Receita admite problemas, mas nega adiamento de prazo do Simples da doméstica

Desde a sua liberação, o sistema recebeu 1,131 milhão de cadastros de empregadores e 1,164 milhão de empregados

A Receita Federal informou nesta terça-feira, 3, que não vai adiar o prazo de emissão de pagamento e emissão de guia do E-Social. O prazo acaba na próxima sexta-feira. O subsecretário de Fiscalização da Receita Federal, Iágaro Jung Martins, reconheceu que o sistema, que está disponível desde o domingo, 1 teve problemas de desempenho desde então, inclusive hoje, mas disse que não haverá postergação.

1

Milhares de pessoas têm se queixado de dificuldades em emitir suas guias, por meio das redes sociais. Grande parte relata que, após o cadastro, os empregadores simplesmente não conseguem gerar o boleto para o recolhimento dos tributos, como FGTS e INSS.

Desde a sua liberação, o sistema recebeu 1,131 milhão de cadastros de empregadores e 1,164 milhão de empregados. Ocorre que, até o momento, apenas 134 mil guias foram emitidas, ou seja 13% do total.

A expectativa da Receita é acelerar o ritmo de emissões das guias, por meio de ajustes que estão sendo feitos nos equipamentos e sistemas do Serpro. Nesta tarde o sistema tem emitido cerca de 5 mil guias por hora, um volume bem inferior ao já registrado em outros momentos, quando chegou a 30 mil guias por hora.

O sistema de tecnologia que aposta o serviço custou R$ 6,6 milhões. O Serpro, responsável pelo sistema, é uma estatal federal que presta serviços de tecnologia para o governo.

Martins disse que a expectativa da Receita é que se que consiga, com os ajustes técnicos, chegar a 250 mil guias emitidas até o meio-dia desta quarta-feira, com a emissão total de mais de 1,1 milhão de guias até sexta-feira. “Vamos analisar amanhã a performance do sistema e analisar a possibilidade de adotar um plano de contingência”, comentou.

Martins não deu detalhes, mas disse que aqueles que não conseguirem imprimir suas guias não serão punidos. “Estamos solidários às pessoas que não vão conseguir pagar. Se não conseguirem emitir as guias, nós apresentaremos às pessoas uma alternativa até a próxima quinta-feira.”

O boleto precisa ser gerado e pago até sexta-feira, 6, para que a situação fiscal do trabalhador doméstico fique regular. Caso isso não ocorra, o empregador sofrerá uma multa de 0,33% por dia de atraso, até o limite de 20% dos tributos devidos. Há uma alíquota de 8% do FGTS e outros 3,2% do salário de seu empregado para cobrir a penalização de 40% sobre o saldo do FGTS a ser paga em caso de demissão sem justa causa. Ao INSS, a alíquota é de 8% e há ainda 0,8% de tributo para cobrir o seguro por acidente de trabalho.

Da Agência Estado

Cachoeirinha-PE: Principal Avenida da cidade corre risco de interdição

Preparamos uma série de matérias que serão publicadas, com as benfeitorias que estão sendo realizadas, como também as que deveriam ser retomadas, ou reparadas.

Se você estar insatisfeito com algo, ou quer mostrar algo que foi feito para o bem da sociedade, envie-nos, fotos ou vídeos que iremos mostrar também, seu agradecimento ou sua indignação, ou então basta nos telefonar ou mandar e-mail indicando o que quer mostrar e iremos até o local.

Na matéria passada mostramos a reforma no trecho da Rua Major Tomáz, em frente a CASA BELA CONSTRUÇÃO, onde se espera apenas o tempo previsto para liberação da via, a quarentena. A seguir mostraremos o descaso público com uma das entradas principais para a cidade, esta que dá acesso a área de lazer da população, a Academia  das Cidades.

Veja fotos abaixo:

DSC_0196

A via paralela, em frente a Compesa, está interditada há mais de 1 ano. Seria culpa da Prefeitura ou da Compesa? Seja lá quem for, a população precisa da via consertada o mais rápido possível, pois, o prazo de validade já venceu.

Dependendo do tempo que ainda leve, logo irá interditar esta que segue nas fotos.

DSC_0195 DSC_0194 DSC_0193 DSC_0192 DSC_0191 DSC_0190 DSC_0189 DSC_0188 DSC_0187 DSC_0186 DSC_0185 DSC_0184 DSC_0183 DSC_0178 DSC_0177 DSC_0176 DSC_0175

 

TV Replay, informações é aqui!

Lajedo-PE: “Operadoras de Telefonia Móvel” – Quais os problemas discutidos diariamente?

Devido as várias reclamações que são feitas diariamente por grande parte da população do país em relação as operadoras de telefonia móvel, a TV Replay mostra as opiniões de algumas pessoas, sobre os problemas apresentados nos serviços das mesmas.
Confira!
TV Replay, o que é bom se repete!

Curtam nossa página no facebook: www.facebook.com/tvreplaybr