Gilberto e Willian Rocha treinaram na praia

Após o jogo da última quarta-feira, contra o Botafogo, dois jogadores do Sport procuraram a comissão técnica pedindo para realizarem um treino físico na manhã desta quinta-feira, que seria de descanso. O atacante Gilberto e o zagueiro Willian Rocha conversaram com o preparador físico Eduardo Baptista e foram até a praia fazer um treino físico.

No período da tarde, eles voltaram a trabalhar em uma academia da cidade junto com os outros jogadores da delegação rubro-negra.

Nome de Renato Gaúcho volta a ser cogitado na Ilha do Retiro

Paralelamente à preparação do Sport para o confronto com o Botafogo, segue firme a busca pelo substituto de Vágner Mancini. Cercada de muito mistério, a escolha do novo comandante rubro-negro passa a ser a prioridade da cúpula leonina, que ainda não chegou a um consenso sobre treinador ideal para assumir a complicada missão de tirar o time da delicada situação.

Apesar dos esforços dos dirigentes em evitar o vazamento de qualquer informação, alguns nomes já surgem nos bastidores da Ilha do Retiro. Rumores dão conta de que Adilson Batista -  desempregado desde que deixou o Atlético-GO no início do Brasileiro – teria rejeitado a proposta leonina. Com uma sequência de resultados ruins nos últimos clubes que comandou, o treinador estaria “dando um tempo” para se reciclar.

Depois de ter o nome descartado por parte da diretoria, Renato Gaúcho voltou a ser cogitado. Alguns dirigentes estariam apresentando alguma resistência ao nome, enquanto outros o defendem, dizendo que ele teria o perfil ideal para a situação. Um dos argumentos de seus críticos é a ligação de Renato com o Flamengo da polêmica do Brasileiro de 1987, conquistado pelo Sport.

Outro nome que vem ganhando força nos bastidores é o de Marcelo Oliveira, que balança no comando do Coritiba. Entretanto, diante da urgência, dificilmente a cúpula rubro-negra irá apostar no desdobramento de sua situação.

Sonhando com a Libertadores

A vitória sobre a Portuguesa no último domingo serviu para tranquilizar o ambiente no Sport. Após o triunfo, o Leão se afastou da zona de rebaixamento.Para Bruno Aguiar o Sport não deve pensar tão baixo. Para ele o objetivo do time precisa ser ficar no G-4.

Pensando grande, o defensor acredita que o Sport não poderá entrar em campo, contra o Grêmio, na nesta quarta, pensando apenas em não ser derrotado. Apesar da confiança, o zagueiro reconheceu que o Sport não terá vida fácil no Rio Grande do Sul.

Hugo também já chegou mostrando a que veio, pois o intuito dele é levar o time para a Libertadores. Sem saber ainda quando estréia garante que a meta dele é conquistar algo grande pelo clube. O meio-campo diz que o clube não pode pensar como time pequeno e também fez questão de elogiar a torcida rubro-negra.

 

Substituto de Felipe Azevedo deverá ser Gilberto

Sem poder contar com o atacante Felipe Azevedo, suspenso, para a parida contra a Portuguesa, às 18h30m deste domingo, na Ilha do Retiro, o técnico Vágner Mancini já escolheu quem deverá ser o titular do ataque. Caberá ao recém-contratado Gilberto a função de ser o homem de referência.
Feliz com a possibilidade de fazer sua estreia com a camisa do Sport, Gilberto garantiu que não terá problemas caso seja escalado para substituir Felipe Azevedo, pois estava treinando normalmente no Internacional. O atacante falou que o Sport possui um elenco muito qualificado, e que ele precisará se esforçar para conquistar espaço.

De acordo com o treinador, o jogador só não estará entre os titulares se não for regularizado. Contudo, mesmo tendo uma predileção pelo centroavante, Mancini revelou que tem como alternativa colocar Marquinhos Gabriel na frente e promover a entrada de Willians, caso o jogador não ganhe condições de atuar. Também existem outras possibilidades que podemos fazer caso Gilberto não possa jogar.

Na avaliação do treinador, o Sport terá que intensificar sua movimentação, para poder superar a Portuguesa. Acostumado a enfrentar clubes que atuam no ataque, Mancini afirmou que a postura defensiva da Lusa pode causar problemas. É preciso impor o ritmo de jogo, pois a Portuguesa poderá atacar no erro da equipe rubro-negra, então tem que dar mais velocidade ao jogo. No entanto tem que trabalhar bem a bola, com muita movimentação, pois provavelmente irá enfrentar uma equipe com postura diferente das que já foram enfrentadas neste brasileirão.

Vágner Mancini monta a equipe sem possíveis improvisações

Moacir estará de volta à lateral-direita, Marquinhos Paraná de volta ao meio-campo e na companhia de Rivaldo, Reinaldo ficará na lateral-esquerda. Richely foi poupado do  treino por conta de dores no tornozelo.  Sendo assim, mesmo com a liberação de seis jogadores, o técnico Vágner Mancini não terá dificuldades de montar a equipe para o jogo contra o Coritiba. Praticamente sem improvisações o que não vem agradando a torcida rubro-negra.

No coletivo, Mancini armou o time no 4-4-2 com Magrão; Moacir, Bruno Aguiar, Edcarlos e Reinaldo; Tobi, Rivaldo, Marquinhos Paraná e Henrique, Marquinhos Gabriel e Felipe Azevedo. Com o elenco reduzido, Mancini precisou convocar reforços da equipe da base para realizar o coletivo. No time reserva, a novidade foi a participação de Cicinho, que atuou todo o primeiro tempo, sendo substituído depois por Ruan.

Jheimy tem nova chance como titular no Sport

Criticado pela torcida rubro-negra, o atacante terá uma nova chance para mostrar o seu potencial. O jogador deve ser o substituto de Marquinhos Gabriel, que está lesionado, e deverá formar a dupla ofensiva com Felipe Azevedo.

Jheimy comemorou o fato de atuar mais centralizado. Embora ainda não esteja entrosado com o Felipe Azevedo, o atacante acredita que seu posicionamento será importante para mostrar seu potencial.