Blog de Airton Sousa – Sport perde mais uma e a torcida culpa Magrão

                                                 udghuygykg

No antigo clássico das multidões, deu Santa Cruz no fim do jogo. Com um gol de Alan Dias, aos 27 minutos do segundo tempo, o Santa Cruz venceu ao Sport e assumiu a liderança do Campeonato Pernambucano. O resultado trouxe muito otimismo para a torcida tricolor, enquanto que a torcida leonina volta a desacreditar no time.

Foi um jogo apenas razoável no primeiro tempo, com poucas chances de gol para os dois times, muitos passes errados e pouca criatividade, com os dois meio de campo batendo cabeça, os laterais recuados e os ataques pouco funcionando, tornando o jogo muito defensivo durante todo primeiro tempo.

O Sport teve apenas duas chances, aos cinco e vinte quatro minutos, enquanto que o Santa Cruz resumiu-se apenas a uma oportunidade, aos oito minutos com o lateral Marcos Martins, onde os goleiros pouco foram exigidos, daí o placar de zero a zero, igual nota dada aos dois times no primeiro tempo.

No segundo tempo, o Santa Cruz sofreu correções táticas melhorando a produção e deixando o Sport sem saída para o ataque. Aos nove minutos Guilherme perdeu uma excelente oportunidade de gol, aos treze minutos foi a vez de Lourenze de cabeça,  a aos vinte e sete minutos aconteceu o gol tricolor, com Magrão cometendo uma falha imperdoável.

Com a vantagem de 1 x 0, os comandados do técnico Leston Junior ficaram com o jogo nas mãos e o Sport sem poder de reação. Porém, aos 48 minutos uma bola foi lançada na área do Santa Cruz, o jogador Alan Dias tentou defender e a bola resvalou no ante braço, vinte aí a cometer  um pênalti, não marcado pelo árbitro Luiz Sobral.

Muitas reclamações, um lance com uma questão de interpretação, porém o árbitro manteve o seu ponto de vista e não marcou a penalidade máxima. Após o jogo, houve a expulsão do jogador Juninho do Sport, ao tentar agredir um repórter de campo, causando um mal estar muito grande.

O Santa Cruz conseguiu uma vitória importante, lidera o campeonato e prepara-se agora com muito otimismo para a decisão desta quarta-feira (20), pela Copa do Brasil contra o Náutico, que jogou no sábado pelo Campeonato Pernambucano e venceu ao Flamengo de Arcoverde pelo placar de 4 x 2.

Uma arrecadação de R$ 320 mil reais e um público de 16.483 foi o que informou o borderô, deixando transparecer que o interesse maior das torcidas está mesmo para a decisão desta quarta-feira, pela Copa do Brasil. Inegavelmente o Santa Cruz teve dois resultados positivos, que lhe credita com uma certa vantagem para o jogo da Copa do Brasil, contra o Náutico.

Blog de Airton Sousa – Náutico passa para a segunda fase e o Central joga a recuperação

WhatsApp_Image_20181213_at_20.29.46

Tivemos na noite desta terça-feira (11) o jogo do Náutico contra o Imperatriz no Maranhão, valendo a vaga para a segunda etapa da Copa do Brasil. No fim do jogo, o empate favoreceu o Náutico pelo regulamento, e o time timbu está na segunda fase da competição, com um jogo complicado e difícil.

Foi um primeiro tempo fraco tecnicamente, sem as condições do campo ajudarem, porém o importante é que o timbu aproveitou uma falha no fim do primeiro tempo e abriu o placar, aumentando o favorecimento para a volta do segundo tempo. Foi por demais importante o momento do gol timbu.

No segundo tempo, um jogo tenso e mais nervoso porque o Imperatriz buscou no desespero reverter o placar, o que demorou acontecer, e somente aos 46 minutos é que o empate aconteceu através da cobrança de um pênalti, cometido por Suelíton que terminou sendo expulso.

Acontece, que o empate aconteceu tarde demais e o timbu saiu do Maranhão com a classificação garantida, colocando nos seus cofres um valor fundamental para ajudar nas folhas e também nas contratações. O Náutico foi o primeiro de Pernambuco a garantir a sua classificação, e na noite desta quarta-feira (13) quem entra em campo é o time do Sport contra a Tombense.

Com relação ao Campeonato Pernambucano, o Central enfrenta o Flamengo de Arcoverde, fechando a  quarta rodada do campeonato. É um jogo de seis pontos para o Central, em razão dos pontos perdidos por ocasião do empate em casa contra o time do Afogados. As dificuldades do campo, podem complicar o rendimento das duas equipes.

Blog de Airton Sousa – Santa Cruz vence e o Náutico empata pela Copa do Nordeste

A Copa do Nordeste teve sequencia na tarde deste sábado (02), com a realização de jogos pelos grupos A e B. Em João Pessoa o Botafogo venceu ao Fortaleza por 1 x 0, em Salgueiro houve o empate do Salgueiro contra o Náutico, e na Arena de Pernambuco o Santa Cruz venceu ao ABC por 1 x 0.

Teremos neste domingo os jogos: Bahia e Vitoria, Confiança e Sergipe, Sampaio Correia e CSA, CRB e Moto Clube, Ceará e Altos, a depender de alguns resultados o Salgueiro pode perder a liderança do grupo A, enquanto que Santa Cruz e Náutico também estão na mesma situação, dependendo do fechamento da terceira rodada, para saberem se continuam na mesma posição, ou alteram.

O jogo entre Salgueiro e Náutico, teve a equipe do sertão dominando o tempo todo, com mais posse de bola, com domínio do meio de campo, e aproveitando o recuo do time timbu. No entanto o aproveitamento ofensivo é que não funcionou, terminando o primeiro tempo em 0 x 0, observando-se a fragilidade timbu em todos os setores.

No segundo tempo, o jogo continuou com o mesmo padrão: bolas aéreas, lançamentos a distancia, um futebol de pouca qualidade. No entanto foi o Salgueiro que fez o primeiro gol, aos 17 minutos através da cobrança de pênalti com o jogador Muller, que chutou indefensável para o goleiro Bruno.

Com a vantagem no placar, o Salgueiro procurou segurar o jogo, o Náutico avançou a marcação e em uma falha da zaga do carcará, uma bola cruzada na área Wallace aproveitou, chutou de primeira empatando o jogo. Depois do empate o Salgueiro sentiu, porém foram poucas as chances de gol a partir do empate.

Com o empate o Salgueiro foi a liderança do grupo com 5 pontos,  enquanto que o Náutico somou 4 pontos e está na quarta posição do seu grupo. Próximo jogo das duas equipes será no dia 17. O Náutico enfrenta ao Santa Cruz nos Aflitos, enquanto que o Salgueiro joga em Maceió, contra o CSA.

Por sua vez, o Santa que necessitava de uma vitória contra o ABC marcou 1 x 0 na Arena de Pernambuco. Com a vitória o tricolor foi a 4 pontos, ocupando a terceira posição do grupo A, dando uma respirada e aguardando agora o próximo jogo, no dia 17 contra o Náutico nos Aflitos. A vitória trouxe ânimo ao grupo de jogadores e ao técnico tricolor.

Blog de Airton Sousa – Resultados do fim de semana para os clubes de Pernambuco

Tivemos a participação dos clubes do nosso estado no Campeonato Pernambucano e na Copa do Nordeste. Pelo campeonato estadual aconteceu o clássico entre Sport e Náutico; a vitória foi muito fácil para o rubro-negro pelo placar de 3 x 1. Enquanto isso ainda pelo campeonato estadual, aconteceu o empate de 0 x 0 entre Petrolina e América.

No clássico, já aos cinco minutos do primeiro tempo o rubro-negro vencia por 1 x 0, o Náutico apenas marcando e se defendendo, foi incapaz de reagir aceitando o comando do jogo do adversário, e aos poucos o Sport fez mais dois gols, o gol alvi-rubro foi no final do  segundo tempo, fechando o placar de 3 x 1,

Com a vitória e com um melhor saldo de gol, o Sport assumiu a liderança da competição, tendo o Central também com seis pontos na segunda colocação, o resultado deixou o treinador do Sport bastante otimista, enquanto que o treinador alvi-rubro depois do jogo, demonstrou muita preocupação, principalmente com um meia armador de maior qualidade.

Por sua vez, pela Copa do Nordeste no sábado o Santa Cruz demonstrou toda sua fragilidade defensiva e terminou perdendo fácil para o time do Bahia, pelo placar de 3 x 1. A demonstração da superioridade do time baiano foi aos poucos encolhendo o time tricolor, sem qualquer poder de reação. O Santa Cruz continua sem vencer na Copa do Nordeste.

Por outro lado, o clássico entre Sport e Náutico foi uma demonstração das carências do time alvi-rubro, que demonstrou fragilidade em todos os setores, inclusive reconhecido pelo treinador Marcio Goiano. O Náutico esse ano em cinco jogos, ganhou apenas um o que é um percentual bastante negativo.

Para finalizar a participação do nosso estado no Nordestão, o time do Salgueiro empatou em casa com o Botafogo da Paraíba, pelo placar de 1 x 1. A torcida salgueirense estava esperando uma vitória porque no primeiro jogo, fora de casa o time havia vencido ao Confiança em Aracajú.  Com o resultados desses dois jogos, o carcará assumiu a liderança do grupo.

Blog de Airton Sousa – Náutico vence na Copa do Nordeste, e nesta quarta tem Pernambucano

Depois de quatro derrotas seguidas e diante de muitas críticas, finalmente o time alvirubro venceu sua primeira partida. O adversário foi o time do Sergipe, que perdeu nos seus domínios pelo placar de 2 x 0.

Foto: Léo Lemos/Náutico

Foto: Léo Lemos/Náutico

Foi um primeiro tempo apenas razoável, onde o Sergipe esteve todo na defesa, ajudando os contra ataques do time pernambucano, finalmente aos 27 minutos, e diante da fraca zaga sergipana, Wallace Pernambuco aproveitou e abriu o placar para o time timbu.

No segundo tempo, e com a vantagem no jogo, o Náutico voltou menos afobado, tocando mais a bola e aproveitando a fragilidade adversária, que a rigor tinha apenas o jogador Ramalho como destaque.

Não demorou muito, e diante da graça zaga sergipana, o Náutico fez o segundo gol, através do jogador Mailson aos sete minutos de jogo. Com 2 x 0 no placar e já demonstrando cansaço, o Náutico foi se acomodando, até que a arbitragem encerrou a partida, com o Náutico vencendo seu primeiro jogo.

Blog de Airton Sousa – Náutico perde e Santa Cruz empata

Jogando na noite desta terça-feira (15) o Náutico terminou perdendo para o Fortaleza pelo placar de 3 x 1. Tivemos um primeiro tempo bastante equilibrado, mesmo com o time timbu tomando o gol no início e tendo o jogador Josa expulso aos 22 minutos.

bola-na-rede2

Na segunda etapa, o time pernambucano não teve poder de reação, e terminou tomando mais dois gols, perdendo o jogo por 3 x 1. Podemos dizer que foi uma estreia decepcionante do time alvirrubro, que volta a jogar pela copa do nordeste no dia 22 deste mês, em Aracaju contra o Sergipe.

O fato negativo do jogo, foi o quebra-cabeça das torcidas do Santa Cruz e Fortaleza, contra os torcedores do Náutico. Pelo Campeonato Pernambuco, o Náutico estreia em Caruaru neste sábado (19), contra o Central.

Enquanto isso, o Santa Cruz foi a João Pessoa e terminou empatando com o Botafogo em 0 x 0. Foi um resultado positivo para o time tricolor, que ainda teve um jogador expulso. O próximo jogo tricolor será no dia 26, contra o Bahia. Para esta quinta-feira (17), é a vez do Salgueiro que joga em Aracaju, contra o Confiança, estreando na Copa do Nordeste.

Blog de Airton Sousa – O que vai ser 2019 para o futebol Pernambuco?

266845,475,80,0,0,475,365,0,0,0,0

Um ano cheio de altos e baixos foi o que tivemos durante todo esse ano para os principais clubes do futebol Pernambuco. A exceção foi o Náutico que pelo menos conquistou as duras penas do Campeonato Estadual, e terminou o ano relativamente organizado e com o seu estádio praticamente pronto para jogos no próximo ano.

Ainda falando do Náutico, a diretoria na sua primeira gestão demonstrou muita organização administrativa e financeira, recuperando a imagem de mal pagador que o clube tinha, resolvendo muitas questões pendentes e deixando ainda grande parte do elenco para a temporada de 2019, podemos classificar como um ano promissor para o time timbu.

Por outro lado, o Santa Cruz está terminando 2018 como começou. Cheio de problemas, dívidas e sem um elenco para começar a temporada de 2019. Foi um ano em que o Santa Cruz apenas perdeu, teve muitos prejuízos e débitos e não fica praticamente nada, para um novo recomeço.

A maioria do elenco foi embora, ainda com um bom saldo a receber, outros que ficaram não tiveram a situação ainda definida, uma bronca para ajustar a pré-temporada, sem um elenco completo, aproveitando jogadores da base e correndo atrás para ver se consegue aos poucos juntar os cacos para o reinicio.

O grande saldo de tudo isso, foi a contratação de um treinador que bem recentemente esteve no Botafogo de João Pessoa. Leston Júnior chega para mostrar a sua competência, porque por onde passou foi um profissional bem sucedido, só que terá que ter suporte financeiro, técnico e administrativo, para mostrar a sua capacidade.

Outro que teve um ano terrível, sem conquistar nada a nível estadual e nacional, foi o Sport. O pior, a faixa de rebaixamento apontada na cabeça dos rubro-negros, trazendo prejuízo de todos os lados, para um clube que chegou ao fim da primeira divisão devendo quatro meses ao elenco, além do rebaixamento para a segunda divisão.

É uma montanha de dificuldade que o Sport terá que enfrentar em 2019. Começando pela contratação de um novo treinador, dispensa e contratação de jogadores, atualização dos salários, além de outros compromissos, o que não será fácil para a diretoria que tomará posse logo após as eleições, do dia 20.

Quanto ao Central, que teve como principal alvo esse ano, na conquista do vice-campeonato pernambucano, com o técnico Mauro Fernandes, e um bom grupo de jogadores, teve na competição estadual com um bom feito e deixou o seu torcedor otimista, porque realmente a imagem foi extremamente positiva.

No entanto, 15 dias após o estadual, começou o Campeonato Brasileiro da série D, e toda essa imagem positiva foi de água a baixo, pois, foram resultados negativos após cada partida, e no final, terminou deixando a competição prematuramente, sem que ninguém encontrasse uma justificativa para tal.

Agora, a luta é para um novo Central mesmo com boa parte das peças de 2018, no entanto, contratou um técnico de nome nacional; Estevão Soares que ao lado dele também a chegada de jogadores que tiveram esse ano vestindo a camisa do clube, além de bons jogadores para tentarem fazer um ano de ouro, presenteando a torcida no centenário do alvinegro.

Blog de Airton Sousa – Vem aí a Copa do Nordeste 2019

                                                                81018

Depois de vários encontros e reuniões, tivemos a definição de alguns pontos importantes da Copa do Nordeste 2019. Os dirigentes de Clubes e da Liga do Nordeste, além da imprensa foram responsáveis pelo OK da competição, dentro de mudanças importantes para a competição e seus participantes.

Foi definido entre outros pontos, que a competição deverá começar entre 10 e 12 de janeiro, com dois grupos de oito equipes cada , com jogos entre os grupos, além de outros pontos extremamente importantes, principalmente levando-se em consideração a adequação ao calendário nacional.

O GRUPO – A será composto das seguintes equipes – Pernambuco : Santa Cruz e Salgueiro.  Sergipe : O Sergipe. Ceará : O Fortaleza. Alagoas : CRB . Maranhão : Sampaio Correia. Piaui : Altos do Piauí. Bahia : Vitória . Observando-se que neste grupo temos dois representantes do estado de Pernambuco.

O grupo – B será composto das seguintes equipes – Sergipe : Confiança . Paraíba : Botafogo. Alagoas : CSA . Pernambuco : Náutico . Bahia : Bahia . Ceará : Ceará . Rio Grade do Norte : ABC Maranhão : Moto Clube . Ao contrário do grupo A, temos neste grupo apenas um representante de cada estado.

Quanto a emissora de televisão que ficará encarregada da cobertura, após a saída da TV Interativa que não renovou o contrato de transmissão, o Sistema Brasileiro de Televisão será o canal que ficará encarregada de executar as transmissões, o que deixou os dirigentes otimistas pela representatividade do SBT.

Blog de Airton Sousa – Copa do Nordeste 2019 com muitas inovações

copa-do-nordeste

Os clubes participantes da Copa do Nordeste  através dos seus representantes, estiveram reunidos na noite desta terça feira (18) em Salvador, para ouvirem os novos planejamentos e traçarem metas para a nova temporada. Com a saída da TV Interativa do circuito de transmissão, existiam algumas dúvidas na continuidade ou não da competição.

Através do presidente da Liga do Nordeste, representantes do SBT e crônica esportiva, ficaram deliberados alguns pontos considerados fundamentais para a execução do projeto em 2019. Pernambuco estará garantido com três representantes: Náutico, Santa Cruz e Salgueiro, já que o Sport havia abdicado da sua participação desde o final do ano passado.

Ficaram para serem decididos  o inicio e fim da competição, quota  para cada participante, premiação para o campeão, além do percentual na quota da televisão, já que está praticamente fechado o contrato com o canal por assinatura, estando ainda em estudo apenas a transmissão da TV aberta, o que em breve acontecerá.

Os jogos serão as terças e sábados, com horários a serem definidos, dependendo da grade de programação na TV fechada e aberta, o que é um denominador mais fácil de resolver. Ficou para decidir a data da próxima reunião, que deverá acontecer em breve, para o desfecho final das negociações.

Todos ficaram otimistas no final da reunião, e com certeza o somatório será excelente, visto que um assunto que foi levado em evidencia, foi a repercução  da competição nos últimos anos, o nível de audiência e a aceitação do público, de todos os estados participantes, além da audiência no Brasil e fora do país.

Sendo assim, um assunto que preocupava os dirigentes foi tirado de pauta, faltando agora apenas os acertos finais, para essa que é uma das melhores competições do futebol brasileiro, reunindo as principais equipes do nordeste. É esperar que os nossos representantes possam  se preparar para fazermos uma campanha digna do futebol pernambucano.

Blog de Airton Sousa – Decisão rumo a série B – Sport em busca da recuperação

                                     19012

Um fim de semana cheio de expectativa, para os oito clubes que buscam o acesso para a série B do Brasileiro em 2019. Todas as equipes que jogarão em casa na primeira partida conseguiram a vitória, daí uma certa vantagem nos jogos de volta, no entanto existem alguns jogos bastante equilibrados.

O Operário que joga contra o Santa Cruz em Ponta Grossa no Paraná, perdeu  no Arruda pelo placar de 1 x 0, o Santa Cruz está beneficiado pelo empate, ou vitória com qualquer placar classifica o time pernambucano. Se o Operário vencer com diferença de um gol, a partida será decidida nos pênaltis, qualquer outro placar a favor do Operário, classifica o time do Paraná.

Outro jogo reúne   Náutico e Bragantino, na primeira partida  em Bragança  o time paulista , venceu pelo placar de 3 x 1, está com a vantagem da derrota simples, o empate e se porventura perder com diferença de dois gols, leva o jogo para os pênaltis. Diferença de três gols a favor do Náutico, classifica o time timbu.

Mais um jogo envolve  Botafogo da Paraíba e Botafogo de Ribeirão Preto. Na primeira partida o time paraibano, venceu por 1 x 0, joga por um empate e se perder por 1 x 0, leva o jogo para os pênaltis. Caso tenha dois gols ou mais no jogo, o time vencedor estará classificado para o Brasileiro de 2019.

Finalmente, Atlético do Acre joga em casa contra o Cuiabá. No primeiro jogo uma boa vantagem a favor do Cuiabá, que venceu em casa por 2 x 0, podendo perder por 1 x 0 ou empatar com qualquer placar. Para se classificar, o Atlético do Acre terá que fazer dois gols,  levar para os pênaltis, ou fazer  três gols.

Observa-se com esse demonstrativo, que duas equipes estão na vantagem nos jogos do fim de semana. O Bragantino que venceu por 3 x 1, e o Cuiabá que também venceu desta feita por 2 x 0. Com certeza teremos todos os jogos cheios de muita expectativa, pela importância dos clubes para deixarem a série C.

Enquanto toda emoção é esperada, também com muita expectativa a torcida do Sport espera o jogo desse sábado, contra o Botafogo no Rio de Janeiro. Como é sabido, há dez jogos que o time leonino não consegue vencer, inclusive jogos em casa, estando na décima sexta posição, com 20 pontos.

Um resultado positivo é urgente, inclusive até um empate porque próximo ao Sport temos várias equipes com perspectivas de deixarem a zona de rebaixamento, a exemplo do Vitória, Atlético do Paraná e até o Ceará. Quanto Botafogo está na décima segunda posição, com vinte dois pontos.

O clima na Ilha do Retiro é o pior possível , onde inclusive esta semana foi concedido o direito dos conselheiros pedirem o impeachment   do presidente , o que tornou a situação mais complicada ainda. Enquanto isso, com várias modificações pelas ausências dos laterais titulares, o treinador Eduardo Batista pretende optar por outros jogadores.

 

Blog de Airton Sousa – Eduardo Batista estreia perdendo – Náutico tem situação complicada

                                                              2344444

Um sábado de derrotas para o futebol pernambucano. O Sport foi  goleado pelo time do Santos, na estreia do técnico Eduardo Batista, enquanto o Náutico tem a situação complicada para o jogo de volta na Arena de Pernambuco, neste domingo (26). A torcida alvi rubra que já antecipou a compra de quase 20 mil ingressos, fica agora com o pé atrás.

Falando da derrota do Sport, o time apresentou no decorrer do primeiro tempo muitas falhas, principalmente de marcação com os laterais e sem os homens de meio de campo aproximarem-se  dos atacantes, permitindo que o time do Santos predominasse todo o primeiro tempo.

Para completar a fragilidade do time, aconteceu o gol do Santos com menos de dois minutos de jogo, transtornando o elenco leonino e facilitando o trabalho dos alas do Santos e o meio campo dominando totalmente a partida, sem se falar na atuação fácil dos atacantes, diante da limitação da defesa pernambucana.

No segundo tempo, o técnico Eduardo Batista corrigiu taticamente o time, avançou a marcação, explorou a velocidade de Rogério e foi Rogério que antes da expulsão, aos 3 e 10 minutos perdeu grandes chances de gol. Porém, aos 13 minutos Rogério cometeu uma falta, já tinha amarelo, e terminou sendo expulso.

Com dez homens em campo, o Sport voltou a se fragilizar,  a partir daí o Santos foi absoluto, principalmente com as entradas de Rodrigo, Bruno Henrique e Diego, chegando ao segundo gol aos 37 minutos e ao terceiro gol aos 40 minutos, 3 x 0 foi o placar final. Com a vitória o Santos subiu para a décima segunda posição, saindo da zona de rebaixamento.

O Sport foi para a décima quinta posição, torcendo que o Vitória e o Vaco da gama, não ganhem os seus jogos, caso contrário o time poderá entrar na zona de rebaixamento. Podemos dizer que o Sport fechou esta primeira fase muito mal, na próxima quarta-feira (22), começa a segunda fase com o Sport jogando na Ilha do Retiro contra o América Mineiro.

Quanto ao Náutico, não se deu bem e foi surpreendido pelo time do Bragantino, chegando a perder pelo placar de 3 x 0, no entanto conseguiu no segundo tempo fazem um gol, diminuindo para o Bragantino as chances de classificação, no jogo de volta na Arena de Pernambuco.

Porém, temos que admitir a vantagem do time de Bragança Paulista, que demonstrou muita qualidade na criatividade e na pegada, ficando assim difícil a situação do time alvi rubro, que terá que fazer três gol sem tomar nenhum, para a classificação direta, se vencer por 2 x 0, irá levar a decisão para as penalidades.

É grande a vantagem do Bragantino, porque pode empatar ou perder até pelo placar de 1 x 0, que sairá classificado. Agora é esperar para vê se o time conseguirá a reversão, ao lado da participação do torcedor, que será extremamente importante para dá a tranquilidade que o time necessita, no entanto é difícil a situação do time de Conselheiro Rosa e Silva.

 

Blog de Airton Sousa – Sport perde e Claudinei cai – Santa e Náutico se classificam

                                        claudinei

Com mais uma derrota, o Sport tem situação complicada e não deu mais para o técnico Claudinei Oliveira. Foi uma tarde humilhante para o rubro negro pernambucano, porque a torcida esperava uma reação do time, mesmo sendo contra o São Paulo líder da competição, e a decepção aumentou mais ainda.

Várias modificações foram feitas no time, porém nada surtiu efeito, porque o time foi o mesmo de sempre, medíocre, sem reação, lento e com falhas constantes. Por outro lado, pela qualidade que possui, o São Paulo foi absoluto do começo ao fim do jogo e construiu passo a passo a vitória.

O quarteto Everton, Diego Sousa, Nenê e Reinaldo dominavam em diversos setores do campo, envolvendo o time leonino e tornando o jogo cada vez mais fácil. O Primeiro gol do jogo, foi aos 31 minutos com Diego Sousa, terminando o primeiro tempo com o placar de 1 x 0, deixando uma perspectiva de reação do Sport para o segundo tempo.

No segundo tempo as coisas ficaram pior, mesmo com as substituições feitas pelo treinador Claudinei Oliveira. Aos 8 minutos o São Paulo ampliou com Nenê e tornou o jogo mais fácil. Porém, Marlone que havia entrado aos 29 minutos, fez o gol de honra do Sport aos 41 minutos, no entanto Trelez fez o terceiro gol aos 45, fechando o placar de 3 x 1.

Com a derrota o Sport caiu ainda mais de posição, aproximando-se da zona de rebaixamento. Enquanto isso, aconteceu o que todos imaginavam: O técnico Claudinei Oliveira, sem ambiente pediu demissão e agora o Sport vai buscar um treinador para vê se consegue dá a volta por cima e tentar a recuperação.

Pela série C, tivemos a classificação do Náutico primeiro colocado do grupo A, com 31 pontos e tendo pela frente no mata mata, a equipe do Bragantino. Primeiro jogo em Bragança Paulista, segundo jogo em Recife, onde se espera que o time possa manter essa linha de comportamento, mesmo sabendo-se que a partir de agora é uma outra competição.

Por sua vez o Santa Cruz, com a vitória contra o Salgueiro pelo placar de 1 x 0, chega ao mata mata e enfrenta a equipe do operário sendo o primeiro jogo em casa e o último jogo na casa do adversário. Por sua vez, o Salgueiro após a derrota para o Santa Cruz, foi rebaixado para a série D, lamentavelmente.

Blog de Airton Sousa – Fim de semana de emoção para a torcida do Náutico e Santa Cruz

                                  fggf

Pela primeira vez esse ano, o Santa Cruz e  Náutico se encontram na privilegiada posição de estarem no G 4 do Campeonato Brasileiro da série C. Os dois últimos resultados de tricolores e alvi-rubros  permitiram essa posição, em função de que o Santa Cruz venceu por 3 x 0 ao time do ABC  em Natal, enquanto que o Náutico derrotou na Arena de Pernambuco ao Atlético do Acre.

Foram dois resultados extremamente importantes, pelo momento em que a tabela se encontra, afinal já aconteceram 12 rodadas, faltando 6 para o término desta fase, onde em casa a obrigação é vencer, e fora de casa muito importante roubar pontos do adversário e foi exatamente isso que aconteceu com o Santa Cruz.

Neste fim de semana, o tricolor que tem 17 pontos e é o quarto colocado, enfrenta a equipe do Remo, lanterna da competição com 11 pontos. É totalmente necessário que o Santa Cruz aproveite esse embalo e consiga com o calor da sua torcida vencer ao time de Belém do Pará, que joga em total desespero.

Por sua vez, o Náutico que vem de quatro vitórias seguidas, enfrenta ao Confiança em Aracajú. O Náutico é o segundo colocado com 19 pontos, aliás a mesma pontuação do adversário. O time alvi-rubro tem de volta dois excelentes jogadores, Wallace Pernambucano e Ortigoza, peças chave no sistema ofensivo do time timbu.

Restam a contar com esses dois jogos, seis partidas onde o Santa Cruz faz em casa quatro jogos e consequentemente dois fora de casa. Enquanto isso, o Náutico tem dois jogos em casa e quatro fora de casa, o que se torna mais difícil a situação do time timbu. Porém, não tem outra saída se quer ter o acesso de volta a série B, é tornar cada jogo uma batalha.

Blog de Airton Sousa – No clássico o Náutico levou a melhor

Santa-Cruz-x-Náutico-590x367

Jogando na noite dessa segunda-feira (18) no Estádio do Arruda, o Náutico conseguiu venceu ao Santa Cruz pelo placar de 1 x 0. O Santa Cruz esteve o tempo todo buscando o gol, chutando várias vezes contra a meta do goleiro Bruno, porém os chutes não encontravam o destino certo.

Como fato extra no primeiro tempo, aconteceu a expulsão do jogador Ortigoza que reclamou de uma maneira acintosa contra o auxiliar do árbitro, de repente repetiu o mesmo gesto contra o árbitro Edmar Campos do Mato Grosso, até que tomou o cartão amarelo, em seguida o cartão vermelho, tudo isso aos 23 minutos do primeiro tempo.

Com dez homens, o time do Náutico teve uma entrega maior ainda, colocando o Santa Cruz em desespero, sem contudo ter condição de manter o equilíbrio emocional a criar situações mais concretas de gol. É o que nós podemos dizer, o domínio tricolor era um domínio apenas superficial.

No segundo tempo, o treinador Márcio Goiano colocou o jogador Wallace Pernambucano, que mesmo sem está em bom ritmo de jogo, começou a preocupar a zaga do Santa Cruz, até que aos 27 minutos aproveitou a sobra de bola na frente da área tricolor, chutou forte e marcou o gol que deu a vitória ao Náutico.

Com o resultado, o alvi-rubro saiu da vice-lanterna com 10 pontos, para a quinta posição com 13 pontos, encostando no G4 e ficando apenas 1 ponto do Santa Cruz que é o quarto colocado, e está no G4. O Santa Cruz foi uma equipe fragilizada o tempo quase todo, e agora vai ter que recuperar pontos e posição no próximo jogo.

O Santa Cruz tem o seu próximo compromisso neste fim de semana, contra o Atlético do Acre com a obrigação de pontuar, o que não é fácil pela liderança absoluta do time do Acre. Quanto ao Náutico joga na segunda-feira da próxima semana na Arena de Pernambuco, contra o Botafogo da Paraíba.

Blog de Airton Sousa – Brasil vence, Sport perde e o Náutico se recupera

                                          brasil x AU

A seleção brasileira, fez na manhã desse domingo o seu ultimo amistoso antes da copa. O adversário foi a seleção  australiana que a mais de um ano e meio não perdia um jogo se quer. Foram oito jogos invicta, com sete vitórias e um empate. Porém contra o Brasil finalmente a casa caiu e o Brasil venceu por 3 x 0.

Um primeiro tempo em que o adversário aplicou o sistema 4-5-1, dificultando o jogo para o Brasil, pelo ferrolho e a marcação dura. Neymar, Gabriel de Jesus e Filipe Coutinho bastante marcados, mesmo diante do esquema do técnico Tite de aproximação cada vez mais desses três jogadores, para em uma jogada individual, abrir o placar.

No entanto, a falta de habilidade dos adversários, favoreceu os brasileiros que abriram o placar aos 35 minutos do primeiro tempo, com uma jogada de Gabriel Jesus em condição irregular, porém sem a arbitragem perceber. Enquanto isso, a defesa do Brasil foi pouco incomodada, porque os Australianos tinham como filosofia se defenderem.

No segundo tempo, as seleções voltaram sem alterações, no entanto mudou um pouco o estilo defensivo de jogar dos australianos. O Brasil aproveitou, ficou mais a vontade com Coutinho e Neymar pelo lado esquerdo, enquanto que Gabriel Jesus revezava, hora pela direita, hora pelo meio entre os zagueiros.

Aos 17 minutos, Neymar aproveitava  uma falha de marcação e faz o segundo gol. Uma obra de arte. Depois do gol, a tendência  era o Brasil se soltar mais ainda, até chegar ao terceiro gol. Desta feita o premiado foi Filipe Coutinho, que aos 24 minutos fechava o placar do jogo e o Brasil venceu por 3 x 0.

A partir do terceiro gol, o Brasil passou a jogar mais a vontade e o técnico Tite fez várias modificações, privando os principais jogadores de uma possível contusão. Após o jogo, a seleção viajou para a Rússia, para trabalhar até chegar a hora da estreia domingo, contra a Suíça, 15 horas.

Falando agora do Campeonato Brasileiro, o Sport terminou perdendo a invencibilidade  para o time do Vasco da Gama que venceu pelo placar de 3 x 2. Nos últimos jogos, foi a partida de menos aproveitamento que o Sport teve. Não se acertou em todos os setores, inclusive o goleiro Magrão que falhou em um dos gols que tomou.

O jogador Picachú foi o dono do jogo, marcando dois gols. Aos 19 e 46 do primeiro tempo, enquanto que Paulão marcou contra. Terminando o primeiro tempo com o placar de 2×1. No segundo tempo o treinador Claudinei Oliveira, fez algumas substituições, porém sem surtir efeito.

Aos 30 minutos Michel Bastos empatou o jogo com um bonito gol, no entanto a  tarde era mesmo do Vasco, que marcou o gol da vitória com Ramon aos 45 minutos. O resultado fez o Sport perder algumas posições e só resta agora, a recuperação no ultimo jogo antes da copa, na próxima quarta-feira na Ilha do Retiro, contra o bom time do Gremio.

Quanto ao Náutico, depois de muito tempo sem vencer e amargando a lanterna do grupo A da Série C, venceu ao Remo pelo placar de 3 x 2. Um jogo fraco tecnicamente, porém a vitória do time Timbu deixou temporariamente o time fora da zona de rebaixamento. O próximo jogo do Náutico  será no dia 18 no Arruda, contra o Santa Cruz que jogará nesta segunda-feira, contra o Salgueiro no sertão de Pernambuco.

 

Blog de Airton Sousa – Sábado de futebol para Pernambuco e no domingo tem a Seleção Brasileira

                                brasil

Neste sábado tem futebol pelas séries A e C. O Sport joga no Rio de Janeiro contra o Vasco da Gama em São Januário às 19h, enquanto que na Arena de Pernambuco o Náutico joga às 16h, e recebe a visita do Remo. Um encontro de duas equipes que estão muito mal na competição. Ou seja, o lanterna e o vice lanterna.

O time rubro-negro que vem a cinco jogos sem conhecer uma derrota, ou seja depois que o treinador Claudinei Oliveira assumiu, o time não sabe o que é perder. Enquanto isso, o Vasco da Gama está na décima terceira posição com 12 pontos e busca principalmente  jogando em casa a vitória, para melhorar a sua posição.

Será na certeza, um jogo difícil de muito equilíbrio. Jogando em casa podemos dizer que o Vasco tem um percentual maior de favoritismo. Porém não podemos deixar de ventilar a posição e o futebol que o Sport está jogando, em casa e fora de casa. No momento o time rubro negro é o segundo colocado com dezesseis pontos.

Importante será que o time Pernambucano volte pelo menos com um empate, já que após o jogo contra o Vasco, o Sport  terá uma única partida antes da parada para a copa do mundo. O treinador leonino, ainda não definiu oficialmente o time, porém deverá voltar com a dupla de área titular, além do retorno do lateral esquerdo Sander.

Por outro lado, o Náutico no desespero recebe a visita do Remo. As duas equipes estão na parte de baixo da tabela, e fica difícil apontar um favorito. Desespero, essa é palavra dirigida para os dois treinadores, que buscam a todo custo uma recuperação, porque a série C ao contrário da série A, é uma competição curta e qualquer deslize poderá ser fatal.

Um outro ponto complicado para o time timbu, é a participação da torcida que já começa ficar impaciente, com a quantidade de resultados negativos que o time vem  no Campeonato, daí não esperar-se um publico pelos razoável. Porém  é aguardar que o time possa superar as dificuldades e presentear a sua torcida, com uma vitória.

Blog de Airton Sousa – Sport empata, Náutico perde e o Santa Cruz vence

anse3lmo

Uma rodada cheia de altos e baixos para os três da capital. Jogando em Porto Alegre o Sport conseguiu um resultado excelente, ao empatar em 0 x 0 contra o Internacional. É a quarta partida do time  Leonino, sem conhecer uma derrota. Se não houve evolução, pelo menos o time manteve o padrão dos jogos anteriores.

Com o empate, o Sport entrou temporariamente no G 4, já que a rodada só terminará  na próxima terça-feira. De qualquer maneira foi um resultado positivo, mesmo entendendo-se que o Internacional pressionou o Sport, o que aliás já era esperado. O time Pernambucano foi  muito bem aplicado na marcação. O próximo jogo será quarta-feira, na Ilha contra o Atlético Paranaense.

O Náutico teve sua situação complicada mais ainda, quando voltou a lanterna do grupo, ao perder para o time do ABC em Natal pelo placar de 2 x 0. Uma derrota que começa preocupar a torcida, porque outra vez o time volta a lanterna. O próximo jogo do Náutico será na Arena de Pernambuco, contra o time do Remo.

O Santa Cruz, foi o único Pernambucano que conseguiu vencer. O adversário foi o bom time do Juazeirense no Arruda. O placar apertado de 1 x 0, jogou o tricolor para o G 4, dependendo agora do resultado do Botafogo contra o Globo. Segunda-feira acontecerá essa partida, e se o time Paraibano perder o Santa Cruz vira a rodada dentro do G 4.

O próximo jogo do Santa Cruz será contra o Time do Salgueiro no sertão de Pernambuco. Voltando  ao  jogo contra o Juazeirense, o Santa Cruz fez um bom primeiro tempo, recuou na segunda fase, facilitando jogadas ofensivas para o adversário. O árbitro do jogo, acrescentou seis minutos o que provocou irritação ao técnico Roberto Fernandes.

Blog de Airton Sousa – Fim de semana completo para os clubes de Pernambuco

                                           cvvvvvvvv

Os quatro clubes pernambucanos, jogarão neste fim de semana, valendo inclusive a entrada no G 4 e outros distanciarem-se na zona de rebaixamento. Somente o Santa Cruz jogará em casa, o restante jogará  fora dos seus domínios, o que tornam as partidas mais difíceis ainda, principalmente para quem tem a necessidade de vencer.

O Sport que está em ascensão com um empate e duas vitorias, depois do técnico Claudinei Oliveira ter assumido o comando da equipe. O adversário do rubro negro é o Internacional, quinto colocado com 14 pontos. Não precisa dizer que é um jogo difícil pela qualidade do elenco do time gaucho.

Quanto ao Sport, é inegável que a equipe vem de resultados importantes, dentro e fora de casa, hoje o time também 14 pontos e está uma posição a menos que o adversário. É mais uma maneira do treinador e seus comandados, demonstrarem que estão crescendo na competição. A notícia que deixa a torcida apreensiva, e a possível venda de Anselmo para o exterior.

Quanto ao Santa Cruz, depois do empate fora de casa contra o Confiança, jogará no Arruda contra a boa equipe da juazeirense. O tricolor é o quinto colocado com dez pontos, enquanto que o adversário é o sexto colocado com nove pontos. Uma vitória é fundamental para o time do Arruda, principalmente porque o jogo é nos seus domínios.

Quem está em uma situação difícil e necessita vencer, é o Náutico. Hoje nono colocado com sete pontos, enquanto o ABC que há muito tempo não perde nos seus domínios, está na terceira posição com nove pontos, o que torna o jogo ainda mais difícil para o alvi rubro de Pernambuco. Porém, no momento até um empate é um bom resultado para o time timbu.

Finalmente também pela série C, o Salgueiro joga em Belém do Pará contra o time do Remo . O Remo é o sexto colocado, enquanto que o carcará está na sétima colocação. É um jogo bastante difícil para o time Pernambucano, que luta a cada partida para tomar distancia da zona de rebaixamento.

 

Blog de Airton Sousa – Santa Cruz é goleado – Marcio Goiano assume o Náutico – Mauro Fernandes deixa o Central

dscn8768MarcioGoiano-FIGxCOR-20120705-ACMafalda

O torcedor tricolor, que ainda tinha uma esperança de continuar na Copa do Nordeste, ontem viu essa chance ir embora, após perder em pleno Arruda pelo placar de 4 x 1. No primeiro jogo, o ABC venceu por 1 x 0. Em função do primeiro resultado, haviam chances do tricolor reverter e continuar na competição.

Porém, já no primeiro tempo, a classificação estava definida. O placar de 3 x 0, já determinava por antecipação a saída do time tricolor. Para complicar mais ainda, Augusto Silva foi expulso, tornando o jogo mais fácil ainda para o time do Rio Grande do Norte, porque era quase impossível  o quadro sofrer alteração.

No segundo tempo, o time do ABC diminuiu o ritmo do jogo, recuou um pouco e passou a adotar a marcação em linha baixa. Mais o adversário tricolor, não estava satisfeito e aos 25 minutos ampliou o placar para 4 x 0. A torcida vaiando o time, deixando o estádio e aos 37 minutos aconteceu o gol do Santa Cruz, porém nada mudou e o time deu adeus a competição.

Enquanto isso, chegou ao Recife o novo técnico do Náutico, Marcio Goiano. O treinador chegou bastante otimista, prometendo recuperação na série C , além de demonstrar muita vontade de trabalhar, o que não poderia ser diferente. Quem não gostou muito da chegada do novo comandante, foi o jogador Negreti  afastado do grupo, fato que poucos entenderam.

Quanto ao Central, após a derrota contra o Sergipe, o grupo se apresentou na tarde desta terça-feira. A novidade foi a saída do técnico Mauro Fernandes, que agradeceu pelo apoio, tentou justificar a decepção no Brasileiro, e disse está grato pela maneira como foi apoiado, principalmente no Campeonato Estadual, além de demonstrar interesse em voltar para o próximo ano.

 

Blog de Airton Sousa: Náutico perde mais uma, Santa Cruz e Belo Jardim empatam

                                                    sereie c

Começa o fim de semana, e o torcedor vê que nada mudou. O Náutico foi goleado e continua na lanterna; o Santa Cruz joga mal, é dominado mas consegue empatar; e o Belo Jardim jogando em casa conseguiu um empate contra o América. Ou seja, começamos o fim de semana sem conseguir uma vitória se quer.

A decepção maior desse sábado (5), foi sem sombra de dúvida o futebol que o Náutico não conseguiu jogar mais uma vez. O time do Náutico é o mais vazado da série C, tem apenas um empate e na sequência três derrotas, tomando em quatro jogos um total de 10 gols, com um saldo negativo de 7 gols.

No primeiro tempo do jogo contra o Confiança, o timbu tomou o gol aos 24 minutos, através do jogador Léo Ceará, uma jogada igual aos dois gols que o time sofreu no jogo contra o Botafogo da Paraíba, onde a defesa foi mais uma vez falha. Terminou o primeiro tempo, sem o time incomodar de maneira nenhuma ao goleiro sergipano.

Na volta do segundo tempo, esperava-se que o treinador Roberto Fernandes pudesse fazer algumas modificações, no entanto, o time voltou com as mesmas falhas: defesa frágil, meio de campo sem articulação, os alas pouco producentes e o ataque no sufoco sem receber bolas, além de pouca criatividade.

Com essas falhas, mesmo assim o time conseguiu empatar aos 5 minutos com um gol de Robinho de cabeça. No entanto, logo após o gol de empate as falhas voltaram a acontecer e os gols também. Léo Ceará marca o segundo gol, aos 9 minutos, Ângelo amplia aos 12 minutos e finalmente o placar é encerrado com Everton fazendo o quarto gol, aos 17 minutos.

Fabinho descontou e fez o segundo gol do Náutico, encerrando o placar em 4 x 2 a favor do time do Confiança. Além do placar elástico, várias expulsões: Aos 23 minutos Hiago, aos 26 minutos foi a vez de Ângelo ser expulso, depois vieram as expulsões do Náutico: Lelê aos 28 minutos e Breno Calisto aos 39 minutos. Somando duas expulsões para cada time.

Outro time pernambucano que também jogou e não venceu, foi o Santa Cruz que empatou em 0 x 0 contra o Remo. O time tricolor escalado errado, e alguns jogadores mal posicionados, principalmente Robert e Carlinhos Paraíba, o meio de campo sem nada produzir, os alas perdidos, e transição que é bom nada.

A sorte é que o Remo, mesmo dominando não conseguiu acertar o gol tricolor. Vários foram os lances de gol, principalmente com o jogador Isaac que desperdiçou no mínimo 6 chances reais de gol, nos dois tempos. Enquanto que o ataque tricolor a rigor, chutou uma bola perigosa aos 17 minutos do segundo tempo, o que foi muito pouco. Próximo jogo do Santa Cruz, será contra o Globo no Rio Grande do Norte.

Fechando os jogos desse sábado (5), o Belo Jardim jogando em casa terminou empatando com o time do América de Natal em 0 x 0. Dos males o menor, o time que está no grupo A 6, soma 3 pontos e no momento é o segundo colocado, o que não chega a ser de tudo decepcionante, tendo apenas 2 pontos a menos que o América, primeiro colocado com 5 pontos.

O que nós estamos tirando como lição da campanha do Náutico principalmente, é que a limitação do time já chegou ao limite, são quatro jogos sem vencer. O treinador Roberto Fernandes recuado, sem explicação lógica e vendo a perspectiva de não melhorar e o time afundar de vez. O Santa Cruz está numa situação um pouco melhor, entretanto, é preciso também ter cuidado.

Blog de Airton Sousa: Balanço Pernambucano no Campeonato Brasileiro

                                             futebol pe

Foi um fim de semana apenas razoável para o futebol Pernambuco, onde tivemos duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Exceção do Sport que jogará nesta segunda-feira (23), na Ilha do Retiro, contra o Botafogo do Rio de Janeiro. Foi o que podemos dizer, um fim de semana razoável para o  nosso futebol.

O Santa Cruz jogando no Arruda, em baixo de muita chuva, com o campo de jogo sem condição, inclusive aos 14 minutos do segundo tempo, o árbitro chamou os capitães tentando suspender o jogo, o que não foi atendido. Um jogo de superação, força e de um futebol apenas de bombão, porque era impraticável se jogar futebol, pela condição do gramado.

Mesmo assim, o Santa Cruz terminou vencendo o primeiro tempo por 1 x 0, gol de Geovane, após Robert perder e o goleiro dá rebote. Placar parcial no primeiro tempo, 1 x 0. No segundo tempo, com a cancha mais pesada ainda, o Santa soube jogar conforme a condição do campo. Tomou o gol de empata aos 20 minutos, após o reinício do jogo.

O time tricolor não se apavorou e logo desempatou aos 26 minutos com mais um pênalti cobrado por Carlinhos Paraíba,  e  aos 33 minutos desta feita, Robert aproveitou a falha e fechou o placar de 3 x 0. Com a vitória, o alivio da torcida e a vitória para o Santa Cruz agora soma 4 pontos. Próximo jogo no Arruda, contra o ABC sábado (28).

Enquanto isso, o Náutico voltou a decepcionar a sua torcida mais uma vez, perdendo de goleada para o Botafogo da Paraíba, pelo placar de 4 x 0. Em três jogos o time tomou oito gols e fez apenas um gol. Foi uma decepção o futebol jogado pelo timbu, mesmo levando-se em consideração a ausência do jogador Ortigoza. O Náutico continua sem vencer na competição.

Ainda pela série C, o Salgueiro perdeu pelo placar de 3 x 0 para o Confiança em Aracaju. O Carcará continua sem vencer, em razão de que a estreia foi em Salgueiro que empatou contra o Botafogo. Agora, o time salgueirense não tem outro resultado na próxima partida, ou seja, uma vitória se não quiser ter complicações na competição.

Pela série D, o Central foi a Riachão do Jacuípe e terminou arrancando um empate de 1 x 1. Podemos considerar um bom resultado,  no entanto, o time alvi-negro desperdiçou muitas oportunidades de gol. Teve mais domínio, mais posse de bola, entretanto, a pontaria dos atacantes não estava afinada.

No fim, o técnico Mauro Fernandes atribuiu a falta da vitória, aos desgaste da viagem de doze horas de duração. Considerando as circunstâncias, o empate pode ser considerado um bom resultado, desde que no próximo domingo (29) no Lacerdão venha a vencer ao Sergipe que empatou com o Asa em 0 x 0.

Quanto ao Flamengo de Arcoverde, terminou vencendo em casa ao time do Muricí, pelo placar de 2 x 1, pelo grupo A8. Importante resultado para o time do Arcoverde que estreou com o pé direito. O Belo Jardim, também fez bonito estreando em Juazeiro do Ceará, contra o Guarani pelo grupo A6, e empatando pelo placar de  3 x 3. Podemos considerar que a série D, começou bem para os nossos clubes, onde ninguém perdeu.

Blog de Airton Sousa: Encerra a Copa do Brasil para o Náutico

v.php

Terminou na noite dessa quarta-feira (18) na Arena de Pernambuco, a Copa do Brasil para o time do Náutico. No primeiro jogo o alvi-rubro perdeu pelo placar de 3 x 0 em Campinas, promovendo uma vantagem substancial a favor do time da Ponte Preta, e mesmo vencendo pelo placar de 1 x 0, o time alvi-rubro não conseguiu a classificação para a fase seguinte.

O time timbu não conseguiu fazer uma boa partida, principalmente os homens de armação e criatividade e por conseguinte o ataque sofreu, porque a bola chegava com dificuldade, complicando o setor ofensivo do time alvi-rubro, daí terem sido poucas as oportunidades ofensivas, para quem necessitava no mínimo fazer 3 gols.

No primeiro tempo o time teve apenas tres oportunidades. Aos 2 minutos com Tarcisio, aos 42 minutos com Wallace Pernambucano e aos 45 minutos através do jogador Robinho, ou seja três chances relativamente perigosas de gols. Por outro lado, a Ponte Preta foi uma equipe bastante ofensiva, jogando solta e apertando o sistema defensivo do time de Pernambucano.

No segundo tempo, Roberto Fernandes substituiu Keven colocando Gabriel, porém era muito pouco para o que o time necessitava se tornar ofensivo. Camutanga teve uma oportunidade aos 7 minutos, Junior Timbó aos 25 e finalmente o gol timbu, com um pênalti marcado corretamente pelo árbitro aos 37 minutos de jogo e Junior Timbó cobrando e colocando o Náutico na frente.

Nada deixava o torcedor otimista, porque todos percebiam a fragilidade ofensiva do time Pernambucano. Apenas 1.347 torcedores se fizeram presentes na Arena, porque realmente não havia motivação para ir. Com a classificação nas três fases anteriores, o Náutico teve um faturamento de R$ 3.600 milhões, se tivesse passado o Náutico teria recebido mais R$ 1.800 milhões. Agora é focar no Brasileiro, onde neste sábado (21) enfrenta ao Botafogo na Paraíba.

Blog de Airton Sousa: Futebol Pernambucano estreia sem vitória no Brasileiro

                                                       leao pernambucano

O futebol pernambucano estreou no Campeonato Brasileiro neste fim de semana, sem conseguir uma vitória se quer. Na série A, o Sport jogou em Minas Gerais e perdeu de 3 x 0 para o América Mineiro. O Salgueiro jogou em casa e empatou em 0 x 0 com o Botafogo da Paraíba, e finalmente no clássico da Arena deu 0 x 0 para Náutico e Santa Cruz.

No jogo entre América Mineiro e Sport, o time leonino foi uma decepção. Começou tomando um gol aos 30 segundos de jogo, com uma falha do goleiro Agenor. A partir do primeiro gol, o time ficou sem poder de reação, tomando o segundo gol aos 35 minutos, outra vez falha de Agenor e Léo Ortiz, finalmente o terceiro gol saiu aos 38 minutos, com uma falha de Igor.

Um time todo desconcertado, os estreantes desentrosados e sem dá a qualidade que o time necessitava, e o resto do elenco abatido, sem ânimo e mesmo com a acomodação do América, o time não demonstrava reação. Terminando o primeiro tempo com o placar de 3 x 0, deixando o treinador bastante irritado.

Na volta para o segundo tempo, o América acomodado, e o Sport apático mesmo com algumas modificações feitas pelo técnico Nelsinho Batista. Podemos considerar uma estreia desastrosa, e agora esperar o compromisso da próxima segunda-feira (23), na Ilha do Retiro contra o Botafogo carioca.

Em Salgueiro, tivemos o empate de 0 x 0 entre o Carcará e o Botafogo da Paraíba. Bastante alterado na sua escalação, o time de Sergio China não jogou o suficiente para obter a vitória, mesmo entendendo-se que a arbitragem prejudicou o time salgueirense, quando não confirmou um pênalti.

De qualquer maneira, pela qualidade do adversário que é um dos pretensos candidatos a subir para a serie B, podemos considerar um bom resultado para o time sertanejo. A próxima partida do Salgueiro será na cidade de Aracaju, contra o Confiança que está na primeira colocação do grupo.

Por fim, tivemos na Arena de Pernambuco o clássico entre Náutico e Santa Cruz. O Náutico dominou o jogo o tempo todo, teve várias oportunidades de gol, no entanto o placar de 1 x 1 podemos considerar bom para o Santa Cruz, que mais se defendeu do que atacou. O gol timbu foi aos 27 minutos do primeiro tempo com Ortigoza.

Na segunda etapa, o Santa Cruz aproveitou a melhor condição física, explorou o contra ataque e a velocidade, empatando aos 38 minutos através de Jeremias, que havia entrado aos 32 minutos do jogo. Após o encerramento da partida, o técnico Junior Rocha anunciou a sua saída para o CRB, depois de um convite segundo ele, irrecusável.

 

Blog de Airton Sousa: Como será a estreia Pernambucana no Brasileirão?

                                                     brasileiros

Começa neste domingo (15) o Campeonato Brasileiro de Futebol, séries: A e C envolvendo o Sport, Santa Cruz, Náutico e Salgueiro. Na Arena teremos o jogo entre Náutico e Santa Cruz, enquanto que o Salgueiro enfrenta ao Botafogo da Paraíba em Salgueiro. Por outro lado, o Sport joga em Minas Gerais contra o América.

Falando do clássico, o Santa Cruz que vem vários dias sem jogar, apenas treinando e descansando, além de ter reforçado o time com jogadores experientes a exemplo de Carlinhos Paraíba, Robert entre os outros nomes interessantes, que darão ao time uma força substancial para a competição.

Por outro lado, o Náutico vem de uma maratona decisiva, a exemplo dos dois jogos contra o Central, e recentemente pela Copa do Brasil, jogando contra a Ponte Preta. No  aspecto físico  o time timbu leva desvantagem, em face da sequencia de jogos anteriores. Porém, o lado técnico e individual é o que vai pesar para apontar o vencedor.

O Salgueiro que terminou a sua participação na Copa do Nordeste de uma maneira decepcionante e que não conseguiu avançar na reta final do Campeonato Pernambucano, começa uma nova fase, desta feita o Brasileiro da série C. A vantagem nesse aspecto, é que o jogo será no sertão, no entanto enfrenta uma equipe bem montada tecnicamente, no caso o Botafogo da Paraíba.

Pela série A, o Sport que vive momentos tumultuados dentro e fora de campo, estreia jogando em Minas Gerais contra a boa equipe do América Mineiro. Muitos problemas o treinador Nelsinho Batista enfrentou após a sua chegada, com um elenco limitado tecnicamente, jogadores sem se  doarem em campo e uma Diretoria também sem se entender.

 Alguns atletas contratados, a exemplo de Claudio Wink, Andrigo, Mark entre outros, porém acreditamos ser uma aposta, mesmo porque os atual elenco que compõe o Sport, deixa muito a desejar, e seria impreterível uma renovação maior, inclusive com dispensas e contratações de jogadores de peso, pela qualidade da competição.

 

Blog de Airton Sousa: Náutico não passou na prova de qualidade

Ponte-Preta-x-Náutico-e1523501942381-310x165

Há tempo que nós queríamos a prova da qualidade do Náutico, pelo fato da sua campanha no Campeonato Pernambucano. Essa aconteceu na noite dessa quarta-feira (11), diante da Ponte Preta, uma equipe apenas razoável do futebol paulista e sem expressão no cenário Nacional,  a verdade  é que o Náutico não passou no teste.

Uma derrota simples, um empate, até que era aceitável por o segundo jogo ser na Arena de Pernambuco. Porém, 3 x 0 é um placar decepcionante  principalmente pela maneira como aconteceu. O primeiro gol foi aos 16 minutos, o segundo aos 19 minutos e o terceiro aconteceu exatamente aos 26 minutos.

Uma sequência apenas de 10 minutos e tudo estava decidido a favor no time de Campinas, a partir daí só restava ao time da Ponte administrar o placar do jogo, mesmo estando ainda na primeira etapa de competição, diante de um adversário que não oferecia perigo, nem esboçava reação nenhuma.

Eu quero crer que os desfalques não influenciaram, exceção do jogador Ortigoza que se transformou na principal peça do time, o restante são jogadores que sempre estão jogando, no time principal  ou  time reserva. Daí entender-se que é realmente fragilidade técnica, que não foi demonstrada ao longo desses 100 dias de competições.

No segundo tempo, Roberto Fernandes colocou os jogadores Fernandinho e Hygor, porém pouco ou quase nada influenciaram. Jobson que cometeu uma falta violenta no jogador Douglas Carioca do Central na decisão e ficou por isso mesmo, terminou sendo expulso por jogo violento, no jogo de ontem  por ter aplicado uma cotovelava no adversário.

A Ponte Preta satisfeita com o resultado  pouco chutou. Apenas uma bola perigosa de Aaron prá fora, no segundo tempo. No final uma derrota massacrante, agora tem que fazer três gols, e não sofrer nenhum, caso contrário tem sua situação complicada. Tornou-se difícil para o Náutico a passagem para a próxima fase da Copa do Brasil.

O Náutico volta a jogar neste domingo (15), às 19h na Arena de Pernambuco contra o Santa Cruz, valendo a primeira rodada do Campeonato Brasileiro da série-C.  É o que nós chamávamos  anteriormente, no passado não muito distante  de “ Clássico Pernambucano”. Porém, não é novidade que os nossos clubes no momento são apenas domésticos

Blog de Airton Sousa: Jogadores do Central na Seleção dos melhores

                                               campeonato_pernambucano_2018_selecao_do_campeonato_500

Saiu a lista dos melhores do Campeonato Pernambucano de 2018, e o Central teve cinco jogadores escolhidos, confira os nomes:

Vitão – zagueiro, Charles – lateral esquerdo, Douglas Carioca, volante – Junior Lemos, meia

Leandro Costa, atacante.

Confira a Seleção completa:

Bruno (goleiro) Náutico – Tiago Ennes (lateral direito) Náutico – Camacho (zagueiro) Náutico

Vitão (zagueiro) Central – Charles (lateral esquerdo) Central, Douglas Carioca (volante) Central

Anselmo (volante) Sport, Cachito (meia ) América – Junior Lemos (meia) Central – Ortigoza

(atacante) Náutico, Leandro Costa (atacante) Central.

Total por clube:

Central – 5 jogadores (O maior numero de convocados).

Náutico – 4 jogadores

Sport – 1 jogador

América – 1 jogador

Técnico : Roberto Fernandes

Parabéns ao Central, que teve o maior numero de escolhidos entre os clubes: 5 jogadores.

 

Blog de Airton Sousa: Arbitragem dá título ao Náutico

                                                    IMG-20180408-WA0023(2)

Outra vez o Campeonato Pernambucano de Futebol é decidido pelo homem do apito a exemplo do ano passado a favor do Sport contra o Salgueiro. A arbitragem de Nielson Nogueira vinha bem, sendo inclusive elogiada pela crônica até os 28 minutos do primeiro tempo, quando da anulação do gol legítimo do Central.

Uma bola difícil, é verdade! No entanto, o auxiliar estava na mesma linha da bola. Cleberson Nascimento, que na cara de pau levantou o bastão, sendo automaticamente atendido pelo árbitro principal. A jogada foi tão legítima que nenhum jogador do Náutico contestou o gol patativa.

O melhor momento do Náutico antes do gol patativa, foi uma bola na trave aos 3 minutos de jogo, pelo camisa nove timbu, e algumas jogadas ofensivas sem tanto perigo. De resto, aos 20 minutos, Junior Lemos chutava por fora, aos 22 minutos era a vez de Leandro Costa, aos 24 minutos uma bola chutada por Fernando Pires, além da cabeçada de Douglas Carioca, aos 35 minutos.

Daí observar-se que o gol do Central, saiu no melhor momento do jogo. Nada mais de quatro oportunidade, onde a mais perigosa foi a jogada de Fernando Pires. Porém, aos 28 minutos houve a anulação do gol legítimo do Central e nem assim o time se intimidou, porque aos 35 minutos Douglas Carioca de virada chutava uma bola perigosa.

Para completar o que aconteceu no primeiro tempo, surge o gol do Náutico aos 44 minutos, uma falha do lateral Eduardo camisa 2. Ortigoza aproveita e chuta indefensável para o gol patativa. O tempo que saiu o gol timbu, foi uma ducha fria no elenco patativa, que foi ao vestiário perdendo injustamente por 1 x 0.

Na volta para o segundo tempo, o Central voltou com Lucas Silva no lugar de Gildo, que inclusive ninguém entendeu a sua escalação, e o Náutico voltou com Jobson. O Náutico veio pressionando e aos 13 minutos aconteceu o segundo gol, através de Jobson. Novamente falha do setor direito do Central.

Com 2 x 0 no jogo, esperava-se que o Central baixasse a cabeça, nada disso. O time partiu para cima com a entrada de Itacaré e a saída de Douglas Carioca cansado. Aos 25 minutos  o zagueiro Camacho coloca a mão na bola e o árbitro não tinha outra opção, se não marcar o pênalti que foi muito bem  cobrado por Leandro Costa diminuindo o placar do jogo.

A partir daí, o Central cresceu em busca do empate, enquanto que o Náutico aceitou a pressão, sem condição de reagir. Aos 32 minutos Lucas Silva aproveita uma largada de bola do goleiro Bruno, aos 35 minutos Junior Lemos coloca uma bola na trave, e  aos 48 minutos, a grande chance perdida por Lucas Silva.

Final de jogo, vitória de 2 x 1 para o Náutico e o título de Campeão depois de 13 anos sem conquistar o título. Uma grande festa na Arena, com um público de 42.352 pessoas e uma renda de R$ 956.694,00. Destacado-se a presença das torcidas do Náutico e do Central, uma verdadeira festa, antes, durante e após o jogo. Agora o time timbu prepara-se para o jogo da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (11) contra a Ponte Preta em Campinas.

Quanto ao Central, agora prepara-se para estrear no Campeonato Brasileiro da série-D na Bahia, contra a equipe da Jacuípense. Com relação ao trio de arbitragem, debitar a Diretoria do Central a responsabilidade de aceitar, porque todos sabiam  inclusive os dirigentes que os árbitros de Pernambuco não merecem credibiidade e deveriam ter providenciado um trio de arbitragem fora do nosso Estado, sendo  assim pagou caro, muito caro, pela economia.

Blog de Airton Sousa: Chegou a Hora da Decisão

                                    ttrofeu pernambucano 2018

Agora é tudo ou nada. A Arena de Pernambuco, será palco na tarde deste domingo (8), do jogo que apontará o campeão pernambucano de 2018. O Central, pela primeira vez decide o título ao longo dos seus 99 anos, enquanto que o Náutico faz exatamente 13 anos que não conquista um campeonato estadual.

As equipes se prepararam ao longo da semana, com jogadas ensaiadas, blefe em alguns casos e com alguns jogadores, além de treinos com portões fechados, visando com isso montar estratégias para os 90 minutos e para as cobranças de penalidades máximas, conforme o regulamento da competição.

No primeiro jogo domingo (1), no Estádio Lacerdão, tivemos um empate de 0 x 0, com um jogo em que o Central teve melhor comportamento no primeiro tempo, enquanto que o Náutico jogou melhor na segunda etapa de competição. Para esse domingo as forças se nivelam, inclusive nas campanhas ao longo do campeonato, onde a diferença do Náutico para o Central, foi o saldo de um gol+.

Por tudo isso, podemos dizer que as condições são de 50% para cada equipe. Enquanto o Náutico tem o privilégio de jogar na Arena com a maior parte dos torcedores ao seu favor, o Central tem ao seu favor a experiência do técnico Mauro Fernandes, além de um elenco tecnicamente melhor.

Aproximadamente 40 mil ingressos foram vendidos, com certeza um grande público, esperando-se que não aconteçam maiores incidentes. Na sexta-feira (6) foi apontado o trio de arbitragem, todos de Pernambuco:  Nielson Nogueira será o árbitro, sendo auxiliado por Clovis Amaral e Cleberson Nascimento.

 

Blog de Airton Sousa: Futebol Pernambucano continua pequeno

                           index

Atitudes baixas, amadoras, sem qualificação, parecendo até desespero e falta de segurança para chegar a decisão. Essa é a qualificação no mínimo, que podemos colocar para a Diretoria do Clube Náutico Capibaribe, e talvez esse comportamento explique a razão pela qual o clube há 13 anos não tenha conquistado nada, inclusive o Campeonato Estadual.

O que a Diretoria Timbu está fazendo desde segunda-feira (02), com o Central e sua torcida, é algo pequeno demais com a conivência da Federação Pernambucana de Futebol. Geralmente o clube visitante,  tem direito a 10% do total dos ingressos, ou seja, se o Náutico vendeu aproximadamente 38.000 ingressos, o Central teria direito a 3.800 ingressos.

Acontece que, somente quarta-feira (04) é que os ingressos começaram a chegar em Caruaru, pouco a pouco, ficando uma pequena parte no Central e o pouco restante em um  shopping  da cidade, em total falta de respeito a Diretoria Patativa e a torcida alvi-negra. No final, a confusão foi grande, muitas reclamações e terminou ficando o dito por não dito.

Aí eu pergunto: Será que essa baixaria ganha jogo? Ou o que ganha jogo é o futebol jogado em campo, com qualidade e técnica. Tudo isso, cria um molho perigoso para o jogo, esperando-se também que a arbitragem que só será indicada na próxima sexta-feira (06), por razões que só o Presidente da Federação, é que será capaz de explicar.

Sinceramente, vou torcer que para provar a qualidade do elenco do Central, o técnico Mauro Fernandes possa fazer valer todo esse clima de menosprezo da Direção do Náutico e da Federação  e levar aos seus comandados a motivação necessária para a vitória, e consequentemente a conquista do título.

Podemos até não ter um grande jogo tecnicamente, mais com certeza teremos um jogo corrido, cheio de detalhes, e quem sabe a partida possa ser decidida em um lance apenas. Terminando empatado, o campeão será decidido na cobrança de pênaltis. Só espero uma coisa, que o homem do apito não venha a apontar o campeão, como aconteceu o ano passado no jogo do Sport contra o Salgueiro.

Por Airton Sousa

Blog de Airton Sousa: Sport goleia e termina na terceira colocação do Pernambucano

266845,475,80,0,0,475,365,0,0,0,0

Terminou na noite dessa segunda-feira 02) para o Sport e Salgueiro, o Campeonato Pernambucano de 2018. O time Leonino foi absoluto no jogo e terminou vencendo pelo placar de 3 x 0, inclusive perdendo várias oportunidades de gols, graças a má pontaria dos seus jogadores, principalmente no segundo tempo.

Foi um primeiro tempo cheio de erros por parte dos dois times, havendo sempre uma supremacia do time rubro-negro. O Salgueiro apenas se defendia, sem forças para esboçar reação, principalmente a sua peça ofensiva que se deixava dominar pelos homens de defesa do Sport.

Terminando o primeiro tempo com o placar de 0 x 0, esperava-se que pelo menos o Sport conseguisse se acertar, e foi o que aconteceu. Aos 9 minutos uma saída errada do goleiro Mondragon, e Pablo aproveitou para abrir o marcador e deixar o Sport na frente, com a perspectiva de chegar logo ao segundo gol.

E foi exatamente o que aconteceu, aos 29 minutos outra vez com uma falha da defesa salgueirense que parou no lance, Léo Ortiz de peito sozinho fez o segundo gol, ampliando a vantagem. A partir daí, o Sport passeou em campo, e o Salgueiro apenas observava sem força para reagir.

Mesmo com o time leonino jogando apenas o suficiente para ganhar, logo chegava ao terceiro gol, com o sistema defensivo do Salgueiro falhando e permitindo a conclusão de Pablo, aos 33 minutos, fechando o placar em 3 x 0, e marcando o seu segundo gol no jogo. Com isso, o Sport encerra a competição em uma modesta terceira posição.

A verdade, é que o time da Ilha necessita de uma limpeza no seu elenco, e a contratação de novos e bons jogadores, para reforçarem o time para a difícil competição, que é o Campeonato Brasileiro da serie-A. Enquanto isso, o Salgueiro que sofreu um desmonte o ano passado, também precisa contratar para ter uma participação positiva na série-C.

Com relação a Copa do Nordeste, saíram os grupos na próxima fase que só começa no mês de maio. O Santa Cruz, primeiro colocado do seu grupo vai enfrentar ao time do ABC. Ainda não temos datas marcadas para os jogos, porém já é certo que o tricolor do Arruda faz o primeiro jogo em Natal, e a segunda partida no Arruda.

Blog de Airton Sousa: Ninguém ganhou no primeiro jogo

1 04 2018

Um jogo bastante movimentado, sem contudo termos jogadas ensaiadas e técnicas, foi o resultado da primeira partida da decisão do Campeonato Pernambucano de Futebol, entre o Central e o Náutico na tarde desse domingo (01) no Estádio Lacerdão. Um público de 14.080 pessoas, para uma renda de R$ 398.980,00. O que podemos considerar muito bom.

O Central foi melhor na primeira fase, tendo duas chances concretas de gol, aos 2 minutos com Fernando Pires, e aos 10 minutos com Vitão. Só aos 40 minutos é que o Náutico teve sua oportunidade, através do jogador Negreti. O restante do tempo, apenas jogadas aéreas, passes errados, muitas falta e nervosismo.

No segundo tempo, o Náutico já voltou com duas modificações: Junior Timbó e Fernandinho, além da entrada de Wendell  no lugar de Josa que saiu contudido. Antes porém, aos 5 minutos o jogador Leandro Costa cabeceou para uma grande defesa de Bruno. Outra modificação, desta feita no Central, foi a entrada de Paulo Fernando aos 12 minutos, no lugar de Eduardo.

As alterações do Náutico, fizeram  o time crescer e daí então o time timbu passou a predominar na partida. Aos 15 minutos Fernando Pires chuta forte por cima, enquanto que Ortigoza finaliza com perigo aos 17 minutos. No entanto, o Náutico colocava mais velocidade no jogo e o Central aceitava, até que aos 20 minutos saiu Douglas Carioca e entra Graciano.

Aí estava a tentativa do técnico Mauro Fernandes de aumentar a marcação do seu time, visto que o Náutico continuava melhor no jogo. Tudo indicava pela dificuldade que os times tinham de chutar contra os gols adversários que o jogo terminaria 0 x 0. Finalmente, aos 30 minutos Lucas Silva entrou no lugar de Itacaré.

Sem vencedor, as equipes ficam em igual condição para a segunda partida  domingo (08) na Arena de Pernambuco, considerado um campo neutro. A diretoria do Central, insatisfeita com a maneira de arbitrar de Péricles Bassols, que exagerou  nas paralizações, truncando demasiadamente o jogo, irá solicitar da Federação arbitragem de fora, no que está correta com essa reinvidação.

 

Blog de Airton Sousa: Um domingo decisivo para o Central

                                                                10Finalmente chegou o grande dia  para o futebol de Caruaru. Pela primeira vez na história do alvi-negro o clube chega a decidir o Campeonato Pernambucano. São quase 99 anos sem nenhuma conquista do Estadual de Profissionais. Porém, chegou a grande hora do Central tentar conquistar o Campeonato .

Porque tanto tempo sem que esse fato acontecesse? Pela falta de planejamento e execução, pela presença de dirigentes imediatistas, por não implantar um elenco de qualidade, por não ter um técnico de conhecimento e respeito. Agora a nova diretoria assumiu, começou a planejar , trouxe um elenco e uma comissão técnica que se faz respeitar.

Aliando-se a tudo isso, um grupo de jogadores que vestiram a camisa do clube e que se deram de corpo e alma para o objetivo da conquista. Futebol, é futebol. A decisão será em duas partidas, primeira no Lacerdão e a segunda na Arena de Pernambuco, e o principal de tudo isso será a participação e o incentivo da torcida Caruaruense.

As equipes se equivalem, enquanto o Náutico tem um elenco um pouco mais determinado, o Central tem um elenco técnico e que assumiu entre si, a tentativa de levar o time ao título. Os treinadores também se equiparam, Roberto Fernandes pelo Náutico e Mauro Fernandes pelo Central, todos acostumados a grandes decisões.

Esperar um grande jogo, que não aconteça a interferência da arbitragem no resultado, que as torcidas se respeitem, que a segurança possa ser ágil e competente. E você torcedor, vá torcer com educação para que não tenhamos o desprazer de registrarmos  fatos desagradável, afim de que a festa não seja manchada. 50% para o Central, 50% para o Náutico. É um jogo de igual para igual.

Blog de Airton Sousa: Acabou a Copa do Nordeste para o Náutico

Lance-Altos-x-Nautico-748

Preocupado com o jogo de domingo (01), contra o Central na decisão do Campeonato Estadual, o técnico Roberto Fernandes resolveu viajar com o time alternativo para o jogo contra o Altos do Piauí. Dessa vez não deu certo porque o time do Altos queria sair da competição, mesmo desclassificado , de cabeça erguida.

E foi exatamente isso que aconteceu, inclusive os comentários de que os dirigentes do Botafogo da Paraíba, haviam enviado incentivo financeiro. Tive a impressão que sim, porém é bom lembrar que esse mesmo Altos quase complicava a situação do Bahia em Salvador, afinal de contas partiu na frente, em plena Arena Fonte Nova.

Quanto ao jogo, muita chuva antes, durante e depois . O Náutico abriu o placar aos 13 minutos e tudo deixava transparecer que seguraria o placar, no entanto um pênalti duvidoso deu o empate ao Altos, posteriormente a virada, também com uma outra jogada duvidosa, no entanto o time do Piauí estava na frente do placar, 2 x 1.

Porém, nada estava decidido no primeiro tempo. O Náutico chegava ao empate, terminando a primeira etapa com o placar de 2 x 2. Muitas reclamações dos jogadores do Náutico, contra o árbitro Cearense Avelar Rodrigues da Silva, mais a verdade é que o Náutico foi um time extremamente desorganizado.

No segundo tempo, o time Timbu quase nada mudou. Voltou desorganizado, sem criação de jogadas e finalizações, e os melhores momentos do jogo foram da equipe do Altos, que obrigou o goleiro Bruno a realizar excelentes defesas, evitando que acontecesse o terceiro gol do time do Piauí.

O Náutico está fora da próxima fase da Copa do Nordeste, e agora  prepara-se para  a disputa do título em dois jogos contra o Central. Domingo (2) no Lacerdão, e no outro domingo (8) na Arena de Pernambuco. Classificaram-se no grupo do Náutico, o Bahia que venceu ao  Botafogo pelo placar de 2 x 0. Bahia primeiro colocado, Botafogo PB segundo colocado.

Blog de Airton Sousa: Náutico na final ao lado do Central

nauticosalgueiro

Pernambuco conheceu na tarde desse domingo (25), o adversário do Central para os dois jogos finais do Campeonato Pernambucano de Futebol. O Náutico jogando na Arena de Pernambuco, conseguiu vencer ao Salgueiro pelo placar de 3 x 2, ganhando assim, o direito de decidir em duas partidas, o título de Campeão Pernambucano de 2018.

São treze anos sem o time alvi-rubro conquistar o Campeonato Estadual, deixando o seu torcedor na expectativa a cada campeonato que o time disputava. Assim, o alvi-rubro começou o ano do zero, aos poucos foi se organizando. Classificou-se na Seletiva para a Copa do Nordeste, avançou na Copa do Brasil e está na final do Campeonato Estadual.

São as surpresas que a vida oferece, e para o Náutico essas surpresas foram para  o lado bom. Aconteceu o planejamento e a execução, contratações humildes, uma folha de pagamento inferior a R$ 300 mil reais, e um grupo que atendeu ao apelo do treinador, jogando e brigando independentemente do adversário, ou da competição.

Voltando ao jogo deste domingo (25), as duas equipes começaram nervosas, com muitas faltas e o Náutico tomando um gol de pênalti aos 24 minutos, através do jogador Dadá, colocando o Salgueiro na frente do marcador. Perdendo o jogo o Náutico não se entregou, principalmente pela força da torcida, e empatou com um gol contra de Luiz Eduardo, aos 41 minutos.

No segundo tempo o Náutico voltou melhor, desempatou aos 19 minutos com Ortigoza. A partir daí o Salgueiro se rendeu, tomou o terceiro gol aos 46 minutos com o zagueiro Camacho, e quando se esperava está decidido o placar, o Salgueiro contra-ataca e faz o segundo gol, aos  47 minutos , com o jogador Maurício.

Era tarde, porque o Náutico estava determinado a vencer o jogo e foi exatamente o que aconteceu. O time de Sergio China, não teve força suficiente para repetir o futebol do primeiro  tempo. Com a vitória, o Náutico decide em duas partidas o título com o Central, nos dias 01 e 08 de abril, enquanto que o Salgueiro decide com o Sport a terceira colocação no dia 02 de abril, na Ilha do Retiro.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz empata e classifica-se; Náutico vence e continua vivo

Na noite desta quinta-feira (22), dois clubes de Pernambuco estiveram jogando. O Santa Cruz ao empatar contra o Treze, no Estádio Amigão, em Campina Grande, conseguiu a classificação antecipada, somando agora nove pontos e ainda tem a última partida a ser jogada. Enquanto isso, o Náutico venceu na Arena de Pernambuco, ao Botafogo PB pelo placar de 1 x 0.

2018_nautico_x_botafogo_pb_copa_do_nordeste_560_3 923f87c46e3cbcc97b82714dd325280b

O empate tricolor beneficiou ao time Pernambucano, em razão de que os  últimos colocados não tem condição de alcançar na pontuação ao time do Arruda. O Confiança e o Treze, estão respectivamente com cinco e quatro pontos somados. O Santa Cruz, que ao lado do Clube de Regatas Brasil, já se garantiram na fase seguinte.

Agora, é aguardar o final desta fase, para o Santa Cruz saber que adversário vai enfrentar no mata-mata da competição, na tentativa de avançar a exemplo de anos anteriores na Copa do Nordeste. Enquanto isso, os dirigentes em comum acordo com o treinador, buscam novos e importantes reforços para o Brasileiro da série-C.

O Náutico por sua vez, mesmo com o time misto conseguiu vencer ao líder Botafogo, já classificado pelo placar de 1 x 0. Com a vitória o time alvi-rubro passou a sete pontos, tem que vencer  ao Altos do Piauí fora de casa, e vai depender também do jogo do Bahia com nove pontos, contra o Botafogo com dez pontos.

Agora, o pensamento do técnico Roberto Fernandes, é a decisão neste domingo (25), na Arena de Pernambuco contra o Salgueiro, valendo a vaga para a final do Campeonato Pernambucano ao lado do Central. Será um jogo extremamente equilibrado, em razão da qualidade do time sertanejo. Esperar que a arbitragem não venha influenciar no resultado, como aconteceu contra o Afogados.

Blog de Airton Sousa: Gilberto Castro Junior 1 x 0 Afogados

                                   nautico-afogados1

Uma vergonha, foi o que nós vimos na tarde desse domingo (18) na Arena de Pernambuco, por ocasião do jogo do Náutico contra o Afogados. Um primeiro tempo difícil para o time de Roberto Fernandes, onde a equipe  sertaneja não se rendeu aos valores individuais do time alvi-rubro, aplicando uma boa marcação e jogando totalmente coinsciente.

Apenas uma cabeçada de Wendel para uma excelente defesa do goleiro Evandrizio, aos 22 minutos. Poucos lances ofensivos, sem tanto perigo para o time de Pedro Manta com um primeiro tempo disputado, dentro de um clima de precaução do Afogados. No entanto, ainda vinha novidades pela frente no segundo tempo.

A novidade era exatamente o dedo do árbitro Gilberto Castro Júnior, que aos 19 minutos com um confronto dentro da área, lance normal corpo a corpo, descobre uma falta, marca a penalidade e o jogador Junior Timbó cobra muito bem, marcando 1 x 0 e deixando a vantagem para o time timbu, conforme manda o figurino, o grande sempre prevalece na hora da dúvida.

Depois do gol, o Afogados sentiu, não teve equilíbrio para reagir e no final Gilberto Castro Junior colocou o Náutico nas semi-finais do Campeonato de 2018. Agora, fica o alerta para a diretoria do Central no jogo desta quarta-feira (21) contra o Sport. É lamentável, em todos os estados da Federação, os intermediários conseguem título, em Pernambuco tem que ser um grande.

O jogo entre Náutico e Salgueiro valendo a vaga para a final, será neste domingo (25), na Arena de Pernambuco. Enquanto isso, o time alvi-rubro enfrenta ao Botafogo da Paraíba nesse meio de semana. O time paraibano é o líder do grupo com 10 pontos, já classificado. O Bahia vem na segunda colocação com 6 pontos, enquanto que o Náutico soma 4 pontos e tem que vencer para continuar na disputa da vaga para a fase seguinte da Copa do Nordeste.

 

Blog de Airton Sousa: Náutico e Afogados último jogo das quartas de final

                                                na

Conhecidos os três classificados para as semi-finais, agora vamos conhecer neste domingo (18), o outro time que formará o grupo dos quatro. Central e Sport, Salgueiro e o vencedor do último jogo, a partir daí o confronto em apenas uma partida para saírem os dois semifinalistas, cuja data ainda não se sabe, porque tem Copa do Nordeste neste meio de semana.

O Náutico vem de uma classificação para a quarta rodada da Copa do Brasil, com um jogo cansativo e desgastante contra o Cuiabá. Porém, como tem acontecido com o time, geralmente o técnico Roberto Fernandes tem feito alterações, no decorrer da partida.

Tem sido um time de competência, passando fases importantes das competições que tem participado este ano. Entendendo-se que o treinador tem tido muita estratégia e organização para escalar o time, principal ou reserva. Daí entender-se por este lado, que o Náutico é o favorito para o jogo.

Quanto ao Afogados com toda humildade, chegou as quartas de final do Campeonato e temos que colocar méritos no treinador, na diretoria e no grupo de jogadores. Entra no jogo como franco atirador, porque a intenção era permanecer na primeira divisão, e isso já aconteceu. Daí entendermos o que acontecer será lucro para o time sertanejo.

 

Blog de Airton Sousa: Copa do Nordeste para Pernambuco neste fim de semana

                                                  burrp

Com os jogos das quartas de final marcados para quarta-feira (14), e as nossas equipes preparando-se para mais uma rodada da Copa do Nordeste  neste sábado (10), teremos o Santa Cruz jogando contra o Clube de Regatas Brasil em Maceió. A equipe tricolor vem com uma boa campanha, somando sete pontos e brigando pela liderança do  grupo A.

Depois de deixar uma boa impressão no clássico contra o Sport pelo Campeonato Estadual, a torcida espera que mesmo fora de casa, e contra um adversário vibrante em casa e fora de casa, o Santa Cruz possa superar as suas e as dificuldades que o adversário irá esboçar, disso não temos dúvida.

O Santa Cruz soma sete pontos e lidera o grupo, enquanto que o Regatas é o segundo colocado com seis pontos. Bem atrás estão: O Treze com zero ponto, enquanto que o Confiança tem menos dois pontos, em razão de punição pela CBF pela colocação de um jogador irregular.

Por outro lado pelo grupo C,  o Náutico enfrenta ao Bahia na Arena de Pernambuco. O time Timbu está na terceira posição, somando apenas um ponto, fruto de um empate com o Altos do Piauí. Enquanto isso, o Bahia é o segundo colocado somando seis pontos. Entende-se que será um jogo difícil para o time Pernambucano.

Acontece com o Náutico na Copa do Nordeste, o inverso da sua participação no Campeonato Estadual e na Copa do Brasil, onde o Clube tem participações destacáveis. Porém, o torcedor espera que jogando na Arena de Pernambuco, o time possa superar as dificuldades e conseguir uma vitória,o que melhoraria a sua posição na tabela.

Pelo grupo D, o  Salgueiro a exemplo do Náutico está em uma situação complicada. Soma apenas um ponto, é o quarto colocado e só a vitória interessa, já que o Sampaio Correia é o primeiro colocado do grupo, com sete pontos enquanto que o Ceará soma seis pontos, e está na segunda colocação.

O adversário do Salgueiro o CSA, é o terceiro colocado e tem apenas dois pontos. Daí se o Salgueiro conseguir vencer, passará  a somar quatro pontos, podendo  aproximar-se principalmente do Ceará que também joga, desta feita com o Sampaio Correia na cidade de Fortaleza. Todos os jogos dos Pernambucanos, serão neste sábado (10).

 

Blog de Airton Sousa: Náutico vence e tem a vantagem do empate no segundo jogo

2018_nautico_x_cuiba_560

A torcida do Náutico teve nesta quarta-feira (28), mais uma noite recheada de emoção, quando viu o time vencer ao Cuiabá pela Copa do Brasil, terceira fase pelo placar de 2 x 1. Foi um passo importante dado pelo time Pernambucano, que agora joga por um empate no dia 14 de março, na casa do adversário.

Nada está definido, no entanto, a vitória deu ao alvi-rubro a tranquilidade de saber que agora, é o adversário que está no prejuízo. Foi um primeiro tempo em que os comandados de Roberto Fernandes jogaram atrás,esperando o adversário num clima de muito nervosismo e  pouca criatividade dos dois lados, daí o placar de 0 x 0.

No segundo tempo, com o time mais calmo e ofensivo, Roberto Fernandes conseguiu ajustar as principais peças, principalmente após a expulsão do zagueiro Marcelo do Cuiabá aos 10 minutos. Momentos depois  aos 12  minutos,  o Náutico abre o placar. Uma cobrança de falta, a bola sobra para o atacante Ortigoza que complementa marcando o gol, aos 12 minutos de jogo.

Com a vantagem  no  placar e com um jogador a mais, o Náutico tinha tudo para  ampliar,no entanto era o caruaruense Doda, que aproveitava um cruzamento e a falha de marcação do sistema defensivo timbu e deixava tudo igual no jogo, aos 23 minutos. O Náutico mantinha a tranquilidade, e aos 32 minutos uma jogada entre Ortigoza e Tarciso,  Tarciso ampliava o placar do jogo para 2 x 1.

Agora,  o Náutico leva para a partida de volta no dia 14, a vantagem do empate para conseguir a classificação e o premio de R$ 2 milhões  e quinhentos  mil reais. Porém, foi importante a vitória e mais importante ainda é manter a concentração e a humildade, para não se deixar levar pela euforia. Com certeza, o técnico Roberto Fernandes  saberá como comandar o grupo, evitando o já ganhou.

Por outro lado, complementando a oitava rodada do Campeonato Pernambucano, o Santa Cruz enfrenta ao Flamengo na cidade de Arcoverde. O time do interior é o lanterna e em razão da campanha, a diretoria trocou de treinador. Ainda pela oitava rodada, o Pesqueira também de treinador novo, enfrenta a equipe do Salgueiro que evoluiu nos últimos Jogos. As duas partidas acontecerão na noite desta quinta-feira (01).

Blog de Airton Sousa: Náutico vence e lidera isolado o Campeonato

v.php

Na noite dessa segunda-feira(26), o Náutico com o time B, venceu ao Flamengo pelo placar de 1 x0. É a quinta vitória do time B do Náutico, provando que acima de tudo também no futebol, planejamento é fundamental. Mal terminava o Campeonato Brasileiro e com o rebaixamento, o técnico Roberto Fernandes sentava para planejar 2018.

Primeiro a seletiva da Copa do Nordeste, na sequencia o inicio do Campeonato Estadual e paralelo  a tudo isso chegava  também a Copa do Brasil. Veio o aproveitamento de algumas peças da base, juntando-se a alguns jogadores mais limitados tecnicamente e em seguida o trabalho com o elenco de cima.

A resposta aí está, na Copa do Nordeste, o time não se deu bem,e dificilmente classifica-se para a segunda fase, porém avançou duas fases da Copa do Brasil, e já nesta quarta-feira(28) joga a primeira partida da terceira fase, além da liderança isolada do Campeonato Estadual com dezoito pontos,exatamente  com o time B.

 Uma vitória importante contra o Flamengo, nessa segunda-feira pelo  placar de 1×0, somando agora dezoito pontos e o aparecimento de alguns jogadores,que certamente  serão filtrados pelo treinador Roberto Fernandes, ao longo desse ano. A verdade, é que mesmo tendo terminado o ano desacreditado, hoje  o alvi-rubro é que faz o melhor trabalho.

Quanto ao Flamengo, vê a volta a segunda divisão cada vez mais próxima, porque é lanterna do Campeonato, não está encontrando poder de reação,  sómente acontecendo essa vira volta se nos jogos que restam, a equipe reagir começando pelo jogo desta quinta-feira(01) contra o Santa Cruz, nos seus domínios.

Blog de Airton Sousa: Náutico perde e se complica

 e71c13d9e91f701bbf52cce539b32687

Na noite dessa quinta-feira (23), jogando em Salvador o Clube Náutico Capibaribe perdeu para o Bahia pelo placar de 2 x 1. A derrota complicou a situação do time na Copa do Nordeste, pois o Náutico necessitava voltar para Pernambuco, pelo menos com um empate, para continuar sonhando com a classificação.

Com a vitória o Bahia passou a somar 6 pontos, enquanto que o Náutico permanece apenas com um ponto, tendo a sua situação complicada, em razão da pontuação do próprio Bahia e do Botafogo. Classificam-se duas equipes para a fase seguinte, e nesse momento a distancia timbu para os dois primeiros colocados passa a ser muito grande.

Quanto ao jogo, o Náutico fez um péssimo primeiro tempo, sendo dominado pelo time Baiano e não acertando os principais setores do time, diferente do ultimo jogo  quando venceu ao Afogados e deixou uma boa impressão ao longo da partida, animando a sua torcida, que via perspectiva de mais um resultado positivo desta feita, contra o Bahia.

Mesmo perdendo pelo placar de 1 x 0, na volta do segundo tempo, o técnico Roberto Fernandes, fez algumas modificações táticas e com substituições, porém logo tomou o segundo gol, tendo a situação complicada no jogo, mesmo tendo feito o primeiro gol, porém se tornava impotente para evoluir mais e marcar pelo menos o empate.

O técnico Roberto Fernandes como sempre, saiu de campo reclamando o rendimento de algumas peças, no entanto sabemos a limitação do grupo técnica e fisicamente. Agora a atenção do Náutico se volta para o Campeonato Pernambucano e principalmente para a Copa do Brasil, onde joga na próxima semana a primeira partida na Arena de Pernambuco.

Blog de Airton Sousa: Pernambucanos em campo nesta terça-feira

Futebol-Pernambucano

Nesta terça-feira (20), teremos o Santa Cruz jogando contra o Clube de Regatas Brasil, pela Copa do Nordeste e o Náutico enfrentado na Arena de Pernambuco a equipe do  Afogados. O jogo entre o Santa Cruz e o CRB, tem um prenuncio de ser difícil para o tricolor Pernambucano, em razão da campanha que vem fazendo o time comandado pelo técnico Mazola Junior.

O time Alagoano é o líder do grupo somando seis pontos, enquanto que o tricolor Pernambucano, é o segundo colocado com quatro pontos, tornando-se indispensável a vitoria do Santa Cruz, para evitar que o adversário avance mais ainda e ganhe distancia, principalmente do tricolor.

Nesse mesmo grupo o  Confiança tem um ponto, enquanto que o Treze até agora não somou nenhum ponto.  Daí, observar-se a necessidade de uma vitoria tricolor, para aos poucos ir avançando no Campeonato e se garantindo na próxima fase, onde receberá uma premiação por esta classificação, fato aliás muito importante.

Enquanto isso, o Náutico entra em campo com o time reserva  na Arena de Pernambuco, jogando contra a equipe do Afogados pelo Campeonato Pernambucano. O Jogo para o alvi-rubro representa a liderança da competição, caso vença já que a rodada será complementada na quarta-feira (21).

Quanto ao time do interior, vem surpreendendo a todos, deixando para trás os concorrentes direto, a exemplo do Flamengo, Pesqueira, Salgueiro e Belo Jardim. Tem sido realmente uma campanha muito boa do Afogados, e para o Náutico todo cuidado é pouco. Visto que o treinador Roberto Fernandes, preferiu poupar os titulares para essa partida.

Na quarta-feira (21), teremos os seguintes jogos: Belo Jardim e Sport no Lacerdão, Vitória e Central na Arena de Pernambuco, Pesqueira e Salgueiro. O jogo entre Flamengo e Santa Cruz, só será realizado na próxima semana, dia quatro de março. Portanto, mas uma semana movimentada para o futebol Pernambucano, com o Campeonato Estadual e Copa do Nordeste.

Blog de Airton Sousa: Empate no clássico entre Santa Cruz e Náutico

                                            17022018

Na noite desse sábado(17), tivemos no Estádio José do Rego Maciel o empate de 0 x 0 entre o Santa Cruz e o Náutico. Um jogo razoavelmente movimentado no primeiro e segundo tempo, dentro das limitações técnicas e físicas das duas equipes. O Náutico teve um melhor trabalho com as jogadas criadas pelo seu meio de campo, enquanto que o Santa Cruz limitava-se principalmente pelo setor esquerdo, entre os jogadores Ávila e Robinho.

A defensiva tricolor foi bastante acionada, muito embora a maioria das jogadas aconteceram em razão da fragilidade na proteção dos volantes Jorginho e Luiz Otávio. Em contra partida pelo Náutico, destaque-se a atuação dos jogadores Negreti, Josa, Junior timbó e Wallace Pernambucano. No entanto os dois times pecaram nas finalizações, daí o pouco trabalho exercido pelos goleiros Tiago e Bruno, respectivamente.

No primeiro tempo, o Náutico teve três chances com Medina aos 5 minutos, Wallace Pernambucano aos 30 minutos e Camutanga aos 42 minutos. Enquanto isso o Santa Cruz teve  duas oportunidades de gol, com Genilson aos 8 minutos e Robinho aos 40 minutos. Questionou-se um gol anulado de Augusto para o Santa Cruz, no entanto antes que a bola chegasse ao atacante tricolor, tivemos a antecipação de Artur atrapalhando o zagueiro de chutar a bola, isso aos 46 minutos.

No segundo tempo as chances também foram maiores para o Náutico: Fernandinho aos 10 minutos, Negreti aos 18 minutos, Tarcisio aos 32 minutos e Kevin aos 40 minutos, no total de quatro oportunidades, contra três do Santa Cruz: Augusto aos 3 minutos, Genilson aos 23 minutos e Ericles aos 44 minutos.

 Após 35 minutos de jogo no segundo tempo notou-se o cansaço das duas equipes. Porém o empate foi um bom resultado para os dois times. O próximo jogo do Náutico é terça-feira(20) contra o Afogados, enquanto que o Santa Cruz joga na quarta-feira, contra o Flamengo. No domingo teremos no Lacerdão, o jogo entre Central e Belo Jardim e finalmente na Ilha do Retiro o Sport enfrenta ao America e o Salgueiro joga contra o Flamengo.

 

Blog de Airton Sousa: Clássico pelo Pernambucano e Mudanças no Sport

                                        a1

Em meio a uma provável reação do Santa Cruz depois de vários jogos, teremos neste sábado à noite (17) o jogo entre tricolores e alvi-rubros. O time timbu vive um momento que há muito não vivia, técnica e financeiramente. Daí esperar-se um jogo bem disputado, pela fase que estão passando  os dois clubes.

A liderança do Campeonato está com o Náutico que soma 11 pontos, enquanto que pela Copa do Brasil o clube já ganhou a condição de jogar a terceira fase, tendo uma premiação até agora de R$ 2 milhões de quinhentos mil reais. O técnico Roberto Fernandes está começando a dá a sua cara ao time, inclusive com reforços liberados essa semana.

Ainda com relação ao Náutico, a torcida vive um momento de graça e paz em razão do inesperado acerto nas competições que está participando até agora, e a tranquilidade que a diretoria está tendo para trabalhar esse grupo, se dando ao luxo inclusive de efetuar algumas contratações. Por esse lado o Náutico passa a ser  favorito para o clássico.

Enquanto isso, o Santa Cruz não vive a tranquilidade que o adversário está vivendo, no entanto a apresentação do grupo nos dois últimos jogos, respectivamente contra o Salgueiro e Afogados , no entanto tratando-se de um clássico, esses dois resultados não servem de parâmetros, porém não se descarta a possibilidade de vitória também do Santa Cruz.

O jogo será às 18.30, portanto um horário diferente. Porém, com o Recife vivendo ainda o encerramento das festividades do carnaval, tirando uma parte do publico do jogo.  Ainda serve de argumento principalmente para um publico pequeno, a decepção da torcida tricolor.No entanto, é melhor esperar o resultado, o público e a arrecadação, para vê o que vai acontecer.

Com relação ao Sport, foi preciso a decepção do resultado e a desclassificação na Copa do Brasil, para que fossem tomadas medidas drásticas, antes que o barco afundasse de vez. Não adianta procurar os culpados, desde os jogadores, o técnico Nelsinho Batista e a diretoria. Cada um tem uma parcela de culpa em meio a decorrada leonina.

Para o Sport agora, só resta o Campeonato Pernambucano, com a obrigação de ser campeão e tentar  segurar a primeira divisão este ano, no Brasileiro.  Depois de uma reunião extremamente nervosa, pediram afastamento o vice de futebol Arnaldo Carrero(que acumulava a função), os diretores Aluisio Maluf, Augusto Carreras e Rodrigo Barros.

Ainda não foi anunciada a nova diretoria de futebol, enquanto que o  coronel Adelson Vanderlei  atual gerente de futebol, ficará responsável pelo setor de forma interina. Será uma decisão a ser muito bem pensada, portanto sem que haja necessidade de uma decisão rápida e apressada. Esperar que a calmaria volta a reinar na Ilha do Retiro.

Blog de Airton Sousa: Quarta-feira de vitórias e espera-se o mesmo nesta quinta-feira

1.-LOGO-FUTEBOL-PE-FUNDO-TRASPARENTE

Jogando pela Copa do Brasil na noite dessa quarta-feira (14), o Náutico conseguiu uma suada porém, importante vitória de 1 x 0 frente ao Fluminense de Feira de Santana. Foi um jogo difícil, no entanto o time timbu foi valente e terminou se classificando para a próxima fase da competição.

O time baiano dominou o jogo o tempo todo, teve nada mais que vinte chutes perigosos para a meta do Náutico, onde o goleiro Bruno fez defesas incríveis, deixando a torcida confiante de que mesmo jovem, Bruno já é uma realidade no gol alvi-rubro. Enquanto isso, o Náutico estava recuado esperando o adversário.

A vitória premiou o Náutico em hum milhão e quatrocentos mil reais, que somados as premiações anteriores, totaliza a quantia de dois milhões e quinhentos mil reais, valor esse que dará uma tranquilidade financeira a diretoria, que já pode dá ao treinador Roberto Fernandes algumas peças com mais qualidade como reforços.

Enquanto isso, o Santa Cruz conseguiu a sua segunda vitória no Campeonato Pernambucano. Ao vencer ao Afogados, o tricolor saiu da incomoda zona de rebaixamento, somou 6 pontos e fechou a rodada na quinta colocação do Campeonato. O treinador tricolor não economizou elogios ao elenco, e garantiu que agora o torcedor pode ficar confiante.

O próximo jogo do Santa Cruz pelo Campeonato Pernambucano é contra o Náutico no Arruda, daí a importância do resultado contra o Afogados, que passa a transmitir mais confiança dentro do  próprio elenco. Aguarda-se novidades, pois a diretoria e o treinador estão em busca de novos e importantes reforços, com a qualidade que o elenco está necessitando.

Hoje à noite outra vez Pernambuco entra em campo, representado pelo Sport e Salgueiro. O rubro-negro joga na Ilha do Retiro, contra o Ferroviário do Ceará, com a obrigação de vencer. Por outro lado,  o Salgueiro tem um jogo muito difícil contra o Fluminense no Rio de Janeiro. Ambos os jogos serão pela Copa do Brasil.

Blog de Airton Sousa: Resultados de Pernambuco na Copa do Brasil

Screenshot_20180202-055514~2

Situações opostas aconteceram na noite dessa quarta-feira (31), quando da realização de jogos pela Copa do Brasil, envolvendo os três representantes de Pernambuco na competição. Todos os três em uma situação financeira igual, sem qualquer diferença, no entanto, prevaleceu a competência do Náutico, mesmo com um fraco futebol.

Enquanto isso, o Salgueiro dentro da sua reação inesperada, principalmente em competições a nível nacional, terminou com todo mérito vencendo pelo placar de 3 x 2, ao time do Operário, garantindo um faturamento de hum milhão e cem mil reais, que dará com certeza para custear no mínimo as despesas de quatro meses. O adversário do Salgueiro é o Fluminense no Rio de Janeiro.

Com relação ao Santa Cruz, nada mudou. Mais uma derrota, mais uma decepção, mais sofrimento para a torcida e o temor que essa situação continue no Estadual, na Copa do Nordeste e no Campeonato Brasileiro. Porque está provado que a questão não é de comando técnico, e sim a fraca qualidade do elenco, com poucas e raras exceções.

Aí vem a pergunta: O prejuízo de  seissentos mil reais quem vai pagar? Os compromissos que que estavam sendo programados para serem pagos com essa quota ficam como? O desgaste perante a crônica, a torcida, como explicar? Lamentavelmente a derrota de 2 x 0 para o Fluminense de Feira, mostrou a fragilidade do time e as dificuldades para uma recuperação.

Agora, mesmo cambaleando e com o técnico Roberto Fernandes insatisfeito, a diretoria alvi-rubra terá a tranquilidade de administrar as finanças e preparar o grupo para o jogo difícil contra o Fluminense de Feira de Santana, na casa do adversário. A regra agora muda, o empate não vale como resultado, e se acontecer o empate, a partida será decidida em pênaltis.

Neste sábado (04), agora sim pelo Campeonato Pernambucano, teremos os seguintes jogos: Vitória e América, Flamengo e Afogados, Pesqueira e Náutico. Os dois jogos mais equilibrados serão, Central e Sport no Lacerdão, Salgueiro e Santa Cruz em Salgueiro. Uma rodada extremamente importante. A expectativa do público, essa é outra questão.

Blog de Airton Sousa: Pernambuco e a Copa do Brasil

                                       taça cop basil

Começa nesta quarta-feira (31), a Copa do Brasil para Pernambuco com a realização de três jogos. Todas as equipes jogam fora de casa, pelo novo critério da competição onde quem joga na casa do adversário empatando ou vencendo, está classificado para a fase segunda da competição, o que torna mais prático e economiza calendário.

Foi realmente um bom sistema de competição, porque muitas vezes ampliava o calendário apertando as competições paralelas. Os três clubes do nosso estado jogam todos na casa do adversário, o que aumenta a responsabilidade porque é tudo ou nada. No entanto, pela participação dos nossos representantes no estadual fica um pouco temível os resultados.

É dificil, tanto no campo técnico como no campo financeiro, em razão de que até agora passadas quatro rodadas nenhum deles teve participação de destaque, e nós sabemos a rivalidade existente entre os clubes nordestinos, mesmo aqueles sem tanta expressão técnica e sem presenças constantes na mídia. O Sport só estreia no dia (07/02) contra o Santos do Amapá.

O Náutico vai ao Maranhão para enfrentar o desconhecido Cordino, com a obrigação de voltar classificado, porque além de passar para a fase seguinte, ganhará uma boa grana que com certeza ajudará a saldar os compromissos do momento. O Santa Cruz vai até Feira de Santana para enfrentar o Fluminense, hoje um misto do Salgueiro do ano passado, porque contratou o ex-treinador do Carcará e alguns jogadores.

Finalmente o terceiro representante, o time do Salgueiro que está desarrumado no Campeonato Estadual, ao contrário de outros anos se desfez da maioria do grupo, e ainda não conseguiu se acertar em campo. O adversário é o time do Novo Operário do Mato Grosso do Sul, um adversário desconhecido e uma logística de viagem extremamente desgastante.

Esse é o quadro que espera Pernambuco nesta quarta-feira (31), e a expectativa é de que possamos ter os três clubes fazendo uma boa jornada e que no final possam ser beneficiados pelo regulamento e joguem o futebol que até agora não jogaram no Estadual. Lembrando que a Copa do Brasil, tem uma premiação de dar inveja.

Blog de Airton Sousa: Futebol pobre e o Náutico consegue a classificação

                                      na

No segundo jogo, não tivemos muita diferença na qualidade técnica da primeira partida na decisão da vaga para a Copa do Nordeste de grupos, entre Náutico e Itabaiana, na tarde desse sábado (13), na Arena de Pernambuco. Se no primeiro jogo em Sergipe, as reclamações da qualidade do futebol  foram constantes, também no segundo jogo nada mudou.

Porém, o que interessava era a classificação, e essa aconteceu. No tempo normal zero a  zero, na cobrança de pênaltis deu o alvi-rubro pernambucano, que agora prepara-se para estreia na competição, nesta quarta-feira (15), outra vez na Arena de Pernambuco, contra o desconhecido Autos do Piauí, mais um desafio para o técnico Roberto Fernandes e seus comandados.

Voltando ao jogo contra o Itabaiana, a análise mais concreta e objetiva sobre o Náutico, é de que o time apresenta deficiências em todos os setores, principalmente na meia cancha com ligação para o ataque, e o próprio ataque de uma limitação técnica classificada como de pouca qualidade. A prova foram os dois resultados contra o Itabaiana, cento e oitenta minutos de jogo e  nenhum gol marcado.

O destaque mesmo foi o goleiro Jeferson, que a exemplo do que fez no restante do Brasileiro da série B, salvou o time timbu nas duas partidas, com a bola rolando e nas defesas quando da cobrança de pênaltis pelo time Sergipano. A pergunta agora é a seguinte: Durante noventa dias, três competições: Copa do Nordeste, Campeonato Pernambucano e Copa do Brasil, com um calendário apertado, muitas viagens e com o prazo de sessenta e seis horas, de um jogo para o outro, sem poder utilizar os mesmos jogadores, que milagre fará o treinador?

Como notícia final: O Sport realiza na tarde deste domingo(14), valendo pela Copa Ariano Suassuna, um jogo na Ilha do Retiro contra o time argentino do  Atlético do Tucunam. Algumas estreias e  também ausências. Porém, será de boa avalia para o técnico Nelsinho Batista, porque nesta quarta-feira (15), o time já estreia no Campeonato Estadual, contra o Flamengo em Arcoverde.

Blog de Airton Sousa: Náutico empata em Itabaiana

                                       nauticoe itabaiana

Jogando na noite dessa segunda-feira (08) em Sergipe, pelo seletivo da Copa do Nordeste, o Náutico empatou em zero a zero contra o Itabaiana. Um jogo fraco tecnicamente, apesar da equipe Sergipana ter começado a temporada primeiro do que o alvi-rubro. Foi um primeiro tempo em que predominou o entrosamento do Itabaiana, porém a finalização dos dois times não funcionou.

O Náutico apresentou vários erros na criatividade e o ataque quase não apareceu, prevalecendo um bom trabalho do sistema defensivo, onde mais uma vez o goleiro Jeferson fez defesas importantes. O time sergipano teve um bom trabalho na criatividade, no entanto esbarrou na marcação antecipada da defesa timbu. Daí o placar de zero a zero, na primeira etapa de partida.

No segundo tempo, pouca coisa mudou nas duas equipes, mesmo com as modificações que foram feitas. No entanto, a exemplo do primeiro tempo o Itabaiana dominou o jogo, criou varias oportunidades de gol, e desta feita Jeferson repetindo o grande trabalho que teve  o ano passado, evitou por várias vezes que o seu gol fosse vazado,  tornando-se o melhor jogador em campo, e demonstrando a sua qualidade técnica.

O jogo de volta será na próxima semana na Arena de Pernambuco, onde o time Pernambucano pela necessidade técnica e financeira, não poderá deixar escapar a classificação. No entanto já se sabe, pelo que demonstrou o time do Itabaiana não será fácil e que exigirá dos comandados de Roberto Fernandes, mais qualidade para atingir o objetivo.

Agora, a torcida com certeza fará o seu papel apoiando o time que terá que jogar com mais acertos, principalmente os homens de ataque já que no jogo dessa segunda-feira(08), pouco ou quase incomodou o sistema defensivo adversário. O treinador Roberto Fernandes terá que fazer milagre outra vez, porque pelo primeiro jogo o grupo já demonstrou pelo futebol de algumas peças muitas limitações, mesmo entendendo-se que é inicio de temporada.

Blog de Airton Sousa: Expectativa na estreia do Náutico no Nordestão

                                     nautic

Com o torcedor  timbu se perguntando o que será o Náutico esse ano, o time estreia na primeira competição de 2018 na noite desta segunda-feira(08), no interior de Sergipe, contra o time do Itabaiana. Foram muitas decepções no ano que terminou, sem conquista nenhuma e o rebaixamento de divisão no Campeonato Brasileiro, daí esse sofrimento do fiel torcedor timbu.

Ressurge agora  a esperança financeira e técnica de que novos e promissores rumos o time poderá  tomar no ano que se inicia. E nada melhor do que a classificação para o Nordestão passando pelo seletivo, para motivar o torcedor e levantar o astral do grupo de jogadores, para um ano de melhores resultados.

O técnico Roberto Fernandes, ao contrário do que açonteceu em 2017, onde chegou praticamente no final da temporada, com um elenco vindo de vários treinadores e sem condição de mudar com contratações e novos investimentos . Agora é diferente, foi o próprio treinador que montou esse grupo.

Passar pelo seletivo e participar da Copa do Nordeste será, um outro caminho para os alvi-rubros, que estão cansados de tantas decepções e apostam todas as fichas, não apenas na Copa do Nordeste mais também no Campeonato Estadual, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, sem contudo sonhar muito porque todos sabem que não será do dia para à noite que a recuperação acontecerá.

Portanto, agora é esperar o resultado do primeiro jogo e torcer que o time volte com um placar que não venha a decepcionar a sua torcida na noite desta segunda-feira(08) em Itabaiana, e que no jogo de volta na Arena de Pernambuco , a equipe possa carimbar o passaporte que dará o direito de participar da Copa do Nordeste 2018. Além de tudo, a premiação de quinhentos mil reais que terá direito o time classificado.

Blog de Airton Sousa: Notícias do Brasileiro série-B

      sere b

Nós já sabíamos que tudo podia acontecer na penúltima rodada da competição, com os dois representantes de Pernambuco na série-B, e realmente nada mudou, perderam os dois e ambos entraram em campo com diversos desfalques, por várias razões já conhecidas de todos. Se completos já estavam como estavam, imaginem desfalcados de peças importantes.

No Arruda,  o   Náutico  enfrentou  ao  time do Vila Nova, e terminou perdendo pelo placar de 2 x 1. Um jogo em que o time do Vila dominou e o  alvi-rubro esbarrou nas suas carências. Se o time completo já não vinha bem, imagine com desfalques importantes, daí a despedida do Náutico em Recife foi igual a sua campanha ao longo do Campeonato. Encerra contra a Luverdense fora de casa, e  terminou a  rodada na lanterna, como se não bastasse.

Em Belém do Pará, o Santa Cruz cheio de desfalques por várias razões, terminou perdendo para o Paysandu pelo placar de 4 x 2. O time de Belém mantido na série-B, jogou com muita seriedade até porque o ultimo jogo será fora dos seus domínios. Na partida contra o Santa Cruz  nos dois tempos foi melhor e a vitória  mais do que justa.

O tricolor Pernambuco fecha essa rodada na décima nona colocação, em razão de que o ABC venceu ao time do Oeste por 2 x 0, passou a 34 pontos e foi para a décima oitava posição, acima dos dois de Pernambuco. O Z-4 não sofrerá alteração e ficou dessa forma: Náutico-lanterna, Santa Cruz décimo nono, ABC décimo oitavo e Luverdense décimo sétimo. Teremos a ultima rodada, porém não haverá alteração nos rebaixados.

Agora, é esperar que os dirigentes encarem com responsabilidade o ano de 2018. Enfrentam a série-C e todas as suas dificuldades, porque é uma competição que está abaixo  das duas primeiras em todos os aspectos, e não será fácil pela maneira como o Náutico e o Santa Cruz, terminarão esse ano. Para finalizar, o ex-presidente do Santa Cruz e candidato Dr. Antonio Luiz Neto, na noite dessa sexta-feira ( 17), se sentiu mal e foi para São Paulo com urgência, o que implica possivelmente na não realização da sua candidatura.

Confira agora, os grupos do campeonato da Série – C em 2018:

GRUPO – A: ABC, Atlético do Acre, Botafogo da Paraíba, Remo, Globo do R.G.do Norte, Juazeirense, Náutico, Salgueiro, Santa Cruz e Confiança.

Observando-se que os três clubes de Pernambuco, estarão no mesmo grupo.

GRUPO – B: Botafogo de R.Preto, Bragantino, Cuiabá, Joinvile, Tupi, Operário, Tombense, Volta Redonda, Ipiranga e Luverdense.

Blog de Airton Sousa: Futebol Nacional e Internacional

 10163040218-t480x280

Tivemos uma terça-feira (14), recheada de jogos para todos os gostos. Desde vários amistosos com Seleções em preparativos para a Copa de 2018, até o Campeonato Brasileiro da série-B, com as equipes na briga para o acesso a primeira divisão, até aquelas que tentam se manter na série-B e outras que já caíram ou tentam escapar do rebaixamento.

Começando pelos amistosos, a Seleção Brasileira empatou na Inglaterra contra a seleção local, com o placar de 0 x 0.Um jogo forte, com muitas faltas, pouca produçõe e sem gols. De um lado os Brasileiros com jogadas individuais e de pouca criatividade, do outro lado os donos da casa que estavam desfalcados de sete titulares, limitando-se apenas a marcação segura.

No final, o treinador Tite tirou as suas conclusões, inclusive fazendo modificações no segundo tempo, criando expectativa na mudança do plano tático, visando as dificuldades que poderão surgir na Copa do Mundo. O goleiro e a zaga com boa atuação, a meia cancha apenas destruindo jogadas e o ataque que não funcionou. Foi  razoável a impressão que a seleção deixou, no final do amistoso.

Outros resultados: Polônia 0 x l México, Coréia do Sul l x l Sérvia, China 0 x 4 Colômbia, Argentina 2 x 4 Nigéria, Rússia 3 x 3 Espanha, Romênia 0 x 3 Holanda, Alemanha 2 x 2 França, Bélgica 1 x 0 Japão, Áustria 2 x 1 Uruguai, Portugal 1 x 1 Estados Unidos. Além disso, ficou a decepção pela desclassificação da Itália para a Copa da Rússia.

Falando agora do Campeonato Brasileiro, tivemos o Náutico jogando e enfrentando ao Criciúma em Santa Catarina. O resultado foi 0 x 0, com um futebol pobre de técnica, com pouca criatividade e desmotivação do time pernambucano, já rebaixado antecipadamente. Pouca foi a motivação no  jogo, mesmo pelo time do Criciúma, já garantido na série-B em 2018.

O fato que chamou a atenção na manhã dessa terça-feira (14), foram as declarações do atacante William Batoré, acusando o treinador Roberto Fernandes de estúpido, sem modos de tratar os subordinados. Como todos sabem, o jogador no intervalo do jogo no sábado passado, pediu para deixar o clube, o que foi atendido. O grupo de jogadores não quis se manifestar, deixado a briga entre as duas partes e a diretoria do clube. O Náutico volta a jogar neste final de semana no Arruda, contra o Vila Nova.

Ainda com relação a série-B, o Santa Cruz voltou a campo, jogando no Estádio do Arruda contra o Paraná, uma equipe que briga para subir a série-A. Porém, nada motivou a torcida, um público quase inexistente deixando vazio o Estádio  o que é lamentável, além da expectativa de pagamento aos jogadores e comissão técnica. Prometeram pagar antes do jogo, e não foi cumprida a promessa.

Com respeito ao jogo, um Santa Cruz sem interesse , pouca correria e uma lentidão a todo instante. Quanto ao Paraná brigando pela posse da bola e tentando atrair o Santa Cruz para construir as jogadas de contra ataques. Mesmo assim sem atingir o seu objetivo, pela marcação antecipada da zaga tricolor. Até vinte e cinco minutos poucas foram as jogadas que merecessem destaque na partida, e foi assim até o final do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Santa Cruz aproveitou o desacerto do Paraná, avançou a marcação, passou a jogar no campo paranaense e mesmo com a expulsão de João Paulo os comandados de Martelotti, foram melhores no segundo tempo de jogo. Final  0 x 0 foi o placar e o Santa Cruz joga neste sábado (18), em Belém do Pará contra o Paysandu.

Declarações de muita revolta, por parte de alguns jogadores do Santa Cruz, em razão do não cumprimento da palavra dos dirigentes  e da Federação. Adiado o pagamento e a dúvida, o time entra ou não em campo no sábado contra o Paysandu? Isso é posto, pelo fato de tudo que foi dito depois do jogo, onde observou-se a insatisfação dos jogadores.

Blog de Airton Sousa: O planejamento agora é para a Série-C

                                          fggf

Vamos pedir a sua permissão, para não falarmos tecnicamente dos jogos deste sábado, envolvendo o Náutico e o Santa Cruz, porque na verdade não adianta mais nesse momento falar o que foram essas equipes taticamente na rodada desse sábado (11), em razão de que agora o importante é iniciar o planejamento para 2018.

O Náutico por exemplo, com a nova diretoria já começa a falar em um gerente de futebol, para tentar profissionalizar esse setor do clube, visando com isso colocar em prática um planejamento, iniciando com o isso um maior apoio ao trabalho de base, que mesmo sendo um trabalho amador, tem trazido resultados para o clube.

Um nome que está sendo bastante cogitado para a Gerencia de Futebol do Clube, é do ex- jogador Sangaletti, que passou  pelo Sport Clube do Recife, e uma rápida passagem também pelo Clube Náutico Capibaribe, e não é só isso, tem que trabalhar principalmente o financeiro, porque na série-C, não tem a verba da TV.

Quanto a derrota no jogo desse sábado (11) na Arena de Pernambuco, o time apresentou as mesmas carências de sempre, muito embora correria com pouca qualidade. A vitória do Londrina pelo placar de 2 x 1, foi justa em razão da diferença técnica a favor do time do Paraná, que chegou a 59 pontos ocupando a quarta posição e dentro do G-4, enquanto que o Náutico fechou  a rodada na décima nona posição, com trinta e hum pontos, igual ao ABC, lanterna.

Mesmo critério de análise é para o Santa Cruz, talvez com mais consequências , porque o lado financeiro do time tricolor e muitas vezes maior. Os jogadores ameaçaram greve esta semana e depois de uma reunião entre dirigentes, jogadores e o Sindicato através do ex-jogador Ramon, ficou o compromisso do pagamento para esta segunda-feira (13), caso não aconteça o pagamento, os jogadores   não entrarão em campo no jogo contra o Paraná.

Quatro treinadores passaram pelo Santa Cruz, a contratação de quase quarenta jogadores, muitas mudanças, falta do cumprimento dos acertos, além de problemas internos que não foram levados à tona, tudo isso aconteceu  e os problemas iam  crescendo a cada jogo, deixando o grupo bastante dividido e insatisfeito.

O caminho tricolor, também com nova diretoria é começar do zero, porque do elenco poucos jogadores serão aproveitados, além do problema de está em uma divisão inferior, deixando aí dificuldade  para contratar jogadores de uma melhor qualidade. Quanto ao torcedor, que sempre esteve ao lado do Clube, inclusive quando esse esteve fora inclusive da série-D, deverá dá o seu apoio.

A derrota para o time do Boa Esporte, foi simplesmente mais uma derrota entre tantas que acontecerão ao longo do Campeonato. Um time frágil na defesa, um meio de campo envolvido pelo adversário, e o ataque onde apenas Ricardo Bueno teve destaque. Os três jogos restantes do Santa Cruz são: Paraná em Recife, Paysandu em Belém e Juventude em Recife. O Santa Cruz é o décimo oitavo colocado, somando 33 pontos. Infelizmente estão rebaixados três clubes do Nordeste: Náutico, Santa Cruz e ABC, aguardando o quarto clube a ser rebaixado.

 

 

Blog de Airton Sousa: Terça-feira negativa para Pernambuco

 brasileirao-serie-b-300x182

Como já era esperado, a noite da terça-feira (7) tinha uma perspectiva de resultado negativo outra vez para  o futebol pernambucano. E não foi diferente, o Santa Cruz empatou e o Náutico perdeu. Com os resultados, se a situação era complicada  tornou-se mais complicada ainda, e agora é só esperar o encerramento da competição.

Em Goiás, o Santa Cruz até que não jogou tão mal, principalmente no primeiro tempo, porém esbarrou na sua limitação ofensiva, porque o meio de campo trabalhou as jogadas, no entanto as finalizações não correspondiam, inclusive com Ricardo Bueno que desperdiçou três oportunidades de gol, no primeiro tempo.

O primeiro gol do jogo foi através do  Giovane  para o Vila Nova, e o Santa Cruz tentava a todo instante um diálogo entre o meio de campo e o ataque , sem contudo acontecer o esperando, ou seja o gol de empate. Muitos passes errados por parte do Santa Cruz, enquanto que o Vila Nova acomodava o jogo com uma vitoria parcial no primeiro tempo.

Na segunda fase, Grafite fatura aos 10 minutos, no entanto estava em posição irregular, daí o árbitro anular o gol tricolor. O Vila Nova voltou mais ofensivo e aí foi a vez de Julio César evitar que o segundo gol acontecesse. Porém aos 14 minutos, finalmente Ricardo Bueno aproveita uma falha de marcação, penetra na área e empate o jogo.

A partir do empate, o Santa Cruz demonstrou cansaço e acomodação, recuando na tentativa de montar contra-ataques para buscar o segundo gol. Depois dos 30 minutos o jogo ficou bastante lento, até que tivemos o encerramento , e o placar de 1 x 1 puxando mais ainda o Santa Cruz para a série-C. O próximo jogo do tricolor será contra a equipe do Boa Esporte, fora da Capital Pernambucana.

Na Arena de Pernambuco, o Náutico esbarrou na sua limitação e perdeu para o Paysandu pelo placar de 3 x 1. Um jogo que começou com os dois times buscando  e já aos 10 minutos, com uma falha de Diego Miranda,  Bergson faz o gol do time de Belém do Pará. O gol não impactou a equipe  timbu, e  com um recuo errado para o goleiro, o jogador Perema mandou contra suas próprias redes, empatando a partida aos 13 minutos.

A partir do empate, o jogo ficou nervoso. O Náutico recuou e o time adversário insistiu tentando fazer o segundo gol, e quase fazia aos 40 minutos com o jogador Guilherme Santos. No segundo tempo, o Paysandu voltou mais ofensivo aproveitado o recuo do Náutico, já no começo do jogo.

Aos 19.30 minutos, Caiou recebeu um passe perfeito de Fábio e desempatou o jogo, levando-se em consideração que o Náutico sentiu e começou a perder forças para reagir. Diego Miranda que sempre é um destaque no time alvi-rubro, fez uma péssima partida e contribui para a derrota timbu, ele que é sempre  uma peça importante na meia cancha.

Finalmente, quando se esperava  uma reação timbu, aconteceu o contrário. Um contra-ataque, e o jogador Caiou em impedimento marcou o terceiro gol, sem que a arbitragem observasse a posição irregular do jogador do Paysandu. Fim de jogo, Náutico 1×3  Paysandu.Próximo jogo timbu será na Arena de Pernambuco, neste fim de semana contra o Londrina.

Blog de Airton Sousa: Deu Náutico no clássico dos rebaixados

                               274-nautico_x_santa_cruz_interna

Nós que utilizamos os espaços da mídia, como formadores de opinião, temos a obrigação de isentar as emoções e analisar a luz da razão. Jamais  nós gostaríamos de ter os nossos representantes no Campeonato Brasileiro, na atual situação que estão. O Náutico rebaixado há muito tempo, em razão dos erros dentro e fora de campo , e o Santa Cruz até o jogo de ontem com remotas possibilidades.

No entanto, após a derrota deste sábado (4), o time tricolor também deu adeus a sua manutenção na série-B a exemplo do Náutico, porque da distancia na pontuação para os concorrentes que estão da décima sétima posição até a décima terceira, que soma 40 pontos, ou seja  a equipe do Boa Esporte.

É uma realidade que não podemos fugir, foi um montante de erros dos dois times, desde a parte administrativa,  financeira  e técnica. Faltando  cinco jogos para o encerramento, o Náutico com três jogos em casa e dois jogos fora, tendo trinta e hum pontos, necessita ganhar todos os jogos restantes  para atingir  quarenta e seis pontos.

Quanto ao Santa Cruz, também não é diferente a sua situação. O time tem trinta e dois pontos, necessitando somar  quarenta e cinco pontos. O time tricolor tem três jogos fora e dois jogos em casa, o que torna a sua situação totalmente fora de possibilidades, mesmo tratando-se de uma disputa esportiva.

Vamos ao jogo desse sábado (4). O Santa Cruz teve melhor comportamento ofensivo, buscou mais o gol do que o Náutico, porém esbarrou na ineficiência dos seus jogadores  que desperdiçaram várias oportunidades de gol. Tomou um gol de cabeça do jogador Batoré, aos 33 minutos, com uma falha de marcação da sua zaga.

Não desistiu e chegou ao empate, com uma cobrança de falta de Anderson Sales, aos 46 minutos, terminando assim empatado o primeiro tempo em 1 x 1. Muitos passes errados, muitas falhas das duas defesas, porém no contexto o Santa Cruz produziu mais do que o Náutico. O tricolor teve sete chutes para a meta de Jeferson, enquanto o Náutico teve três oportunidades de gol.

No segundo tempo, João Paulo vira o jogo aos 4 minutos, com a zaga timbu parando no lance. No entanto, o empate acendeu o jogo e aos 14 minutos, Batoré empata de cabeça com uma falha coletiva da zaga do Santa Cruz. Com 2 x 2 no placar, o jogo se tornou mais acirrado pela necessidade das equipes de chegarem a vitória.

Muitas modificações aconteceram  nos dois times:  Augusto, Jeremias e Pitbull pelo Santa Cruz. Shuster e Iago pelo Náutico.  As alterações contribuíram para a disputa se tornar melhor, porém um erro da arbitragem acabou com o brilho do jogo. Um choque entre Julio Cesar e Batoré, aos 45 minutos e o árbitro  marcou um pênalti  indevidamente, causando revolta na torcida e no time tricolor. O próprio Batoré cobrou e colocou o Náutico na frente do placar, aliás Batoré fez os tres gols do timb timbu.

Depois do terceiro gol, o Santa Cruz partiu para cima  e aí o jogo pegou fogo, quando Augusto foi calçado pelo zaga do Náutico, pênalti que não foi assinalado pelo àrbitro do jogo. Muita revolta e confusão, Derley agrediu ao árbitro, foi expulso e o Santa Cruz terminou perdendo injustamente pelo placar de 3 x 2, se já era complicada a situação, com a derrota, as coisas ficaram mais difíceis ainda.

Com o resultado, o Náutico não evoluiu na classificação, continua  rebaixado e o Santa Cruz, no mesmo caminho. Mesmo com cinco jogos  a serem cumpridos, os dois clubes rumam a série-C, o que é lamentável  para o futebol Pernambucano. Uma prova patente da falta de qualidade dos tricolores e rubro-negros. Pernambuco perderá muito, com o rebaixamento dos cubes em 2018.

Blog de Airton Sousa: Como estão os nossos Clubes?

                                              s p c

Matemática, cálculos, esperança, decepção, estimativas.Tudo isso tem sido utilizado pelo torcedor Pernambucano, nessa fase do Campeonato Brasileiro das séries A e B. Como seria diferente se a essa altura da competição, pudéssemos comemorar  a manutenção e subida de categoria dos três times da Capital.

No entanto, a campanha, o sobe e desce, os resultados mostram um outro quadro, sim, um outro quadro negativo, ameaçador, decepcionante. Todos eles ameaçados, de uma maneira ou de outra, para tristeza daqueles que torcem e promovem os nossos representantes na competição Nacional, e as vezes também em competições Internacionais.

Praticamente, é igual a situação de todos eles. O Sport que está na divisão primeira da competição, vem perdendo jogos a cada rodada, além da vergonha  do ultimo jogo em Recife,  pela Sul-Americana quando perdeu na Ilha para o Junior Barranquilha pelo placar de 2 x 0, deixando transparecer as dificuldades para o jogo de volta.

Quatro técnicos até agora, um elenco recheados de jogadores apenas razoáveis, uma folha de pagamento altíssima, e a  perspectiva de não continuar na série-A. Hoje o Sport tem 35 pontos, muito pouco para o investimento, estando na décima quinta posição. Tendo pela frente Chapecoense, Botafogo, Atlético de Goiás, Palmeiras, Bahia, Fluminense e Corinthians. Obrigatoriamente terá que somar 46 pontos, em média. Faltando 11 pontos, ou seja: 3 vitórias e 2 empates. Vai ou não  reagir e se manter na categoria principal, eis a pergunta?

Outros que estão na mesma situação, ou um pouco parecida, são o Náutico e o Santa Cruz. O primeiro já rebaixado, sem chances de se manter na série-B. Sem estádio próprio, sem identificação com o torcedor, troca de técnicos quatro vezes e a contratação de aproximadamente 50 jogadores, com qualidade extremamente limitada.

Tem seis jogos até o final  da competição: Santa Cruz, Paysandu, Londrina, Criciúma, Vila Nova e Luverdense. Com 28 pontos, na décima nona posição, as chances foram aos poucos desaparecendo e agora só resta cumprir a tabela e começar a preparação para a série-C,  em 2018. O que serão caminhos tortuosos para o Clube, infelizmente.

Quanto ao Santa Cruz, também não foi diferente nas mudanças de técnicos e contratação de jogadores de qualidade duvidosa. E o resultado não foi outro, fracasso e decepção para o torcedor que a esta altura está frustrado pela decadência do Clube, tendo pela frente o retrato do que aconteceu alguns anos atrás. O tricolor soma 32 pontos, é o décimo oitavo colocado.

A expectativa  agora é o jogo deste sábado (4), contra o seu rival o Náutico. A depender do resultado, os dois poderão morrer de braços dados. Caso aconteça a vitória do Santa Cruz, surge ainda um fio de esperança porque o time tem restantes: Náutico, Vila Nova, Boa Esporte, Paraná, Paysandu e Juventude. Jogos difíceis, em casa e fora de casa. No entanto a esperança começa sábado contra o Náutico, para se saber se o tricolor será mais um dos nossos a voltar para a terceira divisão. Foi realmente um ano extremamente negativo.

Blog de Airton Sousa: E o Náutico continua sem vencer…

brasileirao-serie-b-300x182

Jogando na noite dessa terça-feira (24), o Náutico não passou de um empate em 0 x 0 contra o Juventude, em Caxias. O resultado nada ajudou ao time timbu, que necessariamente não sai beneficiado com o empate, em razão da condição do time  na competição. Um jogo fraco tecnicamente, onde o time Pernambucano não fez um bom primeiro tempo, recuperando-se na segunda fase do jogo.

O Juventude se impôs após os 10 minutos, a partir desse tempo de jogo o time gaúcho jogou pressionando com a sua peça ofensivo, obrigando grandes defesas do goleiro Jeferson e também um trabalho dobrado dos zagueiros. O Náutico cedendo espaço para o Juventude jogar, porém o time gaúcho, não acertava de uma maneira mais precisa o gol.

No segundo tempo,  o time timbu teve um gol anulado aos 9 minutos, uma jogada complicada, no entanto realmente estava no impedimento o jogador Rafinha, lance muito reclamado pelo time timbu, no entanto o árbitro e seu auxiliar estavam corretos, pela posição do jogador alvi-rubro.

Aos 30 minutos, o técnico Roberto Fernandes fez uma substituição tirando Giovane por cansaço e colocando o atacante William, que por sinal entrou muito bem Jogo. A partir dos 35 minutos, o Juventude empurrado pela sua  torcida, passou a pressionar, criando situações de perigo:  aos 38 minutos com Ramon, aos 44 com Bruninho e aos 46 com Mateus Santana.

Diante dessa pressão, aos 40 minutos um pênalti não marcado pela arbitragem a favor do time gaúcho. O Jogador William, na área colocou a mão na obra, o árbitro mal colocado não deu o pênalti a favor do Juventude, errando vergonhosamente contra o time gaucho. Ou seja, uma arbitragem que não agradou nem ao Náutico, nem ao Juventude.

Terminando a partida em 0 x 0, a torcida insatisfeita, vaiou o Juventude que só somou mais um ponto, chegando aos 46 ,ficando na oitava colocação. Enquanto isso, o Náutico continua na décima nona posição com 29 pontos. Próximo jogo timbu no dia 4 de novembro, contra o Santa Cruz, no Estádio José do Rêgo Maciel.

Blog de Airton Sousa: ABC derrota o Náutico e sacramenta o rebaixamento timbu

                      ncc

Na noite dessa sexta-feira (20) no Lacerdão, o Náutico foi derrotado pelo ABC pelo placar de 2 x 1. O time timbu apresentou muitas falhas nas finalizações, além de falhas na zaga o que provocou mais uma derrota, desta feita para a pior equipe em campanha da competição. Muitas reclamações por parte do técnico e jogadores do Náutico, porém a arbitragem não teve nada haver com a derrota.

No primeiro tempo o ABC abriu o placar com o zagueiro Toinhão, pulando no meio da zaga, e mandando a bola  para a meta do goleiro Jeferson, aos 23 minutos de jogo. A partir do gol o jogo cresceu, com o Náutico tentando o empate e a equipe do Rio Grande do Norte na expectativa de ampliar o placar. As duas equipes tiveram várias chances de gol, no entanto a primeira fase terminou com a vantagem para o ABC.

No segundo tempo, o técnico Roberto Fernandes já entrou com uma alteração. Sai o jogador Ávila, para a entrada de Dico que foi  para o ataque, enquanto que Miranda deslocou-se para a lateral esquerda. Pouco tempo depois, aos dois minutos  o zagueiro Tonhão coloca a mão na bola, o árbitro marca pênalti, Batoré cobra e empata o jogo. Logo após, outra chance de gol para o Náutico, quando o jogador Bruno Mota, chuta uma bola na trave, aos sete minutos.

O jogo continuava corrido, com muitas faltas, passes errados e após algumas modificações por parte dos dois treinadores, surge o que nenhum torcedor timbu  desejava. Um contra-ataque e a zaga do Náutico falha na marcação, facilitando para que o jogador Lucas Coelho chutasse para fazer o gol da vitória do time do Rio Grande do Norte.

Com a derrota, o Náutico teve sua situação mais complicada ainda, permanece  com  27 pontos, uma distancia de 9 pontos do Figueirense, décimo sexto colocado do Campeonato. O próximo jogo será fora de Pernambuco, contra o Juventude em Caxias do Sul. O publico do jogo foi 2.114 pessoas, para uma renda de R$ 33.105,00.Resta agora saber se a direção timbu, irá terminar o Campeonato, com três jogos que faltam, jogando ou não no Lacerdão.

 

Blog de Airton Sousa: Empates com o mesmo placar, coincidência ou fragilidade

nautico x santa

Uma terça-feira (17), de muita expectativa em razão da participação dos dois representantes de Pernambuco, na série-B do Campeonato Brasileiro. O Santa Cruz jogou no Arruda contra a boa equipe do Oeste, enquanto que o Náutico foi até Maceió para enfrentar no Estádio Rei Pelé o Clube de Regatas Brasil. Toda expectativa era em razão da posição dos dois clubes na competição, ambos na zona de rebaixamento.

Mais cedo, o Santa Cruz empatou em 2 x 2 com o Oeste, um jogo cantado por antecipação como difícil para o tricolor, em razão da qualidade do time paulista. E apesar de ter jogado grande parte  com dez  homens o time do Oeste não se rendeu, e foi valente até o fim do jogo.Mesmo porque jogando fora, podemos considerar um bom resultado, principalmente pela posição do Oeste na competição.

Enquanto isso, o Santa Cruz não conseguia acertar o passe, mesmo tendo mais posse de bola, fato aliás que o tricolor tem apresentado em quase todas as partidas. Para quem necessitava vencer, o time do Arruda  teve mesmo que se contentar com o empate, considerado pelas circunstancias da equipe na competição ,  um  resultado negativo.

O Santa Cruz fecha a rodada com 30 pontos, joga fora do Arruda neste fim de semana, contra o Brasil de Pelotas que empatou em casa com a equipe do América Mineiro. O Brasil fechou a rodada com 38 pontos, o que é preciso dizer, irá tentar jogar tudo contra o tricolor de Pernambuco. Para o Santa Cruz restam oito rodadas, das quais o time terá que vencer cinco partidas, para escapar do rebaixamento.

Por outro lado, no desespero de está a muito tempo na décima nona posição, o Náutico foi a Maceió para enfrentar o Clube de Regatas Brasil no Estádio Rei Pelé. Um jogo complicado e difícil, também pela necessidade que o time de Alagoas tinha de vencer, e todos sabiam que o Regatas ia partir para cima.

O Náutico surpreendeu com a disposição que entrou em campo, dando velocidade ao jogo, principalmente com uma boa atuação do jogador Sueliton, que podemos dizer foi uma das peças mais importantes do time alvi-rubro. E foi o Náutico que abriu o placar, segurando a vitória até quase o final do primeiro tempo, quando aconteceu o empate, terminando o primeiro tempo com o placar de 1 x 1.

Na volta da segunda etapa de jogo, as equipes começaram no mesmo ritmo, e a cada momento as chances iam sendo criadas para as duas equipes, onde os ataques estavam sempre dando muito trabalho as defensivas. E outra vez, o Náutico com muita personalidade virou o jogo, aos 36 minutos.

Com 2 x 1 no placar, sentindo que a derrota estava cada vez mais próxima, o Clube de Regatas Brasil, fez uma substituição importante no ataque. Saiu o jogador Zé Carlos, entrando Neto Baiano, uma estratégica do treinador Mazola de forçar a sua peça ofensiva, e foi exatamente o que aconteceu, Neto Baiano aproveitou uma falha de Jeferson e Rafael Ribeiro,  coloca nas redes, empatando o jogo.

Se o empate pouco serviu para o Náutico  pela posição na tabela, também para o CRB não foi um bom resultado, pelo fato de jogar em casa. Porém a posição do time alagoano é no meio da tabela com 38 pontos. O próximo jogo do Náutico será nesta sexta-feira em Caruaru, contra o lanterna ABC. O alvi-rubro fechou a rodada com 27 pontos.  O time timbu tem ainda oito jogos até o final do Campeonato, tendo que vencer seis jogos para escapar do rebaixamento, situação muito complicada.

Blog de Airton Sousa: Mais uma rodada decisiva para Pernambuco

20150310131319_0

O Campeonato Brasileiro da série-B tem sequencia nesta terá-feira (17), com a participação de todos os clubes desta categoria. A competição afunila e já chega a sua reta final com a realização da trigésima rodada. As coisas complicam a cada rodada, principalmente para os clubes que estão na parte de baixo da tabela, pela distancia criada de um time para outro.

Vejamos por exemplo, o Luverdense que é o décimo sétimo colocado tem 34 pontos, enquanto que Guarani décimo sexto colocado tem também 34 pontos e na décima quarta e décima quinta colocação, estão as equipes do Figueirense e Goiás com 35 pontos. Numa demonstração clara de que a competição poderá apresentar muitas surpresas.

Nessa briga de pontuação, o Santa Cruz entra em campo no Estádio José do Rego Maciel, enfrentando a equipe do Oeste, sexta colocada com 47 pontos o que consideramos uma excelente campanha do time Paulista. Deduzindo-se desta forma, as dificuldades que o tricolor de Pernambuco irá enfrentar, principalmente porque não existe outro resultado, se não uma vitória.

O time do Arruda está na zona de rebaixamento, somando 29 pontos  e se porventura a vitória não acontecer, as coisas complicarão mais ainda, em face de que a distancia aumentaria para aqueles clubes que estão próximos ao Z-4. O técnico Marteloti demonstrando preocupação, e tentando  a todo custo organizar taticamente o seu time, com isso buscando uma vitória nesta terça-feira (17).

Enquanto isso, outro Pernambucano também joga nesta terça-feira (17), desta feita em Maceió contra o Clubes de Regatas Brasil.O Náutico vem de uma vitória contra o Guarani de Campinas, somando no momento 26 pontos, na décima nona posição. Muito distante de atingir pontos, para fugir do rebaixamento. No entanto a competição só tem 9 rodadas para serem disputadas, e  os times  principalmente aqueles que estão perto ou na zona de rebaixamento, já não podem errar mais.

O Clube de Regatas Brasil é o décimo terceiro colocado com 36 pontos, e tenta principalmente em casa vencer, para fugir a cada rodada da ameaça de rebaixamento. O time Alagoano está na chamada zona no meio da tabela, vencendo quatro rodadas  automaticamente será mantido na série-B, preocupação nesse instante dos alagoanos. E com isso é necessário vencer os jogos no Estádio Rei Pelé.

A situação do time de Roberto Fernandes  continua complicada  porque mesmo vencendo algumas partidas, não conseguiu sair da penúltima posição. Além de tudo, a pontuação do time Timbú representa uma distancia considerável para as equipes que estão na décima sexta e  décima quinta colocação, hoje exatos nove pontos. Aguardemos então, que resposta dará o time do Náutico  em meio também, as ausências de jogadores importantes do grupo.

Blog de Airton Sousa: Náutico ganha e o Santa Cruz perde

                                                  sere b

Nesse sábado (14), os dois clubes de Pernambuco na série B estiveram em ação. O Náutico jogando no Estádio Lacerdão em Caruaru, venceu ao Guarani de Campinas pelo placar de 2 x 0, enquanto que o Santa Cruz voltou a perder, desta feita em Santa Catarina para o Figueirense por 2 x 1.

Em Caruaru, mesmo com um equilíbrio no jogo, o Guarani foi impotente para evitar a derrota, cabendo ao Náutico fazer o dever de casa, mesmo sem apresentar um bom futebol, no entanto  a  peça ofensiva funcionou e a soma de três pontos ajudaram ao Náutico se aproximar principalmente do Santa Cruz.

O Náutico com a vitória soma 26 pontos, três a menos que o Santa Cruz e oito a menos que o Luverdense que soma 34 pontos e é o ultimo do Z-4. No entanto, ainda é muito difícil a situação do time alvi-rubro, que vai continuar na luta tentando evitar o rebaixamento, fato que é praticamente impossível.

O Santa Cruz tem a sua situação também complicada, porque perdeu para um concorrente direto, o Figueirense por 2 x 1. O tricolor vem caindo a cada rodada, e também está ameaçado do rebaixamento, acompanhando o time alvi-rubro, o que será terrível para o futebol Pernambucano.

Quanto ao jogo contra o Figueirense, tivemos um  primeiro tempo  foi bastante equilibrado, porém no segundo tempo o time da casa se impôs, fez 2 x 0 e posteriormente o Santa Cruz marcou o seu gol, no entanto não teve forças para correr em busca do empate. Alguns jogadores do tricolor saíram de campo sem dá entrevista aos órgãos de imprensa, numa demonstração clara da situação de desespero que o time passa .

 

 

Blog de Airton Sousa: Rodada importante para os Pernambucanos

fggf

Teremos neste sábado (14), mais uma rodada do Campeonato Brasileiro da série-B. O Santa Cruz joga contra o Figueirense em Santa Catarina e o Náutico enfrenta no Lacerdão em Caruaru ao time do Guarani. A situação dos Pernambucanos é muito preocupante, principalmente do Náutico, pela diferença de pontuação para os que estão na parte de cima, inclusive o Santa Cruz, o Figueirense, Luverdense, Guarani e Goiás.

O Náutico que enfrenta ao Guarani, que estreia o técnico Lisca, como nós sabemos um estrategista,pelo menos nos primeiros jogos sobre o seu comando, tornando-se um obstáculo a mais para os alvi-rubros, que não contarão também com a participação de vários jogadores, alguns por contusão, outros cumprindo suspensão automática.

O técnico Roberto Fernandes que em alguns momentos demonstra muita preocupação com a situação, outras vezes tenta passar otimismo, levando aos jogadores lições e exemplo de superação. A verdade, é que o jogo contra o time de Campinas, representa acima de tudo a chance mesmo remota, de sonhar com a manutenção na série-B.

Quanto ao Santa Cruz, que também está  em uma situação até certo ponto complicada, enfrenta ao Figueirense que a exemplo dos dois Pernambucanos, também tenta escapar do rebaixamento, o que dificulta mais ainda a situação dos tricolores. Daí a expectativa de que o Santa Cruz, possa voltar com um resultado positivo.

Mesmo se acontecer a vitória a favor do tricolor Pernambucano, o time não sairá da zona de rebaixamento, em razão da pontuação que o time tem na competição  29 pontos. Vencendo irá a 32, porém essa pontuação o Figueirense já tem, no entanto pelos critérios, os Pernambucanos ficam abaixo do adversário. Aguardar e acompanhar tricolores e rubro-negros neste sábado à tarde e à noite.

Blog de Airton Sousa: Náutico é derrotado pelo Goiás

                                              nautico

Perder já não é novidade para o Clube Náutico Capibaribe. E na noite dessa sexta-feira (05), o time voltou a perder mais uma vez, desta feita para o  Goiás pelo placar de 2 x 0. Com todo empenho e competência do técnico Roberto Fernandes, o time não consegue reagir esbarrando no seu próprio  limite, baixando a cabeça e saindo de campo derrotado.

Com o Náutico jogando atrás, esperando sempre o Goiás, que começou ter uma grande chance aos 3 minutos com Carlos Eduardo, outra vez aos 9 minutos com o próprio Carlos Eduardo, e também aos 13 minutos com o jogador Léo Sena, em um verdadeiro bloqueio na defensiva alvi-rubra, obrigando o goleiro Jeferson a fazer sensacionais defesas.

Jogando com velocidade  pelas beiradas do campo, o Goiás predominava cada vez mais. Junior Viçosa cabeceou e Jeferson fez mais uma grande defesa  aos 29 minutos, e finalmente saia o gol aos 43 minutos, com o melhor jogador do time de Hélio dos Anjos, Carlos Eduardo. E assim tivemos no final do primeiro tempo, a derrota alvi-rubra por 1 x 0.

Na volta Roberto Fernandes troca Gilmar por William Batoré, de nada adiantou porque começava outra vez, a blitz do alvi-verde de Goiás, com um chute de Léo Sena  aos 3 minutos, aos 8 minutos com Eliezer. Várias mudanças aconteceram nas duas equipes, porém foi do Goiás o gol através de Tiago Luiz, aos 32 minutos.

Com a derrota de 2 x 0, ficou demonstrado mais uma vez que o problema do Náutico não é de treinador, e sim da qualidade técnica do grupo. A décima nona posição  continua sendo absoluta do time de Conselheiro Rosa e Silva, que tem a situação complicada cada vez mais. O Náutico tem o Guarani de Campinas no Lacerdão, neste sábado (14).

Blog de Airton Sousa: No Brasileiro uma vitoria e duas derrotas

Campeonato-brasileiro-2017

Já sabíamos que seria um jogo difícil, e quase impossível o Santa Cruz voltar de Porto Alegre com um resultado positivo no jogo contra o  Internacional. Porém, o time tricolor surpreendeu pelo esquema aplicado durante o jogo e pela determinação dos jogadores dentro de campo, produzindo um bom futebol contra o líder absoluto da serie-B e diante de uma grande torcida.

O primeiro gol do jogo foi aos 9 minutos, através de um pênalti  onde outra vez com o critério de bola na mão, ou mão na bola deixa o árbitro a vontade para a marcação. O jogador Guilherme Matos caído, a bola bateu em sua mão e o árbitro assinalou a penalidade máxima. Na cobrança o jogador Dalessandro  cobrou e colocou o Internacional  na frente do placar.

Nem assim o Santa Cruz se rendeu, continuou jogando aberto, partindo para cima, no entanto a fragilidade ofensiva não permitia que o empate acontecesse, terminando o primeiro tempo com a vitória parcial do time gaúcho. Porém, todos foram unanimes em afirmar o bom futebol jogado pelo time pernambucano.

No segundo tempo, o Santa Cruz voltou com o mesmo comportamento, porém os jogadores João Paulo e Primão, não conseguiam fazer a transição  para os atacantes e aos poucos o Internacional aumentava o seu volume de jogo.  Aos 25 minutos, o jogador Danilo lança Dalessandro que ganha de Anderson Sales e chuta indefensável contra o gol de Julio César, fazendo 2 x 0.

 Com a derrota e os resultados do Goiás e Figueirense, o Santa Cruz voltou a zona de rebaixamento. O próximo jogo será contra o America de Minas,sábado (07) no Arruda  às 19 horas, onde o time mais do que nunca terá que vencer se quizer sair da zona de rebaixamento, e sabemos que não é fácil o jogo contra o time mineiro, vice-lider da série B.

Em Caruaru, dentro do desespero que caracteriza cada jogo do Náutico, o time alvi-rubro enfrentou ao Boa Esporte. Também um jogo difícil pela campanha do Boa Esporte, e pelas limitações do Náutico. Porém os comandados de Roberto Fernandes, não economizaram garra e determinação, mesmo diante da boa qualidade técnica do time mineiro.

Aos 20 minutos outra vez uma questão dos critérios, bola na mão, ou mão na bola, e o jogador Diones é atingido pela bola, e o árbitro pune o Boa Esportes, marcando o pênalti. Na cobrança o jogador Rafinha cobrou e  colocou o Náutico na frente do placar. Se o Boa estava bem no jogo, aumentou o volume e os jogadores Paulinho, Felipe Matheus e Taciano, puxavam o time para cima do Náutico, o que podemos dizer que o time de Varginha mesmo perdendo, foi melhor no primeiro tempo.

No segundo tempo  o Náutico recuou, tentando administrar o resultado. Aos 36 minutos Gilmar coloca a mão na bola, o árbitro marca a penalidade, que é desperdiçada pelo jogador Felipe Matheus, com uma grande defesa de Jeferson.  A tentativa do Boa Esporte  com as bolas aéreas exigia da zaga alvi-rubra mais empenho. Aos 44 minutos o Náutico carimbava a vitória com um chute forte de Tico. O Náutico venceu por 2 x 0, continua na décima nona posição e joga sexta-feira contra o Goiás, fora de casa.

Finalmente a expectativa do jogo entre São Paulo e Sport no Morumbí. O São Paulo na tentativa de sair da zona de rebaixamento, e o Sport  buscando a vitória  depois  de oito jogos sem  vencer. O resultado no final do jogo, foi melhor para o São Paulo que venceu por 1 x 0, gol marcado aos 35 minutos do primeiro tempo pelo jogador Marcos Guilherme.

No inicio da partida um certo equilíbrio, inclusive com uma bola na trave do jogador Anselmo, em seguida os jogadores Lucas Prato, Cueva e Ernandes, chamaram a responsabilidade do jogo e o São Paulo envolveu o time leonino, principalmente da meia cancha para frente, além do mais contando com a ajuda de Wesley que esteve mal o tempo todo no jogo.

 Uma partida  de poucos chutes e muitos passes errados. O São Paulo teve 55% de aproveitamento, contra 45% do Sport, no primeiro tempo. Aos 47 minutos, um chute de Prato, quase ampliava o placar, porém Magrão evitou o gol  com uma grande defesa. Terminando a primeira etapa com a vitória parcial do time paulista.

No segundo tempo, o Sport volta com Osvaldo, tentando impor  velocidade ao time, e já aos 10 minutos Rogério no giro, quase marcava. Muitos passes errados nos dois times e aos 20 minutos o jogador Marcinho entra, para fazer o São Paulo avançar. Depois aos 22 minutos entram Thalísson e Tomás, com um erro do treinador Wanderley Luxemburgo, quando tirou o jogador  Anselmo, considerado o melhor em campo.

O jogo caiu após 30 minutos e somente aos 35  Shaylon chuta contra a meta de Magrão, enquanto que Osvaldo perdeu  uma chance aos 47 minutos, chutando por fora , além de uma cabeçada de Tomás aos 49 minutos, para uma defesa de Cidão, considerado o melhor jogador por parte do São Paulo. Com a vitoria, o São Paulo foi para a  décima quarta posição com 31 pontos, enquanto o Sport foi a décima sexta com 30 pontos, podendo entrar na zona de rebaixamento, caso a Ponte Preta vença nesta segunda-feira (02), ao  Flamengo.

Blog de Airton Sousa: Pernambucanos jogam de olho nos concorrentes

                                           sns

Pernambucanos jogam de olho nos concorrentes os seus resultados e com os resultados dos  concorrentes. O Náutico joga do Lacerdão, em Caruaru contra o Boa Esporte, o adversário não incomoda porque está bem a frente somando 37 pontos, na nona colocação. Até aí tudo bem, porém ABC, Goiás e Figueirense ,  caso vençam distanciam-se mais ainda do alvi-rubro de Pernambuco.

Para o Náutico, pela situação na tabela e para tentar resistir ao rebaixamento, tem que fazer o seu dever de casa, buscando somar pontos coisa que não vem acontecendo, daí a situação complicada  na competição. O técnico Roberto Fernandes, outra vez meche no time, tentando com isso dá nova motivação. Quanto ao Boa Esporte, é um time organizado tecnicamente e vem fazendo uma boa campanha no meio da tabela.

Com uma situação um pouco parecida com a do Náutico, o Santa Cruz tem um jogo extremamente difícil, contra o líder da série-B, o Internacional que venceu nessa quarta-feira (27), ao América Mineiro no Beira Rio, assumindo a liderança da competição. É desnecessário dizer, que o jogo é difícil para o tricolor e que o time gaúcho é franco favorito .

O Santa Cruz tem 29 pontos, é o décimo sexto colocado, com a mesma pontuação tem o Figueirense, também com 29 pontos e a frente do tricolor está a equipe da Luverdense com 31 pontos, obrigando o Santa Cruz a lutar pelo menos por um empate, porque a esta altura o empate seria considerado um bom resultado, fato que fica difícil acontecer.

Por sua vez, no domingo a tarde o Sport que também se encontra em uma situação complicada, joga no Morumbí contra o time do São Paulo, que está a duas posições abaixo do rubro negro pernambucano, e que tem 28 pontos, ou seja dois pontos a menos, fazendo um jogo decisivo diante da sua torcida, que promete lotar o Estádio do Morumbí.

A situação do Sport encurta cada vez mais, porque tem algumas equipes rodeando o rubro-negro. O Bahia tem 30 pontos, sendo o décimo terceiro colocado, o Sport também tem 30 pontos ficando na décima quarta, o Avaí é outro que tem 30 pontos na décima quinta posição, o Vitória tem 29 pontos é o décimo sexto e finalmente o São Paulo é o décimo sétimo, com 28 pontos, ao lado da Ponte Preta também com 28 pontos.

Observa-se que a depender do resultado do Sport e de alguns concorrentes, o rubro negro Pernambucano, pode virar a 27ª.  rodada na zona de rebaixamento, o que será um desastre para o treinador, o grupo de jogadores, a torcida e os dirigentes que fizeram um investimento alto para a competição, e estão diante de uma ameaça dessas,  não sei  se para o bem, ou para o mal,  Diego Sousa e Patrick, não poderão jogar.

Com certeza, as três torcidas de Pernambuco, viverão nesse sábado e domingo, momentos de muita expectativa, em razão da situação dos nossos representantes no Campeonato Brasileiro, onde ninguém sabe concretamente o que pode acontecer. Porém  uma coisa é certa, todos os três clubes possuem elencos limitados, inconstantes e distantes de grandes perspectivas até o final da competição, o que é lamentável, porque traduz principalmente a incapacidade dos dirigentes de gerir com sucessos os clubes.

Blog de Airton Sousa: O desprezo ao trabalho de base

nautico_jogador_2017_erick_560_340

O futebol Brasileiro, que sempre revelou grandes nomes para o  mundo, tem momentos que esquece tudo isso e abandona a “ mina de ouro “ que é trabalhar os jovens na base, dando princípios educacionais, ensino técnico e disciplinar, além da orientação para formar o atleta e o homem, ao mesmo tempo.

Para o dirigente, é mais fácil contratar a cada temporada, entrar no esquema das comissões junto aos empresários, porque assim o lucro é maior e menor a responsabilidade na resposta do contratado. Isso tem sido constante nos principais e grandes clubes do nosso futebol, em todas as regiões, e Pernambuco não estaria fora desse contexto.

O grande sonho de um clube que se presa , é ter um centro de treinamento. Bem recentemente o Náutico inaugurou o seu, e o Sport não fez por menos. Daí a evolução que nós esperamos no trabalho de base. O Santa Cruz ainda está engatinhando com a construção do seu centro de treinamento, mais já não era tempo.

Dentro desse contexto, um fato nos chamou atenção essa semana. A notícia de que o Náutico que participava do Campeonato Brasileiro sub-20, teria sido eliminado da competição pelo fato de ter entrado em campo, com apenas sete  jogadores na partida contra o Atlético Mineiro, que teve um gasto aproximado de R$ 100 mil para realizar a partida.

A verdade é que cinco minutos após o árbitro dá inicio ao jogo, um atleta do Náutico caiu em campo, simulando uma contusão e a arbitragem não tinha outra alternativa, que não encerrar o jogo pelo numero insuficiente de atletas  no time alvi-rubro. Uma vergonha para a entidade Clube Náutico Capibaribe, para a Federação Pernambucana  e para o nosso futebol.

Como se não bastasse o fracasso profissional do Clube no Campeonato Brasileiro da série-B, a essa altura já rebaixado para a série C, agora os atletas que podem ser a libertação do Clube no futuro, exemplo Erick entre outros,  em um total descaso dos dirigentes alvi-rubros. É lamentável, porém a cada dia a decepção toma conta dos jovens jogadores que sonham com um futuro no futebol  e passam por momentos complicados como o que aconteceu recentemente.

Blog de Airton Sousa: Futebol de Pernambuco sem vitória nessa terça-feira

20150310131319_0

Os dois pernambucanos da série-B,  jogaram nessa terça-feira (26) e não conseguiram resultados positivos. O Santa Cruz no Arruda empatou em 0 x 0 com o Ceará, e o Náutico foi goleado pelo Paraná pelo placar de 3 x 0. Ficando assim cada vez mais difícil para o Náutico, porque agora só restam doze jogos para terminar a competição, onde o alvi-rubro terá que vencer oito partidas para escapar do rebaixamento.

Já sabíamos das dificuldades no Náutico, porque o adversário é o melhor mandante, somando dez vitórias em casa, daí pouca esperança de um resultado positivo, em razão da limitação do time timbu, que conseguiu sustentar o adversário no primeiro tempo, arrancando um empate sem gol, o que a principio foi um bom resultado, muito embora o Paraná se apresentou melhor do que o time pernambucano.

Na segunda etapa, as coisas começaram a complicar tomando um gol com  1 minuto através do jogador Alemão, onde a pretensão do Náutico seria sair para o jogo. No entanto com o gol tomado veio o impacto, e logo em seguida sai o segundo gol aos 11 minutos através do jogador Maidana. O time desabou sem condição de reação e a tendência era surgir o terceiro gol, que saiu aos 23 minutos com o jogador Robson, aproveitando um rebote da zaga. Final de jogo 3 x 0 para o Paraná. O Náutico joga neste sábado (30), no Lacerdão contra o Boa Esporte.

No Arruda, um clássico nordestino entre Santa Cruz e Ceará. Um jogo caracterizado por várias bolas na trave, por parte das duas equipe e lances de extremo perigo para os dois times. 0 x 0 foi o placar do primeiro tempo, esperando-se que na segunda fase, os atacantes acertassem mais os chutes, no entanto pouco ou quase mudou.

Com o empate o Santa Cruz se manteve na décima sexta posição com 29 pontos, graças a derrota do Goiás para o time do Boa Esporte em Varginha  pelo placar de 2 x 0, o que empurrou o time de Goiás para a zona de  rebaixamento com 28 pontos e a décima oitava colocação. Também o Santa Cruz foi ajudado pelo resultado do Figueirense que empatou em 1 x 1, contra o Criciúma.

O próximo jogo do time tricolor será sábado, contra o Internacional em Porto Alegre. Continua ameaçada a situação  na série-B, porque após o jogo de sábado, o time enfrenta exatamente ao América no Arruda. O Santa Cruz precisa urgentemente vencer, é preciso ser extremamente otimista para pensar que os dois próximos jogos podem trazer vitória ou vitórias para o tricolor do Arruda.

Blog de Airton Sousa: Inter lidera e o Náutico afunda mais ainda

37224057906_6952fba522_k

A cidade  de Caruaru está de parabéns por tudo que aconteceu ontem nas ruas e no Lacerdão. Foi uma dia de festa, porém a disparidade técnica, financeira e de estrutura fizeram com que o Internacional voltasse para Porto Alegre na liderança da série-B, e o Náutico se aproximasse mais ainda da série C, no próximo ano.

Um jogo em que o Internacional foi absoluto nos dois tempos, tendo um domínio do lateral ao ultimo atacante e criando aproximadamente seis chances, contra apenas uma do Náutico no primeiro tempo de partida, porém graças a qualidade do goleiro Jeferson, o placar  foi de 0 x 0, não traduzindo a superioridade do time gaúcho.

No segundo tempo não foi diferente, e já aos 6 minutos Leandro  Damião de cabeça, colocava o Internacional na frente do placar Se o domínio era grande, passou a ser maior ainda após o primeiro gol do jogo. Muitas alterações nas duas equipes, muitas chances do Internacional e o goleiro Jeferson fazendo milagres a cada jogada ofensiva que o Internacional construía.

Final de jogo, vitória do Internacional pelo placar de 1 x 0, e com a vitória o Inter assumiu pelo critérios a primeira colocação da serie-A. Com relação a arbitragem, Jailson Macêdo  com exceção de um pênalti que deixou de marcar em Leandro Damião, o árbitro teve um com trabalho na partida.

O público do jogo foi de 13.409, uma renda de R$ 264.580,00. Contudo pelos comentários dos que conhecem   a capacidade de público do Lacerdão, tinha mais de 18.000 pessoas. Porém esse foi o resultado oficial informado. Como fato lamentável da festa, tivemos a prisão de 41 torcedores do Sport, infiltrados em meio aos torcedores do Internacional, que jogaram  um  rojão, atingindo um sargento da polícia militar que encontra-se em estado grave.

O Náutico joga nesta terça-feira (26), contra o Paraná fora de casa e no próximo sábado (30), retorna para jogar no Lacerdão contra o Boa Esporte. Se a situação timbu era complicada, depois  da derrota ficou mais complicada ainda. O torcedor vê com tristeza o time se aproximar cada vez mais da série-C, em 2018.

Blog de Airton Sousa: Lacerdão será palco dos jogos do Náutico

nautico

Impedido de jogar na capital pernambucana, em razão do Gramado da Arena de Pernambuco, está alugado para outros eventos, que não esportivos, a diretoria do Náutico resolveu entrar em acordo com os dirigentes do Central, e marcar quatro jogos para o Lacerdão. Tal decisão também se prende ao fato que no Arruda e na Ilha, também não houve possibilidade.

Visando dá melhor aspecto ao Lacerdão, a diretoria Timbu aliou-se a diretoria do Alvi-negro e está sendo feito um bom trabalho no gramado, vestiários e outros setores  do estádio, afim de que os responsáveis pelo espetáculo possam se sentir mais a vontade e saiam todos com uma boa impressão do Estádio.

Os jogos em Caruaru, trazem para os torcedores do interior a oportunidade de assistirem bons jogos, a exemplo do Internacional, Guarani, Boa Esporte e ABC, aliás torcida do interior que nunca mais viu os portões do Lacerdão se abrirem para a realização de jogos, tornando-se aí uma boa oportunidade para termos um bom numero de torcedores.

Também com certeza, a torcida timbu da capital pernambucana, deverá comparecer porque serão jogos decisivos e importantes para o Náutico, onde a diretoria já se manifestou, se os resultados acontecerem, o time poderá continuar jogando no Luiz Lacerda. Daí a expectativa principalmente para o jogo deste sábado (23)contra  o Internacional, líder da série B.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz vence e respira – Náutico perde e afunda

                                          fggf

Finalmente a torcida reagiu , o Santa Cruz venceu bem ao Goiás pelo placar de 3 x 0.  Todos esperavam e era obrigação tricolor vencer  por várias razões. O jogo era no Arruda, o time vinha a vários jogos sem vencer, caindo a cada rodada na tábua de classificação até   chegar  a zona de rebaixamento. Caso não conseguisse a vitória muitas seriam as consequências.

Dois minutos e João Paulo abria o placar, dando uma certa tranquilidade ao time, a partir daí outra chance com André Luiz aos 18 minutos. Depois dos 20 minutos, o Santa Cruz recuou cedendo espaço  ao adversário, principalmente com Léo Sena e Andrezinho, no entanto o Oeste não conseguia chutar com perigo para o goleiro Julio César, até que entrou Bruno Paulo aos 26 minutos, na contusão  de André Luiz.

Após  a entrada de Bruno Paulo, o Santa Cruz ganhou fôlego, criando com Primão aos 26 minutos, porém o Goiás acordou  chutando duas bolas, aos 29 minutos Tiago Luiz com Julio Cesar fazendo uma grande defesa, além de Andrezinho com uma bola de cabeça aos 30 minutos.  Após esse lance, houve uma certa acomodação das duas equipes e o time pernambucano terminou o primeiro tempo ganhando por 1 x 0.

Na segunda etapa, o Goiás teve aos 4 minutos um gol nulo de Carlos Eduardo que estava impedido,  e  o Santa Cruz sendo dominado o tempo todo pelo setor direito, esperando-se a todo instante o empate do jogo. Porém após 35 minutos, com a entrada de Daniel Bueno, o Santa Cruz voltou a predominar com uma chance aos 37 minutos, uma bola na trave aos 39, e aos 40 e 43 respectivamente,  com Bruno Paulo marcando e  a surpresa da marcação de dois gols, fechando o placar de 3 x 0 e uma grande vitória. Próximo jogo no Paraná, contra o Londrina.

No sábado a tarde (16), foi a vez do Náutico entrar em campo contra o Oeste. No primeiro tempo um domínio de bola e passes de 62% do time paulista, pressionando o tempo todo, porém chutando pouco. O Náutico teve a rigor uma boa chance com Giovani aos 33 minutos. Porém foi um primeiro tempo em que o Oeste dominou o tempo todo.

Aos 43 Ávila era expulso, deixando o Náutico com um jogador a menos. Os grandes destaques do time paulista foram Mazinho, Gabriel e Daniel Borges com um detalhe importante, a boa qualidade do gramado. No segundo tempo, como era de se esperar aumentou a pressão do Oeste, aos 7 minutos o jogador Rafael Luiz chutava para uma grande defesa de Jeferson. Porém aos 26 minutos,  Robert que havia entrado marcou o gol da vitória do Oeste.

A bola aérea foi o tempo todo lançada contra a área do  Náutico, daí uma verdadeira blitz e esperando-se a cada instante acontecer o segundo gol do Oeste, que passou a exigir de Jeferson grandes  e importantes defesas. Podemos até dizer que o goleiro alvi-rubro foi o melhor jogador do time pernambucano, principalmente nas bolas na área. .

Com a frente no placar, o Oeste insistia o tempo todo na marcação do segundo gol, com o Náutico resistindo  a todo custo, sem poder de reação porque estava com um jogador a menos. Era visível que o Náutico estava aceitando a derrota e não tinha mais forças para avançar pelo sistema de jogadas em diagonal do time paulista. A derrota de 1 x 0, não traduziu o volume de jogo do Oeste, no entanto com a derrota a situação timbu complica-se a cada rodada. Próximo jogo em Caruaru sábado (23), contra o Internacional. Além desse jogo mais três:  30\09 – Boa Esporte. 14\10 – Guarani. 20\10 ABC, conforme acerto entre as diretorias do Náutico e do Central.

 

Blog de Airton Sousa: Conheça a tabela da Copa do Nordeste 2018

                          cpdn

GRUPO – A

  • Santa Cruz (PE)
  • CRB (Al)
  • Confiança (SE)
  • Treze (PB) ou Cordino (MA)

GRUPO – B

  • Vitória (BA)
  • ABC (R.G.Norte)
  • Ferroviário (CE)
  • Globo (R.G.Norte)

GRUPO – C

  • Bahia
  • Botafogo (PB)
  • Altos (MA)
  • Náutico (PE) ou Itabaiana (SE)

GRUPO-D

  • Ceará
  • S.Correia (MA)
  • Salgueiro (PE)
  • CSA (AL)

Blog de Airton Sousa: Náutico é dominado, mais termina vencendo

hqdefault

Um jogo em que o time do Brasil de Pelotas, dominou do começo ao fim e foi prejudicado pelo árbitro Antonio Morais de Sousa do Piauí, que  deixou de marcar um pênalti aos 22 minutos e anulou um gol legítimo aos 32 minutos, todos do segundo tempo, influenciando direto no resultado, porém no final o Náutico venceu por 1 x 0 .

A equipe dos pampas, foi muito bem aplicada em campo, teve chances aos 17, 19, 22, 32 minutos, entre elas um pênalti no jogador Marcinho aos 22 minutos, deixado de ser marcado pelo árbitro do jogo, além do erro ao anular um gol do atacante Lincoln aos 32 minutos, destacando-se a atuação do goleiro Jeferson, desde o início .

Muitas faltas, muitos passes errados, um jogo violento e um árbitro perdido em todos sentidos. O Náutico teve chances aos 3 minutos com Bruno Mota e aos 28 minutos com Aislan. Na volta do segundo tempo, saiu Geovani que estava mal no jogo entrando Iago. Porém continuava o domínio do Brasil de Pelotas, com o Náutico encurralado sem espaço para jogar, pela forte marcação do adversário.

Novamente começava a avalanche de bolas chutadas contra a meta de Jeferson. Aos 3 minutos Juninho chutava forte de fora da área, aos 15 minutos era a vez  de Itaqui na cobrança de falta,  outra vez Itaqui cobrava  para uma grande defesa de Jeferson, aos 30 e 31 minutos era a vez de Cassiano, que houvera entrado aos 10 minutos, no lugar de Lincoln.

Porém, o Náutico que apenas e defendia, teve   chances com Ávila aos 26 minutos,  Shuster aos 37 minutos e finalmente a surpresa, Vinicius que houvera entrado no lugar de Gilmar, aproveita uma sobra de bola e faz o gol aos 42 minutos, dando a vitória ao Náutico por 1 x 0. Com a vitória o Náutico foi a 20 pontos, continua na décima nona posição e tem o desafio de vencer oito jogos, somar mais 24 pontos, para chegar aos 44 e escapar do rebaixamento.

Blog de Airton Sousa: Um descanso muito bem-vindo

O calendário da CBF abre uma folga para os clubes, principalmente os nossos, muito bem-vinda em razão aos dois jogos da seleção, respectivamente contra o Equador e Colômbia. Dessa forma, a Confederação resolveu alterar o calendário do Campeonato Brasileiro, visando com isso chamar a atenção das torcidas apenas para as eliminatórias da Copa da Rússia.

956x536+4+4-670x375

Vejam só, o Sport joga apenas neste sábado (02), em Porto Alegre contra o Grêmio, dando ao técnico Wanderley Luxemburgo a chance de analisar o que poderá ser melhor a partir de agora, em razão da queda que o time sofreu nos últimos seis jogos. Tornando-se desta maneira um espaço bastante suficiente para qualquer correção técnica e tática.

Com o Santa Cruz, também não é diferente. O Santa Cruz de técnico novo, ganhando alguns dias para planejar, fazer mudanças e conhecer melhor o elenco, já que houve muita alteração da sua última passagem para o atual momento, também porque o tricolor tem a necessidade urgente de recuperar pontos e sair do Z-4.

O Náutico, depois de uma subida, logo após a chegada de Roberto Fernandes, voltou a ter resultados negativos, onde até agora jogou cinco vezes, ganhando três e perdendo duas. Nunca é demais para um treinador, o espaço que está sendo dado, para mexer na escalação e fazer novos planejamentos, na tentativa de recuperar posições. Portanto, que os nossos principais clubes possam aproveitar bem essa folga no calendário.

Blog de Airton Sousa: Náutico perde e o rebaixamento fica mais próximo

ceara x nautico

Jogando na noite dessa sexta-feira (25), no Presidente Vargas em Fortaleza, o Náutico perdeu mais uma partida, desta feita para o time do Ceará. A cada rodada o time se aproxima mais ainda da zona de rebaixamento, e isso trás muitas consequências para o elenco, onde o desespero bate a cada jogo.

No primeiro tempo, o jogo foi do time cearense com o domínio excelente do meio de campo, através dos jogadores Ricardinho, Pedro Ken e Richardson. Marcando o gol aos 13 minutos com  o jogador Lima, falha de Ávila e do goleiro Jeferson. A partir daí aumentou o volume e as chances do Ceará, onde Lelê perdeu um gol aos 42 minutos e Romário perdeu outro aos  47 minutos.

Quanto ao Náutico apenas se defendeu no primeiro tempo, criando pouco, jogando no campo defensivo, cometendo muitas faltas e passes errados. Daí uma superação total do adversário, impondo velocidade, montando contra-ataques com a participação também dos dois laterais, Cametá e Romário.

No segundo tempo, aconteceu o inverso onde o Ceará voltou para administrar o resultado, enquanto que o técnico Roberto Fernandes adiantou a marcação, o time melhorou,  passou a jogar no campo adversário. Aos 9 minutos Gilmar perdeu um gol, aos 14  Giovani desperdiçou uma penalidade, aos 23 minutos foi a vez do jogador Breno. Ou seja, as chances de gol no segundo tempo foram do time timbu.

Com a derrota, o Náutico se mantém na vice lanterna , tem o próximo jogo na Arena de Pernambuco, contra o Brasil de Pelotas. A situação do alvi-rubro é cada vez mais complicada, aproximando-se mais ainda do rebaixamento.  Restam 16 rodadas, das quais o  Náutico terá que vencer  9 rodadas. Tem 17 pontos e para chegar aos 44 pontos tem que somar mais 27, o que sinceramente não dá para acreditar.

Blog de Airton Sousa: Tricolores e alvi-rubros em busca de recuperação

 fggf

Nesta sexta-feira (25), o Náutico vai até Fortaleza para enfrentar a equipe do Ceará. Um jogo complicado em vários aspectos, começando pela necessidade de recuperação do time do ceará  , em razão da goleada sofrida para o time do Boa na última rodada. Depois o jogo será no Presidente Vargas, estádio menor com  a pressão da torcida, além da rivalidade que sempre existiu entre esses dois estados nordestinos.

O Náutico que após Roberto Fernandes assumir o comando técnico, venceu três partidas e perdeu apenas uma, demonstrando uma boa recuperação, apesar de está na vice lanterna da competição, e faz o seu torcedor voltar a ter esperança. No entanto é inegável que houve uma evolução do time  timbu. Porém, é bom lembrar que o alvi-rubro perdeu a sua principal peça, o jogador Erick nesta confusão da sua transição com o futebol de Portugal.

Outro pernambucano que estará jogando, desta feita neste sábado (26) à tarde, é o Santa Cruz que está vivendo os mais diversos problemas, entrando na zona de rebaixamento após a última rodada e tendo muitas broncas a serem resolvidas. O técnico Givanildo Oliveira, ameaçado de demissão, em razão dos resultados negativos. E mais uma bronca surge,o ex-goleiro Tiago Cardoso colocou o clube na justiça e rola uma divida em torno de 750 mil reais.

Quanto ao jogo, é desnecessário dizer das dificuldades que o Santa Cruz irá enfrentar diante do time alagoano, pelo elenco, pelo treinador e também porque o Regatas sempre complica contra os pernambucanos. Não tem outra saída para o time do Arruda: vencer, vencer e vencer. E a grande pergunta é essa: A torcida irá ao estádio, ou os resultados irão afastar ainda mais o apaixonado torcedor tricolor?

Para finalizar a participação dos clubes de Pernambuco neste fim de semana, o Salgueiro joga neste sábado (26) à noite contra o time do Sampaio Correia. O jogo será na cidade de Salgueiro e o Carcará no momento é o quinto colocado do grupo, podendo voltar ao G-4, caso vença esse compromisso. Sabemos que nos seus domínios o time salgueirense se torna mais forte, e é isso que espera a sua torcida.

Blog de Airton Sousa: Náutico vence e deixa a lanterna

horario-do-jogo-nautico-x-figueirense-terca-feira-15-de-agosto-15-08-2017-

O Náutico obteve a sua terceira vitória na era de Roberto Fernandes, na noite dessa terça-feira (15), quando venceu ao Figueirense pelo placar de 2 x 0. Nunca é tarde lembrar, que com o comando do treinador, o time somou mais pontos do que em toda primeira fase da competição, deixando a sua torcida um pouco mais otimista, e voltando a esperança de se manter na série B.

O time timbu dominou o jogo o tempo todo, se impôs e colocou um ritmo acelerado na partida, não permitindo nenhuma reação do time de Santa Catarina. Com a vitória o Náutico passou para dezessete pontos, dois a mais que o time do ABC, que joga nesse final de semana em Natal, contra o  Internacional. Caso  o time do Rio Grande do Norte, consiga vencer  o jogo, o Náutico voltará a lanterna da competição.

O torcedor ficou mais otimista, com a esperança que agora a sequência de vitórias não seja quebrada, tendo que vencer das dezessete partidas dez, para se manter na série-B e não depender de resultados dos concorrentes, não é uma tarefa fácil, no entanto é inegável dizer que o treinador está trabalhando o grupo dentro da limitação de cada um, conforme o adversário.

O próximo jogo será na semana que vem, contra o Ceará em Fortaleza, lembrando que o time cearense está bem posicionado, conseguiu se recuperar na competição e tradicionalmente sempre é um adversário difícil dos pernambucanos, independentemente de onde aconteça o jogo, ou a fase que o time está atravessando. Será uma  partida em que o time timbu, terá que ter um outro comportamento tático. Roberto Fernandes terá bastante tempo para montar o seu planejamento.

Blog de Airton Sousa: Náutico perde e continua segurando a lanterna

GHZ1Bizb

Jogando na noite dessa sexta-feira (11), o Náutico foi derrotado pelo líder da Série-B pelo placar de 1 x 0. O jogo foi fraco tecnicamente, nem a posição e a campanha do time Mineiro fez com que o jogo tivesse uma pitada de qualidade. Foram dois tempos distintos para o Náutico, um primeiro tempo apenas se defendendo e um segundo tempo, um pouco mais aberto e ofensivo.

No entanto, foi ainda no primeiro tempo que o América abriu o placar, através do jogador Hugo Almeida, aos 25 minutos com uma bola que sobrou na área alvi-rubra, e não demorou a conclusão do lance, saindo o  primeiro e único gol do jogo. O técnico Roberto Fernandes, escalou o time o tempo todo com três zagueiros, mesmo assim foi inevitável a derrota.

As principais peças do time timbu, a exemplo de Erick e Gilmar, estiveram bem marcados e não contribuíram para que o Náutico tivesse oportunidade de gols, mesmo com a evolução do time no segundo tempo, porém sempre apresentando uma fragilidade na criação, deixando transparecer mais uma vez as carências do time.

Enquanto isso, o América administrava a vantagem no placar, tentava surpreender o Náutico na base do contra ataque, porém apresentava deficiências nas finalizações. Aos poucos o time timbu  se rendia ao placar, até que tivemos o término do jogo e o Náutico sofreu mais uma derrota na competição, permanecendo na lanterna da série-B. O próximo jogo será na Arena de Pernambuco, terça-feira contra o Figueirense.

Blog de Airton Sousa: Náutico em busca de outra vitória

GHZ1Bizb

Em busca de fugir da zona de rebaixamento, e principalmente sair da lanterna da série-B, o time do Náutico volta a campo nessa sexta-feira (11) à noite, jogando contra o bom time do América Mineiro. Todos sabem das dificuldades a serem enfrentadas, principalmente pela posição do adversário e pelo time que o América tem, com uma qualidade indiscutível, pela própria campanha no Campeonato Brasileiro da série-B.

O América é um dos fortes concorrentes para subir de divisão, e fez uma campanha irretocável na primeira etapa do Brasileiro, tornando-se um adversário quase imbatível para qualquer concorrente, e com o Náutico não seria diferente, mesmo entendendo-se que nos dois últimos resultados o time alvi-rubro conseguiu duas importantes vitórias, fora de casa contra o Vila Nova e em casa contra o Luverdense.

O técnico Roberto Fernandes, fez treinamentos de portões fechados, tentando com isso surpreender ao adversário, além do apoio que teve durante essa semana dos membros do Conselho Deliberativo do Clube, que anunciaram o pagamento de bicho, através de numerários partilhados entre os Conselheiros, com a finalidade de incentivar o grupo, e tentar tirar a equipe dessa situação complicada.

Todos sabem a limitação da equipe, as dificuldades para fugir da zona de rebaixamento, porém existe a convicção de que a distância para o décimo sexto colocado é grande, porém, o treinador afirmou que tem que caminhar jogo a jogo, com paciência e determinação, no sentido de tentar escapar do rebaixamento. É a estreia timbu na segunda etapa do Campeonato, e só resta uma saída, aguardar a bola rolar e vê o compoprtamento das duas equipes, uma na parte de cima, outra na última colocação.

Blog de Airton Sousa: Roberto Fernandes estreia vencendo

erick

Na noite dessa sexta-feira (04),  O Náutico Venceu ao Luverdense na Arena de Pernambuco, pelo placar de 1 x 0. O jogo marcou a estreia do técnico Roberto Fernandes, sendo a primeira vitória do time Pernambucano. Mesmo com a vitória, o time timbu permanece na lanterna e fecha o primeiro turno com 14 pontos.

O primeiro tempo, foi um jogo fraco tecnicamente, com as duas equipes jogando mais na marcação do que no campo ofensivo, porém apesar de tudo o empate ainda seria um resultado negativo para o Náutico, em razão da deficiência de pontos que o time se encontra, daí a expectativa do que seria o segundo tempo.

No segundo tempo, os comandados do técnico Roberto Fernandes voltaram com algumas correções, e passaram a apertar o time do Mato Grosso. Aos 18 minutos, o árbitro marcou um pênalti duvidoso para o alvi-rubro, voltou atrás porém, depois confirmou a marcação do pênalti.

Erick cobrou com qualidade, colocou o Náutico na vantagem e a Luverdense, logo após o gol tentou empatar, se abriu no jogo, porém a defensiva timbu evitou que o empate acontecesse. A vitória trouxe para o alvi-rubo um clima de otimismo, mesmo com a saída inesperada do goleiro Tiago Cardoso, que anunciou está deixando  o time, pegando todos de surpresa. O próximo jogo, abrindo o segundo turno será contra o América, em Minas Gerais

Blog de Airton Sousa: Última rodada do primeiro turno neste fim de semana

 

roberto fernandes

Teremos a última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro das séries A e B neste final de semana.  O Náutico joga nesta sexta-feira (04), na Arena de Pernambuco contra o time da Luverdense. Este jogo marca a estreia do técnico Roberto Fernandes, e coincidência ou não, na véspera do jogo contra o Vila Nova em Goiás, a diretoria fechava contrato com o treinador, e o Náutico venceu depois de muito tempo.

Muita expectativa para o jogo contra a Luverdense, em razão de que o treinador faz a sua estreia, e teve três dias para começar o seu trabalho junto ao grupo. Todos sabem a situação do time timbu, e o treinador veio coinsciente da atual realidade do clube. É a quarta vez que Roberto Fernandes passa pelo Náutico, e só resta esperar a resposta no jogo contra a Luverdense.

O Santa Cruz que está descendo a ladeira, tem um compromisso difícil contra um dos melhores times da série B, o Juventude neste sabado (5) a tarde . O jogo é na cidade de Caxias, e isso é mais um motivo de preocupação, além dos problemas técnicos e financeiros que o tricolor está sofrendo. O time está na décima quinta colocação, três pontos da zona de rebaixamento. É preciso que a recuperação aconteça, caso contrário a situação irá complicar mais ainda.

Por sua vez, o Sport que decepcionou a sua torcida, no jogo de quarta-feira contra o Palmeiras, tem um compromisso difícil em São Paulo, contra o líder Corinthians. Um jogo considerado complicado, onde o clube pernambucano vem de um empate na Ilha do Retiro contra o Palmeiras, deixando a torcida em alerta. Vê qual será o comportamento do grupo neste sábado (05), e de que maneira o técnico Wanderdey  Luxemburgo, montará a sua equipe.

Enquanto isso, o Salgueiro que vem de uma derrota no Ceará, joga no sertão pernambucano, contra o Botafogo da Paraíba. Importante lembrar que o time Salgueirense se recuperou, após o termino do Campeonato Pernambucano. Vencendo, o Salgueiro poderá está de volta ao G-4, e irá continuar sonhando com a série B.