Ibirajuba-PE: Por mais segurança, moradores fazem segundo protesto em uma semana e fecham PE-149

Nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (24), a PE-149, no perímetro que correspondente às cidades de Lajedo e Ibirabuja, ambas situadas no Agreste de Pernambuco, encontravam-se interditada devido um protesto.

WhatsApp Image 2017-03-24 at 08.05.32 (1)

Imagem cedida via WhatsApp

Imagem cedida via WhatsApp

Imagem cedida via WhatsApp

WhatsApp Image 2017-03-24 at 08.54.48 (1)

Imagens: Reprodução/ Clemildo Galdino

WhatsApp Image 2017-03-24 at 08.54.48 WhatsApp Image 2017-03-24 at 08.54.49 (1) WhatsApp Image 2017-03-24 at 08.54.49 WhatsApp Image 2017-03-24 at 08.54.54

Esta é a segunda manifestação realizada em Ibirajuba em um espaço de tempo de cinco dias. Na última segunda (20), moradores ibirajubenses fecharam a via em protesto contra a insegurança na cidade.

A população mostra-se insatisfeita quanto a insegurança no município, tomando como base o assassinato da jovem Márcia Lindeberg, 28 anos, morta no dia 17 do corrente mês.

Relembre o caso:

Como o lema “Juntos Somos Fortes”, os moradores de Ibirajuba já se programavam para a realização do protesto, previsto para iniciar às 6h desta sexta.

WhatsApp Image 2017-03-24 at 08.54.47

Uma equipe da Polícia Militar esteve no local, para garantir a segurança e promover a paz durante a manifestação.

São Caetano/Caruaru-PE: Manisfestantes protestam contra impeachment e fecham BR-232

Na manhã desta sexta-feira (15), o MST – Movimento dos Trabalhadores Sem Terra bloqueou um trecho da BR-232, entre as cidades de São Caetano e Caruaru, localizadas no Agreste Pernambucano.  Os manisfestantes estão protestando contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff e na ocasião, atearam fogo em pneus, interrompendo o tráfego de veículos nos dois sentidos da rodovia.

Imagem: Divulgação/ Blog do Mário Flávio

Imagem: Divulgação/ Blog do Mário Flávio

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o protesto segue pacífico e orientou aos motoristas que desviassem por caminhos alternativos. A PRF informou também que outros dois trechos da rodovia estão bloqueados, em Moreno-PE e Arcoverde-PE.

Imagem: Divulgação/ Blog do Vanguarda

Imagem: Divulgação/ Blog do Vanguarda

Com informações do Blog do Vanguarda

Todos os estados e o DF participaram de protestos contra o governo Dilma

Brasileiros foram às ruas neste domingo (16) em 205 cidades em todos os estados e no Distrito Federal em protesto contra o governo da presidente Dilma Rousseff (PT).

brazil-rousseff-_paulo_whitaker_reuters_3

Foto: Reprodução/ G1 – Protesto na Avenida Paulista em São Paulo reuniu 350 mil, segundo a PM, 1 milhão, segundo organizadores e 135, segundo o Datafolha.

As manifestações levaram mais pessoas às ruas do que as de 12 abril, mas menos do que as de 15 março, segundo a polícia e os organizadores. A PM estimou em 879 mil o total de manifestantes deste domingo. Em abril, foram 701 mil e em março, 2,4 milhões.

Considerando os números dos organizadores, participaram 2 milhões neste domingo, 1,5 milhão em abril e 3 milhões em março.

Grande parte dos manifestantes pedia a renúncia ou o impeachment da presidente e cobrava o fim da corrupção. Pela primeira vez, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi fortemente criticado. Muitos participantes vestiam verde amarelo e levavam bandeiras do Brasil. Também foram vistas faixas com referência à Operação Lava Jato e elogiando o juiz Sérgio Moro.

Na noite deste domingo, o Instituto Lula divulgou nota na qual afirmou que o ex-presidente jamais cometeu ilegalidades antes, durante ou depois de seus dois mandatos.

“Lula foi preso na ditadura porque defendia a liberdade de expressão e organização política. O povo brasileiro sabe que ele só pode ser acusado de ter promovido a melhora das condições de vida e acabado com a fome de milhões de brasileiros, o que para alguns parece ser um crime político intolerável. Lula jamais cometeu qualquer ilegalidade antes, durante ou depois de seus dois governos”, afirmou o instituto na nota.

Pela primeira vez, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) discursou em um protesto do tipo.

“O Brasil despertou. É o povo na rua que vai permitir a superação da crise. Não é este governo, que não tem mais autoridade, nem credibilidade”, disse o senador e candidato derrotado na campanha presidencial de 2014. Falando em cima de um trio elétrico em Belo Horizonte, Aécio evitou responder questões sobre o impeachment.

Algumas manifestações isoladas defendiam a intervenção militar no Brasil (o pedido de intervenção militar é uma atitude ilegal e frontalmente contrária à Constituição; em seu artigo 5º, a Constituição diz que “constitui crime inafiançável e imprescritível a ação de grupos armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado Democrático”).

Fora do Brasil, cerca de 50 pessoas protestaram em Lisboa, capital de Portugal, relatou André Luis Azevedo, correspondente da TV Globo. O protesto foi na Praça Camões, no Chiado, tradicional local de manifestações e ponto turístico. Os manifestantes levaram bandeiras e muitos cartazes de “Fora PT”, “Fora Dilma” e “Fora Lula”. No fim, cantaram o hino nacional.

Ato pró-PT

Em contraponto aos atos contra Dilma, militantes, centrais sindicais e movimentos sociais fizeram um protesto em frente ao Instituto Lula, na Zona Sul de São Paulo. Vestidos com camisas vermelhas, manifestantes gritavam palavras de ordem: “Não vai ter golpe”, “o Lula é meu amigo, mexeu com ele mexeu comigo” e “o povo na rua/ coxinha recua”. Eles foram recebidos com um churrasco.

Do G1

TV REPLAY, INFOMAÇÃO É AQUI!

Caruaru-PE: Cerca de 40 pessoas saíram às ruas em protesto contra Dilma e o PT neste domingo (16)

O último domingo (16) foi marcado por protestos contra o Governo Dilma e o PT em várias cidades espalhadas pelo Brasil. A cidade de Caruaru contou com uma manifestação tímida. A concentração foi no Marco Zero da cidade. De acordo com a organização do evento, uma média de quarenta pessoas participaram do ato.

protesto

A Destra não fez a contagem dos manifestantes e a Polícia Militar não esteve presente ao ato, que foi organizado por integrantes de uma loja Maçônica da cidade. Em seguida, eles fizeram uma passeata pelas principais ruas de Caruaru. A manifestação terminou com os integrantes do protesto cantando hino nacional. De acordo com o organizador, Abel Vieira, a inspiração para a mobilização veio da frase de Santo Agostinho:

“A esperança tem duas filhas lindas, a indignação e a coragem; a indignação nos ensina a não aceitar as coisas como estão; a coragem, a mudá-las.” – afirmou Abel

Do Blog do Mário Flávio

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Manifestações em todo país reúnem mais de 1,5 milhões de Brasileiros.

Neste domingo (15), os Brasileiros fizeram bonito na rua, vestiram as cores da bandeira do Brasil e protestaram de forma pacifica. Maior parte pedia pelo fim da corrupção, outro grupo pedia pelo impeachment da Presidenta Dilma Rousseff e também gritaram contra o PT.

O maior protesto registrado foi em São Paulo, segundo a policia militar, reuniu 1 milhão de pessoas. No exterior também foi registrado manifestações de Brasileiros que moram em Nova Iorque, Londres, Lisboa, Miami, Sidney e Buenos Aires.

No final desse domingo, o ministro da justiça, José Eduardo Cardozo, e da Secretaria-Geral da Presidência da República, Miguel Rossetto, deram uma coletiva de imprensa, e afirmaram que o governo nos próximos dias anunciará “um conjunto de medidas para combater a corrupção e a impunidade”. No momento da coletiva de impressa, ocorreu o panelaço novamente em vários estados. Para o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa disse que, depois de uma série de protestos contra o governo federal em todo o país, a Presidente deveria ter se pronunciado hoje.

O MBL já anunciou um novo ato no dia 12 de abril. Em entrevista ao jovem Audálio Machado (21), recém formando em Ciência Política na Universidade Federal de Pernambuco, ele afirma que ‘’Os protestos são legítimos, pois o Brasil é uma democracia recente e precisa dessas manifestações para consolidar seu regime democrático’’. Na opinião do entrevistado ‘’São ilegítimos os pedidos de impeachment contra a Presidente Dilma, pois, não há provas de participação da Presidenta na operação lava jato, portanto, o impeachment seria inconstitucional. Mas existe possibilidade real de Dilma sair do cargo, pelo fato de que no Brasil, historicamente os Governos Federais, não conseguiram governar sem uma grande coalizão no Congresso’’. Ele ainda acrescenta ‘’As manifestações são válidas para protestar contra administração governamental, que atingem principalmente a classe média/alta, mas perde um pouco de sentido ao pedirem veementemente o impeachment da Presidente, que não tem seu nome envolvido em nenhum escândalo de corrupção.’’ Audálio finaliza a entrevista dizendo que os protestos no Brasil costumam esfriar rapidamente e não tem tantos resultados positivos, tendo como exemplo o protesto de 2013 que rapidamente foi esquecido, perdeu a força, mas, contudo ele diz que a importância das manifestações é muito relevante para uma democracia, que o povo quer mudança, por isso saem nas ruas querendo protestar. O Entrevistado é muito cético, porque vê que os pedidos da população não são atendidos pelos políticos, e essas decisões passam por cima dos anseios dos cidadãos.

IMG-20150315-WA0008 IMG-20150315-WA0010

TV Replay, o que é bom se repete!

gabriela

Reportagem: Gabriela Ramos

 

 

 

 

 

 

 

Manifestantes na Av. Paulista Crédtios:Fabio Teixeira

Manifestantes na Av. Paulista Crédtios:Fabio Teixeira

Crédito: Fabio Teixeira

Crédito: Fabio Teixeira

Imagem da Internet.

Imagem da Internet.

Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Foto: Ueslei
Marcelino/Reuters

 

Lajedo-PE: Em protesto, moradores queimam pneus e bloqueiam vias da BR-423

Os motoristas que passaram pela BR-423, na cidade de Lajedo, precisaram de paciência para enfrentar o trânsito nesta segunda-feira (27/04). Moradores bloquearam a via, na altura da comunidade do Bom Jesus, em razão dos autos índice de acidentes ocasionados desde a retirada das lombadas físicas que existiam nas vias.

Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF), estiveram contendo os manifestantes e garantindo a segurança dos motoristas.

Os manifestantes queimaram pneus nos pontos de bloqueio. O Corpo de Bombeiros foi acionado para conter as chamas.

11Na ocasião, funcionários do DNIT estavam fazendo a revitalização do asfalto e prontificaram-se em atender a reivindicação dos moradores em fazer os quebra-molas.

No último sábado (26), a TV Replay, mostrou um acidente automobilístico, onde uma Scania tipo cegonha, que vinha carregada com cerca de 11 veículos, ao desviar de um veículo Gol, capotou naquela região.

Confira!

TV Replay, informações é aqui!

 

 

 

 

 

Caruaru-PE: Sessão da Câmara é suspensa após protesto dos professores

Na 9ª reunião ordinária na Câmara de Vereadores de Caruaru, realizada na noite desta terça-feira, teve a presença dos professores da rede municipal de ensino, que estão em greve.

Durante o discurso do Vereador Gilberto de Dora (PSB) na tribuna, os professores se manifestaram e o Vereador José Ailton (PDT), que estavam presidindo a sessão, suspendeu a mesma. Logo em seguida, o Presidente Leonardo Chaves (PSD), iniciou a ordem do dia, onde foram aprovados em bloco 51 Requerimentos e 02 Indicações, depois encerrou a sessão.

Os professores que estavam nas galerias, foram para a parte externa da Casa Jornalista José Carlos Florêncio, onde cataram paródias, e os Vereadores passaram entre os manifestantes.

A próxima reunião ordinária, na Câmara de Vereadores de Caruaru, será realizada a partir das 20h desta quinta-feira.

Confira a matéria de Edvaldo Magalhães.

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: DESTRA envia nota sobre protesto realizado pelos mototaxistas – Veja como foi toda a movimentação

Os mototaxistas de Caruaru realizaram um protesto na manhã desta sexta-feira (31), pelas principais ruas da cidade, cobrando do Executivo Municipal melhores condições para a categoria. A Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transportes (DESTRA) enviou nota sobre o ato. Abaixo a nota.

DESTRA – NOTA “PROTESTO”‏

A Destra tem mantido constante diálogo com os representantes dos mototaxistas e realizado fiscalizações frequentes, a exemplo da “Termômetro”, finalizada no último domingo, que teve 2847 veículos abordados, 404 notificados, sendo a maioria destes motocicletas.

Assim também, na última sexta (24), o diretor presidente Cel. Carlos esteve reunido com a Cooper Moto e a Associação de Mototaxistas de Caruaru para escutar a classe. Na oportunidade, foi proposta uma reunião para revisar a legislação que regulamenta a categoria e procurar adequações.
A previsão é que o encontro seja realizado na próxima semana.

download

Veja como foi o protesto aqui na TV Replay, com fotos de Andreza Ferreira, estudante de jornalismo.

Protesto caruaru (1) Protesto caruaru (2) Protesto caruaru (3) Protesto caruaru (4) Protesto caruaru (5) Protesto caruaru (6) Protesto caruaru (7) Protesto caruaru (8) Protesto caruaru (9) Protesto caruaru (10) Protesto caruaru (11) Protesto caruaru (12) Protesto caruaru (13) Protesto caruaru (14) Protesto caruaru (15) Protesto caruaru (16) Protesto caruaru (17) Protesto caruaru (18) Protesto caruaru (19) Protesto caruaru (20) Protesto caruaru (21) Protesto caruaru (22) Protesto caruaru (23) Protesto caruaru (24) Protesto caruaru (25) Protesto caruaru (26) Protesto caruaru (27) Protesto caruaru (28) Protesto caruaru (29) Protesto caruaru (30) Protesto caruaru (31) Protesto caruaru (32) Protesto caruaru (33)

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Protesto de Mototaxistas deixam trânsito lento

Mototaxistas de Caruaru já iniciaram o protesto com a interdição das principais ruas do Centro de Caruaru. Eles reclamam de falta de fiscalização, excesso de clandestinos e querem a isenção do pagamento do IPVA. A intenção desses profissionais é chamar atenção do poder público para a classe.

Após sair pelas ruas de Caruaru os mototaxistas seguem pelo trânsito da cidade. Eles falam num carro de som e pedem desculpas a população pelos transtornos. A maioria não aderiu ao protesto e cerca de 50 participam da manifestação.

edvaldo

20140131-102058

20140131-102121

TV Replay, o que é bom se repete!

Fonte: http://blogdomarioflavio.com.br/vs1/

Cachoeirinha-PE: Em protesto, população ateia fogo em pneus na BR 423

Na manhã desta terça-feira (28), por volta das 11h, moradores da Vila La Casa, na cidade de Cachoeirinha protestaram ateando fogo em pneus na BR 423 na altura da ponte, às margens do Rio Una, na entrada da cidade.

O motivo da manifestação segundo os moradores seria por que há cerca de 5 dias estão sem energia na localidade, e como forma de chamar a atenção das autoridades para que o órgão competente tomasse alguma providência, bloquearam a estrada.

Após a manifestação técnicos da Celpe religaram a energia.

celpe

Polícia Militar, Polícia Rodoviária e Bombeiros encontram-se no local para liberação da BR e para que as chamas sejam contidas.

Mais informações a qualquer momento!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

IMG-20140128-WA0003

TV Replay, informações é aqui!

Toritama-PE: Manifestantes revoltados mais uma vez voltam a fechar a BR 104 na Vila Canaã

DSCF5103[1]

Mais uma vez as cenas que já estamos bem acostumados a ver nos telejornais vêm se repetindo e com muita frequência na Capital do jeans, principalmente na Vila Canaã, que faz parte do município de Caruaru, porém, faz divisa com a ponte que separa Caruaru/Toritama.

Por mais uma vez voltou a faltar energia elétrica na Vila Canaã, e as  pessoas revoltadas com os prejuízos sofridos, já que a grande fonte de renda das pessoas daquela localidade é a fabricação de confecções em jeans, voltaram a se manifestar. Na noite desta quinta-feira (07), o fornecimento de energia elétrica foi  interrompido por mais de três horas. Novamente entraram em contato com a CELPE pedindo a solução do problema. E segundo moradores, a resposta era que seria solucionado o mais breve possível.

Fotos: Carlos Henrique

Fotos: Carlos Henrique

Diate do fato, os manifestantes botaram fogo mais uma vez na BR 104, só que desta vez em três pontos diferentes, quebraram placas de sinalização de trânsito, outdoors e pela segunda vez atearam fogo na mesma carcaça de carro que puseram no protesto passado.

O protesto durou aproximadamente três horas causando grandes engarrafamentos e e transtornos para quem voltava pra casa.

A Polícia chegou ao local com o Corpo de Bombeiros para apagarem as chamas. Depois de tentarem um acordo com os manifestantes que não queriam sair do local, a Polícia foi obrigada a botar um fim expulsando todos de lá, mais alguns manifestantes começaram a atirar pedras na Polícia que segundo informações de moradores locais, começaram a atirar pra cima e detiveram algumas destas pessoas que foram encaminhadas a 2ª CPM, foram ouvidas e em seguidas liberadas.

A energia foi reestabelecida, mais a população ainda está sem saber o que está acontecendo para haver tanta queda e falta de energia naquela localidade.

TV Replay, o que é bom se repete!

Vitória de Santo Antão-PE: Músicos e comerciantes protestam pela Rodovia BR 232

Protesto-645x274
Um protesto interditou por algumas horas a rodovia BR 232, na manhã desta terça-feira (13) na altura do Km 50, em Vitória de Santo Antão, Zona da Mata do Estado. A manifestação organizada por músicos e proprietários de estabelecimentos comerciais percorreu a Avenida Henrique de Holanda, saindo das proximidades da Delegacia do Município até a sede do Ministério Público, localizada no mesmo perímetro.

Os manifestantes cobram em sua pauta, explicações das autoridades quanto à apreensão de aparelhos sonoros em bares e restaurantes da cidade sem o uso do decibelímetro. Segundo eles, a ação é feita sem nenhum tipo de notificação ou orientação prévia, mesmo com o volume regular.

Lajedo-PE: Protesto, Estrada buraquinho… Governo anônimo

A população de Lajedo-PE está indignada com a situação da PE-180. São buracos em todo lugar, ninguém consegue seguir de Lajedo-PE até a cidade de Canhotinho-PE de forma tranquila. Como se não bastasse tudo isso, não vemos nenhum reparo nessas estrada digno, desde os tempos de meu avô. São décadas de abandono e rejeição.

É muito difícil ver a população sendo rejeitada e abandonada com tantos impostos pagos. Dinheiro as vezes jogado no lixo com atividades outras. Precisamos fazer as autoridades entenderem que prioridade em um governo é o povo, não suas campanhas.

Vejam os sinais do abandono, e isso não é privilégio deste governo. São muitos verões e invernos. Não venham com essa história de chuvas… Ninguém aguenta mais essa idiotice.

Vejam as fotos:

 1 DSC_0001 DSC_0002 DSC_0003 DSC_0004 DSC_0005 DSC_0006 DSC_0007 DSC_0008 DSC_0009 DSC_0010 DSC_0011 DSC_0012 DSC_0013 DSC_0014 DSC_0015 DSC_0016 DSC_0017 DSC_0018 DSC_0019 DSC_0020 DSC_0021 DSC_0022 DSC_0023 DSC_0024 DSC_0025 DSC_0026 DSC_0027 DSC_0028 DSC_0029

Caruaru-PE: Professores da rede municipal, SISMUC e ATEC, protestam em Sessão da Câmara

Em sessão da câmara de vereadores desta terça-feira (09-07-2013), os professores da rede municipal, encabeçadas pelo SISMUC e ATEC marcaram presença na Câmara Municipal, tomando como alvo o legislativo local. A pauta de reinvindicações incluiu melhorias para a educação e mudançcas no plano de cargos e carreiras, atualizado no início do ano, que causou revolta entre os professores.

 

Altinho-PE: Protesto contra preço do Transporte Público

1 2 3 4

 

No dia de hoje, terça-feira, 09 de julho, estudantes altinenses fizeram manifestação contra o valor das passagens de ônibus e lotações que realizam transportes intermunicipais. O protesto começou por volta da 10h, com a interdição da PE-149, logo após os manifestantes seguiram em passeata para o terminal rodoviário de Altinho onde afixaram os cartazes no guichê de uma empresa de ônibus. O protesto foi acompanhado pela Polícia Militar, que manteve a ordem e elogiou o caráter pacífico do evento o qual contou com cerca de 100 pessoas.

Ao final foi apresentada a pauta de reivindicações, dentre as quais se destacaram as seguintes :

1) Quebra do monopólio da concessão da linha de transporte;
2) Altos preços cobrados pelos loteiros e fim dos boicotes feito por eles contra os protestos;
3) Criação de linhas sem tantas conexões entre Altinho e outras cidades.

Já por volta das 12h30, os manifestantes cantaram o hino do município de Altinho, em um dos momentos de maior emoção, e aplaudiram a atitude da polícia no acompanhamento da manifestação, encerrando assim o evento.

Caruaru-PE: Em protesto multidão sai as ruas

 

 

 

 

 

 

3

No início do protesto nas ruas de Caruaru, Polícia Militar e Destra já se posicionavam no entorno da rota definida pelos manifestantes para o ato neste sábado (22). A concentração começou às 8h, e a passeata começou por volta das 9h 30, antes até da previsão inicial de início, que era de 10h.

Segundo o Capitão Farias, da PM, a expectativa é de que o ato seja tranquilo. “Estamos aqui para garantir a proteção e segurança de todos, e também para participar, acreditamos que a manifestação será tranquila”, explicou. Até as 10h, não havia registro de incidentes.

A Destra informa que diante da previsão do manifesto popular, programado para a manhã deste sábado (22), algumas medidas de segurança foram adotadas. Uma delas está relacionada à circulação dos ônibus pelo Centro da cidade, que ficará interrompida a partir das 07h até o término do movimento. Na imagem acima, tanto o trajeto do protesto, quanto a rota dos coletivos são detalhadas.

2

Durante a manifestação popular deste sábado (22) em Caruaru, foram registrados pontos de ônibus pichados na Rua 15 de novembro, em frente à Câmara Municipal. A polícia informou também que removeu do manifesto um dos participantes que estaria tentando quebrar placas de trânsito no local.

Protesto chega a Rua Duque de Caxias

Protesto chega a Rua Duque de Caxias

Depois de descerem pela Estação Ferroviária de Caruaru e seguirem pela Rua Duque de Caxias, manifestantes seguiram pela 15 de Novembro e decidiram parar em frente à Câmara Municipal de Caruaru. Ao chegaram lá, no entanto, a Polícia Militar encontrou entulhos próximos à sede do Legislativo e retirou parte do material para evitar que fosse usado para ser jogada na Câmara. Os estudantes ficaram sentados de costas para a Câmara, durante algum tempo. Depois seguiram para o Marco Zero.

Policiais ajudam a recolher entulho em frente da Câmara Municipal

Policiais ajudam a recolher entulho em frente da Câmara Municipal

As reivindicações eram por melhores serviços públicos, e as faixas expressavam que o manifesto “Não é só pelos centavos”

As reivindicações eram por melhores serviços públicos, e as faixas expressavam que o manifesto “Não é só pelos centavos”

1

Multidão chegando ao Marco Zero

Fonte: Blog do Mário Flávio

 

Casinhas-PE: Manifestação pacífica em surubim

Enquanto uma série de protestos se espalharam pelo Brasil, um grupo de estudantes de Surubim organizou numa manifestação nas ruas da cidade na tarde desta quinta-feira (20).

13168653

A concentração aconteceu, na Avenida São Sebastião, em frente a Escola Maria Cecília. De lá os manifestantes se dirigiram até a Praça Dídimo Carneiro, no centro.

A lista de motivações do protesto é bem variada, vai desde a melhoria na qualidade da água da Barragem de Jucazinho até o valor dos imóveis comercializados na cidade. Corrupção no país, atendimento nos hospitais do município e a conclusão da reforma da Escola Ana Faustina também estão na pauta.

Protestos em São Paulo – Sete jornalistas são feridos, dois com tiro na face

Movimentos realizam quarta passeata contra aumento na passagem de ônibus, trem e metrô na capital paulista.

1

O jornal “Folha de S.Paulo” diz que teve 7 repórteres atingidos no protesto. Entre eles, Giuliana Vallone e Fábio Braga levaram tiro de bala de borracha no rosto, de acordo com a publicação. Inicialmente, o jornal disse que eram 6 jornalistas atingidos. Pouco depois das 21h, passou a informar 7. (Foto: Diego Zanchetta/Estadão Conteúdo)

Fonte:http://g1.globo.com/sao-paulo/protestos/2013/cobertura/nota/13-06-2013/108328.html

Caruaru-PE: Em novo protesto dos professores na Câmara, vereadores dizem que manifestação é partidária

Sem poderem entrar na Câmara de Caruaru, devido à determinação da presidência do legislativo de não lotar superlotar a galeria, os professores da rede municipal fizeram nova manifestação em frente à Casa na noite dessa quinta (04). Utilizando cartazes e até máscaras representando os vereadores, prefeito Zé Queiroz e até do deputado federal Wolney Queiroz (PDT), eles voltaram a cantar a paródia “Escravos de Zé”. Mas dessa vez, os vereadores da base do governo foram mais enérgicos em suas reações e tomaram o Sindicato dos Servidores Municipais de Caruaru (SISMUC) como principal alvo, ao afirmarem que a entidade tornou a manifestação político-partidária.

Demóstenes criticou a forma como professores estão reagindo

Demóstenes criticou a forma como professores estão reagindo

No contexto

Eduardo Mendonça: “Não faço oposição, luto pelos direitos dos professores”

Mesmo impedidos de lotar Câmara de Caruaru, professores protestam e chamam vereadores de “Escravos de Zé”

Val: “Não acredito que o movimento tenha a participação de João, Raquel ou Miriam”

Na verdade, o discurso esteve mais centrado ao presidente do sindicato, Eduardo Mendonça, ligado à base de oposição à atual gestão, do que aos próprios professores. Contudo, o líder do governo, Dr. Demóstenes (PSD), ressaltou que os protestos contra os edis são ofensivos e não ajudam a abrir espaço para diálogo. “Qual é essa democracia que eles pedem quando nos atacam de forma pessoal e não nos respeitam enquanto representantes que foram eleitos pela população? A lei já foi sancionada e a Câmara não pode trazer o projeto de volta para ser discutido, a alteração do PCC agora é uma discussão da Mesa de Negociação com a prefeitura. Em reunião anterior eu citei que não adiantaria aos vereadores se desculpar com essa minoria que está se manifestando e citei até o vereador Jajá, mas não para ofendê-lo, e sim porque esses manifestantes não representam toda a categoria, apenas uma parte, orientada pelo SISMUC, que deu uma conotação política a essa manifestação, através da qual tenta-se apresentar uma imagem negativa dos vereadores. Na verdade, essas mesmas pessoas que estão protestando e me chamando de inimigo da educação, no passado me aplaudiram quando defendi projeto de minha autoria para instituir eleições diretas para gestores escolares”, criticou o vereador.

Já o presidente da Comissão de Educação na Câmara, Edjailson Santos (PT do B), chegou até a dizer que iria solicitar ao presidente da Casa, Leonardo Chaves (PSD) que o Ministério Público fosse acionado. “Durante esse tempo todo, essa minoria de professores nunca me procurou para discutir as reivindicações deles. Essa reclamação parte de um sindicato pelego, que tenta manchar a imagem dos vereadores, nós que votamos um projeto que traz um PCC com 98% de coisas boas para a categoria. Com qual critério eles nos chamam de inimigos? Eu amo os professores, um de meus assessores é professores, mas eu amo os professores de qualidade. O que está sendo feito na Câmara é perturbação do sossego e o Sindicato poderia ser penalizado por isso, já que é a entidade que está a frente das mobilizações. O palanque foi desmontado depois da eleição, não está na hora do presidente do Sismuc, Eduardo Mendonça fazer politicagem. Eu não entregaria um filho meu a nenhum desses professores que estão protestando. Quando nós nos pronunciamos na tribuna, eles viram as costas, isso é uma falta de educação. Eu mesmo vou pedir ao presidente da Casa para acionar o Ministério Público a fim que o sindicato seja autuado”, reclamou o parlamentar.

Leonardo Chaves foi mais ameno e disse ao blog que não se faria necessário acionar o Ministério Público, mas corroborou os argumentos dos colegas, citando inclusive o fato de que o protesto sobrou até para o deputado Wolney Queiroz, filho do prefeito. “Percebe-se que essa manifestação ganha um tom claramente político quando eles nos atacam pessoalmente e tentam ampliar o alcance desse protesto, tentando atingir até o deputado Wolney Queiroz, que não tem qualquer relação com a elaboração do projeto, mas foi alvo de ofensas por parte dos manifestantes”, salientou.

Os manifestantes saíram do local antes do término da reunião, que durou até 00h, mas segundo um dos diretores do SISMUC, Carlos Amaral, as manifestações seguirão, mesmo com restrições à entrada dos manifestantes. “Nós estamos sendo impedidos de lotar a galeria, mas não vamos desanimar e a mobilização não vai enfraquecer”, reforçou o sindicalista. Em paralelo, na manhã desta sexta (05), membros do Sismuc vão a Recife para entrar com um agravo contra a liminar da Vara da Fazenda que considerou as paralisações dos professores como greve ilegal.

Fonte: Blog do Mário Flávio, por Mário Flávio

Caruaru-PE: Torcedores do Central fazem protesto contra a diretoria do clube

Edvaldo Magalhães

Caruaru-PE: O Espetáculo continua – Tumulto e confusão na Câmara de Vereadores

Edvaldo Magalhães

Caruaru-PE: Familiares de detentos assassinados no presídio Plácido de Souza, realizam protesto em frente a unidade prisional

Panelas-PE: Trabalho profissional de Policiais evita tragédia durante protesto

Em uma reivindicação da população do município de Panelas, agreste do Estado, por conta na deficiência no abastecimento d’água, nesta terça-feira (19), onde foi feito um protesto que interditou a BR-104, na altura do Km 114, as polícias Militar e Rodoviária Federal foram acionadas para negociar a liberação da via e contenção do movimento. Tudo corria bem até que alguns vândalos infiltrados no meio da população iniciaram uma incitação à violência e reagiram ao trabalho das polícias com o arremesso de paus e pedras contra o efetivo e viaturas da PM, PRF e bombeiros.

10 2 3 4 5 6 7 8 9

Com a agressão iniciada pelos manifestantes infiltrados, muitos deles consumindo bebida alcoólica e gritando palavras ofensivas, sem disposição ao diálogo, a população foi sendo colocada contra o policiamento, que teve que recuar, numa atitude profissional, visando preservar a integridade das pessoas. Com a agressividade dos manifestantes, que chegavam a algo em torno de 1,5 mil pessoas, sob chuva de pedras, os policiais do 4º BPM, Bombeiros e PRF retornaram e mantiveram o controle necessário, sendo utilizadas balas de borracha e bombas de efeito moral para garantir a integridade dos policiais. Ainda assim, vários policiais militares foram lesionados, entre integrantes da Ciosac e Gati, além de várias viaturas depredadas.
A manifestação durou todo o dia, e durante a madrugada, o tenente-coronel Givanildo dos Santos, comandante do 4º BPM, comandou uma operação com a definição de estratégia para conter os últimos manifestantes que insistiam em manter o protesto no local, apesar de já terem sido definidos acordos para o fim do movimento.  Assim, diante da estratégia montada, os vândalos foram surpreendidos e detidos pelo Gati, não dando chance de reação e consequentemente evitando-se o confronto.
Cisino Alves da Silva, 36 anos

Cisino Alves da Silva, 36 anos

Mariano Manoel dos Santos, 21 anos

Mariano Manoel dos Santos, 21 anos

Márcio Maciel da Silva Santos, 29 anos

Márcio Maciel da Silva Santos, 29 anos

Carlos André dos Santos, 23 anos

Carlos André dos Santos, 23 anos

Edlânio Manoel da Silva, 19 anos

Edlânio Manoel da Silva, 19 anos

John Lenon da Silva, 22 anos

John Lenon da Silva, 22 anos

Danilo Augusto da Silva, 20 anos

Danilo Augusto da Silva, 20 anos

Lucas José da Silva dos Santos, 18 anos

Lucas José da Silva dos Santos, 18 anos

Ao final, foram detidas 11 pessoas e encaminhadas à delegacia de Cupira. Na manhã desta quarta-feira (20), mais duas foram detidas e também apresentadas na delegacia.
Toda a ação policial foi alvo de elogio, haja vista o trato profissional que se deu ao ocorrido, sem nenhum disparo de arma de fogo ou agressão gratuita, mesmo diante da pressão sofrida pelos policiais, que souberam o momento de recuar e agir na hora certa para preservar vidas e a integridade das pessoas envolvidas no evento reivindicatório.

 

 

 

 

 

 

 

 

Caruaru-PE: Estudantes fazem protesto para retorno de Gestora

Confira (acima):

Caruaru-PE: Estudantes lotam Câmara em assembléia

As galerias da Câmara Municipal de Caruaru ficaram mais uma vez lotadas na noite dessa terça-feira (28-02-2013). Vieram à Casa do Povo estudantes universitários de licenciatura dos cursos de Pedagogia, História, Letras e Filosofia. Todos alunos da Fafica, com o intuito de realizar um protesto silencioso, contra a aprovação da atualização PCC da Educação, aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal de Caruaru, no dia 31 de janeiro.

Segundo o presidente do DCE da Fafica, César Augusto, o protesto foi feito em nome dos estudantes, não da faculdade, mas eles não tenham encontrado restrições por parte da direção da IES para participar da mobilização, organizada desde a quarta-feira (25). “O DCE leu todo o projeto mais de uma vez, encontramos erros gritantes, a partir disso começamos essa mobilização. Um dos erros mais gritantes diz respeito ao processo de formação continuada, que reduz para 180 dias o período de especialização dos professores, além da carga horária, com dominical do valor pecuniário. O prefeito disse que tinha ponderações a fazer e que estaria disponível até para fazer retificações, mas quanto a essa questão pecuniária ele parece estar irredutível. O PCC deve valorizar os profissionais da categoria, mas esse novo plano atinge nossos direitos enquanto professores e futuros professores”, ressaltou.

Já o vice-presidente do DCE, Alan Marcionilo, explicou que a decisão de vir até a Casa se deu devido à solidariedade junto aos docentes, que estão realizando diversas atividades contra a aprovação do Projeto. “Esse PCC foi aprovado sem que houvesse o diálogo com a categoria e viemos aqui mostrar toda a nossa indignação contra a aprovação desse projeto. Viemos dar apoio aos colegas professores, já que somos futuros docentes e esse PCC prejudica a categoria”, disse.

Os estudantes pediram ao presidente da Casa para usar à Tribuna por apenas dois minutos, mas o presidente da Câmara, Leonardo Chaves (PSD), explicou que a situação era inviável. “O Regimento Interno não permite a manifestação da platéia e por isso, que não pude atender a reivindicação”, disse.

No entanto, os universitários se sentiram desrespeitados pelos vereadores, no final das contas e saíramos cedo da Casa. Na saída, eles levantaram um grito de guerra, pedindo respeito aos parlamentares. Em paralelo, a prefeitura de Caruaru solicitou reunião com os professores e com o Sindicato dos Servidores Municipais (SISMUC).

 Fonte: Blog do Mário Flávio

Caruaru-PE: Professores protestam contra o PCC da categoria

Caruaru-PE: Por meio de jogral, professores protestam em frente a prefeitura

Acima o jogral proferido hoje pela manhã em frente a prefeitura de Caruaru. Os gritos de guerra foram puxados por um representante da União dos Estudantes Secundaristas de Caruaru (UESC).

Fonte: Blog do Mário Flávio, por Mário Flávio

Toyoteiros fecham parte da BR 104, em protesto contra a prefeitura de Caruaru

Aproximadamente 70 toyoteiros (motoristas de lotação), fecharam um trecho do perímetro urbano da BR 104, próximo a casa de shows Palladium em Caruaru, no início da tarde de ontem. Eles atearam fogo em pneus no sentido Caruaru/Toritama na via local e se colocavam a frente dos veículos que passavam no mesmo sentido da rodovia.

De acordo com um dos líderes do movimento, o loteiro Pedro Alves, o objetivo do protesto é mostrar a sociedade, o que a prefeitura de Caruaru tem feito com os pais de família que estão impedidos de circular com as suas Toyotas de lotação por 42 ruas da cidade. Ele disse esperar uma solução e que se não houver acordo, o movimento vai invadir a cidade, e que para tal, contará com mais de 300 manifestantes que estão prejudicados com a mudança da Destra, que proibiu a entrada desse tipo de transporte na cidade.

Os agentes Romão Marcílio e Edimar Ferreira da Polícia Rodoviária Federal acompanharam o protesto evitando assim qualquer atrito entre os manifestantes e os transeuntes.

Por uma gota d’água

A população de Vitória de Santo Antão realizou no dia 21 de Julho, um protesto pacífico contra a má distribuição de Água no município. O movimento popular aconteceu por volta das 10h em frente da casa Diogo de Braga (Câmara dos Vereadores) , de onde os manifestantes saíram em direção a (Compesa) Loja de Atendimento, onde a população foi recebida pelo superintendente regional da Mata Sul, da Compesa, o Sr. Hermes.

A problemática da falta de água potável em Vitória de Santo Antão não é assunto desconhecido dos poderes públicos estaduais. No dia 20 de Julho, o presidente da estatal, Roberto Tavares, afirmou para o Jornal do Commercio que o problema do município séra resolvido com o novo projeto da Compesa que vai atender a demanda futura dos empreendimentos em implantação. o Investimento será de R$ 43 milhões. A expectativa da Compesa é iniciar as obras da nova adutora até dezembro que só estará pronta em meados de 2014. O empreendimento vai beneficiar 190 mil pessoas. A adutora vai reforçar o abastecimento do distrito de Bonança, em Moreno, e de Pombos.