Aposentados do INSS – Parcela do 13º será paga de 27 de agosto a 10 de setembro; veja tabela

Aposentados e pensionistas começarão a receber, a partir de agosto, a antecipação da primeira parcela do 13º salário. De acordo com a Secretaria de Previdência, o depósito será realizado junto com a folha mensal de pagamentos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), entre os dias 27 de agosto e 10 de setembro, conforme a Tabela de Pagamentos de Benefícios 2018.

2.2 W/Agência Brasil

2.2 W/Agência Brasil

A estimativa é que essa antecipação chegue a R$ 20,6 bilhões nos meses de agosto e setembro. Cerca de 30 milhões de beneficiários terão direito à primeira parcela do abono anual, que corresponde a metade do valor do benefício. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro de 2018. Nesse caso, o valor será calculado proporcionalmente.

Não haverá desconto de Imposto de Renda nessa primeira parcela, que será cobrado apenas em novembro e dezembro, quando for paga a segunda parcela.

Tem direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. Aqueles que recebem benefícios assistenciais, como Benefício de Prestação Continuada e Renda Mensal Vitalícia, não têm direito ao abono anual.

Por Agência Brasil

Caruaru-PE: Suplentes de vereadores devem participar de nova votação semana que vem

suplentes

Deve ser votada na próxima semana a adequação do novo salário mínimo para a prefeitura de Caruaru. Com isso, os suplentes de vereadores, que assumiram recentemente a vaga por meio de decisão da justiça, irão ter o gostinho de votar pela segunda vez numa sessão da Casa Jornalista José Carlos Florêncio.

O secretário de Administração da cidade, Antônio Ademildo, confirmou que será enviado até o início da próxima semana a mensagem com o Projeto de Lei, para que o novo salário passe a vigorar em Caruaru.

Saiba quem são os suplentes que tomaram posse: no lugar de Eduardo Cantarelli (SDD), assumiu Joel da Gráfica (DEM), que teve 1.958 votos; no de Evandro Silva (PMDB), Rosimery da Apodec (DEM), que teve 1.349 votos; na vaga de Cecílio Pedro (PTB), assumiu Alecrim (PSD), que teve 3.284 votos; na de Jadiel Nascimento (PROS), assumiu Rodrigues da Ceaca (PRTB), que teve 1.452 votos; no lugar de Jajá (PPS), Carlinhos da Ceaca (PPS), que teve 1.264 votos; no de Louro do Juá (SDD), Nino do Rap (DEM), que teve 1.440 votos; no de Val (DEM), assumiu Duda do Vassoural (DEM), que teve 2.020 votos; no lugar de Val das Rendeiras (PROS), assumiu Jaélcio Tenório (PRB), que teve 1.287 votos; no de Neto (PMN), o Tenente Tibúrcio (PMN), que teve 1.390 votos; e no de Sivaldo Oliveira (PP), o Pastor Carlos Santos (PRB), que teve 1.413 votos.

TV Replay. o que é bom se repete!

Fonte: http://blogdomarioflavio.com.br

Recife-PE: Geraldo abre mão do salário de prefeito

Geraldo Julio decidiu que não vai mais receber a verba de representação a que tem direito como prefeito do Recife de acordo com a Lei 17.732/2011. E mais: vai devolver ao Município o valor que já recebeu este ano. A decisão foi anunciada na noite desta terça-feira (28).

2

Amanhã, um Projeto de Lei será enviado à Câmara dos Vereadores alterando o artigo 33 da Lei nº 17.732/2011 que garante aos servidores públicos receberem uma verba de representação equivalente a 80% do valor do salário ao qual teriam direito na condição de prefeito ou vice-prefeito do Recife. 

“Apesar do Tribunal de Justiça, do Tribunal de Contas e do Ministério Público já terem atestado a legalidade do vencimento, decidi abrir mão do pagamento para evitar que essa falsa polêmica ocupe o tempo e o espaço onde deveriam ser discutidos os reais problemas da cidade”, afirmou o prefeito. “O Recife tem muitos problemas e o povo não me elegeu para gastar energia e capacidade de trabalho com questões como essa”, completou.

O prefeito anunciou ainda que vai devolver os oito salários já recebidos da Prefeitura em 2013. “Sou servidor público concursado há mais de 20 anos e não vou deixar que tentem manchar a minha carreira atacando minha honra e minha integridade”, afirmou Geraldo, que é funcionário concursado do Tribunal de Contas do Estado (TCE) desde 1992.

Na última segunda-feira, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) entendeu que a remuneração é legal. Na semana passada, o TCE atestou a regularidade do recebimento dos benefícios. No mesmo sentido, o Poder Judiciário negou (23) o pedido de suspensão do pagamento que também foi apresentado pela oposição. Anteriormente, o Presidente da OAB já havia se posicionado pela constitucionalidade da Lei Municipal.

Fonte: www.facebook.com/GeraldoJulioOficial

Trabalhadores preferem aumento salarial a férias, aponta estudo

Você gostaria de ganhar mais ou ter mais tempo livre para a família e os amigos? De acordo com nova pesquisa da Mercer os brasileiros preferem aumento de salário a períodos mais longos de férias

Em segundo lugar, com 13% da preferência dos entrevistados brasileiros, ficou a ajuda mensal de R$ 300 para gastos básicos

Pesquisa da consultoria Mercer tentou estabelecer quais são os benefícios e incentivos mais apreciados por funcionários de empresasde diversos portes no Brasil e em outros nove países. O resultado foi que, no geral, os trabalhadores dão mais valor a um salário mais altono fim do mês do que dias de folga adicionais.

Para o estudo foram entrevistados 10.400 trabalhadores em países como a França, o Canadá, a Espanha, os EUA, a China, Hong Kong, Irlanda, Itália, Reúno Unido e Brasil. Os entrevistados receberam uma lista com 13 benefícios ou incentivos que poderiam ser oferecidos pelas empresas e foram orientados a compará-los e enumerá-los por ordem de preferência.

No caso do Brasil, aproximadamente 16% dos entrevistados colocaram um adicional de R$ 300 em seu salário mensal como primeira opção. No entanto, o interesse por esse aumento diminuía conforme aumentava o salário-base do funcionário entrevistado.

Em segundo lugar, com 13% da preferência dos entrevistados brasileiros, ficou a ajuda mensal de R$ 300 para gastos básicos, especialmente alimentação. Outros 12% de trabalhadores brasileiros afirmaram ainda que preferiam que a sua empresa aportasse outros R$300 a seu plano de aposentadoria. Apenas 9% dos entrevistados afirmaram preferir 10 dias a mais nas férias.

Além do aumento nas férias, os benefícios não-financeiros oferecidos como opção aos trabalhadores foram menos horas de trabalho na sexta-feira durante o verão, horários de trabalho flexíveis e instalação de clínicas médicas no local de trabalho.

Fonte: universia.com

Salário – O que faço para sobrar algo?

Wallace Espíndola - Administrador

Salário mínimo! Como fazer para sobrar algo?

Você já parou para pensar que existem pessoas ao seu redor que ganham aproximadamente o mesmo salário que você e conseguem viajar ou até comprar a casa própria, enquanto você continua sofrendo com dívidas?

Então vamos ver algumas dicas para ajudar a você a poupar algo do seu salário.

  1. Preciso saber onde gasto meu dinheiro: Você tem que saber quais são seus gastos mensais. Coloque no papel. Assim, vai ficar sabendo para onde está indo seu dinheiro.
  2. Preciso ter um controle rígido no orçamento familiar: Planeje um orçamento familiar realista. Siga-o a risca. Assim, irá conseguir uma sobra do salário para a realização do objetivo financeiro definido.
  3. Preciso eliminar gastos supérfluos: Evite os gastos supérfluos. Não faça compras de algum item, pelo simples motivo de ter gostado. Não podemos gastar nosso dinheiro com coisas desnecessárias.
  4. Preciso definir um objetivo financeiro: Você já deve ter escutado o ditado: “se você não sabe para onde ir, qualqer lugar serve.” Assim, é o com seu dinheiro! Para quem não tem disciplina, o objetivo financeiro é uma disciplina forçada. Defina um objetivo e siga em busca dele. (Ex: comprar uma TV, pagar dívida, juntar determinado valor, etc.)
  5. Preciso de um acompanhamento diário (Anotações): É preciso ter um controle diário com os gastos para quer nada fuja de seu objetivo financeiro.

E para finalizarmos, deixo cinco lições para nossa vida financeira:

  • Quando sem tem foco e disciplina, é possível conquistar o quiser. É claro, colocando-se limites em tudo, com os pés no chão e a cabeça no planejamento.
  • Quanto menos tempo se perde, mais tempo disponível para produzir (parece óbvio, mas poucos conseguem enxegar o quanto deixamos de ganhar com o tempo que perdemos).
  • Sempre que possível, compre à vista. Os descontos valem à pena. Então, é melhor juntar dinheiro, pois além de não ficarmos com dívida ainda ganhamos com isso financeiramente.
  • Faça bom uso do seu dinheiro (“Você vai trabalhar, acha seu trabalho tão pesado e aí gasta a toa? Não pode).”
  • Precisamos ter em mente aquele velho ditado: quando tenho tempo, não tenho dinheiro e quando tenho dinheiro não tenho tempo. Vamos tentar conciliar os dois termos, é claro, essa é a dica.

Boa sorte. Sucesso!