Blog de Airton Sousa: Tricolores e alvi-rubros em busca de recuperação

 fggf

Nesta sexta-feira (25), o Náutico vai até Fortaleza para enfrentar a equipe do Ceará. Um jogo complicado em vários aspectos, começando pela necessidade de recuperação do time do ceará  , em razão da goleada sofrida para o time do Boa na última rodada. Depois o jogo será no Presidente Vargas, estádio menor com  a pressão da torcida, além da rivalidade que sempre existiu entre esses dois estados nordestinos.

O Náutico que após Roberto Fernandes assumir o comando técnico, venceu três partidas e perdeu apenas uma, demonstrando uma boa recuperação, apesar de está na vice lanterna da competição, e faz o seu torcedor voltar a ter esperança. No entanto é inegável que houve uma evolução do time  timbu. Porém, é bom lembrar que o alvi-rubro perdeu a sua principal peça, o jogador Erick nesta confusão da sua transição com o futebol de Portugal.

Outro pernambucano que estará jogando, desta feita neste sábado (26) à tarde, é o Santa Cruz que está vivendo os mais diversos problemas, entrando na zona de rebaixamento após a última rodada e tendo muitas broncas a serem resolvidas. O técnico Givanildo Oliveira, ameaçado de demissão, em razão dos resultados negativos. E mais uma bronca surge,o ex-goleiro Tiago Cardoso colocou o clube na justiça e rola uma divida em torno de 750 mil reais.

Quanto ao jogo, é desnecessário dizer das dificuldades que o Santa Cruz irá enfrentar diante do time alagoano, pelo elenco, pelo treinador e também porque o Regatas sempre complica contra os pernambucanos. Não tem outra saída para o time do Arruda: vencer, vencer e vencer. E a grande pergunta é essa: A torcida irá ao estádio, ou os resultados irão afastar ainda mais o apaixonado torcedor tricolor?

Para finalizar a participação dos clubes de Pernambuco neste fim de semana, o Salgueiro joga neste sábado (26) à noite contra o time do Sampaio Correia. O jogo será na cidade de Salgueiro e o Carcará no momento é o quinto colocado do grupo, podendo voltar ao G-4, caso vença esse compromisso. Sabemos que nos seus domínios o time salgueirense se torna mais forte, e é isso que espera a sua torcida.

Blog de Airton Sousa: Fim de semana de derrotas para Pernambuco

Sport-Salgueiro-e-Santa-Cruz

Tivemos um fim de semana, onde os rubro-negros e os tricolores jogaram e não conseguiram vencer. Para ninguém falar de ninguém, o Santa Cruz perdeu e o Sport também , e só uma  coincidência, pelo mesmo placar: 2 x 0, ambos jogaram fora da Capital Pernambucana, e quem sabe esse fato seja um consolo para as torcidas.

O Santa Cruz, com muitas modificações e a esperança na volta de Grafite, não conseguiu incomodar o Guarani e terminou perdendo o jogo, sem qualquer poder de reação, já que entrou totalmente desligado, e tomou dois gols em menos de dez minutos, desmantelando  o grupo, logo no inicio da partida.

Grafite, no sacrifício na maioria do jogo voltando para apanhar a bola, deixando o seu setor livre, facilitando o trabalho da zaga adversária. Com a derrota, o time tricolor é mais um na zona de rebaixamento, fazendo companhia ao time do Náutico. Como se não bastasse um, agora dois pernambucanos ameaçados de rebaixamento.

O Sport não fez diferente, também perdeu por 2 x 0, não jogou nada, pouco incomodou a defesa e o goleiro Fabio do Cruzeiro, e terminou descendo mais ainda na classificação. Todos esperavam que o time de Mano Meneses entrasse com o time misto. Nada disso, o técnico colocou em campo as melhores peças, apenas Rafael Sobis e Digão não jogaram.

Com o time completo, visando ampliar as jogadas para a decisão da quarta-feira, contra o Grêmio, o Cruzeiro se empenhou em campo, dominou do começo ao fim o time rubro-negro e mandou no jogo, principalmente o jogador Tiago Neves que foi dono absoluto das ações, com Sassá marcando aos 34 do primeiro tempo, e Raniel aos 42 da segunda fase.

Quanto ao rubro-negro, a maioria das peças destoaram. A zaga foi falha, inclusive nos dois gols do Cruzeiro, com falha direta de Ronaldo Alves, a meia cancha totalmente dominada, com Diego Sousa escondido no jogo, e o ataque com Lenis muito mal,  André isolado e alheio ao que  rolava dentro de campo. O Sport descansa 11 dias, para enfrentar ao Grêmio em Porto Alegre, no dia 02 de setembro.

 Para fechar esse final de semana de derrotas para Pernambuco, o Salgueiro que vinha em uma sequência muito boa de vitórias, perdeu neste domingo à noite, para o time do Cuiabá pelo placar de 1 x 0, deixando desta maneira o G-4. Com a derrota o time do sertão encerrou a rodada ocupando a quinta posição, o que é lamentável. Portanto, só não perdeu quem não jogou: Sport , Santa Cruz e Salgueiro. Todos decepcionaram e perderam.

Blog de Airton Sousa: Pernambuco no Brasileiro das séries A, B e C

 Sport-Salgueiro-e-Santa-Cruz

Teremos mais uma vez a participação do nosso futebol  neste fim de semana. Começa logo no sábado (19), com o Santa Cruz enfrentando ao Guarani em Campinas. Sempre é difícil enfrentar o Bugre, principalmente nos seus domínios, muito embora o time Campineiro caiu um pouco de produção nos últimos jogos.

Em contra partida, o tricolor  vai com algumas alterações interessantes. A volta de Nininho na lateral direita, Sandro e Anderson Sales no miolo de zaga, Eli Carlos e Léo Lima voltando, Iuri na lateral esquerda,  além da estreia de Grafite no comando de ataque. Com isso entende-se a condição do técnico Givanildo ter peças para trabalhar antes e durante o jogo.

Importante lembrar, a necessidade do time tricolor de somar ponto ou pontos nesse jogo, porque o time está na porta do zona de rebaixamento. O ambiente é o melhor possível, inclusive com a atualização dos salários pagos pela diretoria, junto ao elenco tricolor. A esperança da torcida é  que o time volte para Pernambuco com um bom resultado.

Enquanto isso, o Sport Cube do Recife enfrenta ao misto do Cruzeiro em Belo Horizonte. Importante lembrar, a necessidade do time rubro-negro de pontuar nessa partida, em razão de que próximo do time pernambucano existem aproximadamente cinco equipes.Caso o Sport não some pontos, e alguns concorrentes vençam, o Sport pode perder algumas posições.

Duas ausências são consideradas importantes no time da Praça da Bandeira,  Oswaldo para o ataque e Neris na zaga . Porém, o treinador Wanderley Luxemburgo tem peças suficientes para suprir as ausência, mesmo porque Rogério estará a disposição do treinador. O Cruzeiro entra com o time misto, em razão da decisão da quarta-feira pela Copa do Brasil, contra  o Grêmio.

Por outro lado, o time do Salgueiro defendendo a sua manutenção no G-4 da série C, joga contra o Cuiabá. O jogo é em Mato Grosso, porém a campanha do time Salgueirense inspira confiança pelos resultados obtidos, e pela evolução do grupo após o término do Campeonato Pernambucano de Futebol .

Blog de Airton Sousa: O Santa Cruz perde mais uma vez

Se o Santa Cruz terminou mal a primeira etapa do Brasileiro da série-B, nada mudou na fase  que começou nessa terça-feira (08), perdendo no Arruda pelo placar de 2 x 1 para o Criciúma. Foram dois tempos distintos, no primeiro tempo o tricolor fez uma partida de razoável para boa, enquanto que fez o oposto no segundo tempo.

santa cruz

Primeiro tempo, com um Santa Cruz pegador, jogando no campo do adversário e dominando a equipe do Criciúma, marcando o gol aos 29 minutos com André Luiz, e perdendo várias chances, inclusive uma bola de Ricardo Bueno, que se concretizada mudaria a história do jogo, e talvez dificultasse a reação do time adversário, merecendo vencer o primeiro tempo.

No segundo tempo, foi um outro time. E Não sabemos realmente a quem atribuir: Limitação do grupo, condição física, má vontade, salário atrasado, enfim alguma coisa existe, no entanto não somos nós que iremos encontrar o caminho, e sim a diretoria e comissão técnica com a obrigação de descobrir a verdadeira causa.

O gol do Criciúma aconteceu aos 2 minutos do segundo tempo, e a partir daí o domínio foi do time de Santa Catarina, que  teve bem em  todos os setores, enquanto que o Santa Cruz limitou-se a chutar uma bola através do jogador Ricardo Bueno, e isso é muito pouco para quem jogava em casa e vinha de um bom comportamento no primeiro tempo.

Aos 31 minutos aconteceu o gol da vitória do Criciúma, com Alex Maranhão sem qualquer combate da zaga tricolor, e ali estava mais uma derrota do Santa Cruz, o que não é novidade, baseando-se nos últimos resultados negativos do time. Beirando a zona de rebaixamento, o time joga na próxima semana em Campinas, contra a boa equipe do Guarani.

Como se não bastasse a preocupação com a situação do Náutico, lanterna da competição e ameaçado de rebaixamento, agora a preocupação também é com o Santa Cruz, em razão de que  com o jogo dessa terça-feira (08), o time completa a sua quinta partida sem vencer, só acumulando derrotas, sem somar pontos para melhorar a classificação.

Blog de Airton Sousa: O Santa Cruz joga buscando a recuperação

santa cruz

O Santa Cruz fechou a primeira etapa do Campeonato Brasileiro da série-B, somando apenas 23 pontos e ocupando a décima sexta posição, com um rendimento abaixo da critica, e demonstrando ao longo da primeira fase atuações cheias de altos e baixos. Tudo isso trouxe para a torcida muita inquietação.

São muitas as questões discutidas pelo fraco desempenho do time, com atribuições as mais diversas, no entanto entendemos que três pontos foram os principais. A limitação técnica do grupo, a carência em alguns setores e o mais agravante, o lado financeiro. Hoje, o clube deve aos jogadores dois meses de salários, o que tem trazido  muito desgaste.

Porém, como começa   nesta terça-feira (08) uma nova fase da competição, e surge em meio aos tricolores a esperança de uma recuperação. É necessário que o time comece essa fase com um novo comportamento.  Para que isso aconteça, é preciso dá uma  guinada em todos os sentidos, começando pela diretoria na atualização dos pagamentos, contratação de jogadores para as posições carentes do time e mais condição de trabalho para o treinador.

O Criciúma, adversário do Santa Cruz nesta terça-feira (08), está na décima segunda colocação com 26 pontos, e na abertura do turno anterior terminou perdendo para o Santa Cruz, pelo placar de 2 x 1. Agora, a história é outra. As duas equipes mudaram os seus elencos, um turno foi embora e o mando de campo é tricolor. Vejamos então quem vai recomeçar melhor, o Santa Cruz, ou o Criciúma?

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz perde e decepciona, o Náutico vence fora de casa

serie b

Jogando nessa terça-feira (01), o Santa Cruz completou três jogos sem vencer pela série-B, do Campeonato Brasileiro. O jogo foi na Arena de Pernambuco, e o adversário foi o Paysandu. No final, o time tricolor perdeu por 2 x 1, e começa complicando a situação , em razão que agora sim, a zona de rebaixamento aproxima-se dos comandados do técnico Givanildo Oliveira.

E não é só a queda na tábua de classificação, mais os problemas internos existentes, onde todos escondem, porém sabemos que a razão maior é a falta de pagamento, por falta de dinheiro.  O técnico afirmou que vai esperar até a próxima sexta-feira (04), para que a diretoria tome as devidas providencias.

Foi um Santa Cruz irreconhecível, no primeiro e no segundo tempo, mesmo com a vitória parcial na primeira fase, onde o Paysandu chegou três vezes a meta de Julio César, enquanto que o tricolor, teve apenas a chance do gol, com a cobrança de um pênalti através de Ricardo Bueno, vencendo por 1 x 0.

No segundo tempo, tudo foi complicado. Gol do Paysandu aos 2.30 minutos, em seguida a expulsão de Julio César aos 8 minutos,e a partir daí tudo complicou para o time Pernambucano. Alterações sem funcionar pelo Santa Cruz, nada de reação e o time do Pará continuava dominando mais ainda, até chegar ao gol da vitória aos 42 minutos, através do jogador Bergson.

Com a derrota, o Santa Cruz desceu para décima quinta colocação, com 23 pontos e terá o próximo jogo  em Caxias, contra o Juventude. O técnico Givanildo Oliveira, não poderá contar com Bruno Silva, Derley e João Paulo, além de outros jogadores  o que complica mais ainda para o treinador escalar o time, também pela limitação do elenco.

Quanto ao Náutico, com Levi Gomes comandando o time, venceu ao Vila Nova pelo placar de 1 x 0. Coincidência ou não, no momento em que a diretoria fechou com o técnico Roberto Fernandes, que pela terceira vez assume o comando do alvi-rubro, se bem que no jogo contra o Vila Nova, Roberto Fernandes não acompanhou a delegação.

Foi a segunda vitória do Náutico na competição, e coincidência fora de casa, deixando o time timbu  com 11 pontos, porém ainda na lanterna e distante das demais equipes, inclusive que também estão na zona de rebaixamento. No ultimo jogo deste turno, o Náutico joga contra a Luverdense, nesta sexta-feira (04) na Arena de Pernambuco. Aí sim com a estreia do técnico Roberto Fernandes, o sexto treinador do Náutico este ano.

No jogo desta quarta-feira (02), o treinador Wanderley Luxemburgo terá de volta os principais jogadores do grupo, que não tiveram condição de jogar contra o Bahia, o que não alterou o comportamento do time, dando a entender que o treinador agora poderá acreditar que tem no banco, jogadores a altura para quando ele necessitar, em outras oportunidades. É aguardar para sentir o comportamento do grupo no jogo desta quarta-feira (02),diante do Fluminense.

Blog de Airton Sousa: Sport vence, Santa e Náutico perdem e Beto Campos cai

 camisa_retro_nautico_santa_cruz_sport_560_380

Um final de semana, com resultados negativos nas séries B e C, somente o Sport Clube do Recife é que honrou o futebol do nosso estado, vencendo ao Bahia por 3 x 1, dando a volta por cima, em razão de que vinha de dois resultados negativos, pelo Brasileiro e pela Sul-Americana. Com um detalhe: após o jogo o técnico Jorginho do Bahia foi demitido pela diretoria.

Falando do Santa Cruz, o tricolor terminou perdendo de goleada para o Paraná pelo placar de 4 x 0. Foi um time desencontrado, tanto no primeiro como no segundo tempo, deixando-se dominar pelo time adversário. O Paraná não teve trabalho nenhum ao longo do jogo, inclusive com várias chances de ampliar o placar.

O tricolor teve uma defesa falha, um meio de campo pouco criativo e as consequências para os atacantes eram as piores possíveis. Para o jogo contra o Paysandu, o técnico Givanildo Oliveira não vai contar com o zagueiro Jaime que foi expulso, e tem como opção o jogador Anderson Sales. Com a derrota o tricolor caiu para a décima terceira posição e joga nesta terça-feira(01) na Arena de Pernambuco.

O Náutico perdeu o jogo e perdeu também o técnico Beto Campos. Um jogo na Arena de Pernambuco, onde o timbu tinha tudo para somar três  pontos, e não aconteceu. Pelo contrário, veio mais uma derrota, com o time jogando mal e deixando-se dominar pelo adversário.

Com mais essa derrota, a situação complicou mais ainda, porque a diferença do alvi-rubro para o décimo nono colocado, é de sete pontos, o que se torna uma posição praticamente irreversível. A saída do técnico Belo Campos provoca agora o investimento em um outro treinador, e nesse caso o técnico da vez é Roberto Fernandes, atualmente no Confiança. O Náutico joga nesta terça-feira (01), contra o Vila Nova em Goiás.

O Salgueiro também perdeu, desta feita fora de casa para o Fortaleza. A derrota tirou o Carcará do G-4, caindo para a quinta posição. No entanto, nada apavora a comissão técnica e os jogadores, pela facilidade que o time sertanejo tem de se recuperar. Foi assim, no inicio da competição. Só resta aguardar o próximo compromisso.

Finalmente, um vitorioso, e esse foi o Sport Clube do Recife, que venceu ao Bahia na Arena Fonte Nova por 2 x 1. Depois de duas derrotas seguidas e deixando o seu torcedor apreensivo, principalmente a derrota contra o Arsenal. As duas derrotas colocavam duvidas na torcida, no entanto mesmo com  ausências importantes, o time se superou, avançou a marcação e amarrou o time baiano.

 Alguns jogadores se destacaram na partida: Mena, Thomás, Lenis e Everton Felipe, que fizeram o torcedor esquecer Diego Sousa, Richele, André e Samuel Xavier, porque o comportamento do time foi bastante seguro  e aplicado. Com a vitória, o Sport voltou a sexta colocação, com 27 pontos e joga nesta quarta-feira (2), na Arena de Pernambuco, contra o Fluminense, já podendo contar com os profissionais que estiveram de fora contra o Bahia.

Blog de Airton Sousa: Balanço Pernambucano nas séries B e C

 index

Jogando  sexta –feira (21), à noite na Arena de Pernambuco, o Santa Cruz não passou de um  empate em 1 x 1, contra o time do Boa. O tricolor foi dominado o tempo todo pelo time mineiro, que não soube aproveitar as oportunidades surgidas . No entanto,  a sorte estava ao lado do Santa Cruz, que marcou com João Paulo, aos 44 minutos.

Na segunda etapa, não foi diferente. O time do Boa desperdiçou várias oportunidades, graças ao domínio do seu meio de campo. Aos poucos as chances apareciam, até que aos 25 minutos o bom jogador Taciano, aproveita uma falha, após a cobrança de escanteio, e com a cabeça empata o jogo,. Se o domínio do time mineiro era grande, aumentou mais ainda, após a marcação do gol de empate.

O resultado podemos considerar como negativo para o Santa Cruz, que teve a oportunidade de somar três pontos, e aproximar-se mais ainda do G-4. Agora o Santa Cruz sai e joga contra o Paraná, em Curitiba sábado(29). Após o jogo, o técnico Givanildo desabafou, reclamando contratações e atualização dos salários, já que os atletas estão com dois meses de salários atrasados.

Por sua vez, o Náutico jogou nesse sábado (22), e empatou com o time do Londrina. O alvi-rubro cometeu os mesmos erros, apresentou as mesmas dificuldades e foi dominado totalmente pelo time Paranaense, que desperdiçou muitas oportunidades, no primeiro e segundo tempo.

Porém, o empate serve apenas de consolo, porque lá se foram dezesseis rodadas, o time tem apenas oito pontos e vê cada vez mais próximo chegar ao rebaixamento, porque faltam apenas três rodadas, para terminar o primeiro turno e a competição vai afunilando. O próximo jogo do Náutico será na Arena de Pernambuco, contra o Criciúma, neste fim de semana

Pela série- C, o Salgueiro foi ao Maranhão e conseguiu vencer ao Moto Clube pelo placar de 2 x 0. Mais uma vitória do Carcará, que apresenta sinais de total recuperação, saindo da lanterna e em três jogos consegue entrar   no G4, fechando a rodada na quarta colocação do Campeonato da série-C.

Para este domingo (23), a expectativa do jogo entre o Sport e o Palmeiras, com a promessa de casa cheia na Arena de Pernambuco. Será um teste de verdade para os comandados do técnico Wanderley Luxemburgo, até porque o Palmeiras vem bastante desfalcado para esse jogo.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz aproxima-se do G-4 e o Náutico afunda mais ainda

Tivemos na noite dessa terça-feira (18), os dois representantes de Pernambuco jogando na série B, do Campeonato Brasileiro. O Santa Cruz jogou na Arena de Pernambuco, com um público de 6.731 torcedores e no final do jogo o tricolor venceu pelo placar de 1 x 0,  aproximando-se do G-4, com a distancia de apenas  dois pontos do quarto colocado. O Náutico tem sua situação complicada, após a derrota de 1 x 0 para o Payssandu.

Foi um jogo nivelado por baixo tecnicamente, onde no primeiro tempo tivemos apenas dois chutes perigosos, que merecerão registro. Tiago Costa aos dois minutos para o Santa Cruz, e Alan Mineiro aos 32 minutos, para o Vila Nova. Muitos passes errados, marcação precisa do time goiano e muitas faltas, sem que o Santa Cruz tivesse oportunidade de sair para o jogo.

No segundo tempo, com a entrada de Bruno Paulo, o Santa Cruz cresceu e marcou o gol da vitória aos 10 minutos, através de uma jogada pela esquerda de João Paulo, a antecipação de André Luiz, e o gol  tricolor .  Pitibul perdeu duas oportunidades de gol , aos 32 e 44 minutos.

Com o resultado, o Santa Cruz passou a somar 22 pontos e joga nesta sexta-feira(21), na Arena de Pernambuco, contra a equipe do Boa Esporte. O técnico Givanildo Oliveira, demonstrou preocupação no final do jogo, com a quantidade de gols perdidos. A vitória na sexta-feira, é fundamental, porque a próxima partida será fora de casa contra o Paraná.

Quanto ao Náutico, pouca coisa a registrar, a não ser mais uma derrota, e  muita reclamação do grupo com o gol do time Paraense. No entanto, foi mais um resultado negativo, a situação se complica a cada rodada, e a recuperação de pontos não acontece. O próximo jogo do Náutico é fora de casa, contra a equipe do Londrina, neste sábado à tarde.

rodada15-b

Blog de Airton Sousa : Para onde foi a qualidade do clássico…

bbbbb

Já sabíamos que o jogo entre Náutico e Santa Cruz, não teria uma  qualidade técnica de admirar. O momento que vive os dois clubes, a limitação dos elencos, principalmente do Náutico e os valores individuais, onde  fica difícil apontar em cada time quatro jogadores de relativa qualidade, tudo isso seria suficiente para termos um jogo limitado tecnicamente.

No entanto, a necessidade do tricolor  somar três pontos para se aproximar do G-4, e consequentemente distanciar-se da zona de rebaixamento, dava a entender que o grupo teria um empenho melhor, porém isso não aconteceu, mesmo  reconhecendo que no primeiro tempo o Santa Cruz  demonstrou um pouco mais de qualidade e teve várias oportunidades.

 A diferença do tricolor no primeiro tempo, foi a criatividade do meio de campo, e as oportunidades dos seus jogadores:  Augusto aos 20 , João Paulo aos 22 ,  André Luiz aos 25  e Derley aos 32 minutos. E a rigor, o Náutico não teve uma chance ofensiva que merecesse registro no primeiro tempo, onde apenas se defendeu e para completar, aos 33 minutos perdeu Giovani, por contusão.

Na segunda fase,  o Náutico avançou a marcação, e aos 2 minutos perdeu a primeira oportunidade com Alisson, em seguida aos 6 minutos Ávila perdeu outra oportunidade,além da chance perdida por   Léo Carioca aos 8 minutos . Ou seja,  três oportunidade de gols em menos de 10 minutos. Com isso já estava demonstrado que o alvi-rubro tinha voltado com outra disposição.

Aos 10 minutos Léo Carioca saiu e o técnico faz a estreia de Leilson que teve bem no jogo. Com isso Suelíton ganha  liberdade para o apoio. Vendo o crescimento do adversário, o técnico Givanildo Oliveira,  substitui aos 17 minutos Augusto por Barbio , muitos não concordaram. Aos 26 minutos era o Náutico outra vez que tinha oportunidade de gol com o jogador Alísson.

Aos 29 minutos entram Sheik pelo Santa Cruz e Yago pelo Náutico, e também pelo Náutico entrou Cal Rodrigues aos 34 minutos. Outra chance sem tanto perigo aconteceu com  Diego Miranda aos 36, Pitibull duas vezes, aos 45 e 47 minutos. Porém, nada mais que chances, porque o jogo terminou mesmo  zero a zero.

Com o resultado o Santa Cruz foi para décima posição, com 19 pontos e faz dois jogos na Arena de Pernambuco, Vila Nova e Boa. Daí a chance de somar seis pontos, podendo chegar até ao G-4. Enquanto isso, o Náutico continua na lanterna com 7 pontos, e tem dois jogos fora de Pernambuco, Payssandu e Londrina, tornando mais difícil a situação do time alvi-rubro.

O árbitro Elmo Resende de Goiás , teve um trabalho apenas sofrível, mesmo desempenho para os auxiliares. Público e renda decepcionantes, apenas 13.450 torcedores, para uma renda de R$ 173.680,00, quando era esperado um público acima de 25 mil torcedores. Terça-feira  tricolores e alvi-rubros voltam a campo. O Santa Cruz na Arena de Pernambuco e o Náutico em Belém do Pará.

O Salgueiro fez bonito, jogou em casa e venceu nesse sábado  (15), ao Confiança por 4×1.

Blog de Airton Sousa: Clássico em Pernambuco neste sábado à tarde

bbbbb
Com problemas clínicos dos dois lados, Náutico e Santa Cruz fazem um clássico importante na Arena de Pernambuco neste sábado (15), onde os dois treinadores estão demonstrando muita preocupação, pela contusão de jogadores importantes, causando alterações nos tricolores e alvi-rubros, o que provocará problemas na escalação dos dois times.

Pelo Náutico, o técnico Beto Campos não poderá contar com Gilmar, Vinicius e Breno Mota, atletas importantes no projeto do treinador. Em contra partida, a estreia do jogador Lenilson, ex – Guarani de Juazeiro é dada como certa. O Náutico vem de uma vitória contra o ABC, e um empate contra o Juventude. Futebol a parte, no domingo teremos as eleições do Náutico.

Por outro lado, o técnico Givanildo Oliveira, também tem problemas para escalar o seu time. O lateral esquerdo Roberto, peça importante no elenco,e que vinha atravessando uma boa fase, viajou na noite dessa quinta – feira (13) para Chapecó, e irá vestir a camisa da Chapecoense. Tiago Costa será o substituto, depois de muito tempo voltando ao time.

André Luiz, Primão, Bruno Paulo e Léo Lima, estão de volta e poderão ser utilizados pelo treinador. O Santa teve uma vitória contra o Brasil de Pelotas pelo placar de 3 x 0, na estreia do treinador Givanildo Oliveira, e um empate fora de casa contra a Luvendense. Sendo assim o técnico somou quatro pontos nos dois últimos jogos.

Quanto ao clássico deste sábado à tarde (15), para o Santa Cruz a vitória representará a aproximação do G – 4, enquanto que o Náutico, mesmo com uma vitória não sairá da zona de rebaixamento. Um empate, não será um bom resultado, no entanto para os tricolores é melhor do que para os alvi – rubros. Espera-se um bom público na Arena de Pernambuco.

 

Blog de Airton Sousa: Meio de semana sem vitória para Pernambuco

serie b
Não tivemos vitória neste meio de semana, com os representantes de Pernambuco, no Campeonato Brasileiro da série-B. O Náutico jogando na Arena , contra o Juventude, partiu na frente do placar, no entanto terminou cedendo o empate e mais uma vez encerra uma rodada sem conseguir vitória.

São treze jogos, onde apenas uma vitória foi conseguida, fora de casa contra o ABC, a expectativa era de que na Arena, e com a empolgação da vitória no jogo anterior, o time conseguisse a segunda vitória, ficou apenas na vontade e o Náutico continua afundando cada vez mais na competição.

Vem o próximo jogo neste sábado (15), contra o Santa Cruz. Como nós sabemos tratando-se de um clássico, o jogo se torna equilibrado, porém o time tricolor no momento, tem um grupo mais organizado tecnicamente e está em uma posição mais avançada na tábua de classificação. Para o Náutico a vitória ajuda, no caso do Santa Cruz, se a vitória ocorrer,o time se aproxima do G-4.

Enquanto isso, o Santa Cruz fez uma verdadeira peregrinação, indo a Lucas do Rio Verde, um trajeto complicado, onde todos os clubes reclamam a condição de deslocamento até aquela cidade. No entanto, a exemplo do Náutico, o Santa Cruz também empatou com a Luverdense, desta feita com o placar de 2 x 2, onde o goleiro Julio César, tomou um gol fácil, ajudando ao time do Mato grosso, no empate.

O tricolor Pernambucano, não teve um bom rendimento,muito embora o empate pode ser considerado um bom resultado, pelo fato de ser na casa do adversário e pelas circunstancias da partida. Agora o Santa Cruz, prepara-se para o clássico de sábado (15), contra o Náutico, com o mando de campo pertencente ao time alvi-rubro.

Nesta quinta-feira(13), o Sport volta a campo, enfrentando ao time da Chapecoense. Diego Sousa, está de volta como se nada tivesse acontecido. Se vai jogar, não sabemos.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz e Náutico em campo esta noite

nxsc
Depois da vitória espetacular a semana passada, na estreia do técnico Givanildo Oliveira, o Santa Cruz volta a campo na noite desta terça-feira, contra a Luverdense, em Lucas do Rio Verde. Todos sabem as dificuldades da logística, para chegar até o interior do Mato Grosso, no entanto, todos estão otimistas depois da apresentação no último jogo.

O tricolor não vai contar com André Luiz, que cumprirá a suspensão automática, no entanto, o treinador Givanildo Oliveira, já encontrou o substituto e espera que o time tenha um comportamento pegador, jogando na defensiva, porém com a opção de impor velocidade no jogo e ser capaz de criar contra-ataques.

Por outro lado, o Náutico que a onze rodadas não vencia e somava apenas dois pontos, conseguiu a sua primeira vitória na competição, somando agora cinco pontos e trouxe novo ânimo para os jogadores e a comissão técnica. Espera-se que em casa, o alvi-rubro venha a ter um boa atuação.

O adversário timbu é o líder da série B. O Juventude possui um time muito forte, partir na frente do Campeonato desde o começo, e tem sido um time difícil de ser batido, daí uma expectativa maior ainda, pela campanha fragilizada do Náutico e pelo volume de jogo que possui o time do Rio Grande do Sul.

Blog de Airton Sousa: Givanildo estreia com vitória

givanildo oliveira
Existia uma expectativa para a estreia de Givanildo Oliveira no Santa Cruz, depois de 12 anos. E a verdade, é que nada melhor poderia acontecer, uma goleada de 3 x 0 no Brasil de Pelotas, um futebol vistoso, principalmente no primeiro tempo, e um jogo coroado de três belos gols, feitos por Derley aos 26 minutos e João Paulo aos 42 minutos do primeiro tempo. No segundo tempo, aos 26 minutos, foi a oportunidade de Ricardo Bueno fechar o placar.

Foi um jogo bastante movimentado, onde observou-se a mudança de comportamento do time tricolor, o rendimento maior de algumas peças e o que foi lamentável é que o jogador Elí Carlos, aos 39 minutos do primeiro tempo, sofreu uma contusão, diminuindo o rendimento do time, mesmo com a entrada de Wellington César, que não foi bem recebido pelo torcedor.

Com a vitória, o Santa Cruz aproximou-se do G-4, teve o otimismo voltando ao grupo, e a expectativa que esse crescimento possa continuar. O time tricolor tem o desafio de jogar contra a Luderdense, em Lucas do Rio Verde. A Luverdense jogou nesta sexta-feira (07) e perdeu pelo placar de 3 x 1 para o Goiás.

Blog de Airton Sousa: Givanildo no banco e o Santa Cruz tenta a vitória

Na noite desta sexta-feira (08), o Santa Cruz volta a campo na Arena de Pernambuco, para enfrentar ao Brasil de Pelotas do Rio Grande do Sul. O time do Arruda vem de uma sequência de resultados negativos, daí a razão do afastamento do comando técnico do ex-jogador Adriano, que havia assumido temporariamente o time.

A contratação de Givanildo Oliveira é como se fosse a salvação para o grupo de jogadores que vem levado o clube a uma queda acelerada na competição, e hoje está em jogo duas citações. No caso de uma vitória, somando três pontos o time respira e aproxima-se do G-4, em contra partida, se perder terá o fantasma da zona de rebaixamento ameaçando o time no final desta rodada, o que tornaria o clima extremamente ameaçador.

São poucas mudanças que o técnico Givanildo fará na equipe, porque o treinador teve apenas 5 dias para trabalhar os jogadores. As possíveis mudanças poderão acontecer no decorrer do jogo, a depender do comportamento do time. O Brasil de Pelotas, também não tem uma boa campanha, no entanto, como sempre as equipes gaúchas dão muito trabalho, pelo estilo de jogar, e marcação forte.

O próximo jogo do Santa Cruz será contra a Luverdense, fora de casa, o que torna mais necessário ainda a vitória contra o Brasil de Pelotas, para que o time possa respirar mais tranqüilo, e sair para o Mato Grosso, onde além das dificuldades do adversário, a lojistíca da viagem, que é um tanto quanto complicada. No entanto, o importante é que nesta noite de sexta-feira (07), o tricolor possa fazer o seu dever de casa.

 

 

 

Blog de Airton Sousa: Copa do Nordeste poderá melar em 2018

Há algum tempo, que os principais clubes do nordeste, estão reclamando a fórmula de distribuição das verbas. Os grandes clubes, reclamam a disparidade na distribuição, onde existe uma desproporção  nos valores, em que os intermediários, ou pequenos recebem proporcional aos grandes clubes.

Isso tem trazido um mal estar, e sendo assim várias reuniões já aconteceram, e existe uma ameaça da não participação dos três clubes de Pernambuco, outros do Ceará e mais alguns clubes importantes. É lamentável porque nos últimos três anos, a competição teve um crescimento de publico e também de faturamento substancial.

Torcer para que os interessados encontrem um bom senso, afim de que a competição não sofra sentido de continuidade, mesmo porque torna-se inviável a realização do torneio, sem a participação dos principais clubes, que realmente influenciam na motivação do torcedor, e não se compara o prestígio dos grandes, com os intermediários, que apenas compõem a competição, sem muito atrativo.

Em meio a toda essa turbulência, anunciou-se a tabela da pré – copa do nordeste, com os seguintes confrontos: Santa Cruz x Itabaiana, CSA e Parnahyba, Treze x Cordino do Maranhão, Globo x Fluminense de Feira. Vamos esperar, para vê o que vai acontecer, em meio a todo esse questionamento.

Blog de Airton Sousa: Balanço de Pernambuco no Brasileiro

Tivemos apenas uma vitória Pernambucana no Campeonato Brasileiro e três derrotas, nas séries A, B e C da competição. O Sport venceu ao Atlético Paranaense pelo placar de 1 x 0, mais um vez com um gol irregular, aos 30 minutos do segundo tempo, através de um pênalti, marcado  pelo árbitro Graziani Rocha, do Rio Grande do Sul, e cobrado por Diego Sousa.

O Leão dominou o jogo, teve mais chances, mais posse de bola. Contra um adversário que não saiu para o jogo, com a ausência de seis titulares, limitando-se apenas a marcar e se defender.Porém, não podemos deixar de dizer, a exemplo do jogo decisivo contra o Salgueiro, que o rubro-negro foi beneficiado. Com a vitória, o Sport afastou-se da zona de rebaixamento, somando 15 pontos. Próximo jogo pelo Brasileiro, no dia 10, contra o Coritiba.

Já o Santa Cruz, jogando contra o Oeste, voltou a perder e desta feita pelo placar de 2 x 0. O tricolor não se encontrou em momento algum do jogo, sem que houvesse combinação entre Elí Carlos e Derley, os laterais com bastante fragilidade e mesmo com quatro atacantes, em alguns momentos(Facundo, Barbio, Sheik e Ricardo Bueno), o time não conseguiu ser ofensivo.

O Santa volta para casa, e enfrenta ao Brasil de Pelotas, com a obrigação de vencer, porque a luz na zona de rebaixamento está bem próxima, e o time está vindo de uma sequência de resultados negativos na série-B. A novidade do final de semana, foi a contratação do técnico Givanildo, após doze anos o treinador está de volta  ao Arruda. Vamos vê que milagre vai acontecer.

Por sua vez, o Náutico perdeu, o que não é novidade. Mais uma derrota e desta feita para o time do CRB, treinado pelo Dado Cavalcanti, que conhece muito bem o futebol Pernambuco, e aplicou o Regatas tecnicamente, de uma maneira que não deu oportunidade do Náutico reagir. O próximo jogo timbu, é fora de casa, nesta terça-feira em Natal, contra o ABC treinado pelo técnico Geninho.

Finalmente, o Salgueiro que justificava as derrotas no Brasileiro da série-C, porque os jogadores estavam com a cabeça na decisão do Campeonato Pernambucano, acabou perdendo mais uma, desta feita em casa , para o time do CSA pelo placar de 1 x 0, e afundando mais ainda rumo ao rebaixamento para a série D, o que é lamentável. Vamos aguardar as providencias no Carcará, para evitar que mais um pernambucano, venha a ser rebaixado.

 

Blog de Airton Sousa: Clubes de Pernambuco no Brasileirão

Encerrado o Campeonato Pernambucano, na quarta-feira (28), os times do nosso Estado voltam à atenção para o Campeonato Brasileiro das Séries A, B e C.

Pela  série A, o Sport joga na Ilha do Retiro contra o Atlético Paranaense. O time rubro-negro está em alta, depois de empatar com o Atlético Mineiro e vencer ao Santos pelo Brasileirão, e também por ter conquistado o Campeonato Estadual contra o Salgueiro, da maneira que todos já sabem. Espera-se que o time leonino some três pontos, os quais serão importantes na atual trajetória da competição.

O Santa Cruz também volta a campo, desta feita jogando no interior de São Paulo, contra o Oeste. Um jogo complicado, em razão de que a última partida do time tricolor foi em casa, e o time não passou de um empate, contra o fraco Figueirense. Só a vitória nesse jogo, faz o Santa Cruz recuperar posições na tábua de classificação, até porque essa inconstância do time, ocasiona descrédito junto à torcida.

Por sua vez o Náutico, cada vez mais afundado na série B, com apenas dois pontos somados em dez rodadas, joga na Arena de Pernambuco, contra o Clube de Regatas Brasil. O alvi-rubro vê a cada rodada, o fantasma do rebaixamento, porque se faz necessário ao final do Campeonato, a soma de 44 pontos, ou seja, nas vinte e oito rodadas, o timbu tem que vencer 14 partidas, e sabemos que não é fácil. Só um grande milagre evita a queda do time para a série C.

E o Salgueiro, depois de ter o título tomado, da maneira como aconteceu, agora tem a responsabilidade de dar a volta por cima. O time não vem bem no Brasileiro da série C e tem que recuperar posições. O próximo jogo será nos  seus domínios, contra o CSA de Maceió. Espera-se que o grupo de jogadores esqueçam a perda do título e honrem as cores do carcará no Brasileiro.

Blog de Airton Sousa: O que aconteceu com o Futebol Pernambucano…

Todos os clubes de Pernambuco, jogaram neste final de semana, pelo Campeonato Brasileiro das Séries A, B, C e D. O Sport conseguiu sua primeira vitória, desta feita contra o Santos; o Náutico perdeu mais uma, jogando contra o Guarani; o Santa Cruz empatou no Arruda, contra o Figueirense; o Salgueiro perdeu para o Sampaio Correia; o Central perdeu para o Sousa, além da eliminação do Atlético Pernambucano e América.

A torcida rubro-negra estava ansiosa esperando a primeira vitória do time, com o comando do técnico Wanderley Luxemburgo, e essa aconteceu no sábado (24), contra o Santos, na Baixada Santista, o que foi mais importante e deu tranquilidade para o grupo trabalhar. Foi uma vitória de 1 x 0, porém trouxe novas perspectivas para o clube na série A. O próximo jogo, será no Recife, contra o Atlético Paranaense, no domingo (02/07).

Enquanto isso, o Náutico perdeu mais uma. Foi à Campinas e cedeu a derrota para o Guarani, por 2 x 1. A situação timbu é cada vez mais complicada, continua na lanterna, e mesmo de técnico novo, não se observa mudança nenhuma e afunda cada vez mais, rumo à Série C. Agora o time volta para o Recife, e joga nessa sexta-feira (30), contra o Clube de Regatas Brasil.

Por outro lado, o Santa Cruz jogou em casa e não passou de um empate contra o fraco time do Figueirense. O placar do jogo foi 1 x 1, e é mais uma rodada em que o time não consegue vencer. Havia perdido para o América Mineiro e a perspectiva era a soma de três pontos no jogo em casa, o que não aconteceu. O próximo jogo tricolor é fora de casa, nesse sábado (01/07), contra o Oeste.

O Salgueiro continua tendo  sua  situação  complicada na Série C. Perdeu pelo placar de 1 x 0 para o Sampaio Correia em São Luiz do Maranhão. Agora é esperar que após a decisão do Campeonato nessa quarta-feira (28), o time possa se recuperar.

Pela Série D, estão fora  os três times. O Central perdeu no Lacerdão por 1 x 0 para o Sousa; o América empatou com o Guarani em Juazeiro; e o  Atlético Pernambucano perdeu para o Campinense por 2 x 0.

Blog de Airton Sousa: Final de semana com Pernambuco no Brasileiro

Começa neste sábado (24), a maratona de jogos dos clubes de Pernambuco, no Campeonato Brasileiro das séries A,B,C e D. Cada clube vivendo a sua necessidade. O Sport enfrenta ao Santos, na baixada. O Santa Cruz joga na Arena de Pernambuco, contra o Figueirense. O Náutico tem um compromisso difícil contra o Guarany. O Central briga pela classificação contra o time do Sousa. O Salgueiro enfrenta ao Sampaio Correia no Maranhão. O América enfrenta ao Guaraní de Juazeiro, enquanto que o Atlético de Pernambuco joga contra o Campinense na cidade de Campina Grande.

O Sport vem de um bom resultado contra o Atlético Mineiro no Independência, depois de várias partidas desastrosas. Esperando-se que o time entre com a mesma determinação contra o Santos que tem outro estilo de jogar, é um time jovem, velocista e agora com o comando de Leví Cupe, que tem feito o time produzir um bom futebol. É difícil o jogo para o rubro-negro.

Por outro lado o Santa Cruz que perdeu o último jogo para o América Mineiro, volta para Pernambuco, e passa a jogar na Arena. O jogo será contra o Figueirense, que vem com uma campanha a baixo da crítica. Esperando-se que faça valer o apoio da torcida, e que o tricolor consiga três pontos, para tentar voltar ao G 4.

O Náutico, que até agora não conseguiu vencer, está de técnico novo, e vai tentar  fora de casa, a aventura de vencer ao Guarani de Campinas, no Brinco de Ouro. É um jogo em que o time Campineiro é franco favorito, e tem tudo para emplacar três pontos contra o alvi-rubro Pernambucano. Se tivermos outro resultado positivo para o Náutico, podemos considerar uma zebra.

Para os Caruaruenses, um jogo de vida ou morte. O Central que reúne chances de classificação, enfrenta ao time do Sousa. Se o alvi-negro repetir o futebol voluntarioso que jogou contra o Coruripe, é bem possível que a vitória aconteça. Além da vitória, o Central tem que esperar a pontuação dos outros segundo colocados. Esperar um bom público, e torcer que a patativa consiga a classificação, para diminuir a angustia do seu torcedor.

O Salgueiro, que vem de um empate em casa contra o Cuiabá, sai para enfrentar em São Luiz do Maranhão, ao time do Sampaio Correia. O time Salgueirense não vem bem na série C, e a justificativa é a decisão do Campeonato Pernambucano, que acontecerá na próxima quarta-feira (28), em Salgueiro. No entanto, é necessário que o Carcará comece somar pontos na série C, para evitar o rebaixamento.

Finalmente, teremos pela série D, o América enfrentando ao Guarani de Juazeiro, um jogo de vida ou morte para o time esmeraldino, que não faz uma campanha decepcionante. Esperar que aconteça um resultado positivo. O Atlético de Pernambuco, tem um jogo complicado em Campina Grande, contra o Campinense. Na primeira partida o time Pernambucano, conseguiu vencer nos seus domínios. Sendo assim, boa sorte aos sete representantes do nosso estado.

Blog de Airton Sousa: Série B com derrotas para Pernambuco

Os dois representantes de Pernambuco, jogaram na noite desta terça-feira (20), e ambos não conseguiram vencer. O Náutico jogou na Arena de Pernambuco, e perdeu para o Goiás pelo placar de 3 x 2. Também o Santa Cruz perdeu, desta feita em Minas Gerais para o América Mineiro, pelo placar de 1 x 0.

Nem mesmo a estreia do técnico Beto Campos, conseguiu fazer com que o Náutico tivesse atitude, foi mais uma vez um time sem qualquer reação, com uma defesa frágil, que facilitou mais ainda a vitória do adversário. É complicada a situação do Timbu, que permanece na lanterna, sem forças para reagir e afundando cada vez mais, já que a distância para os que estão em cima da tabela está aumentando.

Com um minuto de jogo, saiu o primeiro gol do Goiás, depois o Náutico empatou com um gol contra de Everton Sena, além de um pênalti perdido por Gilmar.  O placar do primeiro tempo foi de 1 x 1. Porém, aos 15 minutos do segundo tempo, o Goiás desempatou aos 31 minutos, levando a torcida alvi-rubra a se encher de esperança com o gol de empate através de Vinicius, no entanto, a esperança acabou, quando Jarlan fez o terceiro gol, que deu a vitória ao Goiás. O próximo jogo do Náutico, será fora de casa, contra o Guaraní, à noite.

Por sua vez, o Santa Cruz saiu para enfrentar ao América Mineiro. Um jogo truncado, fechado, onde os dois times pouco se interessavam em jogar no campo do adversário, e aí 0 x 0 foi o placar do primeiro tempo de partida. No segundo tempo, a princípio pouca coisa mudou, no entanto, a primeira grande chance do jogo foi para o América, em uma jogada de Hugo Cabral, aos 22 minutos, por sua vez o Santa Cruz, tentava reagir com Léo Lima, aos 30 minutos.

Porém, a surpresa estava para acontecer, uma jogada rápida de Mateuzinho, aos 33 minutos, pegou a zaga tricolor desprevenida e Julio César, apenas ficou observando a bola entrar, sem ter condições de evitar o gol da vitória do time do América. Assim, o Santa Cruz amargou a derrota, agora volta para casa e enfrenta no sábado à tarde, ao time do Figueirense. O jogo será realizado na Arena de Pernambuco, em face de um tratamento que será feito no gramado do Arruda.

Blog de Airton Sousa: Outra vez um final de semana nada positivo

O Sport esteve mal outra vez, o Santa Cruz empatou e o Náutico perdeu e afunda cada vez mais. Salgueiro empata, América perde, Atlético Pernambucano e Central vencem. Esse foi o balanço dos sete representantes de Pernambuco nas séries A,B,C e D do Campeonato Brasileiro nesse final de semana, somando duas vitórias, dois empates e três derrotas. Mais uma vez podemos dizer que não fomos bem na rodada, principalmente os três grandes.

Em meio a muitas críticas a escalação do time e a postura em campo de alguns jogadores, entre eles André e Diego Sousa , o Sport viu o time do Vitória passear em campo e vencer pelo placar de 3 x 1, com muitas reclamações pela maneira com o time leonino jogou, tanto no primeiro como no segundo tempo. Foi um time morto em campo, com o sistema defensivo bastante falho, e os demais setores pouco ou quase nada produzindo.

Com a derrota, o Sport entrou na zona de rebaixamento e agora tem que trabalhar com mais empenho, fazer modificações no elenco, além da carência de contratar, para resolver, porque para fazer de conta já existem no elenco bastante jogadores. Quanto ao treinador Wanderley Luxemburgo, só um bonito discurso, sem que a solução, nem as vitórias venham a acontecer.Agora o time rubro-negro sai para duas partidas, respectivamente contra o Atlético Mineiro e Santos.

Enquanto isso, o Santa Cruz fez um bom jogo contra o Internacional, dentro dos percentuais programados, vencendo fora de casa ao Ceará e empatando em casa contra o Inter. Agora o tricolor tem pela frente o América Mineiro, fora de casa. No entanto os quatro pontos somados nos dois jogos, deram ao técnico Adriano Teixeira, a confiança que ele e o grupo necessitavam, para avançar mais ainda na competição. Mesmo sendo em casa, o empate contra o Internacional, foi considerado um bom resultado, após a vitória contra o Ceará. O Santa Cruz é o quarto colocado, e voltou ao G 4.

Quanto ao Náutico, nada mudou, foi a mesma mediocridade dos jogos anteriores, e nem a chegada do novo treinador Beto Campos,  deu ao time  inspiração e  qualidade, rendendo um futebol pequeno, com pouca produção e no final perdeu mais uma partida por 2 x 1, desta feita para o time do Boa, o que podemos considerar um time de nível fraco. O Náutico volta a jogar amanhã, na Arena de Pernambuco, contra o time do Goiás. Cada vez mais, o timbu observa  de perto , o rebaixamento.

Quanto aos representantes do interior: O Salgueiro empatou em casa com o placar de 1 x 1, contra o Cuiabá, o que podemos considerar um resultado razoável, porque o time vinha em uma sequência  de derrotas. O América foi ao Piauí e perdeu   para o Parnahyba por 2 x 0, e não fez uma boa partida. O Atlético Pernambucano, aproveitou a oportunidade de jogar em casa e teve uma importante vitória de 1 x 0, contra o Fluminense de Feira de Santana, mantendo um bom percentual de aproveitamento na competição.

Para finalizar o balanço dos nossos representantes nesse final de semana, o Central conseguiu uma vitória surpreendente e importante, quando venceu em Alagoas o time do Coruripe pelo placar de 3 x 2. Foi um jogo bastante disputado, com o alvi-negro se superando, já que teve outra vez uma semana tumultuada, com ameaça de greve dos jogadores, falta de pagamento ao grupo e outros problemas.

Mesmo assim, a vitória aconteceu e no final, com a combinação de resultados, pela vitória da Juazeirense em cima do Sousa,com o placar de 3 x 2 na Paraíba. Com os resultados desse domingo (18), a situação do grupo é a seguinte: Juazeirense 9 pontos, Central 7 pontos, Sousa 6 pontos e o Coruripe com 4 pontos, esse o único dos quatro, que não tem oportunidade de classificação.

No próximo final de semana, a ultima rodada tem os seguintes jogos: Central e Sousa, onde o Central tem a obrigação de vencer, enquanto o Juazeirense recebe em casa o time do Coruripe. O Central pode chegar aos 10 pontos, o Juazeirense  a 12 pontos, o Sousa a 9 pontos,  e o Coruripe, que já fora da outra fase pode chegar no máximo a 7 pontos, o que coloca o time de Alagoas fora da disputa.

 

Blog de Airton Sousa: Qual será o comportamento dos nossos clubes neste final de semana

No final de semana que passou, tivemos um desastre dos nossos clubes nas quatro séries, onde ninguém ganhou, foi uma decepção geral. A expectativa agora é saber o que vai acontecer neste final de semana, onde os sete representantes estarão em ação, inclusive com a novidade do Náutico ter contratado o técnico Beto Campos, para substituir Waldemar Lemos.

O Sport continua na Ilha do Retiro, e  enfrenta ao Vitória da Bahia. O rubro-negro vem de um empate, também na Ilha contra o São Paulo, deixando a torcida bastante preocupada, pela falta de ação  dos jogadores. O time tem a obrigação de vencer ao Vitória que vem muito mal na série A. Diego Sousa, já a disposição de Wanderley Luxemburgo.Muitas críticas ao rubro-negro, em razão da campanha até agora, onde em sete jogos somou apenas oito pontos, a vitória é fundamental.

O Santa Cruz, ao contrário, vem de uma recuperação extraordinária, quando venceu ao Ceará, na Arena Castelão, pelo placar de 3 x 1, voltando ao G4, após o resultado. Joga em casa contra o Internacional, com desfalques importantes, que apesar de ter um time de expressão, não faz uma campanha proporcional ao elenco . O técnico Adriano Teixeira, começou bem contra o Ceará, e quem sabe o resultado possa motivar o elenco para o jogo contra o Internacional. É preciso que o tricolor volte a crescer, para manter a regularidade na série B.

Por sua vez o Náutico, de técnico novo outra vez, joga contra o time do Boa. A situação do alvi-rubro, é bastante complicada. Não se pode esperar que de repente pelo fato da estreia do treinador, tudo venha mudar. É preciso muito mais que um técnico, a volta de Gilmar e outros detalhes , pela falta de organização do Náutico, em campo e fora de campo. Talvez  pelo fato de jogar fora, sem a pressão da torcida, e com um novo técnico , aconteça a surpresa de uma vitória, é difícil, porém, quem sabe aconteça.

O Salgueiro após o empate contra o ASA de Arapiraca, volta para casa e enfrenta ao Cuiabá, com a obrigação de vencer, para ganhar posições no grupo, o que é extremamente importante. A explicação da diretoria do Carcará, pelos resultados negativos, é que o grupo estaria jogando com a cabeça na decisão do Campeonato, que ninguém sabe quando vai acontecer.

Quanto ao Central que vem de uma derrota contra o Juazeirense, teve uma semana de novo bastante tumultuada, com a ameaça de não viajar para a cidade de Coruripe, além dos jogadores evitarem treinamentos, porque nada foi cumprido até agora pela Diretoria da Patativa. Se voltar com uma vitória, e tivermos um resultado favorável a Juazeirense, contra o Sousa, o time decidiria em casa, na ultima partida contra o Sousa, a sua classificação.

Para finalizar, o Atlético Pernambucano, joga em casa contra o Fluminense de Feira. É boa a campanha do Atlético, e se vencer aos baianos fica em uma posição boa no grupo. Enquanto isso, o América sai e vai ao Piauí enfrentar a equipe do Parnahyba, um jogo complicado pela lojística da viagem, e pelo adversário.  Tudo pende contra o time Esmeraldino.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz se recupera e o Náutico cai mais uma vez

Teve sequência na noite dessa terça-feira (13), o Campeonato Brasileiro da série B. O Náutico jogou na Arena de Pernambuco, contra o Paraná e terminou perdendo de virada, enquanto que o Santa Cruz, se superou e  venceu de virada ao  Ceará em plena Arena Castelão, com uma boa estreia do técnico Adriano Teixeira.

O Náutico fez um razoável primeiro tempo, porém, o setor defensivo esteve falho o tempo quase todo, no entanto, não conseguiu segurar o ataque do time do Paraná, e terminou cedendo a derrota, já no final do segundo tempo. Se o empate não era um bom resultado, imagine a derrota, que enterra o time timbu ainda mais.

A lanterna continua nos Aflitos, e não se sabe até quando Waldemar Lemos vai agüentar, ou até quando a diretoria vai sustentar o treinador, com esse time fraco, que recebe a cada semana, um caminhão de jogadores fracos tecnicamente, que não tem somado nada, e deixando o seu torcedor cada vez mais preocupado com a campanha. O próximo jogo será fora de casa, contra o Boa.

Por sua vez, o Santa Cruz se superou, tomando o primeiro gol do Ceará, com uma falha do sistema defensivo, que não era o titular. Porém no decorrer do jogo, o técnico Adriano Teixeira, conseguiu equilibrar principalmente o meio de campo. O Santa Cruz chegou ao empate, impactou o time Cearense, e a partir daí, chegou ao segundo e terceiro gols.

A vitória demonstrou o poder de superação do time, que jogou ofensivo, independentemente do andamento do jogo, e conseguiu envolver o time de Givanildo Oliveira, que sofreu dentro de casa um revés que não era esperado pela torcida e pelo treinador. A vitória de 3 x 1 foi importante, porque com o resultado o time do Arruda, voltou a compor o G-4.

O Santa Cruz joga a próxima partida em casa neste final de semana contra o Internacional, que vem ao Recife com desfalques importantes, inclusive o jogador D”Alessandro, o que torna o time gaúcho um pouco fragilizado. Se o Santa Cruz repetir o futebol do segundo tempo contra o Ceará, tem amplas possibilidades de somar mais três pontos, mesmo reconhecendo a experiência do Internacional.

Blog de Airton Sousa: Está na hora de repensar o futebol Pernambucano

Começamos os jogos do final de semana, com o Santa Cruz sofrendo a segunda derrota seguida. O Goiás na terça-feira (06), por 2 x 1, e na sexta-feira (09), no Arruda para a equipe do Londrina por 2 x 0. As derrotas, a perda da chance de decidir o Campeonato Pernambucano, a Copa do Nordeste, e a eliminação da Copa do Brasil, também a insatisfação  da torcida, provocaram a queda do treinador Vinicius Eutrópio.

No balanço da participação de Vinicius Eutrópio, tivemos 32 jogos; 16 vitórias, 7 empates, 9 derrotas e 57.2 % de aproveitamento. Só um detalhe: Do time do ano passado, restaram menos de 4 jogadores para o técnico iniciar o trabalho. Daí, o treinador ter que montar o time, no decorrer das competições, o que não é fácil.

Quanto ao jogo, o Santa Cruz sofreu um pênalti duvidoso, aos 47 minutos do primeiro tempo, sem esboçar muita reação durante a primeira fase, e para complicar, tomou o segundo gol, no início da segunda fase, em uma falha do zagueiro Anderson Sales. A partir daí, o time ficou mais disperso ainda, com ou o terceiro gol aos 34 minutos, e João Paulo descontou, aos 39 minutos, terminando com o placar de 3 x 1. O próximo jogo será nesta terça-feira (13).

Na tarde de sábado, mais um Pernambucano a ser derrotado, o Náutico. O que já não é mais novidade, vitória do Internacional pelo placar de 4 x 2.Um jogo que teve de tudo, duas expulsões, quatro pênaltis, e uma sequência de erros do time timbu, que demonstrou mais uma vez, uma fragilidade em todos os setores.

O técnico Waldemar Lemos, já não tem mais o que improvisar, alterar ou inventar, porque tudo ele tem tentado, no entanto o problema  é mais sério. Fragilidade técnica, jogadores sem condições de vestirem a camisa do time, em uma competição, que exige no mínimo: garra e determinação. O próximo jogo será em casa, contra o Paraná. A lanterna continua sendo o troféu do alvi-rubro Pernambucano.

Para não ser diferente, o Sport perdeu para o Vasco da Gama, por 2 x 1, com o técnico Wanderley Luxemburgo fazendo substituições e experiências nas horas erradas, tornando o time leonino frágil, principalmente no segundo tempo. Provando mais uma vez, que o time está carente de jogadores de qualidade, e que a vitória contra o Flamengo, não foi por mérito da equipe rubro-negra.

É preciso dar mais tempo ao treinador, no entanto, além disso, também se faz necessário oferecer mais qualidade ao time; continuamos dizendo que com esse grupo, o Sport não chega a lugar nenhum. Estão sendo repetidos todos os erros anteriores, com Falcão,Oswaldo de Oliveira, Ney Franco, Daniel Paulista, e agora com Wanderley Luxemburgo. O próximo jogo será nesta quarta-feira (14), na Ilha do Retiro, contra o São Paulo, ainda sem Diego Sousa, de volta ao time.

Se é para falar de derrota, vamos continuar. Desta feita o Central, que foi a Bahia, com todos os problemas do mundo, e perdeu para o Juazeirense pelo placar de 3 x 0, demonstrando mais uma vez, a limitação em todos os sentidos do alvi-negro. Com a derrota, fica complicada a situação, onde o Central terá mais um jogo fora de casa, contra o time do Coruripe, no próximo final de semana. É muito séria a situação da patativa, só não ver quem não quer. A classificação no grupo do Central, é a seguinte: Juazeiro 8 pontos, Sousa 5 pontos, Coruripe 4 pontos e o Central com 4 pontos.

Outros resultados dos Pernambucanos: O Salgueiro conseguiu um empate contra o ASA, em 1 x 1, e a diretoria já avisou que se a decisão do Campeonato não for no dia 18 deste mês, o time jogará com a equipe reserva, porque após o dia 30, a maioria dos contratos estarão encerrados.

O Atlético Pernambucano empatou em casa, contra o time do Itabaiana, com o placar de 2 x 2. E finalmente, o América foi ao Rio Grande do Norte, e perdeu para o time do Globo por  1 x 0. Um final de semana para Pernambuco, com um balanço extremamente negativo, com 5 derrotas e 2 empates. Consequentemente ninguém venceu.

Blog de Airton Sousa: Todos os Pernambucanos em ação neste fim de semana

O Santa Cruz volta a campo nesta sexta-feira (09), contra o Londrina, no Arruda. Em casa até agora, o time tricolor está imbatível, foram três vitórias, enquanto que as duas derrotas foram fora do Arruda. Há de convir, que dentro das limitações, a campanha do time é de razoável para boa, principalmente levando em consideração os 100% de aproveitamento em casa.

Quanto ao jogo desta sexta-feira (09), só tem um resultado, a vitória, para que o time permaneça no G-4, e siga buscando a primeira vitória fora de casa, cujo jogo será contra o time do Ceará. Para o jogo desta noite, o técnico Vinicius Eutrópio tem a tranquilidade de poder repetir o mesmo time, ou fazer substituições, já que ultimamente ganhou algumas peças para reforçar o elenco, e qualificar o banco. Portanto, espera-se que o Santa Cruz hoje, possa errar menos no seu sistema defensivo, evitando o que aconteceu no jogo contra o Goiás.

Para o sábado (10), o Náutico que até agora não conseguiu vencer uma partida se quer, joga contra o Internacional no Beira Rio. Não precisa dizer que o Inter, é favorito, mesmo sem está bem na competição, porém, não podemos esperar muito do time timbu, porque até agora não venceu um jogo se quer, soma dois pontos, fez apenas um gol, e tem tido uma escalação a cada partida , o que demonstra a fragilidade do time.

A Diretoria dispensou essa semana os jogadores: Mailson, Anselmo, Jeferson Renan, Giva e William, tornando-se mais fragilizado ainda, mesmo recebendo como reforços os jogadores vindo do Atlético Paranaense, Renan Paulino e Bruno Mota, porém é muito pouco pelas carências que o time tem apresentado, e nada melhor do que a campanha, para chegarmos a esse denominador. Vejamos outra vez, o que vai acontecer.

O Sport depois da vitória espetacular contra o Flamengo, volta a campo, neste sábado à noite, desta feita contra o Vasco da Gama, fora de casa. O time Vascaíno perdeu na quarta-feira em casa, para o Corinthians pelo placar de 5 x 2, se deu mal e vai querer recuperar-se contra o time leonino. Foi muito boa a apresentação do Sport, que inclusive impôs mais velocidade do que quando o jogador Diego Sousa está no time.

Tudo indica, que o técnico Wanderley Luxemburgo, manterá o mesmo time que começou o jogo contra o Flamengo, e as possíveis modificações poderão ser feitas, no decorrer do jogo; comenta-se a possibilidade de Thomas entrar de início, no entanto, o treinador deixou uma interrogação, a respeito do assunto. Não resta dúvida, que a vitória contra o Flamengo, deixou o ambiente mais leve, o que oferece a perspectiva de um bom futebol. A depender do resultado do jogo, poderemos observar que efeito deixou a vitória da quarta-feira.

Quanto ao interior, o Central que mais uma vez viveu uma semana tumultuada, com os jogadores ameaçando não viajar, por falta de pagamento. A notícia que corre, é que o Presidente empenhou um bem particular, e arrumou a importância suficiente para pagar ao elenco, não sabemos até quando essa situação vai permanecer, e que futuro espera a patativa, na competição e na sua sobrevivência.

Nesse instante o Central, tem 4 pontos, é o terceiro colocado, tendo à sua frente com 5 pontos, o Sousa e a Juazeirense, daí a necessidade, no mínimo de um empate, e torcer que o Coruripe possa vencer ao Sousa, onde todos ficariam praticamente na mesma situação na tabela, as chances ficariam iguais para uma possível  classificação para a fase seguinte da série D. Esperar, porque no Central tudo acontece.

Finalmente, o Salgueiro que vem mal no seu grupo, joga em Arapiraca, contra o Asa, necessitando de uma vitória para respirar, porque há quem diga que o time está com a cabeça na decisão do Campeonato, contra o Sport, o que é perigoso, porque enquanto isso o Brasileiro está seguindo, e os resultados negativos acontecendo.

O Atlético Pernambucano, joga em casa com o Itabaiana, com a necessidade de vencer, para continuar brigando pela classificação, para a segunda fase. O América sai, enfrenta ao time do Globo, no Rio Grande do Norte. Esperar para ver o que pode acontecer também com os times que representam, ao lado do Central, o nosso estado na série D, do Campeonato Brasileiro.

Blog de Airton Sousa: Náutico empata e o Santa Cruz perde

Um balanço negativo para o futebol pernambucano nessa terça-feira (06), onde o Náutico na Arena de Pernambuco, fez o primeiro gol, no entanto, terminou cedendo o empate ao time do Oeste, finalizando o jogo com o placar de 1 x 1, e a equipe timbu passadas cinco rodadas, ainda não conseguiu a primeira vitória.

Não adianta enganar o torcedor, o Náutico tem um time limitado, e quem garante que os reforços farão com que o time timbu, consiga superar tantas dificuldades. O pior,não se ver evolução nenhuma, onde o técnico Waldemar Lemos, a cada partida utiliza uma escalação, e não consegue dá um sentido de conjunto ao time.

Agora, o time alvi-rubro sai para jogar em Porto Alegre, contra o time do Internacional, que nós sabemos, é o grande da série B, pelo faturamento de cem mil associados, pela estrutura, pela sua história em competições nacionais e internacionais. Fica difícil sermos otimistas para o jogo do Náutico contra o Internacional neste sábado (10), porque fora de casa o time perde e em casa, acontece a mesma coisa, não consegue vencer.

Quanto ao Santa Cruz que jogou contra o Goiás, fez um primeiro tempo razoável, com o lateral Nininho sendo o mapa da mina para o time adversário, a zaga deixando se envolver pelo ataque  do Goiás, a meia cancha dando espaço na marcação, e o ataque com poucas chances de aproveitamento, mesmo com o empenho de André Luiz e Ricardo Bueno.

O gol do Goiás foi aos 13 minutos, e o gol do empate do time tricolor, aconteceu aos 45 minutos, através da cobrança de pênalti do zagueiro Anderson Sales. No entanto, o árbitro do jogo, o Paulista Rodrigo Amaral, não marcou um pênalti legítimo no lateral Roberto, prejudicando ao time Pernambucano, contudo, foi o Goiás que prevaleceu em campo, principalmente com os jogadores Tony, Léo Sena, Tiago Luiz, Ailon e o grande destaque, o jogador Carlos Eduardo.

Na volta do segundo tempo, o técnico Vinicius Eutrópio fez algumas correções táticas, o time melhorou de produção, o Goiás sentiu a evolução do tricolor e passou a amarrar mais o jogo. No entanto, as chances iam surgindo para o Santa Cruz, os jogadores desperdiçando, até que aconteceu o gol da vitória do Goiás, mais uma vez, com falha da zaga tricolor, aos 27 minutos, com ele, Carlos Eduardo.

Placar final, 2 x 1 para o Goiás, que conseguiu sua primeira vitória na competição. Enquanto que o Santa Cruz, tem a difícil tarefa de recuperar pontos e posições, no jogo da sexta-feira à noite, no arruda, contra o Londrina. Aí sim, é um jogo de seis pontos, e é isso que tem que acontecer, para que o tricolor não tenha complicada  sua situação na série B.

Blog de Airton Sousa: Resultados de Pernambuco no Brasileiro

No sábado à tarde, o Santa Cruz jogando no Arruda, venceu pelo placar de 2 x 1, sobre o time do ABC. O time tricolor abriu o placar com Roberto, aos 35 minutos do primeiro tempo, e mal os jogadores terminavam a comemoração, o ABC empatava, com o jogador Pardal, aos 38 minutos, terminando assim, o primeiro tempo com o placar de 1 x 1. O detalhe do jogo na primeira etapa, foi Anderson Sales ter perdido um pênalti, aos 49 minutos, desperdiçando a chance de sair na frente, ainda na primeira fase.

O ABC foi um time ofensivo, principalmente no primeiro tempo, enquanto o Santa Cruz encontrava dificuldades na transição e também nas finalizações. Na volta do segundo tempo, o  Santa Cruz, em um lance de rara felicidade de André Luiz, aos três minutos, desempata e fica na frente outra vez. Vinicius Eutrópio faz duas modificações importantes, João Paulo e Marcos Paulo, que estrearam bem e concorreram para o crescimento do time.

Foi importante a vitória, mesmo porque a arbitragem prejudicou o Santa Cruz, ao anular um gol legítimo de Ricardo Bueno, no finalzinho do segundo tempo. O tricolor encerra a rodada na vice-liderança, com 9 pontos, fruto de três vitórias e uma derrota. O próximo compromisso do Santa Cruz será fora de casa contra o Goiás, nesta terça-feira (6).

No domingo, jogo das 11 horas, o Sport nada mudou do futebol das partidas anteriores, inclusive contra o Botafogo, pela Copa do Brasil. No final, o Leão perdeu pelo placar de 1 x 0, onde outra vez a zaga falhou, principalmente o jogador Evandro, na lateral esquerda. Algumas modificações na escalação Leonina, inclusive a estreia do ex tricolor Tomáz, que jogou bem, e Thalísson elogiado pelo técnico Wanderley Luxemburgo, porém muito pouco para o que o Sport necessitava.

A rigor, o Sport chutou duas bolas com certo perigo. O restante carência nas laterais, pouca produção da meia cancha e do ataque. Diego Sousa passeando em campo, outra vez. Saída de bola errada, muitos passes desperdiçados, os jogadores dispersos e uma falta de vontade danada de jogar. A verdade, é que o Sport falta muito para atingir o ideal. O próximo jogo será quarta-feira (07), contra o Flamengo, na Ilha do Retiro. Com o fechamento da quarta rodada o Sport tem quatro pontos no Brasileirão, o que é muito pouco.

Em Caruaru, o Central enfrentou o time do Juazeirense, dentro da expectativa de mais uma vitória, já que após o jogo desse domingo (4), a patativa faz dois jogos fora do Lacerdão. O primeiro jogo será em Juazeiro, contra o Juazeirense no dia 11/06, e depois em Alagoas contra o Coruripe, no dia 18/06. Aí o torcedor já conhece as dificuldades que o time vai enfrentar nesses dois compromissos.

Um jogo de razoável qualidade, com muita correria, o Juazeirense impondo velocidade no jogo, principalmente no primeiro tempo. O Central teve algumas oportunidades, porém foi o time baiano que marcou aos 31 minutos com o atacante Sassá, numa falha coletiva da zaga e dos volantes, terminando 1 x 0 para o Juazeirense no primeiro tempo. Na volta, o técnico Àlvaro  Gaia tira Wagner Rosa e coloca Polegar como um falso ponteiro, e daí o Central passou a mandar no jogo.

O gol patativa foi aos 35 minutos do segundo tempo, com o jogador Agenor chutando forte e empatando. A partir daí, o Central cresceu aproveitando o cansaço do Juazeirense. Porém no final aconteceu o empate de 1 x 1. A classificação do grupo é a seguinte: Juazeirense 5 pontos, Sousa 5 pontos, Central 4 pontos e o Coruripe na lanterna com 1 ponto. Teremos no próximo final de semana, uma rodada decisiva: Juazeirense e Central, Coruripe e Sousa. No final do jogo, os atletas se reuniram com o Presidente cobrando a atualização dos salários.

Outros resultados dos Pernambucanos: O Salgueiro perdeu para o Botafogo da Paraíba por 1 x 0. O América venceu ao Globo por 1 x 0, e o Itabaiana venceu ao Atlético Pernambucano por 2 x 1

Blog de Airton Sousa: Os Pernambucanos no Brasileiro deste final de semana

Agora, são os nossos clubes se voltarem para o Campeonato Brasileiro, porque já era Copa do Brasil, e a decisão do Campeonato só no dia 18 em Salgueiro. Daí, a necessidade de concentrarem  esforços, se aprimorarem tecnicamente,  para que não aconteçam os mesmos erros primários, das partidas anteriores.

O Sport, que não está bem na série  A, necessita voltar de Santa Catarina com uma vitória contra o Avaí, no domingo às 11 horas. É um adversário de médio porte, no entanto o jogo é na sua casa , o que torna a partida mais difícil para o time rubro negro. Agora sim, já podemos cobrar um pouco mais do técnico Wanderley Luxemburgo, que terá setenta e duas horas, para consertar parte dos erros, principalmente de fundamentos demonstrados contra o Botafogo.

Por sua vez o Santa Cruz, que a partir de agora só tem como competição, o Campeonato Brasileiro, tem que procurar melhorar o seu rendimento, mesmo entendendo que a campanha é boa, porém o futebol em alguns momentos causa preocupação ao seu torcedor, que inclusive derrama muitas criticas ao treinador Vinicius Procópio, que nós sabemos trabalha um grupo extremamente limitado.

No entanto, o treinador recebeu essa semana reforços de peso, o que poderá qualificar o grupo, e dá ao técnico mais opção de trabalho, na escalação e também nas possíveis substituições. O Santa Cruz tem 6 pontos, fruto de duas vitórias. Enfrentando neste sábado à tarde no Arruda, a equipe do ABC, um time modesto, porém com um técnico que conhece profundamente o nosso futebol. Geninho é  na verdade, um treinador sério, e que não podemos discutir a sua competência. Esse é um jogo  de seis pontos.

O Central, continua no Lacerdão, depois de perder para o Sousa e vencer ao Coruripe. No momento, o time patativa é o terceiro colocado do grupo, somando três pontos. A vitória contra o Juazeirense é fundamental, porque depois o time tem dois jogos fora de casa. A semana patativa foi tumultuada, com jogadores indo embora, os que ficaram ameaçaram não treinar na quinta-feira, porém esperamos que domingo, o time possa se empenhar no sentido de vencer ao time Baiano.

Outros jogos dos Pernambucanos : Botafogo x Salgueiro em João Pessoa. Itabaiana e Atlético Pernambucano em Sergipe. América e Globo em Pernambuco.

Blog de Airton Sousa: Pernambuco dá adeus a Copa do Brasil

Na noite desta quarta-feira (31), os dois representantes de Pernambuco, disputaram a chance de ir às quartas de final da Copa do Brasil. Infelizmente, ambos esbarraram nas limitações e terminaram dando adeus a competição. O Santa Cruz perdeu para o Atlético do Paraná, por 2 x 0, no Paraná. Enquanto que o Sport empatou na Ilha do Retiro, em 1 x 1 contra o Botafogo, quando só a vitória com diferença de dois gols, era o que interessava ao Leão.

A desclassificação do Santa Cruz, deve-se ao resultado do primeiro jogo no Arruda, onde com o empate em casa, o tricolor teria que vencer ao Atlético, na baixada. Era difícil, e todos sabiam, pela qualidade no time Paranaense. E não deu outra, o Atlético venceu por 2 x 0, avança para as quartas de final, enquanto que o Santa encerrou a sua participação. O time do Paraná foi absoluto, mereceu a classificação, enquanto que o Santa Cruz, limitou-se apenas a duas jogadas ofensivas, o que foi muito pouco. Agora, é esperar que o time tricolor, com os reforços possa produzir mais, no Campeonato Brasileiro.

Outro desclassificado, foi o Sport Clube do Recife. Nem mesmo a estreia do técnico Wanderley Luxemburgo, deu qualificação ao time leonino. Uma zaga lenta e falha, um meio de campo marcando com fragilidade, e o ataque sem produzir, inclusive Rogério sendo expulso mais uma vez, desta feita no segundo tempo de jogo. Diego Sousa jogando apenas um tempo, cansando na segunda fase, e jogando um pouco mais avançado.

Quanto ao time do Botafogo, muito bem treinado por Jair Ventura, foi rápido do meio de campo para frente, tendo como destaque a qualidade de João Paulo, Camilo, Roger e Rodrigo Pimpão, que aproveitaram a lentidão da defensiva rubro negra. Com o placar de 1 x 1, o  Botafogo ganhou a classificação para as quartas de final, enquanto que o Sport parou na competição. O time leonino segue em três competições: Campeonato Pernambucano, Copa Sul-Americana e Campeonato Brasileiro. Esperar as mudanças no time da Ilha, com os reforços e agora, com o  comando de Wanderley Luxemburgo.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz perde a invencibilidade em Alagoas

Todos sabiam das dificuldades que o Santa Cruz  teria pela frente no jogo dessa terça-feira (23), no Rei Pelé contra o Clube de Regatas Brasil. Há dez jogos que o Regatas não perdia em casa, e ampliou essa invencibilidade ao vencer o time Pernambucano. São duas vitórias em casa e um empate fora, somando 7 pontos em três rodadas.

O time tricolor esteve o tempo quase todo jogando atrás,  recuado, sem sair para o jogo, e quando tentava sair, demonstrava muita fragilidade na retaguarda. O jogador André Luiz, foi o destaque do Santa Cruz, que teve ao longo do jogo  poucas chances, inclusive uma bola na trave do atacante Pitibull, isso já aos 31 minutos do segundo tempo, porque na primeira fase, o time criou poucas chance, terminando o primeiro tempo em 0 x 0.

Quanto ao Clube de Regatas Brasil, teve em Chico, Neto Baiano e Almir os destaques. Aos 26 minutos do segundo tempo,  o zagueiro Anderson Sales colocou a mão na bola, provocando a marcação do pênalti. Os jogadores do Santa Cruz, reclamaram muito da arbitragem, no entanto, a marcação foi correta. Na cobrança, Neto Baiano, que marcou aos 28 minutos,  deu a vitória ao time Alagoano, por 1×0.

No final do jogo, o técnico Vinicius Eutrópio reclamou muito da arbitragem, achando que o Santa Cruz foi prejudicado pela não marcação de um pênalti em André Luiz, o que não aconteceu, pelo contrário, foi o atacante do Santa Cruz que cometeu a falta no zagueiro adversário. O tricolor joga agora no dia 31.05 pela Copa do Brasil, é a partida de volta contra o Atlético do Paraná.

 

Blog de Airton Sousa: O Santa Cruz defende a invencibilidade em Maceió

Depois de duas vitórias, fora de casa e em casa, somando seis pontos, e com 100% de aproveitamento na série – B, o Santa Cruz volta a campo nesta terça-feira (23), no Rei Pelé, contra a boa equipe do Clube de Regatas Brasil. O time alagoano ganhou do Ceará em casa, e empatou com a Luverdense, fora de Maceió.

Esses resultados, credenciam o CRB, a vantagem no jogo, principalmente pela rivalidade existente entre Pernambuco e Alagoas. Daí a necessidade do técnico Vinicius Eutrópio, de manter o mesmo estilo de jogo, aplicado até agora na competição, com um bom comportamento em todos os setores e do próprio grupo.

Será com certeza, um jogo muito equilibrado, que pode ser decidido por uma boa. O time tricolor vai enfrentar além da qualidade do adversário, a torcida regatiana empolgada e que sempre marca presença em bom numero. Um empate para o Santa Cruz, poderá ser considerado com um bom resultado. Só resta esperar o que vai acontecer.

Blog de Airton Sousa: Sábado tem Náutico e Santa Cruz jogando

Neste sábado (20), o torcedor do Santa Cruz e do Náutico, viverá a expectativa da sequência dos dois clubes na Série-B. O Santa Cruz vem de uma vitória importante contra o Criciúma, fora de casa, enquanto que o Náutico teve apenas um empate na Arena Pernambuco, contra o América Mineiro.

É fundamental a vitória do time tricolor, contra o Guarani de Campinas, em razão dos três pontos conseguidos na estreia. O técnico Vinicius Eutrópio, bastante preocupado com a escalação do time, em razão da saída de Tomás, já acertado com o Sport, e Pereira que anunciou também que está de saída do clube. Além do mais, preocupação também para o técnico, no que se refere a escalação dos homens de ataque.

Por outro lado não menos preocupado, o treinador Waldemar Lemos, passou a semana toda quebrando a cabeça para compor o grupo para o jogo contra o Figueirense. O time alvi-rubro, vem de um empate em casa, sendo fundamental um bom resultado em Santa Catarina, para não tomar distância das equipes que estão na linha de frente.

São muitos os problemas existentes no Náutico, principalmente financeiro; para tentar resolver a questão de salário e contratações para reforçar o grupo bastante limitado, o que vem preocupando a diretoria e o técnico Waldemar Lemos. Daí, a cada partida, a espera que o time venha se acertar em campo.

Blog de Airton Sousa: Copa do Nordeste – decisão da terceira vaga nesta terça-feira

Na noite desta terça-feira (16), Santa Cruz e Náutico jogam no Arruda, valendo a vaga pela terceira colocação na Copa do Nordeste de 2018. Como se não bastassem os dois jogos, a Confederação Brasileira de Futebol, anunciou a realização de uma seletiva para a competição, visando com isso adequar o calendário para o próximo ano.

Os Clubes e as Federações não aceitam a inovação, porque poderá trazer prejuízo para algumas equipes, inclusive famosas e tradicionais do futebol nordestino. Será um duelo, que acredito, poderá até ir para os meios jurídicos, em razão da discórdia, que com certeza, deixaria de fora, algumas equipes importantes.

Para o jogo desta terça-feira (16), o Náutico vem descansado, em razão de estar participando apenas desta reta final do Pernambucano, da decisão da terceira vaga. No momento, os problemas existentes no time e no clube, vem colocando o grupo em uma situação complicada, porque fica difícil separar tantos problemas existentes, fora e dentro de campo.

Enquanto isso, o Santa Cruz, beneficiado por uma vitória na primeira rodada, joga por um empate, além de não estar vivendo os problemas extra-campo que o Náutico está sofrendo. Depois disso, o tricolor estreou bem no Campeonato Brasileiro, vencendo ao Criciúma, fora de casa, por 2 x 1. Aguardar para conhecermos o terceiro representante de Pernambuco no Nordestão de 2018.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz estreia com vitória

Importante resultado o Santa Cruz obteve na tarde desse sábado (13), em Santa Catarina, contra o Criciúma, ao vencer o jogo pelo placar de 2 x 1. Foi uma partida em que o adversário esteve melhor em campo. Porém, as finalizações muito falhas, permitiram que o Criciúma vencesse pelo placar de 1 x 0, no primeiro tempo, enquanto que o time tricolor, soube aproveitar as chances surgidas e saiu de campo com 3 pontos. Júlio César foi o destaque da partida, quando defendeu bolas realmente milagrosas. Aos 15 minutos com Silvinho, aos 29 com Giaretta, aos 41 outra vez com Silvinho e finalmente, com uma falha de Vitor, o jogador Diego Mateus, aproveita a sobra da bola na frente da área e chuta indefensável marcando 1 x 0.

Inegavelmente, só deu Criciúma no primeiro tempo, enquanto que o Santa Cruz apenas se defendeu. Porém, futebol é aproveitamento. E foi o que aconteceu aos 6 minutos do segundo tempo. Uma falha do jogador Douglas, Vitor aproveitou e empatou o jogo. O Criciúma insistia com as bolas aéreas na área, contudo não atingia o objetivo.

Com o jogo empatado vieram as modificações. Barbio no lugar de Tomás, Alex Maranhão no lugar de Douglas e  Fabinho no lugar de James, sendo todas estas modificações aos 20 minutos. Porém, já no primeiro tempo, aos 30 minutos, o jogador Sheik saiu contundido entrando Primão. Todas as substituições corresponderam, principalmente os dois jogadores do Santa Cruz que entraram. Aos 27 minutos o jogador Vitor sofreu uma contusão séria, entrando Nininho, muito limitado tecnicamente.

Após 40 minutos, quando se pensava que o jogo terminaria empatado, André Luiz perdeu uma chance real de gol. Porém 1 minuto após, é o jogador Barbio que aproveita e chuta, marcando o gol da vitória do time pernambucano, que inicia a competição, mesmo com um time limitado, vencendo fora de casa. O próximo jogo do Santa Cruz, pelo Campeonato Brasileiro, será sábado (20), contra o Guarany de Campinas, no Arruda. Porém na terça-feira (16), tem a decisão da terceira vaga da Copa do Nordeste, contra o Náutico, também no Arruda.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz estréia na Copa do Brasil com um empate

Depois de acontecerem quatro fases, o Santa Cruz estreou nessa quarta-feira(10), na Copa do Brasil. Um adversário tradicionalmente qualificado, acostumado com competições nacionais e internacionais. No entanto, para o jogo, o técnico Paulo Autuori, optou por contar com um time mesclado.

Porém, o time do Atlético do Paraná, foi melhor do que o Santa Cruz, nos dois tempos de jogo, inclusive com jogadores de destaque do time tricolor, desaparecidos na partida, não contribuindo para que acontecesse a vitória em casa. Zero a zero foi o placar do jogo, e agora a partida de volta, acontecerá no dia 31 deste mês.

O árbitro Graziani Rocha do Rio Grande do Sul, assinalou um pênalti aos 18 minutos do segundo tempo, inexistente, quando o jogador Vitor por baixo, tirou uma bola de Sidcley, sem atingir o jogador do Paraná, mesmo assim o árbitro assinalou o pênalti, com protesto dos tricolores. Na cobrança do jogador Rosseto, Júlio César saiu bem do gol, e evitou a vitória do time Atleticano.

Blog de Airton Sousa: Jogos de Pernambuco para essa semana

Uma semana recheada de jogos, das mais diversas competições,  com a inclusão das Copas do Brasil e Sul-Americana, Campeonato Brasileiro, séries A e B, onde será necessário os nossos clubes estarem preparados para a quantidade de jogos e competições, em razão principalmente das viagens e dos concorrentes.

Nessa quarta-feira(10), o Santa Cruz estreia na Copa do Brasil, jogando no Estádio José do Rêgo Maciel, contra a boa equipe do Atlético do Paraná. Muita responsabilidade para o tricolor Pernambucano, em razão de que passaram-se quatro fases para que o Santa Cruz, viesse a estrear na competição, em razão do título conquistado em 2016, da Copa do Nordeste.

Quanto ao Atlético do Paraná, joga com alguns desfalques, no entanto, não deixa de ser um adversário forte e de respeito. Porém, pelo fato de jogar fora de casa, a equipe Paranaense venha a se fragilizar. Daí aumentar a responsabilidade do time tricolor, sendo bastante importante ter precauções, para evitar um vexame em casa diante da sua torcida.

Enquanto isso, quinta-feira(11), o Sport tem o  jogo de volta em Montevidéo, contra o Danúbio do Uruguai, que veio ao Recife e perdeu pelo placar de 3 x 0. Daí o treinador Ney Franco, anunciar algumas ausências para esse jogo, entre elas: Ronaldo Alves, Richelly, Samuel Xavier, Juninho,  além de Diego Sousa.

Já na sexta-feira(12), o Náutico de técnico novo, estreia no Campeonato Brasileiro da série B, cercado de muitos problemas: técnicos, financeiros e administrativos. E para completar, o jogador Éverton Páscoa, pediu dispensa do grupo, tornando-se uma dor de cabeça a mais para Waldemar Lemos. O jogo será na Arena de Pernambuco, de portões fechados, pela punição dos fatos que ocorreram o ano passado, contra o Oeste.

Blog de Airton Sousa: Jogos decisivos no final de semana

Para amanhã a tarde, teremos o primeiro jogo entre  Náutico e  Santa Cruz, valendo a vaga para a Copa do Nordeste do próximo ano. As equipes estão com problemas os mais diversos, e a situação mais difícil é do time timbu, com salários atrasados, jogadores pedindo dispensa e as mais diversas reclamações.

O Santa Cruz pelo menos pagou o mês de março recentemente, e está em dia com o grupo. No entanto, quarta-feira passada, em casa perdeu para o Sport, e conseqüente está de fora da final da Copa do Nordeste, trazendo desgaste emocional, financeiro e moral, pela maneira como a derrota aconteceu.

Tecnicamente hoje, o Santa Cruz está mais equilibrado, com um bom sistema defensivo, um bom meio de campo, e apenas o ataque é de um nível inferior. No entanto, existe a ameaça da não participação de jogadores importantes, Anderson Sales, Vitor, Elí Carlos, Pitbu. Por outro lado, o problema mais sério do Náutico, é o fato de Dudu e Giovane terem pedido para voltar para o Fluminense, além da insatisfação de alguns jogadores, entre eles, Anselmo.

 Por outro lado,  domingo à tarde, na Ilha do Retiro, teremos a primeira partida da decisão do Campeonato de 2017, entre o Sport e Salgueiro. O Sport embalado na empolgação da vitória da quarta-feira, contra o Santa Cruz, conseqüentemente a classificação para a final da Copa do Nordeste, principalmente, a maneira como a vitória aconteceu, deixando os jogadores com o astral bastante levantado.

Enquanto isso, o time do Salgueiro, que já se encontra na cidade do Recife, teve através da sua comissão técnica e dirigentes, todos os cuidados necessários para um jogo fora dos seus domínios, sabendo da qualidade que o time do Sport tem. Precaução e um aprimoramento no trabalho tático e técnico, é o que se observa por parte do time interiorano.

É uma decisão diferente, porque é a primeira vez, que o interior chega a decidir o título, e observa-se que uma grande parte dos torcedores, principalmente do Santa Cruz, Náutico e do próprio Salgueiro, torcendo que o time Salgueirense, venha a conquistar o título, que seria inédito para o futebol do interior. Só resta aguardar, o que vai acontecer, entre a qualidade técnica e a força do conjunto, quem se sairá melhor na primeira partida.

Blog de Airton Sousa: Decisão para as finais sem favoritos

O placar apertado entre Santa Cruz x Salgueiro, com apenas 1 x 0 para o time tricolor, torna o jogo desse sábado (22), no Sertão, uma partida onde um detalhe pode decidir o classificado. Um simples placar de 1 x 0, com um pênalti duvidoso, faz com que aumente a emoção para a partida de volta entre as duas equipes.

No jogo de sábado passado no Arruda, tecnicamente o Santa Cruz foi melhor. Porém encontrou dificuldade nas finalizações e poucas foram as chances criadas pelas duas equipes. No entanto, a vitória apertada do time tricolor, lhe permite jogar por um empate, o que é um pequeno percentual de vantagem.

Está aberta a vaga, porque sabemos a força do Salgueiro em casa, bem como conhecemos a capacidade do técnico Vinícius Eutrópio, em aplicar retranca, só saindo para o jogo em um descuido do adversário. Portanto, o fato de jogar em casa, com o apoio da torcida e por conhecer o campo de jogo, torna o resultado mais indefinido ainda. Não arriscamos nenhum favorito para o jogo entre Salgueiro x Santa Cruz.

Enquanto isso, uma história mais ou menos parecida, entre Sport e Náutico. 3 x 2 foi o placar a favor do Sport, que teve mais desempenho, mais chances de gols, principalmente  no primeiro tempo. Porém, Marco Antonio abriu o placar para o Náutico aos 44 minutos de jogo. As chances do Sport no primeiro tempo, foram as seguintes: Mena, aos 3 minutos; Rogério aos 5;  outra vez Rogério aos 12; mais uma vez Rogério aos 24; Fabrício aos 29; André aos 33, 34 e 36 minutos. Enquanto que o Náutico teve as seguintes chances: 23 minutos com Anselmo; 40 com Thiago Alves e aos 44 minutos, o gol de Marco Antonio.

No segundo tempo também não foi diferente. Prevalecia o domínio ofensivo do Sport. Aos 12 minutos uma cabeçada de André e aos 7 minutos o gol de empate com Diego Sousa. Continuavam as chances para as duas equipes. Aos 10 minutos uma cabeçada na trave de Diego Sousa; e aos 19 minutos Anselmo desempatava para o Náutico. Depois do segundo gol do Náutico, os treinadores resolveram mexer nas equipes.

Um equilíbrio no jogo pelo cansaço de alguns jogadores, a exemplo de Diego Sousa pelo Sport e Marco Antonio pelo Náutico. Porém a surpresa estava para acontecer. O iluminado Juninho, que tinha entrado no lugar de Ronaldo, faz aos 45 e aos 47 minutos, os dois gols que fecharam o placar de 3 x 2 para o Sport.

Também a vaga está aberta. O Sport joga por um empate e qualquer vitória do Náutico, leva a partida para penalidades. Portanto, teremos um sábado e domingo de muita emoção, para conhecermos os dois finalistas do Campeonato Pernambucano de 2017. Também não arriscamos apontar qual será o finalista, por tudo que vimos entre as duas equipes.

Blog de Airton Sousa: Vitória do Náutico no último jogo do Hexagonal

Com o resultado dessa segunda-feira (10), quando o Náutico venceu ao Santa Cruz, no Arruda, pelo placar de 2 x 1, encerrou-se o Hexagonal decisivo do Campeonato. As semi-finais ficaram formadas da seguinte maneira: Salgueiro x Santa Cruz; Náutico x Sport, observando-se que as primeiras partidas serão respectivamente, no Arruda e na Ilha do Retiro.

Consequentemente, os jogos de volta serão em Salgueiro e na Arena de Pernambuco. A pergunta é a seguinte: Quem leva vantagem sobre quem?  Sinceramente, o único ponto que pode alterar, é um placar elástico no primeiro jogo, caso contrário, ninguém leva vantagem.

Quanto ao jogo dessa segunda-feira (10), foi uma partida em que as ausências do Santa Cruz e do Náutico, influenciaram para que tivéssemos uma partida pobre tecnicamente. No entanto, o time timbu saiu na frente no placar, com um gol de Erick, aos 18 minutos do primeiro tempo, e só na segunda fase, é que o Santa Cruz empatou aos 7 minutos com Everton Santos.

Um jogo disputado, onde pelo Santa Cruz se destacaram Pereira e William Barbio, e pelo Náutico, tiveram destaque os jogadores Erick, Dudu e Rodrigo Sousa. O gol da vitória do Náutico, foi através da cobrança de pênalti de Dudu, onde o goleiro Jackson defendeu, e no rebote, Dudu complementou, fazendo Náutico 2 x 1 Santa Cruz.

Agora, é aguardar as decisões da Federação Pernambucana de Futebol, inclusive com relação às arbitragens, onde o Sport Clube do Recife, através da sua Direção, oficializou o seu desejo de ter nos seus jogos, árbitros de outras Federações. Só faltava essa agora no Campeonato, que teve de tudo, principalmente no aspecto negativo.

Blog de Airton Sousa: Hexagonal chega ao fim

Finalmente, o Hexagonal do Título do Pernambucano 2017, tem a última rodada neste domingo (09), e na segunda-feira (10). No Arruda, o Central com todos os seus problemas, enfrenta ao Sport Clube do Recife. Em Salgueiro, o Carcará joga contra o Belo Jardim. Ambos os jogos no domingo à tarde. Já o clássico entre Santa Cruz e Náutico, será na segunda-feira à noite.

Pouca coisa a dizer da última rodada, principalmente dos jogos do central e do Belo Jardim, que apenas cumprem tabela, depois de fazerem um Hexagonal decepcionante, perderem o direito de jogarem no seus domínios, em razão da péssima condição dos seus gramados. Quanto ao Sport, o jogo interessa para determinar posição nas semi-finais, enquanto que o Salgueiro, independentemente dos resultados, termina na primeira posição da tabela.

Para a segunda-feira à noite, um clássico onde o Santa Cruz, com 16 pontos,  o segundo colocado, enfrenta ao Náutico com 15 pontos, que está na terceira colocação. Daí a disputa pra saber como fica a posição dos dois times na rodada final, a fim de se conhecer quem enfrenta quem. A única posição inalterável é do Salgueiro, que joga a partida de volta das semi-finais em casa, e possivelmente, se for decidir o título, também a última partida em casa.

Podemos dizer que o desfecho do Hexagonal é melancólico, decepcionante, pelo nível técnico, pela audiência de público, e pelo baixo percentual de arrecadação, além da própria desvalorização que os clubes grandes deram, por jogarem algumas partidas sem colocar em campo, as suas equipes tradicionais e até mesmo desconsiderarem o Pernambucano, em detrimento de outras competições.

Blog de Airton Sousa: Rodada de muitos gols e pouco público

No primeiro tempo, até que o Central se segurou. Porém na segunda etapa, quando as condições físicas começaram a refletir, o Náutico aproveitou e goleou o time patativa, fechando o placar em 5 x 0.

Muitas coisas foram evidenciadas após o jogo, principalmente por parte de alguns jogadores do time de Caruaru, desabafando uma situação delicada: faltou lanche, faltou jantar, faltou até água. Imagine esses jogadores inexperientes, com uma média de faixa etária de 20 anos, chagarem a uma situação dessas.

Ainda bem que a competição termina para o Central, nesse domingo(09). Caso contrário, não sabemos que desfecho teríamos, diante de uma situação degradante dessas. A verdade, eu prefiro acreditar que esteja com os jogadores, já que o Presidente, por tudo que fez de negativo até agora, durante a sua funesta gestão, só tem provocado decepção à frente do alvi-negro.

Domingo (09), o compromisso do Central será com o Sport. Com quantos gols voltaremos para Caruaru? Pedir ao Presidente, que o mínimo ele possa fazer, alimentar os jogadores, para que a fraqueza física não venha tomar conta dos atletas. Após o jogo de domingo, os atletas voltem para suas casas e possam pelo menos, se alimentarem do básico: feijão, farinha, arroz, macarrão, carne, pão, ovos. E a partir de domingo aprendam, que com o atual Presidente, o Central é disso a pior.

Por outro lado, o Santa Cruz passeou em campo e não teve trabalho, goleando ao Belo Jardim por 4 x 0. Realmente foi uma noite de decepção para o futebol do interior. Agora, é esperar que nos jogos semi-finais, a competição melhore tecnicamente e que venha despertar o interesse do público, porque foi realmente uma decepção o Hexagonal do Título 2017, sem público e com um futebol abaixo da crítica.

A ideia da rodada dupla foi muito infeliz por parte da Federação Pernambucana de Futebol, que tem se atrapalhado a cada Campeonato. É preciso repensar urgentemente o ano de 2018. Caso contrário, a tendência do Campeonato Estadual é chegar ao fim, o que será lamentável, porque muitos profissionais dependem dessa competição.

Blog de Airton Sousa: Arena faz rodada dupla do Hexagonal

Teremos nessa quarta-feira(05), o encerramento da nona rodada do Hexagonal do título, com a realização de dois jogos, e desta feita por determinação na Federação Pernambucana de Futebol, com uma rodada dupla, na Arena de Pernambuco. Essa decisão prende-se ao limite no calendário, e também com a intenção de atrair um público maior, em face dos percentuais de público, estarem abaixo da média.

O Náutico faz o jogo preliminar contra o Central, e o Belo Jardim o jogo principal, contra o Santa Cruz. Com relação ao Náutico, que tem no momento apenas o Campeonato Pernambuco, pelo fato de ter ficado de fora da Copa do Brasil prematuramente, e também da Copa do Nordeste, indo apenas até a primeira fase daquela competição, resta apenas a tentativa de conquistar o Pernambucano de 2017.

Enquanto isso, o time do Central, que faz este ano uma das piores participações da sua história, apenas cumpre tabela, porque começou na lanterna do Hexagonal, e dificilmente perderá essa posição para o Belo Jardim. Sinceramente, não sei que motivação terá o torcedor alvi-rubro para ir à Arena na noite dessa quarta-feira.

Na partida principal, também não será diferente. O Belo Jardim, a exemplo do Central, também não tem chance nenhuma, porém a decepção é menor, porque pelo fato de não estar jogando no seu Estádio, atua na capital pernambucana, e tem vendido caro os resultados contra os três grandes da capital.

Finalmente o Santa Cruz, que não alcança mais a equipe do Salgueiro no Hexagonal. Apenas disputa com o Sport, a segunda colocação, e, se permanece nessa posição, ou no terceiro lugar, deverá mesmo enfrentar ao Sport nas semi-finais do Campeonato.

Falta de motivação para os clubes, também para as torcidas, esse tem sido o campeonato deste ano, exigindo para 2018, mudanças radicais, na tentativa de resgatar a imagem positiva que acontecia em outros Campeonatos Estaduais. Ou a Federação senta com os Dirigentes, para rever novas fórmulas, ou o Campeonato Estadual, estará com os seus dias contados.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz avança para as semi-finais da Copa do Nordeste

Coincidência ou competência, a verdade é que nos três jogos realizados na noite desta quarta-feira(29), todos os visitantes conseguiram vencer. O Bahia venceu por 4 x 2 ao Sergipe, o Vitória venceu por 3 x 2 ao River, e o Santa Cruz venceu pelo placar de 1 x 0 ao Itabaiana, deixando transparecer uma vantagem substancial para os jogos de volta.

Falando especificamente do jogo do Santa Cruz contra o Itabaiana, podemos dizer que o time tricolor, não teve uma boa apresentação, porém, jogou o suficiente para vencer, e trazer para o  Recife, nesse sábado à noite, a vantagem de jogar por qualquer empate, tomando simplesmente a preocupação de respeitar o adversário, que demonstrou na primeira partida, muita fragilidade técnica.

O gol do Santa Cruz, aconteceu aos 20 minutos do primeiro tempo, na cobrança de falta por Anderson Sales,que vem de destacando nas bolas paradas. Poucas foram as chances de gol, exceção dois chutes no primeiro tempo para o Santa Cruz, aos 5 minutos com Everton Santos, e aos 8 minutos com Tomás. Enquanto que o Itabaiana, limitou-se apenas a uma oportunidade de gol, com Diego Neves, aos 22 minutos.

No segundo tempo, as equipes se abriram mais um pouco, e já aos 6 minutos André Luiz chutou forte, por fora, para o Santa Cruz; Geovani colocou uma bola na trave, aos 10 minutos a favor do Itabaiana; Anderson Sales cobrou uma falta perigosa aos, 17 minutos; e somente aos 35 minutos, o Santa Cruz vai ao ataque com o lateral Victor.

Com a vitória de 1 x 0, o Santa Cruz trás para o jogo do sábado às 18:30 h, no Arruda, a  vantagem de jogar por qualquer empate. Quanto ao técnico Vinícius Eutrópio, demonstrou pelo esquema aplicado, que  entende muito bem da maneira como atuar na série de mata-mata das competições. O time do Arruda, com a vitória dá um passo importante para chegar às semi-finais da Copa do Nordeste.

Blog de Airton Sousa: Começa segunda fase para o Santa Cruz

Começa nesta quarta-feira(29), a série de mata mata da Copa do Nordeste. Em Sergipe, o Itabaiana recebe o Santa Cruz, para a primeira partida da série de duas. Um jogo em que o time sergipano tem a obrigação de fazer o dever de casa. Enquanto isso o Santa Cruz, com a tentativa de voltar para casa com um resultado que favoreça para o jogo do sábado(01\04), às 18.30 h, no Estádio do Arruda.

Na primeira fase da competição, o Itabaiana deixou para trás no seu grupo,  o CSA, CRB e o ABC de Natal. Além disso, é o  primeiro colocado no Campeonato do seu Estado, com três vitórias e um empate. Por outro lado, o Santa conseguiu superar o Campinense,  Náutico e o Uniclinic, obtendo três vitórias, um empate e uma derrota. Portanto, duas campanhas relativamente boas.

Quanto ao jogo, tecnicamente o Santa Cruz tem um melhor elenco, tendo como destaque o atacante Pitimbú, além de estar bem no Hexagonal do Campeonato Pernambucano, ocupando a segunda colocação. Importante lembrar que o time tricolor, terá que fazer um resultado no jogo de hoje, para evitar a pressão na partida de volta em casa.

O Itabaiana, se obriga  a evitar um resultado negativo, porque é sabido a obrigação de fazer o dever de casa, para não complicar no segundo jogo, com todas as dificuldades de jogar no Arruda, principalmente com a participação e a pressão da torcida. Será um jogo extremamente equilibrado, podendo ser decidido em um lance.

Blog de Airton Sousa: Sport tem novo técnico

Coisas de Dirigentes sem planejamento e com mentalidade amadora. Com uma campanha de razoável para boa, onde em 18 jogos, venceu 10, empatou 6 e perdeu 2, Daniel Paulista foi afastado após o empate contra os reservas do Santa Cruz em 1 x 1, neste domingo(26), na Ilha do Retiro.

Levando-se em consideração que a maioria dos adversários foi de um nível regular, exceção os clássicos contra o Náutico e Santa Cruz, mesmo assim, dentro do propósito dos Dirigentes, de não valorizarem o Campeonato Estadual, fazendo um trabalho com os jogadores da base, nada foi avaliado para decidir pelo afastamento de Daniel Paulista.

Volta para dirigir as Divisões de Base do Sport, fato que sinceramente eu não concordo. Acho que a decisão da Diretoria foi humilhante, e o melhor caminho para Daniel Paulista, era tentar treinar um time inferior, para iniciar a sua carreira, como um técnico verdadeiramente. Porém, Daniel Paulista não teve esse entendimento e é de novo rebaixado para a base do clube da praça da bandeira.

Já anunciado Ney Franco como o novo treinador, namoro agora concretizado, pois várias vezes os Dirigentes tentaram a vinda do treinador, que exigiu a companhia do preparador físico e um assistente técnico, inflacionando mais ainda a sua contratação.

Porém, a partir do jogo contra o Campinense, passaremos a observar se a falha era do Daniel Paulista, da fragilidade técnica do elenco, ou de alguns jogadores se escondendo em campo. A verdade é que, fica provado mais uma vez, que a prata de casa não tem valor. Assim também aconteceu com Daniel Paulista, para os Dirigentes, foi o verdadeiro culpado do futebol pequeno que o time está jogando.

Blog de Airton Sousa: Empate no clássico e vitória do Salgueiro

Na Ilha do Retiro, o Sport, com o time principal, empatou contra o time alternativo do Santa Cruz em 1 x 1. O time leonino, não se encontrou no primeiro tempo, permitindo ao Santa Cruz, apresentar um melhor futebol. Entretanto, a primeira etapa não passou de 0 x 0.

O Sport que houvera perdido na quarta-feira(22), em São Luiz do Maranhão, para o Sampaio Correia, outra vez deixou a sua torcida preocupada, mesmo tendo melhorado no segundo tempo e marcado primeiro, para depois permitir o empate da equipe tricolor.

O que dava a entender, era de que os times estavam se segurando, para guardar fisicamente os seus elencos, para os compromissos das próximas quarta (29)  e quinta-feira(30), respectivamente em Sergipe e na Paraíba. O jogo do Santa Cruz contra o Itabaiana, é na quarta-feira, e o jogo do Sport contra o Campinense, é na quinta-feira. Nesses jogos, os nossos representantes terão que fazer um bom placar, para garantirem, em casa, a classificação.

O outro jogo que complementou a oitava rodada, foi no Estádio Antonio Inácio de Sousa, envolvendo o Central e o Salgueiro. Enquanto no Salgueiro o clima era de liderança e tranquilidade no Hexagonal, no Central aconteceu o oposto. Alguns jogadores se nagaram a jogar, pelo fato de salários atrasados, e a Diretoria resolveu apelar para os jogadores que haviam atuado na Taça São Paulo de Futebol Junior.  Aí não deu outra, o Salgueiro venceu pelo placar de 2 x 0.

Com a vitória, o Salgueiro avançou líder no Hexagonal, agora com seis pontos a mais que o Sport e Santa Cruz, enquanto o Central, vive a pior crise da sua história, sem time, sem credibilidade, sem perspectiva, vivendo à base de esmolas e esperando  o Campeonato Brasileiro chegar, para participar de que maneira, nós não sabemos.

Blog de Airton Sousa: Jogos da oitava rodada do Hexagonal

A oitava rodada do Hexagonal irá acontecer nesse final de semana. No sábado, às 16 horas na Arena de Pernambuco, o Náutico com o time misto, vai enfrentar ao Belo Jardim. A intenção do técnico do time timbu, é preservar alguns jogadores para jogos mais difíceis do Campeonato.

Pelo lado do Náutico, a tranquilidade de saber que estará nas semi-finais da competição, em razão principalmente do regulamento, que favorece aos três clubes da capital. Por outro lado o Belo Jardim a exemplo do Central, apenas cumpre tabela, sem nenhuma perspectiva de chegar as semi-finais.

Portanto, um jogo sem atrativo nenhum para o torcedor, mesmo a Diretoria do Náutico tendo efetuado promoção no preço do ingresso. Porém é muito provável a certeza de um pequeno público na Arena de Pernambuco.

Enquanto isso, o clássico entre Sport e Santa Cruz, que acontece no domingo às 16 h, também é um clássico em que os treinadores, estão muito mais preocupados com a primeira partida das quartas de final da Copa do Nordeste, do que com o resultado da partida, onde o Santa Cruz é o segundo, e o Sport é o terceiro colocado.

Em razão do desinteresse do Estadual, e da importância da Copa do Nordeste, é quase certo que os dois times entrem em campo com jogadores reservas, ou os que compõe as divisões de base. Porém, mesmo assim espera-se que a rivalidade prevaleça e que os times possam valorizar o confronto. Não entendemos vantagem para nenhum dos dois lados.

Finalmente, num jogo que só serve para o Salgueiro manter a sua liderança no Hexagonal, teremos no Estádio Antonio Inácio de Sousa, o Central recebendo a equipe salgueirense. Sempre que se encontram, temos um jogo equilibrado, porém desta vez, o time patativa está bastante desfalcado e vem de uma goleada no último domingo, frente ao Santa Cruz.

Além de tudo, a única vitória Centralina, foi no mesmo Estádio, contra o time do Belo Jardim. O restante dos jogos foram todos de derrotas para o alvi-negro, e não é de se estranhar, diante da atual situação, que o Salgueiro venha a somar mais 3 pontos. É cada vez mais preocupante, a quantidade de fatos negativos que ocorrem no time da patativa do Agreste.

Blog de Airton Sousa: Definidos grupos da Copa do Nordeste

Na sexta-feira(24/03), aconteceu o sorteio dos jogos, para os oito clubes classificados, para as quartas de final da Copa do Nordeste. Os jogos já começarão na próxima quarta-feira(29/03), e seguem na seguinte seqüência :

Campinense x Sport

Itabaiana x Santa Cruz

River x Vitória da Bahia

Sergipe x Bahia

Entendendo-se que pela qualidade técnica, Sport, Santa Cruz, Bahia e Vitória, são os favoritos para as semi-finais. No entanto, nunca podemos esquecer que na própria competição, tivemos uma decisão entre Campinense e Asa, deixando para trás também, equipes tradicionais de Pernambuco, Ceará e Bahia. Portanto, aguardemos a primeira rodada, para vermos a quem cabe a vantagem inicial.

Blog de Airton Sousa: Copa do Nordeste encerra primeira fase

Tivemos na noite desta quarta-feira(22), o encerramento da primeira fase da Copa do Nordeste. O Santa Cruz cumpriu o seu dever de casa, ao vencer o Campinense pelo placar de 1 x 0. Tecnicamente não foi um bom jogo, onde o tricolor fez um primeiro tempo melhor que o adversário, marcando o gol da vitória através de Anderson Sales, de pênalti, aos 31 minutos.

Outras oportunidades, ainda no primeiro tempo, a exemplo de uma falta cobrada aos 15 minutos, mais uma falta cobrada aos 22 minutos, através do jogador Anderson Sales, que demonstrou nos três lances, uma qualidade espetacular nas bolas paradas. Anderson Sales foi escolhido  o melhor jogador da partida.

No segundo tempo, o  técnico China colocou Fernando Pires e Augusto, que deram mobilidade ao time do Campinense e a equipe passou a dominar o jogo, principalmente porque houve uma aceitação da equipe  tricolor. No entanto, as finalizações não foram concretizadas, e o time pernambucano terminou com o resultado na primeira colocação do grupo, enquanto que o Campinense ficou na segunda posição.

Por outro lado, o Náutico goleou por 9 x 0 ao Uniclinic, mas de nada adiantou, porque só chegou a 10 pontos, não atingindo ao Santa Cruz com 13, e ao Campinense com 11 pontos.

O Sport por sua vez, surpreendentemente perdeu para o Sampaio Correia em São Luiz do Maranhão, pelo placar de 2 x 1. O time esteve em uma noite irreconhecível, com os três setores sem produzirem um futebol capaz de superar ao adversário. Ainda bem que o time fez um gol, teve um saldo melhor que o River, que venceu ao jogo, porém no saldo, o time leonino tinha um gol a mais.

Com os resultados, os grupos ficaram dessa maneira:

Bahia – Sport – Santa Cruz e Vitória .

Itabaiana – Campinense – River e Sergipe.

Espera-se para essa sexta-feira(24), o sorteio dos jogos do mata-mata.

Blog de Airton Sousa: Rodada decisiva na Copa do Nordeste

Teremos nesta quarta-feira (22/03), o encerramento da primeira fase da Copa do Nordeste 2017. Uma fase onde o ponto negativo foi a presença de público, com poucas e raras exceções. Pernambuco está incluído no fracasso de público e a expectativa é que tenhamos uma melhora de público, e também, melhores jogos tecnicamente.

No estádio do Arruda, teremos um confronto importante para o Santa Cruz e também para o Campinense. O time paraibano, se empatar, sai como primeiro colocado do grupo, e o Santa Cruz, será o segundo colocado. Caso haja vitória do time tricolor, o time pernambucano, sairá como líder, e o Campinense, será o segundo colocado.

Foi uma participação muito positiva das duas equipes, nesta fase que se encerra nesta quarta. O Campinense, pé quente na Copa do Nordeste, já conseguiu ser campeão e vice-campeão, respectivamente. Enquanto isso, o Santa Cruz teve a conquista da Copa do Nordeste em 2016. Portanto, um jogo igual pelos pontos positivos das duas equipes.

Além disso, a expectativa de termos um público, de razoável para bom, em razão de que a Diretoria tricolor, tentando atrair a sua torcida, colocou preços promocionais para os ingressos, e com certeza também, a torcida do Campinense virá, pela sua fidelidade à raposa da Paraíba.

Por outro lado, o Sport já classificado, tem um jogo folgado contra o Sampaio Correia, em São Luiz do Maranhão. Alguns titulares estarão ausentes no time rubro-negro, entendendo o técnico Daniel Paulista, que o clássico de domingo contra o Santa Cruz, é um jogo para a recuperação do Sport, hoje o terceiro colocado do Hexagonal.

O Sampaio Correia, um time mediano, não deve amedrontar o Sport, porém é bom colocar como exemplo, o que aconteceu por duas vezes contra o Belo Jardim, no Hexagonal. Esperar que os erros cometidos domingo (19), não sejam repetidos, principalmente pelos homens responsáveis pelas finalizações.

Para encerrar a participação de Pernambuco na Copa do Nordeste, nesta primeira fase, o Náutico tenta um milagre na competição. Joga contra o Uniclinic em Fortaleza, onde terá que vencer com diferença de mais de quatro gols, e torcer que que o Santa Cruz perca para o Campinense.

É uma situação complicada do time alvi-rubro, em razão da maneira como o time começou a competição, permitindo que os adversários do grupo avançassem, tomassem distância na pontuação e deixassem o Náutico muito atrás. è bom lembrar que o técnico Milton Cruz, não tem nada a ver com a situação do time, já que assumiu o time com várias rodadas acontecidas.

Blog de Airton Sousa: Pernambucano sem público – por que?

Tenho a impressão, pelo tempo que tenho como cronista esportivo, há muito tempo não se tem em Pernambuco, um público tão fraco nos jogos realizados no Estado. Não falamos apenas do Campeonato Estadual, também na Copa do Nordeste e do Brasil, e a pergunta também é a seguinte, será que no Campeonato Brasileiro, esses percentuais serão repetidos?

Procuram-se muitas justificativas para o que está acontecendo, entre elas: horário dos jogos, transmissão pela televisão, quantidade de competições ao mesmo tempo, qualidade técnica dos nossos clubes, falta de dinheiro por parte do torcedor. O certo, é que os estudiosos obrigatoriamente terão que encontrar um denominador, para a atual situação, com a ausência do público e poucas arrecadações.

Nós sabemos que os principais clubes do Estado não estão sentindo, mesmo porque os patrocinadores, a televisão e os promotores dos eventos, antes de tudo, dão o suporte financeiro aos participantes, daí não termos ouvido reclamação por parte dos Dirigentes.

Entretanto, apenas como detalhe para chamar à atenção dos Dirigentes dos clubes de Pernambuco, aconteceu no domingo(19), no Estádio Amigão de Campina Grande(PB), o clássico entre Treze e Campinense, e acreditem, tivemos um público superior a 7.000 pessoas. Por que será?

Blog de Airton Sousa: Santa recupera e Náutico decepciona

Se uma goleada de 5 x 1 contra o Central, faz o torcedor esquecer a derrota acontecida  no clássico diante do Náutico, tudo bem. É bola para frente, e aqueles que pediram a cabeça do técnico tricolor, vão procurar silenciar, e saber que futebol se faz com a razão e não com emoção, porque vendo com emoção, geralmente a contradição vem à tona.

Independentemente da goleada, do adversário frágil, sem fôlego, com problemas graves dentro e fora de campo, e uma Diretoria que pouco está se importando com a grave situação alvi-negra, temos que creditar ao Santa Cruz, a determinação de jogar para ganhar e se garantir antecipadamente nas semi-finais do Pernambucano de 2017.

É uma semana importante para o time tricolor, uma etapa foi superada com a vitória em cima do Central, a outra etapa será nessa quarta-feira(22), contra o Campinense, já classificado. Um empate deixa também o Santa Cruz na fase seguinte da Copa do Nordeste. Portanto, temos que parabenizar o técnico Vinícius Eutrópio, pela maneira humilde e correta como vem administrando os problemas técnicos, emocionais e principalmente, as críticas em alguns momentos.

Quanto ao Central, é ver o que vai acontecer, com esse fiasco de time e com um Presidente que deixa, em detrimento do clube, sua vaidade superar tudo, inclusive a história que o clube tem no cenário esportivo nordestino. É uma pena, que a Patativa do Agreste, tenha chegado a esse ponto. No entanto, não é possível que os Conselhos Deliberativo e Fiscal, sejam omissos ao ponto de deixar perpetuar na atual gestão, tanto abandono.

Enquanto isso, nem o adiamento do horário do jogo para às 18.30, evitou que o Náutico perdesse para o bom time do Salgueiro, pelo placar de 2 x 0. No primeiro tempo  o Salgueiro venceu por  1 x 0,  jogou um melhor futebol e envolveu o timbu, que sentiu a ausência de alguns titulares, que não tiveram condição de jogar.

No segundo tempo, pouco mudou no jogo. O Salgueiro absoluto, o Náutico encurralado, e finalmente o segundo gol do time do sertão, fechando o placar com uma vitória de 2 x 0, extremamente importante para garantir, por antecipação, o time Salgueirense nas semi-finais do Campeonato Pernambucano.

Quanto ao Náutico, agora é trabalhar para recuperar na próxima partida. No entanto, em razão da fórmula do Campeonato Pernambucano, o desenho dos quatro times já está pronto, com a exclusão do Belo Jardim e Central, que apenas cumprem tabela até o final do Hexagonal. Quarta-feira(22), o Náutico joga contra o Uniclínic, tentando o quase impossível, que é passar para a segunda fase da Copa do Nordeste.

Blog de Airton Sousa: Boa Esporte desafia e contrata goleiro Bruno

O mundo esportivo ficou estarrecido, após a notícia da contratação do goleiro Bruno, pela Diretoria do Boa Esporte, a semana passada. Como é sabido, por medida cautelar, um ministro do Supremo Tribunal, liberou o goleiro Bruno, até que haja novo julgamento, daí o Presidente demonstrar interesse de levar o polêmico profissional para defender aquele clube.

Desde que a notícia foi oficializada, os mais diversos órgãos de imprensa, principalmente as redes sociais, tem trazido as mais contraditórias opiniões, a favor e contra à decisão do Presidente Rone Moraes da equipe do Boa, perdendo até o momento, três dos maiores patrocinadores do Clube, provando que vai ser difícil manter o profissional no Boa.

Há quem diga que a contratação poderá ir de água a baixo, em razão da insatisfação generalizada. No entanto, cabe o seguinte questionamento, sem querer criar  polêmica: fala-se em ressocialização, dentro e fora dos presídios. O caso do goleiro Bruno, é um desses exemplos? Um profissional famoso, com idade  de continuar a sua vida profissional, necessitando trabalhar para manter a sua forma técnica e física, e também por necessidade financeira, vale ou não a ressocialização?

Não estamos julgando o fato do crime absurdo, apenas falando de um profissional, que tem que pagar pelo acontecido, porém o órgão maior da justiça Brasileira, entendeu que cabe a liberdade, temporária ou não, do Bruno. Inclusive porque está dentro da legislação, a condição de liberdade do mesmo. Cumpriu 1/3 da pena, não houve o julgamento e teve bom comportamento.

Agora, é aguardar as novas decisões a respeito do caso. Se Bruno volta para o presídio, se o Boa Esporte vai manter o profissional defendendo a sua camisa, se os prejuízos financeiros e a repercussão negativa, irão fazer com que o Presidente Rone Moraes desista ou não do seu desafio.

Blog de Airton Sousa: Náutico vence o clássico

No clássico da Arena de Pernambuco, neste domingo(12/03), o Náutico venceu pelo placar de 1 x 0. Foi um jogo nivelado por baixo tecnicamente, no entanto o Náutico entrou com mais volume, ocupando os principais espaços do campo e anulando com uma boa marcação, as principais peças do Santa Cruz.

Enquanto isso, o time tricolor entrou acomodado, sem alma, com pouco interesse, além da lentidão que o time se apresentou na maioria do tempo de jogo. As peças de decisão do Santa Cruz, não tiveram como jogar, e na verdade, o Náutico mereceu a vitória, inclusive com um placar mais elástico.

Aos 17 minutos do primeiro tempo, o técnico Milton Cruz faz uma substituição colocando o jogador Nirley, estreante no timbu. E o futebol tem dessas coisas, porque bastaram apenas 15 segundos em campo, para o jogador aproveitar um cruzamento, cabecear e colocar a bola nas redes de Júlio César, colocando o time alvi-rubro na vantagem do placar.  E ao final do jogo, a vitória foi do Náutico, pelo placar de 1 x 0.

Por outro lado, o Campinense, já classificado, goleou por 4 x 0 ao Uniclinic, e assumiu a liderança do grupo com 11 pontos. O Santa Cruz, para não ter a sua situação complicada, soma 10 pontos, e com apenas um empate, no último jogo (22/03), no Arruda, contra o Campinense, passa para a segunda fase da Copa do Nordeste. O Náutico com 7 pontos, ainda tem sua situação complicada, com remotas possibilidades, tendo que golear ao Uniclinic em Fortaleza, torcer por uma derrota do Santa Cruz, além da combinação de outros resultados, dos outros grupos.

Blog de Airton Sousa: Pernambucanos jogam pela Copa do Nordeste

Teremos neste sábado(11/03), às 20:30 h, o Sport jogando na Ilha do Retiro, contra a fraca equipe do Juazeirense. O primeiro jogo na cidade de Juazeiro da Bahia, o time pernambucano venceu pelo placar de 1 x 0. Temos que reconhecer, que  é muito grande a disparidade entre as duas equipes. O Sport com elenco milionário, e que até agora não convenceu totalmente a sua torcida, do outro lado um adversário com um elenco humilde, e que está nas últimas classificações do Campeonato baiano.

Sendo assim, o Sport que está bem posicionado na Copa do Nordeste, e com amplas possibilidades de ser cabeça de chave na competição, tem tudo  para emplacar uma vitória, e se garantir de vez na próxima fase da competição. O técnico Daniel Paulista, que desabafou, após  a vitória contra o Boa Vista, quarta-feira(08/03), não contará com o volante Rithely e deverá repetir o mesmo time para o jogo contra o Juazeirense.

No domingo(12/03), às 16 h, teremos o clássico entre Náutico e Santa Cruz, na Arena de Pernambuco. Outra vez um clássico entre essas duas equipes, também pela Copa do Nordeste. O Santa Cruz, bem posicionado ao lado do Campinense, enquanto que o Náutico tem remotas possibilidades de seguir na competição. Tratando-se de clássico, e em razão do momento positivo que atravessam as duas equipes, fica imprevisível qualquer resultado.

Os tricolores perderam apenas uma partida, enquanto que o Náutico vem de um empate e uma vitória contra o Sport, pelo Campeonato pernambucano. Daí o equilíbrio dos dois times. A pontuação do Náutico é desesperadora, tendo que vencer as duas partidas, respectivamente, contra o Santa Cruz, na Arena de Pernambuco, e contra o Uniclinic, no Ceará, além de torcer por uma derrota ou do Campinense ou do Santa Cruz.

Com muita franqueza, não acreditamos na sequência do timbu, na próxima fase. Existe sim, muita perspectiva, da classificação do Santa Cruz e do Campinense, para a outra etapa da Copa do Nordeste. A Diretoria timbu homenageia as torcedoras do time timbu, não cobrando ingressos para o jogo, o que também é um bom incentivo.

Blog de Airton Sousa: Nova classificação na 6ª rodada do Hexagonal

Tivemos na tarde deste domingo (05/03), o início dos jogos de volta do Hexagonal do título, com o Náutico na Arena de Pernambuco vencendo ao Sport por 2 x 1, o Santa Cruz se impondo e vencendo ao Salgueiro por 1 x 0 e o Central conseguindo a sua primeira vitória, vencendo ao Belo Jardim por 4 x 1.

O clássico teve o Náutico supremo nos dois tempos do jogo, anulando principalmente, a criatividade do Sport, que não teve espaço para jogar com o sistema tático aplicado pelo técnico Milton Cruz, que obteve a primeira vitória sob o seu comando. O Náutico marcou 2 x 0, com uma certa tranquilidade, e mesmo tomando o gol do Sport, o time não se abalou, aproximou mais a marcação e administrou a partida até o final. Com o resultado, o Náutico foi a 11 pontos e agora é o segundo colocado no Hexagonal.

O torcedor do Sport, que viu desta feita o time titular não se encontrar em campo, porque na quarta-feira (01/03), na Ilha, o time que jogou foi o reserva, ao contrário do time deste domingo, e mesmo assim, o técnico Daniel Paulista, não encontrou uma maneira de superar a qualidade do time timbu.

O Santa Cruz depois de seis jogos sem vencer ao Salgueiro, lá no sertão, conseguiu vencer por 1 x 0, com gol marcado no início do primeiro tempo, onde o técnico Vinícius Eutrópio, reconheceu que tres pontos, favoreceu muito ao desempenho do seu time neste jogo:  a garra, a força e a superação do grupo.  Mais um detalhe do Santa no jogo contra o Salgueiro, foi a maneira como o time aproximou a marcação, não permitindo que o adversário soltasse a bola e impusesse velocidade ao jogo, pontos fortes do time do sertão. Porém, mesmo perdendo, o Salgueiro continua na liderança com 13 pontos, com 2 a mais que o Náutico. Enquanto isso, o tricolor soma 9 pontos, é o quarto colocado, mas sem a ameaça do Belo Jardim, que perdeu para o Central.

No estádio Antonio Inácio de Sousa, o Central, depois de perder as cinco partidas da primeira fase, aplicou uma goleada de 4 x 1 no time do Belo Jardim. Coincidência ou não, a primeira vitória aconteceu, justamente depois da saída do ex técnico Laelcio Lima. O Central continua na lanterna com apenas 3 pontos. No entanto, houve a motivação, da primeira vitória no Hexagonal.

O Belo Jardim que tem como ponto forte a bola parada, não teve tantas chances, pela boa presença do goleiro Gleidson, do Central. Ao final da partida, observava-se um misto de decepção do Belo Jardim, enquanto que no Central, havia a comemoração da primeira vitória.

Somente no dia 19/03, é que teremos a sétima rodada do hexagonal.

Blog de Airton Sousa: Começam os jogos de volta do Hexagonal

Nesse domingo(05), à tarde, começam os jogos de volta do Hexagonal decisivo do Campeonato Pernambucano de Futebol, com a realização de três jogos, sendo dois no interior e um na capital pernambucana.

O Salgueiro defendendo a liderança na competição, enfrente ao Santa Cruz, quarto colocado. Mesmo perdendo o time salgueirense não deixa a liderança, pela distância que tem de 4 pontos para o Sport Clube do Recife. Enquanto que o tricolor, terá que vencer e torcer que o time do Belo Jardim, não vença ao Central em Caruaru.

Enquanto isso na Arena de Pernambuco, o Náutico joga contra o Sport. Na última quarta-feira(01), na Ilha, as duas equipes não passaram de um empate, resultado que não foi positivo para nenhum dos dois times. Naquela oportunidade, o time rubro-negro jogou com o time reserva, ou alternativo. Para o jogo desse domingo, o treinador Daniel Paulista, resolver colocar em campo todos os titulares.

O Náutico, por sua vez, praticamente repete o time da quarta-feira, porque apesar dos gols perdidos, o treinador Milton Cruz, gostou da atuação do time, fazendo restrições apenas às finalizações do ataque, além do mais, sabe o treinador, que não pode deixar de pontuar nessa partida.

O Sport tenta uma vitória  para ir a 12 pontos e encostar no Salgueiro, que joga contra o Santa Cruz no sertão pernambucano. Muitas críticas foram feitas ao elenco rubro- negro, principalmente aos homens de meio campo e ataque. Espera-se um bom público, também um bom jogo tecnicamente, fatos que não vem acontecendo, no momento, no Hexagonal.

No Estádio Antonio Inácio de Sousa, o Central que perdeu o técnico Laelcio Lima, após a quinta derrota, na quarta-feira(01), em Vitória de Santo Antão, tenta se recuperar, mesmo dentro das limitações e dos problemas que atravessa. Enfrentando ao Central, o time da terra do Bitury, que soma 4 pontos, vai em busca de mais uma vitória, para encostar no Santa Cruz.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz e Central perdem na 5ª rodada do Hexagonal

Fechando a quinta rodada do Hexagonal, nesta quinta-feira(02), o Central teve sua quinta derrota, e o Santa Cruz, jogando no Arruda, também perdeu, desta feita para o Salgueiro, líder absoluto do Hexagonal, com 13 pontos. O placar em Vitória de Santo Antão foi 2 x 0 para o time do Belo Jardim, enquanto que, em pleno Arruda, o Santa Cruz, perdeu por 2 x 1.

A vitória do time da terra do Bitury, foi através de dois pênaltis, o primeiro aos 33 minutos do primeiro tempo, com a cobrança do jogador Bruno Sacomam, enquanto que o segundo pênalti, foi marcado aos 46 minutos da segunda etapa. O time de Caruaru, em nenhum momento do jogo, teve poder de reação, mesmo com algumas modificações feitas pelo técnico Laelcio Lima, que após o jogo entregava o cargo. Até o final desta matéria, ainda não havia tido a confirmação oficial da saída do treinador.

O Belo Jardim com a importante vitória, agora briga por uma vaga nas semi-finais do Campeonato, já que soma quatro pontos, tendo com esse resultado e a derrota do Santa Cruz para o Salgueiro, se aproximado do time tricolor, com apenas dois pontos de diferença. O Próximo jogo do time do Belo Jardim, será no Estádio Antonio Inácio, contra o próprio Central. Caso vença e o Santa Cruz venha a perder para o Salgueiro, no sertão, o time do Belo Jardim, assume a quarta posição no Hexagonal.

Por outro lado, mais de cinco mil torcedores, assistiram a derrota do Santa Cruz, para o Salgueiro pelo placar de 2 x 1. Essa foi a primeira derrota do tricolor esse ano, já que o time vinha há oito jogos sem perder. Agora, o técnico do time do Arruda, repensa a escalação para o jogo de domingo, contra o próprio Salgueiro, já que a princípio, o pensamento era jogar com o time misto outra vez.

Agora o tricolor vê a necessidade de uma vitória, além de torcer que o Central, também no domingo, no Estádio Antonio Inácio, consiga vencer ao Belo Jardim. Se acontecer um empate ou uma derrota do Santa Cruz, e uma vitória do Belo Jardim sobre o Central, pela primeira vez, o tricolor poderá sair do Hexagonal. Daí, uma rodada importante para o Santa Cruz e para o time do Belo Jardim.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz e Central jogam pelo Hexagonal nessa quinta-feira

Só a Direção da Federação Pernambucana de Futebol para entender, porque até agora, a Diretoria do Central e a imprensa, estão buscando justificativa para a realização do jogo contra o Belo Jardim, em plena quinta-feira à tarde, na cidade de Vitória de Santo Antão.

Um Campeonato deficitário técnica e financeiramente, desmotivado pelo nível e pela ausência do torcedor. Mesmo assim, a Federação entende que os clubes do interior estão bem sob o ponto de vista financeiro, ganhando dinheiro com a participação no Hexagonal e com o público se fazendo presente.

Fazer o quê? É a velha história, manda quem pode, obedece quem é doido. Nesse clima de desmotivação, o Central que até agora não somou um único ponto, enfrenta ao Belo Jardim, que pelo menos tem um ponto. Aí já faz a diferença.

À noite, pelo menos à noite, também dessa quinta-feira(02/03), o Santa Cruz quarto colocado do Hexagonal, enfrenta ao Salgueiro. Um jogo complicado e difícil para os dois times. Muito embora, dos três clubes da capital, o tricolor é o que mais evoluiu tecnicamente.

Não dá para apontar favorito, mesmo entendendo que jogando no Arruda, crescendo como está, o tricolor leva uma pequena vantagem sobre o Carcará. Porém, não é de causar surpresa, se o time Salgueirense vier  pregar um susto em pleno Arruda, aos comandados de Vinicius Eutrópio.

Blog de Airton Sousa: Pernambucanos vencem na Copa do Nordeste

Duas vitórias importantes, aconteceram neste sábado(25/02), com os clubes de Pernambuco, pela Copa do Nordeste. A coincidência é que os dois times jogaram fora do Estado.

O Sport foi ao Piauí e teve um jogo apertado. No primeiro tempo venceu pelo placar de 2 x 0. Voltou no mesmo ritmo no segundo tempo, porém a partir dos 20 minutos, se acomodou no jogo, e o River cresceu, chegando a marcar um gol, e partir daí, quase chagava ao empate, porém não conseguiu. Foi extremamente importante a vitória, porque o River estava na liderança do grupo, com a mesma pontuação do time leonino.

Com este resultado, o rubro-negro assumiu a liderança e deixou para trás o adversário mais próximo. Nada ainda está definido, porém, os três pontos deram ao rubro-negro 80% de caminhada nessa fase.

Enquanto isso, os tricolores também comemoram o resultado no Ceará, contra o Uniclínic, por 2 x 0 . O Santa Cruz continua disparado na liderança, vindo na sequência o  Campinense, com a diferença de dois pontos. O time do Arruda, com 10 pontos, chega a 80% da fase. Com esses percentuais, o grupo de atletas e o técnico Vinícius Eutrópio, começam a trabalhar mais tranquilos.

Entende-se,  com mais essa vitória e na sequência de resultados positivos, que a torcida já começa a confiar no grupo, mesmo porque é um segredo do futebol, time bom, é aquele que a torcida sabe decorado, e isso está acontecendo com o tricolor Pernambucano. Depois de desmontar o time na temporada de 2016 e começar praticamente do zero, a Diretoria está sendo competente, pelo menos nas competições regionais, com resultados satisfatórios.

Blog de Airton Sousa: Times pernambucanos na Copa do NE

O Náutico, de técnico novo, agora sob o comando de Milton Cruz, joga nesta quinta-feira(23), na Arena de Pernambuco, contra o Campinense. Esse mesmo Campinense que na primeira partida, no Estádio Amigão em Campina Grande, venceu pelo placar de 2 x 0, derrota que ocasionou a queda do técnico Dado Cavalcanti. Hoje, obrigatoriamente, o time timbu terá que vencer, caso contrário, se distancia cada vez mais da oportunidade de avançar na Copa do Nordeste.

A presença do técnico Milton Cruz, deve influenciar emocionalmente no grupo, mesmo entendendo-se que é muito cedo para efetuarmos cobranças. Porém, sempre é bom lembrar que um novo comando, dá ao grupo perspectivas de reação, é o que espera a torcida timbu. Quanto ao jogador Mailson, foi reintegrado ao grupo. No entanto, não consta na relação de hoje, em razão de estar fora de forma.

Outro que volta a campo, desta feita no próximo sábado(25), à tarde, é o Santa Cruz, que está bem colocado no seu grupo. Enfrenta ao lanterna Uniclinic, que até agora não conseguiu nem uma vitória. Daí espera-se que o tricolor pernambucano, possa voltar do Ceará com três pontos, que poderão manter o time na cabeça do grupo.

Finalmente, depois de jogar pela Copa do  Brasil, e vencer por 3 x 0 ao time do Sete de Dourados, na quarta-feira(22), o Sport Clube do Recife, enfrenta nesse sábado(25), à noite, ao time do River do Maranhão. Este mesmo River que veio a Capital Pernambucana, e saiu com um empate de 2 x 2, frustrando naquela oportunidade, a torcida rubro-negra.

Este jogo é um divisor de águas, em razão de que os dois times dividem a liderança do grupo, sendo que pela campanha, o River é o primeiro colocado, e o Sport é o segundo. O técnico Daniel Paulista, confirmou a presença do time titular, porque entende a importância do time voltar do Maranhão com uma vitória.

Blog de Airton Sousa: Faltou gol e sobrou pancadaria no clássico pernambucano

Provocações entre os jogadores, dias antes do jogo, apedrejamento do ônibus que conduzia o time leonino da lha do Retiro para o Arruda. No jogo, muitos cartões amarelos e um vermelho, além de uma arbitragem insegura, passando a todo instante do jogo, a intranquilidade de um árbitro que apesar de veterano, limitou-se ao longo do tempo a ser  apenas considerado razoável.

Isso foi  um lado do jogo com resultado de 1 x 1 para Santa Cruz e Sport. A partida começou com os jogadores tensos e nervosos, principalmente os atletas do time tricolor, que se deixaram levar pelas provocações dos adversários. Aos 15 minutos do primeiro tempo, Elicarlos deixa o campo contundido, e a opção do técnico era colocar um atleta com características de marcação, e entra Wellington César. Aí, o time tricolor sentiu a substituição e o Sport passou a ter espaços para jogar, aproveitando as deficiências do adversário, até que aos 40 minutos, Diego Sousa, que estava desaparecido no jogo, chuta de longe e faz um belo de gol, terminando o primeiro tempo com a vitória do Leão pelo placar de 1 x 0.

Início do segundo tempo, e o árbitro Sebastião Rufino Filho manda os dois treinadores para o vestiário, e começa tudo de novo. Dois minutos e a expulsão de André Luiz, por simulação de pênalti. O jogador já tinha cartão amarelo, tomou o vermelho e deixou o Santa Cruz em uma situação ainda mais complicada, porque estava na desvantagem no placar e com uma peça a menos.

Mais surpresa, o Sport dominando, o Santa Cruz tentando organizar contra-ataque, e aparece o artilheiro. Uma bola cruzada da direita, cochilo da zaga leonina e aos 14 minutos Aleff Pitbull deixa a sua marca, empatando o jogo e surpreendendo a todos. A partir daí o jogo voltou a ser equilibrado, os jogadores esqueceram a violência, e passaram a jogar  bola, com o Santa Cruz inteligentemente, aplicando duas linhas de quatro, e evitando a aproximação do Sport na sua área.

Tentando reverter a situação taticamente, o técnico Daniel Paulista, faz algumas modificações. Entre elas: André, Rodrigo e  Lenis, saindo respectivamente Leandro Pereira, Ronaldo e Everton Filipe. Nada adiantou, porque os jogadores que entraram não contribuíram tecnicamente, em razão do sistema de marcação do Santa Cruz. O técnico Vinícius Eutrópio, também mexeu no time, porém a intenção era garantir o placar do jogo, pela desvantagem numérica dentro de campo.

O Sport com o empate, assumiu a liderança com 8 pontos, enquanto que o Santa Cruz está com 6 pontos, na terceira colocação, podendo perder essa colocação, caso o Náutico venha  vencer segunda-feira, ao time do Belo Jardim. O árbitro Sebastião Rufino Filho, com uma arbitragem insegura, não conseguiu agradar nenhuma das duas equipes. Pelos momentos de pressão do Sport no jogo, Julio César, goleiro do Santa Cruz, foi escolhido o melhor jogador em campo.

Blog de Airton Sousa: Finalmente confirmados jogos do Pernambucano

Depois de mudanças e mudanças, finalmente a confirmação das datas, horários e locais dos jogos deste sábado(18), domingo(19), e segunda-feira(20). Como se não bastassem os problemas do Campeonato, a Federação Pernambucana resolve promover uma confusão, levando a todos um clima de incerteza, e prejudicando a programação das Comissões Técnicas, principalmente dos clubes que participam de mais de uma competição. Porém, novidade seria se o Campeonato tivesse pelo menos, um pequeno percentual de organização.

Para sábado(18) às 16.30 no Estádio José do Rego Maciel, o clássico entre o Santa Cruz e o Sport. Agressões verbais dos dois lados, provocações e outros adjetivos. O que nós esperamos, é que em campo, os provocadores pratiquem um bom futebol e que apresentem um bom jogo tecnicamente, apesar da limitação dos dois clubes. No entanto, como trata-se de um clássico, é bom que a rivalidade venha dar qualidade ao jogo.

No domingo(19), às 20 horas, atendendo uma solicitação do time sertanejo, o jogo entre Salgueiro e Central. O Salgueiro é vice-líder, tendo a sua frente o Sport Clube do Recife. Enquanto isso, o time patativa, não ganhou um único jogo. É o lanterna e teve problemas técnicos e disciplinares durante esta semana, inclusive o afastamento de cinco jogadores do elenco.

O técnico Laelcio Lima, já tem um grupo limitado, muito mais terá  a partir de agora, com essas dispensas. A situação do alvi-negro é complicada no Hexagonal, e a tendência é piorar cada vez mais, a não ser que o milagre da vitória aconteça contra o Salgueiro, que vem de uma viagem cansativa, após jogar na quinta-feira(16), contra o Sinope, pela Copa do Brasil.

Completando as mudanças recentes, o Belo Jardim joga outra vez fora dos seus domínios, desta feita contra o Náutico, no Estádio José do Rego Maciel. O time da terra do Bitury empatou contra o Santa Cruz em 0 x 0, e perdeu pelo placar de 1 x 0 para o Sport, ambos os jogos na capital pernambucana. O time do Belo é muito bem treinado pelo Luciano Veloso Filho, que vem faz um trabalho elogiável.

Para a segubda-feira(20), temos o Náutico, com 4 derrotas consecutivas. Uma para o Santa Cruz, para o Salgueiro, para o Campinense e também para o Guarani de Juazeiro. Essas derrotas, provocaram a queda do ex-técnico Dado Cavalcanti, que não suportou as cobranças, os desacertos e as indisciplinas. Quem sabe, o time do Belo Jardim, não venha a aproveitar o momento complicado que vive o alvi-rubro pernambucano.

Só uma colocação a ser refletida: será que a FPF, ao elaborar o calendário dos jogos do Campeonato Pernambucano, não lembrou que Recife e Olinda comandam um dos maiores carnavais do país? Pois é, todos esses transtornos, em razão de que a mentora máxima do nosso futebol, ainda não aprendeu a ver o calendário anual, para evitar que aconteça mais uma imagem negativa do futebol pernambucano.

Blog de Airton Sousa: Lacerdão pode ter gramado sintético

Os clubes do interior, estão vivendo este ano, no Campeonato Pernambucano, um verdadeiro bombardeio de transferência de jogos. Tal fato vem sendo dado, em razão da situação precária dos gramados, em razão da seca, da falta de condição financeira, principalmente no atual momento econômico do país. Central e Belo Jardim, especificamente, ainda não tiveram o direito de jogar nos seus estádios, em razão da situação do campo de jogo. Apenas o Salgueiro, dos times do interior, é que ainda está mandando os jogos para o seu estádio.

Visando mudar esta situação para 2018, o Presidente da FPF, começa a buscar condição necessária com os órgãos do Governo Fstadual, no sentido de encontrar uma solução. E muito nos surpreendeu quando Dr. Evandro Carvalho, anunciou a possibilidade de implantar um gramado sintético no estádio Lacerdão, que serviria de suporte para os clubes do interior, que participarem do Campeonato, e não ganharem condição de jogo nas suas cidades.

Com isso, chamaria para Caruaru as torcidas, também porque teria uma distância muito menor, do que ir jogar na cidade do Recife. Além dessa ideia, também há condição de outros melhoramentos  para o estádio do Central. Caso esse fato aconteça, ganharão todos, os clubes intermediários, os torcedores, o futebol Pernambucano e a imagem da competição, vale ressaltar, esse ano manchada também, pela condição dos nossos campos, como se não bastasse a fórmula do Campeonato, e a  baixa condição técnica dos clubes.

Blog de Airton Sousa: Falta de pagamento tricolor não deu em nada

Era grande a expectativa, para o julgamento no STJD, da questão de atraso de pagamento do Santa Cruz Futebol Clube, com a maioria dos jogadores que defenderam o clube e 2016. Falava-se em punição financeira, perda de mando de campo e ainda perda de pontos, no Campeonato Brasileiro, porém tudo ficou na expectativa e nada deu para o clube.

Os membros do STJD entenderam que a questão em andamento, não cabia a denúncia pelos meios que aconteceram, e resolveram arquivar a referida denúncia, sem se quer se reunirem, para fazer o julgamento. Tanto carnaval, para nenhum resultado. Um fato lamentável, não pelo fato do Santa Cruz não ter sido punido, porém, pela maneira como a notícia do possível julgamento vazou para a imprensa.

Alertados pelas notícias, Dirigentes do Santa Cruz, contrataram um contador, para a efetivação do cálculo individual de cada atleta envolvido na questão dos pagamentos. Tudo será calculado conforme a lei. Porém, a maioria dos casos, será resolvido em comum acordo, conforme o anunciado. No entanto, interessante é saber onde a Diretoria tricolor irá arrumar tanto dinheiro, para resolver todas essas pendências. Essa é a questão.

Blog de Airton Sousa: Vitória e derrota para Santa e Náutico

Dois resultados totalmente diferentes, foi o que tivemos neste domingo(12), pela Copa do Nordeste, envolvendo Santa Cruz e Náutico. O time tricolor marcou a terceira vitória consecutiva, vencendo de goleada, pelo placar de 4 x 0, ao Uniclinic, no Estádio José do Rego Maciel, com o atacante Alef Pitibú marcando três gols e começando a fazer a torcida esquecer Grafite. O Náutico, outra vez não jogou bem, teve a terceira derrota consecutiva, perdendo para o Campinense, no Estádio Amigão por 2 x 0.

A torcida tricolor eufórica com mais uma vitória, e de goleada, onde o Santa Cruz assumiu a liderança do grupo, com sete pontos, mesma pontuação do Campinense, porém com melhor saldo de gols. Tudo é calmaria no Arruda, dando a tranquilidade ao treinador e ao seu grupo, para começar com mais otimismo, a preparação para a próxima partida, desta feita, pelo Hexagonal do Título, no clássico do Arruda, contra o Sport Clube do Recife.

Agora, é esperar o retorno e o incentivo do torcedor, para as próximas partidas, e que a Diretoria comece arrumar maneiras de saldar os compromissos com a Comissão Técnica e os jogadores. Não resta dúvida, que o crescimento tricolor, deve-se também, a qualidade do seu treinador.

Enquanto tudo é festa no Arruda, no Náutico acontece o oposto. Com a derrota para o Campinense, o time completa a sua terceira derrota consecutiva. Não fez um bom jogo, muito desencontro do time dentro de campo, escalação e modificações erradas, além da fragilidade técnica da maioria dos jogadores.

No primeiro tempo, as melhores chances foram do Campinense, aos 14 e 17 minutos, com Tiago Cardoso evitando que os gols acontecessem, com o time preso na defesa, sem saída de bola, com os alas atuando muito mal, e os atacantes isolados, sem a transição dos jogadores de meio de campo.

No segundo tempo, o Náutico  cresceu um pouco, no entanto, nada que viesse a evoluir o suficiente para vencer. Erick perdeu uma chance aos 4 minutos. Léo Ceará também perdeu, desta feita para o Campinense, e a partir daí muitas modificações. A expulsão de Rodrigo Sousa, e a entrada de Renatinho mudou a história do jogo para o Campinense.

Aos 44 minutos, é Renatinho quem faz um bonito gol, e aos 49 Léo Ceará fecha o placar, finalizando Campinense 2 x 0 Náutico . Com a vitória, o time Paraibano divide a liderança com o Santa Cruz, enquanto que o Náutico, é o terceiro do grupo. Não sabemos até quando a situação vai perdurar, e o técnico Dado Cavalcanti ficará no comando do time timbú.

Blog de Airton Sousa: Pernambuco na Copa do Nordeste

Sport, Santa Cruz e Náutico, entram em campo neste sábado(11), e domingo(12), pela Copa do Nordeste. No sábado à noite o rubro-negro enfrenta ao River do Piauí na Ilha do Retiro, valendo a liderança do grupo, em razão de que os dois times estão com 100% de aproveitamento, ou seja, duas vitórias. O Sport tem tudo para somar três pontos, porque além de jogar em casa, com o apoio da torcida, tecnicamente tem um time superior ao adversário. Caso aconteça a vitória, o rubro negro praticamente garante a vaga na próxima fase, em razão de que os dois próximos jogos, são com adversários teoricamente inferiores, que são o Juazeirense, cujo jogo será na Ilha do Retiro, e o Sampaio Correia, no Estádio Castelão, em São Luiz.

Por outro lado, o Santa Cruz tem 4 pontos na competição, fruto de um empate em Campina Grande contra o Campinense, e uma vitória no Arruda contra o Náutico. O adversário deste domingo(12), do time tricolor é o Uniclinic do Ceará, considerado o adversário mais fraco do grupo, que inclusive na estréia, perdeu na Arena Pernambuco, pelo placar de 4 x 0. O Santa Cruz começa tomar corpo no Campeonato Pernambuco, que também incentivará o time e a tendência é a soma de 3 pontos contra o time Cearense.

Finalmente o Náutico vai até a Rainha da Borborema para enfrentar ao time do Campinense, que na estréia empatou no Estádio Amigão, contra o Santa Cruz. A raposa possui um bom elenco, e tem como retrospecto o título de campeão e vice-campeão, respectivamente, da Copa do Nordeste, sendo dessa maneira um adversário experiente. Por outro lado, o time de Dado Cavalcanti, vem em baixa, ou seja, uma derrota para o Santa Cruz por 1 x 0 pela Copa do Nordeste, e uma derrota para o time do Salgueiro por 2 x 0, pelo Hexagonal do Campeonato Pernambucano. Portanto, um jogo em que o Náutico tem que dar a volta por cima, em todos os sentidos, inclusive livrando a pele do Técnico Dado Cavalcanti de mais um resultado negativo. Fato aliás, se acontecer, pode causar a saída desse treinador.

Blog de Airton Sousa: Santa vence Central de virada

Aumenta a cada rodada, o prejuízo do Central no Hexagonal do Título. Jogando na Arena de Pernambuco, o time alvi-negro voltou a perder. Aliás, no Hexagonal, o time Caruaruense não conseguiu nem chegar a um empate. São derrotas e mais derrotas, tornando cada vez mais crítica a situação da patativa.

No primeiro tempo, o Santa Cruz teve um domínio maior, marcou o primeiro gol aos 16 minutos com Everton Santos e a partir daí o time patativa sentiu ainda mais, com a pressão do time tricolor. No entanto, aos 43 minutos,  Anderson Lessa empata, dando a entender que voltaria diferente no segundo tempo.

No segundo tempo, outra vez, o Central demonstrou cansaço.  Entretanto aproveitou um pênalti cometido pela zaga tricolor, e Altemar, cobrando com maestria, fez 2 x 1.  O time alvi-negro com a virada no jogo, se empenhou e aguentou a pressão tricolor até 40 minutos, quando numa cobrança de falta, Anderson Sales empatou o jogo e o Central voltou a negligenciar com a falta de fôlego de alguns jogadores.

Aos 45 Everton Santos faz o terceiro gol e William Barbio fechou o placar aos 48 minutos, daí o placar de 4 x 2 para o time do Arruda, que assumiu a vice-liderança do Hexagonal, enquanto que o Central sustenta a lanterna, sem somar um ponto se quer. O próximo jogo do Santa Cruz pelo Hexagonal é no dia 19/02, contra o Sport Clube do Recife.  O jogo do Central que seria também no dia 19, passou para a segunda-feira(20), contra o Salgueiro, no sertão de Pernambuco.

Blog de Airton Sousa: Hoje tem Santa no Pernambucano

Mais uma vez o Central é envolvido em polêmica, com relação ao local de jogar. A semana passada foi a questão do jogo contra o Náutico, que terminou acontecendo no Estádio Antonio Inácio de Sousa. Agora surgiu de novo, a mesma polêmica, onde seria o jogo do Central contra o time tricolor?

Finalmente a decisão e o jogo será na Arena de Pernambuco, que abriu algumas concessões com relação às despesas, cobrando do Central a taxa de R$ 16.000,00 para a realização do jogo. Com certeza, outra vez o Central pagará um prejuízo pelo fato de não jogar no Lacerdão, além de beneficiar ao adversário, que está bastante acostumado a jogar na Arena.

Porém, tudo isso faz parte da desorganização que cerca o Central, através da sua Diretoria, que inclusive está ameaçada de ter os jogos da série D, também fora do Lacerdão, pela precariedade do estado do gramado, o que é extremamente lamentável.

Quanto ao jogo, o Central vem de uma derrota contra o Náutico, fazendo um bom primeiro tempo, e o Santa Cruz de uma vitória contra o Náutico. Daí um confronto onde, se por acaso o time patativa não conseguir um resultado positivo, afunda de vez no Hexagonal, enquanto que o Santa Cruz vencendo, dá um passo importante para chegar à reta final do Campeonato Pernambucano, principalmente depois da derrota do Náutico para o Salgueiro.

Blog de Airton Sousa: Futebol pernambucano nesta quarta-feira

Duas competições aguardam o futebol pernambucano nesta quarta-feira(08). Pelo Campeonato Pernambucano o Náutico enfrenta ao Salgueiro na Arena Pernambuco, um confronto que vale a liderança do Hexagonal. O Náutico vem de uma vitória frente ao Central no Estádio Antonio Inácio de Sousa, enquanto que o Salgueiro vem de um empate contra o Sport.

Todavia, no meio do caminho, o torcedor alvi-rubro saiu chateado de campo, depois da derrota de 1 x 0 para o Santa Cruz, principalmente pelo desacerto do time, sendo dominado, na maioria do jogo, pelo time tricolor. A esperança nesta quarta-feira, é que o Náutico dê a volta por cima, some três pontos e supere as dificuldades e a qualidade, principalmente no entrosamento do time do sertão, e esteja ´pronto para disputar a liderança do Hexagonal. Sabe-se que a briga é grande pela liderança, entre Sport, Náutico e Salgueiro.

Não resta dúvida, que será um jogo igual, e o perigo é  esse, uma derrota do time alvi-rubro, pode trazer consequências, inclusive para o técnico Dado Cavalcanti, bastante criticado, após a derrota do sábado(04), para o Santa Cruz. Por outro lado, o time do Salgueiro promete dificultar as ações do alvi-rubro. Daí se espera um bom jogo, em razão da necessidade que os dois times tem que vencer a partida, para avançar rumo a conquista do Hexagonal decisivo do título. Outra expectativa, é com relação ao público, até agora decepcionante nas duas rodadas anteriores.

Enquanto isso, o Sport estréia na Copa do Brasil contra o CSA. Como de costume, sempre quando se encontram equipes de Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Norte, Ceará e Sergipe, geralmente são jogos difíceis, mesmo entendendo-se que a estrutura do Futebol Pernambucano é superior. No entanto, nem sempre na prática assim acontece. A Copa do Brasil sofreu várias alterações no seu regulamento, exigindo mais, principalmente de quem joga fora de casa.

A torcida leonina, eufórica com a contratação do jogador André, espera que agora a deficiência ofensiva do time tenha sido solucionada, muito embora, para o jogo desta quarta-feira(08), o atleta não jogará, e o técnico Daniel Paulista vai ter que se arrumar com o atual elenco, e quem sabe, outra vez, colocar Fábio no comando do ataque, já que são poucas as opções, no momento, para esse setor.

Portanto, o torcedor leonino, espera que o time possa passar bem pelo CSA, e começar a pensar outra vez no Campeonato Pernambuco e na Copa do Nordeste, já que nesse final de semana, o Sport também disputa a liderança do grupo com o time do River do Piauí, fato que aliás vem chamando à atenção, porque a Comissão Técnica já demonstrou total interesse em conquistar a Copa do Nordeste, inclusive deixando o time principal para essa competição.

Porém, também é bom lembrar, que a Copa do Brasil, é uma competição interessante, em vários aspectos: financeiro, mídia e a própria competição, que reúne grandes, médios e pequenos clubes do futebol brasileiro. Aguardar para ver como o time se comporta, diante do time Alagoano, que com certeza, vai querer obter um bom resultado, para brigar para ir para a próxima fase da competição.

Blog de Airton Sousa: No clássico deu Santa Cruz

Um jogo fraco tecnicamente, para um público de cinco mil pessoas e pouco interesse dos times, principalmente do Clube Náutico Capibaribe, foi o que tivemos na tarde deste sábado(04), no Estádio José do Rêgo Maciel.  Finalmente acontece a primeira vitória tricolor este ano, depois de três empates sucessivos.

O primeiro tempo foi de igual para igual, com os ataques pouco funcionando e as defesas com boas atuações e os atacantes não chegavam a incomodar os goleiros, que foram meros expectadores na partida. No entanto, os homens de meio de campo dos dois times, tiveram ao longo da primeira fase, um confronto direto, com muito equilíbrio.

No segundo tempo, logo percebeu-se a desenvoltura tricolor, impondo velocidade no jogo e já no início, surgia o primeiro gol do jogo, numa jogada trabalhada pela esquerda, cruzada para a área e o complemento do jogador Everton Santos, aos 6 minutos. A partir daí, o tricolor cresceu mais ainda e o técnico Dado Cavalcanti tentou com algumas modificações reagir; no entanto, o Santa Cruz  se superava a cada instante, chegando a primeira vitória este ano.

Com a vitória, o Santa Cruz atingiu a primeira colocação do seu grupo, o Náutico é o segundo colocado e a depender do jogo entre Campinense e Uniclinic, os Pernambucanos podem virar a rodada na cabeça do grupo. A vitória animou os tricolores, enquanto que os alvi-rubros insatisfeitos  com a derrota, já falam em alterações para a próxima partida.

Porém, para ser extremamente realista, e mesmo entendendo que estamos em início de temporada, há de se convir que os nossos clubes estão muito aquém daquilo que necessitam, para participarem, principalmente, de competições como a Copa do Brasil, Sul-Americana e Campeonato Brasileiro. É bom que os nossos Dirigentes acordem enquanto é tempo, para não passarmos decepção, outra vez, este ano.

Blog de Airton Sousa: Pernambuco na Copa do Nordeste

Depois da rodada do meio de semana pelo Campeonato Pernambucano, os clubes da capital Pernambucana, voltam a campo neste sábado(04)  e domingo(05). Outra vez o clássico entre Santa Cruz e Náutico no Arruda no sábado à tarde, e no domingo em Juazeiro da Bahia, o Sport enfrenta a equipe do Juazeirense.

Na abertura da competição, o Sport venceu na Ilha do Retiro ao Sampaio Correia pelo placar de 1  x 0, praticando um futebol apenas razoável. Espera-se para o jogo contra o Juazeirense, mesmo fora da Ilha, que o time rubro-negro faça valer a sua diferença técnica e o investimento da Diretoria para a competição, mesmo porque foi decisão do técnico Daniel Paulista, tirar do Campeonato Pernambucano os jogadores titulares, para dar melhor condição aos atletas no Nordestão.

Por outro lado, o Santa Cruz começou empatando em Campina Grande, contra o Campinense, depois teve o clássico contra o Náutico na Arena de Pernambuco, pelo Campeonato Estadual, e ainda pela mesma competição, empatou em pleno Arruda na quarta-feira(01/02), contra o Belo Jardim. Ou seja, foram três empates seguidos que o time sofreu e nenhuma vitória ou derrota.

Quanto ao Náutico, começou a Copa do Nordeste vencendo ao Uniclínic pelo placar de 4 x 0, na Arena de Pernambuco; empatou contra o Santa pelo Campeonato Pernambucano e venceu ao Central na quarta-feira(01/02), pelo placar de 1 x 0. Notando-se aí, que ao contrário do tricolor, o alvi-rubro tem duas vitórias e um empate, trazendo  a vantagem de melhor campanha até agora, nas duas competições.

O certo é que  Pernambuco necessita classificar os três times para a próxima fase, a fim de  avançar mais ainda, na tentativa de chegar, aos poucos, à reta final da Copa do Nordeste. Sabemos que é muito cedo ainda, porém, pelos times inseridos nos grupos dos Pernambucanos, temos que reconhecer a obrigação dos nossos representantes apresentarem bons e melhores resultados.

Blog de Airton Sousa: Central e Santa não vencem no Hexagonal

Uma noite com dois jogos pelo Hexagonal decisivo do título, onde no Estádio Antonio Inácio de Sousa, o Central perdeu pelo placar de 1 x 0 para o Náutico, e o Santa Cruz decepcionando a sua torcida, empatou contra o modesto Belo Jardim em 0 x 0. O que chamou a atenção nesses dois jogos, foi o pequeno público, principalmente no Arruda, pouco mais de duas mil pessoas.

O Central fez um bom primeiro tempo, surpreendendo e criando várias oportunidades. No entanto, os atacantes não tiveram qualidade na finalização. Os jogadores Ailton, Marlon, Tomás, Wagner Rosa e Paulinho, destacaram-se na primeira etapa. Três chances concretas de gol foram perdidas pelo time alvi-negro.

Enquanto isso o Náutico, na base do contra ataque e do desespero, também criou oportunidades.  Entretanto, essas foram inferiores às do Central. Foi um Náutico que correu muito e rendeu pouco, faltando principalmente quem pensasse e criasse estratégias no time timbú. Daí o primeiro tempo não ter passado de 0 x 0.

No segundo tempo, inteligentemente o técnico Dado Cavalcante, mexe no time segurando Joazi no campo timbú, enquanto que a entrada de Erick, no lugar de Giva tornou o Náutico um time que jogou com inteligência, dominando o alvi-negro e chegando ao gol da vitória, aos 38 minutos, com uma jogada trabalhada por Erick, e completada por Mailson.

O Central teve nas suas principais peças, a condição física cansando e a reação não chegou levando o time a segunda derrota na competição e tendo complicada a sua situação no Hexagonal. Em contra partida, o Náutico que vinha de um empate no clássico contra o Santa Cruz, chega agora a quatro pontos, aguardando o jogo desta quinta-feira(02), entre Salgueiro x Sport, que decidirá a liderança do Hexagonal.

A rodada será complementada nesta noite de quinta-feira no sertão, com o Salgueiro que venceu e o Sport que também venceu, na primeira rodada da competição. O fato que chamou à atenção no jogo do Central, foi a presença de oficiais de justiça, para bloquearem a arrecadação do jogo, em face de uma questão trabalhista do ex técnico Humberto, na gestão de Francisco Noé, deixando assim o presidente Lícius Cavalcanti, com uma dor de cabeça a mais.

Blog de Airton Sousa: Pernambucano continua desorganizado

Esse Campeonato Pernambucano é mesmo incrível. Os clubes que participam da Copa do Nordeste, resolvem a partir da segunda rodada, principalmente o Sport, atuarem com o time reserva,  num total desrespeito ao seu torcedor. Como se não bastasse, a própria Federação tentou tumultuar mais ainda, com relação ao local do jogo Central e Náutico. No Lacerdão impossível, em razão da condição do campo de jogo. Marca a partida para a Ilha, o Central protesta e o jogo vem para o Estádio Antonio Inácio de Sousa. Pensa que acabou? Nada disso, a mesma Federação proíbe a venda de ingresso para a torcida alvi-rubra. A Diretoria apela, e finalmente, os ingressos são liberados também para o torcedor timbú.

A Diretoria do Central nesse sentido achou bom, porque se fosse um jogo de uma torcida só, não teríamos mais de 1.200 ingressos vendidos. Agora é esperar que as torcidas compareçam, que o espetáculo seja bom, e no final toda essa desorganização acabe virando em um bom espetáculo, dentro de campo.

O Central, com um time fraco tecnicamente, saiu perdendo para o Sport, de goleada, no sábado(28), na Ilha do Retiro. O Náutico, jogando na Arena de Pernambuco, não passou de um empate contra o Santa Cruz. Daí os dois times necessitarem de uma vitória, principalmente o time de Caruaru, que vem de uma derrota  e joga em casa. O que vai acontecer, ainda não sabemos. A única alternativa é esperar.

Enquanto isso, ainda nessa quarta feira à noite(01/02), O Santa Cruz recebe no Arruda, o time do Belo Jardim. O tricolor na primeira rodada empatou contra o Náutico, e o Belo Jardim, perdeu jogando no Lacerdão, para o Salgueiro, pelo placar de 2 x 0. A perspectiva é que se não reagirem, Belo Jardim e Central, podem ser o saco de pancadas no hexagonal.

Para essa quinta-feira(02/02), o Sport vai ao sertão, e desta feita com o time da base, entendo a comissão técnica, que o time titular será guardado para a Copa do Nordeste. O jogo é contra o Salgueiro, aliás, as únicas equipes que estrearam vencendo na primeira rodada. Será um jogo equilibrado. Pelas circunstâncias, o Salgueiro é favorito para esse jogo.

Blog de Airton Sousa: Pernambucanos estreiam bem na Copa do Nordeste

Os três clubes de Pernambuco, começaram com o pé direito a Copa do Nordeste, neste meio de semana. O Náutico que jogou na Arena de Pernambuco, contra o Uniclinic e venceu bem pelo placar de 4 x 0, não tomando conhecimento do time cearense e tendo o que nós podemos considerar uma excelente estreia.

Enquanto isso o Sport Clube do Recife, estreou jogando na Ilha do Retiro, contra o Sampaio Correia. Um jogo difícil para o rubro-negro, que não contou com a presença do jogador Diego Sousa, que estava a serviço da Seleção Brasileira, no Engenhão contra a seleção da Colômbia. O placar foi apertado de 1 x 0, porém também o time leonino começou a competição com o pé direito, somando três pontos.

Dos pernambucanos, apenas o Santa Cruz jogou fora de casa, em Campina Grande, contra a boa equipe do Campinense e não conseguiu vencer. O Placar de 1 x 1 foi o resultado final entre pernambucanos e paraibanos. Apesar de não ter vencido, temos que levar em consideração, que o tricolor pernambucano, é o único dos três que sofreu maior número de baixa pela quantidade de jogadores dispensados no final de 2016.

Blog de Airton Sousa: Notícias do Campeonato Pernambucano

Com a surpresa da classificação do Belo Jardim, para o Hexagonal decisivo do Campeonato Pernambucano, tivemos ontem o encerramento da primeira fase, com os seguintes resultados:  América 2 x 0 Belo Jardim; Serra Talhada 1 x 0 Afogados;  Vitória 0 x 1 Salgueiro;  Central 0 x 0 Flamengo.

Não resta dúvida que foi uma disputa acirrada pelas três vagas para o Hexagonal decisivo, e a classificação por maior número de pontos terminou da seguinte maneira: Primeiro lugar – Salgueiro com 16 pontos; Segundo Lugar- Belo Jardim com 12 pontos; Terceiro lugar – Central  também com 12 pontos, porém com uma vitória a menos.

Depois da rodada desta quarta-feira(25/01), o Hexagonal decisivo do título, já começa no sábado(28/01), com o jogo entre Sport x Central, na Ilha do Retiro. No domingo(29/01), teremos o clássico entre Náutico x Santa Cruz, na Arena de Pernambuco e em Belo Jardim, Belo Jardim x Salgueiro.

Chegou a hora de avaliarmos as equipes do interior, porque essa fase que terminou, foi nivelada por baixo. Agora é diferente, os clubes interioranos terão que mostrar competência, diante dos considerados grandes da capital, que estão investindo para a Copa do Nordeste e as competições promovidas pela CBF.

Blog de Airton Sousa: Náutico estreia da Copa do Nordeste

Começa para Pernambuco, esta semana, a Copa do Nordeste. Competição que é sucesso total a cada ano, e  desta feita, tem a participação do Náutico, Santa Cruz e Sport. O Salgueiro, pela campanha no Campeonato Pernambucano de 2016, não conseguiu a sua vaga, perdendo a grande chance de um bom faturamento.

O Náutico estreia nessa terça-feira(24), na Arena de Pernambuco, contra o Uniclinic do Ceará; o Sport  nessa quarta-feira(25), contra o Sampaio Correia na Ilha do Retiro e o Santa Cruz joga em Campina Grande, contra o Campinense. Os três clubes começam a competição em um clima de expectativa, em razão das alterações sofridas, entre o final de 2016 e início de 2017.

É indiscutível a importância dessa competição, que reúne os principais clubes do Nordeste, além de alguns de menor porte, a exemplo de Juazeirense, Uniclinic, River do Piauí, entre outros. Pernambuco é contemplado  com a presença de três clubes, e esperamos principalmente do Náutico e do Sport, que jogam em casa, para que estreiem vencendo, iniciando assim, com mais chances de chegarem à fase seguinte. O Santa Cruz sofreu uma restruturação e joga fora contra a boa equipe do Campinense, na Rainha da Borborema.

Blog de Airton Sousa: Primeira fase aproxima-se da reta final

O torcedor do interior, viverá na noite de quarta-feira (18), mais uma rodada da primeira fase do Campeonato Pernambucano de Futebol. Todos sabem, que é uma competição curta, onde ocorrerão apenas sete rodadas, que apontarão os três classificados para o hexagonal do título. Alguns times começam a tomar distância na linha de frente, enquanto que outros estão com suas situações complicadas, para quantidade de pontos somados até agora.

Teremos  nessa quarta-feira (18), os seguintes jogos: América x Salgueiro; Serra Talhada x Central; Belo Jardim x Afogados; Atlético PE x Vitória.  O Flamengo de Arcoverde estará folgando nessa 5a rodada. Dos nove times, Salgueiro e Central tiveram uma melhor estrutura, portanto com a obrigação de ter vagas garantidas. Nesse momento, o Salgueiro lidera com nove pontos e o Central, com sete pontos.

Falando especificamente do Central, o time alvi-negro terá na sequência duas partidas fora de casa. Uma nessa quarta-feira e outra no domingo(22) em Salgueiro, contra aquela equipe sertaneja. O que esperamos, é que não aconteça com a patativa o que aconteceu no ano passado, classificando-se para o hexagonal, após boa participação na primeira fase, e sendo uma decepção dentro do hexagonal. Que a lição possa servir de exemplo, porque a qualidade técnica do Sport, Santa Cruz e Náutico, com certeza, exigirá dos clubes menores, a formação de um bom grupo tecnicamente.

Blog de Airton Sousa: Resultado dos pernambucanos

Foi aberto nesta quarta-feira(04/01), o Campeonato Pernambucano de Futebol, na sua primeira fase, e a primeira rodada apresentou os seguintes resultados:

Vitória 3 x 0 no América; Atlético Pernambucano 0 x 0 com o Afogados; Flamengo de Arcoverde venceu ao Belo Jardim por 2 x 1; e finalmente no sertão, o Salgueiro venceu ao Serra Talhada por 2 x 0.  Ou seja, dos times que jogarão em casa, somente o Atlético Pernambucano não conseguiu vencer. Observando-se um total de oito gols nos quatro jogos, o que dá os percentuais de dois gols por partida, sendo uma boa média, levando-se em consideração que estamos no início de temporada e que foi a primeira rodada.

Para domingo, o fato importante da rodada, é a estréia do Central jogando em Paulista contra o América, que na primeira rodada perdeu para o time do Vitória pelo placar de 3 x 0. Os demais jogos são: Serra Talhada e Atlético Pernambucano; Afogados e Flamengo de Arcoverde; Belo Jardim e Vitória; e temos a folga, nessa rodada, do Salgueiro. Para o Central, temos o desafio de vencer fora de casa, ao América, que tentará se recuperar, em face da derrota na estreia, fora de casa.

Enquanto isso pela Copa São Paulo de Futebol Júnior, tivemos os seguintes resultados na primeira rodada : Porto 1 x 0 no Criciúma; Santa Cruz 2 x 1 no XV de Piracicaba; aliás, estes foram os únicos que venceram na estreia. Os demais resultados foram o Central que perdeu de goleada para Flamengo por 5 x 0; o Náutico perdeu de 2 x 1 para o Vila Nova e o Sport perdeu de 3 x 2 para o Batatás. O detalhe com relação ao Central, além da goleada, é que o time só tinha 3 reservas no banco, sem explicações convincentes da Diretoria de futebol, porque na competição, é permitido até cinco substituições.

O próximo jogo dos Caruaruenses será nessa sexta-feira (06/01), com o Central  enfrentado aos donos da casa, o time do São Caetano e tentando a recuperação, o que não será fácil. Enquanto isso, o Porto que estreou vencendo, joga contra o time do Santo André, esperando-se que desta feita, dois resultados positivos possam acontecer, para manter viva a esperança da passagem para a segunda fase da competição.