Polícia desarticula 30 quadrilhas de assaltantes de bancos

A Secretaria de Defesa Social (SDS) informou que já realizou 220 prisões de pessoas ligadas a crimes contra bancos no estado desde o ano passado, desarticulando cerca de 30 grupos organizados. O orgão explicou que participam da força-tarefa que investiga investidas contra instituições financeiras as polícias Militar, Civil e Científica, que atuam em parceria com a Federal e a Rodoviária Federal, além de instituições bancárias, transportadoras de Valores e o Exército.

Pernambuco soma 138 investidas contra bancos este ano.Foto: Rafael Martins / DP

Polícia desarticula 30 quadrilhas de assaltantes de bancos. Foto: Rafael Martins / DP

O orgão respondeu que, neste ano, em três operações, foram feitas 30 prisões, seis delas em parceria com a Polícia Civil da Paraíba. “Dentre as medidas preventivas, a SDS também vem fazendo constantes recomendações aos bancos, instituições financeiras e transportadoras de valores para que possam otimizar a estrutura de segurança e inibir a ação das quadrilhas. 

A SDS afirmou que desconhece a metodologia usada pelo sindicato no levantamento. “A Gerência de Análise Criminal e Estatística da secretaria trabalha com cruzamento de informações policiais e boletins de ocorrência, retirando duplicidades e chegando à veracidade dos fatos”, informou o órgão.

“A SDS está à disposição de todas as entidades que possam colaborar com a segurança pública. No caso do sindicato, está reivindicando, junto aos patrões, a implantação de medidas simples como videomonitoramento, alarme, inutilização de cédulas e contratação de vigilância privada, que possam dificultar ou tornar essas investidas menos atrativas aos bandidos.”

Por Diário de Pernambuco

Joesley e Saud se entregam à PF após Fachin decretar prisões

O empresário Joesley Batista, um dos sócios da JBS, e o executivo da empresa Ricardo Saud se apresentaram, neste domingo (10), na sede da Polícia Federal, de São Paulo, após o ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, acatar o pedido de prisão da dupla, feito na última sexta-feira (08) pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Eles ficarão preso por ao menos cinco dias.

20170910144315205105u

Com a autorização de prisão por Fachin, o acordo de delação premiada firmado entre a JBS e a Procuradoria-Geral da República (PGR) foi suspenso. Isto porque o termo de delação prevê que o acordo perderá efeito se, por exemplo, o colaborador mentiu ou omitiu, se sonegou ou destruiu provas.

Sobre a validade das provas apresentadas, mesmo se os termos da delação forem suspensos, continuarão valendo – provas, depoimentos e documentos.

Na decisão, Fachin argumenta que Joesley e Saud omitiram informações que era obrigados a prestar e, por isso, suspendeu provisoriamente de parte dos acordos celebrados. Quanto a Miller, o ministro disse que, apesar de indícios de que Miller cometeu delito, estes não são consistentes.

O centro da crise é uma gravação, datada de 17 de março, em que Joesley e Saud indicam possível atuação de Miller no acordo de delação quando ainda era procurador – ele deixou o cargo oficialmente em 5 de abril. O áudio foi entregue pelos delatores no dia 31 de agosto.

* Com agências

Caruaru-PE: Depois de 4 mortes em Poção-PE, prisões, avó como mandante… veja a que conclusões chegou a Polícia Civil

A Polícia Civil de Pernambuco apresentou nesta segunda-feira (20), às 15h, na 14ª Delegacia Seccional em Caruaru, a conclusão em detalhes da investigação que apurou o quádruplo homicídio na cidade de Poção, no agreste do Estado, em 06 de fevereiro de 2015.

Na ocasião, foram assassinados três conselheiros tutelares e uma dona de casa de 63 anos. Figuram no inquérito como mandante do crime Bernadete Siqueira de Britto Rocha e como intermediadores um advogado e um detento. Como executores constam nos autos quatro pessoas. Dos sete envolvidos, seis suspeitos estão presos.

Acompanhe o resumo feito pela Polícia Civil com slides e todos os detalhes do crime, as prisões e entrevistas:

27 28 29 30 31 32 33

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26

34

TV Replay, nós estamos onde a notícia está!

Caruaru-PE: Coletiva de Imprensa na 14 Desec – Operação Ponto Final 2

Uma coletiva de imprensa estará sendo realizada dentro de alguns instantes da manhã desta quinta-feira (30), na delegacia regional, onde o Delegado Erick Lessa irá detalhar as ações da Operação Ponto Final 2. Esta operação é um desdobramento da Operação Ponto Final. São basicamente as mesmas tipificações de crimes.

Estão presos Evandro Silva (PMDB) e Val das Rendeiras.

Nesta operação, os vereadores estão respondendo aos crimes de corrupção passiva, ativa e integral a organização criminosa e segundo o delegado, Val (DEM), Neto (PMN) e pastor Jadiel Nascimento (PROS) já são considerados foragidos pela Justiça.

Toda imprensa encontra-se reunida.

IMG-20140130-WA0000 IMG-20140130-WA0001 IMG-20140130-WA0002 IMG-20140130-WA0003

Maiores detalhes em instantes.

TV Replay, o que é bom se repete!

Avião da Polícia Federal com réus do mensalão chega a Brasília

O avião da Polícia Federal que trouxe nove condenados na Ação Penal 470 que se apresentaram em São Paulo e em Belo Horizonte pousou hoje (16) no Aeroporto de Brasília, às 17h45. Eles deverão ser levados à Superintendência da Polícia Federal (PF) no Distrito Federal.

1

Mais dois réus já estão na superintendência da PF: o ex-tesoureiro do PL (atual PR) Jacinto Lamas e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares. A transferência para Brasília foi feita porque cabe ao juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal executar as penas. No entanto, os réus poderão pedir para cumprir a pena nas cidades onde moram. A tendência é que todos permaneçam na superintendência da PF neste fim de semana.

As prisões dos condenados foram decretadas ontem (15) pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa. Dos 12 mandados de prisão somente um não foi cumprido, o do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, que está na Itália e é considerado foragido pela Polícia Federal.

Sete réus apresentaram-se ontem à Polícia Federal em Belo Horizonte (MG): José Roberto Salgado, ex-vice-presidente do Banco Rural; O publicitário Marcos Valério; Kátia Rabello, ex-presidenta do Banco Rural; o ex-deputado federal Romeu Queiroz (PTB-MG); Ramon Hollerbach e Cristiano Paz, ex-sócios de Marcos Valério; e Simone Vasconcelos, ex-funcionária de Valério.

Dois réus entregaram-se em São Paulo: o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, e o ex-presidente do PT e deputado federal (SP) José Genoíno. Jacinto Lamas, ex-tesoureiro do PL (atual PR), e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares apresentaram-se em Brasília.

Edição: Lana Cristina

Fonte: Agência Brasil

Serra Talhada-PE: CIOSAC realiza prisões no município

Na data desta quinta-feira (14), através de levantamentos da Seção de Inteligência da CIOSAC (Companhia Independente de Operações e Sobrevivência em Área de Caatinga), foi dado cumprimento a 03 (três) Mandados de Prisão na cidade de Serra Talhada, em desfavor dos imputados: GILVAN BARBOSA DO NASCIMENTO, 38 anos; GENEFESSON FERREIRA DO MONTE, 21 anos, vulgo “Dez Centavos”; e FORTUNADO CAETANO DA PAZ, 33 anos, vulgo “Naná”.

Tendo, o último (Naná), sido preso com 01(um) Revólver cal. 32, e uma sacola com vários frascos de perfume, onde na ocasião, o mesmo confessou haver acabado de realizar um assalto a uma perfumaria no centro de Serra Talhada.

1

Os detidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Serra Talhada para as providências legais cabíveis.

Fonte: CIOSAC