Blog de Airton Sousa – Resultados da série C – Sport empata mais uma vez

1.-LOGO-FUTEBOL-PE-FUNDO-TRASPARENTE

Foi aberto neste fim de semana, a sequencia  de jogos válidos pelas quartas de final da série C. Tivemos dois empates e uma vitória, e o ultimo jogo será na noite desta segunda-feira (01), entre Imperatriz e Juventude no Maranhão. Foram jogos bastante disputados, onde os times que jogaram fora e empataram, podemos dizer que obtiveram bons resultados.

No sábado o Confiança jogou em Aracajú, e consegui vencer pelo placar de 1 x 0 ao time do Ipiranga  (RS), o que podemos dizer um bom resultados  e dos três jogos que tivemos só o Confiança conseguiu vencer. No Rio Grande do Sul neste fim de semana o Confiança joga por um empate em qualquer placar.

Ainda no sábado, o Sampaio Correia conseguiu um bom resultado quando empatou em 0 x 0, contra o time do São José na casa do adversário. Neste fim de semana teremos o segundo jogo em São Luiz do Maranhão, com o Sampaio jogando por uma simples vitória para conseguir a classificação.

No domingo em Belém do Pará, foi a vez do Náutico jogar e empatar em 0 x 0 com o time do Paissandu. Para os Pernambucanos podemos considerar um bom resultado, mesmo entendendo-se que o time do Paissandu teve o domínio do jogo, apesar da ausência de quatro titulares: Micael , Perema, Wesley Pacheco e Diego Martins. Fim de semana os times voltam a se encontrar em Recife.

Para a noite desta segunda-feira (01), o ultimo jogo das quartas de final. No Maranhão o time do Imperatriz vai enfrentar ao Juventude, um adversário de qualidade e tradição onde o time maranhense  terá muita dificuldade para sair vitorioso e levar para o Rio Grande do Sul, alguma vantagem na tentativa de conseguir a classificação.

Por sua vez, o Sport Clube do Recife não passou de um empate (11), jogando contra o fraco do time do Oeste em São Paulo com o placar de 0 x 0. O time leonino jogou bem  apenas 20 minutos do primeiro tempo, depois disso o domínio foi do fraco time do Oeste, que diante da sua fragilidade técnica não conseguiu vencer.

Com o empate e com as combinações de resultados, o time leonino continua no G4 ocupando a quarta posição. O próximo compromisso do time pernambucano será neste sábado (7), desta feita contra o líder da competição o Bragantino. O empate deixou a torcida insatisfeita pelo fato de ter acumulado onze empate até agora no Campeonato.

Blog de Airton Sousa – Reunião no Sport pega fogo – Deu Grêmio contra o Athletico

midia2-7

A noite desta terça-feira (13), foi um verdadeiro terror no que se refere a apreciação dos problemas administrativos nas gestões de Martorelli e Arnaldo Barros. Aproximadamente trezentas pessoas estiveram presentes, entre elas sessenta e hum conselheiros do clube. A finalidade principal da reunião seria analisar as gestões dos dois ex-presidentes.

Muitos problemas foram expostos e discutidos, no entanto o maior deles é o débito  existente no clube, onde segundo levantamento gira em torno de 400 milhões de reais. Porém, o que chamou mais atenção é que esses valores na sua maioria não foram encontrados os documentos comprobatórios dos referidos  débitos.

Causou espanto tal descoberta e a solução dada no momento foi o acionamento do Ministério Público, que irá julgar os méritos e aplicar a lei aos culpados. De antemão ficou determinada a cassação dos direitos de sócios de Martorelli e Arnaldo Barros, que não poderão ter mais os direitos de sócios do Sport, ou seja foram colocados para fora do clube.

Na manhã desta quinta-feira, os dois ex dirigentes se defenderam e prometeram revidar com provas e testemunhas as acusações que lhe foram reputadas. É lamentável que o clube tenha chegado a uma situação dessas, inclusive com a estimativa de que o momento é de declarar a falência da entidade.

Ainda com relação ao Sport, desta feita com o departamento de futebol, o jogador Samir pediu para ir embora, o que foi aceito pelos dirigentes. Também mais dois jogadores foram dispensados, porque na realidade pouco  foram utilizados. Os jogadores Renato e Alísson, já não fazem mais parte do elenco rubro-negro.

Com relação a Copa do Brasil, tivemos na noite desta quarta-feira (13), mais uma partida válida pelas semi finais. Grêmio e Athletico Paranaense jogaram e no final tivemos com mérito, a vitória do Grêmio pelo placar de 2 x 0. O time paranaense apenas se defendeu e foi do time gaúcho todas as ações da partida.

Agora teremos no dia 4 de setembro as duas partidas, para se conhecer os finalistas da Copa do Brasil. Em Porto Alegre o Internacional que venceu o primeiro jogo por 1 x 0 ao Cruzeiro, e no Paraná o jogo será entre Athletico  e Grêmio, com vantagem da vitória de 2 x 0 a favor do time gaúcho. Vê-se aí uma perspectiva forte de uma decisão Grenal.

Blog de Airton Sousa: A saga é repetida outra vez

15123357182109-materiadestaque

O torcedor rubro-negro está bem lembrado do sofrimento que foi a manutenção do time na primeira divisão do Brasileiro do ano passado, com um pouco menos de sofrimento e expectativa, porque o time só dependia dele, escapou e fez o dever de casa. No entanto, parece que o exemplo não foi o suficiente para a diretoria não repetir os mesmos erros esse ano, e desta feita com mais perigo, porque o time dependia dele e dos outros

Exatamente isso, o Sport dependia de uma vitória contra o Corinthians, e dos resultados do Coritiba, Vitória e até do Avaí. Foram noventa minutos de muita tensão e expectativa, os olhos vidrados no jogo da Ilha e os ouvidos atentos aos jogos dos três concorrentes. Isso do início até  final das partidas. Porém, terminada a rodada deu tudo certo e de novo o Sport se manteve na primeira divisão.

Quanto aos adversários, o Vitória escapou mesmo perdendo, pelo saldo de gol (-8), enquanto que o Coritiba que também perdeu teve(-9), sendo rebaixado. Foram mantidas para a primeira divisão do próximo ano representando o Nordeste quatro equipes: Bahia, Vitória, Sport e o Ceará que subiu. Agora é esperar que todos os erros que foram repetidos, possam servir de lição para o ano de 2018.

Quanto ao jogo, a Ilha lotada pela torcida, um jogo tenso e nervoso, de  fraca qualidade técnica, muitos passes errados, além de poucas jogadas ofensivas, no primeiro e no segundo tempo.  No entanto, aos 11 minutos do segundo tempo, com uma falha na saída do goleiro Cássio, André artilheiro do time no Brasileiro, faz o gol da classificação. A partir daí, o Sport teve mais tranquilidade e o  Corinthians  apavorado em campo.

 A quem creditar os méritos em 2017, ao treinador  que assumiu no inicio e no fim desse ano, deixando o time na primeira divisão, depois de passar pelas mãos de Falcão,Ney Franco e Wanderley Luxemburgo. Aos jogadores André, Patrick e  Marquinhos que entrou nessa fase final. O resto dos jogadores tiveram participações irregulares, inclusive Diego Sousa.

Espera-se agora, que providencias desde as dispensas até a contratação de um treinador e também de novos jogadores aconteçam. Uma maratona espera o time da Praça da Bandeira para 2018, em meio a decepção de que todo investimento esse ano, só deu a Sport o título do Campeonato Estadual contra o Salgueiro, naquelas circunstancias e a manutenção na primeira divisão, o que é muito pouco para o que foi gasto.

Blog de Airton Sousa: Sport mais um ameaçado de rebaixamento

                                                    1355

A torcida do Sport estava na esperança de somar três pontos na tarde deste domingo (12), no jogo contra o Atlético de Goiás. Puro engano, lá se foi mais uma decepção, mais uma derrota e mais uma queda. Decepção, desespero, novamente cálculos e perspectivas, porém a verdade é dura, mais é verdade. O Sport Jogou mal, mais uma vez e terminou perdendo para o lanterna da competição.

Era um jogo em que esperava-se um time valente, principalmente porque enfrentaria um adversário já rebaixado e a perspectiva de somar três pontos , a depender dos demais  resultados, sair da zona de rebaixamento e a partir daí, mudar a trajetória nos quatro jogos restantes do Campeonato Brasileiro.

O Sport ainda tem: Palmeiras, Bahia, Fluminense e Corinthians. Nesses quatro jogos, o time tem que vencer  três, para somar nove  pontos e chegar aos quarenta e cinco. Daí se manter na primeira divisão, o que não é fácil, tem que atingir 75% no final dessas quatro partidas. Caso contrário, o caminho será a série-B. Um verdadeiro desastre para o nosso futebol.

Falando do jogo contra o Atlético de Goiás, tivemos um time apático, disperso, sem vontade, com três volantes sem criatividade com os homens de ataque escondidos no jogo. Teve dois chutes no primeiro tempo, Patrick aos quatro minutos e Rogério aos 7 minutos. Isso, só isso e nada mais. Tomando um gol aos 42 minutos com Diego Rosa, com uma falha de Patrick e perdendo o primeiro tempo por 1 x 0.

No segundo tempo, Marquinhos entrou no lugar de Anselmo, o time cresceu um pouco, porém sem jogar o suficiente para empatar e virar o jogo.Outras alterações aconteceram, pelo Sport e pelo Atlético, no entanto foi o Atlético que marcou  de novo com Diego Rosa aos 32 minutos, com falha outra vez   de marcação do time rubro-negro.

Com o placar de 2 x 0 e o Sport inerte, a tendência era a consolidação da vitoria do time Goiano e o Sport tem complicada a sua situação no Campeonato. Foi um futebol de duas equipes com a cara da série-B, e tudo indica que esse é o rumo do time Pernambucano, em razão do quadro que o Sport vem apresentando na competição, com o time totalmente abatido. Agora é vê o que vai acontecer contra o Palmeiras, fora de casa nesta quinta-feira.

 

Blog de Airton Sousa: Sport joga bem e só empata

6628f9951d61e559de7ab45f6ca76b05

Um jogo cheio de emoções do começo ao fim, foi o que o torcedor rubro-negro assistiu na noite dessa quinta-feira ( 19 ), na Ilha do Retiro. Duas equipes que buscaram o tempo todo marcar o gol. O Sport pela necessidade de fugir da zona de rebaixamento, e o Santos para se aproximar  do líder Corinthians, porém no final tivemos o empate de 1 x 1. O Sport finalizou 26 vezes, acertando apenas 5. Enquanto  o Santos finalizou 8 vezes, para acertar apenas 3. Provando o tempo todo a desenvoltura do time rubro-negro.

 O Santos partiu na frente, ao marcar o gol aos 3 minutos através do jogador Ricardo Oliveira, tornando a partida ainda mais disputada. O Sport teve 56% de posse de bola, o Santos esteve o tempo todo encurralado , enquanto que o Sport  procurava avançar com Richele e Patrick para apoiarem respectivamente André e Diego Sousa, nas finalizações.

O goleiro Wanderley foi o melhor jogador em campo, no primeiro e segundo tempo, evitando que o gol Leonino acontecesse. No segundo tempo tivemos alterações, saindo Wesley e Raul Prata,  pelo Santos entrou Copete. O jogo continuava no mesmo ritmo do primeiro tempo, inclusive com o Santos abusando nas faltas e o goleiro Wanderley  fechando o gol.

O técnico Wanderley Luxemburgo, efetuou a ultima alteração, entrando o jogador Rogério para aumentar a pressão e a velocidade do time. Aos 38 minutos foi Rogério, em um lance de rara felicidade,que  recebeu  uma bola de Juninho e chutou indefensável contra o gol de Wanderley, empatando a partida. Aos 41 minutos era a vez de Caíque sozinho, encontrar Magrão na sua frente e desperdiçar o gol da vitória.

O empate de tudo não foi um mal resultado, porque os resultados do Bahia, São Paulo, Vitória e Ponte Preta ajudaram o Sport pelo fato de que essas equipes não conseguiram vencer. Próximo jogo do time rubro-negro será no Paraná, contra o Atlético neste final de semana . Arbitragem bastante contestada pelos jogadores do  Sport. Renda R$ 236.458,00 e um público de 16.377.

Blog de Airton Sousa: Sport não passa de um empate

d05e635ec532755e7e1a4fa59dc1d9f2

Jogando nesse domingo (15) na Ilha do Retiro, o Sport não passou de um empate contra o Atlético Mineiro com o placar de 1 x 1. Após o importante resultado contra o Vitória no Barrandão, esperava-se que o time pudesse somar mais três pontos e partir para uma recuperação total na competição.

Porém, o empate em casa, independentemente do adversário, podemos considerar um resultado negativo, pelo fato de ser na Ilha do Retiro e a posição do time obrigava que a vitória acontecesse, afim de dá a volta por cima e se posicionar melhor no campeonato. Teria sido melhor ter empatado contra Vitória e ter vencido ao time do Atlético, porque mais uma vez permanece aquele raciocínio, em casa só a vitória.

Quanto ao jogo, o time rubro-negro abriu o placar aos 9 minutos do primeiro tempo,  com uma boa jogada de Diego Sousa, lançando Patrick que finalizou. No entanto, a partir do gol o Atlético partiu para cima, criou várias situações de perigo até que saiu o empate, aos 38 minutos com o jogador Fred, após uma falha de marcação do lateral Mena.

No segundo tempo, apenas correria por parte dos dois times, criando algumas situações perigosas, porém as finalizações esbarravam  na qualidade dos goleiros do Sport e do Atlético Mineiro. O jogo ganhava muita velocidade, porém era preciso que houvesse mais qualidade nos passes dos homens de meio campo, para alimentar os atacantes.

O empate foi considerado um resultado apenas razoável, porque a próxima partida será contra o time do Santos na Ilha do Retiro, outra vez com a obrigação de somar três pontos e tentar avançar na pontuação e também na posição, os destaques do Atlético Mineiro foram: Fred, Elias e Valdívia. Enquanto que pelo Sport se destacaram Patrick e Diego Sousa. Observando-se que a ausência de André fez falta ao setor  ofensivo leonino. O público foi 20.273, o que podemos considerar um bom público.

Blog de Airton Sousa: Sport joga mal porém se classifica

 arsenal de srandi

Todos esperavam na noite dessa quinta-feira (27), que o Sport Clube do Recife fizesse uma boa apresentação, fazendo  valer a sua superioridade técnica. Porém, o que nós vimos foi um time fragilizado, sem vontade e dominado principalmente no primeiro tempo pelo fraco time do Arsenal.

Com o adversário pressionando, sem que a defesa e meio de campo do Sport, demonstrassem nenhuma qualidade, perdemos por 1 x 0 na primeira etapa de competição. Na volta nada mudou no time Leonino e logo tomou o segundo gol, com falha de marcação do meio de campo e da zaga Pernambucana.

Ainda bem, que as entradas de Rogério e Tomás , fizeram com que o time acordasse, e com um gol de André,  o rubro-negro escapasse, e  conseguisse a classificação para a próxima fase, onde irá enfrentar a Ponte Preta, sendo o primeiro jogo em Recife e o segundo jogo na cidade de Campinas.

Após a partida,  o Presidente abriu o verbo, demonstrando decepção pelo que o time fez.Em seguida foi a vez do técnico Wanderley Luxemburgo , que não economizou palavras para criticar a postura medíocre do grupo, inclusive citando o jogo do Vitória pelo Brasileiro, onde falou que somente naquela partida, o grupo tinha tido um comportamento tão decepcionante. O rubro-negro volta para casa, e domingo a tarde enfrenta ao time do Bahia, em Salvador.

Blog de Airton Sousa: Arena cheia e a decepção do Sport

 arena lotada

Com uma tarde de festa na Arena de Pernambuco, e um público de 42.025 torcedores, tivemos a derrota do Sport Clube do Recife, pelo placar de 2 X 0. Os comandados do técnico Wanderley Luxemburgo, não tiveram inspiração em momento algum, jogando mal e sendo dominados nos dois tempos pelo time do Palmeiras.

Taticamente o técnico Cuca montou o alvi – verde paulista, de uma maneira que não permitiu a saída de bola do rubro – negro, com uma marcação segura e precisa, além da pressão o tempo todo no campo Leonino. Ofensivamente o Palmeiras teve várias oportunidades  já no primeiro tempo, encontrando facilidade de penetrar na área adversária pelo meio e pelas laterais do campo.

Aos 33 minutos de jogo, após a cobrança de um escanteio, o jogador Bruno Henrique antecipa-se a zaga do Sport e marca o primeiro gol do jogo. Se os comandados de Cuca dominavam, passaram a predominar mais ainda após o gol, e aos 48 minutos Keno com uma bola perdida por Patrick, impôs velocidade e marcou o segundo gol, terminando o  primeiro tempo em 2 x 0.

Já na volta da segunda fase, Wanderley Luxemburgo substitui Sander por Rogério, avançou o time e melhorou de rendimento, inclusive com uma bola na trave aos 14 minutos, após a cobrança de uma falta pelo jogador Diego Sousa, que foi simplesmente decepcionante durante todo o jogo, no entanto era  vulnerável a atuação do time leonino.

A partir daí, o Sport voltou a mesma mediocridade anterior, teve várias substituições, contudo só veio a ter outra chance de gol, aos 45 minutos com o jogador André, o que foi muito pouco pelo que se esperava do time da Ilha do Retiro, principalmente porque o Palmeiras estava desfalcado de vários jogadores, entre eles: Dudu, Michel Bastos, Felipe Melo, Fabiano, William, Bona, Tchê Tchê, Tiago Matias e Aroucha.

Com a derrota, o Sport terminou a rodada na sexta posição com 24 pontos, enquanto que o Palmeiras ocupou a quinta posição com 26. O próximo jogo do time Leonino é contra o Bahia na Arena Fonte Nova, com as ausências de Diego Sousa, André e Richely. Porém, quinta-feira (27), o Sport volta a campo pela Sul-Americana na Argentina, contra o Arsenal de Sarandí. A primeira partida na Ilha do Retiro, o Sport venceu pelo placar de 2 x 0. Daí a vantagem de qualquer empate, ou uma derrota até por 1 x 0.

 

 

Blog de Airton Sousa: Finalmente tudo certo entre o Sport e Wanderley Luxemburgo

A novela acabou, no final da tarde dessa segunda-feira (29), a diretoria do Sport, anunciou oficialmente a contratação do treinador Wanderley Luxemburgo. O profissional esteve no Recife nesse final de semana, e não chegaram a um denominador, no entanto, todos voltaram atrás, o bom senso e os reais falaram mais alto, e Wanderley Luxemburgo acertou com o Clube da Praça da Bandeira.

Agora, é esperar as exigências do treinador, as condições que serão dadas pela diretoria, e as mudanças que o time terá, a partir do momento em que o novo treinador assumir o comando técnico do rubro-negro Pernambucano. A realidade do Sport hoje é uma, com a chegada do novo treinador, muitas coisas irão mudar, a começar pela contratação de valores do nível de Wanderley, que acima de tudo é bastante exigente.

Só resta esperar as novidades das duas partes, conhecimento técnico o novo treinador tem, isso é indiscutível, quanto ao clube tem lastro suficiente para contratar grandes nomes, principalmente porque no elenco, já existem jogadores com salários milionários, que estão jogando um futebol aquém do que estão recebendo. Além disso, deveremos ter dispensas, porque o time está com um elenco exageradamente grande, alguns, com pouca qualidade.

Blog de Airton Sousa: Sport vence ao time reserva do Grêmio

Um jogo complicado e difícil para o Sport que não se encontrou em grande parte do primeiro tempo, e deixou-se dominar pela garotada do time do Grêmio, que aplicou muita velocidade durante o jogo e chegou a vencer por 2 x 0. Depois que tomou o segundo gol, o time leonino começou reagir, e aos 34 minutos, André descontou fazendo o primeiro gol, e a partir daí houve um equilíbrio no jogo, terminando o primeiro tempo com a vitória gaúcha por 2 x 1.

Já na volta para o segundo tempo, Daniel Paulista trocava Rogério por Lenis e tudo mudou, com o time Pernambucano aplicando velocidade no jogo, empatando, virando e chegando ao quarto gol, daí através de pênalti, o Grêmio fez o terceiro gol, e terminou perdendo por 4 x 3. O Sport demonstrou mais uma vez carências no sistema defensivo, teve a expulsão de Mena e a estreia de Anselmo considerada positiva, dando mais liberdade ao jogador Richely.

Com a vitória, o time da Praça da Bandeira, somou quatro pontos, e terá o próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro, contra o Avaí, em Santa Catarina. Há expectativa do novo treinador, já que Wanderley Luxemburgo não chegou a um consenso com a diretoria, bem como a contratação de novos reforços, porque mesmo vencendo, o time apresentou várias carências. Nesta quarta-feira (31), o Sport enfrenta na Ilha, o Botafogo pela Copa do Brasil. No primeiro jogo deu a vitória do time carioca por 2 x 1.

Blog de Airton Sousa: Sport perde e Ney Franco cai

Uma verdadeira decepção, foi o que aconteceu ontem com o torcedor do Sport Clube do Recife. Um time sem alma, sem coragem, sem determinação, e sem jogar nada, foi o resultado da decisão ontem, pela final da Copa do Nordeste, 2017. O time do Bahia venceu pelo placar de 1 x 0, e graças ao goleiro Magrão, o time não tomou uma sonora goleada, para aumentar mais ainda a decepção.

O técnico Ney Franco, escalou o time errado, não houve produção positiva em nenhuma das posições, e também não tivemos um jogador do Sport, se quer que conseguisse se destacar.Como se não bastasse, o jogador Rogério forjou um pênalti, já tinha cartão amarelo, automaticamente recebeu o vermelho e foi expulso, aos 32 minutos, com isso o dirigente do Sport criticou bastante a arbitragem, principalmente por não marcar um pênalti, e ainda ter expulsado o seu jogador.

O Bahia fez uma verdadeira blitz: aos 5 minutos Regis, aos 12 minutos o gol através de Edgar Junior, em uma falha inocente do jogador Durval, aos 18 minutos outra vez Regis, aos 31 minutos uma cabeçada de Edgar Junior, no total de quatro chances para o Bahia, contra basicamente nenhuma para o Sport, no primeiro tempo.

No segundo tempo, o Sport volta com Marquinhos, no lugar de Raul Prata, esperando que o time melhorasse, nada disso. Aos 10 minutos, Regis chuta forte. Aos 13 minutos é Zé Rafael que perde mais um gol. Aos 36 um chute de Alione. Aos 38 minutos, Magrão salva uma bola de Zé Rafael. Aos 40 a chance é de Juninho, e finalmente aos 44 minutos Edgar Junior quase fatura para o tricolor Baiano. Total de seis chances, contra apenas uma para o Sport, com Everton Felipe.

No final do jogo, o dirigente do Sport,  procura a imprensa para uma coletiva, e anuncia a demissão do treinador, o que não foi novidade para ninguém. A novidade mesmo, foi o ex-treinador afirmar que o time havia jogado bem, e que as substituições  de Marquinhos, Everton Felipe e Leandro Pereira haviam correspondido. Agora, é aguardar a expectativa do que pode acontecer, até o jogo de domingo contra o Grêmio, na espera do novo treinador.

Blog de Airton Sousa: Jogos decisivos no final de semana

Para amanhã a tarde, teremos o primeiro jogo entre  Náutico e  Santa Cruz, valendo a vaga para a Copa do Nordeste do próximo ano. As equipes estão com problemas os mais diversos, e a situação mais difícil é do time timbu, com salários atrasados, jogadores pedindo dispensa e as mais diversas reclamações.

O Santa Cruz pelo menos pagou o mês de março recentemente, e está em dia com o grupo. No entanto, quarta-feira passada, em casa perdeu para o Sport, e conseqüente está de fora da final da Copa do Nordeste, trazendo desgaste emocional, financeiro e moral, pela maneira como a derrota aconteceu.

Tecnicamente hoje, o Santa Cruz está mais equilibrado, com um bom sistema defensivo, um bom meio de campo, e apenas o ataque é de um nível inferior. No entanto, existe a ameaça da não participação de jogadores importantes, Anderson Sales, Vitor, Elí Carlos, Pitbu. Por outro lado, o problema mais sério do Náutico, é o fato de Dudu e Giovane terem pedido para voltar para o Fluminense, além da insatisfação de alguns jogadores, entre eles, Anselmo.

 Por outro lado,  domingo à tarde, na Ilha do Retiro, teremos a primeira partida da decisão do Campeonato de 2017, entre o Sport e Salgueiro. O Sport embalado na empolgação da vitória da quarta-feira, contra o Santa Cruz, conseqüentemente a classificação para a final da Copa do Nordeste, principalmente, a maneira como a vitória aconteceu, deixando os jogadores com o astral bastante levantado.

Enquanto isso, o time do Salgueiro, que já se encontra na cidade do Recife, teve através da sua comissão técnica e dirigentes, todos os cuidados necessários para um jogo fora dos seus domínios, sabendo da qualidade que o time do Sport tem. Precaução e um aprimoramento no trabalho tático e técnico, é o que se observa por parte do time interiorano.

É uma decisão diferente, porque é a primeira vez, que o interior chega a decidir o título, e observa-se que uma grande parte dos torcedores, principalmente do Santa Cruz, Náutico e do próprio Salgueiro, torcendo que o time Salgueirense, venha a conquistar o título, que seria inédito para o futebol do interior. Só resta aguardar, o que vai acontecer, entre a qualidade técnica e a força do conjunto, quem se sairá melhor na primeira partida.