Blog de Airton Sousa – Sport tenta primeira vitória em casa

                                                              1355

Depois de conseguir sua primeira vitória fora de casa, contra o América Mineiro, o Sport volta a jogar em casa, desta feita contra o bom time do Londrina.  É a tentativa do Leão de conseguir a sua primeira vitória na Ilha do Retiro, mesmo porque até agora nos dois jogos cuja chamada foi do rubro-negro, tivemos dois empates, deixando a torcida frustrada.

O resultado positivo do ultimo jogo deixou o elenco mais confiante, na expectativa de ter começado a recuperação na competição. Nós sabemos que ainda existem carências dentro do plantel, no entanto o fato de ter ganho a primeira partida  fora de casa, motivou o time  e também a torcida.

O Sport hoje tem seis pontos, é o oitavo colocado da série B, e com a mesma pontuação temos CRB, Oeste, Paraná e Figueirense, onde a diferença de classificação está apenas nos critérios, daí a importância do rubro-negro vencer essa partida, mesmo porque o jogo é nos seus domínios.

Quanto ao time do  Londrina que está na segunda colocação da série B com dez pontos, mesma pontuação do Bragantino, a diferença é somente nos critérios, daí podermos entender as dificuldades que o Sport irá enfrentar. Espera-se um bom público, mesmo porque a vitória contra o América Mineiro, serviu  de crédito para o jogo desta sexta-feira (24) na Ilha .

 

Blog de Airton Sousa: O planejamento agora é para a Série-C

                                          fggf

Vamos pedir a sua permissão, para não falarmos tecnicamente dos jogos deste sábado, envolvendo o Náutico e o Santa Cruz, porque na verdade não adianta mais nesse momento falar o que foram essas equipes taticamente na rodada desse sábado (11), em razão de que agora o importante é iniciar o planejamento para 2018.

O Náutico por exemplo, com a nova diretoria já começa a falar em um gerente de futebol, para tentar profissionalizar esse setor do clube, visando com isso colocar em prática um planejamento, iniciando com o isso um maior apoio ao trabalho de base, que mesmo sendo um trabalho amador, tem trazido resultados para o clube.

Um nome que está sendo bastante cogitado para a Gerencia de Futebol do Clube, é do ex- jogador Sangaletti, que passou  pelo Sport Clube do Recife, e uma rápida passagem também pelo Clube Náutico Capibaribe, e não é só isso, tem que trabalhar principalmente o financeiro, porque na série-C, não tem a verba da TV.

Quanto a derrota no jogo desse sábado (11) na Arena de Pernambuco, o time apresentou as mesmas carências de sempre, muito embora correria com pouca qualidade. A vitória do Londrina pelo placar de 2 x 1, foi justa em razão da diferença técnica a favor do time do Paraná, que chegou a 59 pontos ocupando a quarta posição e dentro do G-4, enquanto que o Náutico fechou  a rodada na décima nona posição, com trinta e hum pontos, igual ao ABC, lanterna.

Mesmo critério de análise é para o Santa Cruz, talvez com mais consequências , porque o lado financeiro do time tricolor e muitas vezes maior. Os jogadores ameaçaram greve esta semana e depois de uma reunião entre dirigentes, jogadores e o Sindicato através do ex-jogador Ramon, ficou o compromisso do pagamento para esta segunda-feira (13), caso não aconteça o pagamento, os jogadores   não entrarão em campo no jogo contra o Paraná.

Quatro treinadores passaram pelo Santa Cruz, a contratação de quase quarenta jogadores, muitas mudanças, falta do cumprimento dos acertos, além de problemas internos que não foram levados à tona, tudo isso aconteceu  e os problemas iam  crescendo a cada jogo, deixando o grupo bastante dividido e insatisfeito.

O caminho tricolor, também com nova diretoria é começar do zero, porque do elenco poucos jogadores serão aproveitados, além do problema de está em uma divisão inferior, deixando aí dificuldade  para contratar jogadores de uma melhor qualidade. Quanto ao torcedor, que sempre esteve ao lado do Clube, inclusive quando esse esteve fora inclusive da série-D, deverá dá o seu apoio.

A derrota para o time do Boa Esporte, foi simplesmente mais uma derrota entre tantas que acontecerão ao longo do Campeonato. Um time frágil na defesa, um meio de campo envolvido pelo adversário, e o ataque onde apenas Ricardo Bueno teve destaque. Os três jogos restantes do Santa Cruz são: Paraná em Recife, Paysandu em Belém e Juventude em Recife. O Santa Cruz é o décimo oitavo colocado, somando 33 pontos. Infelizmente estão rebaixados três clubes do Nordeste: Náutico, Santa Cruz e ABC, aguardando o quarto clube a ser rebaixado.

 

 

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz domina o jogo e empata

lec-santaR

Jogando na noite dessa sexta-feira (22) no Paraná, o time tricolor jogou e empatou contra o Londrina em 1 x 1. Foi um jogo equilibrado, onde o time do arruda mesmo com as ausências de Derley e João Paulo, teve um bom comportamento e não se intimidou com o fato do adversário jogar em casa com o apoio do torcedor.

O destaque do Santa Cruz, enquanto esteve em campo  foi  o jogador Primão, que fez uma boa partida. O jogo teve poucos chutes e o Londrina apenas  esperava o Santa Cruz atrás. O tricolor teve 59% de posse de bola, contra 41% do adversário. No  entanto, o primeiro tempo terminou em 0 x 0.

Começava o segundo tempo, e Grafite perdia a primeira chance do jogo, aos 12 minutos. O Londrina jogava aberto e até certo ponto apavorado. O Santa Cruz aproveitou um corte errado da zaga adversária e Wellington Cesar acertou o chute marcando o gol tricolor aos 18 minutos. Após o gol, o Santa Cruz recuou um pouco, dando espaço para o Londrina apertar.

Aos 29 minutos, após um escanteio e uma falha do zagueiro Sandro, Ricardinho aproveitou e mandou a bola para as redes de Julio César, empatando o jogo. Com o empate, o Santa Cruz tentou administrar o empate e para dá velocidade ao time, o técnico Marteloti  promoveu a estreia do jogador Natan  aos 34 minutos, que pouco contribuiu para o crescimento do time no restante do jogo.

Depois dos 37 minutos, o Londrina pressionou mais ainda tentando virar o jogo, já que o empate era considerado um resultado negativo para o time do Paraná. Final de jogo e podemos dizer que o empate foi um bom resultado para o Santa Cruz, completando a terceira partida  após a volta de Marteloti, sem conhecer uma derrota. O tricolor agora soma 28 pontos e joga nesta terça-feira (26), no Arruda contra o Ceará.

Blog de Airton Sousa: Está na hora de repensar o futebol Pernambucano

Começamos os jogos do final de semana, com o Santa Cruz sofrendo a segunda derrota seguida. O Goiás na terça-feira (06), por 2 x 1, e na sexta-feira (09), no Arruda para a equipe do Londrina por 2 x 0. As derrotas, a perda da chance de decidir o Campeonato Pernambucano, a Copa do Nordeste, e a eliminação da Copa do Brasil, também a insatisfação  da torcida, provocaram a queda do treinador Vinicius Eutrópio.

No balanço da participação de Vinicius Eutrópio, tivemos 32 jogos; 16 vitórias, 7 empates, 9 derrotas e 57.2 % de aproveitamento. Só um detalhe: Do time do ano passado, restaram menos de 4 jogadores para o técnico iniciar o trabalho. Daí, o treinador ter que montar o time, no decorrer das competições, o que não é fácil.

Quanto ao jogo, o Santa Cruz sofreu um pênalti duvidoso, aos 47 minutos do primeiro tempo, sem esboçar muita reação durante a primeira fase, e para complicar, tomou o segundo gol, no início da segunda fase, em uma falha do zagueiro Anderson Sales. A partir daí, o time ficou mais disperso ainda, com ou o terceiro gol aos 34 minutos, e João Paulo descontou, aos 39 minutos, terminando com o placar de 3 x 1. O próximo jogo será nesta terça-feira (13).

Na tarde de sábado, mais um Pernambucano a ser derrotado, o Náutico. O que já não é mais novidade, vitória do Internacional pelo placar de 4 x 2.Um jogo que teve de tudo, duas expulsões, quatro pênaltis, e uma sequência de erros do time timbu, que demonstrou mais uma vez, uma fragilidade em todos os setores.

O técnico Waldemar Lemos, já não tem mais o que improvisar, alterar ou inventar, porque tudo ele tem tentado, no entanto o problema  é mais sério. Fragilidade técnica, jogadores sem condições de vestirem a camisa do time, em uma competição, que exige no mínimo: garra e determinação. O próximo jogo será em casa, contra o Paraná. A lanterna continua sendo o troféu do alvi-rubro Pernambucano.

Para não ser diferente, o Sport perdeu para o Vasco da Gama, por 2 x 1, com o técnico Wanderley Luxemburgo fazendo substituições e experiências nas horas erradas, tornando o time leonino frágil, principalmente no segundo tempo. Provando mais uma vez, que o time está carente de jogadores de qualidade, e que a vitória contra o Flamengo, não foi por mérito da equipe rubro-negra.

É preciso dar mais tempo ao treinador, no entanto, além disso, também se faz necessário oferecer mais qualidade ao time; continuamos dizendo que com esse grupo, o Sport não chega a lugar nenhum. Estão sendo repetidos todos os erros anteriores, com Falcão,Oswaldo de Oliveira, Ney Franco, Daniel Paulista, e agora com Wanderley Luxemburgo. O próximo jogo será nesta quarta-feira (14), na Ilha do Retiro, contra o São Paulo, ainda sem Diego Sousa, de volta ao time.

Se é para falar de derrota, vamos continuar. Desta feita o Central, que foi a Bahia, com todos os problemas do mundo, e perdeu para o Juazeirense pelo placar de 3 x 0, demonstrando mais uma vez, a limitação em todos os sentidos do alvi-negro. Com a derrota, fica complicada a situação, onde o Central terá mais um jogo fora de casa, contra o time do Coruripe, no próximo final de semana. É muito séria a situação da patativa, só não ver quem não quer. A classificação no grupo do Central, é a seguinte: Juazeiro 8 pontos, Sousa 5 pontos, Coruripe 4 pontos e o Central com 4 pontos.

Outros resultados dos Pernambucanos: O Salgueiro conseguiu um empate contra o ASA, em 1 x 1, e a diretoria já avisou que se a decisão do Campeonato não for no dia 18 deste mês, o time jogará com a equipe reserva, porque após o dia 30, a maioria dos contratos estarão encerrados.

O Atlético Pernambucano empatou em casa, contra o time do Itabaiana, com o placar de 2 x 2. E finalmente, o América foi ao Rio Grande do Norte, e perdeu para o time do Globo por  1 x 0. Um final de semana para Pernambuco, com um balanço extremamente negativo, com 5 derrotas e 2 empates. Consequentemente ninguém venceu.

Blog de Airton Sousa: Todos os Pernambucanos em ação neste fim de semana

O Santa Cruz volta a campo nesta sexta-feira (09), contra o Londrina, no Arruda. Em casa até agora, o time tricolor está imbatível, foram três vitórias, enquanto que as duas derrotas foram fora do Arruda. Há de convir, que dentro das limitações, a campanha do time é de razoável para boa, principalmente levando em consideração os 100% de aproveitamento em casa.

Quanto ao jogo desta sexta-feira (09), só tem um resultado, a vitória, para que o time permaneça no G-4, e siga buscando a primeira vitória fora de casa, cujo jogo será contra o time do Ceará. Para o jogo desta noite, o técnico Vinicius Eutrópio tem a tranquilidade de poder repetir o mesmo time, ou fazer substituições, já que ultimamente ganhou algumas peças para reforçar o elenco, e qualificar o banco. Portanto, espera-se que o Santa Cruz hoje, possa errar menos no seu sistema defensivo, evitando o que aconteceu no jogo contra o Goiás.

Para o sábado (10), o Náutico que até agora não conseguiu vencer uma partida se quer, joga contra o Internacional no Beira Rio. Não precisa dizer que o Inter, é favorito, mesmo sem está bem na competição, porém, não podemos esperar muito do time timbu, porque até agora não venceu um jogo se quer, soma dois pontos, fez apenas um gol, e tem tido uma escalação a cada partida , o que demonstra a fragilidade do time.

A Diretoria dispensou essa semana os jogadores: Mailson, Anselmo, Jeferson Renan, Giva e William, tornando-se mais fragilizado ainda, mesmo recebendo como reforços os jogadores vindo do Atlético Paranaense, Renan Paulino e Bruno Mota, porém é muito pouco pelas carências que o time tem apresentado, e nada melhor do que a campanha, para chegarmos a esse denominador. Vejamos outra vez, o que vai acontecer.

O Sport depois da vitória espetacular contra o Flamengo, volta a campo, neste sábado à noite, desta feita contra o Vasco da Gama, fora de casa. O time Vascaíno perdeu na quarta-feira em casa, para o Corinthians pelo placar de 5 x 2, se deu mal e vai querer recuperar-se contra o time leonino. Foi muito boa a apresentação do Sport, que inclusive impôs mais velocidade do que quando o jogador Diego Sousa está no time.

Tudo indica, que o técnico Wanderley Luxemburgo, manterá o mesmo time que começou o jogo contra o Flamengo, e as possíveis modificações poderão ser feitas, no decorrer do jogo; comenta-se a possibilidade de Thomas entrar de início, no entanto, o treinador deixou uma interrogação, a respeito do assunto. Não resta dúvida, que a vitória contra o Flamengo, deixou o ambiente mais leve, o que oferece a perspectiva de um bom futebol. A depender do resultado do jogo, poderemos observar que efeito deixou a vitória da quarta-feira.

Quanto ao interior, o Central que mais uma vez viveu uma semana tumultuada, com os jogadores ameaçando não viajar, por falta de pagamento. A notícia que corre, é que o Presidente empenhou um bem particular, e arrumou a importância suficiente para pagar ao elenco, não sabemos até quando essa situação vai permanecer, e que futuro espera a patativa, na competição e na sua sobrevivência.

Nesse instante o Central, tem 4 pontos, é o terceiro colocado, tendo à sua frente com 5 pontos, o Sousa e a Juazeirense, daí a necessidade, no mínimo de um empate, e torcer que o Coruripe possa vencer ao Sousa, onde todos ficariam praticamente na mesma situação na tabela, as chances ficariam iguais para uma possível  classificação para a fase seguinte da série D. Esperar, porque no Central tudo acontece.

Finalmente, o Salgueiro que vem mal no seu grupo, joga em Arapiraca, contra o Asa, necessitando de uma vitória para respirar, porque há quem diga que o time está com a cabeça na decisão do Campeonato, contra o Sport, o que é perigoso, porque enquanto isso o Brasileiro está seguindo, e os resultados negativos acontecendo.

O Atlético Pernambucano, joga em casa com o Itabaiana, com a necessidade de vencer, para continuar brigando pela classificação, para a segunda fase. O América sai, enfrenta ao time do Globo, no Rio Grande do Norte. Esperar para ver o que pode acontecer também com os times que representam, ao lado do Central, o nosso estado na série D, do Campeonato Brasileiro.

Blog de Airton Sousa: Náutico sai do G4

Nessa reta importante e final da série B do Campeonato Brasileiro, continua bastante acirrada a disputa pelas quatro vagas à primeira divisão. Nesse instante, estão praticamente garantidas duas vagas, Atlético de Goiás com 61 pontos e o Vasco da Gama com 58 pontos. A disputa está entre o Bahia, com 56 pontos, após vencer nesta sexta-feira(04), o time do Vila Nova em Goiás; o Avaí com 55 pontos, que  joga em Santa Catarina, contra o Londrina, que tem  54 pontos; o Náutico que está também com 54 pontos e que joga neste sábado(05), no Estádio Rei Pelé, contra o Clube de Regatas Brasil, que tem 49 pontos, e que também tem chances, se vencer ao Náutico,  de entrar na disputa do G4.

Observa-se principalmente agora, quando a competição chega na reta final, como faz falta as vitórias que não acontecem em casa, além de derrotas para times inferiores fora de casa. O Náutico tem hoje o jogo da vida, contra o Clube de Regatas Brasil, se vence avança e faz a diferença, se perde tem complicada sua situação, principalmente se o Avaí que joga em casa, vencer ao Londrina, que tem a mesma pontuação do time timbu.

O alvi-rubro tem depois do jogo deste sábado(05), os seguintes adversários: Goiás na Arena de Pernambuco;  o Avaí em Santa Catarina(confronto direto); o Tupi em Minas Gerais e finalmente o Oeste na Arena de Pernambuco. Ou seja, dois jogos em casa, dois jogos fora. Porém, antes de tudo, é vencer neste sábado(05), ao Clube de Regatas Brasil, uma missão muito difícil.

Blog de Airton Sousa: Náutico decepciona outra vez

Outra vez em casa, o Náutico decepciona a sua torcida, joga um futebol abaixo da crítica e perde por 2 x 0, para o surpreendente time do Londrina, que fora de casa tem um aproveitamento de 40%, e todos sabiam das dificuldades, menos o técnico Alexandre Galo e os seus comandados. Um primeiro tempo em que o time Paranaense jogou apenas o suficiente, foi ao ataque três vezes, entre elas aos 38 minutos, onde o experiente Germano aproveitou uma falha coletiva da zaga alvi rubra, e com muito oportunismo abriu a o placar para o Londrina. Se o Náutico estava desencontrado, ficou mais ainda e a partir daí, até o final da primeira fase, foi dominado pelo adversário.

No segundo tempo, com duas alterações, o técnico Alexandre Galo, orientou o seu assistente, já que não podia estar no banco e voltou com Vinicius e Bergson, tirando Hugo e erroneamente João Ananias, fragilizando o meio de campo do time, onde o alvi rubro, que já estava mal, piorou mais ainda, porque o Londrina passou a jogar com inteligência, avançando a sua linha e não permitindo a reação necessária para o Náutico chegar ao empate. Para completar, aos 17 minutos, montando um contra ataque, o Londrina aproveitando novamente uma falha do time timbu, marcou o segundo gol, e a partir daí, aos poucos, o Náutico foi se entregando mais ainda e terminou perdendo na Arena de Pernambuco por 2 x 0, descendo mais ainda na tábua de classificação, deixando a torcida insatisfeita, e não podia ser diferente, saindo de campo em meio a muitas vaias e protestos.

Agora o Náutico sai, joga fora contra o Sampaio Correia, lanterna e a pior campanha da competição, e vem a preocupação, será que exatamente contra o time timbu, o Sampaio vai querer melhor sua posição ? E o pior: Nesse momento pela inconstância do time, não dá para confiar que mesmo contra o Sampaio Correia em São Luiz , tenha a certeza da vitória de três pontos,só resta esperar.

Blog de Airton Sousa: Náutico em busca de outra vitória

Após o excelente resultado contra o Vila Nova, o time do Náutico entra em campo nesta terça-feira (30), contra a boa equipe do Londrina. O otimismo tomou conta do time de Alexandre Galo, levantando o astral do grupo, inclusive também do treinador, pela maneira como o time reagiu do primeiro para o segundo tempo, levando o alvi rubro a uma vitória de 2 x 0, e deixando o time mais próximo do G4 da série B. Todos estão conscientes das dificuldades que terão que enfrentar diante do time paranaense, porém com os reforços chegados, alguns setores começam a produzir um melhor futebol, fato comprovado na última partida em Goiás.

Uma vitória contra o Londrina irá deixar o time dos Aflitos em uma posição privilegiada, principalmente se houver beneficiamento em alguns resultados das equipes que estão da quarta a sexta posição na tabela. Importante porém, é que o Náutico faça o seu dever de casa, porque caso contrário anularia os três pontos do último sábado. No entanto o ambiente é de otimismo, do elenco até o torcedor, daí a expectativa  de uma boa apresentação. Se porventura esse resultado não chegar, outra vez vem a dúvida, com relação ao crescimento que aconteceu contra o Vila Nova. Porque também em outras rodadas o Náutico fez boas apresentações, caindo em seguida. É aguardar para ver, porque o importante nesta fase da competição, mais do que antes,  é que o dever de casa seja feito, principalmente contra equipes que se equiparam, como é o caso do Londrina.