Cachoeirinha-PE: É próximo domingo a eleição do Conselho Tutelar! – Ainda não decidiu em quem votar? Conheça cada candidato e vote consciente

O Conselho Tutelar é um órgão composto por 05 membros, eleitos pela comunidade e que tem como função trabalhar em prol da proteção da Criança e do Adolescente. Neste ano de 2015, o pleito está marcado para o dia 04 de Outubro, onde serão conhecidos os Conselheiros Tutelares do Quadriênio 2016/2019.

A cidade de Cachoeirinha, localizada no Agreste Pernambucano, conta com 09 candidatos para assumir o cargo de conselheiro tutelar, sendo que apenas 05 deles serão escolhidos pela população cachoeirinhense no dia da eleição. É importante ressaltar que o futuro das nossas crianças e adolescentes que precisam de ajuda, depende da escolha de cada cidadão no momento em que ele decidir o seu voto. Para isso, é preciso que todos tenham um conhecimento prévio sobre estes candidatos, para então fazer a sua escolha e votar.

A equipe da TV Replay entrou em contato com os candidatos e solicitou que eles fizessem um pequeno depoimento, compartilhando assim, de suas experiências com crianças e adolescentes e falando dos seus objetivos, caso sejam eleitos.

CONHEÇA OS CANDIDATOS A CONSELHEIRO TUTELAR:

11874042_669744423160562_1834593573_n

  • Nome: Samantha Mayara Canuto Silva
  • Número da Chapa: 01

“O desejo da melhoria da nossa população é algo que deve ser pensado desde já; é através da construção de novos pensamentos na juventude da nossa cidade que podemos idealizar uma sociedade mais justa e edificada no futuro. Com o intuito de ajudar na garantia de direitos e segurança às crianças e adolescentes da nossa cidade, decidi encarar essa realidade de frente e me aliar ao conselho tutelar de Cachoeirinha. Para que esse desejo possa se realizar e que eu possa contribuir com o crescimento da nossa população, conto com vocês no dia 04 de Outubro.” – Afirmou a candidata Samantha.

11868876_669234326544905_1925632402_n

  • Nome: Lenice Antônia da Silva Santos;
  • Candidata à reeleição;
  • Número da chapa: 02.

“Sou Conselheira Tutelar há 3 anos, trabalhando em prol das nossas crianças e adolescentes, defendendo seus direitos quando são violados. Estou tentando a reeleição para continuar esse trabalho magnífico, defendendo com unhas e dentes os direitos das crianças e do adolescentes da nossa tão querida Cachoeirinha, porque pra mim é muito gratificante poder ajudá-las. Deus me concedeu esse trabalho e amo fazer parte dele. Deixo aqui meu abraço a todos.” – Declarou a candidata à reeleição, Lenice Antônia.

11415280_1047089428643910_6679969715750780215_n

  • Nome: Jackeline Francis Silva de Souza;
  • Número da chapa: 03.

“Sou candidata a ocupar uma vaga no Conselho Tutelar de Cachoeirinha-PE. Fui Professora de crianças, jovens e adultos, no Centro Educacional José Lourenço Sobral e Senai/PE. Acredito que só pode compreender a família do outro, e auxiliar na resolução dos eventuais conflitos internos e externos, aqueles que obtêm êxito dentro da própria família e fora dela, a qual reconheço como alicerce fundamental para minha formação de caráter e ser social ativo. Compreendo que o papel do Conselheiro Tutelar tem mais eficiência e eficácia quando executada sua ação de forma preventiva, orientado e fiscalizando, crianças, adolescentes nos ambientes mais importantes na formação de caráter, tais como, Escola, Família, e ambientes de integração social, e não, resumida apenas após a consumação do fato, ou seja, do delito cometido por uma criança ou adolescente, ou por algum adulto contra menores de idade.” – afirmou a jovem Jackeline Francis.

11868653_946874468711135_616656253_n

  • Nome: Joseneide Aparecida Ferreira de Almeida;
  • Candidata à reeleição;
  • Número da chapa: 05.

“Sobre a minha experiência com crianças e adolescentes, esta já acontece em sala de aula durante o período que compreende 10 anos. No Conselho Tutelar tenho atuado com crianças e adolescente em situações distintas e diversas, no entanto a minha experiência de convivência com esse público específico em sala de aula me favoreceu uma melhor desenvoltura para atuar nas situações em que preciso ouvir esse público e ao mesmo tempo ganhar a confiança necessária dos mesmos e das famílias as quais prestamos serviços para melhor auxiliá-los no que se refere às especificidades do Conselho Tutelar, que se pautam na efetivação dos direitos da criança e do adolescente e em encaminhamentos que possam acompanhar as realidades que venham a oferecer possíveis situações de risco direcionadas ao público de crianças e adolescentes. Sou candidata a reeleição para o Conselho Tutelar em razão de acreditar que é possível mudar realidades e pessoas, bem como acredito firmemente que embora sejamos frutos da realidade na qual nos encontramos, podemos enxergar para além das possibilidades que nos rodeiam. Ser Conselheira Tutelar me possibilitou adentrar muitas residências e ter acesso a muitas experiências de vida novas que me moldaram enquanto pessoa e enquanto ser humano, me ensinaram a olhar de uma nova maneira para as pessoas que se encontram a margem da sociedade. Mais que isso, me possibilitou solicitar a ajuda de outras instâncias para tentar solucionar problemas e acima de tudo me possibilitou educar o meu olhar para com as outras pessoas que são frutos da realidade e contexto nos quais vivem e merecem respeito acima de tudo por serem pessoas, por serem seres humanos.” – declarou a candidata à reeleição, Joseneide Almeida.

11880782_669750179826653_784612245_n

  • Nome: Joseli de Espíndola Silva;
  • Candidata à reeleição;
  • Número da chapa: 08.

“Mais uma vez estou concorrendo à reeleição para Conselheira Tutelar e por meio desta, venho encarecidamente pedir o voto a meus amigos. No dia 04 de Outubro haverá a eleição unificada e o voto será único para cada conselheiro tutelar. Desde já, agradeço a todos.” – declarou a candidata à reeleição, Joseli Espíndola.

10933934_608211339312544_5531115531172832754_n

  • Nome: Michelyne Pacheco Calado;
  • Número da chapa: 10.

“Minha experiência com Crianças e Adolescentes se deu a partir do trabalho voluntariado na Igreja Católica, perpassando os domínios da Catequese da 1ª Eucaristia (crianças) e Coordenação direta com Equipe de jovens pós E.J.C (Encontro de Jovens com Cristo), e como candidata ao Conselho Tutelar, tendo como finalidade a Lei e o Estatuto da Criança e do Adolescente, pretendendo exercer com Responsabilidade e Primazia a função de Conselheira se assim a comunidade me delegar, na pretensão de atuar de forma eficiente pela Proteção e Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente no nosso Município de Cachoeirinha.” – afirmou a candidata Michelyne Pacheco.

IMG-20150811-WA0019

  • Nome: Cecília Clarisse Anunciada de Morais;
  • Número da chapa: 11.

“Nosso Lema de Campanha ao Conselho Tutelar é o Fortalecimento da Garantia dos Direitos e o Zelo pela Proteção da Criança e do Adolescente com a mesma Convicção de quem já demonstrou sua Dedicação às Áreas do Ensino, da Religiosidade, e da Justiça Social em Cachoeirinha.” – declara a candidata Cecília Morais.

IMG_20150811_161833291

  • Nome: Adriano Luiz de Oliveira;
  • Candidato à reeleição;
  • Número da chapa: 12.

“Trabalhei por 10 anos com crianças e adolescentes do grupo jovem “Unidos com Cristo”, da Igreja Católica. Também já trabalhei no PETI, na oficina de artesanato. Já fui conselheiro tutelar por 02 vezes, em 2006 e em 2009. Venho agora, como candidato mais uma vez, para trabalhar e defender as crianças e adolescentes do nosso município e quero dar o meu melhor, pois o trabalho não pode parar.” – Afirmou o candidato à reeleição, Adriano Luiz.

IMG_20150811_154211601

  • Nome: José Ailson da Silva;
  • Candidato à reeleição;
  • Número da chapa: 13.

“Mais uma vez, me candidatei a conselheiro tutelar para fazer cumprir os direitos da Criança e do Adolescente. Além de defender as nossas crianças, nós temos o dever de passar as informações necessárias às famílias das mesmas sobre os direitos e deveres que eles têm, pois muitas vezes recebemos a visita de famílias quando eles estão passando por crise e precisam de ajuda e apoio. Eu como conselheiro, pretendo ajudar essas pessoas a resolverem os seus problemas.” – declarou o candidato à reeleição, José Ailson.

Desta forma, conhecendo os candidatos e suas experiências, você, eleitor, já pode dar início à sua decisão no que diz respeito a pessoa que você irá escolher para conselheiro tutelar de Cachoeirinha nos próximos 04 anos.

O papel do conselheiro é fundamental para o cumprimento da Lei que está escrita nos artigos:

  • Art. 3º A criança e o adolescente gozam de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-se-lhes, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, a fim de lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade.
  • Art. 4º É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.

Sabedores disto, não é só do conselheiro tutelar, o dever de proteger a criança e o adolescente, mas também de toda a sociedade: família, escola, comunidades. Assim, com a cooperação de todos, estes conselheiros, terão uma maior facilidade na realização de seu trabalho, onde os direitos e deveres para com as crianças e os adolescente serão respeitados e cumpridos.

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Como transformar seus sonhos em objetivos concretos

Se você tem um sonho, mas pensa que ele nunca poderia se realizar, veja algumas dicas que podem ajudar você a transformá-lo em objetivos concretos e alcançá-los

Não importa o quão longe você chegue na vida ou quantos objetivos alcance em sua profissão ou estudos, sempre haverá aquele um sonho especial, aparentemente impossível de realizar. Para a maioria das pessoas, essa falta de esperança sempre é acompanha de um “se”. “Se tivesse dinheiro”, “se tivesse tempo”, “se…” e por aí em diante.

O essencial, seja lá qual for seu grande sonho, é não pensar nele como um sonho, mas sim como um objetivo, uma meta. Você quer realizá-lo? Então pronto. O passo inicial já está dado. É claro que trabalhar com a realidade é necessário, especialmente se seu sonho é um grande desafio. Mas quanto mais distante você colocá-lo de si, ou seja, apenas na esfera do “se”, então mais difícil será de trabalhar para alcançar seus objetivos.

 Para realizar essa transformação de mentalidade e disposição, seja prático. Coloque no papel tudo aquilo que você imagina ser necessário para alcançar seu objetivo (chame seu sonho de objetivo, colocando em sua mente como algo perfeitamente realizável).

 Pense em todos os “se” que você já imaginou para servir como obstáculo para seu sonho e em seguida escreva o que você deve fazer para superar essa aparente barreira. Essa abordagem é similar à utilizada anteriormente para perceber que os sonhos não são coisas irreais, mas sim objetivos concretos. Esse tipo de mentalidade também irá ajudar você a enxergar além dos obstáculos e perceber que há inúmeras soluções ou possibilidades de trabalhar para que seu sonho seja realizado.

Fonte: http://noticias.universia.com.br

Como se sair bem em reuniões

Para obter sucessos profissionais dentro de grandes e pequenas empresas é necessário se destacar dentre os outros concorrentes e a melhor forma de fazê-lo é atraindo os olhares em uma reunião.  Ouçam essas 10 dicas e boa sorte.

1 – Antes da reunião tente relaxar. Assegure-se que está bem preparado e demonstre a sua confiança;
2 – Para evitar surpresas certifique-se de que o local em que você fará a apresentação possui os recursos que você necessitará e tente chegar mais cedo para testar a apresentação;
3 – Independente de seu cargo ser de extrema importância, há a preocupação com a aparência. Portanto, vá bem vestido e com as unhas e cabelos aparados;
4 – Procure saber quem são os participantes da reunião. Se for um cliente, tenha o cuidado de pesquisar sobre sua empresa e segmento de atuação, pois isso enriquecerá o seu discurso;
5 – Prepare o material que irá apresentar com antecedência. Revise-o e tenha certeza de que não há erro de português. Faça algo que não fique muito extenso para não se tornar cansativo;
6 – Cumprimente todos com entusiasmo. Jamais demonstre que está nervoso ou inseguro;
7 – Ao iniciar a apresentação, olhe nos olhos dos participantes, isso lhe trará credibilidade e demonstrará que você está seguro de seu discurso;
8 – Deixe os participantes à vontade para esclarecer possíveis dúvidas que possam aparecer e seja sempre receptivo. Se não souber responder alguma coisa, diga que irá buscar tal informação e que lhe passará em breve;
9 – Não fique com receio de fazer anotações enquanto conversa com as pessoas. Essa atitude demonstra que você é atento e isso lhe ajudará também na preparação da ata da reunião;
10 – Quando encerrar a reunião agradeça a presença de todos e coloque-se à disposição para eventuais questionamentos que ainda possam surgir.

Importante

  • Para saber se a reunião foi realmente produtiva, verifique se você atingiu os objetivos estabelecidos.

Fixe na mente os seus objetivos, seus desejos. Mantenha-se ligado naquilo que você quer em sua vida e não naquilo que você não quer.

 

Fontes: <comunidade.bemsimples.com>;< revistaescola.abril.com.br>; <mdemulher.abril.com.br>