Caruaru-PE: Vereadores não irão ficar em celas especiais

Os vereadores de Caruaru presos na operação Ponto Final não irão ficar em celas especiais. Nem mesmo os que têm curso superior, já que esse tipo de situação não pode ocorrer devido a falta de estrutura da Penitenciária Juiz Plácido de Souza.

Em nota a Secretaria de Ressocialização informou que os vereadores ocuparão duas celas da penitenciária e ficarão recolhidos no pavilhão destinado aos presos concessionados. A nota informa ainda que o local é destinado aos reeducandos que exercem atividades de laborterapia dentro da unidade prisional, além de ex-policial, ex-servidor público e pessoas que possuem bom comportamento. Segundo o comunicado, as celas contam com cama, banheiro e chuveiro e podem possuir um aparelho de TV de 14 polegadas e ventilador.

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Fonte: http://blogdomarioflavio.com.br/vs1/

Caruaru-PE: Vereadores são acusados de praticar concussão, pedindo vantagens para a aprovação de projetos

A Operação Ponto Final deflagrada pela Polícia Civil de Pernambuco prendeu na manhã desta quarta-feira (18) dez vereadores do município de Caruaru. Todos são acusados de prática de concussão, crime descrito no código penal como a exigência de vantagem em função do cargo ocupado pelo servidor público.

Durante entrevista concedida à secretaria de imprensa de Pernambuco, o secretário de defesa social, Wilson Damázio, avaliou os primeiros momentos da operação ponto final.

“Muito importante a Operação Ponto Final em Caruaru que aconteceu a prisão de pelo menos dez vereadores, três foram conduzidos a penitenciária, porquê estavam praticando crime de concussão contra a prefeitura contra o prefeito, estavam exigindo vantagens. Mas não posso entrar em muitos detalhes porquê a operação ainda está sob sigilo, mas pediram vantagens para votar um projeto do povo de Caruaru. Passamos o caso para o delegado responsável”, afirmou.

Confira!

TV Replay, informações é aqui!

Caruaru-PE: Detento é esfaqueado dentro da penitenciária

"Rato" não quis representar contra o agressor

“Rato” não quis representar contra o agressor

2 3

Os agentes Almir, Everaldo, Jefferson e Ricardo (que não aparece na foto), apresentaram os envolvidos na Derepol

Os agentes Almir, Everaldo, Jefferson e Ricardo (que não aparece na foto), apresentaram os envolvidos na Derepol

5Na manhã desta quinta-feira (29), o detento da Penitenciária Juiz Plácido de Souza em Caruaru, Flávio Antonio de Souza Santos, vulgo “Rato”que é de Santa Cruz do Capibaribe e está preso por tráfico, foi agredido com vários golpes de faca dentro da unidade prisional e rapidamente foi socorrido pelos agentes penitenciários para o Hospital Regional do Agreste em Caruaru.

Ramom, cumpre pena por tráfico e alguns homicídios

Ramon, cumpre pena por tráfico e alguns homicídios

Os agentes da unidade indagaram vários detentos e descobriram que o crime foi praticado pelo preso, Ramon Rufino da Silva, de 18 anos, que é do bairro Centenário e cumpre pena por homicídios e tráfico. O mesmo confessou o delito aos agentes. 

O agente penitenciário Ricardo, explicou que o Ramon tentou matar o desafeto, pois o seu irmão Rafael Rufino da Silva, vulgo “Rafa”, que também está preso por tráfico, foi acusado de ser um dos donos de 1 quilo e 400 gramas de maconha. Ação que resultou com a prisão de Maria Eliane Moura Bezerra da Silva, que contratou um menor de 16 anos, para arremessar a droga para dentro do presídio a mando do seu marido, Jonas Pereira Espíndola, que também está preso. O que pode ter confundido a polícia foi a semelhança dos apelidos do “Rafa” e do “Rato”.

Maria Eliane

Maria Eliane

Jonas

Jonas

Rafael

Rafael

Droga que foi apreendida no dia anterior

Droga que foi apreendida no dia anterior

Ramon “Rato” foram levados para a Delegacia Regional, mas pelo fato do “Rato” ter se negado a representar contra o Ramon, não foi feito nenhum procedimento e ambos foram levados de volta a penitenciária.

 

 

 

 

Canhotinho/São Bento do Una-PE: Operação conjunta da CIOSAC e ROCAM do 15ºBPM prende fugitivo da penitenciária

1

 

Em uma operação conjunta, as equipes Romeo, da CIOSAC, e uma equipe da ROCAM, do 15º BPM, seguiram para o Sitio Tamanduá, localizado na zona rural de São Bento do Una, pois foram informados que um fugitivo da Penitenciária de Canhotinho encontrava-se no interior da residência de sua genitora. Quando as equipes chegaram ao local informado, realizaram um cerco e solicitaram que o fugitivo, MARCANTONIO SILVA DE SOUZA, saísse da residência. O mesmo se entregou sem oferecer resistência, como também confessou a veracidade da denúncia. O Imputado havia sido preso anteriormente pela prática de assalto a mão armadachegando a trocar tiros com o efetivo da ROCAM no momento da prisão.
 
O mesmo foi encaminhado à Delegacia Regional de Belo Jardim-PE, para as providências cabíveis.