Blog de Airton Sousa: Santa Cruz aproxima-se do G-4 e o Náutico afunda mais ainda

Tivemos na noite dessa terça-feira (18), os dois representantes de Pernambuco jogando na série B, do Campeonato Brasileiro. O Santa Cruz jogou na Arena de Pernambuco, com um público de 6.731 torcedores e no final do jogo o tricolor venceu pelo placar de 1 x 0,  aproximando-se do G-4, com a distancia de apenas  dois pontos do quarto colocado. O Náutico tem sua situação complicada, após a derrota de 1 x 0 para o Payssandu.

Foi um jogo nivelado por baixo tecnicamente, onde no primeiro tempo tivemos apenas dois chutes perigosos, que merecerão registro. Tiago Costa aos dois minutos para o Santa Cruz, e Alan Mineiro aos 32 minutos, para o Vila Nova. Muitos passes errados, marcação precisa do time goiano e muitas faltas, sem que o Santa Cruz tivesse oportunidade de sair para o jogo.

No segundo tempo, com a entrada de Bruno Paulo, o Santa Cruz cresceu e marcou o gol da vitória aos 10 minutos, através de uma jogada pela esquerda de João Paulo, a antecipação de André Luiz, e o gol  tricolor .  Pitibul perdeu duas oportunidades de gol , aos 32 e 44 minutos.

Com o resultado, o Santa Cruz passou a somar 22 pontos e joga nesta sexta-feira(21), na Arena de Pernambuco, contra a equipe do Boa Esporte. O técnico Givanildo Oliveira, demonstrou preocupação no final do jogo, com a quantidade de gols perdidos. A vitória na sexta-feira, é fundamental, porque a próxima partida será fora de casa contra o Paraná.

Quanto ao Náutico, pouca coisa a registrar, a não ser mais uma derrota, e  muita reclamação do grupo com o gol do time Paraense. No entanto, foi mais um resultado negativo, a situação se complica a cada rodada, e a recuperação de pontos não acontece. O próximo jogo do Náutico é fora de casa, contra a equipe do Londrina, neste sábado à tarde.

rodada15-b

Blog de Airton Sousa: Primeira vitória com Givanildo

Depois de dois empates sob o comando do técnico Givanildo Oliveira, finalmente o Náutico desencanta e vence ao Payssandú pelo placar de 3 x 1. Foi uma vitória construída com muita dificuldade, em razão da maneira como o técnico Dado Cavalcanti montou um esquema, para jogar por uma bola, na marcação sobre setores, dificultando o toque de bola do time timbu. No entanto, Givanildo começou a abrir espaços no jogo e terminou construindo um placar onde não deu chance de reação ao time Paraense. Foi um resultado importante para o Náutico, porque após Givanildo Oliveira assumir o grupo, não havia conseguido nenhuma vitória. Agora o time alvi rubro, dá uma respirada na série B, somando três pontos importantes, fazendo o dever de casa e diminuindo a pressão emocional da torcida.

Com essa vitória, o Náutico fica na linha intermediária da tabela, com uma posição cômoda, guardando uma certa distância da zona de rebaixamento e sonhando ainda para entrar no G4, muito embora, os resultados dessa rodada, não ajudaram ao time timbu nesse sentido.

Agora, Givanildo prepara o time para o próximo jogo, dessa feita fora de casa, contra a equipe do Paraná, onde mais uma vez o treinador vai tentar superar as adversidades de jogar no campo do adversário, e conseguir um bom resultado. No entanto vitória, sempre é vitória e não resta dúvida que o clima nos Aflitos levantou o astral do grupo, e principalmente da comissão técnica, à frente o experiente treinador Givanildo Oliveira.