Cachoeirinha-PE: OUTUBRO ROSA – Saúde comemora mês de combate ao câncer de mama com alerta às mulheres

Nesta terça-feira (24), a Prefeitura de Cachoeirinha, por meio da Secretaria Municipal de Saúde realizou atividades de mobilização com a comunidade voltada às comemorações do Outubro Rosa, iniciativa que tem como objetivo a conscientização para prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama.

A Secretária de Saúde, Larissa Barreto, junto da equipe do NASF, equipe composta por profissionais de diferentes áreas de conhecimento, que atuam de maneira integrada e apoiando os profissionais das Equipes Saúde da Família, médicos, e demais profissionais da área, estiveram ofertando um mutirão da saúde, no qual as mulheres dispuseram de consultas médicas voltadas à prevenção do câncer de mama, Testes Rápidos, Aferição de PA, Testes de HIT, Vacinas, Atendimento Nutricional, Atendimento Social e Atendimento Psicológico.

Na ocasião, o prefeito Ivaldo Almeida de forma breve, retratou a importância das mulheres estarem participando do evento, e reafirmou o compromisso de continuar desenvolvendo ações em todas as secretarias do município, buscando sempre o melhor para todo cidadão cachoeirinhense.

A Presidente da Câmara, a vereadora Silva Xavier também esteve participando da campanha, e falou em como o autoexame da mama é uma forma de cuidar e conhecer o corpo.

O Outubro Rosa vem conscientizar as mulheres quanto à importância do autocuidado. Tomar a decisão de se cuidar é o primeiro passo para a cura.

IMG_1083 IMG_1087 IMG_1090 IMG_1092 IMG_1096 IMG_1098 IMG_1100 IMG_1101 IMG_1104 IMG_1106 IMG_1107 IMG_1110 IMG_1111 IMG_1113 IMG_1116 IMG_1118 IMG_1120 IMG_1121 IMG_1122 IMG_1123 IMG_1126 IMG_1130 IMG_1133 IMG_1134 IMG_1135 IMG_1138 IMG_1139 IMG_1142 IMG_1143 IMG_1145 IMG_1148 IMG_1150 IMG_1151 IMG_1153 IMG_1155 IMG_1157 IMG_1159 IMG_1161 IMG_1162 IMG_1164 IMG_1166 IMG_1168 IMG_1174 IMG_1178 IMG_1181 IMG_1186 IMG_1189 IMG_1191 IMG_1193 IMG_1197 IMG_1198 IMG_1203 IMG_1205 IMG_1209 IMG_1211 IMG_1213 IMG_1214 IMG_1215 IMG_1218 IMG_1220 IMG_1222 IMG_1226 IMG_1228 IMG_1229 IMG_1232 IMG_1233 IMG_1236 IMG_1238 IMG_1239 IMG_1241 IMG_1243 IMG_1245 IMG_1247 IMG_1248 IMG_1249 IMG_1255 IMG_1256 IMG_1257 IMG_1258 IMG_1259 IMG_1263 IMG_1267 IMG_1268 IMG_1269 IMG_1272 IMG_1273 IMG_1275 IMG_1276 IMG_1278

Outubro Rosa – 10 atitudes valiosas para te ajudar a elevar a sua autoestima durante o tratamento de Câncer

A autoestima durante o tratamento de Câncer é um assunto muito recorrente.

Será que elevar a autoestima dos pacientes oncológicos é mesmo tão importante? 

Nesse momento, não devemos focar simplesmente no nosso tratamento e cura?

capa

Pois é justamente  aí que a nossa autoestima entra.

Acontece que elevar a autoestima faz com que qualquer  pessoa faça escolhas positivas para si mesma.  E, eu nem preciso dizer o quanto essa atitude pode influenciar o resultado do tratamento, não é mesmo ?

Em primeiro lugar, quero deixar claro que autoestima não é só se sentir feia ou bonita, gostar da sua aparência ou não. Você não aumenta a sua autoestima só com uma visita ao salão de beleza ou comprando uma roupa nova…

Embora, a gente adore essas “coisinhas de menina”, na verdade, o buraco é muito mais embaixo!

O que é autoestima, afinal ?

É acreditar no  seu próprio valor, enxergar-se como alguém especial e sentir-se merecedora de amor,  sucesso,  saúde, alegria e de tudo de bom que a vida possa nos oferecer.

Entendeu agora por que o buraco é mais embaixo ?

Bem, se nutrir esse sentimento por nós mesmas quando a vida vai bem não é tão simples… Imagina o grau de dificuldade para reconstruirmos a autoestima durante o tratamento de Câncer !

Digo RECONSTRUIR, porque é exatamente isso que precisamos fazer!

Já que o câncer destrói, entre outras coisas, a nossa autoimagem, autoconfiança e, consequentemente, autoestima.

O câncer, especialmente de mama,  mexe profundamente na nossa feminidade: Ele arranca nossos cabelos, nos deixa cicatrizes , ganhamos peso e/ou ficamos inchadas com os corticoides. Em pouco tempo, já não gostamos do que vemos no espelho.

E como se não bastasse o massacre na nossa autoimagem, o câncer  também atinge em cheio na nossa autoconfiança.

Por conta do tratamento, nós  somos obrigadas a parar de trabalhar e já não nos sentimos tão uteis e produtivas. E pra completar o pacote, muitos amigos  e familiares se afastam…

Então, a nossa autoconfiança, ou seja,  a forma como nos enxergamos e nos relacionamos com as pessoas e com o mundo também fica abalada…

Enfim, não estamos falando apenas de um sentimento que temos por nós mesmas. Mais que isso, estamos falando de pensamentos e comportamentos que temos relacionados a nós mesmas, Ok?

Por isso,  é muito comum e perfeitamente compreensível que a nossa autoestima e autoconfiança vá parar no dedão do pé enquanto temos que encarar um tratamento de  câncer. já que, TUDO colabora para que isso aconteça!

Mas por outro lado, é possível você conseguir transformar esse período de tantos “prejuízos”  em “lucro” : Já pensou na possibilidade de transformar todas as suas perdas em ganhos?

E sair dessa história toda com o seu amor próprio nas alturas, se amando cada dia mais ?

E se você se surpreender ao descobrir uma mulher  maravilhosa escondida  aí dentro de você e  ainda de quebra se apaixonar por ela ?

Eu sei, eu sei, nesse momento pode ser que os seus sapatos estejam muito apertados. E você não consiga pensar em nada além do desejo de que essa “festa” acabe logo e você volte correndo  para casa – para sua vidinha de antes do câncer …

Mas, e se eu te disser que o seu tratamento vai durar o tempo que tem que  durar e até o término dele,  você tem duas escolhas:

  • Sofrer  ainda mais com seus sapatos apertados, valorizando todas as suas perdas e dores,  contando cada minuto pra tudo acabar logo. 
  • Aproveitar esse momento difícil e sofrido para aprender,  se conhecer melhor e iniciar um romance com a pessoa mais incrível que você já conheceu : VOCÊ !

Parece loucura, eu sei, mas não é impossível. E mais que isso, posso te garantir que vale à pena!

Eu não fui a única mulher que terminou o tratamento mais amadurecida e com a autoestima fortalecida. E nem serei a ultima!

Esse é o meu convite pra você, use essa doença para levar o seu amor próprio  para outro nível. Acredite: É possível!

E para te incentivar nessa jornada , quero compartilhar com você algumas atitudes que me ajudaram muito a reconstruir a minha autoestima durante o tratamento de Câncer.

Por Patrícia Figueiredo em dascoisasquetenhoaprendido.com.br

Vídeo: Ministério da Saúde

Caruaru-PE: Outubro Rosa – Especialista tira dúvidas sobre a atividade física no tratamento do câncer de mama

download

A prática de exercício ajuda na evolução física, no aspecto cognitivo e psicológico. No mês em que é dedicada a prevenção ao câncer de mama, o assunto que a gente aborda nesta sexta-feira (27) é se a mulher que enfrenta a doença pode ou não praticar exercícios físicos? Ou mulheres que venceram o câncer podem fazer alguma atividade física?

Bruno Basílio Profº Educação Física

Para tirar essas dúvidas, o professor de educação física, Bruno Basílio, de Caruaru , explica que a prática de exercícios físicos para mulheres nestas situações, tem um caráter muito emocional e primordial para a recuperação. Não apenas para a evolução física, mas também no aspecto cognitivo e psicológico.

O especialista descreve pelo menos 5 vantagens do exercício físico diante do enfrentamento da doença.

1 – Melhora muito o estado emocional da paciente;

2- O exercício melhora a absorção das substâncias da quimioterapia;

3- Melhora o cansaço que é um efeito colateral do tratamento;

4- A atividade física ajuda a diminuir o Linfedema (acúmulo de fluidos corporais), muitas mulheres deixam de treinar com o medo de ficar inchada. O exercício físico bem orientado e especializado pode até ter um efeito de uma drenagem linfática natural;

5 – A paciente melhora a qualidade de vida.

Ele alerta que na ocorrência de desconforto, como dores, aumento exagerado da frequência cardíaca ou falta de ar, a atividade deverá ser interrompida e retomada apenas quando os pacientes apresentarem boa condição clínica.

“Mulheres com um algum índice de atividade física tem 22% menos chances de ter câncer de mama. E qualquer pessoa que pratica exercícios físicos tem 20% menos chance de morrer com algum tipo da doença”, ressalta Bruno.

▫INFORMAÇÕES SOBRE BRUNO BASÍLIO

Tem mais de 10 anos de profissão em personal trainner; é palestrante; Mestrando em Gerontologia; pós-graduado em saúde do idoso e Bacharel em Educação Física.

download

▫PESQUISA

O “Journal of the American Medical Association” (“Jama”), de 2016, com sede nos EUA analisou 12 estudos sobre a relação entre atividade física e o risco de desenvolvimento de câncer. Os autores concluíram que exercícios regulares estavam associados à redução do risco em 13 dos 26 tipos de neoplasias estudados.

Com isso, houve redução do risco de desenvolvimento da doença em torno de 20% em sete tipos de câncer (esôfago, fígado, pulmão, rim, endométrio e leucemia mieloide). Em outros seis (mieloma múltiplo, cólon, cabeça e pescoço, reto, bexiga e mama) a diminuição variou de 10 a 20%.

04150102_g

Ainda segundo a análise, um grupo de pesquisadores australianos concluiu a partir da observação de 21 estudos diferentes, que a atividade física também está associada à redução de 27% na incidência do câncer de intestino grosso.

Já os pesquisadores franceses demonstraram redução de 22% na incidência de câncer de mama nas mulheres que se exercitam regularmente, quando comparadas às mulheres sedentárias.

▫MOTIVO

Os cientistas apresentam diversas explicações para essa proteção, mas até o momento os motivos da queda das chances de ter um câncer ainda não estão totalmente esclarecidos.

*Com Informações do Journal of the American Medical Association

TV Replay, o que é bom se repete!

Apesar de raro, câncer de mama também pode afetar homens; saiba como se prevenir

Por ser pouco conhecido, a maioria dos casos são identificados em estágio avançado

Você sabia que o câncer de mama não é uma doença exclusiva das mulheres? Ela também pode ser detectada em homens. São raros os casos, mas 1% dos casos foram detectados em homens.

Muitos se recusam a fazer a mamografia, mas os especialistas alertam que não é pelo fato da mama ser menos desenvolvida nos homens e por terem níveis reduzidos de hormônios femininos, que estão imunes a doença.

Screenshot_20171019-184134~2

São vários os fatores que podem aumentar o risco dos homens desenvolverem câncer de mama: envelhecimento, hereditariedade, síndrome de Klinefelter (condição congênita que afeta 0,1% dos homens, que fazem com que não produzam espermatozoides funcionais), exposição às radiações, alcoolismo e outros.

Vale lembrar que algumas pessoas com muitos fatores de risco, muitas vezes não desenvolvem a doença, já outros, sem nenhum, podem a vir a tê-la.

O tratamento do câncer de mama nos homens é similar ao das mulheres. O paciente terá que fazer quimioterapia, radioterapia, cirurgia e hormonioterapia.

A melhor maneira de prevenir o câncer de mama tanto nos homens, quanto nas mulheres é adotar hábitos saudáveis, controlar o peso, evitar bebidas alcoólicas e cigarros.

O câncer de mama é uma doença causada pela reprodução de células anormais da mama, que formam um tumor. Existem vários tipos de câncer de mama e alguns se desenvolvem mais rápido que os outros.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva, o câncer de mama é o câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não melanoma. A cada ano, a doença responde cerca de 25% dos casos novos.

Outubro Rosa – Amamentação ajuda a prevenir o câncer de mama

A amamentação gera inúmeros benefícios para a saúde da mãe e do bebê. A prevenção do câncer de mama é um deles. O risco de contrair a doença diminui 4,3% a cada 12 meses de duração de amamentação, estima um estudo com mulheres de 30 diferentes nacionalidades, publicado em 2002. Essa proteção independe de idade, etnia, paridade e situação hormonal (pré ou pós- menopausa).

Amamentar_Câncer_de_Mama

Neste ano, a revisão do Fundo Mundial para Pesquisas sobre Câncer (World Cancer Research Fund – WCRF) sobre lactação e câncer de mama aponta que a amamentação provavelmente diminui o risco de câncer de mama em mulheres até a pós-menopausa. 

Segundo o editor científico da Revista Brasileira de Cancerologia, Ronaldo Corrêa, vários estudos realizados nos últimos 30 anos mostram a associação entre a amamentação e a prevenção do câncer de mama. “Existe uma correlação linear entre o tempo da amamentação e o grau de proteção. Ou seja, quanto mais a mulher amamenta e por mais tempo – se ela teve dois, três partos, e nesses partos ela amamentou durante muito tempo – menor o risco, em comparação com mulheres que não tiveram tantos partos e não amamentaram por tanto tempo”, afirma.

O mecanismo responsável para tal proteção ainda não foi completamente esclarecido, mas existem várias hipóteses para isso. “Tem uma hipótese que afirma que enquanto a mulher amamenta, ela bloqueia os ciclos ovulatórios, diminuindo a sobrecarga hormonal. Ou seja, ela deixa de produzir um quantitativo maior de hormônios femininos nessa fase. Então, isso poderia ser uma explicação plausível, uma vez que grande parte dos casos de câncer de mama sofrem influência dos hormônios femininos”, explica Corrêa.

Outra hipótese seria o fato da maior exfoliação das células dos ductos mamários durante a amamentação e a grande morte programada das células mamárias após a amamentação promoverem a remoção de células com alguma alteração genética.

Em resumo, amamentar provavelmente diminui o risco de câncer de mama em mulheres na pré e pós menopausa, além de estar associado a outros benefícios de saúde para a mulher e para a criança. Manter o peso ideal para a idade, praticar atividades físicas regularmente, não consumir álcool, consumir diariamente uma dieta rica em frutas, verduras e legumes também contribuem para diminuir o risco de câncer de mama.

Câncer de mama

O câncer de mama é o câncer mais frequente no mundo e entre as mulheres, depois do de pele não melanoma, com uma estimativa de mais de dois milhões de casos novos e cerca de 530 mil mortes em 2015 no mundo. Entre 2005 e 2015, no mundo, estima-se que houve um incremento de 43% dos casos de câncer de mama, sendo 2/3 deste crescimento devido ao crescimento e envelhecimento da população. No Brasil, estimam-se 57,9 mil casos novos em 2016/2017.

No Brasil, a recomendação do Ministério da Saúde – assim como a da Organização Mundial da Saúde e a de outros países – é a realização da mamografia de rastreamento (quando não há sinais nem sintomas) em mulheres de 50 a 69 anos, uma vez a cada dois anos.

Para tratar o câncer de mama, o SUS oferece cirurgias oncológicas (mastectomia, conservadoras e reconstrução mamária), radioterapia e quimioterapia. Em 2016, foram um total de 18.488 cirurgias de mastectomias e cirurgias conservadoras, 2,8 milhões de procedimentos de campos de radioterapia e 1.184.622 sessões de quimioterapia, além de 3.348 cirurgias de reconstrução mamária. Cabe destacar que o SUS garante a oferta gratuita de exame de mamografia para as mulheres em todas as faixas etárias, desde que exista recomendação médica.

Do Blog da Saúde

Cachoeirinha-PE: Outubro Rosa – Presidente da Câmara ressalta importância do auto-exame e da mamografia para prevenção ao câncer de mama

Durante todo este mês, as atenções estão voltadas à orientação e prevenção ao câncer de mama. O Outubro Rosa, como é denominado o período, surgiu nos Estados Unidos em 1990 e hoje, celebrado em todo o mundo, visa ampliar as discussões sobre o assunto.

O tema foi abordado na sessão da última terça-feira (03/10) da Câmara Municipal de Cachoeirinha pela Presidente da Casa, Silvia Xavier, onde destacou a importância da prevenção, já que na maioria dos casos, o diagnóstico precoce é determinante para a cura da paciente.

Silvia Xavier TV Replay

Em tribuna, a presidente enfatizou a necessidade dos homens também realizarem o auto-exame, uma vez que apesar do câncer de mama ser comumente associado apenas às mulheres, os homens também podem desenvolver a doença.

Os números no Brasil

O câncer de mama é o segundo tipo de tumor mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres, excluindo-se o câncer de pele.

Estudos realizados pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA) comprovaram que em 2014 aconteceram mais de 57 mil casos de câncer de mama no Brasil.

Nos Estados Unidos, estima-se que em 2014 foram diagnosticados mais de 200 mil novos casos em mulheres e 40 mil mortes. Embora o câncer de mama atinja, com maior frequência, pessoas do sexo feminino, a doença também pode afetar os homens. Foram mais de dois mil casos e cerca de 430 mortes, nesse mesmo ano, de acordo com o National Cancer Institute.

Principais sintomas:

Nódulos palpáveis na mama ou região das axilas.

Alterações na pele que recobre o local do nódulo.

Região da mama com aspecto parecido a uma casca de laranja.

Fatores de risco:

O câncer de mama geralmente afeta as mulheres acima dos 35 anos e os principais fatores de risco são: mulher que teve a menstruação precocemente; primeira gravidez após os 30 anos; não ter filhos e menopausa depois dos 50 anos, que é considerada tardia.

O histórico familiar é também um dos principais fatores de risco, principalmente se um ou mais parentes de primeiro grau, como mãe e irmã, tiveram a doença antes dos 50 anos.

Como prevenir?

Para a prevenção do câncer de mama é importante realizar o autoexame, apalpando as mamas, que a própria mulher deve fazer mensalmente a partir dos 20 anos de idade. Esse autoexame deve ser feito entre o quarto e o sexto dia depois do fim do fluxo menstrual. As mulheres que não menstruam devem escolher uma data para fazer a avaliação.

Outro método de prevenção é fazer exame de mamografia rotineiramente de acordo com a indicação do ginecologista.  Quanto mais cedo detectar o tumor, maiores a chances de se obter a cura. Na etapa inicial da doença, a probabilidade de cura é de 95%. Além disso, é importante ter hábitos saudáveis, fazer atividade física regularmente, não fumar, ingerir pouca bebida alcoólica e ter uma alimentação equilibrada evitando alimentos gordurosos.

Referências

Instituto Nacional de Câncer
http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home+/mama/cancer_mama

Centro de Combate ao Câncer
http://www.cccancer.net/downloads/mama_net.pdf

National Cancer Institute
http://www.cancer.gov/cancertopics/types/breast

Associação de Obstetrícia e Ginecologia de do Estado de São Paulo
http://www.sogesp.com.br/canal-saude-mulher/guia-de-saude-e-bem-estar/rastreamento-do-cancer-de-mama-e-do-colo-do-utero

Hospital Albert Eintein
http://www.einstein.br/einstein-saude/vida-saudavel/crianca-e-adolescente/Paginas/ha-hora-certa-para-ser-mulher.aspx

Outubro Rosa – Câncer de mama atinge mulheres cada vez mais jovens

Campanha alerta para a necessidade do diagnóstico precoce da doença na luta pela cura: mamografias e autoexames devem fazer parte da rotina feminina

Os seios são fontes de várias simbologias em diferentes culturas. Motivo de inspiração e desejo, são também o órgão da amamentação, da feminilidade e do prazer. A mama, contudo, adoece. O câncer é o mal que mais acomete essa glândula — 28% do total de tumores —, sendo o tipo que mais provoca a morte de mulheres no Brasil. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), a estimativa é de 60 mil novos casos por ano em mulheres cada vez mais jovens. Quanto mais cedo, porém, o diagnóstico, mais chances de cura. A entidade informa que, quando descoberto no início, há 95% de probabilidade de recuperação total.

“O câncer de mama é uma patologia que, se diagnosticada precocemente, tem mais chances de ser tratada e diminui a possibilidade de tratamentos, como a quimioterapia e até a mastectomia”, explica Fernanda Salum, mastologista do Hospital Universitário de Brasília. O tratamento do câncer de mama foi uma dolorosa batalha para a coordenadora parlamentar de relações institucionais Patrícia Goulart, 52 anos, que perdeu duas irmãs para a doença. “Uma delas teve um câncer que não era compatível com o remédio, enquanto a outra apresentou sintomas muito agressivos e não teve tempo. Passei por todas as etapas, começando com o autoexame, e tenho certeza de que as medidas preventivas me fizeram estar aqui hoje”, conta.

Margareth Vicente ficou abalada com a descoberta da doença, mas a enfrentou com otimismo: "Fiquei careca, usava lenços lindos, sempre de batom". foto: Luís Nova/CB

Margareth Vicente ficou abalada com a descoberta da doença, mas a enfrentou com otimismo: “Fiquei careca, usava lenços lindos, sempre de batom”. foto: Luís Nova/CB

Após quase um ano de quimioterapia e recuperação de uma mastectomia para tirar os dois seios, Patrícia finalmente se curou. Hoje, vê as cicatrizes com naturalidade e pretende tatuar flores no local da cirurgia. Nos próximos 10 anos, ela precisa de medicamentos com hormônios. “Mas agora é vida normal. Sou divorciada, saio com frequência, conheço pessoas diferentes e, sim, eu paquero. Tive vergonha, mas hoje tenho orgulho do meu novo modelo de corpo”, comenta. Os lenços que Patrícia usou enquanto estava sem cabelos foram repassados a uma amiga. Hoje, a “sacolinha da sorte” está com a sexta “dona”. “A gente passou de uma para a outra, como um símbolo de luta, mas de sorte também.”

Com o objetivo de chamar a atenção e divulgar histórias como a de Patrícia, surgiu, na década de 1990, no Estados Unidos, a campanha Outubro rosa, hoje difundida em diversos países. No Brasil, a primeira iniciativa partiu de um grupo de mulheres, em 2002, e foi marcada pela iluminação rosa do Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo — em 2 de outubro, na comemoração dos 70 anos do encerramento da revolução, o monumento ficou iluminado com a cor da campanha.

Anos mais tarde, entidades relacionadas ao câncer de mama iluminaram de rosa monumentos e prédios em diversas cidades. Aos poucos, o Brasil foi ganhado a simbólica cor em todas as capitais e o mês de outubro tornou-se símbolo da luta pela prevenção e tratamento. “A gente vê que, em outubro, aumenta a solicitação por mamografia. A fila cresce e a quantidade de exames, também”, diz Fernanda Salum. O Ministério da Saúde registra um crescimento de 35% na realização de exames, que passou de 3 milhões, em 2010, para 4,1 milhões em 2016. Até julho deste ano, foram realizados um total de 2,1 milhões de testes.

20171001113731835547e (1)

Bom humor

A jornalista Margareth Aparecida Vicente, 56, venceu a doença. Aos 50, quando se submeteu a exames de rotina, recebeu o diagnóstico do tumor, em fase inicial. Ela diz que, no começo, ficou abalada, mas depois resolveu encarar tudo com bom humor. “Eu tinha duas opções: ou fazia o tratamento de mal com o mundo, ou fazia o tratamento de bem com tudo, o que facilitaria muito a minha vida”, ressalta. “Fiquei careca, usava lenços lindos, sempre de batom, sempre de maquiagem, não parei de trabalhar”, afirma, sorridente. No caso de Margareth, os médicos fizeram uma cirurgia chamada quadrantectomia, em que é retirado somente o quadrante onde o tumor está localizado. Quando se pensa na doença, logo vem à mente a retirada total do seio, mas isso não é uma regra. “Se o câncer for pequeno e a mama, não tão pequena, a gente consegue retirar o tumor preservando o seio”, frisa Fernanda Salum.

Na luta pela cura, Margareth percebeu a dificuldade no acesso às informações sobre a doença e na forma como as mulheres lidavam com a situação. Foi então que criou o blog Mama Mia, para falar da experiência e divulgar conhecimento sobre a patologia. “Passa a ser uma missão. O meu blog é para ajudar as pessoas de maneira bem-humorada e descontraída. Eu fazia entrevistas com médicos, esclarecendo o que é mito e o que é realidade”, conta. A partir daí, a jornalista entrou para um grupo de mulheres que têm ou tiveram câncer. Hoje, é coordenadora da turma e já ajudou mais de 4 mil pessoas a passarem pela doença com a cabeça erguida. “Somos todas amigas que se amam, trabalhamos juntas para ajudar mais mulheres, compartilhamos informações que a gente não conversa com o médico, como dicas para cabelo, unha, pele”, relata.

Prevenção

Além da mamografia, o Outubro rosa alerta para a importância do autoexame. Segundo pesquisa do Inca, de 2016, 66,2% das descobertas da doença ocorrem pelas próprias pacientes. O coordenador-geral de Oncologia do Hospital Santa Lúcia, Fernando Maluf, ressalta a importância do autoexame, mesmo em quem tem menos de 40 anos. “A incidência em mulheres novas vem aumentando”, informa. “A mamografia anual para essas mulheres não é necessária, exceto nos casos de histórico familiar.” Segundo Maluf, uma em cada 10 mulheres tem ou vai ter o tumor. “A incidência vem crescendo entre 5% e 10% nos últimos 10 anos. A população está envelhecendo, e isso (a doença) está muito relacionada à obesidade, ao sedentarismo. Os tumores femininos talvez sejam os que mais têm apresentado crescimento”, adverte.

Os sinais do corpo

Apesar de o câncer ser uma doença, na maioria das vezes, com desenvolvimento silencioso, algumas mulheres sentem mudanças no corpo. Os sintomas incluem nódulo na mama, secreção com sangue pelo mamilo e alterações na forma ou na textura do mamilo ou da mama. O tratamento depende da fase do tumor. Pode incluir quimioterapia, radioterapia e cirurgia.

“Envolve, na maioria, cirurgia e radioterapia. Em 70% dos casos, também são feitos tratamentos anti-hormonais”, explica o coordenador-geral de Oncologia do Hospital Santa Lúcia, Fernando Maluf. Esses procedimentos se tornam mais complicados conforme o estágio do tumor. “Quando está avançando e é agressivo, ou quando a mulher não faz acompanhamento, a taxa de cura cai para 50%, 40%.”

É consenso entre especialistas e mulheres curadas que a doença não deve ser encarada como um bicho de sete cabeças. Em 19 de outubro, é comemorado o Dia Internacional contra o Câncer de Mama, que, mais uma vez, lembra a todas de cuidar da própria saúde.

Por: Aline Brito - Correio Braziliense

Por: Bernardo Bittar - Correio Braziliense

Canhotinho-PE: Academia das Cidades recebeu aulão especial do Outubro Rosa

O Espaço FisioVida promoveu um momento especial em alusão ao Outubro Rosa, o mês de conscientização e prevenção do câncer de mama.

O evento aconteceu na noite desta quarta-feira (26), na Academia das Cidades, em Canhotinho, no Agreste Pernambucano.

Entre as atividades, tivemos um aulão de Pilates, com a Drª Mellise Ramos, palestra com a Psicóloga Thyale Velozo e foi servido um delicioso e saudável lanche com a Nutricionista Yasmin Castanha.

Dezenas de mulheres participaram do momento. Alguns homens também se fizeram presentes.

Nossa equipe também prestigiou o evento e conversou com as profissionais envolvidas na organização. Confira!

Mellise Ramos – Fisioterapeuta:

dscf5643Yasmin Castanha – Nutricionista:

dscf5644Thyale Velozo – Psicóloga:

dscf5648Simone Maria Nascimento – Aluna de Pilates:

dscf5651Parabéns a toda a equipe envolvida e parabéns também a todas as mulheres e homens que participaram deste belíssimo evento!

dscf5611 dscf5612 dscf5613 dscf5615 dscf5616 dscf5617 dscf5618 dscf5619 dscf5620 dscf5622 dscf5624 dscf5625 dscf5626 dscf5628 dscf5629 dscf5630 dscf5632 dscf5633 dscf5634 dscf5635 dscf5637 dscf5639 dscf5641 dscf5642 Fotos e reportagem: João Darlleson

TV Nova Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Secretarias de Saúde e Assistência Social em parceria encerram o Outubro Rosa e dão início ao Novembro Azul

A cidade de Cachoeirinha-PE durante o mês passado, vivenciou o “Outubro Rosa”, uma programação nacional que tem por objetivo proporcionar às mulheres uma atenção maior na sua saúde principalmente no quesito Câncer de Mama. No município aconteceram aulas de Zumba, realização de exames e atendimentos nos PSF’s (Programa Saúde da Família) de todos os bairros da cidade.

Na noite da última quarta-feira (04), aconteceu o encerramento do Outubro Rosa, onde representantes das secretarias de Saúde (Diretora Marisla Macedo) e de Assistência Social (Secretária Andréa Paula) estiveram presentes. Na ocasião, aulas de aeroboxe e zumba marcaram a noite, onde um grande público de mulheres de todas as idades e alguns homens estiveram participando do evento.

Fechando as programações do Outubro Rosa, Márcia Carla, uma paciente residente na cidade, agente de saúde, diagnosticada com cancêr de mama, deu seu depoimento de cura e levou grande parte do público a se emocionar; ela foi acometida pela doença em 2014, e na noite desta quarta-feira, relatou sua luta até chegar ao momento da vitória.

Márcia passou por cirurgias, quimioterapias, radioterapias, exames e mais exames para que nesta quarta (04) pudesse contar seu testemunho. Tendo Deus como o responsável por sua cura, Márcia cantou com o público uma canção que emocionou a todos e a mesma fez questão de dizer às mulheres que a prevenção da doença logo no início, a probabilidade dos resultados serem positivos é bem maior.

márcia

Além do encerramento do Outubro Rosa, deu-se início as programações do Novembro Azul, um mês voltado para o combate ao Câncer de Próstata. Homens a partir de 50 anos (ou 45, se houver casos de câncer de próstata na família) devem procurar seus PSF’s (Programa Saúde da Família) para realização dos exames preventivos desta doença que tem levado muitos homens a óbito.

Exercício físico foi o que não faltou durante a programação. Movimentos de boxe, com ritmos que embalaram o público, mexeram os esqueletos dos homens e mulheres presentes.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21

IMG_20151104_182235658 IMG_20151104_182252025 IMG_20151104_182410186 IMG_20151104_182429017 IMG_20151104_183057737 IMG_20151104_183107480 IMG_20151104_184931930 IMG_20151104_185226685 IMG_20151104_185232712 IMG_20151104_185240519 IMG_20151104_185248821

1

Estas ações realizadas no município são mais que plausíveis, pois elas são a concretização do direito à saúde de qualidade do cidadão brasileiro. É importante que a população valorize estas oportunidades e cuidem de sua saúde, preservando seu corpo e sua vida dos perigos da morte.

TV Nova Replay, o que é bom se repete!

Brejo da Madre de Deus-PE: Prefeitura promove dia de mobilização da campanha Outubro Rosa no município

A Prefeitura de Brejo da Madre de Deus-PE, através da atenção básica da Secretária Municipal de Saúde, realizou nesta segunda-feira (19), em Brejo Sede, um dia de mobilização da Campanha Outubro Rosa.

O evento aconteceu na Academia da Saúde Rui Uchôa, onde na ocasião houveram marcações de exames, palestras e informações foram ministradas por profissionais de saúde e tiraram as duvidas das mulheres presentes.

Um café da manhã com frutas foi oferecido às participantes; na próxima quinta-feira (22), outras atividades acontecerão no distrito de São Domingos, na quadra da Escola Municipal Santa Maria.

10353168_1475498412759703_2675203680737258751_n 10460777_1475497879426423_1593572927033658990_n 10888489_1475497779426433_569929024375832741_n 12088321_1475497579426453_7935536926034747360_n 12088391_1475497702759774_4141957908899311542_n 12088561_1475498119426399_9046576772513992140_n 12105877_1475498502759694_6679274563367708120_n 12105899_1475497976093080_8200500482827573630_n 12106763_1475497689426442_6448274620055625502_n 12107003_1475498269426384_1396134099072248751_n 12107056_1475498179426393_2478350423765184911_n 12107840_1475498626093015_4893311103082139376_n 12108790_1475498176093060_7091332442690657085_n 12108960_1475497766093101_6219449952987999989_n 12108997_1475498022759742_2191026511233480527_n 12109141_1475497866093091_6274100813344662219_n 12112289_1475498619426349_6352602653640134694_n 12122786_1475497492759795_3580161217478552174_n 12140611_1475497566093121_3756901810680635395_n 12140680_1475498326093045_2944242035203293709_n 12144695_1475498482759696_2642713572950791065_n

Fotos: Roni

Texto: Reprodução/ Ascom Brejo

TV Replay, o que é bom se repete!

Brasil avança no diagnóstico do câncer de mama

Desde a década 90, o mês de outubro tem sido dedicado ao trabalho de conscientização sobre o câncer de mama, tipo mais letal entre as mulheres e que afeta, por ano, mais de 57 mil brasileiras. Este ano, a campanha do Ministério da Saúde e o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), “Câncer de mama: vamos falar sobre isso?”, tem como objetivo desconstruir os mitos associados à doença. Entre os alertas, a importância da detecção precoce, a partir da orientação do médico e da realização da mamografia.

Nos últimos anos, o acesso a exames no Sistema Único de Saúde, assim como tratamento da doença tem sido ampliado gradativamente. De janeiro a junho de 2015 foram realizados 1,8 milhão de mamografias no país, 31% a mais que no mesmo período de 2010 (1,4 milhão de exames). O crescimento é ainda maior, de 51%, quando comparados os exames realizados entre mulheres de 50 a 69 anos (faixa etária prioritária) nos primeiros semestres de 2010 (724.409) com 2015 (1.092.577).

As Regiões Norte e Nordeste foram as que mais registraram crescimento, quando comparado o primeiro semestre deste ano com o mesmo período dos últimos cinco anos. Na Região Norte o aumento foi de mais de 100%, tanto no geral quanto na faixa prioritária, passando de 29.114 para 63.745, no geral, e de 14.376 para 33.963, na faixa prioritária. No Nordeste, o principal aumento foi na faixa prioritária, ampliando em cinco vezes o número de mamografias realizadas, passando de 124 mil para 629.517. No geral, o número de exames saltou de 261.341 para 401.421.

Na comparação com anos fechados, o total de mamografias realizadas na faixa etária prioritária aumentou 61,9% entre 2010 (1.547.411) e 2014 (2.506.339). Já em números totais desses exames, o aumento foi de 41,8% entre 2010 (3.035.421) e 2014 (4.304.619).

O Sistema Único de Saúde (SUS) garante a oferta gratuita de exame de mamografia para as mulheres brasileiras em todas as faixas etárias. A faixa dos 50 aos 69 anos é definida como público prioritário para a realização do exame preventivo pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e seguida pelo Ministério da Saúde baseado em estudos que comprovam maior incidência da doença e maior eficiência do exame.

O rastreamento é uma estratégia de detecção precoce utilizada em políticas públicas para populações-alvo específicas a fim de reduzir a mortalidade por uma determinada doença. Essas diretrizes visam aprimorar a política de atenção ao câncer, garantindo também que todas as mulheres, independente da idade, com pedido médico, façam o exame. Desta forma, o Ministério da Saúde tem garantido investimento crescente na assistência oncológica, com ampliação de 45% dos recursos nos últimos quatro anos, totalizando R$ 3,3 bilhões em 2014.

MOBILIZAÇÃO – Neste Outubro Rosa, a campanha vai enfatizar para as mulheres que buscar informações confiáveis constituem importante estratégia para a detecção precoce e o controle do câncer de mama. Há consenso científico atualmente sobre a influência de fatores comportamentais no desenvolvimento de diversas doenças, inclusive o câncer de mama. Manter uma alimentação saudável, praticar atividade física regularmente e evitar o consumo de bebidas alcoólicas podem contribuir para a redução do risco de desenvolver câncer de mama.

O movimento popular Outubro Rosa é internacional. Em qualquer lugar do mundo, a iluminação rosa é compreendida como a união dos povos pela saúde feminina. Em Brasília, o prédio Central do Ministério da Saúde, o Congresso Nacional e outros monumentos públicos estão iluminados com luzes cor-de-rosa. O movimento também está presente em várias partes do país.

INCA - Para estabelecer e fomentar a comunicação com as mulheres e a população sobre o câncer de mama, a campanha do INCA deste ano vai contar com cartaz, filipeta, e hotsite (www.inca.gov.br/outubro-rosa), além de inserções nas mídias sociais do Ministério da Saúde (facebook, twitter e Blog da Saúde).

Outra ação de comunicação promovida pelo Instituto é a exposição “A Mulher e o Câncer de Mama no Brasil”, que aborda aspectos históricos, médicos e culturais das mamas, com atenção especial ao câncer e à evolução das ações para o seu controle no Brasil. Iniciativa do INCA e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a mostra é composta por 22 painéis que serão dispostos no Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro em parceria com o Consórcio BRT.

A exposição também conta com uma versão digital que pode ser exibida em eventos e iniciativas de mobilização. Os interessados devem entrar em contato com o INCA pelo e-mail atencao_oncologica@inca.gov.br e fazer a solicitação do material.

Do Portal da Saúde

TV Replay, o que é bom se repete!

Escada-PE: Outubro Rosa chega com caminhada pelas ruas da cidade

Nesta quarta-feira (07/10), aconteceu na cidade de Escada, Zona da Mata Sul de Pernambuco, a caminhada em combate ao câncer de mama, sendo este mês inteiramente dedicado às mulheres, e nacionalmente conhecido como “Outubro rosa”. A Secretaria de Saúde do município em conjunto com os profissionais da área de saúde, estiveram reunidos com a população no centro da cidade, e saíram em caminhada focando a campanha no combate ao câncer de mama.
12118868_883895541679474_2441560395440297924_n
Algumas escolas do município também estiveram sendo representadas por seus alunos e professores, e com cartazes, uniram forças contra esse mal que tem atingido muitas mulheres, mas que pode ser evitado se forem tomados alguns cuidados na prevenção da doença.
12109292_883894631679565_4885249266231043533_n
A prefeitura do município durante os últimos meses que antecederam a campanha, tem disponibilizado para os bairros, exames de mamografia, a fim de levar melhores condições de saúde para os munícipes, tornando a ação mais prática e de forma tranquila para todos.
12141672_883895005012861_3370208195257176504_n 12107811_883895708346124_2296375807661240211_n 12096113_883895465012815_501492715372191078_n 12079419_883895095012852_4859631308621460394_n 12074820_883894658346229_1491373932231255058_n 12072734_883896005012761_8800014192905164655_n 12043063_883895635012798_6391578302332142975_nImagens: Página oficial da Prefeitura de Escada.
TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Câmara Municipal pode ter fachada rosa a pedido do vereador Carlos Santos

Na 54ª Reunião da 3ª Sessão Legislativa Ordinária da 16ª Legislatura, da Câmara Municipal de Caruaru, realizada na noite dessa terça-feira (06.10), o vereador Pastor Carlos Santos (PRB), fez um pedido para que a fachada da Casa Jornalista José Carlos Florêncio, durante este mês, fique na cor rosa, em alusão ao movimento “Outubro Rosa”.

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama. 

A história do Outubro Rosa remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e, desde então, promovida anualmente na cidade.

A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes, teatros e etc. surgiu posteriormente, e não há uma informação oficial, de como, quando e onde foi efetuada a primeira iluminação. O importante é que foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e que, principalmente, pudesse ser replicada em qualquer lugar, bastando apenas adequar a iluminação já existente. 

A popularidade do Outubro Rosa alcançou o mundo de forma bonita, elegante e feminina, motivando e unindo diversos povos em em torno de tão nobre causa. Isso faz que a iluminação em rosa assuma importante papel, pois tornou-se uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo.

Confira!

pastor carlos 1 Pastor carlos

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Centro de Oncologia divulga programação do “Outubro Rosa”

Anualmente o Centro de Oncologia da cidade de Caruaru-PE realiza o evento “Outubro Rosa”, um mês dedicado ao diagnóstico precoce do câncer de mama e aos cuidados dos paciente já diagnosticados com a doença.

A programação deste ano de 2015 está voltada apenas para os pacientes e seus acompanhantes, no CEOC e Hospital Santa Águeda. Destaca-se a “Caminhada pelo diagnóstico precoce do Câncer de Mama e Próstata” , a ser realizada entre o Centro de Oncologia de Caruaru ( Av. Marijó de FArias, 220 Universitário) até o Hospital Santa Águeda (Av. Portugal, 1357 Universitário) no dia 30/10/2015, às 7h.

Para este evento, toda a população está convidada para participar e a equipe do Centro de Oncologia está a disposição para divulgar e ampliar a discussão sobre a importância do diagnóstico precoce de doenças como o câncer de mama e de próstata (o mês de novembro é o mês dedicado a prevenção desta doença).

Além destas programações, existem alguns projetos de humanização já implantados e o Centro de Oncologia deseja difundir a ideia para outros serviços de saúde, são eles: A biblioteca do paciente, e um projeto de acompanhantes e pacientes na sala de espera com artesanato.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO OUTUBRO ROSA:

programação outubro rosaTV Replay, o que é bom se repete!

Brasília-DF: Templo da Boa Vontade promove conscientização de prevenção ao Câncer de Mama‏

Com o intuito de conscientizar e alertar milhares de mulheres sobre a importância da prevenção ao câncer de mama, o Templo da Boa Vontade (TBV), o monumento mais visitado de Brasília/DF, segundo dados da Secretaria de Estado de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF), aderiu à campanha “Outubro Rosa”. A iniciativa internacional visa colorir, durante todo o mês, monumentos, prédios públicos, pontes e igrejas com a coloração rosa, para remeter à cor do laço que simboliza a luta contra a doença.

Templo da Boa Vontade 1 - Outubro Rosa - Créditos José Gonçalo

 Além de receber a iluminação especial, o TBV promoverá também, todos os dias do mês de outubro, às 18h, uma corrente ecumênica de preces, em súplica pela saúde das pessoas e famílias que sofrem com a enfermidade.

No Brasil, as taxas de mortalidade por essa causa são muito elevadas, pois, ainda, a doença é diagnosticada em estágios avançados. Para isso, a Legião da Boa Vontade (LBV) também intensificará nas suas 79 unidades de atendimento às populações em situação de vulnerabilidade, as ações de conscientização, valorizando a vida da mulher. As atividades podem ser conferidas no site www.lbv.org.

O Templo da Boa Vontade está localizado no SGAS 915, Lotes 75 e 76, Brasília/DF. Para mais informações, acesse www.tbv.com.br/blog ou ligue (61) 3114-1070.

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Outubro Rosa tem abertura com aula de Zumba, incentivando as mulheres às práticas saudáveis

Na noite da última sexta-feira (02), a Academia das Cidades de Cachoeirinha, Agreste Pernambucano, foi palco de muito suor derramado e calorias queimadas durante uma Aula de Zumba, que contou com um público de mulheres de todas as idades.

A abertura do Outubro Rosa, um movimento programado que se estenderá durante todo o mês e é direcionado para o atendimento à todas as mulheres do município, contou com o apoio da equipe da secretaria de saúde, em conjunto com a Secretaria de Assistência Social. A representante da secretaria de saúde do estado, Betânia Ribeiro, ministrou uma palestra referente aos cuidados com a saúde da mulher.

IMG_20151002_183137960

Betânia Ribeiro

Logo após, deu-se início à aula de Zumba, onde o professor Gilmar Xavier juntamente com a professora Romana Thalia, fizeram todas as mulheres dançarem aos ritmos da modalidade esportiva.

Equipe da secretaria de Saúde

Equipe da Secretaria de Saúde

IMG_20151002_183852324

Professores Gilmar e Romana

Professores Gilmar e Romana

IMG_20151002_183252522 IMG_20151002_183221289 IMG_20151002_190834661

IMG_20151002_182913976 IMG_20151002_183052935 (1) IMG_20151002_183147310 IMG_20151002_183152182 IMG_20151002_183157237 IMG_20151002_183339463 IMG_20151002_183442809 IMG_20151002_183457148 IMG_20151002_183504919 IMG_20151002_183901289 IMG_20151002_183905729 IMG_20151002_184016923 IMG_20151002_184418870 IMG_20151002_184536736 IMG_20151002_184633585 IMG_20151002_184916507 IMG_20151002_185351470 IMG_20151002_185431204 IMG_20151002_185545668

Mulheres cachoeirinhenses, estejam atentas às próximas programações, para que possam ser assistidas pelas equipes que estarão realizando os atendimentos médicos durante todo este mês,  mês dedicado inteiramente à saúde da mulher no combate ao câncer de mama.

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Programações do Outubro Rosa iniciam-se nesta sexta (02) no município

01

O Outubro Rosa é um movimento que se originou nos Estados Unidos, na década de 1990, e tem como objetivo estimular a participação da sociedade no combate ao Câncer de Mama. Durante todo o mês, celebrações são realizadas a partir de eventos que contam com palestras, realizações de exames, atendimentos médicos e tudo isto, no intuito de conscientizar e informar à população feminina, os riscos e cuidados desta doença.

A cidade de Cachoeirinha-PE não ficará de fora. A partir desta sexta-feira (02), será iniciada uma série de programações durante todo o mês de outubro, direcionadas a todas as mulheres cachoeirinhenses.

A abertura será nesta sexta (03), na Academia das Cidades, a partir das 18h. Serão realizadas palestras com a equipe do NASF (Núcleos de Apoio à Saúde da Família) e com a Dra. Denúsia Elias. Um stand será instalado, e na ocasião, serão realizadas Aferição de Pressão, Medição de Glicemia e realização de testes rápidos de HIV. Para finalizar o primeiro dia da programação, haverá uma Aula de Zumba, com o professor Gilmar Xavier e contará com o paredão de Valdir.

CONFIRA TODA A PROGRAMAÇÃO DO OUTUBRO ROSA:

  • 08/10 – Missa para as mulheres;
  • 08 e 22/ 10 – Realização de vacinação: influenza, hepatite b;
  • 16 e 30/10 – Aulas de Zumba;
  • 05, 19, 26/10 – Palestra da equipe do NASF na Policlínica;
  • 30/10ENCERRAMENTO: Palestra com psicólogo Matheus; Stand da saúde.

Programação das Equipes de Saúde da Família:

  • Palestras com a equipe do NASF;
  • Consultas médicas de orientação e encaminhamento;
  • Exames de citologia;
  • Atendimento odontológico.
  1. 07/10 – PSF Vila Pombos;
  2. 13/10 – PSF Centro;
  3. 14/10 – PSF – Vila Noêmia;
  4. 19/10 – PSF Caldeirão;
  5. 21/10 – PSF Vila Tancredo Neves;
  6. 26/10 – PSF Vila Cabanas;
  7. 27/10 – PSF Centro II;
  8. 28/10 – PSF VilaLacasa.

É importante que todas as mulheres cachoeirinhenses estejam engajadas neste evento, visto que toda atenção e todo atendimento será voltado para a saúde da mulher no combate ao câncer de mama. O Outubro Rosa está sendo direcionado pela Secretaria de Saúde, de Assistência Social em parceria com a Prefeitura.

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Secretarias em parceria encerram o “OUTUBRO ROSA – mês dedicado a mulher” intensificando serviços prestados

O encerramento do mês dedicado a atenção às mulheres em relação à prevenção de doenças como o câncer de mama e colo de útero, foi realizado na cidade de Cachoeirinha, em uma parceria entre as secretarias de saúde e ação social com serviços prestados à comunidade. Na manhã desta quarta-feira (29), na Academia das Cidades o “Outubro Rosa” teve suas ações intensificadas na prestação de serviços sociais e serviços de Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

No local foram oferecidos serviços como teste rápido de sífilis e HIV, aferição de pressão, HGT (glicose), palestras sobre prevenção de doenças no colo do útero e mama. 

Decorado em cor de rosa, o local recebeu faixas e cartazes do referido mês.

Na ocasião a Secretária de Ação Social, Andréa Paula, reforçou a parceria das secretarias para um melhor atendimento a sociedade.

O agente de saúde, Manoel Morais, falou sobre a importância das mulheres estarem periodicamente realizando os exames de saúde para detectar o quanto antes alguma anormalidade.

??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ???????????????????????????????

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Canhotinho-PE: “Dia D” da campanha Outubro Rosa é vivenciado no município

A campanha Outubro Rosa, que conscientiza, principalmente as mulheres, sobre a importância da prevenção do câncer de mama, teve seu momento de culminância na manhã desta quarta-feira, dia 29.

O evento começou em frente à secretaria de saúde, onde, em seguida, desceram em caminhada até o centro da cidade, exibindo cartazes para a conscientização da população.

No centro da cidade, algumas mulheres que tiveram câncer, ou algum caso na família, deram seus depoimentos de luta e vitória contra a doença.

Para encerrar, o Sr. Severino, deficiente visual, cantou algumas músicas de sua autoria.

 DSCF3246 DSCF3247 DSCF3248 DSCF3250 DSCF3251 DSCF3252 DSCF3253 DSCF3254 DSCF3255 DSCF3257 DSCF3258 DSCF3259 DSCF3261 DSCF3262 DSCF3264 DSCF3267 DSCF3272 DSCF3275 DSCF3276 DSCF3279 DSCF3280 DSCF3282

TV Replay, o que é bom se repete!

Bezerros-PE: O Rotary Club da cidade no apoio pelo Rosa contra o Câncer de Mama    

Todos os anos, no Brasil, cerca de 50 mil mulheres são diagnosticadas com câncer de mama – o tipo com maior taxa de mortalidade entre o sexo feminino, sendo hoje comum também no sexo masculino.

Para reduzir o índice de mortalidade, deve-se realizar a mamografia de rastreamento periodicamente.

Ao contrário do que todos podem pensar, não são apenas as mulheres de baixo nível sócio econômico, ou baixa escolaridade, as que evitam fazer o exame de mamografia. Grande parte da população, incluindo mulheres com acesso a clínicas particulares, não fazem esse exame regularmente, não levam seus idosos para o fazer e não ensinam suas filhas a fazê-lo. É preciso a participação de toda a sociedade para se reverter este quadro.

Foto: Reprodução Internet

Foto: Reprodução Internet

A Programação da Campanha Outubro Rosa do Rotary Club de Bezerros, iniciou na última terça -feira, dia 14 de outubro com um encontro especial com o Governador Distrital Eduardo Mota, onde abordamos na pauta a Prevenção contra o Câncer de Mama. O Clube terá em sua programação  palestras para divulgação e conscientização nas escolas

A cor rosa simboliza o movimento . Toda a mobilização em torno da doença começou em 1990, em Nova York, quando a fundação Susan G. Komen distribuiu um laço cor de rosa, numa ação que ficou conhecida como “Corrida pela Cura”. O laço se tornou simbólico e adquiriu popularidade e assim usamos o laço rosa aderindo simbolicamente a campanha.

É missão do Rotary trabalhar em prol das causas nobres e do bem comum e é assim o que o RC Bezerros tem desempenhado através de seus sócios trabalhos que visam sobretudo estabelecer a melhoria de uma comunidade.

TV Replay, o que é bom se repete!

Garanhuns-PE: Dia “Dia D” do Outubro Rosa é realizado nesta sexta-feira (24)

A sexta-feira (24), em Garanhuns, será marcada pelo chamado “Dia D” do Outubro Rosa, campanha que tem mobilizado mulheres em todo o mundo, quanto à importância em diagnosticar precocemente o câncer de mama e de colo do útero. O dia de mobilização, que iniciará às 8h e será realizado no Espaço Colunata, no centro da cidade, contará com ações de diversas áreas, beneficiando, especialmente o público feminino e os interessados, de uma forma geral. As atividades do dia acontecerão até às 16h.

O momento será realizado em cinco salas, montadas no Espaço Colunata, que atenderão às mulheres, conscientizando-as à respeito do diagnóstico e tratamento do câncer de mama e colo uterino, além de oferecer exames clínicos. As salas disponibilizarão citologias e solicitação de mamografias, classificação sanguínea, testes rápidos de HIV e sífilis, atendimento de saúde bucal e atendimento à violência contra a mulher e o idoso.

Na ocasião, também serão montadas tendas, que oferecerão palestras, serviços de beleza e apresentações culturais. De acordo com a coordenadora do Outubro Rosa, Robécia Assunção: “Com esse dia de mobilização, acredito que serão fortalecidos os laços, em prol do combate ao câncer de mama e colo do útero, beneficiando a saúde da população, pois aumentando a prevenção, consequentemente, diminuirá o índice de câncer, em nosso município”.

Realizado pela Secretaria de Saúde de Garanhuns, o “Dia D” tem como parcerias as secretarias da Mulher e de Cultura, Centro de Enfrentamento à Violência contra o Idoso de Garanhuns (Neviga), Centro de Testagem Anônima (CTA), Centro de Ensino Técnico de Arcoverde (Ceta), Citocore (Laboratório de Análises Clínicas e Citopatologia), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Mary Kay, Centro de Atenção Psicossocial (Caps), Centro de Especialidades da Mulher e da Criança (Cesmuc) e o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). As ações da campanha, em Garanhuns, seguem até o dia 31.

unnamed

TV Replay, o que é bom se repete!

Petrolina-PE: River Shopping ilumina fachada para o Outubro Rosa

Em apoio à campanha mundial Outubro Rosa, que alerta sobre a prevenção e o combate ao câncer de mama, o River Shopping, em Petrolina, iluminou a fachada na cor da ação. Até o final do mês, a luz rosa irá lembrar a importância do diagnóstico precoce. O símbolo da campanha, o laço rosa, foi distribuído para os colaboradores do Shopping e estará afixado nas fardas. “Recebemos um grande público diariamente. É importante que as pessoas se conscientizem que o diagnóstico precoce auxilia bastante no sucesso do tratamento. A importância do autoexame também é um dos pontos que a campanha reforça”, diz a gerente de Marketing do River Shopping, Eliária Reis.

Outras ações – Todos os anos, o River Shopping apoia a Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (APAMI), que monta quiosque no Shopping para divulgar informações, esclarecer dúvidas da população e comercializar produtos cuja renda é revertida para ações de combate ao câncer de mama.

unnamed

 

TV Replay, o que é bom se repete!

Garanhuns-PE: Abertura oficial do Outubro Rosa na cidade

A campanha “Outubro Rosa”, que marca todo o mês de outubro no mundo, com ações de combate ao câncer de mama e colo do útero, teve sua abertura oficial, em Garanhuns, na noite de ontem (01), no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti. A campanha tem como objetivo sensibilizar e conscientizar a população feminina à respeito da importância do diagnóstico precoce e prevenção referentes ao câncer de mama e também câncer do colo do útero. Durante a campanha serão intensificadas as ações voltadas à saúde feminina em Garanhuns, com o intuito de promover a saúde e qualidade de vida desse público.

unnamed (1)

Foto: Sandra Gonçalves

unnamed (2) unnamed (3) unnamed

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Outubro Rosa – Programação CEOC e Hospital Santa Águeda

Anualmente realizamos o evento “Outubro Rosa”, um mês dedicado ao diagnóstico precoce do câncer de mama e aos cuidados dos nossos paciente (já diagnosticados com a doença).

A programação em anexo é voltada apenas para os pacientes e seus acompanhantes, no CEOC e Hospital Santa Águeda. Em anexo segue também o cartaz da caminhada PELO DIAGNÓSTICO PRECOCE DO CÂNCER DE MAMA, a ser realizada no dia 22/10, esta será realizada entre o Hospital Santa Águeda, localizado na Av. Portugal 1357, Mauricio de Nassau, até o Centro de Oncologia de Caruaru. Para este evento convidamos toda população.

esaesa

easesaeasea

TV Replay, o que é bom se repete!

Garanhuns-PE: Outubro Rosa tem abertura oficial nesta quarta-feira

Amanhã (01) será a abertura oficial do Outubro Rosa em Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco. A campanha é direcionada ao combate ao câncer de mama e colo do útero.  A abertura oficial será realizada no Teatro Luiz Souto Dourado, no Centro Cultural Alfredo Leite, a partir das 19h. O Governo Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, aderiu à campanha que ofertará diversas ações voltadas à saúde da mulher no município.

O evento de abertura iniciará com a apresentação do coral da Igreja Presbiteriana. Em seguida, a agente comunitária de saúde, da Unidade de Saúde da Família (USF) do Indiano, Marília Gabriela, fará uma entrevista com o mastologista Paulo Batista, abordando questões relacionadas à prevenção do câncer de mama. Também será realizada, na ocasião, uma encenação à respeito da importância da prevenção do câncer de colo do útero. Um agente de endemias de Garanhuns, Edson Bezerra, declamará uma poesia autoral, que será seguida por uma encenação com o tema “O conflito entre a vida e a morte”, e um depoimento de uma portadora de câncer de mama.

A campanha tem como objetivo sensibilizar e conscientizar a população feminina à respeito da importância do diagnóstico precoce, não somente referente ao câncer de mama, como também a prevenção do câncer do colo do útero. Durante todo o mês de outubro, será intensificada, a atenção da saúde feminina em Garanhuns, com o intuito de promover a saúde e qualidade de vida desse público.

unnamed (1)

TV Replay, o que é bom se repete!

Garanhuns-PE: Cidade realizará programação especial no Outubro Rosa e Novembro Azul

Os meses de outubro e novembro são marcados pelas campanhas mundiais de prevenção ao câncer. A primeira, conhecida como “Outubro Rosa”, a campanha é direcionada ao combate ao câncer de mama e do colo do útero, e o “Novembro Azul”, ao câncer de próstata. O Governo Municipal de Garanhuns, por meio da Secretaria de Saúde, com o objetivo de promover uma melhoria na qualidade de vida da sociedade e atuar de maneira preventiva, aderiu às campanhas.

Simbolizando a luta contra o câncer de mama, no Outubro Rosa, serão intensificadas as ações de prevenção e detecção do câncer de mama e colo do útero. A campanha terá abertura oficial no dia 1º de outubro, às 19h, no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti. Durante todo o mês, de segunda a sexta-feira, todos os postos de saúde estarão realizando mamografias, abordando de mulheres de 50 a 65 anos de idade, para as demais idades, é necessário uma solicitação pelo médico de cada unidade, e exames citopatológicos (Papanicolau). Nas sextas-feiras, além dos postos de saúde, haverá também atendimentos no Centro de Especialidades em Saúde da Mulher e da Criança (Cesmuc), antigo Hospital Municipal.

Já o mês de novembro é internacionalmente dedicado às ações para sensibilizar e conscientizar a população masculina quanto à importância da prevenção do câncer de próstata. A abertura da campanha será com uma caminhada, no dia 1º de novembro. Em Garanhuns, durante todo o mês de novembro, as unidades de saúde realizarão atividades voltadas à saúde do homem.

Nesses dois meses serão promovidas discussões sobre a saúde feminina e masculina e a necessidade de vigilância dos cânceres de mama e próstata. O secretário da Saúde, Arlindo Ramalho, fala sobre as campanhas. “É um momento de suma importância para o município, pois é uma forma de mobilizar toda a sociedade para a prevenção dos cânceres de mama, colo do útero e próstata, visando a saúde e qualidade de vida da sociedade”, comentou. Durante esse período serão intensificadas as ações de orientação em saúde, detecção, encaminhamentos, exames clínicos, tratamentos, incentivo a prevenção e alerta sobre a importância do diagnóstico precoce.

Foto: imagem internet

Foto: imagem internet

TV Replay, o que é bom se repete!

Petrolina-PE: Quiosque Outubro Rosa no River Shopping funciona até 30 de setembro

Quem ainda não conheceu os produtos do Quiosque Outubro Rosa pode passar no River Shopping até a próxima terça-feira (30 de setembro). Instalado entre as lojas Marisa e C&A, o espaço comercializa itens como chaveiros, canetas, garrafas, coolers, chinelos e canecas, todos personalizados. A iniciativa é da Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (APAMI).

O quiosque funciona de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos das 14h às 20h. A campanha Outubro Rosa é realizada no mundo inteiro com o objetivo de mobilizar a sociedade por meio de informações e diversas atividades de combate ao câncer de mama.

Serviço:

Quiosque Outubro Rosa no River Shopping
Período: até 30 de setembro
Funcionamento: segunda a sábado, das 10h às 22h; aos domingos das 14h às 20h.
Endereço: Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, 100 – Centro – Petrolina-PE

unnamed (1)

TV Replay, o que é bom se repete!

Petrolina-PE: River Shopping recebe quiosque do Outubro Rosa

A partir deste sábado (6), começa a funcionar no River Shopping, em Petrolina, o quiosque do Outubro Rosa. Instalado entre as lojas Marisa e C&A, no espaço poderão ser feitas as inscrições para a “3ª Caminhada e Corrida de Rua Outubro Rosa”, que ocorre no dia 18 de outubro. As inscrições custam R$ 40 para o público em geral, R$ 20 para idosos acima dos 60 anos e é gratuita para as pessoas com deficiência. Além disso, serão comercializados itens como chaveiros, canetas, garrafas, colers, chinelos e canecas, todos personalizados.

O quiosque irá funcionar até o dia 30 de setembro: de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos das 14h às 20h. A organização é da Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (APAMI). A campanha Outubro Rosa é realizada no mundo inteiro com o objetivo de mobilizar a sociedade por meio de informações e diversas atividades sobre o combate ao câncer de mama.

Serviço:

Quiosque Outubro Rosa no River Shopping

Período: de 6 a 30 de setembro

Funcionamento: segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos das 14h às 20h.

Endereço: Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, 100 – Centro – Petrolina-PE

unnamed (2) unnamed

TV Replay, o que é bom se repete!

Lajedo-PE: Encerramento do Outubro Rosa é comemorado com alegria pelos profissionais

Na manhã desta quarta-feira (30), aconteceu o encerramento do Outubro Rosa, mês dedicado a saúde da mulher. Entre vários serviços oferecidos neste dia de encerramento houveram cortes de cabelo, limpeza de pele, massagem corporal, etc… Durante toda a manhã mulheres e homens utilizaram os serviços prestados pela secretaria de saúde.

Uma das maiores filas estavam para saber o tipo sanguíneo.

DSCF0226

Em entrevista, a Drª Michelline Pedroza falou da importância da participação de todos nessa campanha:

” A leitura que eu faço é que foi o maior sucesso de uma campanha municipal feita na nossa cidade, onde houve a adesão de todos participantes da saúde em massa, principalmente os Agentes de saúde Comunitária que se mobilizaram para que essa campanha fosse um grande sucesso como aconteceu aqui na nossa cidade… a participação feminina foi muito efetiva, a gente não esperava um resultado tão satisfatório, superou as nossas expectativas, foi cerca de 4 vezes maior o que a gente tinha esperado para comportar…”

DSCF0265

A secretária de Saúde do município, Tatiana Luciano Freire, também falou à TV Replay com muita alegria pelo sucesso do Projeto na cidade de Lajedo:

“Eu posso definir numa palavra só: Excelente. Por que nós estabelecemos uma meta de 500 exames e nós fizemos quase 2.000 exames, então eu não tenho palavras para descrever o Outubro Rosa, realmente o resultado foi excelente… nossas Unidades estavam sempre lotadas nos dias de campanha, atendíamos manha e tarde, na quarta-feira chegamos a atender até as 6 da tarde nos PSF’s e no Boa Vida. Onde teve mais demanda foi no Projeto Boa Vida, então era 300 atendimentos por semana no mínimo, então foi realmente muito satisfatório e elas realmente continuam buscando nossos serviços, e não vai parar por aqui não, tenho certeza!”

A vereadora Lêda que foi homenageada no Outubro Rosa, ressaltou a importância do Projeto e da prevenção:

“Que esse mês não fique só em outubro, que todos os outros meses é importante, se eu tivesse feito a prevenção quando eu fiz 40 anos, eu não tinha passado pelo que eu passei, porque eu nunca tinha feito a ultrassom e nem a mamografia e quando foi com 42 anos no exame que eu fiz durante o banho, eu observei que eu tinha uns nódulos e depois fui procurar ajuda médica, já era um nódulo já avançado, não só um, mais eram 3 e eu tive que me submeter a uma cirurgia radical e tirei a mama e esvaziei todos os vasos.. mas estou aqui há 11 anos contando a história. Por isso que é importante que as mulheres façam a prevenção porque se eu tivesse me prevenido eu não tinha feito a cirurgia radical…”

DSCF0232

DSCF0229

DSCF0260

DSCF0253

DSCF0262

DSCF0239

DSCF0310

DSCF0268

DSCF0254

DSCF0246

DSCF0262

DSCF0266

TV Replay, o que é bom se repete!

Canhotinho-PE: Confira o “Dia D” da Campanha Outubro Rosa na cidade

A TV Replay esteve na culminância da Campanha Outubro Rosa, ocorrida nesta sexta-feira, (25), com a concentração na Secretaria de Saúde, para saírem em caminhada até a praça de eventos, onde foram oferecidos serviços gratuitos para as mulheres. Confira na reportagem de Rosita e Léo Barros.

TV Replay, o que é bom se repete!

Canhotinho-PE: Participe da caminhada contra o câncer de mama

Amanhã, dia 25, acontecerá a culminância da Campanha Outubro Rosa na cidade. A concentração se realizará a partir das 08:00h na Secretaria de Saúde, onde seguirão em caminhada até a praça de eventos, local que serão oferecidos vários serviços relacionados à campanha.

Mulheres, compareçam, façam o exame, ou mesmo acompanhem e abracem essa causa.

Homens, incentivem suas esposas, mães, filhas e quem mais vocês amam, a participarem deste grandioso evento.

“Declare seu amor por você mesma na luta contra o câncer de mama”

 

1380387_447003712087441_1415482325_n

Foto: Divulgação

TV Replay, o que é bom se repete!

Canhotinho-PE: Saiba como fazer o autoexame do câncer de mama

A prefeitura Municipal de Canhotinho, através da Secretaria de Saúde, está disponibilizando um folheto explicativo com todo o procedimento para a realização do autoexame de mama. Se ainda não viu, confira aqui:

1 – De frente para o espelho, sem roupa, com as mãos na cintura, observe as mamas e vejas se são iguais.

2 – Com as mãos para cima, observe se as mamas são iguais e se os mamilos estão na mesma altura.

3 – Coloque a mão direita na nuca e com a outra mão apalpe a mama direita com movimentos circulares, procurando por caroços.

4 – Faça uma pressão suave com os dedos nos mamilos e na auréola, observando se sai algum líquido.

5 – Coloque a mão em baixo do braço, na axila, indo em direção à mama e faça movimentos circulares, procurando por caroços ou alguma sensação estranha.

6 – Deitada na cama, coloque a mão direita na nuca, e com a outra faça toda a apalpação da mama e da axila direita.

7 – Repita todo o processo na mama esquerda.

 Índice

TV Replay, o que é bom se repete!

Paulista-PE: Outubro Rosa na Prefeitura

A Prefeitura de Paulista aderiu a campanha Outubro Rosa.

A sede do Executivo municipal ganhou uma ornamentação repleta de detalhes no tom tradicionalmente feminino. Realizada no mês de outubro, as mulheres orientam sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Foto: Produzida por Pablo Batista

Foto: Pablo Batista

IMG_20131023_123839

TV Replay, o que é bom se repete!

Canhotinho-PE: Primeiras movimentações da Campanha Outubro Rosa na cidade

Começamos a ver as primeiras decorações na cidade relacionadas à Campanha Outubro Rosa. Registramos a decoração da Secretaria de Saúde e do Hospital.

Com o intuito de estimular a detecção precoce do câncer de mama e do câncer de colo do útero, o Ministério da Saúde dá início à campanha para conscientização das mulheres sobre o tema, reforçando as ações do movimento Outubro Rosa.

A decoração Rosa é compreendida como a união dos povos em prol da saúde da mulher.

Esperamos ver um mês repleto de ações neste sentido, já que o câncer de mama é a segunda maior causa de morte entre as mulheres.

DSCF3139 DSCF3140 DSCF3141 DSCF3142 DSCF3143 DSCF3154 DSCF3155

TV Replay, o que é bom se repete!

Canhotinho-PE: Vereadora Aline Oliveira fala sobre a Campanha Outubro Rosa

Na 11ª Reunião do 2º Período Legislativo de 2013, nesta quinta-feira, (03), a Vereadora Aline Oliveira falou especialmente sobre a campanha Outubro Rosa, confira:

Aline Oliveira – Faço uso desta tribuna para informar a todos sobre o Outubro Rosa. Um mês para dedicado à prevenção tanto do câncer de colo do útero, como do câncer de mama, e o nosso Dia D será dia 25 do mês de outubro na praça de eventos, onde a gente vai fazer uma movimentação, palestras, um verdadeiro trabalho de prevenção e conscientização, então eu peço a todos a participação. Vocês vão ver ai esse mês todinho de muita movimentação rosa, e hoje eu vim em destaque para falar do outubro rosa.

Quero aproveitar a oportunidade para agradecer a presença dos Agentes da Vigilância Epidemiológica, e dizer que eu abracei a causa de vocês e trouxe uma indicação que será apreciada e se Deus quiser vai dar tudo certo.

DSCF3135

TV Replay, o que é bom se repete!