Agrestina-PE: Primeiro Seminário de Quadrilhas Juninas reuniu representantes da região para os preparativos do São João 2016

Um Seminário de Quadrilhas juninas prepara grupos para o São João 2016. Se este ano o Festival de Quadrilhas de Agrestina já movimentou o Agreste de Pernambuco, a expectativa para 2016 é ainda maior e os preparativos já começaram.

foto p seminario

A Secretaria de Cultura, Turismo e Juventude de Agrestina realizou nesta sexta-feira (25), na casa das Juventudes, através da Diretoria de Cultura, o “Primeiro Seminário de Quadrilhas Juninas.”

SAM_1029

SAM_1028

Os objetivos são melhorar a qualidade das apresentações, avaliar o regulamento do próximo ano e proporcionar a interação entre as quadrilhas.

SAM_1032

Marcaram presença representantes das seguintes quadrilhas juninas: “Chocalharte”, de Agrestina, “Flor do Bairro”, da cidade de Feira Nova-PE, “Molecodrilha”, de Caruaru-PE e “Capotadrilha”, de Santa Cruz do Capibaribe-PE.

SAM_1055

“O encontro foi mais que proveitoso, onde foram ouvidos quadrilheiros, ideias foram discutidas e para nós como secretaria, é pautar todas sugestões e distribui-las de tal forma que contribua, sem sombra de dúvidas, com o crescimento do nosso evento que é cultura, festa e tradição. ” Disse o secretário de Cultura, turismo e juventude, Josenildo Santos.

SAM_1034

O presidente da quadrilha junina “Flor do Bairro”, o Sr. Josival Vicente, falou sobre o seminário.

CLIQUE E ESCUTE AS PALAVRAS DE JOSIVAL VICENTE:

SAM_1031

O diretor de Cultura, Milvio Cordeiro Leite, disse que o objetivo foi alcançado.

CLIQUE E ESCUTE AS PALAVRAS DO DIRETOR MILVIO LEITE:

SAM_1062

O coreógrafo e presidente da “Chocalharte” de Agrestina, João Silva, falou sobre a iniciativa de criar uma quadrilha junina na cidade.

CLIQUE E ESCUTE O QUE DISSE O COREÓGRAFO JOÃO SILVA:

SAM_1057

Edney Monteiro, quadrilheiro da cidade de Caruaru, fez um relato do seminário.

CLIQUE E ESCUTE AS PALAVRAS DE EDNEY MONTEIRO:

SAM_1056

A diretora de cultura, Anayran Santos, falou sobre a importância do 1º seminário de quadrilhas juninas para o município.

CLIQUE E ESCUTE O QUE DISSE A DIRETORA ANAYRAN SANTOS:

SAM_1061

SAM_1063

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Agrestina-PE: Estudante de Jornalismo promove exposição de fotografias em Caruaru retratando o festival de quadrilhas

Beleza e tradição das quadrilhas juninas estão em exposição até o fim deste mês em Caruaru

Exposição Festa e Tradição_Adriano Monteiro (3)

Será realizada até o dia 29 de junho, em Caruaru, a exposição fotográfica intitulada ‘Festa e Tradição’, que retrata em detalhes as emoções dos participantes do 7º Festival de Quadrilhas de Agrestina deste ano. Cerca de 30 fotografias estarão expostas no Centro de Informações Turísticas, localizado no Pólo Cultural da antiga Estação Ferroviária, das 14h às 0h. A entrada é gratuita.

Exposição Festa e Tradição_Adriano Monteiro (2)

As imagens são de autoria de Adriano Monteiro, estudante de Jornalismo e fotógrafo da Prefeitura de Agrestina. Ele explica que a ideia de realizar uma exposição surgiu após as duas eliminatórias do Festival.

Exposição Festa e Tradição_Adriano Monteiro (1)quadrilha materia hj 5

Depois da divulgação, as imagens ganharam repercussão e foi por este motivo que surgiu a proposta de fazer uma seleção das fotos e as expor, tendo como objetivo a demonstração das expressões faciais e corporais dos quadrilheiros, bem como suas roupas caracterizadas.

“Desde que comecei a fotografar, percebi que tinha afinidade em retratar emoções, então quero mostrar a beleza representativa de nossa cultura”, detalha o profissional.

Adriano afirma que a intenção é evidenciar o resgate da atenção do espectador aos detalhes de uma apresentação, o induzindo a observar minuciosamente os gestos, roupas, coreografias e outras peculiaridades de uma quadrilha junina.

quadrilha materia hj 7

quadrilha materia hj 13

 

Fotos: Adriano Monteiro

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Agrestina PE: 7º Festival de Quadrilhas corresponde expectativas e disputa segue acirrada

A competição na cidade de Agrestina-PE terá número recorde em participações no 7º Festival de Quadrilhas; uma disputa com  20 grupos e a participação de todas as regiões do estado, além de Alagoas, tem marcado a história e a tradição que o município carrega em promover este evento cultural. No ano passado, 14 grupos se inscreveram, onde apenas o Agreste pernambucano participou. Após a avaliação da banca examinadora, as três melhores serão qualificadas para a etapa seguinte. Na final, seis delas se enfrentarão, disputando do 1º ao 6º lugar, no dia 27 de junho. Todas serão avaliadas por uma banca examinadora reformada por júri técnico e convidados.

Na noite deste domingo (14) fizeram parte da banca os profissionais Inês Araújo (psicóloga e monitora de dança popular); Jonas Liebert (graduando de Educação Física e monitor de dança popular); João Batista (diretor de ensino – Secretaria de Educação de Agrestina); Ednilson Leite (ator e diretor de teatro), formando o júri técnico. Os jurados convidados foram: Eduardo Ferreira (gerente de Cultura da cidade de Bezerros); Danúbia Carvalho (assessora de comunicação do Gabinete do prefeito) e Mirian Silva (Miss Mundo Pernambuco).

1

Reveja um pouco do que aconteceu no 1° dia do 7º Festival de Quadrilhas. Nas imagens, as Alpargatas de Virgulino, de Casinhas, homenagearam as obras e o universo encantado de Ariano Suassuna. Nem os mamulengos foram esquecidos, afinal, tão lembrados pelo escritor.

Descalços, os dançarinos da Quadrilha Junina Tradição de Venturosa apresentou o tema ‘Imigrantes Andarilhos’.

2

“Bom mesmo seria se o Nordeste fosse separado do Brasil, seríamos a República Federativa dos ‘Cabras Macho’”. Com essa fala, a Raposart, de São Caetano, chegou  ao Polo da Sanfona tendo o Nordeste Independente como tema da apresentação.

3

A Quadrilha Junina Flor da Vertente apresentou o tema ‘Fogão de Lenha’. O grupo veio de Vertente do Lério.

5

Luz do Candeeiro, de Caruaru, contou a história de Romeu e Julieta unindo teatro e dança. “Não vejo mais você faz tanto tempo, que saudade que eu sinto…” foi o trecho que fez toda a plateia cantar junto com os dançarinos.

6

Com uma entrada baseada em espetáculos teatrais, a Quadrilha Junina Pisa na Brasa, de Tacaimbó, fechou em grande estilo a noite de apresentações. O grupo apresentou o tema ‘Quadrilhança, alegria de um povo’.

quadrilhas domingo ok

Infelizmente, a Quadrilha Sanfonear, que participaria desse 7º Festival de Quadrilhas, não pôde comparecer devido a um acidente sofrido. O melhor é que todos estão bem.

Saíram vencedoras nesse domingo, as quadrilhas Alpargatas de Virgulino (Casinhas-PE), Pisa na Brasa (Tacaimbó-PE) e Levanta Poeira (Ibimirim-PE). Elas irão concorrer com as vencedoras da próxima eliminatória, que acontecerá no dia 21 de junho, em uma final grandiosa marcada para o dia 27 de junho.

O secretário de Cultura, Turismo e Juventude, Josenildo Santos, informou que a premiação do 7º Festival de Quadrilhas Juninas será com troféus e valor total de R$ 4,5 mil, distribuídos de acordo com a classificação. O primeiro lugar receberá R$ 2 mil, o segundo R$ 1,5 mil e o 3º lugar será bonificado em R$ 1 mil.

quadrilhas domingo 11 quadrilhas domingo 12

TV Replay, o que é bom se repete!

 

 

Caruaru-PE: São João – As irreverentes Quadrilhas da Capital do Forró

Confira!

Caruaru-PE: São João – Melhores momentos deste domingo!

DSC03828

TV Replay e Israel Filho

DSC03830

Wagner Alex e Didi de Caruaru

DSC03831

TV Replay e Didi de Caruaru

DSC03836

Quadrilhas

DSC03842

Marília Vasconcelos no Polo das Quadrilhas

DSC03851

Toca do Vale e Marília Vasconcelos

DSC03834 DSC03835 DSC03839 DSC03843 DSC03844 DSC03845 DSC03847 DSC03848