Blog de Airton Sousa: Finalmente o ouro para o futebol masculino

O Brasil parou neste sábado, para ver a decisão da medalha de ouro, no Maracanã, entre as seleções do Brasil e Alemanha. Um jogo difícil, como era de se esperar, duro, movimentado e bem disputado taticamente. O Brasil abriu o placar ainda no primeiro tempo, através de uma bela cobrança de falta de Neymar, terminando com a vitória parcial de 1 x 0. Na segunda etapa, a Alemanha veio com mais disposição ofensiva e marcou o gol de empate aos 13 minutos. A partir daí, o jogo se tornou mais difícil, com excesso de faltas e cartões amarelos pelas duas seleções, e finalmente o placar de 1 x 1, no tempo normal. Veio a prorrogação, e continuou o empate até o final, com as duas equipes desgastadas fisicamente, principalmente a seleção Brasileira.

Veio então a decisão nos pênaltis. Emoção a cada cobrança. Na quinta cobrança, onde a Alemanha perdeu, coube a Neymar a decisão. Tivemos então uma cobrança perfeita e a vibração do quinto gol brasileiro contra quatro da Alemanha, onde vimos a torcida enlouquecida, dentro e fora do Maracanã. É a primeira vez no futebol que o Brasil conquista a medalha de ouro, e agora é esperar que essa conquista possa moralizar o futebol Brasileiro, que vem desgastado no mínimo, há quinze anos atrás. Podemos destacar no jogo: Douglas Santos, Renato Augusto, Gabriel Jesus, Wallace e Rodrigo Caio. Neymar não esteve tão bem, porém teve uma excelente cobrança de falta, abrindo o placar e cobrando o último pênalti, dando a vitória ao Brasil. Não podemos isentar também, os elogios a paciência do técnico Rogério Micali. Vem aí a Copa de 2018, e se pergunta, o que haverá de mudança, de cima para baixo no nosso futebo? Inclusive  agora, na fase eliminatória sul americana, visando a próxima copa. A euforia é válida, porém as providências têm que ser imediatas, principalmente por parte daqueles que dirigem a CBF.

Blog de Airton Sousa: Seleção Masculina surpreende e se classifica

O inesperado aconteceu, a seleção brasileira de futebol masculino, desacreditada e jogando mal nas duas primeiras partidas da fase classificatória, dá a volta por cima e surpreende vencendo de goleada a seleção de Honduras por 6 x 0, com o crescimento de alguns jogadores a exemplo de Neymar e Gabriel Jesus, entre outros. Esperava-se muito mais dos adversários, que inclusive haviam vencido aos Argentinos. De repente tomaram um gol com menos de 1 minuto do primeiro tempo, e não tiveram controle emocional, para superar o gol tomado, mesmo porque a principal arma dos Hondurenhos era a velocidade e o jogo duro. No entanto, com a sequência inesperada de gols a favor da seleção brasileira, não tiveram chances de recuperação e terminaram se rendendo ao maior volume do time brasileiro.

O ouro agora está mais perto, os adversários da seleção nacional, será a Alemanha que venceu nas semi finais a seleção da Nigéria por 2 x 0. Um fato não deixa de aparecer na mente dos brasileiras, aquele momento terrível que passamos há 2 anos atrás, quando perdemos na Copa do Mundo pelo alarmante placar de 7 x 1. É um outro time, um outro momento, outra competição> No entanto o emocional vai pesar muito contra os brasileiros, pelo vexame que passamos na Copa do Mundo de 2014.

Conquistar o ouro, será um grande feito, já que nunca conseguimos na historia das olimpíadas, sermos campeões de futebol masculino. Brasil e Alemanha decidem o ouro nesse sábado às 17.30. Vamos torcer e esperar que os brasileiros façam bonito, dentro de campo.

Blog de Airton Sousa: Para alguns, o sonho do ouro acabou

Com um dia cheio de emoções, a terça-feira (16/08), trouxe resultados que não foram os melhores para o Brasil.

No handball feminino o Brasil perdeu para a Holanda pelo placar de 32 x 23, ficando fora da disputa de medalhas, nem mesmo a de bronze.

O futebol feminino também foi eliminado pela Suécia, a quem o Brasil venceu na primeira fase por 5 x 1. No jogo mata-mata, o Brasil fez muitos finalizações, porém sem sucesso. O jogo regulamentar e a prorrogação não foram suficientes para decidir. Mais uma disputa nos pênaltis, o Brasil foi surpreendido e foi eliminado pelo placar de 4 x 3.

O vôlei feminino de praia teve o jogo de Larissa e Talita contra as alemães Ludwig e Walkenhorst, com resultado de 2 sets a 0 para a Alemanha. As brasileiras não tiveram uma boa atuação e desde o primeiro set as alemães recuperaram a confiança e obtiveram uma vitória com muita competência. Já a outra dupla, Ágatha e Bárbara, enfrentaram as norte americanas Walsh e Ross, que eram as favoritas. Mas as brasileiras venceram por 2 sets a 0 e tem vaga na final.

E finalmente o vôlei feminino de quadra perdeu para a China, por 3 sets a 2, depois de vencer todas as partidas da competição por 3 sets a 0. O primeiro set o Brasil jogou de forma impecável, vencendo por 25 x 15. A técnica chinesa Lang Ping, analisou muito bem a equipe brasileira, fez modificações acertivas e eliminou o Brasil, favorito absoluto pela campanha na competição e tirando o sonho do tri campeonato olímpico.

Blog de Airton Sousa: Seleções masculina e feminina vencem nas quartas de final

O futebol brasileiro avançou nas Olimpíadas, ao vencer a Colômbia no masculino e a Austrália no feminino, na etapa das quartas de final.

O time masculino  consegue ir para as semi-finais, depois de vencer a Colômbia por 2 x 0. Um jogo tumultuado, violento por parte dos dois times, e uma arbitragem fraca, no aspecto disciplinar, perdendo totalmente o controle do jogo. No entanto, os brasileiros fizeram valer a lado técnico e saíram classificados. Apesar da vitória e da classificação, ainda não praticamos um futebol brilhante, tanto individual quanto coletivamente. Agora é aguardar o próximo jogo, das semi-finais, que será na quarta-feira (17), contra a seleção de Honduras.

Já a seleção feminina, depois de um jogo duro e muito difícil, terminando empatado no tempo normal e na prorrogação, pelo placar de 0 x 0, partiu para a decisão nos pênaltis. , Na cobrança dos tiros livres diretos, o Brasil venceu por 8 x 7, com cobranças emocionantes. Mas a seleção feminina mostrou raça e garra, mais uma vez, fazendo com bravura o dever de casa. O próximo adversário, agora  para as semi-finais é a seleção será na terça-feira (16), contra a Suécia.

Blog de Airton Sousa: Finalmente a vitória

Depois de dois resultados decepcionantes com 0 x 0 contra a África do Sul e Iraque, a seleção brasileira de futebol masculina, aplicou o placar de 4 x 0 na Dinamarca. O Brasil errou muito nas finalizações, porém apesar disso, terminou vencendo bem. Convencer, nem tanto, porque o adversário praticamente inexistiu, sem incomodar, principalmente a defensiva brasileira.

Alguns jogadores que estavam ofuscados, com um futebol abaixo da crítica, entre eles Neymar, aproveitaram a fraqueza técnica dos dinamarqueses e se recuperaram diante da torcida, a qual estava presente na Arena Fonte Nova, a qual estava lotada, passando incentivo para os jogadores brasileiros.

Quanto à seleção da Dinamarca, onde todos esperavam um adversário de qualidade, conseguiu ser inferior à África do Sul e ao Iraque. Agora os brasileiros enfrentam aos colombianos, nesse sábado (13/08), na expectativa de que o futebol de ontem, volte a acontecer, para maior tranquilidade do sereno técnico Rogério Micale.

Blog de Airton Sousa: Seleção Feminina de Futebol em busca do ouro

Passados cinco dias do início dos jogos olímpicos, alguns países começam liderar a conquista dos mais variados tipos de medalhas, a exemplo dos Estados Unidos e da China. O Brasil ainda com uma participação modesta e poucas conquistas de medalhas.

Hoje volta a campo a seleção feminina de futebol, que está orgulhando a torcida, com duas vitórias obtidas, 3 x 0 e 5 x 1, tendo um saldo absolutamente positivo. Brasil e África do Sul, jogam às 22h desta terça-feira (09/08), com a probabilidade de mais uma vitória, principalmente pela garra demonstrada nos dois jogos anteriores e a vontade de conquistar o ouro olímpico, pela primeira vez.

Vamos torcer por essas meninas que estão dando um show de futebol.

Blog de Airton Sousa: Seleção Feminina estreia hoje

A seleção brasileira feminina de futebol, estreia nesta quarta-feira(03/08), às 16 h, contra a seleção da China. As meninas do futebol, nunca conquistaram o ouro olímpico, daí a importância de estrearem bem, mesmo entendendo que as chinesas possuem um bom futebol, além de terem peças de uma boa qualidade técnica. Há uma torcida para que comecemos com o pé direito, porque assim acontecendo, teremos melhor condição e otimismo para enfrentarmos o próximo adversário.

Importante lembrar que existem na seleção brasileira feminina de futebol, algumas jogadoras que farão sua última Olimpíada porque, pela idade, já não terão condição de participarem da próxima competição em 2020. Dessa maneira, muito mais que em outros jogos olímpicos, será um presente para jogadoras de tanta qualidade e dedicação, a conquista do ouro, porque fechariam  de fato, com “chave de ouro”, as suas participações no mundo da bola e na Olimpíada do Brasil.

Blog de Airton Sousa: Enfim as Olimpíadas!

Agora chegou o momento, e não adianta pensar nos problemas, nas necessidades, nas dificuldades, nem tão pouco nas limitações do nosso país. O importante é ser otimista e pensar que tudo vai dar certo, dentro da filosofia brasileira, de fazer tudo em cima da hora, com improvisações e arranjos. Problemas não faltam, porém, não faltam também vontade e otimismo, e na hora de temer, vamos colocar como exemplo a Copa do Mundo de 2014, onde tudo foi elogiável, exceção a decepção do nosso selecionado na competição, principalmente na goleada contra a Alemanha. Que o legado dos jogos olímpicos no Brasil, possa ser positivo, nas cidades que sediarão as competições, principalmente o Rio de Janeiro, diante das necessidades que vive o povo carioca.

Foto: Internet

Foto: Internet

Somos o país que só perde para os Estados Unidos, em  número de atletas da sua delegação, e esperamos que aliando-se aos nossos representantes, possamos ter também qualidade na competição. Não resta dúvida da importância do evento, da quantidade de países presentes, além de turistas de todo o mundo, que estarão vindo ao Brasil, para a abertura nessa sexta-feira(05/08), e com certeza no decorrer das mais diversas competições. Que a segurança possa garantir uma olimpíada de muita paz e que o Brasil, diante da nossa humildade e carência, possa dá ao mundo um exemplo de que mesmo sendo um país de terceiro mundo, é capaz fazer uma grande festa, e uma festa de muita paz e sucesso. Em meio aos nossos representantes nas olimpíadas, a atenção para o que vai fazer a seleção de futebol, porque nunca conquistamos o ouro. E, sem dúvida, seria mais uma decepção para o nosso futebol, se porventura não conquistarmos com os jogos olímpicos no nosso país. A estréia da seleção de futebol masculino será na quinta-feira(04/08), contra a África do Sul, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Também teremos como porta-bandeira da delegação brasileira, a atleta Yane Marques, brasileira, nordestina e pernambucana. Orgulho para nós especialmente.

Boa sorte aos nossos atletas, em todas as modalidades.

Blog de Airton Sousa: Tendência de prejuízo nas Olimpíadas

Segundo pesquisas de vários economistas de nível internacional, tem sido uma regra a promoção dos jogos olímpicos levar prejuízo para os países que sediaram a competição. As pesquisas mostram duas exceções, as Olimpíadas de 1984 em Los Angeles e a de 1992 em Barcelona.

O restante dos países promotores dos jogos olímpicos, tiveram um saldo negativo, com ganho furado, déficit e muita corrupção. Para o Brasil, que sedia as Olimpíadas  de 2016, a partir de agosto, mais um alerta em todos os itens,  principalmente na corrupção, assunto aliás que somos campeões.

Alguns estudiosos vão mais além, afirmando a probabilidade para a falência do modelo que atualmente é aplicado para a execução dos jogos olímpicos, desmistificando dessa maneira, os resultados econômicos anunciados. Para finalizar, fazemos a seguinte colocação, é mais fácil um atleta ganhar uma medalha de ouro, do que o país anfitrião ter lucro com o evento. É aguardar para ver como será no Brasil.