Caruaru-PE: Elenco do Central não treinou e não concentrou, mas vai entrar em campo hoje contra o Sport

O elenco do Central se recusou a participar do coletivo apronto e a concentrar devido o atraso no pagamento da folha salarial do mês de Março, nesta terça-feira (28.04), mas, promete entrar em campo ás 20h de hoje diante do Sport, no Estádio Luiz José de Lacerda (Lacerdão), em Caruaru, buscando um bom resultado no 1º jogo do confronto que vai definir o 3º colocado do Campeonato Pernambucano 2015, e consequente, definirá o clube que vai representar o estado nas Copas do Brasil e do Nordeste em 2016.

Mesmo com todos os problemas o técnico Humberto Santos preferiu fazer mistério sobre qual formação utilizar, mas a provável escalação do Central deve ser: Beto; Fabinho, Sinval, Natan e Jailton; Erick, Jucemar Gaúcho, Fernando Pires, Juninho Silva; Candinho e Róger.

Os zagueiros André Lima, lesionado no joelho esquerdo, e Matia Binatti, com uma lesão na coxa direita, além de Éverton, expulso na última partida, não enfrentam o Sport.

Pelo menos uma notícia boa. O meia Juninho Silva volta de suspensão e deverá voltar ao time titular.
Ingressos: R$ 30,00 (arquibancada), R$ 15,00 (estudantes e sócios) e R$ 50,00 (cadeiras)

No Sport, sem poder contar com Vitor, suspenso, o técnico Eduardo Baptista escolheu Oswaldo para o setor. Com isso, a tendência é que o Sport entre em campo com Magrão; Oswaldo, Durval, Ewerton Páscoa e Renê; Rithely, Neto Moura (Wendel), Elber e Diego Souza; Samuel e Felipe Azevedo.

1 2

TV Replay, o que é bom se repete!

Visando o Bahia – Waldemar deixa dúvida no ar: Gilsinho ou Gilberto? Willian Rocha ou Renê?

Apesar da chance de repetir a formação que vem dando certo desde a sua chegada, o técnico Waldemar Lemos deixou no ar a possibilidade de realizar até duas alterações em relação ao time que venceu o Cruzeiro, na última rodada. Em entrevista coletiva após o treino da manhã desta terça-feira, na Ilha do Retiro, o treinador rubro-negro afirmou que duas posições estão passíveis a mudanças: a lateral esquerda e o ataque.

Pela esquerda, mesmo com Willian Rocha totalmente recuperado das dores no joelho direito que o tiraram no intervalo do último jogo, a boa entrada de Renê frente ao Cruzeiro despertou em Waldemar Lemos o interesse em dar uma oportunidade ao prata da casa. “De repente existe a possibilidade dele (Willian Rocha) ser poupado em razão do joelho e temos o Renê muito bem, evoluindo a cada jogo”, afirmou.

Já no ataque, mesmo com Gilsinho desempenhando bem a função tática com a obrigação de marcar a saída de jogo do adversário, a boa entrada de Gilberto e gol da vitória sobre o Cruzeiro colocaram o atleta novamente em evidência.

“As possibilidades são várias. Estamos sempre pensando em tudo com reuniões frenquentes junto à comissão técnica. O Gilberto fez o gol, mas tantas coisas boas aconteceram para que ele fizesse o gol. o mais importante para mim foi ele não ter relaxado nos treinos, por isso ele foi premiado com o gol. Agora, se vai haver mudança ou não, vamos avaliar”, tentou explicar.