição oficial, pela injustiça sofrida pelo Salgueiro.

Foi um jogo disputado palmo a palmo, de igual para igual, até o momento da anulação do gol do Salgueiro. Um futebol aéreo, muitas bolas rifadas na área, marcação dura, onde destacaram-se pelo Sport: Diego Souza, Everton Felipe, Lenis, Rodrigo e Rithely. Enquanto que pelo Salgueiro, foram destaques: Tamandaré, Raniere, Rodolfo Potiguar, Jean Carlos e Moreilândia. O gol do Sport foi aos 36 minutos do segundo tempo, com um belo chute e Everton Felipe. Vamos isentar ao árbitro goiano Wilton Sampaio, que apenas cumpriu o que foi legitimado, pela equipe técnica da arbitragem de vídeo, anulando o gol do Salgueiro.

O Sport é o campeão do Pernambucano de 2017 e ainda não foi dessa vez, que permitissem que o título ficasse no interior. Mudanças serão anunciadas para o Campeonato de 2018 e agora é aguardar para ver tais inovações.

Blog de Airton Sousa: Finalmente chegou o dia da decisão

Depois de mais de 60 dias, o torcedor pernambucano terá nesta quarta-feira(28), a decisão do Campeonato Pernambucano de 2017. Na primeira partida, que aconteceu na Ilha do Retiro, tivemos o empate de 1 x 1, favorecendo naquele momento, ao time do interior. No entanto, por existir um calendário apertado, o fato do Sport estar em várias competições, não foi possível realizar o segundo jogo, com um menor intervalo de tempo.

Enquanto isso, o time do Salgueiro passou a jogar pela Série C, com resultados negativos, em razão de que o grupo participava do Brasileiro, com a cabeça no jogo decisivo contra o Sport, o que é um fato indiscutível, além da preocupação do encerramento de alguns contratos. Nesse sentido, realmente esse argumento tem sentido, também porque a espera não teve um espaço de tempo tão pequeno, ao contrário, foi bastante longo.

Agora não adianta argumentar isso ou aquilo, porque muitos esperam que desta feita, o título fique no interior, o que nunca aconteceu. Essa demora só trouxe prejuízo para o Carcará, que não possui um elenco grande, enquanto que o Sport Clube do Recife tem a vantagem da estrutura de um time grande, com um elenco tecnicamente superior.

O que pode ser colocado como vantagem para o time do interior: o estádio, a participação entusiástica da torcida, o conjunto do time que joga com muita garra, e os detalhes no campo de jogo que o Salgueiro conhece muito bem. Porém, uma decisão dessas pode acontecer por uma única bola, valendo a pena esperar para acompanhar com muita emoção, essa decisão que será inédita no futebol do Campeonato Estadual. Se o título fica no interior, irá despertar mais motivação nas demais equipes.