Blog de Airton Sousa: Sport complicado sem mais uma vez vencer

sport-1

Um jogo complicado em todos os sentidos, desde a expulsão de Diego Sousa aos 20 minutos, até a marcação de um pênalti inexistente marcado aos 30 minutos, pelo árbitro Sandro Meira Ricci que depois voltou atrás e anulou o lance, entendendo que a bola bateu no peito e não na mão do jogador Vascaíno, causando muita confusão dentro de campo e nas arquibancadas.

Voltando ao jogo, o time leonino estava bem, havia criado situações de perigo contra a meta de Martin Silva. Rogério aos 3 minutos, André aos 5 e 14 minutos respectivamente e ainda André aos 25 minutos, após a expulsão de Diego Sousa. Com um jogador a menos, o time leonino caiu um pouco e aos 38 minutos, com uma falha de cobertura de Mena, Picachú cruza para a frente de área e Nenê complementa  marcando o gol Vascaíno.

No segundo tempo de jogo, as equipes voltam sem alteração e já aos 3 minutos Anderson Martins deu uma cabeçada perigosa contra o gol de Magrão.  Com o Sport apavorado, o técnico Wanderley Luxemburgo, aos 17 minutos coloca Thalísson e Oswaldo. A partir daí, o time ganhou nova alma, até que surgiu o lance polêmico, bola no peito, o árbitro marcando o pênalti, depois de quase cinco minutos voltando   atrás e anulando  a marcação.

O Sport reagiu e os 39 minutos, finalmente André que havia desperdiçado várias oportunidades,  desta vez marcou o gol do empate, evitando mais uma derrota. No entanto o empate pelas circunstancias do momento na competição, não pode ser  considerado um bom resultado para o time rubro negro, que completou oito jogos sem vencer.

O Sport fecha a rodada na décima quarta posição, com 30 pontos e agora tem dois jogos difíceis fora de casa, São Paulo no final de semana, e na próxima semana o Vitória na Arena Fonte Nova. Para finalizar a pergunta é a seguinte: é aceitável ou não a expulsão de Diego Sousa, pela maneira como o jogador agiu naquele momento de jogo?  É bom lembrar o seguinte, em todos os momentos do jogo não faltou garra e entrega ao time pernambucano.

Blog de Airton Sousa: Todos os Pernambucanos em ação neste fim de semana

O Santa Cruz volta a campo nesta sexta-feira (09), contra o Londrina, no Arruda. Em casa até agora, o time tricolor está imbatível, foram três vitórias, enquanto que as duas derrotas foram fora do Arruda. Há de convir, que dentro das limitações, a campanha do time é de razoável para boa, principalmente levando em consideração os 100% de aproveitamento em casa.

Quanto ao jogo desta sexta-feira (09), só tem um resultado, a vitória, para que o time permaneça no G-4, e siga buscando a primeira vitória fora de casa, cujo jogo será contra o time do Ceará. Para o jogo desta noite, o técnico Vinicius Eutrópio tem a tranquilidade de poder repetir o mesmo time, ou fazer substituições, já que ultimamente ganhou algumas peças para reforçar o elenco, e qualificar o banco. Portanto, espera-se que o Santa Cruz hoje, possa errar menos no seu sistema defensivo, evitando o que aconteceu no jogo contra o Goiás.

Para o sábado (10), o Náutico que até agora não conseguiu vencer uma partida se quer, joga contra o Internacional no Beira Rio. Não precisa dizer que o Inter, é favorito, mesmo sem está bem na competição, porém, não podemos esperar muito do time timbu, porque até agora não venceu um jogo se quer, soma dois pontos, fez apenas um gol, e tem tido uma escalação a cada partida , o que demonstra a fragilidade do time.

A Diretoria dispensou essa semana os jogadores: Mailson, Anselmo, Jeferson Renan, Giva e William, tornando-se mais fragilizado ainda, mesmo recebendo como reforços os jogadores vindo do Atlético Paranaense, Renan Paulino e Bruno Mota, porém é muito pouco pelas carências que o time tem apresentado, e nada melhor do que a campanha, para chegarmos a esse denominador. Vejamos outra vez, o que vai acontecer.

O Sport depois da vitória espetacular contra o Flamengo, volta a campo, neste sábado à noite, desta feita contra o Vasco da Gama, fora de casa. O time Vascaíno perdeu na quarta-feira em casa, para o Corinthians pelo placar de 5 x 2, se deu mal e vai querer recuperar-se contra o time leonino. Foi muito boa a apresentação do Sport, que inclusive impôs mais velocidade do que quando o jogador Diego Sousa está no time.

Tudo indica, que o técnico Wanderley Luxemburgo, manterá o mesmo time que começou o jogo contra o Flamengo, e as possíveis modificações poderão ser feitas, no decorrer do jogo; comenta-se a possibilidade de Thomas entrar de início, no entanto, o treinador deixou uma interrogação, a respeito do assunto. Não resta dúvida, que a vitória contra o Flamengo, deixou o ambiente mais leve, o que oferece a perspectiva de um bom futebol. A depender do resultado do jogo, poderemos observar que efeito deixou a vitória da quarta-feira.

Quanto ao interior, o Central que mais uma vez viveu uma semana tumultuada, com os jogadores ameaçando não viajar, por falta de pagamento. A notícia que corre, é que o Presidente empenhou um bem particular, e arrumou a importância suficiente para pagar ao elenco, não sabemos até quando essa situação vai permanecer, e que futuro espera a patativa, na competição e na sua sobrevivência.

Nesse instante o Central, tem 4 pontos, é o terceiro colocado, tendo à sua frente com 5 pontos, o Sousa e a Juazeirense, daí a necessidade, no mínimo de um empate, e torcer que o Coruripe possa vencer ao Sousa, onde todos ficariam praticamente na mesma situação na tabela, as chances ficariam iguais para uma possível  classificação para a fase seguinte da série D. Esperar, porque no Central tudo acontece.

Finalmente, o Salgueiro que vem mal no seu grupo, joga em Arapiraca, contra o Asa, necessitando de uma vitória para respirar, porque há quem diga que o time está com a cabeça na decisão do Campeonato, contra o Sport, o que é perigoso, porque enquanto isso o Brasileiro está seguindo, e os resultados negativos acontecendo.

O Atlético Pernambucano, joga em casa com o Itabaiana, com a necessidade de vencer, para continuar brigando pela classificação, para a segunda fase. O América sai, enfrenta ao time do Globo, no Rio Grande do Norte. Esperar para ver o que pode acontecer também com os times que representam, ao lado do Central, o nosso estado na série D, do Campeonato Brasileiro.

Blog de Airton Sousa: Arbitragem prejudica o Náutico

Depois de manter uma invencibilidade de cinco jogos, o time alvi rubro perdeu nesta terça feira(14), para o Vasco da Gama, em São Januário, pelo placar de 3 x 2. Apesar das falhas no sistema defensivo, inclusive do goleiro Júlio César, o Náutico criou oportunidades. No entanto, foi a não validade de um gol, que evitou o Náutico voltar para casa, no mínimo com um empate. Invencibilidade é isso mesmo, um dia cai, e foi o que aconteceu com o time Pernambucano, apesar de ter acontecido, através de um erro do árbitro.

O próximo jogo do Náutico será nesse sábado(17), ás 16 horas, na Arena, contra o Bragantino. Como a derrota foi fora de casa, inclusive para o líder, que houvera perdido apenas para o Atlético de Goias, provando a qualidade técnica do time vascaíno, cabe ao time pernambucano, manter em casa o aproveitamento dos jogos anteriores, buscar a vitória e somar três pontos, que serão importantes, nesta fase inicial da competição. Porque sabemos que quando a competição chegar aos 50%, alguns times estarão reforçados, e logicamente, os jogos serão mais difíceis, principalmente os clubes tradicionais que fazem parte do Campeonato.

Agora é esperar a participação do torcedor, como aconteceu no jogo contra o Paraná, onde tivemos um público na faixa de nove mil pessoas. Quanto a vitória, essa sim, é fundamental, porque é em casa e contra um adversário, que a exemplo do Náutico, briga para se manter na linha intermediária da tabela. O ataque funcionou desta feita mais uma vez, e vamos esperar que sábado, o mesmo aconteça, porque as estatísticas mostram que esse é o melhor ataque da série B . Que o sistema defensivo se encontre, evitando o time passar por momentos de pressão, a exemplo da noite desta terça feira, contra o Vasco.

Foto: Internet

Foto: Internet

Sport: Com mais uma vitória, Leão segue invicto no Brasileirão e continua na ponta da tabela

Ontem, sábado (20), o Sport recebeu o Vasco da Gama na Arena Pernambuco pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Com a vitória por 2 x 1 o Leão dormiu na liderança. Os gols foram feitos por André e Wendel para o Sport e Riascos para o Vasco. O Leão seguiu sem perder no Campeonato e já comprovou que este está sendo um dos melhores inícios de Campeonato Brasileiro da equipe.

foto: Guga Matos

foto: Guga Matos

No primeiro tempo, o jogo foi fraco tecnicamente, porém os dois primeiros gols da partida saíram nos quarenta e cinco minutos. O primeiro gol do Sport foi marcado por André, em um cruzamento de Maikon Leite, ele mandou rasteiro para André, que de frente para o gol, mandou para as redes.

O Sport continuou controlando a partida, mas, no finalzinho do jogo depois dos quarenta minutos, Riascos empatou a partida para o Vasco. Depois de uma cobrança de escanteio, Danilo Fernandes afastou mal, e em um segundo lance,  a bola sobrou para Riasco marcar de cabeça sozinho. Partida empatada.

taperunafm

Taperunafm

No segundo tempo, o Vasco equilibrou mais o jogo, mas, foi o Sport que teve as melhores chances de gol. Os times saíram bem para o ataque. E com trinta e cinco minutos, depois de uma cobrança de falta, no bate e rebate na área, a bola sobrou para Wendel, que mandou para as redes fazendo o segundo gol do Leão.

E terminou assim, Sport venceu mais uma partida e segue 100% em casa, já o Vasco continua no R4 da competição.

Agora o Sport joga contra a Chapecoense fora de casa, próximo sábado (27), às 18h30, pelo Campeonato Brasileiro. Já o Vasco joga contra o Flamengo, na Arena Pantanal, próximo domingo (28), às 18h30, também pelo Campeonato Brasileiro.

foto: terra

Foto: terra

Ficha do Jogo: 

Sport:  Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Páscoa, Durval e Renê; Rithely, Wendel e Neto Moura e Diego Souza; Maikon Leite (Samuel) e André (Régis). Técnico: Eduardo Baptista.

Vasco: Charles; Madson, Luan, Rodrigo e Christiano; Guiñazu, Serginho, Emanuel Biancucchi (Júlio dos Santos) e Jhon Cley (Rafael Silva); Riascos (Júlio César) Gilberto. Técnico:
Doriva.

Arbitro: Anderson Daronco. Assistentes: Marcelo Bertanha Barison, José Javel Silveira. Gols: André (aos 19′ do primeiro tempo); Riascos (aos 41′ do primeiro tempo); Wendel (aos 35′ do segundo tempo). Cartões Amarelos: Guiñazu, Emanuel Biancucchi, Luan, Samuel Xavier, Samuel.

TV Replay, o que é bom se repete!