Blog de Airton Sousa: Rodada decisiva na Copa do Nordeste

Teremos nesta quarta-feira (22/03), o encerramento da primeira fase da Copa do Nordeste 2017. Uma fase onde o ponto negativo foi a presença de público, com poucas e raras exceções. Pernambuco está incluído no fracasso de público e a expectativa é que tenhamos uma melhora de público, e também, melhores jogos tecnicamente.

No estádio do Arruda, teremos um confronto importante para o Santa Cruz e também para o Campinense. O time paraibano, se empatar, sai como primeiro colocado do grupo, e o Santa Cruz, será o segundo colocado. Caso haja vitória do time tricolor, o time pernambucano, sairá como líder, e o Campinense, será o segundo colocado.

Foi uma participação muito positiva das duas equipes, nesta fase que se encerra nesta quarta. O Campinense, pé quente na Copa do Nordeste, já conseguiu ser campeão e vice-campeão, respectivamente. Enquanto isso, o Santa Cruz teve a conquista da Copa do Nordeste em 2016. Portanto, um jogo igual pelos pontos positivos das duas equipes.

Além disso, a expectativa de termos um público, de razoável para bom, em razão de que a Diretoria tricolor, tentando atrair a sua torcida, colocou preços promocionais para os ingressos, e com certeza também, a torcida do Campinense virá, pela sua fidelidade à raposa da Paraíba.

Por outro lado, o Sport já classificado, tem um jogo folgado contra o Sampaio Correia, em São Luiz do Maranhão. Alguns titulares estarão ausentes no time rubro-negro, entendendo o técnico Daniel Paulista, que o clássico de domingo contra o Santa Cruz, é um jogo para a recuperação do Sport, hoje o terceiro colocado do Hexagonal.

O Sampaio Correia, um time mediano, não deve amedrontar o Sport, porém é bom colocar como exemplo, o que aconteceu por duas vezes contra o Belo Jardim, no Hexagonal. Esperar que os erros cometidos domingo (19), não sejam repetidos, principalmente pelos homens responsáveis pelas finalizações.

Para encerrar a participação de Pernambuco na Copa do Nordeste, nesta primeira fase, o Náutico tenta um milagre na competição. Joga contra o Uniclinic em Fortaleza, onde terá que vencer com diferença de mais de quatro gols, e torcer que que o Santa Cruz perca para o Campinense.

É uma situação complicada do time alvi-rubro, em razão da maneira como o time começou a competição, permitindo que os adversários do grupo avançassem, tomassem distância na pontuação e deixassem o Náutico muito atrás. è bom lembrar que o técnico Milton Cruz, não tem nada a ver com a situação do time, já que assumiu o time com várias rodadas acontecidas.

Blog de Airton Sousa: Pernambucano sem público – por que?

Tenho a impressão, pelo tempo que tenho como cronista esportivo, há muito tempo não se tem em Pernambuco, um público tão fraco nos jogos realizados no Estado. Não falamos apenas do Campeonato Estadual, também na Copa do Nordeste e do Brasil, e a pergunta também é a seguinte, será que no Campeonato Brasileiro, esses percentuais serão repetidos?

Procuram-se muitas justificativas para o que está acontecendo, entre elas: horário dos jogos, transmissão pela televisão, quantidade de competições ao mesmo tempo, qualidade técnica dos nossos clubes, falta de dinheiro por parte do torcedor. O certo, é que os estudiosos obrigatoriamente terão que encontrar um denominador, para a atual situação, com a ausência do público e poucas arrecadações.

Nós sabemos que os principais clubes do Estado não estão sentindo, mesmo porque os patrocinadores, a televisão e os promotores dos eventos, antes de tudo, dão o suporte financeiro aos participantes, daí não termos ouvido reclamação por parte dos Dirigentes.

Entretanto, apenas como detalhe para chamar à atenção dos Dirigentes dos clubes de Pernambuco, aconteceu no domingo(19), no Estádio Amigão de Campina Grande(PB), o clássico entre Treze e Campinense, e acreditem, tivemos um público superior a 7.000 pessoas. Por que será?

Blog de Airton Sousa: Sport vence com dificuldade

Foi encerrada na tarde deste domingo(19), a sétima rodada do Hexagonal do Título. No estádio do Arruda, o Belo Jardim perdeu para o Sport pelo placar de 1 x 0, repetindo o mesmo resultado da primeira fase do Hexagonal. O gol rubro-negro foi marcado aos 13 minutos do segundo tempo, através do jogador Paulo Henrique, que abusou de perder gol já no primeiro tempo do jogo.

O time do Belo Jardim,  teve folego até 15 minutos da primeira etapa, quando teve uma chance com um minuto de jogo, e foi apenas isso no primeiro tempo. Enquanto o time leonino, a partir dos 20 minutos, dominou o jogo, mesmo com desespero e ansiedade dos seus jogadores.

Aos 22 minutos, de calcanhar, Talison teve chance de gol; também aos 40, 42 e 44 minutos, Paulo Henrique perdeu concretamente várias oportunidades de marcar. Pelas chances perdidas, no mínimo, o Sport poderia ter vencido no primeiro tempo, pelo placar de 3 x 0. Na segunda etapa de jogo não foi diferente, o Belo Jardim jogando atrás, esperando o time leonino e as chances sendo repetidas.  Com 2 minutos de jogo, Talison desperdiça uma chance de gol; aos 8 minutos é a vez de Paulo Henrique. Mas, aos 13 minutos, finalmente Paulo Henrique, de cabeça, aproveitando o rebote do goleiro Andrei, abre o placar colocando o Sport na frente.

A partir daí, nova oportunidade com Fábio de cabeça aos 27 minutos, enquanto o Belo Jardim desperdiça a única chance de empatar no segundo tempo, com Raniel aos 38 minutos. Uma coisa ficou constatada no jogo por parte do sport: é preciso o técnico Daniel Paulista treinar mais o passe de bola e as finalizações. O placar final foi 1 x 0 para o Sport, onde o jogador Mena foi o destaque do time rubro-negro.

Com a vitória o Sport foi a 12 pontos, mesma pontuação do Santa Cruz, porém o time tricolor é o segundo colocado no Hexagonal, pelo saldo de gols. O Salgueiro lidera om 16 pontos e o Náutico é o quarto colocado com 11 pontos.

O público do jogo foi um dos menores do campeonato. Apenas 437 pessoas e uma renda de R$ 4.485,00. Emerson Sobral fez uma boa arbitragem.

A próxima rodada do Hexagonal terá os seguintes jogos: Sport x Santa Cruz;  Náutico x Belo Jardim. Todos domingo, dia 26/03, às 16 horas.

Blog de Airton Sousa: Santa recupera e Náutico decepciona

Se uma goleada de 5 x 1 contra o Central, faz o torcedor esquecer a derrota acontecida  no clássico diante do Náutico, tudo bem. É bola para frente, e aqueles que pediram a cabeça do técnico tricolor, vão procurar silenciar, e saber que futebol se faz com a razão e não com emoção, porque vendo com emoção, geralmente a contradição vem à tona.

Independentemente da goleada, do adversário frágil, sem fôlego, com problemas graves dentro e fora de campo, e uma Diretoria que pouco está se importando com a grave situação alvi-negra, temos que creditar ao Santa Cruz, a determinação de jogar para ganhar e se garantir antecipadamente nas semi-finais do Pernambucano de 2017.

É uma semana importante para o time tricolor, uma etapa foi superada com a vitória em cima do Central, a outra etapa será nessa quarta-feira(22), contra o Campinense, já classificado. Um empate deixa também o Santa Cruz na fase seguinte da Copa do Nordeste. Portanto, temos que parabenizar o técnico Vinícius Eutrópio, pela maneira humilde e correta como vem administrando os problemas técnicos, emocionais e principalmente, as críticas em alguns momentos.

Quanto ao Central, é ver o que vai acontecer, com esse fiasco de time e com um Presidente que deixa, em detrimento do clube, sua vaidade superar tudo, inclusive a história que o clube tem no cenário esportivo nordestino. É uma pena, que a Patativa do Agreste, tenha chegado a esse ponto. No entanto, não é possível que os Conselhos Deliberativo e Fiscal, sejam omissos ao ponto de deixar perpetuar na atual gestão, tanto abandono.

Enquanto isso, nem o adiamento do horário do jogo para às 18.30, evitou que o Náutico perdesse para o bom time do Salgueiro, pelo placar de 2 x 0. No primeiro tempo  o Salgueiro venceu por  1 x 0,  jogou um melhor futebol e envolveu o timbu, que sentiu a ausência de alguns titulares, que não tiveram condição de jogar.

No segundo tempo, pouco mudou no jogo. O Salgueiro absoluto, o Náutico encurralado, e finalmente o segundo gol do time do sertão, fechando o placar com uma vitória de 2 x 0, extremamente importante para garantir, por antecipação, o time Salgueirense nas semi-finais do Campeonato Pernambucano.

Quanto ao Náutico, agora é trabalhar para recuperar na próxima partida. No entanto, em razão da fórmula do Campeonato Pernambucano, o desenho dos quatro times já está pronto, com a exclusão do Belo Jardim e Central, que apenas cumprem tabela até o final do Hexagonal. Quarta-feira(22), o Náutico joga contra o Uniclínic, tentando o quase impossível, que é passar para a segunda fase da Copa do Nordeste.

Blog de Airton Sousa: Náutico vence o clássico

No clássico da Arena de Pernambuco, neste domingo(12/03), o Náutico venceu pelo placar de 1 x 0. Foi um jogo nivelado por baixo tecnicamente, no entanto o Náutico entrou com mais volume, ocupando os principais espaços do campo e anulando com uma boa marcação, as principais peças do Santa Cruz.

Enquanto isso, o time tricolor entrou acomodado, sem alma, com pouco interesse, além da lentidão que o time se apresentou na maioria do tempo de jogo. As peças de decisão do Santa Cruz, não tiveram como jogar, e na verdade, o Náutico mereceu a vitória, inclusive com um placar mais elástico.

Aos 17 minutos do primeiro tempo, o técnico Milton Cruz faz uma substituição colocando o jogador Nirley, estreante no timbu. E o futebol tem dessas coisas, porque bastaram apenas 15 segundos em campo, para o jogador aproveitar um cruzamento, cabecear e colocar a bola nas redes de Júlio César, colocando o time alvi-rubro na vantagem do placar.  E ao final do jogo, a vitória foi do Náutico, pelo placar de 1 x 0.

Por outro lado, o Campinense, já classificado, goleou por 4 x 0 ao Uniclinic, e assumiu a liderança do grupo com 11 pontos. O Santa Cruz, para não ter a sua situação complicada, soma 10 pontos, e com apenas um empate, no último jogo (22/03), no Arruda, contra o Campinense, passa para a segunda fase da Copa do Nordeste. O Náutico com 7 pontos, ainda tem sua situação complicada, com remotas possibilidades, tendo que golear ao Uniclinic em Fortaleza, torcer por uma derrota do Santa Cruz, além da combinação de outros resultados, dos outros grupos.

Blog de Airton Sousa: Sport vence com traquilidade

Esperava-se que com as ausências de Rithely e Diego Sousa o Sport Clube do Recife, enfrentasse dificuldades, para vencer da maneira que venceu, ao time do Juazeirense. Com a fraca campanha do time baiano na competição, e pelo placar do primeiro jogo na Bahia, a expectativa era de que tivéssemos uma vitória pernambucana. No entanto, o time se superou e fugiu de qualquer projeção.

Já aos 8 minutos, Ronaldo Alves abre o placar, na cobrança de pênalti. André ampliou aos 24 minutos também de pênalti, e desta vez ele não desperdiçou, fechando o placar de 2 x 0 no primeiro tempo, com o Sport sendo absoluto, e Magrão não tendo trabalho nenhum.

No segundo tempo, diante das dificuldades, o Juazeirense apenas se defendia e para complicar mais ainda, teve a expulsão de Patrik. O técnico Daniel Paulista aproveitou a vantagem numérica, colocou Rogério para fortalecer o ataque rubro-negro.  Aos 22 minutos do segundo tempo, André faz o terceiro gol do jogo, demonstrando com a marcação de mais 2 gols, que a sua recuperação começa a acontecer, mesmo contra um adversário frágil.

Quando tudo parecia definido, brilha a estrela do atacante Rogério, que marcou dois gols relâmpagos, aos 43 e 46 minutos, fechando o placar de 5 x 0, a favor do leão, e colocando o time na próxima fase da Copa do Nordeste, com 13 pontos, porém ainda sem garantir a primeira colocação do grupo.

O Sport joga contra o Sampaio Correia, necessitando apenas de um empate, considerando de que o time do River venceu o seu jogo, foi a 10 pontos. Daí a necessidade do rubro-negro  jogar apenas por um empate, o último jogo dessa fase.

Blog de Airton Sousa: Vitória e derrota para Santa e Náutico

Dois resultados totalmente diferentes, foi o que tivemos neste domingo(12), pela Copa do Nordeste, envolvendo Santa Cruz e Náutico. O time tricolor marcou a terceira vitória consecutiva, vencendo de goleada, pelo placar de 4 x 0, ao Uniclinic, no Estádio José do Rego Maciel, com o atacante Alef Pitibú marcando três gols e começando a fazer a torcida esquecer Grafite. O Náutico, outra vez não jogou bem, teve a terceira derrota consecutiva, perdendo para o Campinense, no Estádio Amigão por 2 x 0.

A torcida tricolor eufórica com mais uma vitória, e de goleada, onde o Santa Cruz assumiu a liderança do grupo, com sete pontos, mesma pontuação do Campinense, porém com melhor saldo de gols. Tudo é calmaria no Arruda, dando a tranquilidade ao treinador e ao seu grupo, para começar com mais otimismo, a preparação para a próxima partida, desta feita, pelo Hexagonal do Título, no clássico do Arruda, contra o Sport Clube do Recife.

Agora, é esperar o retorno e o incentivo do torcedor, para as próximas partidas, e que a Diretoria comece arrumar maneiras de saldar os compromissos com a Comissão Técnica e os jogadores. Não resta dúvida, que o crescimento tricolor, deve-se também, a qualidade do seu treinador.

Enquanto tudo é festa no Arruda, no Náutico acontece o oposto. Com a derrota para o Campinense, o time completa a sua terceira derrota consecutiva. Não fez um bom jogo, muito desencontro do time dentro de campo, escalação e modificações erradas, além da fragilidade técnica da maioria dos jogadores.

No primeiro tempo, as melhores chances foram do Campinense, aos 14 e 17 minutos, com Tiago Cardoso evitando que os gols acontecessem, com o time preso na defesa, sem saída de bola, com os alas atuando muito mal, e os atacantes isolados, sem a transição dos jogadores de meio de campo.

No segundo tempo, o Náutico  cresceu um pouco, no entanto, nada que viesse a evoluir o suficiente para vencer. Erick perdeu uma chance aos 4 minutos. Léo Ceará também perdeu, desta feita para o Campinense, e a partir daí muitas modificações. A expulsão de Rodrigo Sousa, e a entrada de Renatinho mudou a história do jogo para o Campinense.

Aos 44 minutos, é Renatinho quem faz um bonito gol, e aos 49 Léo Ceará fecha o placar, finalizando Campinense 2 x 0 Náutico . Com a vitória, o time Paraibano divide a liderança com o Santa Cruz, enquanto que o Náutico, é o terceiro do grupo. Não sabemos até quando a situação vai perdurar, e o técnico Dado Cavalcanti ficará no comando do time timbú.