Blog de Airton Sousa: Brasil é destaque nos jogos paralímpicos

O mundo viveu nesses trinta últimos dias, uma integração de todos os povos, quando da realização dos jogos olímpicos e paralímpicos, onde não existiu diferença de cor, raça, nem condição financeira. Um verdadeiro sonho para a humanidade que vive conflitos em todos os sentidos. No entanto, passaram as olimpíadas e os jogos paralímpicos, onde o nosso país teve a honrosa oitava colocação. A melhor de todos os jogos paralímpicos. Esperar que sirva de aprendizado para os órgãos responsáveis e também um estímulo aos patrocinadores desses brilhantes atletas.

Eis como ficou o quadro de medalhas :

1º lugar China:  Ouro 107 – Prata 81  - Bronze 51 – Total 239

2º lugar Grã-Bretanha:  Outo 64 – Prata 39 – Bronze 44 – Total 147

3º lugar Ucrânia:  Ouro 41 – Prata 37 – Bronze 39 – Total 117

4º lugar Estados Unidos:  Ouro 40 – Prata 44 – Bronze 31 – Total 115

5º lugar Austrália:  Ouro  22 – Prata 30 – Bronze 29 – Total 81

6º lugar Alemanha:  Ouro 18 – Prata 25 – Bronze 14 – Total 57

7º lugar Holanda: Ouro 17 –  Prata 19 –  Bronze 26 – Total 62

8o. Brasil:  Ouro 14, Prata 29, Bronze 29 – Total 72

9º lugar Itália:  Ouro 10 –  Prata 14 – Bronze 15 – Total 39

10º lugar Polônia:  Ouro 9 – Prata 18  - Bronze 12 – Total 39

Blog de Airton Sousa: Finalmente o ouro para o futebol masculino

O Brasil parou neste sábado, para ver a decisão da medalha de ouro, no Maracanã, entre as seleções do Brasil e Alemanha. Um jogo difícil, como era de se esperar, duro, movimentado e bem disputado taticamente. O Brasil abriu o placar ainda no primeiro tempo, através de uma bela cobrança de falta de Neymar, terminando com a vitória parcial de 1 x 0. Na segunda etapa, a Alemanha veio com mais disposição ofensiva e marcou o gol de empate aos 13 minutos. A partir daí, o jogo se tornou mais difícil, com excesso de faltas e cartões amarelos pelas duas seleções, e finalmente o placar de 1 x 1, no tempo normal. Veio a prorrogação, e continuou o empate até o final, com as duas equipes desgastadas fisicamente, principalmente a seleção Brasileira.

Veio então a decisão nos pênaltis. Emoção a cada cobrança. Na quinta cobrança, onde a Alemanha perdeu, coube a Neymar a decisão. Tivemos então uma cobrança perfeita e a vibração do quinto gol brasileiro contra quatro da Alemanha, onde vimos a torcida enlouquecida, dentro e fora do Maracanã. É a primeira vez no futebol que o Brasil conquista a medalha de ouro, e agora é esperar que essa conquista possa moralizar o futebol Brasileiro, que vem desgastado no mínimo, há quinze anos atrás. Podemos destacar no jogo: Douglas Santos, Renato Augusto, Gabriel Jesus, Wallace e Rodrigo Caio. Neymar não esteve tão bem, porém teve uma excelente cobrança de falta, abrindo o placar e cobrando o último pênalti, dando a vitória ao Brasil. Não podemos isentar também, os elogios a paciência do técnico Rogério Micali. Vem aí a Copa de 2018, e se pergunta, o que haverá de mudança, de cima para baixo no nosso futebo? Inclusive  agora, na fase eliminatória sul americana, visando a próxima copa. A euforia é válida, porém as providências têm que ser imediatas, principalmente por parte daqueles que dirigem a CBF.

Blog de Airton Sousa: Seleção Masculina surpreende e se classifica

O inesperado aconteceu, a seleção brasileira de futebol masculino, desacreditada e jogando mal nas duas primeiras partidas da fase classificatória, dá a volta por cima e surpreende vencendo de goleada a seleção de Honduras por 6 x 0, com o crescimento de alguns jogadores a exemplo de Neymar e Gabriel Jesus, entre outros. Esperava-se muito mais dos adversários, que inclusive haviam vencido aos Argentinos. De repente tomaram um gol com menos de 1 minuto do primeiro tempo, e não tiveram controle emocional, para superar o gol tomado, mesmo porque a principal arma dos Hondurenhos era a velocidade e o jogo duro. No entanto, com a sequência inesperada de gols a favor da seleção brasileira, não tiveram chances de recuperação e terminaram se rendendo ao maior volume do time brasileiro.

O ouro agora está mais perto, os adversários da seleção nacional, será a Alemanha que venceu nas semi finais a seleção da Nigéria por 2 x 0. Um fato não deixa de aparecer na mente dos brasileiras, aquele momento terrível que passamos há 2 anos atrás, quando perdemos na Copa do Mundo pelo alarmante placar de 7 x 1. É um outro time, um outro momento, outra competição> No entanto o emocional vai pesar muito contra os brasileiros, pelo vexame que passamos na Copa do Mundo de 2014.

Conquistar o ouro, será um grande feito, já que nunca conseguimos na historia das olimpíadas, sermos campeões de futebol masculino. Brasil e Alemanha decidem o ouro nesse sábado às 17.30. Vamos torcer e esperar que os brasileiros façam bonito, dentro de campo.

Blog de Airton Sousa: Para alguns, o sonho do ouro acabou

Com um dia cheio de emoções, a terça-feira (16/08), trouxe resultados que não foram os melhores para o Brasil.

No handball feminino o Brasil perdeu para a Holanda pelo placar de 32 x 23, ficando fora da disputa de medalhas, nem mesmo a de bronze.

O futebol feminino também foi eliminado pela Suécia, a quem o Brasil venceu na primeira fase por 5 x 1. No jogo mata-mata, o Brasil fez muitos finalizações, porém sem sucesso. O jogo regulamentar e a prorrogação não foram suficientes para decidir. Mais uma disputa nos pênaltis, o Brasil foi surpreendido e foi eliminado pelo placar de 4 x 3.

O vôlei feminino de praia teve o jogo de Larissa e Talita contra as alemães Ludwig e Walkenhorst, com resultado de 2 sets a 0 para a Alemanha. As brasileiras não tiveram uma boa atuação e desde o primeiro set as alemães recuperaram a confiança e obtiveram uma vitória com muita competência. Já a outra dupla, Ágatha e Bárbara, enfrentaram as norte americanas Walsh e Ross, que eram as favoritas. Mas as brasileiras venceram por 2 sets a 0 e tem vaga na final.

E finalmente o vôlei feminino de quadra perdeu para a China, por 3 sets a 2, depois de vencer todas as partidas da competição por 3 sets a 0. O primeiro set o Brasil jogou de forma impecável, vencendo por 25 x 15. A técnica chinesa Lang Ping, analisou muito bem a equipe brasileira, fez modificações acertivas e eliminou o Brasil, favorito absoluto pela campanha na competição e tirando o sonho do tri campeonato olímpico.

Blog de Airton Sousa: Seleções masculina e feminina vencem nas quartas de final

O futebol brasileiro avançou nas Olimpíadas, ao vencer a Colômbia no masculino e a Austrália no feminino, na etapa das quartas de final.

O time masculino  consegue ir para as semi-finais, depois de vencer a Colômbia por 2 x 0. Um jogo tumultuado, violento por parte dos dois times, e uma arbitragem fraca, no aspecto disciplinar, perdendo totalmente o controle do jogo. No entanto, os brasileiros fizeram valer a lado técnico e saíram classificados. Apesar da vitória e da classificação, ainda não praticamos um futebol brilhante, tanto individual quanto coletivamente. Agora é aguardar o próximo jogo, das semi-finais, que será na quarta-feira (17), contra a seleção de Honduras.

Já a seleção feminina, depois de um jogo duro e muito difícil, terminando empatado no tempo normal e na prorrogação, pelo placar de 0 x 0, partiu para a decisão nos pênaltis. , Na cobrança dos tiros livres diretos, o Brasil venceu por 8 x 7, com cobranças emocionantes. Mas a seleção feminina mostrou raça e garra, mais uma vez, fazendo com bravura o dever de casa. O próximo adversário, agora  para as semi-finais é a seleção será na terça-feira (16), contra a Suécia.

Blog de Airton Sousa: Seleção Feminina de Futebol em busca do ouro

Passados cinco dias do início dos jogos olímpicos, alguns países começam liderar a conquista dos mais variados tipos de medalhas, a exemplo dos Estados Unidos e da China. O Brasil ainda com uma participação modesta e poucas conquistas de medalhas.

Hoje volta a campo a seleção feminina de futebol, que está orgulhando a torcida, com duas vitórias obtidas, 3 x 0 e 5 x 1, tendo um saldo absolutamente positivo. Brasil e África do Sul, jogam às 22h desta terça-feira (09/08), com a probabilidade de mais uma vitória, principalmente pela garra demonstrada nos dois jogos anteriores e a vontade de conquistar o ouro olímpico, pela primeira vez.

Vamos torcer por essas meninas que estão dando um show de futebol.

Blog de Airton Sousa: Dois opostos – garra e descaso

Mais uma vez vimos a seleção feminina de futebol entrar em campo com garra. Um jogo que encantou ao torcedor, com um espetáculo de um time que esteve muito bem técnica e taticamente, sem vacilar, fazendo o que tem que ser feito. Um jogo que teve uma equipe entrosada, coma participação de todas, desde a defesa, o meio de campo e ataque. E o mais importante, dando ao torcedor aquilo que ele mais gosta de ver: gol! E foi um show de bonitos gols, com um placar elástico de 5 x 1, onde o Brasil venceu a Suécia, uma das favoritas ao título. A seleção feminina tem sido a alegria da torcida no país do futebol, com suas competentes apresentações, onde as atletas jogam por amor ao esporte, com garra e respeito ao torcedor.

Foto: Internet

Foto: Internet

Já a seleção masculina de futebol chegou ao seu estado mais crítico. Enfrentando adversários sem nenhuma tradição no futebol, não  passou de 0 x 0, tanto na estreia contra a África do Sul, quanto jogando contra o Iraque, nesse domingo (07/08). Além disso apresentou um futebol de baixo nível, sem vibração, demonstrando total descaso com a competição e com a torcida brasileira. O que pensam esses atletas, que estão no seleto grupo da seleção brasileira? São de fato atletas da seleção ou dos seus salários milionários,dos seus clubes e dos seus patrocinadores? O que esses atletas e também a CBF têm feito para reverter a crise que se instalou, sobretudo com a deprimente derrota da Cpoa de 2014?  Toda imprensa brasileira e internacional grita apelos para resolver tamanha decepção com o futebol da seleção brasileira.

A torcida vaiou, com razão, a seleção masculina e aplaudiu merecidamente a seleção feminina. Essa é a grande diferença entre as duas seleções. A feminina tem garra, a outra tem descaso e pouco interesse de fazer o Brasil reencontrar o seu verdadeiro futebol.

Foto: Internet

Foto: Internet

Blog de Airton Sousa: Seleção feminina encanta e masculina decepciona

O Brasil parou para ver o bom espetáculo apresentado pela Seleção Feminina de Futebol, na sua estreia das Olimpíadas. Um placar elástico, construído com qualidade e categoria, não dando espaço para nenhuma reação da boa seleção China. O placar final de 3 x 0, foi o resultado da estreia, com muita união e competência das garotas brasileiras.

Uma seleção perfeita, da goleira até a última atacante, todas distribuindo um verdadeiro espetáculo para a torcida. Agora vem a seleção da Suécia e que as meninas sejam outra vez superiores, para irmos rumo a conquista do ouro olímpico, pela primeira vez.

Enquanto isso a Seleção Masculina estreou contra a África do Sul e não passou de 0 x 0, mesmo com toda responsabilidade imposta ao jogador Neymar. Tivemos lances ofensivos, criamos oportunidades, mas o importante não aconteceu, o gol. A África do Sul nossa adversária, sem muito qualidade técnica e sem tradição olímpica, A verdade é que começamos mal mais uma vez, e não sabemos qual será a reação do Brasil, domingo à noite contra a fraca seleção do Iraque. Será preciso muita calma a partir do instante em que a bola rolar, porque um outro resultado negativo, poderá representar complicações nas próximas etapas das Olimpíadas.

Blog de Airton Sousa: Enfim as Olimpíadas!

Agora chegou o momento, e não adianta pensar nos problemas, nas necessidades, nas dificuldades, nem tão pouco nas limitações do nosso país. O importante é ser otimista e pensar que tudo vai dar certo, dentro da filosofia brasileira, de fazer tudo em cima da hora, com improvisações e arranjos. Problemas não faltam, porém, não faltam também vontade e otimismo, e na hora de temer, vamos colocar como exemplo a Copa do Mundo de 2014, onde tudo foi elogiável, exceção a decepção do nosso selecionado na competição, principalmente na goleada contra a Alemanha. Que o legado dos jogos olímpicos no Brasil, possa ser positivo, nas cidades que sediarão as competições, principalmente o Rio de Janeiro, diante das necessidades que vive o povo carioca.

Foto: Internet

Foto: Internet

Somos o país que só perde para os Estados Unidos, em  número de atletas da sua delegação, e esperamos que aliando-se aos nossos representantes, possamos ter também qualidade na competição. Não resta dúvida da importância do evento, da quantidade de países presentes, além de turistas de todo o mundo, que estarão vindo ao Brasil, para a abertura nessa sexta-feira(05/08), e com certeza no decorrer das mais diversas competições. Que a segurança possa garantir uma olimpíada de muita paz e que o Brasil, diante da nossa humildade e carência, possa dá ao mundo um exemplo de que mesmo sendo um país de terceiro mundo, é capaz fazer uma grande festa, e uma festa de muita paz e sucesso. Em meio aos nossos representantes nas olimpíadas, a atenção para o que vai fazer a seleção de futebol, porque nunca conquistamos o ouro. E, sem dúvida, seria mais uma decepção para o nosso futebol, se porventura não conquistarmos com os jogos olímpicos no nosso país. A estréia da seleção de futebol masculino será na quinta-feira(04/08), contra a África do Sul, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Também teremos como porta-bandeira da delegação brasileira, a atleta Yane Marques, brasileira, nordestina e pernambucana. Orgulho para nós especialmente.

Boa sorte aos nossos atletas, em todas as modalidades.

Blog de Airton Sousa: Tendência de prejuízo nas Olimpíadas

Segundo pesquisas de vários economistas de nível internacional, tem sido uma regra a promoção dos jogos olímpicos levar prejuízo para os países que sediaram a competição. As pesquisas mostram duas exceções, as Olimpíadas de 1984 em Los Angeles e a de 1992 em Barcelona.

O restante dos países promotores dos jogos olímpicos, tiveram um saldo negativo, com ganho furado, déficit e muita corrupção. Para o Brasil, que sedia as Olimpíadas  de 2016, a partir de agosto, mais um alerta em todos os itens,  principalmente na corrupção, assunto aliás que somos campeões.

Alguns estudiosos vão mais além, afirmando a probabilidade para a falência do modelo que atualmente é aplicado para a execução dos jogos olímpicos, desmistificando dessa maneira, os resultados econômicos anunciados. Para finalizar, fazemos a seguinte colocação, é mais fácil um atleta ganhar uma medalha de ouro, do que o país anfitrião ter lucro com o evento. É aguardar para ver como será no Brasil.

Cachoeirinha-PE: Um sonho realizado! Thiago Bartolomeu, filho da terra do Couro e do Aço, carregará a Tocha Olímpica no Rio 2016

O jovem Thiago Bartolomeu, filho da terra do Couro e do Aço, será um dos representantes dos estados brasileiros, no qual carregará a Tocha Olímpica nas Olimpíadas Rio 2016, graças a você, internauta, que dedicou um tempo para visualizar seu vídeo e fazer com que um cachoeirinhense represente sua origem em um evento mundialmente conhecido e que é de extrema importância para a nossa nação.

Após contato entre Thiago e a equipe de redação da TV Nova Replay, nos foi informado pelo mesmo, tudo o que seria necessário para que as pessoas pudessem cooperar e ajudar Thiago a ser o vencedor, visto que o critério seletivo que designou a pessoa que carregará a Tocha Olímpica foi o número de visualizações do vídeo feito pelos candidatos, no Youtube.

Sendo assim, após matérias veiculadas no site da TV Nova Replay e compartilhadas nas redes sociais de maiores acessos na atualidade, como o Facebook e Whatsapp, nesta terça-feira (08) o resultado foi divulgado, levando Thiago Bartolomeu a ser um dos vencedores do concurso e o Voluntário que representará não só o estado no qual ele reside, que é o Rio de Janeiro, mas o seu povo, a terra na qual ele nasceu, cresceu e agora deixa sua marca na história de Cachoeirinha.

Thiago anunciou sua vitória nas redes sociais, agradecendo o apoio e a ajuda da sua família, de seus amigos e de todos aqueles que fizeram a sua parte, contribuindo para sua conquista.

thiago

Parabéns Thiago, pela conquista e pela dedicação, pois mesmo residindo em outro estado, o seu povo não deixou de lhe ajudar. Com certeza, o mérito é seu e de cada um que visualizou o seu vídeo. Agora, basta aguardarmos ansiosamente pelo dia no qual irás ser transmitido em rede mundial carregando o símbolo das Olimpíadas brasileiras e representando a sua cultura.

Estamos orgulhosos de você!

10419518_10152468402771195_2388923364269659056_n

Nova Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: PRORROGADO: Prazo para visualização de vídeo classificatório para carregar Tocha Olímpica foi estendido… vamos conferir e compartilhar! É da terra, é da gente!

A história das Olimpíadas conta uma lenda da mitologia grega onde Prometeu, um titã defensor da humanidade e conhecido por sua grande inteligência, teria roubado o fogo de “Zeus”, o pai dos deuses e dos homens, para dar aos mortais. Durante os jogos olímpicos, a tocha, ou torre olímpica passou a ser um dos símbolos dos Jogos Olímpicos em todo o mundo.

Um evento multiesportivo que engloba várias modalidades e é palco dos melhores atletas do mundo inteiro. Acontecendo no período de 4 em 4 anos, o próximo será no ano de 2016 e o país sede será o Brasil – Jogos Olímpicos Rio 2016.

A Tocha simboliza a união entre os jogos da antiguidade e da era moderna e para os Jogos Olímpicos 2016, os organizadores do evento escolherão um dos voluntários à trabalhar durantes os jogos. Em um processo dividido em etapas, existe a promoção que dar oportunidade a 27 voluntários (cada um representando o estado brasileiro no qual ele reside) para ser um dos condutores até 200m da Tocha Olímpica.

Tocha Olímpica - Rio 2016

Tocha Olímpica – Rio 2016

Diante de tudo isto, um filho da terra, natural de Cachoeirinha-PE, mas que atualmente reside do estado do Rio de Janeiro-RJ, está participando de tal promoção. Ele é Thiago Bartolomeu, um jovem de 28 anos, natural da cidade do Couro e do Aço, administrador e um atleta, que participará como voluntário dos jogos olímpicos e está concorrendo à carregar a tocha olímpica.

Imagem: Reprodução/ Facebook Thiago Bartolomeu

Imagens: Reprodução/ Facebook Thiago Bartolomeu

Mas, de que forma ele está concorrendo? Para participar, Thiago deveria fazer um vídeo de no máximo 01 minuto respondendo a pergunta: “Por que você deve carregar a tocha olímpica?” Sendo assim, Thiago fez o seu vídeo e o método de classificação é o número de visualizações dos vídeos no YouTube. Para isso, o que Thiago deve fazer e divulgar o seu vídeo para que ele possa ter o maior número de visualizações e por fim, vencer a promoção e ser um condutor nordestino, pernambucano e cachoeirinhense da Tocha Olímpica Rio 2016.

Para isso, vamos explicar passo a passo o que você, internauta, deverá fazer para ver Thiago carregando a tocha olímpica.

1º PASSO: Clique no link abaixo, onde contém o vídeo no qual está concorrendo à promoção;

2º PASSO: Veja o vídeo até o final e clique em GOSTEI (no ícone onde tem uma mão em símbolo positivo);

Capturar 3º PASSO: Compartilhe o vídeo, para que outras pessoas possam vê-lo e consequentemente haverá mais visualizações, aumentando as chances do jovem Thiago.

O vídeo poderá ser visualizado até o dia 07 do corrente mês, até as 10h (horário de Brasília)  e no dia 08 de Dezembro o resultado será divulgado.

É de grande importância valorizarmos a nossa terra, a nossa cultura e esta é uma oportunidade na qual o jovem Thiago poderá representar o nosso povo em um evento mundial, onde estarão presentes pessoas de raças, línguas, culturas diferentes e se ele conseguir se classificar, será um orgulho para todos os que fazem a sociedade cachoeirinhense.

Ajude, veja o vídeo e compartilhe!

10419518_10152468402771195_2388923364269659056_n

Nova Replay, o que é bom se repete!