Cachoeirinha-PE: Diretor da EREM Corsina Braga agradece ao Prefeito Ivaldo e vereadores por intercederem ao governo do estado por reforma da instituição de ensino

Na última terça-feira (19) o diretor da EREM Corsina Braga, Luis Eduardo, esteve participando da sessão ordinária da Câmara Municipal de Cachoeirinha. Na ocasião, com a oportunidade cedida pela Presidente da Casa, Silvia Xavier, para se utilizar da tribuna, o diretor da instituição de ensino agradeceu ao Prefeito do município, Ivaldo Almeida, por interceder e agendar uma audiência junto ao Governo do Estado, para que seja apresentado um relatório, o qual destaca as condições precárias em que encontra-se a estrutura do prédio escolar.

53871230_388287405340040_2756607965891919872_n

unnamed (1)

Na Vila de Cabanas, distrito de Cachoeirinha, o Governador do Estado, Paulo Câmara, recebeu o diretor e alunos da EREM Corsina Braga, que apresentaram o relatório das condições do prédio da escola.

O governador Paulo Câmara, que esteve no dia 15 de março em Cabanas, distrito do município, participando da inauguração da rede de distribuição de água junto ao prefeito, recebeu o diretor e alunos. Em nota, na página do Facebook da Escola, os agradecimentos se estenderam aos demais colaboradores que estiveram envolvidos na luta em favor da causa.

(Foto: Reprodução / Facebook Corsina Braga)

(Foto: Reprodução / Facebook Corsina Braga)

Cachoeirinha-PE: Após reforma, vereadores retomam atividades na Câmara Legislativa

A Câmara Vereadores de Cachoeirinha passou por uma reforma estrutural. O local ganhou nova roupagem possibilitando melhor acesso e comodidade aos funcionários e público em geral. Com a reforma foram criadas salas, uma nova fachada, toda parte elétrica foi trocada, novos acentos, sistema de som e todo o plenário. 

De acordo com a presidente, Silvia Xavier, os recursos para realização da obra são da própria câmara, fruto de uma economia feita ao longo do ano. “Resolvemos gastar este recurso com a reforma do prédio da Câmara porque é um bem público que precisa ser preservado e estava sofrendo com a ação do tempo, com prejuízos para sua estrutura”, disse a presidente.

(Fotos: Divulgação / Câmara de Vereadores - José Cícero)

(Fotos: Divulgação / Câmara de Vereadores – José Cícero)

35050819_187973802038069_8347399377932779520_n 35065598_187973792038070_7438586016086097920_n 35077821_187973785371404_2446037828451172352_n 35123880_187973908704725_5854042984248508416_n 35135052_187974482038001_7058744515791683584_n 35147108_187974718704644_367912898644672512_n

Em outubro de 2017, quando deu-se início as obras, Sílvia alegava problemas estruturais no prédio. Segundo a Presidente, os gabinetes eram minúsculos e não ofereciam privacidade; a pintura estava desprendendo das paredes; as luminárias enferrujadas; as instalações encontravam-se expostas e os banheiros por muito tempo estavam interditados por falta de condições de uso.

A obra que foi orçada no valor de R$ 135.000,00 (Cento e trinta e cinco mil reais) está concluída.

Cachoeirinha-PE: Vereador pede incentivo ao esporte e comemora emenda parlamentar para reforma do terminal rodoviário

O vereador Major Morais (PSDB) solicitou ao Poder Executivo nesta terça-feira (08), em sessão ordinária, estudos de viabilidade para fomentar a prática de esportes no município.

(Foto: Divulgação / Câmara de Vereadores - José Cícero)

(Foto: Divulgação / Câmara de Vereadores – José Cícero)

Segundo o parlamentar, Cachoeirinha possui muitos talentos a serem lapidados que, são capazes de representar a cidade em torneios, a exemplo dos atletas que estiveram participando da decisão da Copa do Interior na cidade do Recife. 

Na ocasião, Major Morais comemorou a liberação da emenda parlamentar do Deputado Antônio Morais, no valor de R$ 80 mil, que será destinada para  reforma do Terminal Rodoviário.

IMG-20180508-WA0049

REVEJA A SESSÃO ORDINÁRIA NA INTEGRA PELOS VÍDEOS ABAIXO


Previdência privada espera crescer mesmo se reforma não for aprovada

Bancos de varejo e seguradoras descartam as mudanças nas aposentadorias em seu planejamento de negócios para 2018 e apostam na diversificação de produtos para conquistar novos clientes

Apesar de ser a alternativa escolhida pelo governo para diminuir a pressão sobre as contas públicas, o projeto de reforma da Previdência Social ainda não conseguiu atravessar o caminho entre o Palácio do Planalto e o plenário da Câmara dos Deputados. Sem apoio entre os parlamentares e com os bolsos esvaziados para negociar cargos e verbas, o governo, que, até a semana passada, era categórico ao dizer que conseguiria aprovar o projeto em fevereiro, agora admite não ter votos suficientes na Casa.

Já se sabia nos bastidores que o Planalto não conseguia fechar as contas para ter votos suficientes na Câmara e aprovar a reforma da Previdência, mas, ontem, Carlos Marun, ministro da Secretaria de Governo, jogou a toalha em público. Durante evento com empresários na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), o ministro confirmou que o governo ainda não tem votos suficientes, o que ele admitiu ser uma “má notícia”. Mas que o presidente Michel Temer se mantém “obstinadamente envolvido nesse processo”.

Para os bancos de varejo e seguradoras que vendem produtos de previdência privada, no entanto, vale a expressão “vida que segue”. Essas instituições financeiras estão aproveitando as taxas consistentes de crescimento da última década e intensificado suas estratégias para aumentar as adesões, independentemente das novas regras para a aposentadoria serem aprovadas. Se a votação ocorrer neste mês ou no próximo governo, isso não afeta o planejamento dos negócios nesse segmento, dizem os executivos.

Isso acontece, principalmente, porque os brasileiros estão cada vez mais atentos à possibilidade de a Previdência quebrar e, por isso, cresce a preocupação os reflexos dessa insolvência no pagamento da aposentadoria. “O mercado de previdência privada tem crescido muito nos últimos anos, mas a impressão que se tem é de que isso não tem relação com as questões políticas em torno da reforma”, analisa Gilvan Cândido da Silva, coordenador do MBA em Previdência da Fundação Getulio Vargas (FGV-Brasília).

Segundo a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi), o setor fechou outubro com R$ 752,22 bilhões em ativos administrados, volume 18,94% superior aos R$ 632,42 bilhões registrados em outubro de 2016.

Para o especialista, a expansão tem a ver com a preocupação cada vez maior dos brasileiros em relação ao futuro da Previdência. “As pessoas estão mais preventivas por causa da incerteza sobre o sistema previdenciário, por isso vão buscar a segurança do plano privado”, opina.

Silva não acredita que o mercado de previdência privada possa viver uma onda de adesões e depois arrefecer. Isso porque, segundo o professor, a atual proposta de reforma da Previdência não vai conseguir reverter a situação deficitária. “Isso só reforça a tendência desse mercado crescer nos próximos anos a uma velocidade ainda maior”, pontua.

20180202001822319021a

Sem impacto imediato

Diretor de distribuição, corporate e pension da Zurich, Carlos Tejeda explica que a seguradora não postergou suas decisões por conta da demora na aprovação das regras da Previdência. “Seja neste ano ou em 2018, em um novo mandato, a reforma na aposentadoria não terá um impacto imediato. Se ela for aprovada em fevereiro, por exemplo, só deveremos sentir os primeiros efeitos ao longo do segundo semestre. Mas não temos esperado por isso”, diz.

Segundo Tejeda, a seguradora já vem se adequando ao aumento da base de clientes de planos de previdência no Brasil. “Temos nos preparado para um mercado que vem crescendo. Um exemplo são os produtos com volumes menores de contribuição e o aumento da participação dos canais digitais, que permitem um acesso mais rápido à contratação do plano”, detalha o executivo.

A Porto Seguro também preferiu seguir com seus planos de crescimento sem atrelá-los ao Palácio do Planalto ou ao Congresso Nacional. “Preferimos focar no dia a dia da operação. O mercado está muito aquecido, por isso preferimos aumentar tanto o treinamento dos corretores quanto a oferta de novos produtos. Neste momento em que a procura pela previdência privada vem crescendo, temos de fomentar nosso canal de venda e investir em campanhas para aumentar ainda mais esse interesse”, acredita Fernanda Pasquarelli, diretora de Vida, Previdência e Investimentos da empresa.

Marcelo Mello, vice-presidente da SulAmérica Investimentos, o maior desafio para o setor hoje é desenvolver produtos mais atrativos em um ambiente de taxa básica de juros mais baixa (7%), com opções de planos de previdência que possam substituir investimentos tradicionais. “Podemos aproveitar a migração dos investidores com perfil mais conservador da renda fixa para os fundos multimercado e outros produtos mais sofisticados”, afirma.

Edson Franco, que preside a FenaPrevi, é categórico ao dizer que a velocidade na aprovação da reforma da Previdência não impacta nos negócios. “A reforma terá de ser feita, seja agora ou no próximo governo. O desempenho do setor nos últimos dez anos, com uma taxa de crescimento de dois dígitos ao ano, vai se manter no mesmo ritmo, independentemente de quando aconteça a votação do projeto do governo”, analisa o presidente, que também comanda a Zurich.

Para Franco, o bom desempenho deve se manter porque, apesar de mocimentar bilhões de reais, o setor ainda tem uma participação baixa em relação ao Produto Interno Bruto (cerca de 10%), o que indica um potencial de crescimento.

Regras mais flexíveis aumentaram atratividade

Em setembro do ano passado, o Conselho Nacional de Seguros Privados aprovou novas regras que possibilitam aos fundos de previdência privada que invistam até 100% dos recursos em ações. Além disso, eles ganharam sinal verde para cobrar taxa de performance. Antes só era permitido cobrar a taxa de administração. Quem aderir a um plano de previdência pode comprar fundos que invistam até 100% em ações. Até a mudança, esse número não podia passar de 49%, ou seja, o risco era menor à volatilidade do mercado de capitais. Outra novidade foi a possibilidade de contratar o benefício, com famílias de produtos chamadas PGBL Programado e VGBL Programado. O cliente passou a ter a possibilidade de mudar como vai receber os recursos ao longo do período de acumulação dos valores investidos.

Por Correio Braziliense

PREVIDÊNCIA – Empresários pressionam deputados a votar pela reforma

Representantes da indústria de construção estão visitando a casa dos deputados para pedir voto

Os empresários entraram para valer na campanha de convencimento dos deputados para aprovarem a reforma da Previdência. Com poucos dias para angariar votos a favor da proposta, o empresariado decidiu ir além de e-mails, telefonemas e mensagens de celular, para, literalmente, bater à porta dos parlamentares. Representantes da indústria de construção estão visitando a casa dos deputados para pedir voto.

Carteira de trabalho Foto: Marcello Casal Jr/Br

Carteira de trabalho Foto: Marcello Casal Jr/Br

Outros setores também começaram a se mobilizar. Representantes da indústria química e da indústria de máquinas e equipamentos chegam nesta terça-feira(12)a Brasília para fazer um corpo a corpo com os congressistas. “Queremos falar com o maior número possível de parlamentares sobre a importância de se aprovar a reforma”, diz Fernando Figueiredo, presidente-executivo da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim). “A ideia é afastar do deputado o temor de que o trabalhador será prejudicado.”

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic) cobrou empenho das 85 entidades filiadas em todo o País. Os membros de vários Sinduscons (sindicatos da construção civil) visitaram pessoalmente os deputados em suas casas para pedir apoio ao texto. Segundo o presidente da Cbic, José Carlos Martins, entre sábado e ontem pela manhã, 15 deputados indecisos foram convencidos a votar pela Previdência. A estratégia é focada principalmente nesse grupo, onde a resistência é menor.

Diretora do Sinduscon-PE, Maria Elizabeth Nascimento está em campo, angariando votos. Ela diz já ter conversado com 12 deputados pernambucanos para convencê-los a votar a favor da reforma. “Vou até a casa de cada um no meu Estado ou em Brasília no gabinete. Sou do tempo em que a conversa tem que ser feita no olho a olho”, afirma. Nas conversas, ela tem repetido o mantra: “Se você não fizer hoje, vai ser cobrado amanhã”. Maria Elizabeth acredita já ter revertido a indecisão de alguns. “Mas vou lutar até o fim.”

O Placar da Previdência, ferramenta do Grupo Estado, aponta que 108 de 512 deputados se declaram indecisos em relação ao texto da reforma. Apenas 64 deputados disseram que vão votar sim. Outros 227 se declaram contrários.

O governo corre contra o tempo para aprovar a reforma ainda este ano na Câmara. As discussões sobre o texto estão previstas para começar esta semana, na quinta-feira. A votação ficaria para a semana do dia 18 de dezembro, caso o Planalto consiga os 308 votos necessários para aprovar o texto.

A mobilização dos empresários atende a um pedido do presidente Michel Temer, na semana passada. Em encontro com empresários da indústria química, Temer fez um apelo para que o empresariado pressionasse os parlamentares para votar a favor da proposta. “Não devemos menosprezar a capacidade deste governo de votar matérias no Congresso”, disse Martins. Ele contou ter visto um mapa de votações e se disse impressionado com a forma como o monitoramento é feito. “É coisa de profissional”, disse.

Os cruzamentos de posições por partido, por bancada, por grupo profissional e por região permitem saber onde estão os pontos de sensibilidade. Segundo Martins, muitos dos indecisos compreendem a importância da reforma, mas temem “queimar o filme” com o eleitorado no ano que vem. Ao mesmo tempo, não querem ficar mal com o governo, em caso de vitória. É nesse dilema que os empresários da construção foram instruídos a trabalhar.

“O ponto é deixar claro que a reforma não causa prejuízo para as pessoas de baixa renda, mas ataca os privilegiados que se aposentam com altos benefícios”, diz Fernando Figueiredo, presidente-executivo da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim). Representantes da Associação da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) também estarão em Brasília hoje para se encontrar com parlamentares. O presidente da entidade, José Veloso, diz que há um esforço da associação em alertar os 270 integrantes da frente parlamentar que representa o segmento, a maioria deles da base do governo, da importância de aprovar a reforma. 

Por AE

Cachoeirinha-PE: Vereador pede esclarecimentos à Presidente da Câmara sobre gastos com a reforma da Casa

A Presidente da Câmara de Vereadores de Cachoeirinha, Sílvia Xavier, anunciou no início do mês de outubro, o projeto de reforma da Casa. Cumprindo seu décimo mês de mandato, a presidente assinou a ordem de serviço para execução do projeto, que tem como objetivo, modernizar as instalações do recinto. Na última sessão ordinária, questionada pelo vereador Léo de Delino (PP), sobre os gastos com a obra, Silvia enfatizou que o projeto só foi possível sair do papel devido a economia resultante de muito esforço, colaboração e compreensão de todos que fazem parte da Casa.

IMG-20171007-WA0005 IMG-20171007-WA0007

Silvia Xavier alegou problemas estruturais no prédio. Segundo a Presidente, os gabinetes são minúsculos e não oferecem privacidade; a pintura desprende das paredes; as luminárias estão enferrujadas; as instalações encontram-se expostas e os banheiros por muito tempo estiveram interditados por falta de condições de uso.

Silvia Xavier TV Replay

Em seu discurso, a presidente ainda destacou que na qualidade de vereador que exerce seu direito de fiscalizar, preza pela transparência administrativa, e que toda documentação que concerne ao projeto, encontra-se em seu gabinete para qualquer que seja o parlamentar ou cidadão cachoeirinhense que queira analisar.

Léo de Delino TV Replay

Não satisfeito com a justificativa da Presidente, o vereador Léo de Delino afirmou que não foi consultado sobre a reforma em nenhum momento. Ainda de acordo com o parlamentar, os valores empregados na obra, orçada no valor de R$135.000,00 (Cento e trinta e cinco mil reais) seria desnecessário neste momento tão delicado em que o país está passando. O vereador citou que foi procurado por alguns munícipes solicitando informações sobre o assunto em questão, e na ocasião, chegou a sugerir que a obra fosse realizada em duas etapas; a primeira agora e a outra próximo ano, e que metade destes recursos fossem destinados para outros fins que viessem a beneficiar a população. 

Foto: Divulgação

Imagens ilustrativas de como ficará a Câmara de Vereadores de Cachoeirinha após reforma Foto: Divulgação

IMG-20171007-WA0001 IMG-20171007-WA0002 IMG-20171007-WA0003 IMG-20171007-WA0004 IMG-20171007-WA0006 IMG-20171007-WA0008 IMG-20171007-WA0009 IMG-20171007-WA0010 IMG-20171007-WA0011

Brejo da Madre de Deus-PE: Por melhor qualidade de ensino, escolas municipais do distrito de São Domingos são reformadas e recebem novos materiais

Com o objetivo de proporcionar uma melhor qualidade de ensino aos alunos da rede municipal da cidade de Brejo da Madre de Deus-PE, algumas escolas do distrito de São Domingos estão sendo reformadas e ampliadas, onde as salas de aulas ganharão carteiras novas, algumas serão computadorizadas e terão televisões de LED, tudo para beneficiar as crianças e adolescentes de São Domingos.

A equipe da Nova Replay esteve juntamente com prefeito do município Dr. Edson em uma das escolas que estão sendo reformadas e na ocasião, o mesmo falou sobre a realização desta reforma e dos benefícios que serão proporcionados aos alunos e professores da rede municipal de ensino.

1 2 3 4 5 7 Dr. Edson

Nova Replay, o que é bom se repete!

Gameleira-PE: Escola Pública de cara nova

A TV Replay esteve novamente na Avenida José Mariano, Centro de Gameleira, cidade Mata Sul do Estado de Pernambuco, onde pode ver reformas em uma das escolas públicas da rede municipal.

A Escola Municipal Presidente Castelo Branco tem passado por uma reforma, ficando mais acessível para os educandos e educadores.

IMG10263IMG10264IMG10265IMG10266IMG10267IMG10276A mesma recebeu nova pintura e alguns retoques que estavam precisando para receber os alunos na volta às aulas.

Os alunos e pais podem agora estudar num ambiente totalmente aconchegante e com cheirinho de novo.

A TV Replay, agora faz parte da vida dos gameleirenses, dessa forma a notícia será noticiada todos os dias e em todos os momentos, fazendo com que Gameleira possa se comunicar em tempo real e deixar assim seus moradores informados de tudo que acontece e em todos os lugares.

Assista, comente, curta, comente e divulgue. Mande sugestões e denúncias. Nossos contatos:

Facebook: CENTRAL GAMELEIRA Email:jornalismo@tvreplay.com.br Portal:www.tvreplay.com.br Watssapp: 81 – 99317525

Reportagem e Imagens: Patrícia Silva

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Sessão da Câmara – Bate boca sobre projeto aprovado de reforma administrativa

Em sessão ordinária nesta terça-feira (10) teve como destaque a aprovação de vários projetos de lei. Entre eles o projeto de lei 6.676/2013 do poder executivo que dispõe sobre a reestruturação das unidades da Administração Direta, cria e extingue cargos, onde 04 (quatro) secretárias foram criadas criando muita discussão. Bate boca entre Demóstenes e Jajá deu o que falar. Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Vereador Lula Torres diz a favor da Reforma Administrativa em aprovação de projeto

Em sessão ordinária nesta terça-feira (10) o assunto discutido foi o projeto de Lei que dispõe sobre a reestruturação das unidades da Administração Direta, que cria e extingue cargos e outras providências. Usando a tribunado o vereador Lula Torrens (PR) disse ser a favor do projeto.

Confira:

TV Replay o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Pouco mais de um ano após ser reinaugurada, Avenida Brasil vai passar por nova reforma

No dia 26 de junho de 2012 foi entregue a população de Caruaru a nova Avenida Brasil, principal portão de acesso a Caruaru, para quem vem de municípios do Agreste Setentrional e Zona da Mata Norte. Medindo aproximadamente 2,3 quilômetros de extensão, a artéria corta três populosos bairros da zona norte da cidade e recebe um crescente fluxo de veículos. Pouco mais de um ano da entrega da obra, uma nova reforma foi anunciada para ter início a partir desta terça-feira (06). A meta da secretaria de Infraestrutura é realizar serviços de manutenção.

20130805-192931

Segundo a prefeitura, no primeiro momento os serviços irão acontecer nos trechos onde o grau de desgaste é maior. Um dos materiais usados para reconstituição do pavimento será o fresado, geralmente utilizado para restauração do sistema rodoviário. A reforma é necessária, de acordo com a prefeitura, se dá em função do grande fluxo de veículos da via.

De acordo com informações divulgadas pela prefeitura foram gastos na reconstrução da Avenida em 2012 cerca de R$ 1,9 milhão.

Fonte: Blog do Mário Flávio

Canhotinho-PE: Reforma no “Gogozão”

Há mais ou menos 40 dias começou a reforma do Estádio José Maria de Freitas, o Gogozão.

O Estádio receberá uma ampla arquibancada, banheiros com acessibilidade, novo gramado, vestiários, entre outras melhorias.

A obra conta com cerca de 30 homens, e, segundo o encarregado, o Sr. Roberto, o prazo de término é de 120 dias.

DSCF0818

Encarregado pela obra, Sr. Roberto

DSCF0836 DSCF0835 DSCF0834 DSCF0831 DSCF0830 DSCF0829 DSCF0828 DSCF0827 DSCF0826 DSCF0824 DSCF0823 DSCF0822 DSCF0821 DSCF0820 DSCF0819

Fotos: Léo Barros

TV Replay, o que é bom se repete!

 

Canhotinho-PE: Reforma do Terminal Rodoviário

O terminal rodoviário da cidade ainda encontra-se em fase de reforma, uma obra que conta com o trabalho de várias equipes, cada uma responsável por uma etapa, como: Colocação de cerâmica, concerto de piso, etc. Conversamos com o líder da equipe responsável pela colocação das telhas, esquadrias e calhas, o Sr. Silvio Teixeira, onde o mesmo informou que sua equipe conta com cinco pessoas, tendo iniciado os serviços nesta terça-feira (09/07) e pretendendo concluir na próxima sexta-feira (12/07), assim, virá outra equipe que ficará responsável por outra parte da obra.

DSCF0077 DSCF0078 DSCF0079 DSCF0080 DSCF0081 DSCF0082 DSCF0083 DSCF0084 DSCF0085

TV Replay, o que é bom se repete!

 

Cachoeirinha-PE: Igreja Matriz de Santo Antônio reabre após reforma

Confira!

Cachoeirinha-PE: Como ficou a Paróquia de Santo Antônio após a reforma?

Confira!

Reforma – Estádio de Lajedo

A reforma do estádio Clementino Lima, patrimônio do Centro Esportivo Lajedense, principal time da cidade vem ganhando uma grande reforma. A alguns meses homens trabalham diariamente. Com a reforma o estádio ganhou gramado, novos alambrados, nova fachada, banheiros novos,  reforma nos tunéis, vestiárias, pintura e serviço de lanchonete.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O ex- jogador, treinador e presidente do Centro E.L, o empresário Mário Gilson  está administrando as obras e diz: “A alguns meses larguei meus afazeres empresariais para dedicar- me as obras, afinal faço isso por amor ao clube. Pois, com quinze anos já era jogador do Centro e ver o estádio sendo restaurado é motivo de muita alegria. Terminada as obras vamos eleger uma nova diretoria, já que a gestão do antigo presidente Antônio Morais – “boi careta” -  teve término em Junho de 2012. E aí sim, podemos pensar na formação de um time forte, como sempre tivemos em toda história do clube e quem sabe disputar a segunda divisão do campeonato pernambucano. Temos um estádio que será um dos melhores do agreste, agora é bola pra frente e recomeçar o futebol de Lajedo que tem tantos talentos.”