Cachoeirinha-PE: Vereador apoia realização de Torneio de Futebol Society

Apoiador do esporte e incentivador dessa prática nas escolas e nas comunidades, envolvendo principalmente os jovens, o vereador Narciso Silva se utilizou da tribuna da Casa na última sessão ordinária, realizada segunda-feira (11) em Cachoeirinha, para agradecer a todos que estiveram participando direta ou indiretamente de em um torneio futebolístico ocorrido no município.

Na oportunidade agradeceu ao Prefeito do município, Ivaldo Almeida, por ceder um ônibus todos os sábados, onde as crianças são levadas para treinamentos com profissionais da área.

(Fotos: Divulgação / Câmara de Vereadores - José Cícero)

(Foto: Divulgação / Câmara de Vereadores – José Cícero)

 

Cachoeirinha-PE: Major Morais destaca eventos sociais e culturais realizados em seu mandato

Na primeira sessão ordinária do primeiro semestre de 2018, realizada na Escola Rita Alves Espíndola, na cidade de Cachoeirinha, na última terça-feira (20), o vereador Major Morais (PSDB) fez um balanço das festividades sociais e culturais promovidas por seu mandato.

10

Na ocasião, o parlamentar defendeu o desenvolvimento de políticas públicas culturais e investimento em segmentos sociais, como setores relacionados a fomentação da movimentação econômica local.

Major Morais mencionou o primeiro ano do bloco carnavalesco, o qual homenageou o Maestro Lula, e os eventos promovidos por ele e por sua família, os quais arrecadam alimentos e destinam para famílias carentes e comunidades católicas do município.

Cachoeirinha-PE: Parlamentares prestam homenagens a Manoel Sobral, em alusão ao “Dia do Vereador”

O Dia do Vereador é comemorado anualmente em 1º de outubro no Brasil. A data homenageia o cargo político do representante de um município que está encarregado de funções legislativas ou executivas, dentro da chamada Câmara dos Vereadores, em Brasília.

Celebrando e comemorando a data, na noite desta terça-feira (03.10), os vereadores da cidade de Cachoeirinha estiveram reunidos na Câmara José Cícero Cintra, e na ocasião, usaram a tribuna do plenário para destacar o papel dos parlamentares como fundamental, pois, são eles os que estão mais próximos da população.

A Presidente da Câmara, Sílvia Xavier, primeira a fazer uso da tribuna, lembrou aos vereadores o comprometimento de cada um para com a sociedade. Saudou todos os pares, representantes da população cachoeirinhense por suas atuações em prol da democracia e vontade popular.

O vereador Major Morais (PSDB) utilizou seu tempo no grande expediente para ressaltar e relembrar que há 1 ano, conhecidentemente, os vereadores eleitos comemoravam a vitória do pleito eleitoral, assumindo a tarefa de ser um fiscal do município, cobrando melhorias e defendendo os interesses da população. 

Ainda em sua fala, Major Morais prestou uma homenagem ao ex-vereador, um dos primeiros parlamentares da história política do município de Cachoeirinha, Manoel Sobral, que esteve participando da sessão ordinária. 

Narciso Silva (PCdoB) destacou a alegria em estar recebendo o ex-vereador Manoel Sobral na Casa; retratou a história e o legado que Manoel Sobral carrega, sendo este, um dos primeiros legisladores que atendeu os interesses do povo na área da saúde.

Por fim, Léo de Delino (PP) o mais jovem vereador que compõe o corpo parlamentar da Câmara de Vereadores de Cachoeirinha, destacou a satisfação em estar fazendo parte da Casa, sendo este o seu primeiro mandato, e agradeceu a presença do ex-vereador Manoel Sobral.

_DSC0007 _DSC0008 _DSC0009 _DSC0010 _DSC0011 _DSC0013 _DSC0017

Manoel Sobral, ex-vereador, fez parte da primeira composição parlamentar da Câmara de Vereadores de Cachoeirinha-PE.

Manoel Sobral, ex-vereador, fez parte da primeira composição parlamentar da Câmara de Vereadores de Cachoeirinha-PE.

_DSC0018 _DSC0026

Cachoeirinha-PE: Poda e corte de árvores gera polêmica no Legislativo

Na noite desta terça-feira (16), um assunto que demandou discussão na Câmara de Vereadores da cidade de Cachoeirinha, referiu-se à polêmica da poda e derrubada de árvores na Rua da Samaritana.

O vereador Narciso Silva utilizou-se da tribuna da Casa, para expor o fato que ocorreu, momento em que quatro árvores foram cortadas na rua supracitada. O parlamentar, ele que é defensor do meio ambiente, fez uma postagem em suas redes sociais, para chamar atenção do Poder Executivo e questionar o motivo por tal atitude tomada.

Screenshot_20170517-153700-2

Foto: Reprodução / Facebook

Screenshot_20170517-153705-2

Em seu discurso, o vereador afirmou ter procurado a secretaria responsável, e tomou conhecimento que a Secretaria de Agricultura respondia por este ato; desta forma, ao se dirigir-se ao secretário da pasta, Roberto Dilson, em sua ausência, o Secretário Adjunto o atendeu, e disse não ter conhecimento do motivo pelo qual as árvores estavam sendo derrubadas, segundo relatou o vereador.

Vereador Narciso Silva (PCdoB)

Vereador Narciso Silva (PCdoB)

Em entrevista, Narciso disse estar aguardando a prefeitura se pronunciar e justificar o porquê de ter agido de tal forma. 

O vereador Léo de Delino, por sua vez, destacou as condições das árvores cortadas. Segundo o parlamentar, a Rua Samaritana está sendo pavimentada e passando por um processo de reestruturação no calçamento, e devido ao fato das árvores, árvores essas do tipo Algaroba estarem presentes, foi necessário a retirada das mesmas, pois esse tipo de planta espalha suas raízes na superficie, prejudicando a estrutura não só da via pública, mais de locais onde suas raízes consigam captar a maior quantidade de água. 

Vereador Léo de Delino (PP)

Vereador Léo de Delino (PP)

Em entrevista, o vereador reafirmou que foi necessário a retirada das árvores, e que em conversa com o prefeito, o mesmo irá  repor e plantar árvores novas. Ressaltou também o trabalho de melhoria que está sendo feito pelo prefeito, e que em nehum momento o gestor iria fazer nada que prejudicasse a população.

_DSC0237

Pavimentação e reestruturação no calçamento da Rua Samaritana

_DSC0236 _DSC0235 _DSC0234 _DSC0233 _DSC0232 _DSC0231 _DSC0245 _DSC0244 _DSC0242 _DSC0240 _DSC0239 _DSC0238

Ribeirão-PE: Alunos, professores e populares lotam a câmara de vereadores em protesto ao governo – (Áudio da sessão na íntegra)

Na tarde da última quarta-feira (11.11), na cidade de Ribeirão, Zona da Mata Sul de Pernambuco, que fica a 80 km da capital, aconteceu mais uma sessão ordinária na Câmara Municipal de Vereadores, sendo realizada na Casa José Coutinho, sede do poder legislativo local. Na ocasião, a reunião foi presidida pelo presidente da casa, Mário Teixeira  (PSD).

Na mesma, foram discutidos assuntos referentes aos interesses da cidade e dos munícipes.

A sessão começou com o chamado pequeno expediente, onde os vereadores inscritos a falar dispõem de até quinze minutos para proferir seu discurso. Nesse momento, parlamentares da base governista e da oposição, expuseram críticas e reclamações da população, mas também elogios e sugestões que são ouvidas pelos pares da casa e pelo público presente. Desta forma, deram início as votações dos requerimentos.

Na ocasião, estiveram presentes os vereadores:

  • Mário Teixeira (PSD)
  • Edinei Santana (PSL);
  • Israel Francisco (PSB);
  • Antonio Carlos (PTB)
  • Fernandinho de Amara Cigana (PSDC);
  • Aguinaldo do Canavial (PSDC);
  • Militão Filho (PCdoB);
  • Fernando do Computador (PSL);
  • Dr. Flavio Augusto (PTB).

A sessão plenária foi marcada pela expressiva participação de alunos e professores onde os mesmos lotaram a câmara de vereadores em forma de protesto; Na ocasião, alunos alegaram estar sem ter como comparecer as escolas por falta de transportes e merenda.

Vereadores dispararam criticas ao governo apoiando os estudantes e professores.

Algumas professoras como: Edivânia Piutá, Prof. Girleide silva, Geraldina Maria e Quitéria, fizeram uso da tribuna, defendendo os seus direitos e os direitos dos estudantes da zona rural em fazer uso do transporte público para se deslocarem até as escolas.

CLIQUE E ESCUTE O ÁUDIO DA SESSÃO NA ÍNTEGRA:

12244051_394098480784861_1359972845_n 12243999_394098437451532_2076179844_n 12243834_394098567451519_1246115723_n 12242284_394098434118199_1365394742_n - Copia 12233232_394098417451534_1664599797_n - Copia 12233144_394098447451531_124667966_n - Copia 12233030_394098454118197_1528916146_n 12231165_394098430784866_1877030813_n - Copia 12226638_394098400784869_2105438642_n 12212118_394098474118195_1829439214_n 12226530_394098550784854_1497281691_n

Cachoeirinha-PE: Vereador desmente boatos sobre aliança com partidos políticos e diz: – “Não sou do partido A ou B!”

Na última terça-feira (06), aconteceu mais uma reunião ordinária na Câmara de Vereadores da cidade de Cachoeirinha, Agreste Pernambucano.

Na ocasião, o Vereador Esmar Santos, no uso da tribuna, esclarecereu a população e aos seus eleitores sobre os boatos que circulam na cidade em relação as negociações políticas que já mobilizam os partidos em relação a próxima eleição municipal que será realizada em 2016.

Segundo o vereador, política é questão de somar; afirmou que até o momento continua com seu partido próprio, e que permanece firme junto ao PSB, ao qual é o Presidente do mesmo. Que vai apoiar aqueles que dividem das mesmas propostas e ideologias de governo que ele, em prol do município.

esmar

Não escondeu o desejo de ser um dia gestor da cidade, porém afirmou que suas condições financeiras não o permitiam no momento, mas que coragem e disposição nao o faltavam.

Disse que não tem “rabo” preso com nenhum partido e que poderá se unir com quaisquer dos pré-candidatos, Andre Raimundo ou Ivaldo Almeida (Vice-prefeito), nomes mais cotados para disputar o pleito eleitoral 2016.

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Vereadores tem opiniões divergentes quanto aos pareceres do Tribunal de Contas – “- Eu analiso conforme meu entendimento…” , Disse Presidente da Câmara

Nesta última terça-feira (26), aconteceu mais uma reunião ordinária na Câmara do Vereadores.

Na ocasião, o principal assunto debatido entre os vereadores foi o anúncio da sentença emitida pelo Ministério Público Federal em desfavor do Prefeito Carlos Alberto, levado pelo vereador Esmar Santos à tribuna da casa. O mesmo afirmou que a sentença se deu pelas ilicitudes relacionadas ao não recolhimento de contribuição previdenciária, pelo Município ao INSS, no ano de 2012.

Os vereadores Esmar Santos e Jonas Eduardo estiveram expondo seus pontos de vista quanto aos pareceres emitidos pelo Tribunal de Contas; o vereador Esmar Santos em suas palavras afirmou que a função dos vereadores é de apenas analisar às recomendações emitidas pelo Tribunal, uma vez que este é o órgão fiscalizador  para exercer, analisar e julgar as operações contábeis, financeiras, orçamentárias, operacionais e patrimoniais da União e das entidades da administração direta e administração indireta, porém cada um arque com suas decisões, assim foram as palavras do vereador. Esmar mencionou que se as contas estiverem positivas, a recomendação é que os vereadores votem a favor do parecer, do contrário, a rejeição. Esmar ressaltou a importância de se obedecer ao órgão responsável pela formulação dos pareceres, pois são julgados com competência, e afirmou que não vota por partido ou bandeira e sim de acordo com as recomendações do Tribunal.

Após discurso do vereador Esmar Santos, o Presidente da Câmara, Jonas Eduardo, apresentou discordância às palavras do seu colega e afirmou que o parecer emitido pelo tribunal é prévio, ou seja, que precisa ser analisado. Segundo o vereador Jonas Eduardo, a Câmara de Vereadores é a responsável pela execução dos votos dos pareceres e que cabe a cada vereador votar de acordo com seu entendimento. O mesmo disse que aprecia e analisa as recomendações do tribunal, porém vota de acordo com suas convicções.

11297045_638818252919846_595406771_o 11327836_638818259586512_443410667_o TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Cachoeirinha-PE: “Ministério Público pediu afastamento e inelegibilidade por 8 anos do Prefeito… ” Disse Vereador Esmar Santos

Na noite desta terça-feira (26), aconteceu mais uma reunião ordinária na Câmara de Vereadores de Cachoeirinha-PE.

Com um plenário lotado, o vereador Esmar Santos, este que tinha feito suspense na reunião passada, quanto a uma bomba que estaria para estourar no município, usou a tribuna da casa nesta terça-feira, para anunciar uma sentença emitida pelo Ministério Público Federal em desfavor ao Prefeito Carlos Alberto.

O vereador em seu discurso, relatou que a sentença se deu pelo fato de ilicitudes relacionadas ao não recolhimento de contribuição previdenciária, pelo Município ao INSS, no ano de 2012. Com isso, segundo o vereador, alguns servidores públicos poderão ter problemas quanto a questão de aposentadoria.

Na ocasião, o vereador disse ter convicção de que metade do que o prefeito estaria passando, não seria culpa dele, porém seria excesso de confiança em colocar em determinados cargos de comissão, pessoas incompetentes.

O vereador disse ter a responsabilidade de repassar para a população as informações, uma vez que se algo vier acontecer, e sendo a sentença julgada e condenada, não seria por omissão dele os esclarecimentos.

1

ABAIXO SEGUE SENTENÇA NA ÍNTEGRA:

PROCESSO Nº: 0800407-29.2014.4.05.8302 – AÇÃO CIVIL DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
AUTOR: MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL 
RÉU: CARLOS ALBERTO ARRUDA BEZERRA 
16ª VARA FEDERAL – JUIZ FEDERAL TITULAR

SENTENÇA TIPO A

I. Relatório

Trata-se de ação de improbidade administrativa com pedido de medida liminar de indisponibilidade de bens ajuizada pelo Ministério Público Federal em desfavor de Carlos Alberto Arruda Bezerra por ilicitudes relacionadas ao não recolhimento de contribuição previdenciária, pelo Município de Cachoeirinha/PE, ao INSS, no ano de 2012, irregularidades essas capituladas na Lei nº 8.492/92, nos artigos 10, caput e inciso XI, e 11, caput pelo representante Ministerial.

Relata, em síntese, o Parquet Federal que o Ministério Público Federal recebeu em 25/07/2014 ofício nº 00251/2014/TCE-PE/MPCO-RCD do Procurador Geral do Tribunal de Contas de Pernambuco o qual encaminhou, por mídia em CD, cópia digitalizada do processo T.C nº 1390080-8, noticiando a sonegação previdenciária pela Prefeitura de Cachoeirinha/PE, a qual deixou de recolher a título de contribuição patronal a quantia de R$ 39.297,85 (trinta e nove mil, duzentos e noventa e sete reais e oitenta e cinco centavos) ao INSS.

Aduz, ainda, o MPF que a Prefeitura se apropriou indebitamente do valor de R$ 174.571,52 (cento e setenta e quatro mil, quinhentos e setenta e um reais e cinquenta e dois centavos) da remuneração de seus servidores e deixou de repassá-la ao INSS, vindo a provocar grave dano ao erário, razões essas suficientes para embasar a decisão do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco no sentido de julgar irregulares as contas apresentadas pelo referido ordenador de despesa da municipalidade, no exercício financeiro de 2012.

Detalha o Parquet Federal, colacionando como prova uma tabela da auditoria do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, inserida na fl. 735 do CD rom anexo XI, volume 04, as contribuições que não foram recolhidas ao INSS, bem como informando que, mesmo depois de notificado (fls. 752/757 do CD mencionado), no procedimento de apuração, o então Prefeito deixou transcorrer o prazo de defesa prévia, tendo sido as suas contas rejeitadas pelo respectivo Tribunal.

Entende o Ministério Público Federal que o Prefeito agiu dolosamente ao permitir que, no ano inteiro de 2012, o Município de Cachoeirinha deixasse de recolher parcela das contribuições previdenciárias, esclarecendo, outrossim, que o alto valor da sonegação, qual seja, R$ 39.297,85, bem da apropriação indébita, R$ 174.571,52, não poderiam passar despercebido por qualquer gestor, em especial, em um Município de pequeno porte, como o é Cachoeirinha/PE.

Assim, requereu liminarmente a indisponibilidade de bens do réu, o que foi deferido (doc. 4058302.643509).

Requereu, ainda, o Parquet, o ressarcimento integral do dano causado, no valor de R$ 213.869,37 (duzentos e treze mil e oitocentos e sessenta e nove reais e trinta e sete centavos), devidamente atualizado, bem como a procedência do pedido, devendo ser reconhecida a prática dos atos de improbidade administrativa, com a aplicação das seguintes medidas punitivas: a) a perda de função pública, uma vez que atualmente é prefeito do município de Cachoeirinha/PE; b) suspensão dos direitos políticos por oito anos; c) pagamento de multa civil de duas vezes o valor do dano causado devidamente atualizado; d) proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócia majoritária, pelo prazo de 05 (cinco) anos.

Juntou documentos.

Decisão determinando a indisponibilidade de bens do réu, até o valor do dano, qual seja, R$ 213.869,37 (duzentos e treze mil reais, oitocentos e sessenta e nove reais e trinta e sete centavos).

Réu devidamente notificado (doc. 4058302.718074), tendo apresentado a sua defesa prévia (doc. 4058302.749346), esclarecendo que inexiste dolo e culpa no agir do Prefeito ora demandado, simplesmente pelo fato de ter deixado de pagar quantias devidas pelo município de Cachoeirinha-PE.

Decisão de recebimento da petição inicial em desfavor do réu (doc. 4058302.760769). Réu devidamente citado (doc. 4058302.784981).

Certidão de interposição de Agravo de Instrumento contra a decisão que recebeu a inicial (doc. 4058302.811633), bem como petição de comprovação de interposição de agravo (doc. 4058302.823110).

Despacho mantendo a decisão agravada por seus próprios fundamentos (doc. 4058302.824411.

Contestação apresentada pelo réu (doc. 4058302.821186), alegando em síntese que: a) não houve dano ao erário, conquanto os valores declarados como não pagos foram, efetivamente, adimplidos pelo Município de Cachoeirinha, não havendo qualquer enriquecimento do gestor público que lhe imponha o dever de ressarcir integralmente o dano; e b) inexiste dolo e culpa no agir do Prefeito ora demandado, simplesmente pelo fato de ter deixado de pagar quantias devidas pelo Município.

Intimado para resposta, o MPF não apresentou impugnação (doc. 4058302.848998).

Intimados para produção de provas, o MPF manifestou-se no sentido de não ter mais provas a produzir (doc. 4058302.865915) e o réu não apresentou qualquer manifestação (doc. 4058302.894550).

Despacho determinando a intimação do réu para que identificasse precisamente os documentos que demonstram a quitação dos débitos descritos na inicial ou juntasse tais comprovantes, sem que este tenha atendido à determinação (doc. 4058302.903718 e doc. 4058302.976069).

Vieram-me os autos conclusos.

É o importante a relatar.

II. Fundamentação

 

MÉRITO

 

A administração pública rege-se, dentre outros, pelos princípios da legalidade e moralidade (art. 37, caput, da Constituição Federal).

O princípio da legalidade diz respeito “à completa submissão da Administração às leis.”

Esta deve tão somente obedecê-las, cumpri-las, pô-las em prática.

“Daí que a atividade de todos os seus agentes, desde o que lhe ocupa a cúspide, isto é, o Presidente da República, até o mais modesto dos servidores só pode ser a dóceis, reverentes, obsequiosos cumpridores das disposições gerais fixadas pelo Poder Legislativo, pois esta é a posição que lhes compete no direito brasileiro” (Celso Antônio Bandeira de Mello, Curso de Direito Administrativo, 8ª ed., São Paulo: Malheiros, 1996, p. 57).

 

Já o da moralidade resulta que a Administração e seus agentes têm de atuar na conformidade dos princípios éticos.

Especificamente para o caso em tela, de serem citados os dispositivos pertinentes:

“Art. 10. Constitui ato de improbidade administrativa que causa lesão ao erário qualquer ação ou omissão, dolosa ou culposa, que enseje perda patrimonial, desvio, apropriação, malbaratamento ou dilapidação dos bens ou haveres das entidades referidas no art. 1º desta lei, e notadamente:

(…)

XI – liberar verba pública sem a estrita observância das normas pertinentes ou influir de qualquer forma para a sua aplicação irregular;

(…)

Art. 11. Constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade, e lealdade às instituições, e notadamente: 

(…)

Art. 12.  Independentemente das sanções penais, civis e administrativas previstas na legislação específica, está o responsável pelo ato de improbidade sujeito às seguintes cominações, que podem ser aplicadas isolada ou cumulativamente, de acordo com a gravidade do fato: (Redação dada pela Lei nº 12.120, de 2009).:

(…)

II – na hipótese do art. 10, ressarcimento integral do dano, perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, se concorrer esta circunstância, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos, pagamento de multa civil de até duas vezes o valor do dano e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos”.

 

A responsabilização por atos de improbidade administrativa encontra sede na Constituição Federal (art. 37, §4º) e regulamentação na Lei nº 8.429/92 – a Lei de Improbidade Administrativa. Prevê a Carta Magna:

Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte:

(…)

§ 4º – Os atos de improbidade administrativa importarão a suspensão dos direitos políticos, a perda da função pública, a indisponibilidade dos bens e o ressarcimento ao erário, na forma e gradação previstas em lei, sem prejuízo da ação penal cabível.

O conceito de improbidade administrativa está intrinsecamente ligado à necessidade de que o agente público paute o exercício de seu mister pela retidão, honestidade e eficiência, atendendo sempre ao interesse público.

Os atos de improbidade administrativa não são infrações penais porque não dão ensejo a penas privativas de liberdade, nem se submetem ao juízo criminal. Ademais, a própria Constituição Federal, ao prever sua definição, indicando as sanções cabíveis, foi expressa em afirmar que elas são aplicáveis “(…) sem prejuízo da ação penal cabível”, evidenciando seu caráter extrapenal. Mas isso não afasta a incidência, relativamente aos atos de improbidade, de princípios que, embora referidos ao direito penal e nele desenvolvidos, são, em verdade, próprios dojus puniendi do Estado em suas diversas manifestações.

As hipóteses de improbidade administrativa também não se confundem com as faltas disciplinares dos servidores públicos, sendo estas fundadas no poder disciplinar, que por sua vez repousa na supremacia da Administração Pública.

Diversamente, as hipóteses de improbidade administrativa legalmente definidas derivam de uma previsão constitucional específica e as sanções dela derivadas só podem ser aplicadas pelo Poder Judiciário. Seu fundamento não é a supremacia especial da Administração, mas a supremacia geral, embora as figuras de ilícitos configuradores de improbidade administrativa envolvam sempre um agente público.

Também não cabe situar a disciplina dos atos de improbidade administrativa no campo do direito civil, setor do direito privado, quando se observa que essa disciplina se volta fundamentalmente para a conduta de agentes públicos no exercício de atividades públicas, em harmonia com uma regra constitucional inserida entre aquelas destinadas a reger a Administração Pública.

A improbidade administrativa é um dos maiores males que envolve a máquina administrativa e um dos aspectos negativos que mais justificam a implementação de um maior controle social.

A expressão designa, tecnicamente, a chamada ‘corrupção administrativa’, que, sob diversas formas, promove o desvirtuamento da Administração Pública de seus fundamentos básicos de moralidade, afrontando os princípios da ordem jurídica do Estado de Direito.

Entre os atos que a configura estão aqueles que atentam contra os princípios da administração pública, consistindo em qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade, e lealdade às instituições.

O conceito de improbidade é bem mais amplo do que o de ato lesivo ou ilegal em si. É o contrário de probidade, que significa qualidade de probo, integridade de caráter, honradez. Logo, improbidade é o mesmo que desonestidade, falta de probidade.

Neste sentido, pode-se conceituar o ato de improbidade administrativa como sendo todo aquele praticado por agente público, contrário às normas da moral, à lei e aos bons costumes, com visível falta de honradez e de retidão de conduta no modo de agir perante a administração pública direta, indireta ou fundacional envolvidas pelos Três Poderes.

Di Pietro[1] discorre sobre o tema nos seguintes termos:

“Quando se exige probidade ou moralidade administrativa, isso significa que não basta a legalidade formal, restrita, da atuação administrativa, com observância da lei; é preciso também a observância de princípios éticos, de lealdade, de boa-fé, de regras que assegurem a boa administração e a disciplina interna na Administração Pública.”

O preceito constitucional inscrito no caput do art. 37 da Constituição Federal de 1988 abrange os agentes públicos de maneira geral, sendo ora aquele que exerce atividade pública como agente administrativo (servidor público stricto sensu), ora aquele que atua como agente político (servidor público lato sensu), que está no desempenho de um mandato eletivo.

O sujeito ativo do ato de improbidade é, fundamentalmente, o agente público, assim qualificado nos termos do art. 2º da Lei nº 8.429/92.

“Art. 2° Reputa-se agente público, para os efeitos desta lei, todo aquele que exerce, ainda que transitoriamente ou sem remuneração, por eleição, nomeação, designação, contratação ou qualquer outra forma de investidura ou vínculo, mandato, cargo, emprego ou função nas entidades mencionadas no artigo anterior.”

Os servidores públicos são os agentes que mantêm com a Administração uma relação de trabalho não eventual e com vínculo de dependência. Compreendem, primordialmente, os exercentes de cargo público em qualquer dos três poderes, na administração direta, autarquias, fundações públicas de nível federal, estadual e municipal. Compreendem ainda os empregados dessas mesmas pessoas, e que foram admitidos em regimes temporários, bem como os empregados públicos das empresas públicas e sociedades de economia mista.

No caso em apreço, a análise ocorrerá em relação ao não recolhimento pelo Município de Cachoeirinha-PE, ao INSS, de contribuições previdenciárias (patronal e dos segurados do Regime Geral da Previdência Social), por parte do atual prefeito e réu dos autos, o Sr. Carlos Alberto Arruda Bezerra, no ano de 2012, o que foi uma das razões a embasar a decisão do Tribunal de Contas de Estado de Pernambuco, no sentido de julgar irregulares as contas apresentadas pelo referido ordenador de despesas da municipalidade, no exercício financeiro de 2012.

Pretende-se, assim, a imputação ao demandado de atos de improbidade previstos no art. 10, caput, inciso XI, e art. 11, caput, da Lei de Improbidade Administrativa:

 “Art. 10. Constitui ato de improbidade administrativa que causa lesão ao erário qualquer ação ou omissão, dolosa ou culposa, que enseje perda patrimonial, desvio, apropriação, malbaratamento ou dilapidação dos bens ou haveres das entidades referidas no art. 1º desta lei, e notadamente:

(…)

XI – liberar verba pública sem a estrita observância das normas pertinentes ou influir de qualquer forma para a sua aplicação irregular;

(…)

Art. 11. Constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade, e lealdade às instituições, e notadamente: 

(…)

 

Sabe-se que, nos termos do disposto nos arts. 9º, 10 e 11 da Lei nº 8.429/92, os atos de improbidade administrativa compreendem 3 (três) modalidades, quais sejam: a) os que importem enriquecimento ilícito; b) os que causam prejuízo ao erário; c) os que atentam contra os princípios da Administração Pública.

A aplicação do artigo deve ser baseada no cuidado do intérprete, que deverá ter sempre presente o aspecto teleológico da lei de improbidade, qual seja, coibir condutas graves para cuja reparação não seria bastante a aplicação de penalidades administrativas e a responsabilização civil e/ou penal do agente público.

Além disso, é fundamental, não só nos casos de aplicação da lei de improbidade, mas de qualquer norma, observar-se aspectos de razoabilidade e proporcionalidade, integrantes do princípio maior do devido processo legal em suas nuances material e processual, que se concretizam por meio de provimentos necessários e adequados.

Nesse sentido, ao contrário do que ocorre com o art. 10, onde basta a culpa para se configurar a improbidade nos casos de prejuízo patrimonial ao erário, o art. 11, assim como o art. 9º, exige mais que isso: a conduta violadora dos princípios da Administração só será ímproba se o agente portou-se com dolo ou má-fé.

Ante toda a explanação, passemos agora à análise individualizada do caso em apreço.

Do pagamento a menor de contribuições previdenciárias patronais pelo Prefeito Municipal da Cidade de Cachoeirinha ao INSS.

 

O ato de improbidade em questão está consubstanciado no fato de o gestor municipal Carlos Alberto Arruda Bezerra ter repassado quantia relativa às contribuições patronais, a menor, ao INSS, irregularidade esta constatada pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, no processo T.C nº 1390080-8.

Nos termos do parecer prévio do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, emitido nos autos do processo T.C nº 1390080-8, à fl. 819, restou comprovada a ausência de recolhimento de R$ 39.297,85 (trinta e nove mil reais, duzentos e noventa e sete reais e oitenta e cinco centavos), referentes à contribuição previdenciária dos servidores vinculados ao Regime Geral da Previdência Social, razão por que decidiu a Segunda Câmara do mencionado Tribunal emitir parecer prévio recomendando à Câmara Municipal de Cachoeirinha, a rejeição das contas do Prefeito, ora réu, relativas ao exercício financeiro de 2012, de acordo com o disposto nos art. 31, §§ 1º e 2º, da Constituição do Brasil, e 86, §1º da Constituição de Pernambuco.

Da análise da documentação acostada aos autos, notadamente no Anexo XVIII, extraído do Processo T.C nº 1390080-8, à fl. 735, verifica-se que das competências de janeiro a dezembro de 2012, incluindo o 13ª salário, houve contribuição recolhida a menor, por parte do município de Cachoeirinha-PE, sendo as quantias mais expressivas relativas aos meses de junho, dezembro e 13ª salário.

Cumpre destacar que, nos termos do parecer do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, o repasse de recursos financeiros em volume menor do que o devido ao INSS implica no aumento do passivo do município, ante o Regime Geral de Previdência, além das restrições previstas no art. 56 da lei federal nº 8.212/91.

Esclarece a Auditora das Contas Públicas, a Sra. Suzana Suely Beckman da Silva, que cabe ao governante acompanhar a situação da municipalidade junto ao RGPS, de modo que haja segurança jurídica do conjunto dos segurados que se encontram filiados ao sistema e no pleno gozo dos seus direitos, bem como a garantia ao Município de que não haverá formação de passivos futuros capazes de afetar o equilíbrio de suas contas e o cumprimento de suas metas fiscais.

Ressalte-se, outrossim, que o prefeito em tela foi devidamente notificado (fls. 752/757), para que apresentasse defesa prévia no processo de prestação de contas do TCE, todavia, deixou transcorrer o prazo, sem que apresentasse qualquer manifestação.

Dessa forma, resta evidente a sonegação no repasse de verbas previdenciárias no montante de R$ R$ 39.297,85 (trinta e nove mil reais, duzentos e noventa e sete reais e oitenta e cinco centavos), por parte do atual prefeito da cidade de Cachoeirinha-PE, o Sr. Carlos Alberto Arruda Bezerra, relativas ao exercício de 2012.

Da apropriação das contribuições previdenciárias descontadas dos segurados do Regime Geral da Previdência Social e não repassadas a INSS

O Ministério Público Federal apresentou ação de improbidade também pelo fato de o réu, na condição de prefeito municipal da cidade de Cachoeirinha-PE, ter retido contribuições dos segurados do RGPS, sem que tivesse repassado, em sua integralidade, ao INSS, relativas também ao exercício de 2012.

Observa-se que o Tribunal de Contas de Estado de Pernambuco, no processo TC nº 1390080-8, fl. 734, detectou que dos meses de janeiro a dezembro, incluindo 13ª salário, o município de Cachoeirinha-PE repassou, em todos os meses, quantia inferior a que seria devida, relativas às contribuições dos segurados do Regime Geral da Previdência Social.

Extrai-se  anexo de fl. 734, a título de exemplo, que no mês de fevereiro de 2012, seria devida contribuições no montante de R$ 55.323,60 (cinquenta e cinco mil, trezentos e vinte três reais e sessenta centavos), tendo sido recolhida apenas a quantia de R$ 36.946,29 (trinta e seis mil, novecentos e quarenta e sis reais e vinte nove centavos), havendo uma diferença de repasse de R$ 18.377,31 (dezoito mil, trezentos e setenta e sete reais e trinta e um centavos), correspondendo a 33,22% (trinta e três vírgula vinte e dois por cento).

Ressalte-se que à fl. 700 do T.C nº 1390080-8, o TCE esclarece que da análise dos Demonstrativos de Recolhimento das Contribuições Previdenciárias ao RGPS, e dos comprovantes de repasse das contribuições previdenciárias devidas ao INSS, referentes ao exercício de 2012, da Prefeitura Municipal de Cachoeirinha-PE, incluídos os fundos municipais, restou constatado que foi retido integralmente as contribuições das folhas de pagamento dos servidores vinculados ao RGPS e que não houve o recolhimento integral do montante devido, gerando uma diferença de repasse de R$ 174.571,52 (cento e setenta e quatro mil, quinhentos e setenta e um real e cinquenta e dois centavos).

Sendo assim, o valor descontado de segurados do RGPS e não repassado ao INSS, pela prefeitura de Cachoeirinha-PE atingiu o montante de R$ 174.571,52 (cento e setenta e quatro mil, quinhentos e setenta e um reais e cinquenta e dois centavos), o que torna evidente a prática da apropriação das contribuições previdenciárias, dos segurados municipais, por parte do gestor municipal o Sr. Carlos Alberto Arruda Bezerra.

Da autoria do prefeito Carlos Alberto Arruda Bezerra na prática dos Atos de Improbidade Administrativa

É fato incontroverso que o demandado Carlos Alberto Arruda Bezerra era prefeito do Município de Cachoeirinha/PE, à época da ocorrência de sonegação e apropriação previdenciárias, ao deixar de recolher R$ 213.869,37 (duzentos e treze mil, oitocentos e sessenta e nove reais e trinta e sete centavos), sendo 39.297,85 (trinta e nove mil, duzentos e noventa e sete reais e oitenta e cinco centavos), de contribuição patronal e R$ 174.571,52 (cento e setenta e quatro mil, quinhentos e setenta e um reais e cinquenta e dois centavos), de contribuições de segurados do RGPS, ao INSS.

Colaciona-se abaixo trecho extraído às fls. 813/817, vol. 4, do relatório do TCE/PE, em que de fato se expõe as irregularidades praticadas pela Prefeitura de Cachoeirinha/PE:

A auditoria apontou que não foram contabilizadas integralmente as contribuições previdenciárias retidas das folhas de pagamento dos servidores vinculados ao RPPS, uma vez que a retenção somente aconteceu a partir de setembro de 2012 e, no entanto, a lei que instituiu o regime data-se de 01 de junho de 2012. Como a defesa não se pronunciou, tampouco acostou documentos que sanassem esta irregularidade, acolho as considerações feitas pela equipe de auditores, mantendo a mesma.

- Não contabilização integral da contribuição previdenciária patronal no montante de R$ 128.415,31 à conta do RPPS;

A retenção da contribuição previdenciária patronal aconteceu apenas me setembro de 2012. Como a lei que instituiu o regime data-se de 01 de janeiro de 2012, o Município deixou de contabilizar o montante de R$ 128.415,31. Portanto, mantenho o entendimento expresso no item anterior deste voto, restando assim configurada a irregularidade.

- Não contabilização e recolhimento das contribuições previdenciárias no montante de 174.571,52, das folhas de pagamento dos servidores vinculados ao Regime Geral de Previdência Social;

(…) A equipe de auditoria apontou que a contribuição devida pela Prefeitura (contribuição patronal), incidente sobre a folha dos servidores vinculados ao Regime Geral de Previdência foi recolhida de forma apenas parcial. Do total de R$ 1.263.269,36, deixaram de ser recolhidos R$ 39.297,85.

Desta forma, mantenho a irregularidade, posto que não foram apresentados documentos que comprovassem o contrário.”

Registre-se que, na condição de gestor municipal, o réu em comento tinha o dever legal de fiscalizar a atuação dos seus subordinados, e, portanto praticou ato de improbidade administrativa previsto no art. 10, inciso XI, da Lei nº 8.429/92.  

Para a configuração dos atos de improbidade previstos no art. 10, à luz da jurisprudência do STJ, exige-se a presença do efetivo dano ao erário (critério objetivo) e, ao menos, culpa. Precedente: AgRg no Ag 1.386.249/RJ, Relator Benedito Gonçalves, Primeira Turma, DJe 13/4/2012.

No caso dos autos, o dano sofrido pelo erário público corresponde à quantia que deveria ter sido repassada para o INSS e não foi efetivada, no montante de R$ 213.869,37 (duzentos e treze mil, oitocentos e sessenta e nove reais e trinta e sete centavos), comprometendo as contas do município em questão.

Restou demonstrada a culpa, por negligência, do réu Carlos Alberto Arruda Bezerra pela omissão nos repasses das contribuições previdenciárias, senão vejamos: 1) como gestor e ordenador de despesas do Município de Cachoeirinha tinha o dever legal de fiscalizar a atuação dos seus subordinados e; 2) o cometimento da sonegação e apropriação das contribuições não se tratou de um fato isolado, uma vez que essa prática ilícita era rotineira por parte do citado gestor, consoante verificado às fls. 815/816 do relatório do TCE, do T.C nº 1390080-8.

A defesa não comprovou nos presentes autos nenhuma situação excepcional, como pagamento de pessoal ou fornecimento de serviços essenciais aos munícipes, que fosse suficiente para excluir a responsabilidade do requerido, uma vez que o STJ entende que não caracteriza ato ímprobo o não recolhimento de contribuição previdenciária para evitar-se lesão a um bem maior (RESP 2001001414953, Benedito Gonçalves, STJ – Primeira Turma, DJE data:23/05/2012).

As provas produzidas pela defesa do réu em questão não foram suficientes para demonstrar alguma excepcionalidade, tendo em vista que não trouxe nenhum dado concreto, munido de valores, que viesse a constatar a impossibilidade do pagamento das contribuições pelo município, no ano de 2012.

Ademais, a descrição fática contida nos autos, corroborada pelos documentos que instruem a Inicial, não logrou ser desconstituída pelo réu em sua contestação.

Restou, dessa forma, demonstrada a conduta ímproba de liberar verba pública sem a estrita observância das normas pertinentes pelo réu Carlos Alberto Arruda Bezerra, praticada com vontade livre e consciente.

Já em relação à ofensa aos princípios da Administração Pública, contidos no art. 11 da LIA, não há, na verdade, elementos nos autos que demonstrem a vontade consciente do réu em causar o prejuízo à edilidade, mas, tão somente, sua culpa, de forma negligente, na administração das contas e obrigações municipais, o que se mostra insuficiente para caracterização deste tipo de improbidade.

Forçoso concluir, portanto, pela procedência parcial dos pedidos formulados pelo MPF na Inicial. 

III. SANCIONAMENTO

Passemos assim, à fixação das sanções.

Fixação das sanções

Segundo a doutrina[2]“a aplicação das sanções previstas neste artigo deve nortear-se pelas noções de proporcionalidade e razoabilidade, quer para seleção das penas a serem impostas, quer para o dimensionamento das sanções de intensidade variável (multa civil e suspensão dos direitos políticos)”. Esse posicionamento foi incorporado na alteração ocorrida no art. 12, caput, da Lei nº 8.429/92, com a redação dada pela Lei nº 12.120/09.

A conduta do réu Carlos Alberto Arruda Bezerra se enquadra no art. 10, XI (referentes à liberação de verba pública sem a estrita observância das normas pertinentes ou influir de qualquer forma para a sua aplicação irregular, no ano de 2012) aplicando-se as penas contidas no art. 12, inciso II, da Lei de Improbidade.

Diante o acima exposto, considerando a culpa do demandado, cabíveis as sanções previstas no art. 12, II, da Lei 8.429/92, razão pela qual passo a apreciá-las: 

a) Ressarcimento integral do danoa soma dos valores referentes aos juros de mora e a multa incidente sobre a quantia de R$ 213.869,37 (duzentos e treze mil, oitocentos e sessenta e nove reais e trinta e sete centavos).  

b) Perda da função pública: condeno-o à perda de função pública. 

c) Suspensão dos direitos políticos: a conduta do réu revelou descaso pela coisa pública, de modo que é de rigor, tratando-se de uma improbidade administrativa, a suspensão dos direitos políticos por 08 (oito) anos.

d) Multa civil: tenho por bem fixá-la no importe de R$ 100.000,00 (cem mil reais), levando-se em conta a gravidade da conduta.

e) Proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios: aplica-se ao demandado a sanção de ficar proibido de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de 05 (cinco) anos.

IV – DISPOSITIVO 

Posto isso, nos termos do art. 269, I, do CPC, JULGO PARCIALMENTE PROCEDENTE o pedido de condenação do réu nas sanções do art. 12, II, da Lei nº 8.249/92, na forma como acima detalhado, determinando o ressarcimento integral do dano, a perda da função pública, a suspensão dos direitos políticos, multa civil e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios.

Os valores serão atualizados, corrigindo-se os valores nominais (históricos), segundo os índices e critérios estabelecidos no Manual de Orientação de Procedimentos para os Cálculos da Justiça Federal (Resolução nº 242/2001, CJF).

Incidirão juros de mora de forma simples, a partir da data da citação, segundo os critérios estabelecidos no Manual de Orientação de Procedimentos para os Cálculos da Justiça Federal (Resolução nº 242/2001, CJF).

Sem condenação em custas e honorários advocatícios (RESP 785.489/DF).

Após o trânsito em julgado, oficie-se ao Tribunal Superior Eleitoral comunicando acerca da perda da função pública e da suspensão dos direitos políticos, bem como ao Banco Central do Brasil para que comunique a proibição de contratar com o poder público e de receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios às instituições financeiras oficiais que realizam tais benefícios que os demandados possam usufruir.

Lance-se o nome do RÉU no cadastro nacional de condenados por improbidade administrativa, constante da Resolução nº. 44/2007 do CNJ;

Oficie-se ao Município sobre a perda da função pública do réu, caso ele ainda o exerça.

Publique-se. Registre-se. Intimem-se.

Caruaru/PE, 15 de abril de 2015.

José Moreira da Silva Neto

Juiz Federal da 16ª Vara/PE

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Cachoeirinha-PE: “O Prefeito nada tem feito em prol da segurança da cidade…”, Disse o Vereador Esmar Santos

Na última terça-feira (14.04.2015), aconteceu mais uma reunião ordinária na Câmara de Vereadores da cidade de Cachoeirinha.

Fazendo uso da tribuna, o vereador Esmar Santos se congratulou com as palavras do Presidente da Câmara no tocante ao que se refere aos serviços prestados pela Polícia Civil no município. Reafirmou todo o manifesto de repúdio do Presidente Jonas Eduardo e disse concordar que alguma atitude deve ser tomada em prol da população de Cachoeirinha, uma vez que a Polícia Civil não está desempenhando suas atividades como deveria.

Lembrou que um concurso para delegado estará sendo realizado e 100 vagas estarão disponíveis para o estado de Pernambuco, com convocações imediatas; disse torcer que uma destas vagas esteja sendo disponibilizada para o município de Cachoeirinha, uma vez que não se tem delegado fixo na cidade, ficando assim dependente de outro município para registro de queixas e investigações criminais.

Pediu empenho do chefe do executivo na segurança da cidade. Afirmou que até hoje, o prefeito se quer teria ido ao batalhão solicitar algo ao capitão, muito menos ter se deslocado a capital pernambucana em busca de recursos que venham assegurar os munícipes quanto a segurança.

Enfatizou o apoio dos deputados aliados ao prefeito e que foram majoritários perguntando o que eles tem feito para mudar essa realidade que assola o município.

CONFIRA!

esmar

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Cachoeirinha-PE: Vereadores cobram participação da população nas reuniões da Câmara, uma vez que são acusados de nada fazerem pelo município

Nesta terça-feira (03.03.2015), aconteceu mais uma reunião ordinária na Câmara de Vereadores da cidade de Cachoeirinha.

Na ocasião, os vereadores presentes, no uso da tribuna, falaram e pediram a participação da população na câmara, uma vez que tem escutado em diversos locais da cidade que os vereadores não atuam no município.

Dessa forma, convocaram os munícipes para estarem presentes nas reuniões ordinárias com mais frequência para observarem de perto o trabalho de cada vereador.

1 1 1 1

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Gameleira-PE: Em 1ª Sessão Ordinária, Vereadores cobram explicações da Prefeita Yeda Augusta

Em Gameleira, cidade Mata Sul de Pernambuco, iniciou-se os trabalhos da Casa Marquês de Olinda (Câmara de Vereadores)

Conforme regimento da casa, essa é a 1ª Sessão Ordinária do ano letivo de 2015, que pela qual, os legislativos estavam todos presentes para compor a reunião:

No decorrer da reunião houve a leitura da ata anterior, sendo a mesma aprovada por unanimidade, momento em que os vereadores usaram a tribuna para expor seus assuntos.

O Sr. João Rogério dos Santos de Lima, Vereador do PSDB disse:

Foto0089“Até o momento não se sabe quem é o diretor daquela garagem, porque quando procuramos informações a esse respeito, não obtemos resposta, logo será aberta uma CPI para descobrirmos a verdade. Marido da prefeita anda desfilando com uma RILUX comprada que não se sabe se foi com recursos próprios ou da prefeitura. Também quero saber por que arrancaram o adesivo com o emblema do Governo Federal que estavam nos carros e que mina de ouro tem naquela garagem. Peço que a Sra. Prefeita mande a nova lista dos cargos comissionados para esta casa porque o que chegou foi uma lista desatualizada em nossas mãos. Pergunto ao secretário de Assistência Social: Onde está sendo colocado o dinheiro da cesta básica? Vou oficializar a denúncia ao ministério Público! E a saúde? está um caos porque médico foi buscar duas Benzetacil no seu carro por não ter remédio no posto de saúde. Pessoal veio reclamar dos conselheiros tutelares, porque estão abrindo o Conselho Tutelar tão tarde?”

A Sra. Sandra Regina Dias da Silva, Vereadora do PTC, desabafou:

Foto0093“Se tem transporte para dar carona e passear e porque não há transporte para conduzir os alunos? Em relação à saúde, presenciei o atendimento de uma paciente pelo SAMU e nem tensiômetro tinha dentro para fazer primeiro socorro. ”

A Sra. Lóide de Almeida Souza Rodrigues, Vereadora do PSB, aproveitou o ensejo e falou:

Foto0075“Há ônibus com superlotação indo para a cidade de Palmares, com cerca de 80 alunos, onde sabemos que isso compromete a vida dos nossos estudantes e demais pessoas. Não vejo incentivo nenhum para retirar os jovens das drogas pela Ação Social e ainda por cima a nossa cidade falta segurança. Quero saber também como vai ficar o abastecimento desses veículos? Será pela saúde ou pela educação?”

O Sr. Reginaldo Rodrigues da Silva, Vereador do SDD, falou do serviço de saúde do município:

Foto0355“O serviço de saúde do nosso município não está andando bem porque não há remédio e nem preservativo na farmácia popular. O que está acontecendo?”

O Sr. Leonardo Basílio da Rocha, Vereador do PC do B, em continuidade ao assunto dos transportes, complementou o discurso dos colegas dizendo:

Foto0080“Nobre vereadores e público aqui presente, João Coco estava abastecendo seu ônibus particular com as mamonas. A Sra. Prefeita Yeda Augusta realizou um leilão sem o conhecimento desta casa, então, gostaria de saber quanto foi arrecadado e quanto custou a ambulância nova?

O Sr. Severino Ramos do Canto Filho, Vereador do PC do B, indignado disse:

Biu-do-Canto“É revoltante e inadmissível sabermos que as irregularidades estão passando dos limites, pois, tenho provas de que viatura da prefeitura estava fazendo abastecimento do trio e ainda fizeram pose para as fotos. Outro assunto importante foi a chegada dos novos carros na cidade, onde o locutor estava mentindo no carro de som dizendo que deputado foi quem os trouxe para o município.”

Assim finalizou o grande expediente, onde a próxima sessão ordinária foi marcada para o dia 26/02 do corrente ano, e sendo assim, acompanhe conosco tudo que acontece na Casa Marquês de Olinda.

A TV Replay, agora faz parte da vida dos gameleirenses, desta forma a notícia será noticiada todos os dias e em todos os momentos, fazendo com que Gameleira possa se comunicar em tempo real e deixar assim seus moradores informados de tudo que acontece e em todos os lugares.

Assista, comente, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e denúncias. Nossos contatos:

 Facebook: Central Gameleira

 Email: jornalismo@tvreplay.com.br

Watssapp: 81- 9931-7525

Reportagem: Patrícia Silva

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Escute o áudio da sessão da câmara de vereadores que reelegeu Jonas Eduardo para Presidente

Na última terça-feira (09), aconteceu a eleição na Câmara Municipal de Vereadores para Presidente da casa, bem como para formação da nova mesa diretora Biênio 2015 – 2016.

Os discursos dos vereadores que se utilizaram da tribuna, se reportaram ao Candidato e atual Presidente, Jonas Eduardo, com muito apreço e elogios pelo trabalho desenvolvido na casa. 

Com 9 votos a favor e 2 contra, o Presidente Jonas Eduardo foi reeleito para continuar por mais 2 anosa frente dos trabalhos da Câmara.

01

A votação pela primeira vez foi aberta e cada um dos vereadores puderam se utilizar da tribuna para justificar o voto.

Em um discurso claro e objetivo, o vereador Esmar Santos, surpreendeu a todos ao falar da pessoa do Presidente, uma vez que ambos por um bom tempo tiveram algumas desavenças políticas. Vereadores de lados opostos, Esmar Santos e Jonas Eduardo, defendem cada um os seus ideais, mas sempre se respeitando na Câmara de Vereadores. Ao usar a tribuna, Esmar relembrou a eleição passada, e de forma simples, resumiu a trajetória política dos dois. Disse estar votando no atual presidente com convicção do seu trabalho perante a casa e que os palanques foram desarmados a partir do momento que todos focam em um único objetivo, o bem estar e os direitos dos cidadãos cachoeirinhenses.

Osvaldo Jacinto e Sílvia Magnólia, vereadores também de oposição, estiveram apoiando a candidatura do atual presidente, e reafirmaram o elo de amizade e compreensão que vive a casa neste momento.

Os vereadores Cícero de Cabanas e Jailson de Milton, disseram não a reeleição do atual presidente. Ao se justificarem na tribuna, os vereadores disseram nada ter contra a pessoa de Jonas Eduardo, porém que por motivos pelos quais cada um defende, deixou seu voto negativo para a candidatura do Presidente.

Em um discurso emocionado, Jonas Eduardo agradeceu aos familiares, amigos e eleitores, pela confiança depositada mais uma vez em sua pessoa, e disse sentir cada vez mais a obrigação de trabalhar pelo povo de Cachoeirinha.

Logo mais a TV Replay estará publicando os vídeos para que você, internauta, possa estar assistindo toda a votação.

Clique e escute o áudio da sessão na íntegra:

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Cachoeirinha-PE: Hoje tem reunião na Câmara de Vereadores – Participe!

Nesta terça-feira (18), os vereadores mais uma vez estarão reunidos na Câmara Municipal Cícero Cintra, na cidade de Cachoeirinha-PE.

Uma ótima oportunidade para você eleitor poder ter contato com o seu vereador, observar de perto os projetos que ele terá para Cachoeirinha. Se você não for fiscalizar, como saberá em quem votar nas próximas eleições!

Para uma maior comodidade da população, as reuniões estarão acontecendo todas as terças-feiras, no horário das 19h, pois, nas quartas-feiras, dia que antecede a tradicional feira da cidade, estava ficando cansativo para aqueles que desejam participar e acompanhar o trabalho dos vereadores.

1

A TV Replay fará toda cobertura. Registrará suas reivindicações e a resposta de seus representantes.

Abaixo segue calendário com data das próximas reuniões. Se organize, tire esse tempo para se reiterar sobre as decisões que são tomadas em relação a sua cidade.

 

CALENDÁRIO

DEZEMBRO –              Dias -     02 e 09

 

TV Replay, o que é bom se repete!

Cortês-PE: Câmara de Vereadores – Presidente da Casa assume a responsabilidade pela ausência de reuniões

Aconteceu nesta segunda-feira (17/11), a sessão ordinária na Câmara de Vereadores, na cidade de Cortês.

ESTIVERAM PRESENTES OS VEREADORES:

Ademir Alves da Silva (Ademir do Bento) (PPS)

Celso Cleiton Santos da Silva ( Celso) (PSD)

Jafe Lopes Ferreira ( Jafé) (PT)

Jurandir Figueredo de Carvalho ( Jurandir dos Cochos) ( PSB)

Maria de Fatima Cysneiros Sampaio Borba ( Fatima Borba) (PMDB)

Robecino José do Nascimento (Seninho) (PSB)

Valdomiro Tenório da Silva Filho (PETA) (PTC)

Walter de Lira Silva Junior ( Valtinho) (PDT)

Vereador ausente:

Ivo Severino da Silva (PPS)

CONFIRA O RESUMO DA SESSÃO:

O vereador Jurandir Figueredo (Jurandir dos Cochos) pediu um minuto de silêncio em homenagem ao jovem Alefe, assassinado a pauladas na última semana, em Engenho Diogo.

“Peço à todos um minuto de silêncio por esse jovem que foi brutalmente assassinado na nossa cidade. Aproveito para dizer que estou indignado com mais de um mês sem reunião nesta casa”, disse o vereador.

 

Câmara Povo

O vereador Robecino José (Seninho) parabenizou a vitória do Prefeito Geninho em relação a um processo que corria em Brasilia e tratava das eleições de 2012.

“Quero parabenizar o nosso Prefeito Geninho por mais essa vitória, a justiça foi feita. E aqui minha revolta por mais de um mês não ter reunião nesta casa, e a culpa não é do prefeito é do presidente da casa, o Senhor Peta”

O vereador Walter de Lira (Valtinho) em seu discurso, exigiu do Prefeito mais segurança para a nova Cortês.

“Senhor Prefeito, peço que o senhor ajude os moradores da nova Cortês, pois lá o povo está com pouca segurança.”

Sobre a falta de reunião na casa, o Vereador disse:

“O senhor presidente não tem pulso, a culpa unicamente de não ter reunião nesta casa é sua, exclusivamente sua.”

 

Câmara Valtinho

Vereador Valtinho

O vereador Jafé Lopes, se defendeu de acusações sobre ter se vendido na eleição, onde foi reeleito para presidente da casa, o vereador Peta.

“Eu sou um homem íntegro e nunca me venderia em uma eleição da mesa desta casa. Acusações como essa, são levianas e minha mente está tranquila. Eu vou estar sempre parabenizando o Prefeito quando for feito algo de bom, mais vou cobrar quando faltar alguma coisa. Sou oposição na hora de cobrar e situação na hora de reconhecer, e tenho feito isso”, disse vereador Jafé

Vereador Jafé Lopes

Vereador Jafé Lopes

A vereadora Fátima, disse está sentindo a morte do alefe, jovem assassinado na última semana na cidade e cobrou mais segurança.

” Eu sou mãe e sei a dor que está sentindo essa família, não é fácil. Quero aproveitar esse momento para cobrar mais segurança para nossa cidade, alguma coisa tem que ser feita.”

Vereadora Fatima

Vereadora Fátima

O vereador Ademir do Bento, disse ser a favor dos impostos e pediu desculpas a vereadora Fátima por suas palavras contra ela na votação para presidente da casa.

“Eu sou a favor dos impostos, pois só assim temos mais obras, isso é bom para o povo, obras. Quero aproveitar e pedir desculpa a vereadora Fátima, por minhas palavras na eleição para presidente da casa. Me desculpe vereadora.

E finalizou dizendo:

“Sou e sempre a favor do povo!”

Vereador Ademir do Bento.

Vereador Ademir do Bento.

O Vereador e Presidente da casa, Peta, assumiu a culpa pelas faltas de reuniões na casa.

“Eu assumo! Eu sou o culpado pela falta de reunião na casa e não me arrependo, pois não iria colocar a vida dos parlamentares em risco, jamais. O prédio onde estávamos, não tinha condição alguma.”

Para a equipe da TV Replay, o Presidente disse que não haverá descontos nos salários dos vereadores, pois ele assumiu a culpa pela falta de reunião.

Vereador Peta

Vereador Peta

Na sessão, foi apresentado um projeto que tem como objetivo, aumentar todos os impostos na cidade de Cortês em 2015. A votação só não teve o apoio dos Vereadores Jafé Lopes e Fátima Borba, que votaram contra.

A ausência do Vereador Ivo, também foi motivo de crítica por todos os presentes na casa, para eles, não se justifica a falta do parlamentar, após um mês sem reunião.

Câmara Povo

Um Minuto de silêncio na Casa.

Não havendo mais nada a tratar, foi dada por encerrada a sessão, ficando a próxima, marcada para o dia (24/11).

A TV Replay, agora faz parte da vida de Cortês e de seu povo. Sempre busque neste espaço, a oportunidade de fazer contato.

Câmara povo 1

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

Facebook: https://www.facebook.com/radialista.medeiros.5

Email: jornalismo@tvreplay.com.br

Portal: www.tvreplay.com.br

Whatsapp: (81) 8567-7589

Reportagem e Imagens: José Wedson

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

 

 

Cachoeirinha-PE: Vereadores de situação e oposição parabenizam Prefeito por recursos trazidos para cidade

Na última reunião na Câmara de vereadores, realizada no dia 11 de novembro de 2014, vereadores de situação e oposição, se utilizaram da tribuna para fazer agradecimentos e elogios ao Prefeito, pelos recursos conseguidos para o município.

01

Na ocasião, o Presidente da Câmara, Jonas Eduardo citou os diversos projetos que estão em andamento e que o Prefeito trouxe para a cidade, como: o asfalto, as escolas na zona rural, creche, unidades básicas de saúde; Já a vereadora da oposição, Sílvia Magnólia, parabenizou o Prefeito pela parceria com a cidade de Lajedo, no que diz respeito ao aterro sanitário, uma vez que até 2015 a lei prevê a responsabilidade compartilhada na gestão dos resíduos sólidos e proíbe a manutenção de lixões em todo o país. 

“Cachoeirinha saiu na frente!!! Parabenizo o Prefeito, porque enquanto muitas cidades em 2015 não estarão em conformidade com a lei e com seus respectivos lixões sendo depositados em aterros sanitários, nossa cidade já está.”, disse a vereadora

CONFIRA!

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Cachoeirinha-PE: Muriçocas e Rua Valeriano Alves do Couto, foram os apelos da Vereadora Sílvia Magnólia

Na última reunião da Câmara de Vereadores, realizada em 28 de outubro  de 2014, a vereadora Sílvia Magnólia, se utilizou da Tribuna para parabenizar o Prefeito pelo projeto que tem como base o aumento salarial dos agentes de saúde e edemias conforme Lei Federal. Também solicitou do Secretário de Administração que na ocasião estava presente, que as secretarias se unissem para o combate da muriçoca, pois, teria dado uma acalmada, porém de uns dias pra cá, teriam se manisfestado com intensidade.

Fez um apelo pela Rua Valeriano Alves do Couto, onde está citada rua há algum tempo vive um momento horrível em sua estrutura.

Confira!

silvia

 

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY

  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br

  • Sitewww.tvreplay.com.br

VEREADORES PRESENTES:

Jonas Costa Eduardo

Esmar Santos

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Osvaldo Jacinto

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

 Geraldo Otaviano ( Branco)

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

 

Cachoeirinha-PE: Vereador Esmar Santos afirma que continuará fiscalizando dinheiro público

Na última reunião da Câmara de Vereadores, realizada em 28 de outubro  de 2014, o vereador Esmar Santos, se utilizou da Tribuna para reafirmar sua condição de vereador da oposição e dizer que continuará fiscalizando o dinheiro público, uma vez que o Brasil se mostra um país com escândalos na política e que segundo ele, se não cobrar e não fiscalizar, o povo depois culpará os vereadores por não ter seu papel desenvolvido na cidade, cuidando assim do dinheiro que é do povo.

Confira!

2

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY

  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br

  • Sitewww.tvreplay.com.br

VEREADORES PRESENTES:

Jonas Costa Eduardo

Esmar Santos

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Osvaldo Jacinto

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

 Geraldo Otaviano ( Branco)

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

 

Cachoeirinha-PE: “Agentes de Saúde e Edemias receberão suas verbas salariais retroativas”, Disse Secretário de Administração em tribuna na Câmara de Vereadores

Servidores públicos do setor da secretaria de saúde (Agentes de Saúde), estiveram na Câmara de Vereadores reivindicando o aumento do piso salarial conforme Lei Federal.

Na cidade de Cachoeirinha este piso salarial ainda não entrou em vigor.

Na última reunião da Câmara de Vereadores, convidado pelo Presidente, Jonas Eduardo, o Secretário de Administração, Fausto Lins Borba, esclareceu o motivo pelo qual o projeto não tinha chegado a casa, mas afirmou que o mesmo já estaria pronto, que os contadores que prestam serviço para a prefeitura está adequando o orçamento para que este não seja comprometido e que não venha a infringir a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Afirmou que todos os 60 agentes de saúde e edemias estarão recebendo suas verbas salariais retroativas ao mês de junho/2014.

Confira!

1 2 3

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Lajedo-PE: Confira como foi a votação que elegeu o vereador Flaviano Assis como novo Presidente da Câmara de Vereadores

Na 16ª Reunião da Câmara Municipal de vereadores da cidade de Lajedo, ocorrida nesta segunda-feira (13.10),  foi definido a Mesa Diretora para o Biênio 2015-1016.

Resultado da votação: por 08 votos a favor, a Chapa da Situação, cujo candidato  a presidente foi Flaviano Assis, contra 05 da Chapa da Oposição, cujo candidato a presidente foi Helena Quintino, saiu vitoriosa, a chapa da situação. Então de acordo com votação da maioria dos vereadores a nova Mesa Diretora será composta pelos seguintes Vereadores:

CHAPA DA SITUAÇÃO

Presidente – Flaviano Assis

CAM00415

Vice-Presidente – Denysson Tiago

???????????????????????????????

1º Secretário – Edvânia Cosme

???????????????????????????????

2º Secretário –  Eri

???????????????????????????????

 

VEREADORES PRESENTES

Lêda Machado

Flaviano Assis

Eri

Mônica Silva

Armando Simões

Mario do Poço

Antonio Dornelas

Vania Cosme

Helena Quintino

Marcantonio Dourado Filho

Luciano João

Chiquinho

Denysson Thiago

 

CAM00406

CAM00404CAM00403CAM00398CAM00399CAM00400CAM00401CAM00402CAM00397CAM00396CAM00408CAM00409CAM00410CAM00411CAM00412CAM00413CAM00414CAM00415CAM00416CAM00417CAM00418CAM00419CAM00420CAM00421CAM00422CAM00424

TV Replay, o que é bom se repete!

Lajedo-PE: Vereadora Mônica Silva diz: “Bel-prazer, isso sim!!! vontade própria” – palavras se referindo ao vereador Flaviano Quintino no que diz respeito a LDO

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador José Vital em Lajedo/PE.

Reunião ocorrida em 17.03.2014

mon

Na última reunião do dia 17 de setembro, a Vereadora Mônica Silva travou embate com o Vereador e Presidente da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final Flaviano Quintino que emitiu parecer favorável as emendas ao projeto da LDO ( Lei de Diretrizes Orçamentárias) e ao mesmo tempo retirou retirou 2 emendas do projeto.

Segundo Mônica todas as emendas estão de acordo com a legalidade:

“… o próprio parecer diz que não tem nenhuma ilegalidade…”

O Vereador Flaviano disse que colocar emendas é necessário as vezes porque vai melhorar o projeto:

“… se foi colocado 8 ou foi 9 emendas, se retira 1 e outra nem por completo aí chegou a esse ponto, se fosse aceito todos não tinha chegado a esse ponto…”

Em entrevista a Vereadora Mônica disse que não entendeu a atitude do vereador Flaviano, pois ele finalizou o seu parecer dizendo que todas as emendas apresentadas pelos vereadores são legais, e dentro do mesmo parecer ele rejeita duas prioridades na emenda 1 que é da construção do NASF, órgão que funciona junto com o Projeto Boa Vida e a outra é a  desapropriação que é baseado em um decreto federal.

VEREADORES PRESENTES

DENYSSON DA ÁGUA

CHIQUINHO

LUCIANO DA SAÚDE

HELENA QUINTINO

MARCANTONIO DOURADO FILHO

MONICA SIMÕES

ARMANDO SIMÕES

MÁRIO DO POÇO

ERI

VÂNIA COSME

FLAVIANO QUINTINO

LÊDA MACHADO

VEREADORES AUSENTES

ANTONIO DORNELAS

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

Facebook: TV REPLAY
Email: tvreplay@tvreplay.com.br
Site: www.tvreplay.com.br

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Vereadores responsabilizam a Compesa por estouramentos nas ruas da cidade e cobram soluções

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 12.08.2014.

Na última reunião da câmara de vereadores, foi discutido a questão dos estouramentos dos calçamentos da cidade, uma vez que as ruas encontram-se em péssimo estado. O Presidente da Câmara solicitou ao secretário que fosse feito uma convocação da presença de Dr. Mozar, chefe regional da Compesa, para que seja dada explicações quanto as soluções que serão tomadas para reposições dos calçamentos.

Lembrando que estar por vir o asfalto para a maior parte das ruas da cidade, porém com estes estouramentos fica inviável a colocação do mesmo.

CONFIRA!

eduardo osvaldo

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

 

VEREADORES PRESENTES:

Jonas Costa Eduardo

Esmar Santos

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Osvaldo Jacinto

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

 Geraldo Otaviano ( Branco) 

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Cachoeirinha-PE: Prefeito envia Projeto de Lei com redução de 50% no IPTU para comerciantes que aderirem a instalações de câmeras filmadoras

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 12.08.2014.

O Presidente da Câmara de Vereadores, Jonas Eduardo parabeniza prefeito pelo envio do Projeto de Lei que concede incentivo fiscal para comerciantes que aderirem a instalação de câmeras filmadoras, no intuito de diminuir e reprimir a violência na cidade.

CONFIRA!

edu

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

 

VEREADORES PRESENTES:

Jonas Costa Eduardo

Esmar Santos

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Osvaldo Jacinto

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

 Geraldo Otaviano ( Branco) 

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Cachoeirinha-PE: “…Esse carro fumacê é um paliativo e um desperdício do dinheiro público, não acaba acaba muriçocas…” Diz Presidente da Câmara

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 05.08.2014.

No transcorrer da reunião, vereadores em tribuna por mais uma vez adentraram no assunto da manifestação das muriçocas no município. solicitaram do secretário de Saúde uma solução urgente, e não um paliativo em se tratando do carro fumacê. 

Confira!

1

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!


Cachoeirinha-PE: Após polêmica de contas rejeitadas do Prefeito, contador do município vai a tribuna na câmara de Vereadores para explicar engano de TCE e afirma: “Já entramos com recurso…”

Nesta terça-feira (05), as reuniões ordinárias da câmara de vereadores do município de Cachoeirinha-PE, referente ao 2º semestre/2014 voltaram a ser realizadas.

Na ocasião, estiveram participando, usando a tribuna, os convidados pelo Presidente da Câmara, Jonas Eduardo, Osório Chalegre, ele que é diretor da POLIS, uma empresa que presta assessoria ao CachoeirinhaPREV, e o contador da Prefeitura, Tadeu Sande.

Nesta segunda parte da matéria, o Senhor Tadeu Sander, contador da prefeitura esteve explicando o equívoco, por ele relatado em relação ao julgamento do TCE em relação as contas rejeitadas ref. 2012 da gestão atual, afirmando que o município já entrou com recurso para reverter este julgamento, uma vez que todos os documentos são lícitos e provam a consistência das provas .

Confira!

2

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Cachoeirinha-PE: Diretor da POLIS, Osório Chalegre, após polêmica se utiliza da tribuna da câmara de vereadores para explicar Projeto da Previdência Própria adotado pelo município

Nesta terça-feira (05), as reuniões ordinárias da câmara de vereadores do município de Cachoeirinha-PE, referente ao 2º semestre/2014 voltaram a ser realizadas.

Na ocasião, estiveram participando, usando a tribuna, os convidados pelo Presidente da Câmara, Jonas Eduardo, Osório Chalegre, ele que é diretor da POLIS, uma empresa que presta assessoria ao CachoeirinhaPREV, e o contador da Prefeitura, Tadeu Sande.

Nesta primeira parte da matéria, o Senhor Osório Chalegre esteve explicando o intuito da Implantação do CACHOEIRINHAPREV e quais os benefícios trazidos para os servidores do município.

Confira!

1

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Canhotinho-PE: Vereador Célio Amorim se emociona e chora ao prestar homenagem ao seu genitor

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Câmara municipal Otacílio de Siqueira Passos – Canhotinho/PE.

Reunião ocorrida em 24.04.2014

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Site: www.tvreplay.com.br

Captura de tela 2014-04-25 10.44.19

 

TV Replay, o que é bom se repete!

Lajedo-PE: Líder do governo se retira da sessão plenária dizendo que se sente envergonhada dos colegas

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador José Vital em Lajedo/PE.

Reunião ocorrida em 28.04.2014

A sessão ordinária da Câmara de Vereadores José Vital, realizada nesta última segunda-feira, foi marcada pela tensão e por fervorosas discussões entre os representantes do legislativo.

O foco do conflito foi o projeto que regulamenta o piso salarial da classe do magistério. Na ocasião a líder do governo, que por algumas vezes alterou a voz na tribuna, se reportou aos colegas vereadores dizendo que estava envergonhada dos mesmos e que nunca teria se defrontado com uma câmara de vereadores incompetente como a referida.

Confira!

lider

VEREADORES PRESENTES

DENYSSON DA ÁGUA

CHIQUINHO

HELENA QUINTINO

MARCANTONIO DOURADO FILHO

ANTONIO DORNELAS

LUCIANO DA SAÚDE

ARMANDO SIMÕES

MÁRIO DO POÇO

ERI

VÂNIA COSME

FLAVIANO QUINTINO

LÊDA MACHADO

MÔNICA SIMÕES

 

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

Facebook: TV REPLAY
Email: tvreplay@tvreplay.com.br
Site: www.tvreplay.com.br

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Vereadores desejam Feliz Páscoa para população

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 15.03.2014

Na ocasião os vereadores Esmar Santos e Jonas Eduardo desejaram a toda população uma Feliz Páscoa.

pascoa

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

Jonas Costa Eduardo

Esmar Santos

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Roberto Dilson

Osvaldo Jacinto

Sílvia Magnólia

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Geraldo Otaviano ( Branco)

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Necis Maria

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Vereador Esmar Santos faz apelo ao prefeito para que sejam feitos reparos na academia das cidades

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 08.04.2014

Se utilizando da tribuna, o vereador Esmar Santos fez apelo ao prefeito no que se diz respeito a academia das cidades, alegando que a mesma necessita de reparos.

esmar

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Jonas Costa Eduardo

Esmar Santos

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Geraldo Otaviano ( Branco)

Sílvia Magnólia

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Osvaldo Jacinto

Vereadores Ausentes:

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Necis Maria

Roberto Dilson

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Morador da Vila Tancredo Neves preocupado com a quantidade de animais soltos no bairro

Na última reunião da Câmara de Vereadores de nossa cidade, ocorrida no dia 08 de março, o Sr. Manoel Leão, morador da Vila Tancredo Neves, esteve presente fazendo um apelo ao poder público em relação aos animais que estão jogados na referida localidade.

Na Vila Tancredo Neves funcionava uma ONG, a SPAC, que por motivos financeiros assim citado por Sr. Manoel, teria sido transferida para outra localidade, abrigando apenas uma pequena quantidade de animais, motivo que levou muitos cachorros e gatos a estarem soltos nas ruas do bairro e de toda a cidade em geral.

Em entrevista, Sr. Manoel nos falou do problema que os moradores tem passado.

08 03 2014 Cachoeirinha PEmanoel

Confira!

TV Replay, informações é aqui!

Cachoeirinha-PE: Irmãos Morais recebem duplo Voto de Aplauso na Câmara de Vereadores

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 08.04.2014

O Vereador Jonas Eduardo, Presidente da Câmara, em uma de suas indicações na noite desta terça-feira (08), colocou em votação e a câmara como um todo aprovou,  o voto de Aplauso para o Major Morais pelo título recebido.

Na ocasião alguns vereadores se utilizaram da tribuna solicitando que o voto fosse estendido para seu irmão, Capitão Romildo Pedro, pelo trabalho de segurança ao qual vem desempenhando no município de Cachoeirinha.  

irmãos morais.fw

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Jonas Costa Eduardo

Esmar Santos

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Geraldo Otaviano ( Branco)

Sílvia Magnólia

Osvaldo Jacinto

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Necis Maria

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Roberto Dilson

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Lajedo-PE: “Vocês usaram de uma deselegância total…” Palavras da Líder do Governo se referindo aos vereadores da oposição

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador José Vital em Lajedo/PE.

Se utilizando da tribuna, a vereadora Lêda Machado, Líder do Governo, afirmou que os vereadores da oposição usaram de uma forma deselegante, o fato de terem se exposto ao usarem de um carro de som em vias públicas, onde segunda a mesma teriam se pronunciado, repassando fatos inverídicos para população.

Reunião ocorrida em 03.03.2014

 1

Confira!

VEREADORES PRESENTES

DENYSSON DA ÁGUA

CHIQUINHO

LUCIANO DA SAÚDE

HELENA QUINTINO

ANTONIO DORNELAS

MONICA SIMÕES

ARMANDO SIMÕES

MÁRIO DO POÇO

ERI

VÂNIA COSME

FLAVIANO QUINTINO

LÊDA MACHADO

 

VEREADORES AUSENTES

MARCANTONIO DOURADO FILHO

 

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

Facebook: TV REPLAY
Email: tvreplay@tvreplay.com.br
Site: www.tvreplay.com.br

TV Replay, o que é bom se repete!

Lajedo-PE: “Você não pode colocar nas ruas uma coisa que é mentirosa…” Disse Lêda Machado se referindo aos vereadores de oposição

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador José Vital em Lajedo/PE.

Em entrevista à TV Replay, a vereadora Lêda Machado, líder do governo, questionada sobre a atitude dos vereadores da oposição em relação a divulgação feita em carro de som pelas ruas da cidade, onde foram divulgadas irregularidades no fardamento escolar, a mesma explicou.

Reunião ocorrida em 03.03.2014

1

Confira!

VEREADORES PRESENTES

DENYSSON DA ÁGUA

CHIQUINHO

LUCIANO DA SAÚDE

HELENA QUINTINO

ANTONIO DORNELAS

MONICA SIMÕES

ARMANDO SIMÕES

MÁRIO DO POÇO

ERI

VÂNIA COSME

FLAVIANO QUINTINO

LÊDA MACHADO

 

VEREADORES AUSENTES

MARCANTONIO DOURADO FILHO

 

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

Facebook: TV REPLAY
Email: tvreplay@tvreplay.com.br
Site: www.tvreplay.com.br

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Presidente da Câmara apazigua ânimos de vereadores

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 25.03.2014

No decorrer da reunião e da discussão gerada entre os vereadores Branco de Otaviano e Esmar Santos, o Presidente da Câmara, Jonas Eduardo, usou da tribuna para apaziguar os ânimos dos vereadores. Da mesma forma que expôs sua opinião sobre o fato gerado, uma vez que se referiu ao vereador Esmar, dizendo que não mediria a capacidade de alguém pelo anel, uma vez que afirmou que tantos médicos, e pessoas públicas com estudo teriam passado pela cidade e nada fizeram. 

Nova Imagem

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Jonas Costa Eduardo

Esmar Santos

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Geraldo Otaviano ( Branco)

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Osvaldo Jacinto

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: O clima esquentou! Vereadores batem boca em plenário – PARTE I

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 25.03.2014

O clima esquentou! Na última reunião, os vereadores Esmar Santos e Branco de Otaviano bateram boca em plenário. O vereador Branco ao se utilizar da tribuna, recordou a atitude do Vereador Esmar quanto a votação do Orçamento, que segundo o vereador Esmar estava se sentindo perseguido por problemas pessoais as críticas do vereador.

11

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Jonas Costa Eduardo

Esmar Santos

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Geraldo Otaviano ( Branco)

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Osvaldo Jacinto

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Vereadores Esmar Santos e Jonas Eduardo tem opiniões divergentes sobre o asfalto na cidade

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 25.03.2014

Na ocasião os vereadores Esmar Santos e Jonas Eduardo, em um debate saudável, expuseram suas opiniões a respeito do asfalto na cidade.

01 02

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Jonas Costa Eduardo

Esmar Santos

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Geraldo Otaviano ( Branco)

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Osvaldo Jacinto

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Hoje haverá reunião na Câmara de Vereadores – Participe!

Hoje (11), haverá Reunião da Câmara de Vereadores de Cachoeirinha.

Uma ótima oportunidade para você eleitor poder ter contato com o seu vereador, observar de perto os projetos que ele terá para Cachoeirinha. Se você não for fiscalizar, como saberá em quem votar nas próximas eleições!

Para uma maior comodidade da população, as reuniões estarão acontecendo todas as terças-feiras, no horário das 19h, pois, nas quartas-feiras, dia que antecede a tradicional feira da cidade, estava ficando cansativo para aqueles que desejam participar e acompanhar o trabalho dos vereadores.

A TV Replay fará toda cobertura. Registrará suas reivindicações e a resposta de seus representantes.

 1

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Não entrega de notebooks aos professores volta a ser destaque na Câmara de Vereadores

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 25.02.2014

Nova Imagem

Na oportunidade o Presidente e Vereador da Casa, Jonas Eduardo e o Vereador Jailson de Milton, pediram esclarecimentos a Secretária de Educação a respeito dos notebooks dos professores.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

Jonas Costa Eduardo

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Osvaldo Jacinto

Geraldo Otaviano ( Branco)

Sílvia Magnólia

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Necis Maria

Esmar Santos

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Lajedo-PE: “…Ficar batendo de frente com vereadores desequilibrados…Trabalhar não é agredir!…” – Palavras da Líder de Governo, Lêda Machado

Reunião ocorrida em 24.02.2014.

A Vereadora e Líder de Governo, Lêda Machado deu explicações quanto ao orçamento 2014. Disse que fez tudo dentro da legalidade e que não agiu de má-fé, disse também que o projeto do jeito que está, está muito bom.

Prestou solidariedade ao Vereador Mário do Poço, que assinou o envio do projeto à prefeitura. Disse que não ia ficar batendo de frente com vereadores desequilibrados e que não se compromete com o município.

“Trabalhar não é agredir.”, disse a vereadora

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:
Facebook: TV REPLAY
Email: tvreplay@tvreplay.com.br
Site: www.tvreplay.com.br

VEREADORES PRESENTES:

MARCANTONIO DOURADO FILHO

LUCIANO DA SAÚDE

CHIQUINHO

ANTONIO DORNELLAS

DENYSSON DA ÁGUA

HELENA QUINTINO

FLAVIANO QUINTINO

MÔNICA SIMÕES

ERY

ARMANDO SIMÕES

MÁRIO DO POÇO

EDVÂNIA COSME

LÊDA MACHADO

125

 Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Hoje haverá reunião na Câmara de Vereadores – Aproveite e programe-se para estar presente seguindo o novo Calendário de Reuniões 2014

A Mesa Diretora da Câmara Municipal torna público o calendário das Reuniões Ordinárias, aprovados pelos Senhores Vereadores.

1

De acordo com o inciso I, art. 23, da Lei Orgânica Municipal, as reuniões ordinárias para 1° (primeiro) Período Legislativo de 2014, acontecerão às 19h dos respectivos meses e dias:

MÊS                     DIA  

FEVEREIRO –      DIAS – 25

MARÇO –             DIAS –     11 e 25

ABRIL –                DIAS –      08, 15 e 29

MAIO –                 DIAS –      06, 20 e 27

JUNHO –             DIAS –       03, 10 e 17

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay estará sempre presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE, compareça você também! Todas as datas são às terças-feiras.

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: “O povo não é besta não…!” – Na última reunião do ano, na câmara de vereadores, recados foram deixados…

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 03.12.2013.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Osvaldo Jacinto

Geraldo Otaviano ( Branco)

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Jonas Costa Eduardo

Esmar Santos

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Vereadores da situação avaliam a gestão atual e afirmam “Cachoeirinha nunca teve um prefeito para trabalhar como Beto de Tôta”

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 03.12.2013.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Osvaldo Jacinto

Geraldo Otaviano ( Branco)

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Jonas Costa Eduardo

Esmar Santos

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Vereadores da oposição se estranham após “farpas” via redes sociais

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 03.12.2013.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Osvaldo Jacinto

Geraldo Otaviano ( Branco)

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Jonas Costa Eduardo

Esmar Santos

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Hoje haverá reunião na Câmara de Vereadores – Participe!

Hoje (03), haverá Reunião da Câmara de Vereadores de Cachoeirinha.

Uma ótima oportunidade para você eleitor poder ter contato com o seu vereador, observar de perto os projetos que ele terá para Cachoeirinha. Se você não for fiscalizar, como saberá em quem votar nas próximas eleições!

Para uma maior comodidade da população, as reuniões estarão acontecendo todas as terças-feiras, no horário das 19h, pois, nas quartas-feiras, dia que antecede a tradicional feira da cidade, estava ficando cansativo para aqueles que desejam participar e acompanhar o trabalho dos vereadores.

A TV Replay fará toda cobertura. Registrará suas reivindicações e a resposta de seus representantes.

Abaixo segue calendário com data das próximas reuniões. Se organize, tire esse tempo para se reiterar sobre as decisões que são tomadas em relação a sua cidade.

 

TV Replay, o que é bom se repete!

 

Cachoeirinha-PE: Vereadores da oposição alegam que o atraso na obra do asfalto tem haver com eleições do próximo ano

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 26.11.2013.

Nesta parte da matéria, vereadores da oposição alegam que o atraso na obra do asfalto tem haver com eleições do próximo ano e com falta de gestão.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

Jonas Costa Eduardo

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Osvaldo Jacinto

Geraldo Otaviano ( Branco)

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Esmar Santos

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Presidente da câmara solicita ao Secretário de obras sinalização nos quebra-molas da cidade

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 26.11.2013.

Nesta parte da matéria, o Presidente da Câmara, Jonas Eduardo faz apelo ao secretário de obras, Rildo José Neves, para que sejam feitas as devidas sinalizações nos quebra molas da cidade.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

Jonas Costa Eduardo

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Osvaldo Jacinto

Geraldo Otaviano ( Branco)

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Esmar Santos

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Vereador Esmar Santos discorda dos colegas vereadores

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 26.11.2013.

Nesta parte da matéria, o vereador Esmar Santos justifica o pedido de vistas solicitado quanto ao PPA, vai a tribuna e diz que não votará no mesmo antes de ler, que não ficará de olho fechados deixando o dinheiro público sendo gasto da forma que a gestão atual desejar. 

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

Jonas Costa Eduardo

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Osvaldo Jacinto

Geraldo Otaviano ( Branco)

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Esmar Santos

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Vereador Esmar Santos parabeniza atitude da administração pública

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 26.11.2013.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

Jonas Costa Eduardo

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Osvaldo Jacinto

Geraldo Otaviano ( Branco)

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Esmar Santos

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Vereadores voltam a criticar secretários municipais e citam nomes – “Equipe incompetente e sem educação”, disseram

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 19.11.2013.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

Jonas Costa Eduardo

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Roberto Dilson

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Geraldo Otaviano ( Branco)

Necis Maria

Sílvia Magnólia

Esmar Santos

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Osvaldo Jacinto

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Hoje haverá Reunião na Câmara de Vereadores – Participe!

Hoje (19), haverá Reunião da Câmara de Vereadores de Cachoeirinha, ou seja, uma ótima oportunidade para você eleitor poder ter contato com o seu vereador. Observar de perto os projetos que ele tem para Cachoeirinha. Se você não for fiscalizar, como saberá em quem votar nas próximas eleições!

1

Para uma maior comodidade da população, as reuniões estarão acontecendo todas as terças-feiras, no horário das 19h, pois, nas quartas-feiras, dia que antecede a tradicional feira da cidade, estava ficando cansativo para aqueles que desejam participar e acompanhar o trabalho dos vereadores.

A TV Replay fará toda cobertura. Registrará suas reivindicações e a resposta de seus representantes.

Abaixo segue calendário com data das próximas reuniões. Se organize, tire esse tempo para se reiterar sobre as decisões que são tomadas em relação a sua cidade.

MÊS                     DIA  

NOVEMBRO –      DIAS -   26

DEZEMBRO –     DIAS -     03

 

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: “IPA só disponibizou 4 carros pipas para abastecimento da cidade, o que é insuficiente…” Disse vereadores

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 22.10.2013.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

Jonas Costa Eduardo

Osvaldo Jacinto

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Geraldo Otaviano ( Branco)

Roberto Dilson

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Vereadores Ausentes:

Necis Maria

Esmar Santos

Sílvia Magnólia

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: “Se você não faz críticas, não sai nada!!!” diz o vereador Cícero de Cabanas

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 01.10.2013.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

Jonas Costa Eduardo

Osvaldo Jacinto

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Geraldo Otaviano ( Branco)

Necis Maria

Roberto Dilson

Sílvia Magnólia

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Esmar Santos

Vereadores Ausentes:

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

 

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Vereador Esmar alerta população quanto ao voto para deputado…”vote com consciência, não venda seu voto…”

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 01.10.2013.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Sitewww.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

Jonas Costa Eduardo

Osvaldo Jacinto

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Geraldo Otaviano ( Branco)

Necis Maria

Roberto Dilson

Sílvia Magnólia

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Esmar Santos

Vereadores Ausentes:

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

 

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Vereador Esmar Santos repudia e diz ter tido falta de planejamento nas ruas que serão asfaltadas

Com o objetivo de levar aos eleitores informações a respeito dos projetos, das ações e explicações do Legislativo Municipal, a TV Replay esteve presente na Casa Vereador Cícero Cintra em Cachoeirinha/PE.

Reunião ocorrida em 11.09.2013.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

  • Facebook: TV REPLAY
  • Email: tvreplay@tvreplay.com.br
  • Site: www.tvreplay.com.br

Vereadores presentes:

Jonas Costa Eduardo

Osvaldo Jacinto

José Alves Machado (Genildo Dentista)

Geraldo Otaviano ( Branco)

Necis Maria

Jailson dos Santos (Jailson de Milton)

Roberto Dilson

Sílvia Magnólia

Givaldo Farias (Espírito Santo)

Cícero Venâncio Mariano (Cícero de Cabanas)

Esmar Santos

 

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Discurso do vereador Osvaldo Jacinto

Confira!