Blog de Airton Sousa – Rodada do Brasileiro com muitas novidades para Pernambuco

                                     2x11

Aconteceu neste fim de semana mais uma rodada do Campeonato Brasileiro. Tivemos jogos pelas séries B, C e D da competição onde a novidade foi a queda de mais um treinador. A semana passada foi Gilmar Dal Pozzo, sábado após o empate contra o Sampaio Correia no Arruda, foi a vez do Leston Junior.

Pela série B, o Sport venceu a sua primeira partida após três empates sucessivos. A vitória foi contra o América em Minas Gerais, depois de está perdendo pelo placar de 1 x 0. O resultado de 2 x 1 deu outro ânimo ao ambiente rubro negro, que melhorou de posição e fechou a rodada no sétima lugar. Próximo jogo será contra o Londrina em Recife.

Outro vitorioso foi o Náutico, que vinha de uma classificação na seletiva da Copa do Nordeste, frente do Campinense. A vitória de 1 x 0 contra o Treze apesar dos erros da equipe valeu, porque o time timbu ocupa agora o terceiro colocado do grupo A. Próximo adversário o Confiança nos Aflitos.

O Santa Cruz empatou contra o Sampaio Correia em 3 x 3, cometeu vários erros no decorrer do jogo. O resultado provocou a queda do técnico Leston Junior, acusado dos erros do time ao longo desse ano. A diretoria está a procura de um novo técnico entre eles: Márcio Goiano, Roberto Fernandes, Lisca, Roberto Fonseca, entre outros.

Enquanto isso o Central cumpriu o seu dever de casa, vencendo a segunda partida sucessiva. O adversário foi o Altos que perdeu pelo placar de 2 x 0. O time patativa não fez uma boa apresentação, no entanto marcou o primeiro gol aos 45 minutos do primeiro tempo, e o segundo gol aos 30 minutos do seguindo tempo. O Central ocupa a segunda colocação no grupo, e joga neste domingo (26), de volta contra o Altos no Piauí.

Demais resultados : O Salgueiro lidera o seu grupo com sete pontos, após vencer ao Sergipe por 4 x 3. O América goleou o Serrano por 5 x 1, por outro lado o Vitória perdeu para a Jacuipense pelo placar de 2 x 0. No grupo do Central, a liderança é do Atlético do Ceará que venceu ao Maranhão por 4 x 3, e tem 100% de aproveitamento.

Blog de Airton Sousa – Equipes de Pernambuco no Brasileirão

                                     logo 2019

Inicia-se mais um fim de semana para o futebol de Pernambuco, no Brasileiro das séries B, C e D. A maioria dos clubes necessitam vencer  para recuperarem posições, já que a campanha dos nossos representantes é considerada muito mal, nas três divisões do Brasileiro, daí ser um fim de semana onde todos  necessitam de recuperação.

Neste sábado (18), o Sport que até agora tem três jogos e não ganhou nenhum, apenas empatando todos , joga em Minas Gerais contra o América Mineiro, que também está em uma situação difícil na tabela, a vitória para o Leão  é fundamental e o técnico Guto Ferreira, espera com as mudanças e retorno de alguns jogadores conseguir a primeira vitória.

Já o Santa Cruz joga no Arruda contra o Sampaio, um adversário difícil e que está bem colocado na tabela. O Santa Cruz, a exemplo do Sport também não conseguiu vencer e hoje sustenta a ultima posição do seu grupo, sendo portanto fundamental uma vitória. Algumas mudanças acontecerão, dentro da necessidade de recuperação do time.

Quanto ao Náutico, o único que conseguiu uma vitória entre os três, joga em Campina Grande contra a equipe do Treze, cujo astro principal é o veterano Marcelino Paraíba, motivo de preocupação do treinador alvi-rubro, que inclusive fez questão de não declarar a escalação do grupo para a partida contra o galo da Borborema.

Pela série D todos os quatro times jogam, o Salgueiro enfrenta em casa o time do Sergipe, em um jogo difícil, muito embora o carcará até agora não perdeu, tendo quatro pontos de um empate e  uma vitória. Caso vença ao time sergipano o time do sertão irá para a cabeça do seu grupo, o que é muito importante.

O Vitória vai até o interior da Bahia, para enfrentar a Jacuipense, jogo difícil para o time da terra das Tabocas. Por sua vez o América vai até o interior da Paraíba para enfrentar ao Serrano.  Agora é esperar os resultados e torcer que tenhamos bons resultados, para alcançarmos a recuperação.

Finalmente no Lacerdão, depois de golear ao time do Maranhão pelo placar de 3 x 0, o Central entra em campo neste domingo (19), para jogar contra o time do Altos do Piauí, que foi goleado  em casa pelo Atlético Cearense por 4 x 1. É um jogo de tudo ou nada, o adversário da patativa é treinado por Estevam Soares, ex. Central.

Blog de Airton Sousa – Náutico vence e se garante no Nordestão de 2020

                                           fggf

Pernambuco tem garantido para o próximo ano na Copa do Nordeste, três representantes: Santa Cruz, Sport que está voltando, e o Náutico que venceu na noite desta quarta-feira (15), ao Campinense pelo placar de 2 x 0. É importante para o estado esta representação, porque a competição hoje é uma das mais organizadas do país.

O Santa Cruz  já havia garantido a sua vaga pelo Racing, enquanto que o Sport depois de se afastar por dois anos sucessivos, sua diretoria resolveu aderir outra vez a competição, o que valoriza  o próprio Sport. Quanto ao Náutico dependia do resultado dessa seletiva, e o placar de 2 x 0 deu a vaga ao time alvi-rubro.

Com relação ao jogo contra o Campinense, o time timbu já entrou em campo para decidir, e teve exatamente duas chances de gol nos cinco primeiros minutos  do jogo, demonstrando muita vontade de resolver o placar de imediato. Enquanto isso, o Campinense jogando atrás buscando administrar o regulamento da  competição.

E foi assim o primeiro tempo todo, o time paraibano a rigor só teve uma chance, uma bola chutada pelo jogador  Erivan de fora da área aos 18 minutos. Era grande o domínio do Náutico no jogo, faltando apenas acontecer o principal que era o primeiro gol, para diminuir o stress dos jogadores e da torcida.

No segundo tempo, o treinador Gilmar Dal Pozzo que fez a sua estreia, alterou a equipe três vezes, deixando o time mais ofensivo com as entradas de Matheus Carvalho, Rafael Oliveira e Tarcisio que provocaram jogadas ofensivas, deram mais velocidade ao time e apertaram mais ainda o sistema defensivo do Campinense.

Os gols do jogo aconteceram, aos 12 minutos com Odilávio aproveitando um cruzamento de Luiz Henrique, e o segundo gol foi aos 45 minutos, após uma cobrança de falta e o aproveitamento de Rafael Oliveira, deixando a torcida eufórica porque esse placar classificava o time Pernambucano.

O jogo marcou a estreia do treinador Gilmar Dal Pozzo  que começa bem, no entanto é preciso alertar a torcida  de que mesmo com a classificação o time ainda demonstra várias deficiências para a série C do Brasileiro. O trio de arbitragem do Maranhão, fez um excelente trabalho durante a partida. Agora o Náutico prepara-se para o jogo contra o Treze pelo Brasileiro.

 

Blog de Airton Sousa – Central vence, O Náutico troca de técnico, Sport empata mais uma e outros resultados de Pernambuco

                                                       2000px-Bandeira_de_Pernambuco.svg

Muitas novidades no fim de semana para o futebol  Pernambucano, no entanto a maior delas foi a queda do técnico Márcio Goiano do Clube Náutico Capibaribe, após mais uma derrota neste domingo (12), desta feita contra o time do Ferroviário do Ceará pelo placar de 1 x 0 nos Aflitos, sendo o suficiente para a saída do treinador.

O time outra vez jogou mal, já vinha da perda do Campeonato Pernambucano, desclassificação na Copa do Nordeste e Copa do Brasil, além de outros resultados negativos. Tudo isso fez com que a diretoria dispensasse o treinador,  e  imediatamente anunciasse a contratação de Gilmar Dal Pozzo, que está de volta ao futebol pernambucano.

O Sport por sua vez decepcionou de novo, é o terceiro empate do time desta feita contra o Figueirense, dos quais dois deles na Ilha do Retiro, o que preocupa e revolta a torcida. Nesse caso, culpa nenhuma do treinador Guto Ferreira, e sim a limitação do time principalmente do meio de campo para frente, é desprezível a campanha do Sport no Brasileiro da série B.

No Lacerdão com um público pouco mais de 1.200 torcedores, em um jogo disputado nos dois tempos, o Central  começou sendo sufocado pelo Maranhão, aos poucos foi reagindo marcando o primeiro gol aos 38 minutos do primeiro tempo com Leandro Costa, e tomou conta do jogo, no restante da primeira  fase.

No segundo tempo o Maranhão começou pressionando, porém aos 8 minutos Joelson aproveitou uma bola na área e cabeceou fazendo o segundo gol e dando maior tranquilidade ao alvinegro. O Maranhão se apavorou mais ainda, sem poder de reação pela aplicação do Central e aos poucos a vitória ia sendo consolidada.

Já na fase de descontos, 48 minutos uma bola largada pelo goleiro Mateus, o lateral polegar aproveitou e marcou o terceiro gol, fechando o placar em 3 x 0. Com a vitória o Central é o segundo colocado do grupo, pelo saldo de gols em razão de que o Altos foi goleado em casa por  4×1 para o Atlético Cearense que lidera o grupo, com seis pontos.

Demais resultados dos clubes do nosso estado: O Salgueiro venceu  ao  Coruripe por 2 x 1, o América de Pernambuco perdeu para o América de Natal por 4 x 0, o Asa venceu ao Vitória por 2 x 1. Nas três categorias: B, C e D, é bastante preocupante a situação do nosso Futebol  no Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira (13), o Santa Cruz joga em João Pessoa contra o Botafogo (PB).

Blog de Airton Sousa – Central estreia perdendo e o Náutico se recupera no Brasileiro

                                      3187_imgbank

Jogando na tarde deste sábado (04), o Central Sport Clube perdeu para o Atlético Cearense pelo placar de 1 x 0, apesar de ter feito um bom jogo, perdido várias oportunidades de gol e deixando a esperança de dois bons resultados no Lacerdão. Enquanto isso, o Náutico venceu pelo placar de 4 x 2, ao time do Imperatriz.

Com relação ao jogo do Central, o time jogou um futebol surpreendente, criando várias oportunidades durante o jogo, inclusive uma perdida por Joelcio aos 40 minutos do primeiro tempo, além de outras chances desperdiçadas. No entanto podemos dizer que não foi decepcionante a estreia da patativa, apesar da derrota.

O gol do Atlético Cearense aconteceu aos 41 minutos do segundo tempo, uma bola lançada na área, onde a zaga falhou na cobertura. Agora o Central  tem na sequencia duas partidas no Lacerdão, com a responsabilidade de vencer para ficar na disputa da vaga para a outra fase do Campeonato Brasileiro da série D.

Na noite do sábado (04), foi a vez do Náutico jogar a sua segunda partida na competição, depois de estrear perdendo em Natal para o ABC pelo placar de 2 x 0. Foi um jogo fácil para o time timbu, que já virou o primeiro tempo vencendo por 2 x 0, sem encontrar resistência no time adversário.

Com a vantagem aplicada no primeiro tempo, o Náutico voltou com mais força, mais domínio, chegando a vencer por 4 x 0. Aos poucos foi se acomodando, a defesa falhando em dois lances que permitiram ao Imperatriz marcar dois gols, fechando o placar em 4 x 2. O Náutico jogará na próxima quinta-feira (09), contra o Botafogo (PB)  pelas semifinais da Copa do Nordeste.

Blog de Airton Sousa – O Central estreia, Náutico, Santa Cruz e Sport também jogam

                                                           1.-LOGO-FUTEBOL-PE-FUNDO-TRASPARENTE

A  esperada estreia do Central, acontecerá  neste sábado à tarde em Fortaleza, contra o Atlético Cearense. O treinador patativa Celso Teixeira, com algumas dúvidas para escalar o time, inclusive alguns jogadores com pendência de regularização, o que é um fato extremamente preocupante.

O alvi-negro de Caruaru, se desfez praticamente  de todo elenco que participou do Campeonato Pernambucano, teve divergências administrativas, inclusive com a saída do diretor de futebol Sinvaldo Oliveira  em razão de discórdia com os demais dirigentes da patativa.

Houve uma queda na folha de pagamento, para tentar se adequar a realidade do clube. São muitas as perguntas referentes a campanha do Nacional, em um grupo que tem o Atlético Cearense, Altos e Maranhão, considerado um grupo difícil em razão de que os concorrentes se reforçaram para a competição.

Por sua vez o Náutico também joga neste sábado à noite nos Aflitos, tentando a recuperação, já que vem de duas derrotas (Campeonato Brasileiro e Seletiva da Copa do Nordeste). A defesa tem preocupado muito e os demais setores também não tem correspondido. Uma vitória é emergente contra o Imperatriz, para sinalizar a bandeira da recuperação.

 Já o Santa Cruz que estreou empatando em casa contra  o Treze em 2 x 2,  joga no domingo a tarde contra o Ferroviário em Fortaleza. O time deverá sofrer alterações para essa partida, na tentativa de recuperar-se do empate da estreia. A diretoria está em busca de reforços para dá mais condição ao técnico Leston Junior.

Na segunda-feira (6) é a vez do Sport, o time rubro-negro joga fora de casa contra o Bragantino, em Bragança Paulista. É a tentativa leonina de dá a volta por cima, depois de estrear empatando em casa contra o Oeste. São muitos os problemas do clube, técnica  e financeiramente. Até um empate poderá ser considerado um bom resultado.

Blog de Airton Sousa – Notícias do Santa Cruz e do Sport

                                sposan

No Arruda  o assunto é o jogo desta quinta-feira (25) contra o Fluminense. É a segunda partida valendo a classificação para a fase seguinte da Copa do Brasil. No primeiro jogo no Maracanã, o time tricolor escapou de tomar uma goleada principalmente no primeiro tempo, graças a fragilidade do time.

Salvou-se na segunda etapa, em função dos desfalques sofridos pelo time das laranjeiras, que diminuiu um pouco o ritmo, sentiu as ausências e deu espaço para o Santa Cruz jogar, sem contudo sofrer ameaça de gol do time pernambucano, principalmente sua peça ofensiva, que esteve inoperante.

Para esta quinta-feira (25) no Arruda, continua uma grande vantagem para o time carioca, mesmo com a ausência do jogador Ganso que está contundido. A questão é a vantagem que leva o time do Fluminense  podendo   empatar, perder com diferença de um gol e nem assim perde a classificação.

Quanto ao Santa Cruz, dentro da sua limitação em todos os setores, terá que reverter essa vantagem que o adversário carrega para dentro de campo. Podemos dizer que quase impossível a situação se reverter, porém com o embalo do torcedor que deverá comparecer, quem sabe um milagre venha a acontecer,  porém só um grande milagre.

Com relação ao Sport, as véspera de estrear no Campeonato Brasileiro, bronca é que não falta. Quase certa as saídas de Adrielson e Brocador, que provocarão um desfalque dos maiores, e a questão financeira que se agravou. A Rede Globo via  justiça, entrou com uma ação de bloqueio em todas as rendas  do clube, provocando uma tempestade sem precedentes na diretoria.

Blog de Airton Sousa – Sport Campeão Pernambucano de 2019

965555

Conheça os vários campeões estaduais pelo Brasil, após a ultima rodada das competições: Em Minas,  Cruzeiro – No Rio de Janeiro, Flamengo – Em São Paulo, Corinthians – Em Alagoas, CSA- Em Sergipe – Frei Paulistano, Na Bahia – Bahia, Na Paraíba – Botafogo, No Ceará – Fortaleza, e finalmente em Pernambuco o Sport Clube do Recife.

O jogo entre Sport e Náutico foi bastante tumultuado, com duas expulsões ( Brocador pelo Sport e Suelíton pelo Náutico),  com doze minutos de jogo, no primeiro tempo, além de vários cartões amarelos no decorrer da partida. A exemplo do primeiro jogo, também ontem o primeiro gol do Náutico foi irregular, após a bola desviar no braço de  Danilo Pires.

O Sport marcou primeiro de pênalti, aos 18 minutos de jogo. O Náutico empatou com um gol irregular, aos 40 minutos e no segundo tempo o Náutico virou o marcador, com um gol de Ximenes, fechando de virada o placar para 2 x 1 e levando a decisão para cobrança dos tiros livres direto, na marca do pênalti.

Nas cobranças o Sport faturou quatro gols, enquanto que o Náutico faturou três, perdendo duas penalidades e dando a vitória nos pênaltis ao Sport pelo placar de 4 x 3. Tivemos um público de 27.017 torcedores, para uma arrecadação de R$ 940.660,00. Considerado um bom público e uma boa arrecadação.

O árbitro do jogo com um trabalho discutível foi Ricardo Marques (FIFA)  Minas Gerais, auxiliado por Alessandro Rocha (FIFA) Bahia e Kleber Lúcio (FIFA) Santa Catarina. O Sport agora prepara-se para no fim desta semana estrear  no Campeonato Brasileiro da série B, em casa contra o Oeste. A novidade leonina, é a possível saída do jogador  Brocador.

Blog de Airton Sousa – Pernambuco já conhece dois semifinalistas do Pernambucano

v.php

Foi  aberta na noite desta quarta-feira (20), a sequencia de jogos das quartas de final do Campeonato Pernambucano 2019. Em Salgueiro, o Central perdeu para o carcará pelo placar de 2 x 1, nos aflitos o Náutico passou fácil pelo time do Vitória por 3 x 0. Sendo assim, já conhecemos os primeiros classificados para a próxima fase.

No jogo do sertão, o Central abriu o placar já no primeiro tempo,  porém  ao ter o jogador Geovane Rosa expulso, se rendeu ao domínio do adversário recebendo pressão o restante da primeira fase, no entanto  resistiu e terminou vencendo por 1 x 0, aguardando o que poderia acontecer na volta para o segundo tempo.

O técnico Sergio China corrigiu taticamente o seu time, a pressão foi maior ainda, até que o empate aconteceu. Com o empate o Central caiu no desespero e a pressão do Salgueiro aumentou a cada instante. O árbitro Luiz Sobral obedecendo o que manda a regra, acrescentou  três minutos no jogo.

Quando faltavam vinte segundos para o encerramento da partida, aconteceu o impossível: o Salgueiro desempatou e evitou que a decisão fosse para os pênaltis, tirando a patativa das semifinais  e ganhando a vaga. Agora o Salgueiro espera o vencedor de Sport e Petrolina, para decidir a sua situação no campeonato.

Enquanto isso nos Aflitos, o Náutico não tomou conhecimento do time do Vitória, vencendo pelo placar de 3 x 0 e completando quatorze jogos sem perder (nove vitórias e cinco empates), uma campanha irretocável para um grupo jovem, demonstrando a qualidade do futuro timbu. O Náutico aguarda o vencedor do jogo entre Santa Cruz e Afogados.

Ficou dessa maneira a composição para as partidas das semifinais, Salgueiro e vencedor de Sport e Petrolina, que irá acontecer neste domingo (24) na Ilha do Retiro, enquanto que o Náutico aguarda a decisão de quarta-feira (27) no Arruda, entre Santa Cruz e Afogados. Criando aí, muita expectativa para os torcedores.

Blog de Airton Sousa – Santa Cruz vence e passa de fase na Copa do Brasil

                                  copa do brasil 2019

Mais um clube de Pernambuco passa a segunda fase da Copa do Brasil. Ao vencer por 2 x 1 ao time do SINOP, o time tricolor conseguiu a classificação para a próxima fase da competição. É o segundo clube do estado a conseguir passar de fase ao lado do time do Náutico, onde os dois times irão se encontrar.

O Santa Cruz entrou muito bem focado no jogo, já aos 5 minutos marcou o primeiro gol, através do atacante Elias. A partir daí, o time conseguiu se tranquilizar criando várias oportunidades de gol, sem encontrar no adversário força suficiente para esboçar uma reação, terminando o primeiro tempo vencendo por 1 x 0.

Na segunda etapa de jogo com a vantagem no placar, a equipe tricolor conseguiu domínio na partida, incluindo várias oportunidades de ampliar o placar, só acontecendo por volta dos 23 minutos através do jogador Pipico. Com 2 x 0 no marcador e a vantagem que o regulamento reserva, aos poucos o time tricolor foi administrando a classificação.

Quando tudo parecia está definido, aos 44 minutos aconteceu a expulsão do jogador Elias e na sequencia o gol do SINOP, contudo não tinha perigo de perder a classificação, em razão do jogo já está praticamente no fim. Com a vitória, o Santa Cruz está classificado para a segunda fase, onde irá enfrentar ao Náutico no Arruda nesta quarta-feira (20).

Sendo assim, o futebol pernambucano tem duas equipes na segunda fase, ficando de fora o Sport e o Central com bastante prejuízo financeiro, enquanto que os dois classificados somam aproximadamente  hum milhão e duzentos mil reais, o que é um valor considerável. É uma pena que na segunda fase o encontro será entre dois pernambucanos.

Para esse fim de semana, teremos dois jogos valendo pelo Campeonato Pernambucano. No sábado a tarde o Náutico vai enfrentar a equipe do Flamengo de Arcoverde. Enquanto isso teremos o clássico no domingo a tarde envolvendo o Santa Cruz e o Sport. O time tricolor ganhou o direito de jogar esse clássico no Arruda.

 

Blog de Airton Sousa – Central recebe o Ceará nesta quarta-feira no Lacerdão

3187_imgbank

Começa a Copa do Brasil para Pernambuco. O Central joga no Lacerdão contra o Ceará, abrindo esta fase para o futebol Pernambucano. Para o dia 12, é a vez do Náutico estrear no Maranhão contra o Imperatriz,  o Sport por sua vez também estreia contra a Tombense, e no dia 14 o Santa Cruz enfrenta ao Sinope. Só o Central dos pernambucanos estreia em casa.

Espera-se um bom público no Estádio Lacerdão,  um Central determinado e ofensivo, porque pelo regulamento da Copa do Brasil, os clubes que jogam em casa nesta fase, se obrigam a vencer pelo fato de que os visitantes jogam por um empate, o que obriga a equipe dona da casa a vencer o jogo.

A repercução desse jogo está sendo muito grande, inclusive por parte do técnico Lisca que em entrevista as emissoras locais, citou vários atletas do Central, suas características e o potencial do time caruaruense, o que não deixa de ser uma preocupação a mais para o treinador do Central, que terá de montar um esquema tático que venha a surpreender o time cearense.

Não precisa dizer a qualidade do time do Ceará, mesmo porque a equipe sofreu alterações após o Campeonato Nacional, destacando-se que a qualidade do time foi para melhor, se bem que o conjunto pelas modificações, ainda não está no nível do time de 2018. Porém, é preciso muito cuidado principalmente na velocidade do time de Lisca.

Quanto ao Central que está com 100% de aproveitamento do Campeonato Estadual, demonstra ser um time experiente, de muita velocidade e a disposição de garantir a vaga para a outra fase da Copa do Brasil. Só a vitória interessa ao alvi-negro caruaruense, o que a torcida espera que venha a acontecer.

Blog de Airton Sousa – Central realiza o último amistoso da temporada

                                                  central simpolo

Os clubes pernambucanos acabaram de realizar os seus amistosos visando a temporada 2019. O Santa Cruz realizou alguns amistosos, onde o mais importante foi contra o Campinense em Campina Grande, cujo resultado foi um empate de 1 x 1, deixando o seu torcedor otimista principalmente pelo futebol do primeiro tempo.

O Náutico por sua vez, também encerrou a sua trajetória de amistosos, perdendo em Campina Grande pelo placar de 3 x 2, e também perdendo em Recife, para o Treze.  Agora é esperar que os jogadores fiquem todos regularizados, para que o treinador possa contar com eles, colocando todos os titulares para o jogo da estreia na Copa do Nordeste nesta terça-feira, contra o Fortaleza nos Aflitos.

Enquanto isso, o Central depois de perder para o Campinense em Campina Grande, pelo placar de 2 x 0, enfrenta neste sábado (12), o bom time do CSA em Maceió. É um jogo difícil em todos os sentidos, em face do time que o CSA está montando para o Brasileiro da série A, visando fazer uma boa campanha.

Foi extremamente negativa a derrota contra o Campinense, principalmente pela falta de movimentação do time dentro de campo, sem se falar na lentidão, falta de troca de passes etc. Com certeza o treinador da patativa observou essas falhas, teve a semana para consertar, e quem sabe possa apresentar um futebol convincente contra o time do CSA.

O Central iniciará a sua participação no Campeonato Pernambucano neste dia 19 (sábado), no Lacerdão contra o Náutico, e será extremamente importante que comece a competição com o pé direito, nessa luta para fazer uma boa campanha no ano do seu centenário. Depois do Náutico o alvi-negro jogará também no Lacerdão, contra o time do Salgueiro.

Blog de Airton Sousa – Começa o ano e os clubes programam amistosos

Vamos viver uma nova temporada, e esperamos que desta vez seja mais positiva do que o ano que passou. Somente o Náutico dentro da sua gestão fez uma boa temporada, e já iniciou desde dezembro os seus trabalhos, inclusive com uma programação de amistosos, visando as competições do ano que começou.

2019

O Santa Cruz por sua vez, inaugurou no final de dezembro o seu primeiro campo no CT, jogou contra o Serrano da Paraíba, e venceu pelo placar de 1 x 0. O placar não importa, o que interessa mesmo é o calendário de amistosos, a movimentação, para que o treinador Leston Júnior, possa começar fazendo a avaliação do elenco

Os Pernambucanos iniciam a temporada de jogos oficiais no dia 15 de janeiro, valendo pela Copa do Nordeste. O Santa Cruz estreia fora de casa contra o Botafogo da Paraíba, um adversário difícil de ser batido nos seus domínios. Enquanto isso o Náutico estreia nos Aflitos, contra a boa equipe do Fortaleza, que teve acesso a primeira divisão.

No dia 16 de janeiro é a vez do Salgueiro estrear na competição, o Salgueiro  teve uma reformulação quase total, inclusive com o ex-jogador Marcos Tamandaré passando a ser assistente do técnico Sergio China. O time salgueirense tem o difícil compromisso contra o Confiança em Aracajú. Portanto, esse é o calendário de estreia dos Pernambucanos.

Falando agora do Central, que irá comemorar o seu centenário este ano, já inicio os trabalhos desde o dia 10 de dezembro no Ninho do Gavião, também já tem a sua programação de amistosos: Dia seis contra o Campinense em Campina Grande, dia nove no Lacerdão contra o Dimensão e finalmente no dia 12 de janeiro  em Maceió, contra o CSA.

Percebe-se muito otimismo entre dirigentes, comissão técnica, jogadores e a torcida, na expectativa que 2019 possa ser um ano onde o clube fará um diferencial pela estrutura que está sendo montada, cabendo agora a torcida dá o seu apoio comparecendo ao Lacerdão para apoiar o time.

Nós que fazemos o blog de Airton Sousa, desejamos a você que nos prestigia e aos representantes do futebol pernambucano, sucesso nesta temporada. Que tenhamos um ano de muita paz nas famílias e nos estádios, e que as coisas negativas do ano que terminou possam ter ido embora, dando vez ao sucesso do futebol de Pernambuco.

Blog de Airton Sousa – O que foi 2018 para os Clubes Pernambucanos

                                         bandeira de pernambuco

O ano chegou ao fim, é hora de falarmos um pouco dos principais clubes do nosso estado durante este ano. Afinal de contas é sempre bom fazer uma análise positiva ou negativa das coisas que nos cercam e que trazem à tona aquilo que podemos dizer, é uma razão das pessoas, torcedores ou não.

Vamos começar pelo lado bom, e o lado bom esse ano foi a reabilitação em todos os sentidos que o Náutico sofreu. Clube que vinha de uma administração desastrosa e que ao eleger a atual diretoria criou uma série de expectativa, dentro ou fora de campo. E a verdade é que todos estão surpresos com o que o Náutico fez este ano.

Podemos dizer que o ano que está terminando foi um dos melhores ao longo desses dez anos, uma diretoria que organizou as finanças do clube, teve uma excelente participação nas Copas do Nordeste e Brasil, além do título estadual. O que faltou para completar o ano, foi  voltar para a segunda divisão. De zero a dez, a nota para o ano timbu foi oito.

Em contra partida, o mesmo não podemos dizer com o Santa Cruz, que terminou o ano como começou, desorganizado financeiramente e sem grandes resultados dentro de campo. Uma atuação discreta no estadual, nas Copas do Brasil e Nordeste e no Campeonato Brasileiro, apenas um time de lutadores dentro de campo, com pouca qualidade.

O pior de tudo, foi a desorganização financeira com o atraso de salários, a perda da manutenção para 2019 de importantes jogadores, a exemplo do lateral Vitor entre outros. Sacrificando o grupo de jogadores e funcionários, e agora correndo para refazer um time, sem dinheiro e sem crédito. De zero a dez, a nota para o ano tricolor foi seis.

Se para o Santa Cruz o ano foi da maneira que colocamos, imaginem o que podemos dizer o que foi o Sport em 2018. Nada de conquista, participação apenas discreta no Campeonato Estadual, na Copa do Brasil e a decepção maior: o rebaixamento para a série B, trazendo uma avalanche de prejuízos para a imagem do clube.

Jogadores que chegaram  e no término do Brasileiro nada receberam, outros com três meses de atraso salarial, os funcionários em condições precárias de trabalho e o caixa do clube com zero de saldo. Foi uma gestão desastrosa, e agora é esperar que o clube se recupere diante de tantas dificuldades, para a temporada de 2019. A nota para o Sport é cinco.

Incluindo nesse balanço o Central, com uma diretoria organizada e competente, mesmo diante das limitações financeiras e as questões trabalhistas deixadas de gestões anteriores, podemos dizer que o ano foi positivo para a patativa, principalmente no Campeonato Estadual, conquistando o título de vice-campeão.

A perspectiva para o novo ano é de sucesso, principalmente levando-se em consideração que 2019 será o ano do centenário do clube. Contratação de uma excelente comissão técnica, um grupo de jogadores reminiscentes do ano que está acabando e novos jogadores contratados para a nova temporada, com o Estadual, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro. A nota para o Central em 2018, foi oito.

Quanto ao Salgueiro, que sempre teve participações positivas nas competições que participou, o que não ocorreu este ano. Atuações discretas no estadual, copa do nordeste e a decepção da queda para a série D do Brasileiro. Tudo isso, deve-se a mudanças administrativas, falta de apoio político e desunião dos que fazem a cidade. A nota para o carcará é quatro.

 

Blog de Airton Sousa – Conhecidos os adversários na Copa do Brasil

                                         primeira fase

Na noite desta quinta-feira (13) na CBF, houve o sorteio dos grupos da Copa do Brasil 2019. Nosso interesse maior é sem sombra de dúvidas os nossos quatro representantes, e assim aconteceu: O Náutico terá como adversário o time do Imperatiz, o Santa Cruz vai enfrentar ao Sinope, o Sport irá enfrentar o Timbense e o Central terá como adversário o bom time do Ceará.

O que mais é lembrado na Copa do Brasil, além da qualidade e organização da competição, e  o lado financeiro, pelos valores das premiações desde a primeira fase até o final. O Náutico por exemplo esse ano, teve na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste, a sua salvação financeira. Passando todo o ano sem tanta preocupação financeira.

A Copa do Brasil tem um outro estilo de regulamento, a primeira fase e a segunda determinam apenas um jogo em cada fase, daí a responsabilidade de quem joga em casa, pelo fato de que o adversário joga apenas por um empate, enquanto o dono da casa tem a obrigação de vencer para passar a fase seguinte.

Só a partir da terceira fase é que mudam os critérios, porém é um calendário que se torna atrativo, cobrando dos clubes a criação de uma estrutura vencedora. Torcer que Náutico, Santa Cruz e Sport que jogam fora na primeira fase, possam está preparados para o desafio e avançarem de fase.

A competição terá início no dia seis de fevereiro, no entanto ainda não é sabido a data das estreias, quando já nessa data estaremos com os campeonatos estaduais em andamento, tornando as equipes mais organizadas no campo técnico e também no conjunto, o que dá ao torcedor mais confiança.

Falando agora do Central, gera desta feita uma expectativa, também pelo fato de ser o ano do centenário patativa. A direção do Central além de tudo, investiu em um técnico de nome e prestígio, um elenco qualificado e a quem diga, tecnicamente melhor do que o elenco desse ano, que foi inclusive vice campeão pernambucano.

Para deixar o torcedor do Central mais aceso, é bom lembrar que o time será o único do estado,  que estreará em casa. O Lacerdão será o palco do jogo entre o Central e o Ceará, time cearense aliás, treinado por Lisca e que deu a volta por cima no decorrer do Brasileiro, chamando  a atenção e se mantendo na primeira divisão.

Blog de Airton Sousa – Central apresenta Estevam Soares e os jogadores para 2019

thumbnail_PHOTO-2018-12-11-14-12-38

Chegou a Caruaru na tarde desta segunda-feira (10), o novo treinador do Central para comandar o time na temporada de 2019. O alvinegro caruaruense terá três competições no novo ano. No dia 19 de janeiro enfrenta no Lacerdão ao time do Náutico, em fevereiro estreia na Copa do Brasil e após o Campeonato Pernambucano participará do Brasileiro da série D.

Todos sabem que não será fácil essa maratona de jogos, principalmente a responsabilidade que o time tem de fazer bonito no Campeonato Estadual, em razão do título de vice-campeão conseguido esse ano. Além do mais a importância de sua volta a Copa do Brasil, e finalmente a tentativa de subir para a série C de 2020.

É o ano do centenário da patativa do agreste, que viveu ao longo de todo esse tempo, momentos de gloria, e momentos de decepção, porém não há de ser nada porque todos sabem a pujança das cores alvinegras, superando a tudo e a todos, daí a expectativa de uma grande participação nas competições do novo ano.

Para que isso aconteça, é necessário que o torcedor tenha a sua participação, não apenas indo aos jogos, mais também ajudando de todas as maneiras, desde a colaboração financeira, até a presença nos momentos de apoio e necessidades que o clube terá ao longo dessas competições. É preciso sonhar e é com esse pensamento que todos estão otimistas.

A diretoria junto com um grupo de abnegados fizeram várias melhorias no estádio, começando pela pintura interna, melhorias nos bancos de reserva, um tratamento especial no gramado, além de um excelente trabalho que está sendo realizado nas vestiarias, visando oferecer mais conforto aos profissionais.

Agora vem a melhor parte, a contratação do técnico Estevam Soares, um nome consagrado nacionalmente, que vem para Caruaru imbuído dos melhores propósitos, junto a um grupo de atletas que retornam, outros chegam pela primeira vez, além de um aproveitamento de alguns jogadores que se destacaram na base do clube.

Portanto, o ponta pé para o centenário começou nesta quarta-feira(12), esperando-se que a cidade, seus órgãos de classe, os políticos, o povo em geral e também os amantes do alvinegro, possam dá as mãos para levar o time a grandes conquistas, que terá como ponto culminante as comemorações de cem anos de existência da patativa do agreste.

Blog de Airton Sousa – Campeonato Brasileiro da série A, afunila a cada rodada

                                                   torcida rubro negra

Uma rodada onde os times mais uma vez não podem cometer erros, porque agora só faltam cinco rodadas para o encerramento da competição e com certeza, qualquer erro será fatal. Observa-se as posições do Vasco da Gama, Ceará, Corinthians, Sport, Vitória, Fluminense que jogarão nesta quarta-feira (14), enquanto que Chapecoense e Santos terão seus jogos na quinta-feira (15).

Serão jogos importantíssimos porque a partir desta rodada, apenas quatro rodadas faltarão para o encerramento da competição, decidindo quem fica na parte de cima, disputando Sul-Americana e Libertadores, além do título e as equipes que tentam escapar do rebaixamento para a série B.

Daí, ficarmos atentos aos jogos desta quarta-feira (14): Vasco x Atlético do Paraná, Paraná e Atlético Mineiro, Bahia e Ceará, Cruzeiro e Corinthians, Palmeiras e Fluminense, além de Sport e Vitória. Na quinta-feira, também jogos importantes: Chapecoense e Botafogo, Flamengo e Santos, São Paulo e Grêmio, Internacional e América Mineiro.

Para os pernambucanos e baianos, uma decisão que vale seis pontos. Sport e Vitória na Ilha do Retiro, que terá com certeza aproximadamente 30 mil pessoas. O Sport espera contar com a participação efetiva da torcida, e a torcida vai tentar levar o time para cima do Vitória, que a exemplo do Leão também tem que vencer.

O técnico Milton Mendes que contará com a ausência de quatro jogadores importantes no grupo, a exemplo de Marlone, Sander, Gabriel e Claudio Winck, desses três são titulares absolutos. Quanto ao Vitória, dispensou o treinador Paulo César Carpegiane e entrará em campo, com o auxiliar comandando o time.

Muita coisa poderá mudar a partir dessa rodada, no entanto mais do que nunca, é imprescindível a vitória em casa. O Sport por exemplo após esse jogo, enfrentará também na Ilha do Retiro, a equipe do Flamengo e sabemos entre os dois adversários, o Flamengo é mais difícil de ser batido.

Blog de Airton Sousa – Rodada do Brasileiro beneficia o Sport

5be8a87870370

Tivemos neste fim de semana, a trigésima terceira rodada da série A. O Sport empatou com o Fluminense no Maracanã, e pelas circunstâncias da rodada o resultado terminou sendo benéfico para o rubro-negro Pernambucano. Com o empate e a combinação dos resultados, o time leonino se manteve na décima sexta posição.

Das equipes que brigam para se manterem na primeira divisão, tivemos os seguintes resultados: Ceará 1 x 1 Internacional, Vitória 2 x 2 Bahia, Grêmio 2 x 1 Vasco da Gama, América MG x 0 Paraná 1. Esses resultados não mexeram com a posição do time Pernambucano na tabela da primeira divisão.

Com relação ao jogo, tivemos uma partida fraca tecnicamente, com poucas jogadas ofensivas, no entanto ainda foi do Fluminense as poucas chances de gol, o placar traduziu a ineficiência dos dois times na partida, e os goleiros pouco trabalharam no decorrer do jogo. A marcação e a quantidade de faltas, foi outro ponto que marcou a partida.

O Fluminense teve um gol anulado corretamente pelo árbitro, aos 40 minutos do segundo tempo,  quando o jogador do time carioca após um cruzamento estava antecipado, sendo apontado pela auxiliar Tatiane dos Santos. Em contra partida, o Sport aos 35 minutos do primeiro tempo através de Michel Bastos colocou uma bola na trave.

Com o resultado e com a combinação do placar dos adversários, o time rubro-negro se manteve na mesma posição da tabela, ou seja na décima sexta posição. O Próximo jogo do time leonino, será nesta quarta-feira (14), contra o Vitória. Desfalcarão o Sport os jogadores Gabriel e Claudio Wink por terem tomado o terceiro cartão amarelo.

Blog de Airton Sousa – Sport ganha e deixa a zona de rebaixamento

ddd

De um lado o técnico Lisca, do outro lado o técnico Milton Mendes. Duas personalidades muito parecidas. No final a vitória foi do time pernambucano, pelo placar de 1 x 0. O Ceará com o desfalques de quatro titulares, o Sport sem Sander um dos principais jogadores do time rubro-negro.

Não interessa as ausências, o importante  é que o Sport venceu, saiu da zona de rebaixamento, somando agora 36 pontos, e está na décima sétima posição, mesmo porque além da vitória apertada, também os resultados do fim de semana ajudarão, exemplo: Derrota da Chapecoense, empate do Vitória e derrota do América, todos concorrentes do time rubro-negro.

Foi um jogo disputado do começo até o fim, sendo que o Sport teve um comportamento mais agressivo, enquanto que o Ceará apenas se defendia, tentando sair na base dos contra ataques. Porém poucos foram os chutes perigosos por parte das duas equipes, contudo apesar desse detalhe o rubro negro chutou mais.

No segundo tempo, com o jogo no zero a zero, esperava-se que o técnico Milton Mendes ajustasse mais a  criatividade do time, e aos dez minutos  a chance aparece para Gabriel, depois de um passe de Brocador, surpreendendo a zaga e o goleiro cearense, estava aberto o placar para o time leonino.

Depois do gol, o Sport se soltou mais no jogo e o Ceará ficou surpreso pelo gol e pela reação do time leonino. Sentindo que podia tomar o segundo gol, o técnico Lisca fez algumas modificações no meio campo cearense, o time ficou mais ofensivo, criando várias oportunidades para empatar o jogo.

No entanto, Mailson estava muito bem no gol, evitando que a sua meta caísse diante de algumas jogadas ofensivas do adversário. Fim de jogo e o Sport somou três pontos importantes, indo a trinta e seis pontos e saindo da zona de rebaixamento. Nada de empolgação, porque teremos uma rodada difícil e concorrida neste fim de semana, onde a depender dos resultados, o Sport poderá está de volta a zona de rebaixamento.

Blog de Airton Sousa – Campeonato Brasileiro está chegando a reta final

taca_do_campeonato_brasileiro_2015

Com a chegada dos últimos jogos do Campeonato Brasileiro de 2019, começa o vai e vem dos clubes tentando escapar do rebaixamento, ou ter acesso a divisão de cima da competição. Dentro desse principio observamos a preocupação dos dirigentes, para que no mínimo aconteça a permanência na divisão já existente.

Alguns estados levarão vantagem no fim do campeonato, e dentro  desse conceito o desespero ou  a euforia. Citando o exemplo de Pernambuco, estamos correndo o risco de perdermos o único representante do estado na série A, em razão da ameaça do Sport de ser atingido pelo rebaixamento.

É lamentável porque de 2016 para 2017, tivemos  a descida dos tricolores e alvi rubros que não conseguiram se manter na série B e voltaram para a série C, o que é lamentável. São muitos os prejuízos para os clubes, para as torcidas, para a imagem do futebol de Pernambuco, e para a própria imprensa.

Ainda com relação a Pernambuco, aconteceu a queda do Salgueiro da série C, para a série D que irá participar da competição ao lado do Central e mais dois representantes do interior. Temos que reconhecer que nos dois últimos anos, o nosso estado foi o que mais perdeu, levando-se em consideração o acesso dos estados do  Ceará e de Alagoas.

Faltando oito rodadas para o término na série A, existe uma forte ameaça também de rebaixamento para o Vitória pelo estado da Bahia e o Ceará representante daquele estado, mesmo levando-se em consideração o crescimento que o time do Ceará apresentou após a Copa do Mundo.

Em contra partida, terão acesso a série A, um representante do Ceará. É o caso do Fortaleza que vem em uma campanha de destaque, somando sessenta pontos e desde o início, se mantendo na primeira colocação. O CSA também tem forte possibilidade de subir, ao lado do Bahia, que deverá ser mantido.

Blog de Airton Sousa – Deu zebra na Ilha do Retiro

                                              sport x inter

Finalmente o Sport ganhou um jogo, e desta feita contra um dos líderes do Campeonato Brasileiro, a vítima foi o Internacional que entrou de sapato alto e quando acordou já era tarde, o Sport surpreendeu e venceu de virada pelo placar de 2 x 1. Foi uma noite em que tudo deu certo para o time Pernambucano.

Não adiantou muita coisa, porém foram três pontos somados mesmo sem tirar o time da zona de rebaixamento, onde mesmo vencendo ao próximo adversário a equipe ainda não sai do rebaixamento. A vitória deixa o Sport com 27 pontos, porém continua na décima nona posição, o torcedor comemorou de qualquer maneira o resultado.

Agora faltam dez jogos, o próximo adversário é o Atlético do Paraná, que está em fase de evolução na competição, o jogo será no fim de semana em Coritiba. O técnico Milton Mendes e seus comandados comemoraram bastante após a vitória, porque representa a primeira sob o seu comando.

Quanto ao jogo, tivemos um primeiro tempo apenas de passes errados, muita marcação e muita falta, por parte das duas equipes que não conseguiam chegar a área adversária pelo trabalho de desarme dos homens de meio campo, onde as defesas estavam sempre atentas, sem permitir jogadas ofensivas.

O segundo tempo foi diferente, com o internacional jogando ofensivamente principalmente pelo lado esquerdo. Aos onze minutos, entrou D”Alessandro e tornou o time gaúcho mais ofensivo, até que aos 22 minutos Nico Lopez abiu o placar. A partir daí o Sport se abriu, partiu para cima e empatou com Adrielson aos 34 minutos.

Após o empate o Sport cresceu ofensivamente e aos 43 minutos, com uma bela jogada Mateus Gonçalves fez o gol da vitória do time pernambucano. Um resultado que anima, porém sabemos a limitação do elenco, os compromissos futuros e a difícil situação que o time está na tabela.

Blog de Airton Sousa – Internacional é o próximo obstáculo do Sport

                                                                 27887a71996fee0dfff2cd31845407f3

Apesar das derrotas sucessivas, parece que a tempestade está passando na Ilha do Retiro. Bem que tivemos uma semana com mais calma, sem tantos desencontros e reclamações, dando a entender que os rubro-negros já estão prevenidos do que está para acontecer, com relação ao rebaixamento para o próximo ano.

Esse é o melhor caminho, tentar manter a calmaria,deixar que as coisas aconteçam uma de cada vez, dá ao treinador a serenidade que ele precisa, para tentar pelo menos cair de pé, sem cometer tantos erros, nem matar o torcedor de vergonha pelo rebaixamento e pela campanha medíocre deste ano.

Existem derrotas e derrotas, porém é preciso cair com dignidade, honrando as cores do clube e a própria tradição adquirida ao longo de mais de cem anos. O que foi feito de errado já não tem conserto, agora é cumprir os onze jogos que faltam e começar tudo de novo para 2019, principalmente na organização administrativa.

Fim do ano e as eleições irão acontecer, aí a vez dos verdadeiros e tradicionais rubro-negros darem a volta por cima, fazendo uma limpeza administrativa e financeira no clube, com a certeza das dificuldades que haverão de vir, inclusive com a queda de arrecadação, da primeira para a segunda divisão.

Não é pessimismo, e sim uma realidade que há bem pouco tempo atrás estava muito distante da Ilha do Retiro. Os erros foram sucedendo, sendo jogados em baixo do tapete pela prepotência dos dirigentes e hoje o que se vê é um clube cheio de dívidas, sem um elenco de qualidade e com problemas diversos a serem administrados.

Dentro desse contexto, o Sport entra em campo nesta sexta-feira (04) a noite, em mais um compromisso difícil, desta feita contra o Internacional, segundo colocado do Brasileiro com 53 pontos, e disputando a primeira colocação com o Palmeiras. O Sport deverá entrar bastante desfalcado e com as improvisações de sempre.

Blog de Airton Sousa – Sport de técnico novo e na Federação Pernambucana nada mudou

Milton-Mendes

Foram necessários apenas quarenta dias, para que Eduardo Batista pegasse o boné e deixasse a Ilha do Retiro. No período em que esteve no comando técnico do time leonino, o treinador conseguiu uma vitória (duvidosa) contra o Paraná, um empate contra o Cruzeiro e seis derrotas, no total de oito jogos.

Em menos de 48 horas, a diretoria do clube contratou o treinador Milton Mendes, que já passou por Pernambuco treinando a equipe do Santa Cruz. Podemos dizer que foi uma passagem melancólica de Eduardo Batista, que iniciou a carreira de técnico no Sport, voando mais alto posteriormente para outros clubes.

Nada de crítica ao Eduardo Batista, exceção a sua volta principalmente pela decepção que o seu pai teve, bem recentemente quando deixou o clube. Nada demais, Eduardo Batista segue em frente, busca outros centros e com certeza pela competência que tem, logo estará comandando outra agremiação.

Situação complicada mesmo é a do clube rubro-negro pernambucano, saiu o treinador e toda direção de futebol, muito embora ao lado de Milton Mendes tomaram posse novos dirigentes, que sinceramente muito pouco poderão fazer. O clube não tem dinheiro, fechou o prazo para contratar e tem um elenco esfacelado tecnicamente, rumando a série B.

Enquanto o circo pega fogo no Sport, a Federação Pernambucana com os dirigentes de sempre que foram reeleitos  e que buscarão se encher de vaidade e orgulho, a exemplo da gestão que terminou. Evandro Carvalho-presidente, ao lado de  Pedro Lacerda, Paulo Wanderley e Murilo Falcão, terão mais quatro anos de mídia, mordomias, elogios e outras coisas mais… É mole?

Blog de Airton Sousa – Sport vence ao fraco Paraná

                                     download

Jogando na tarde deste domingo (02), o Sport venceu ao time do Paraná pelo placar de 1 x 0. Um jogo em que o Sport entrou com algumas alterações, entre elas Nonoca na frente da área, Andrigo no ataque, além da volta de Sander e a manutenção de Durval no miolo de zaga, na tentativa do técnico Eduardo Batista de dá uma nova evolução ao time.

O  Paraná treinado por Claudinei Oliveira, apresentou muitas deficiências, no entanto criou algumas chances ofensivas já no primeiro tempo, além de ter tido um gol legítimo anulado, aos 23 minutos do primeiro tempo, onde foi assinalado impedimento do jogador Grampola, prejudicando ao time Paranaense, que perdeu também o jogador Silvinho, por contusão.

Além desse lance ofensivo, o Paraná criou chances aos 6 , 25 , e 32 minutos, enquanto que o Sport teve duas boas oportunidades, aos 27 minutos com Andrigo, e Rogério aos 42 minutos. No entanto foi de Gabriel o gol do Sport, aos 15 minutos ainda do primeiro tempo de jogo. Deixando o time leonino na frente do placar.

No início do segundo tempo, tivemos as entradas de Wesley no Paraná e Neto Moura no Sport. Aos 6 minutos  o jogador Grampola marcou para o Paraná, no entanto o árbitro assinalou impedimento. O jogo continuou fraco tecnicamente, com muitos passes errados e muitas faltas por parte dos dois times.

Tivemos mais algumas modificações a exemplo de Marrone e Ronaldo Alves pelo Sport e Rodolfo pelo time do Paraná. Aos 42 minutos o jogador Carlos perdeu uma grande chance de empatar, enquanto que Marlone perdeu aos 46 minutos a oportunidade de ampliar o placar do jogo.

Final de jogo, Sport 1 x 0 para o Paraná, o time rubro-negro somou 3 pontos importantes, porque tem uma sequencia difícil: Bahia, Cruzeiro, Corinthians, Palmeiras, Internacional. Mesmo com a vitória o time Pernambucano continua na zona de rebaixamento. Uma arbitragem fraca do mineiro Emerson de Almeida, prejudicando o time do Paraná.

Blog de Airton Sousa – O Sport domingo é tudo ou nada

                                                             27887a71996fee0dfff2cd31845407f3

Faltando dezessete jogos para o término do Campeonato Brasileiro da série A, o Sport passa a jogar por três pontos cada partida, já começando neste domingo (02), contra o time do Paraná, comandado por Claudinei Oliveira que bem recentemente passou pelo time rubro negro.

O time leonino terá que vencer nove, dos dezessete jogos que faltam para totalizar quarenta e sete pontos, adicionando-se aos pontos já somados. É uma maratona de feras para atingir esse objetivo, principalmente para um time que vem em decadência, por ocasião dos jogos após a Copa do Mundo.

O técnico Eduardo Batista outra vez fará modificações na escalação, além do fato de ter recebido alguns reforços para a lateral esquerda, frente de área e até o ataque. No entanto, não sabemos se esses jogadores atuando na série A, terão o mesmo rendimento técnico que tiveram nas séries B e C do Brasileiro.

É uma etapa muito difícil a ser cumprida pelo elenco do Sport, que esta semana esteve reunido com a Diretoria prometendo garra, serviço e bons resultados, entendendo-se que esses aspectos não estavam sendo levados para dentro de campo pelo jogadores e que agora as coisas irão mudar e os resultados positivos voltarão a acontecer.

Quanto ao time do Paraná, mesmo obtendo alguns resultados melhores ultimamente, não conseguiu sair da zona de rebaixamento, estando neste momento com quinze pontos, e o grupo firmou um compromisso com o novo treinador, de tirar o time da zona de rebaixamento, o que é um sinal de alerta para o Sport.

Agora é esperar que as reuniões e o trabalho executados durante esta semana, possam apresentar resultados durante o jogo e que a vitória depois de muito tempo volte a acontecer. A Diretoria Leonina tentando atrair a torcida, manteve o mesmo preço de ingresso do jogo anterior, contra  o América Mineiro.

Blog de Airton Sousa – Sport estreia novo treinador, Náutico e Santa Cruz começam quartas de final

                                                                     brasileirao_serie_c

Estreando o técnico Eduardo Batista, em meio a uma crise sem precedentes, o Sport enfrenta neste sábado (18), o time do Santos na baixada santista. Além da expectativa da estreia do treinador, também a observação para  saber como o time irá se comportar diante de um Santos desesperado na zona de rebaixamento.

É impossível esperar um milagre, em menos de 72 horas da chegada do técnico, no entanto sempre que acontece a estreia de um treinador, acontece motivação para o grupo de jogadores, mesmo diante da situação técnica e  financeira que o Sport vive. É um confronto de dois desesperados.

O Santos nesse instante tem 18 pontos, e está na décima sétima posição, dentro da zona de rebaixamento, daí a torcida santista está confiante de um resultado positivo, principalmente após uma vitória no tempo normal, pela Copa do Brasil contra o Cruzeiro em Belo Horizonte, mesmo tendo perdido a classificação na cobrança de pênalti.

Quanto ao Sport, é tudo ou nada porque caso não volte pelo menos com um ponto somado, o rubro negro poderá entrar na zona de rebaixamento e aí sim, complicará mais ainda porque o treinador emocionalmente junto com o grupo, encerraria a participação nesta primeira fase na parte de baixo da tabela. O jogo será às 16 horas deste sábado (18).

Quanto ao início dos jogos das quartas de final, o Náutico joga em Bragança Paulista contra o Bragantino. Um bom publico que irá torcer pelo time paulista, diante da importância de um resultado positivo no jogo em casa, para ter no jogo de volta na Arena, a vantagem no placar.Quanto ao time timbu um clima de otimismo, principalmente para o jogo de volta.

Por outro lado, o Santa Cruz diante da sua torcida, enfrenta ao time do Operário de Ponta Grossa. Visando estimular a sua torcida, a diretoria facilitou para que o torcedor comprasse o seu ingresso antecipado, com a previsão de 35 mil pessoas empurrando o time para uma vitória.

A diretoria tricolor efetuou na ultima quinta-feira (16), o pagamento do mês de junho em forma de incentivo para que o grupo se empenhe mais ainda. Com o prenuncio de uma grande arrecadação, a diretoria já planeja um outro acerto financeiro para a próxima semana. É fundamental que o time consiga um resultado positivo, para uma folga no jogo de volta

Blog de Airton Sousa – Datas e jogos das quartas de final da série C

DkW_JJ_W4AAuEGd

A CBF se pronunciou na noite dessa segunda-feira (13), anunciando as datas dos confrontos das equipes que irão compor os jogos das quartas de final do Campeonato Brasileiro da série C, inclusive com a participação de dois pernambucanos, dois paulistas, um paraibano, um  Paranaense, um  Mato Grossense e finalmente um Acreano.

Ficaram determinadas as seguintes datas e jogos, para se conhecer os quatro classificados para a série B de 2019, levando-se em consideração que só após os jogos de ida e volta, é que haverá a classificação final de quatro equipes. Confrontos difíceis, porque trata-se apenas de duas partidas para cada clube, onde um erro poderá ser fatal.

Dia 18\08 às 16 horas : Bragantino x Náutico, na cidade de Bragança Paulista. Enquanto isso no dia 19\08, jogarão Santa Cruz x Operário do Paraná às 17 horas, Botafogo da Paraíba e Botafogo de São Paulo às 19 horas. Apenas na segunda-feira (20\08) às 21 horas, a realização de um jogo envolvendo Cuiabá x Atlético do Acre.

Importante que o clube mandante no primeiro jogo, a exemplo de Santa Cruz, Bragantino, Botafogo da Paraíba e Cuiabá tentem fazer um bom resultado em casa, se possível com um placar que possa dá a tranquilidade para o jogo de volta, já que trata-se de um mata-mata, sendo assim bastante positivo um resultado na partida em casa.

Torcer que os dois pernambucanos, possam ter a tranquilidade suficiente para um resultado positivo em casa, no caso do Santa Cruz com a primeira partida no Arruda, enquanto que o Náutico estreia fora de casa, na cidade de Ribeirão Preto. A depender do primeiro jogo, já teremos uma visão da vantagem do time, na última partida.

Blog de Airton Sousa – 50 anos de uma conquista inesquecível

                                                       novo aflitos

O torcedor do Náutico ainda tem na memória e no coração, uma conquista inédita na sua  história, e na história  do futebol. Hexa Campeonato, um título invejável e que poucos tiveram o mérito de tê-lo. No entanto faz parte de um passado, e um passado que muitos tentam e não conseguem e quando conseguem as vezes colocam embaixo do tapete.

O tempo passou, os desgastes materiais e financeiros foram aparecendo, e a verdade é que pelo menos no time de Conselheiro Rosa e Silva,  ao longo desses cinquenta anos não foi fácil viver dias conturbados, preocupantes e na maioria das vezes humilhantes, chegando ao ponto de fechar a sua casa e jogar de favor na casa dos outros.

Surgiu a Arena de Pernambuco, o Náutico se deixou iludir e a verdade é que muitos prejuízos em todos os sentidos acarretaram essa irresponsável decisão. Felizmente o tempo passou, as sequelas também, o time chegou ao vexame de participar de uma terceira divisão nacional, porém até que enfim dentro de breve estará retornando ao seu ninho, na segunda ou terceira divisão.

É uma alegria poder fazer esse registro, e dizer a torcida alvi-rubra que neste  sábado (21) haverá nos Aflitos, mesmo sem a conclusão total das obras e dos melhoramentos,  um momento  para que todos os alvi-rubros possam viver as lembranças das  conquistas do hexa e também mostrar a torcida de uma maneira oficial, como se encontram as reformas.

Bom será  para dá de presente a torcida, uma vitória na Arena de Pernambuco contra o time da Juazeirense, porque com os três pontos o time soma vinte e seis, ficando na necessidade de um empate nos três jogos restantes dessa fase de grupo. Vamos esperar que a vitória aconteça e que o torcedor possa se encher de otimismo para uma marca do seu time rumo  a série B, no próximo ano.

Ainda falando do Campeonato Brasileiro neste fim de semana, também pela série-B, o Santa Cruz jogará em João Pessoa contra o Botafogo, aliás jogo de uma torcida única demonstrando a fragilidade do poder policial em nosso país, se rendendo a um grupo de marginais, travestidos de torcedores. O Salgueiro joga contra o ABC, tentando escapar do rebaixamento, enquanto que o Sport em meio a crise financeira e administrativa que o Clube está vivendo,enfrenta ao Fluminense.

                                                                    IMG-20180718-WA0005(5)

 

Blog de Airton Sousa – Pernambuco encerra a 11ª rodada da série C

AG-dudu-nautico-botafogo-pb-2

Tivemos da noite do domingo (24), o encerramento da 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da série C. O Santa Cruz jogou no Acre contra o Atlético Acreano e perdeu de virada pelo placar de 2 x 1. O tricolor saiu na frente do placar, mais aos poucos foi se rendendo até que o Atlético marcou o gol de empate e na sequencia virou para 2 x 1.

Foi a segunda derrota tricolor em seguida, perdeu no Arruda para o Náutico e agora essa derrota, que tirou com a combinação de resultados, o Santa Cruz do G 4. Essa derrota e a posição do time no campeonato preocupa e muito a sua torcida, que vê com ansiedade a queda do time no Campeonato, e logo vem o pensamento de uma série D em 2019.

Pior que tudo, o próximo jogo é fora do Recife em Natal, contra o ABC. O time do Rio Grande do Norte é o quinto colocado com 15 pontos, tornando-se um jogo difícil em todos os aspectos, principalmente pelo momento de derrotas que vive o time do Arruda. Roberto Fernandes terá que trabalhar muito junto ao elenco para o próximo compromisso.

Enquanto isso, a torcida do Náutico está eufórica pelo momento que vive o time. A segunda vitória seguida, venceu ao clássico contra o Santa Cruz e nesta segunda-feira (25), venceu bem ao Botafogo da Paraíba pelo placar de 2 x 0. O primeiro gol aconteceu aos 3 minutos do primeiro tempo e o segundo gol foi aos 42 minutos, contra do zagueiro Walter.

Além do mais, o Botafogo que pouco reagiu no jogo, teve aos 16 minutos o jogador Walter expulso, complicando mais ainda a situação do time em campo. A esperança do Botafogo era o jogador Marcos Aurélio, que não esteve bem no jogo, contribuindo dessa maneira para o domínio do time alvi-rubro.

O Náutico continua jogando na Arena de Pernambuco, e já nesse fim de semana enfrenta ao todo poderoso Atlético Acreano, líder absoluto do grupo A com 23 pontos. Um adversário que representa perigo em casa e fora de casa, um verdadeiro teste de fogo para o Náutico. O alvi-rubro tem 16 pontos e fecha a 11ª rodada, na terceira posição.

Outro que jogou e não se deu bem, foi o time do Salgueiro. Jogou em casa, partiu na frente do placar e terminou cedendo o empate ao time do Confiança, segundo colocado com 18 pontos. Com o empate, o Salgueiro desceu para a sétima posição com 14 pontos. É uma verdadeira gangorra a série C, o que obriga o time que joga em casa somar 3 pontos.

Blog de Airton Sousa – A pobreza do futebol de Pernambuco

20171214214821307741oA diretoria tricolor pobre de idéias, opções, criatividade e organização, encontrou como a melhor opção demitir o treinador PC Gusmão. Até aí, mesmo que precipitadamente, admissível. No entanto, caberia parar, pensar e tomar uma outra medida, que não a contratação de imediato do técnico Roberto Fernandes.

Roberto Fernandes já demonstrou no próprio Náutico, várias vezes que é um treinador doméstico, apenas doméstico. Talvez a conquista do Pernambucano, sem olhar a maneira como aconteceu, levou os dirigentes do Santa Cruz a olharem o treinador como o Salvador da Pátria, esquecendo de analisar o início do Náutico no brasileiro da série C.

Foi o que podemos dizer, trocar seis por meia dúzia. E os problemas financeiros, técnicos e as carências de contratações, tudo isso como será resolvido de um dia para outro? onde todos sabemos a situação que o clube vive, e com certeza Roberto Fernandes sabe também, talvez ele tenha assumido o compromisso de aceitar tudo da maneira como está.

É uma vergonha o nosso futebol, hoje perdendo para Alagoas, Paraíba, Sergipe, Rio Grande do Norte e em um tempo não muito distante também para o Ceará e Bahia. Porém, apenas dizer a torcida o que sempre se diz em um momento desses; é pagar para ver, com todo esse chove não molha como tudo será resolvido. Não sei se podemos desejar ao Roberto Fernandes, boa sorte ou, meus pêsames.

Blog de Airton Sousa – Santa Cruz é goleado – Marcio Goiano assume o Náutico – Mauro Fernandes deixa o Central

dscn8768MarcioGoiano-FIGxCOR-20120705-ACMafalda

O torcedor tricolor, que ainda tinha uma esperança de continuar na Copa do Nordeste, ontem viu essa chance ir embora, após perder em pleno Arruda pelo placar de 4 x 1. No primeiro jogo, o ABC venceu por 1 x 0. Em função do primeiro resultado, haviam chances do tricolor reverter e continuar na competição.

Porém, já no primeiro tempo, a classificação estava definida. O placar de 3 x 0, já determinava por antecipação a saída do time tricolor. Para complicar mais ainda, Augusto Silva foi expulso, tornando o jogo mais fácil ainda para o time do Rio Grande do Norte, porque era quase impossível  o quadro sofrer alteração.

No segundo tempo, o time do ABC diminuiu o ritmo do jogo, recuou um pouco e passou a adotar a marcação em linha baixa. Mais o adversário tricolor, não estava satisfeito e aos 25 minutos ampliou o placar para 4 x 0. A torcida vaiando o time, deixando o estádio e aos 37 minutos aconteceu o gol do Santa Cruz, porém nada mudou e o time deu adeus a competição.

Enquanto isso, chegou ao Recife o novo técnico do Náutico, Marcio Goiano. O treinador chegou bastante otimista, prometendo recuperação na série C , além de demonstrar muita vontade de trabalhar, o que não poderia ser diferente. Quem não gostou muito da chegada do novo comandante, foi o jogador Negreti  afastado do grupo, fato que poucos entenderam.

Quanto ao Central, após a derrota contra o Sergipe, o grupo se apresentou na tarde desta terça-feira. A novidade foi a saída do técnico Mauro Fernandes, que agradeceu pelo apoio, tentou justificar a decepção no Brasileiro, e disse está grato pela maneira como foi apoiado, principalmente no Campeonato Estadual, além de demonstrar interesse em voltar para o próximo ano.

 

Blog de Airton Sousa: Central empata, Flamengo e Salgueiro perdem e o Sport ganha

                        brasi a

Jogando neste domingo (6) na cidade de Arapiraca, o Central não conseguiu vencer o time do ASA, e terminou apenas empatando em 3 x 3. Foi um resultado que deixa o time em uma situação complicada, porque em três jogos, somou apenas dois pontos e continua sem vencer, tendo a partir de agora de ganhar obrigatoriamente os jogos restantes.

Foi um primeiro tempo em que o time da casa jogou melhor, principalmente o jogador Peixoto. A defesa do Central esteve falhando bastante, o meio de campo com uma certa fragilidade e o ataque como sempre acontece pouco acionado. O gol do ASA saiu aos 34 minutos, com André Beleza, enquanto que o Central empatou aos 42 minutos com Washington .

Terminado o primeiro tempo em 1 x 1, as equipes voltaram para a segunda etapa, o Central voltou melhor, corrigiu os erros e Danilo Quipapá marcou o segundo gol, aos 10 minutos. Em seguida em um contra-ataque, pênalti para o Central aos 16 minutos. Leandro Costa cobra e faz o terceiro gol.

Com 3 x 1 no placar, o Central recua,  e a partir daí o ASA avançou. Aos 32 minutos, outra vez a defesa do Central falha e Chiquinho desconta, marcando o segundo gol. Chiquinho que aliás, foi o jogador da partida no segundo tempo. O Central apavorado e de novo Chiquinho marcou o gol de empate aos 43 minutos.

Final do jogo ASA 3, Central 3. O Central continua em uma situação complicada, tendo que vencer os três jogos restantes. No grupo, o Sergipe lidera com 7 pontos, depois de vencer a Jacuipense por 2 x 1. A Jacuipense tem 2 pontos e está na lanterna do grupo. Próximo jogo do Central no Lacerdão contra o ASA, próximo jogo do Sergipe em Riachão do Jacuípe.

Por sua vez, o Flamengo perdeu ,jogando nos seus domínios para o time do Campinense, líder do grupo, por 2 x 1. A situação do Flamengo é complicada na competição. Por outro lado, o carrasco dos times de Pernambuco venceu mais uma. O Atlético do Acre em Salgueiro venceu ao time salgueirense por 3 x 1. O Atlético é o segundo colocado com 9 pontos, enquanto que o Salgueiro é o vice-lanterna, com apenas 2 pontos.

Enquanto isso, o time do Sport conseguiu a sua segunda vitória, desta feita na Ilha do Retiro contra o seu rival, o Bahia. Um jogo bastante disputado, como aliás era esperado, no entanto o time Leonino, que teve o goleiro baiano a seu favor quando marcou um gol contra, desconcertou os companheiro e em seguida aconteceu o segundo gol com o jogador Claudio Wink.

Com o resultado o Sport somou a segunda vitória,  agora com sete pontos, dando sinais de recuperação e começando a ganhar a confiança da sua torcida. O próximo jogo será em Minas Gerais contra o Cruzeiro, que não vem fazendo uma boa campanha. Ainda com relação ao jogo, para ajudar o Sport o jogador Ítalo foi expulso, complicando mais ainda o time baiano.

Blog de Airton Sousa: Fim de semana desastroso para o futebol pernambucano

                                                271854,475,80,0,0,475,365,0,0,0,0

Um fim de semana, que o torcedor de Pernambuco vai fazer questão de esquecer. Apenas uma vitória, três empates e três derrotas. Foi esse o balanço esportivo no fim de semana, onde apenas o Sport venceu, com a estreia do treinador Claudinei Oliveira, salvando dessa maneira a participação dos nossos clubes no fim de semana.

No sábado, na Arena de Pernambuco o Santa Cruz jogando muito mal, não conseguiu passar pelo ABC, apenas empatando em 0 x 0. Esse mesmo ABC que jogará nesta terça-feira (01), em Natal contra o próprio Santa Cruz, valendo uma sequencia de dois jogos pela Copa do Nordeste.

Por sua vez o Náutico, que teve em Bruno a sua melhor peça, pelo domínio do time do Atlético do Acre. A derrota de 1 x 0 apenas, não disse o domínio do time do Atlético que mandou no jogo o tempo quase todo, dando ao Náutico mesmo com a volta de Ortigoza poucas chances. No final a derrota de 1 x 0, coloca o timbu numa situação difícil no grupo.

O Sport conseguiu sua primeira vitória, desta feita fora de casa contra o Paraná, com a estreia do treinador Claudinei Oliveira. A vitória do time Leonino foi de 2 x 1, a primeira na sequencia de três partidas, quem sabe iniciando agora uma nova fase na competição. O Sport volta para casa para enfrentar ao time do Bahia.

Enquanto isso, o Salgueiro foi ao Rio Grande do Norte e conseguiu o empate de 1 x 1, contra o Globo. O time salgueirense que vinha de resultados negativos, pelo menos o empate fora de casa, é um consolo para a próxima partida em casa, contra o Atlético do Acre, na expectativa que no fim de semana, o time possa conseguir sua primeira vitória.

Com relação a série D, ninguém ganhou. O Flamengo foi goleado pelo Fluminense de Feira de Santana, com o placar de 5 x 0, um verdadeiro desastre. O Belo Jardim conseguiu um empate dentro de casa, enfrentando a equipe do Imperatriz, não foi um bom resultado pelo fato do jogo ter sido na terra do Bitury.

Finalmente, o Central decepcionou a sua torcida e foi derrotado pelo Sergipe pelo placar de 1 x 0. Os comandados de Mauro Fernandes estiveram numa tarde simplesmente decepcionante, não dando para destacar um jogador  se quer. Para culminar, o técnico Mauro Fernandes foi expulso pelo árbitro do jogo. Agora o time vai ter que recuperar pontos, no jogo de domingo (6), em Arapiraca contra o Asa, que empatou com a Jacuípense pelo placar de 1 x 1.

 

Blog de Airton Sousa: Pernambuco no Brasileirão neste fim de semana

1.-LOGO-FUTEBOL-PE-FUNDO-TRASPARENTE

Todos os clubes de Pernambuco, irão jogar neste fim de semana, pelas séries A, C e D. O Sport de técnico novo, jogará no Paraná. O Santa Cruz jogará no Arruda, o Náutico vai ao Acre, o Salgueiro jogará  no Rio Grande do Norte, o Central jogará no Lacerdão, o Belo Jardim atuará nos seus domínios e o Flamengo vai até a cidade de Feira de Santana.

Depois de todo tumulto acontecido essa semana com a saída e as declarações do ex- técnico Nelsinho Batista, a diretoria do Sport tenta recompor a situação, contratando o técnico Claudinei Oliveira na esperança de que os problemas fiquem para trás. Já no comando do novo treinador, o time enfrenta ao Paraná fora de casa.

Com muitos problemas financeiros a resolver, sabendo que é necessário contratar, a chegada do novo comandante técnico é o que podemos dizer, tudo ou nada para um grupo desacreditado e desgastado perante a sua torcida. Um jogo difícil contra o Paraná, que a exemplo do Sport, vem muito mal na competição. É preciso que o time rubro negro, traga pelo menos um empate.

Enquanto isso o Náutico, que vem muito mal na série C  vai até o Acre, para enfrentar o Atlético daquele estado. Na tentativa de recuperação, o treinador Roberto Fernandes modifica taticamente o time, jogando com três zagueiros. A esperança alvi-rubra é que a volta de Ortigoza, possa trazer força ofensiva a equipe.

Por sua vez o Santa Cruz, jogará no Arruda a sua segunda partida em casa. O adversário é o time do ABC, que  vem desfalcado de algumas peças importantes, o que dá a esperança que o tricolor possa conseguir mais uma vitória, inclusive contando com os principais jogadores que atuaram na vitória contra o Atlético do Acre.

O Salgueiro  que está muito mal na competição, joga no Rio Grande do Norte contra o time do Globo. Os comandados de Sergio China, ainda não se encontraram dentro e fora de casa, é necessário que a recuperação aconteça, caso contrário o carcará poderá  ter a sua situação complicada na série C.

Falando de série D, o Central depois de um empate jogando um bom futebol contra a Jacuipense, joga no Estádio Lacerdão contra o time do Sergipe que também empatou nos seus domínios contra o time do ASA. O torcedor está confiante que a vitória aconteça, porque é impreterível que em casa a equipe some nove pontos nos três jogos desta fase.

As demais equipes da série D por Pernambuco são: O Belo Jardim que jogará em casa contra o Imperatriz, acreditando-se que a vitória venha acontecer, já que na estreia o time obteve um empate fora de casa. O Flamengo de Arcoverde, o único de Pernambuco na série D que venceu na estreia em casa, sai para enfrentar o Fluminense de Feira de Santana.

Blog de Airton Sousa: Central estreia. Nautico, Santa Cruz e Salgueiro tentam recuperação

                                                   cvvvvvvvv

Neste fim de semana, teremos a participação dos três representantes de Pernambuco na série C,  e a estreia do Central na série D. Na primeira rodada, Santa Cruz, Náutico e o Salgueiro empataram. Enquanto o Central  faz a sua estreia na série D, cheio de muitas expectativas em razão do sucesso no Campeonato Pernambucano.

Falando do Santa Cruz que jogará no Arruda contra o Atlético do Acre, a equipe tricolor estreou empatando na Arena de Pernambuco, o que foi considerado um bom resultado porque a chamada de jogo foi do adversário. Para a partida contra o Atlético do Acre, o time tem reforços para estrearem.

Também a estreia do treinador PC Gusmão contratado durante essa semana, para o lugar de Junior Rocha. Há muita expectativa para esse jogo, principalmente pelo fato dos novos reforços estarem em condição de jogo. Após essa partida, o tricolor pernambucano continua em casa, desta feita jogará contra o ABC de Natal.

Enquanto isso, o Náutico jogará fora de Pernambuco, jogando no vizinho estado da Paraíba, contra o Botafogo. O time do Botafogo, estreou empatando contra o Salgueiro no sertão. Por outro lado, agora só com o Brasileiro, o Náutico deixou a Copa do Brasil, quando venceu apenas pelo placar de 1 x 0 a equipe da Ponte Preta.

Ainda com relação a Copa do Brasil, os dirigentes do Náutico insistem em tomar o lugar da Ponte Preta, pelo fato de possíveis irregularidades do time de Campinas. Voltando ao jogo contra o Botafogo, o desfalque maior do  time timbu é a ausência outra vez do jogador Ortigoza. Por outro lado a diretoria anunciou a contratação do Paraguaio Jorge Giménez.

O  Salgueiro joga em Aracaju contra o Confiança. A equipe do Salgueiro estreou em casa, empatado contra o Botafogo da Paraíba. É um jogo difícil, também porque é fora de casa, e o carcará tem a necessidade de se recuperar na competição.Contra o Botafogo, o time jogou bem, porém não conseguiu vencer.

Pela série D, o Central estreia na competição, no interior da Bahia na cidade de Riachão do Jacuípe, enfrentando a equipe da Jacuípense. O time patativa manteve todo seu elenco, inclusive o técnico Mauro Fernandes que promete fazer o mesmo sucesso do Pernambucano, quando chegou ao vice-campeonato.

É importante lembrar, que o elenco patativa foi mantido praticamente todo, o que representa um excelente percentual para obter o sucesso e consequentemente a probabilidade de subir para a série C. Ainda pela série D teremos: Sergipe x Asa (grupo do Central), Guarani de Juazeiro (CE) x Belo Jardim, Flamengo de Arcoverde x Murici de Alagoas.

Blog de Airton Sousa: Os Pernambucanos não perderam neste fim de semana

                                                  ndt

Foram três jogos envolvendo os clubes de Pernambuco neste fim de semana. Jogando na Arena de Pernambuco, o Náutico venceu o Bahia por 1 x 0, respirando um pouco no seu grupo, mesmo com uma distância substancial do Bahia, porém muito longe do Botafogo que lidera, com nove pontos.

Com a vitória, o Náutico passou a somar quatro pontos, dois a menos que o Bahia. No entanto, foi  o necessário para deixar a torcida um pouco otimista, já que até então o time não havia vencido nenhuma partida. Restam agora dois jogos: Altos no Piauí, e o Botafogo na Arena. Caso vença  os dois jogos, e a depender de uma combinação de resultados, o time timbu pode sonhar com a classificação.

São remotas as possibilidades de conseguir a vaga para a próxima fase da Copa do Nordeste, pela pontuação dos dois concorrentes. Porém, há de se reconhecer que a vitória foi importante principalmente pela qualidade do time baiano. Agora o pensamento é a Copa do Brasil no meio de semana, e as quartas de final, no fim de semana.

O Santa Cruz que é líder do seu grupo agora com oito pontos, foi até Maceió e enfrentou ao Clube de Regatas Brasil, empatando com o placar de 1 x 1, e deixando o time alagoano com sete pontos, ou seja: um ponto a menos que os Pernambucanos. Dificilmente os dois times perdem a vaga para aproxima fase do Nordestão.

Treze e Confiança jogarão neste dia doze, ou seja nesta segunda-feira, em Campina Grande. A situação dos dois times e extremamente complicada e dificilmente se aproximarão do líder e do vice-lider, em razão da diferença de pontos dos dois primeiros colocados. Neste grupo já podemos colocar como classificados o Santa Cruz e o Clube de Regatas Brasil.

O jogo entre CRB e Santa Cruz, foi bastante tumultuado com três expulsões. Pelo tricolor foram expulsos  os jogadores  Paulo Henrique e Fabinho, enquanto que pelo CRB foi expulso o zagueiro Boa Ventura. Além do mais, demonstrando a fragilidade do árbitro baiano Marielson Alves, que deixou de marcar três penalidades,duas contra o CRB e uma contra o Santa Cruz.

Finalmente,mais um Pernambucano jogou nesse sábado (10),o time do  Salgueiro que encontra-se em uma situação difícil no grupo. Terminou empatando jogando em casa, contra o Centro Esportivo Alagoano. O empate não ajudou as duas equipes, o CSA soma três pontos, enquanto que o Salgueiro tem apenas dois pontos.

Também neste grupo, o quadro já apresenta uma definição. O Ceará tem nove pontos, enquanto que o Sampaio Correia soma sete pontos. Portanto, com  pontuações que dificilmente serão alcançadas pelos dois últimos colocados. Quanto ao jogo, tecnicamente abaixo da crítica sem as duas equipes demonstrarem pelo menos, um pouco de qualidade.

Blog de Airton Sousa: Central perde – Sport empata e o Náutico enfrenta ao Bahia

2000px-Bandeira_de_Pernambuco.svg

Jogando na noite dessa quarta-feira (21) na Arena de Pernambuco, o Central  Sport Clube sofreu a sua primeira derrota no Campeonato Pernambucano. O adversário foi o bom time do Vitória, que no final do jogo terminou vencendo pelo placar de 1 x 0, quebrando a invencibilidade patativa este ano.

O time Caruaruense, não teve numa noite feliz e poucos foram os jogadores que tiveram uma boa atuação. A começar pelo meio campista Junior Lemos, que é na realidade o principal jogador do alvi-negro, onde construiu poucas jogadas, não efetuou chutes nem lançamentos e esteve um tanto quanto divorciado no jogo.

O treinador alterou o esquema de jogo  do time, colocando três zagueiro no primeiro tempo e realizando as estreias de Paulo Fernando e Fernando Pires, que não comprometeram, exceção a parte física, a partir dos 35 minutos do segundo tempo. O meio de campo foi dominado pelo meio de campo do vitória e o ataque quase ou nada realizou.

O gol do Vitória aconteceu aos 30 minutos do primeiro tempo, através do lateral esquerdo Léo Carioca, com uma falha de marcação dos volantes e da zaga patativa. O Central ao longo do jogo, não teve forças para reagir, mesmo com as alterações efetuadas pelo treinador  Mauro Fernandes.

Com os resultados da rodada, o Central desceu para a terceira posição, enquanto que o time do Vitória continua na segunda posição, agora com 13 pontos. O próximo jogo será contra o time do Pesqueira, na terra do doce e da renda. Daí esperar-se que neste espaço de tempo, o treinador recupere algumas peças, e possa somar três pontos na penúltima rodada da fase.

Por outro lado, com um publico inferior a 800 pagantes, a torcida do Sport viu mais uma vez o seu time jogar mal e não conseguir passar pelo modesto Belo Jardim, no Estádio Lacerdão. Foi uma noite de desencontro para o técnico Nelsinho Batista e seus comandados, que não se acertarão em nenhum setor do time.

No final, o 0 x 0 deixou a torcida rubro-negra decepcionada e preocupada com a atual situação do Clube da Praça da Bandeira, que apesar das mudanças administrativa e com uma folha de pagamento superior a 3 milhões de reais, continua  apenas no momento com o Campeonato Pernambucano em corresponder,  porque as demais competições já ficaram para trás.

O Sport joga domingo  na Ilha do Retiro contra o Vitória, e pelo que se viu no jogo contra o Belo Jardim, o rubro-negro não terá vida fácil contra o time da terra das Tabocas. Continua sem solução definitiva as situações de Richely e André, afastados do time e sem resolverem suas situações junto aos clubes que demonstram, ou não, interesse nos atletas.

Quanto ao time do Náutico, tem o difícil compromisso esta noite (22), contra o Bahia em Salvador. O time baiano não vem bem na competição, somando apenas 3 pontos na segunda colocação.  O Botafogo(Já classificado), é o primeiro colocado com exatos 9 pontos, numa campanha irretocável.

O Náutico é o terceiro colocado, com apenas um ponto. Caso vença, a situação do alvi-rubro tende a melhorar um pouco, caso contrário a perspectiva  e realmente ficar de fora na fase seguinte. O Treinador Roberto Fernandes deixou nas entre linhas o desejo de contar com os jogadores Robinho e Ortigoza, que entraram muito bem contra o Afogados.

 

Blog de Airton Sousa: Duas derrotas pela Copa do Nordeste para Pernambuco

copa-do-nordeste

Jogando na noite dessa quinta-feira (8) pela Copa do Nordeste, tivemos dois resultados negativos para os clubes de Pernambuco. Em São Luiz do Maranhão, o Salgueiro perdeu mais uma vez, desta feita para o Sampaio Correia pelo placar de 4 x 0. Enquanto isso o Náutico saiu na frente do placar contra o Botafogo da Paraíba e no final perdeu pelo placar de 2 x 1.

Quanto ao time do Salgueiro, foi totalmente envolvido pelo Sampaio Correia, não teve forças e o seu sistema defensivo terminou complicado e facilitando a goleada, aliás a segunda derrota com o placar elástico, já que na estreia em casa o time também perdeu, e desta feita para o Ceará, complicando agora a situação do time da competição.

Com o Náutico, se não aconteceu uma goleada, no entanto o time não teve forças para evitar a derrota para  Botafogo no Estádio Almeidão. É a segunda partida sem o time conseguir vencer, porque na estreia empatou com o Altos por 1 x 1. O Náutico tem apenas um ponto no grupo, enquanto que o Botafogo lidera com seis pontos. Uma vitória fora, outra em casa.

Quanto ao jogo, o Náutico parecia inspirado porque já aos 4 minutos abria o placar, no entanto a vitória demorou pouco, porque aos 8 minutos o time paraibano empatava a partida, abatendo emocionalmente os comandados de Roberto Fernandes. O Náutico apresentava deficiência no seu trabalho de construção de jogadas, deixando Wallace Pernambuco sozinho na frente, sempre disputando as jogadas com a zaga adversária.

Aos 47 minutos do primeiro tempo, o experiente jogador Marcos Aurélio cobra o escanteio, e numa saída errada do goleiro Bruno, a bola entra e fecha o primeiro tempo com o placar de 2 x 1. Esperava-se que o Náutico viesse com outra postura, porém não aconteceu,  mesmo com o esforço dos jogadores Medina e Wallace Pernambucano. Aos poucos notava-se que a derrota estava cada vez mais próxima.

Após o resultado, a situação timbu ficou difícil no grupo e agora o time prepara-se para o difícil jogo da quarta-feira de cinzas contra o Fluminense de Feira de Santana, pela Copa do Brasil. Roberto Fernandes continua reclamando do rendimento do time em algumas partidas e aguarda a regularização  Wendel  e Ortigoza, para tentar melhor articulação do grupo.

Blog de Airton Sousa: Muitas surpresas na segunda rodada

                                                    cen vs naju

O torcedor do Náutico que ficou bastante otimista quando do resultado contra o América, terminou na tarde desse domingo (21), tendo uma decepção muito grande, não apenas com a derrota e muito mais com a goleada sofrida de 3 x 0 para o Central Sport Clube. O time foi simplesmente vergonhoso, o que deixou a torcida de olhos bem abertos outra vez.

O Central deu um passeio no time de Roberto Fernandes, impondo um ritmo de jogo não acompanhado pelo Náutico, que além de tudo, pouco ou nada teve de reação. Aos poucos os gols iam surgindo e a cada gol, observava-se a queda de rendimento do time timbu. No final, com todos os méritos a patativa venceu por 3 x 0, e agora prepara-se para jogar contra o Santa Cruz, na quinta-feira (25), no Arruda.

Outro grande que perdeu, foi o Santa Cruz jogando em Paulista contra o América. O Santa Cruz já vinha de um empate em casa de 1 x 1 contra o vitória, e a derrota para o time Esmeraldino alertou a torcida tricolor, principalmente porque outra vez  o time fez um bom primeiro tempo e  caiu totalmente na segunda fase.

Agora, a cobra coral enfrenta ao Central nesta quinta-feira (25), o que podemos dizer é um desafio em todos os sentidos para o time do Arruda. O treinador tenta justificar a queda da equipe no segundo tempo, ao fato de não ter feito uma pré-temporada e os atletas não terem conseguidos ainda alcançar pelo menos setenta por cento da forma física.

Os dois jogos que complementaram a segunda rodada foram: Vitória 0 x 0 Salgueiro, onde o time Salgueirense fez a sua estreia na competição, enquanto que o time do Vitória vinha de um empate em 1 x 1 no Arruda, contra o Santa Cruz. Finalmente, o Belo Jardim jogando em Pesqueira, empatou com o Flamengo em 1 x 1.

A próxima rodada apresenta os seguintes jogos: Pesqueira e Vitória, Salgueiro e América, Náutico e Sport, o primeiro clássico do ano e Afogados e Belo Jardim. Na quinta-feira (25), o Santa Cruz joga no Arruda contra o Central, onde a equipe tricolor tem a obrigação de vencer, para não ter complicada a sua situação no Pernambucano.

A classificação do Campeonato, após o encerramento da segunda rodada é a seguinte: Central em primeiro lugar com 4 pontos, Sport em segundo lugar, com 4 pontos, América em terceiro lugar com 3 pontos, Náutico quarto lugar, com 3 pontos, Vitória quinto lugar com 2 pontos, Flamengo sexto lugar com 2 pontos, Belo Jardim sétimo lugar com 2 pontos, Pesqueira oitavo lugar com um ponto, Salgueiro nono lugar com um ponto, Santa Cruz décimo lugar com um ponto, e finalmente na ultima colocação o Afogados com um ponto.

Blog de Airton Sousa: Agora vale tudo para todos

                       download

Quem conquistou conquistou, tudo é passado e é tempo de recuperação para quem conseguir se planejar e executar o planejamento. Como todos sabem, foram muitas perdas para Pernambuco. No entanto sempre é tempo para recuperar, e tudo vai depender de organização financeira e administrativa.

Quem começa a batalha de 2018 primeiro, é o Clube Náutico Capibaribe, já iniciando no próximo dia oito, com dois jogos valendo a seletiva da Copa do Nordeste. Primeiro jogo fora de casa contra o Itabaiana de Sergipe. Segundo jogo na Arena de Pernambuco.

É importante dizer que a classificação nos jogos seletivos vale quinhentos mil reais para o classificado, sem se falar nas premiações seguintes a cada fase. O Náutico como todos sabem, a exemplo do Santa Cruz entre outros clubes do mesmo nível atravessam situações financeiras críticas, e uma grana dessas nunca é demais.

Acreditar que desta feita o técnico Roberto Fernandes possa colocar em prática o planejamento iniciado após o término do Campeonato Brasileiro há quase 50 dias, e que os contratados possam qualificar o time de uma maneira a fazer o torcedor alvi-rubro esquecer as decepções ocasionadas com  os jogos e as competições de 2017.

O Santa Cruz, Sport, Salgueiro, Central, e as demais equipes todas terão a primeira competição no dia dezessete deste mês, com a realização do início do Campeonato Estadual, aguardando-se que a mudança do regulamento possa qualificar para cima o Estadual, e que os clubes possam se preparar de uma maneira a motivar as suas torcidas.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz apresenta técnico e diretor remunerado

IMG_9526_3

Uma das primeiras providências da nova diretoria tricolor foi anunciar nessa quinta-feira (07) os nomes do Técnico e Diretor Remunerado do Clube, o que se torna uma medida  elogiável, em razão da urgência para o início da execução do planejamento para a temporada de 2018, pois, a partir daí, a montagem do elenco deverá ser iniciada.

Tudo vai depender do quadro financeiro, fato que também foi abordado pelo Presidente do Clube, quando tenta negociar o parcelamento de pendências financeiras, inclusive as causas trabalhistas e fiscais, pelo fato de todo o bloqueio financeiro que aconteceu esse ano com as arrecadações.

São atitudes fundamentais e necessárias, porque como todos sabem que o Clube vive uma situação financeira das piores, com salários atrasados dos funcionários e jogadores, o que convém dizer a carga de novas questões judiciais deverão vir em breve, a exemplo das que já existem e das que deverão chegar.

Falando agora do novo treinador, Júnior Rocha, que teve atuação prioritariamente no Luverdense, time do Mato Grosso, e que nos últimos anos obteve uma verdadeira evolução no Campeonato Brasileiro, no entanto, esse ano desceu para a série C, o que não tira o mérito do profissional, principalmente pelo trabalho na montagem do time.

É o Santa Cruz encarando a realidade da série C, pisando no chão e executando um trabalho proporcional a competição. Competição que é deficitária, difícil tecnicamente, com um calendário curto, distante da mídia, principalmente da televisão, além das dificuldades financeiras, o que torna difícil para todos os clubes, principalmente na situação do tricolor Pernambucano.

Agora, é aguardar a chegada do técnico e da formação da comissão, para começarmos a saber das novidades nas contratações, desde a indicação do treinador, do diretor de futebol e da própria diretoria. Uma coisa é certa, o Santa Cruz tem que ter um orçamento enxuto, na condição de não apostar, e sim acertar com seriedade nos contratados. E o torcedor, vai ter que entender e apoiar!

Blog de Airton Sousa: Como será o novo comando do Santa Cruz

constantino-jr

Na última terça-feira (5), aconteceu a tumultuada e disputada eleição do Santa Cruz. Foi uma verdadeira guerra entre as três chapas, o que infelizmente só trás divisão para o tricolor Pernambucano. Bom seria que após o resultado os candidatos se unissem em torno dos problemas do Clube, porém sabemos que não é assim.

Infelizmente  prevalece o orgulho, a divisão, muitas vezes até a inveja, o que é lamentável, porque talvez   aí esteja o segredo da situação que o Clube vive. Muitos débitos, sem jogadores para começar a competição, sem dinheiro suficiente para a solução dos problemas, e o pior: rebaixado para a série-C.

Os percentuais apresentados após a votação foram os seguintes: Constantino Junior (64,8%), 812 votos. Albertino dos Anjos (19,9%), 250 votos e Fábio de Mélo (15%), 190 votos. Foi um percentual que merece destaque, a favor do candidato da situação. Agora é aguardar as primeiras providencias  e sentir até que ponto, os opositores que foram derrotados ajudarão ao vencedor.

O Santa Cruz começa 2018 do zero. Sem técnico, sem jogadores, sem dinheiro e com o prestigio abalado, em razão do desastre que foi este ano. As dificuldades são inerentes em um momento desses, e como Constantino Junior era integrado a gestão que se encerrou, quem sabe esse fato sirva de apoio para começar abraçar todos os problemas amplamente divulgados.

Blog de Airton Sousa: Feijoada do Central foi um sucesso

logo

No último sábado (25), a Diretoria do Central Sport Clube promoveu um evento, que contou com a presença de muitos colaboradores. Podemos dizer que a primeira promoção da nova Diretoria foi coroada de êxito, porque todos que compareceram não mediram elogios em todos os sentidos, desde a organização, o ambiente e um clima cheio de integração.

Uma gostosa feijoada foi servida aos presentes, um grupo musical teve a incumbência de animar a festa e as pessoas também não pararam de elogiar o grupo “ Afina Samba “, composto por Caruaruenses com um repertório de qualidade e de muito bom gosto. Além de tudo isso, na compra do ingresso no valor de R$ 60,00, uma camisa do Central era entregue ao comprador.

A expectativa de uma nova promoção ainda para esse ano, inclusive com o sorteio de uma Moto, para motivar as pessoas a comprarem o ingresso e de novo contribuírem, e aos poucos o alvi-negro ir resolvendo os problemas mais emergentes. Queremos parabenizar a nova Diretoria, na expectativa de que aos poucos os problemas sejam sanados e possam trazer mais tranquilidade a todos.

Com cautela o grupo de jogadores está sendo formado, e hoje (28), já temos dezesseis contratados, o que é um bom percentual também porque tudo está acontecendo de uma maneira criteriosa, no intuito de conseguir bons percentuais de acerto. Mais uma notícia boa para o Central, o volante Paulinho oriundo da base patativa, foi convocado para a Seleção Sub-20 de Pernambuco, o que não deixa de ser uma nova promessa para o atleta e para o Clube.

 

Blog de Airton Sousa: Central se estruturando para 2018

central jogMudanças e mudanças, esse é o caminho do Central Sport Clube, para o próximo ano. Como todos sabem, a nova diretoria do Central praticamente está começando do zero, com exceção dos compromissos e dos débitos, que por sinal são muitos. Porém, desde a posse no inicio de outubro que os dirigentes não param de trabalhar.

Contratação do técnico Mauro Fernandes, do gerente de futebol Adriano, além de outros membros da comissão técnica. E o mais importante, já foram contratados doze jogadores: Denis e Murilo que são da casa, Murilo Prates, Luizão, Dudu, Ismael, William, Graciano, Douglas Carioca, Danilo, Sávio e Lucas Silva. Até o final de semana outros nomes serão anunciados.

Importante também lembrar, que a meta é uma boa participação no Campeonato Estadual, visando conseguir vaga na Copa do Nordeste e Copa do Brasil em 2019. Se acontecer essa inclusão, a meta a principio já será atingida, podendo também a depender da resposta no Estadual, entrar mais forte no Campeonato da série-D de 2018.

Para o dia 25 deste mês (sábado), os dirigentes estarão promovendo uma festa visando angariar fundos para a estrutura do Estadual e resolver algumas pendências financeiras. R$ 60,00 é o preço do ingresso, incluindo uma camisa do clube,   uma animada roda de samba, com o grupo “ Afina Samba “, uma feijoada, além de sorteios diversos. Os dirigentes irão aproveitar também para lançarem a Campanha de Novos Sócios.

Vamos torcer que tudo dê certo, que os Caruaruenses possam prestigiar comparecendo e comprando os ingressos, inclusive é um excelente momento para um encontro, pelo fato de que a muito tempo não acontece uma festividade dessas promovida pelo alvi-negro de Caruaru. Esperar um bom público e torcer que fique nos cofres do clube uma importância considerável.

Blog de Airton Sousa: Sport continua na luta pelo não rebaixamento

                                                sousa vs regis

Tivemos na tarde desse domingo (19) na Ilha do Retiro, o Sport vencendo o Bahia pelo placar de 1 x 0. Um jogo difícil, bem disputado e acima de tudo valendo a rivalidade entre essas duas equipes. O Bahia brigando para entrar na zona de Libertadores e o Sport lutando com todas as forças para se manter na primeira divisão.

Depois de muito tempo, o time de Daniel Paulista repete a mesma escalação e isso deu uma certa força ao elenco, que ao contrário do que aconteceu contra o Palmeiras, foi um time que brigou dentro de campo, do começo ao fim, na tentativa de conseguir a vitória e aproximar-se mais daquelas equipes que estão fora da zona de rebaixamento.

O Bahia entrou muito bem aplicado, antecipando a marcação e jogando no campo do Sport, dificultando a saída do time rubro-negro. Muitas faltas, disputas das duas equipes, e gols perdidos pelos dois times, muito embora Magrão e Jean não tiveram muitas dificuldades durante o jogo.

O gol do Sport foi aos 39 minutos do primeiro tempo, através Marquinhos. Porém a arbitragem cometeu uma falha, em não marcar um pênalti aos 42 minutos, de Durval no jogador Edgar Júnior, para desespero do time do Bahia. Terminando a primeira fase com a vitória parcial do Sport, por 1 x 0.

No segundo tempo, o Bahia entrou com Regis no lugar de Alione, tentando com isso agredir ofensivamente o time pernambucano. Pressão do Bahia e na cobrança de falta pelo goleiro Jean, na trave quase o Bahia empatava. Outras chances surgiram para o Bahia, inclusive com o jogador Mendonza, com uma grande defesa de Magrão.

Várias modificações nas duas equipes: Rogério, Richely pelo Sport, Ernane pelo Bahia. Porém as modificações do Sport surtiram mais efeito, e o Sport ainda teve chance com um rebote de Durval e uma cabeçada de André, além da pressão até o final do jogo. No entanto foi importante a vitória, que deixou o time Leonino com 39 pontos, na décima oitava posição.

O Sport agora aguarda o resultado do jogo desta segunda-feira (20), entre Fluminense e Ponte Preta, onde a torcida rubro-negra tem que secar o time de Campinas. Próximo jogo do time Leonino no sábado, contra o Fluminense. A situação do time rubro-negro é muito difícil, no entanto ninguém pode deixar de reconhecer a importância da vitória contra o Bahia.

Blog de Airton Sousa: Terça-feira negativa para Pernambuco

 brasileirao-serie-b-300x182

Como já era esperado, a noite da terça-feira (7) tinha uma perspectiva de resultado negativo outra vez para  o futebol pernambucano. E não foi diferente, o Santa Cruz empatou e o Náutico perdeu. Com os resultados, se a situação era complicada  tornou-se mais complicada ainda, e agora é só esperar o encerramento da competição.

Em Goiás, o Santa Cruz até que não jogou tão mal, principalmente no primeiro tempo, porém esbarrou na sua limitação ofensiva, porque o meio de campo trabalhou as jogadas, no entanto as finalizações não correspondiam, inclusive com Ricardo Bueno que desperdiçou três oportunidades de gol, no primeiro tempo.

O primeiro gol do jogo foi através do  Giovane  para o Vila Nova, e o Santa Cruz tentava a todo instante um diálogo entre o meio de campo e o ataque , sem contudo acontecer o esperando, ou seja o gol de empate. Muitos passes errados por parte do Santa Cruz, enquanto que o Vila Nova acomodava o jogo com uma vitoria parcial no primeiro tempo.

Na segunda fase, Grafite fatura aos 10 minutos, no entanto estava em posição irregular, daí o árbitro anular o gol tricolor. O Vila Nova voltou mais ofensivo e aí foi a vez de Julio César evitar que o segundo gol acontecesse. Porém aos 14 minutos, finalmente Ricardo Bueno aproveita uma falha de marcação, penetra na área e empate o jogo.

A partir do empate, o Santa Cruz demonstrou cansaço e acomodação, recuando na tentativa de montar contra-ataques para buscar o segundo gol. Depois dos 30 minutos o jogo ficou bastante lento, até que tivemos o encerramento , e o placar de 1 x 1 puxando mais ainda o Santa Cruz para a série-C. O próximo jogo do tricolor será contra a equipe do Boa Esporte, fora da Capital Pernambucana.

Na Arena de Pernambuco, o Náutico esbarrou na sua limitação e perdeu para o Paysandu pelo placar de 3 x 1. Um jogo que começou com os dois times buscando  e já aos 10 minutos, com uma falha de Diego Miranda,  Bergson faz o gol do time de Belém do Pará. O gol não impactou a equipe  timbu, e  com um recuo errado para o goleiro, o jogador Perema mandou contra suas próprias redes, empatando a partida aos 13 minutos.

A partir do empate, o jogo ficou nervoso. O Náutico recuou e o time adversário insistiu tentando fazer o segundo gol, e quase fazia aos 40 minutos com o jogador Guilherme Santos. No segundo tempo, o Paysandu voltou mais ofensivo aproveitado o recuo do Náutico, já no começo do jogo.

Aos 19.30 minutos, Caiou recebeu um passe perfeito de Fábio e desempatou o jogo, levando-se em consideração que o Náutico sentiu e começou a perder forças para reagir. Diego Miranda que sempre é um destaque no time alvi-rubro, fez uma péssima partida e contribui para a derrota timbu, ele que é sempre  uma peça importante na meia cancha.

Finalmente, quando se esperava  uma reação timbu, aconteceu o contrário. Um contra-ataque, e o jogador Caiou em impedimento marcou o terceiro gol, sem que a arbitragem observasse a posição irregular do jogador do Paysandu. Fim de jogo, Náutico 1×3  Paysandu.Próximo jogo timbu será na Arena de Pernambuco, neste fim de semana contra o Londrina.

Blog de Airton Sousa: Sport dá adeus a Sul-Americana

                                    junior

O Sport Clube do Recife deu adeus a Copa Sul-Americana na noite dessa quinta-feira (2), quando empatou com o Junior Barranquilla em 0 x 0. É bom lembrar que a desclassificação teve o seu início no primeiro jogo, quando o time Leonino perdeu pelo placar de 2 x 0, e tomou um baile do  time Colombiano.

Ficava claro pelo    escalação, e pelos titulares que ficaram em Recife, que os mesmos fariam falta, porque se o time completo já não é essas coisas, imaginem com três ou quatro titulares ausentes. O resultado foi um fiasco no primeiro e no segundo tempo do jogo de ontem, com o  time apenas se defendendo.

Jogadores como Mena, Sander, Thomás, Rogério e Juninho estiveram simplesmente decepcionantes, não justificando em momento algum a escalação, sem se falar o esquema extremamente defensivo, aplicado pelo técnico Daniel Paulista, fruto quem sabe da limitação que o treinador conhece da sua equipe.

Por outro lado, o Junior Barranquilla jogou o tempo todo com o regulamento em baixo do braço, indo poucas vezes ao ataque, ao contrário do que aconteceu no primeiro jogo, em Recife. A rigor o Sport teve uma chance no primeiro tempo, com Patrick aos 25 minutos , muito pouco pela necessidade de uma vitória, com diferença de dois gols.

No segundo tempo, o Junior Barranquilla acelerou mais o jogo, aproveitou o recuo do Sport e ameaçou várias vezes. Aos oito minutos com Chará, aos 15 minutos com Viera e ainda com Cantillo e Diaz. Demonstrando com isso, que o Sport dava espaço para o adversário jogar, e esse ocupava os espaços no seu campo e tudo indicava que se acontecesse uma vitória, seria do dono da casa.

Final de jogo, o placar de 0 x 0 favoreceu ao time adversário, diante da vantagem obtida na primeira partida. O Sport  já está no Brasil, e agora prepara-se para o compromisso importante contra a Chapecoense em Santa Catarina, onde só a vitória interessa pela posição do time no Brasileiro, décima quinta posição com 35 pontos, mesma pontuação da Ponte Preta, que abre a  zona de rebaixamento, na décima sétima posição.

Blog de Airton Sousa: Auditoria no Central constata débito acima do previsto

                                                  central simpolo

A nova diretoria do Central, que tomou posse no começo deste mês e outubro, contratou uma empresa especializada em fiscalização. No final dos trabalhos e concluída a auditoria ficou constatado um débito superior a dez milhões e quatrocentos mil reais, o que superou a estimativa dos dirigentes que girava em torno de seis milhões de reais.

É bem verdade que esse montante poderá ser reduzido, principalmente com os órgãos oficiais, desde que o devedor esteja interessado na concretização do  pagamento do parcelamento, o que é o caso dos dirigentes do alvi-negro Caruaruense.

Entre os credores estão, Ministério do Trabalho, Receita Federal , Prefeitura Municipal, credores diversos, cujas constatações estão no relatório da auditoria. Os associados e interessados, podem acessar a internet cujo demonstrativo está a disposição de todos, conforme o trabalho de transparência anunciada pela diretoria.

Resta agora, sabido o montante do débito, os dirigentes iniciarem os contatos para as negociações, porque com a credibilidade que os homens que estão a frente do Central tem, com certeza todos chegarão a um denominador, principalmente com a força, união e o prestígio do atual grupo.

Além de todos esses problemas, a Diretoria tem que começar a pensar na formatação do grupo para os Campeonatos Estadual e Nacional de 2018, em razão do fracasso do Central ao longo desse ano. É hora das entidades de classes, empresários, políticos e os Caruaruenses, darem as mãos para contribuírem com a recuperação do querido alvi-negro Caruruense.

A Diretoria já se movimenta para a realização de uma festa no inicio de dezembro, onde estão incluídos entre outras atrações do evento: o sorteio de um veículo, um cardápio especial para o jantar, um grupo musical, tudo com a intenção de promover esse evento, que certamente já começará com sucesso, pela maneira como as pessoas estão acatando a idéia.

Blog de Airton Sousa: E o Náutico continua sem vencer…

brasileirao-serie-b-300x182

Jogando na noite dessa terça-feira (24), o Náutico não passou de um empate em 0 x 0 contra o Juventude, em Caxias. O resultado nada ajudou ao time timbu, que necessariamente não sai beneficiado com o empate, em razão da condição do time  na competição. Um jogo fraco tecnicamente, onde o time Pernambucano não fez um bom primeiro tempo, recuperando-se na segunda fase do jogo.

O Juventude se impôs após os 10 minutos, a partir desse tempo de jogo o time gaúcho jogou pressionando com a sua peça ofensivo, obrigando grandes defesas do goleiro Jeferson e também um trabalho dobrado dos zagueiros. O Náutico cedendo espaço para o Juventude jogar, porém o time gaúcho, não acertava de uma maneira mais precisa o gol.

No segundo tempo,  o time timbu teve um gol anulado aos 9 minutos, uma jogada complicada, no entanto realmente estava no impedimento o jogador Rafinha, lance muito reclamado pelo time timbu, no entanto o árbitro e seu auxiliar estavam corretos, pela posição do jogador alvi-rubro.

Aos 30 minutos, o técnico Roberto Fernandes fez uma substituição tirando Giovane por cansaço e colocando o atacante William, que por sinal entrou muito bem Jogo. A partir dos 35 minutos, o Juventude empurrado pela sua  torcida, passou a pressionar, criando situações de perigo:  aos 38 minutos com Ramon, aos 44 com Bruninho e aos 46 com Mateus Santana.

Diante dessa pressão, aos 40 minutos um pênalti não marcado pela arbitragem a favor do time gaúcho. O Jogador William, na área colocou a mão na obra, o árbitro mal colocado não deu o pênalti a favor do Juventude, errando vergonhosamente contra o time gaucho. Ou seja, uma arbitragem que não agradou nem ao Náutico, nem ao Juventude.

Terminando a partida em 0 x 0, a torcida insatisfeita, vaiou o Juventude que só somou mais um ponto, chegando aos 46 ,ficando na oitava colocação. Enquanto isso, o Náutico continua na décima nona posição com 29 pontos. Próximo jogo timbu no dia 4 de novembro, contra o Santa Cruz, no Estádio José do Rêgo Maciel.

Blog de Airton Sousa: Jogo difícil e arbitragem prejudica o Santa Cruz

                                       jg7g

Jogando na tarde desse sábado (21), o Santa Cruz empatou contra o Brasil de Pelotas em 1 x 1. Um jogo tumultuado, fraco tecnicamente e uma arbitragem que no final influenciou no resultado do jogo, quando marcou um pênalti inexistente contra o Santa Cruz, provocando revolta em todo o grupo tricolor.

O técnico Marteloti  armou o time com três  volantes,  Derley, Welintgon César jogando atrás na marcação, enquanto que João Ananias teve liberdade para jogar, com a coincidência de ter sido o autor do gol tricolor, em uma jogada bonita, arrancando em um contra-ataque, aos 30 minutos do primeiro tempo de jogo.

Foi um primeiro tempo de poucas jogadas ofensivas, muito embolado pelo meio, no entanto a equipe do Brasil de Pelotas procurou um pouco mais a meta do goleiro Julio César. Porém, graças a boa participação do goleiro tricolor evitou que o gol acontecesse no primeiro tempo de jogo, terminando com a vitória parcial de 1 x 0.

No segundo tempo, o técnico Marteloti  orientou os seus jogadores para não se exporem, facilitando um pouco o trabalho do adversário. Aos 31 minutos, aconteceu o impoderável, o árbitro marcar um pênalti  inexistente, que colocou o Brasil na Igualdade do placar, provocando muitas reclamações por parte do grupo tricolor, com razão.

Com o empate, o Santa Cruz somou 31 pontos continuando na décima oitava posição, e atua agora no Arruda duas vezes, respectivamente contra o  Luverdense e o Náutico. Dois jogos importantes, que poderão provocar ao time tricolor, a condição de somar seis pontos e tentar sair da zona de rebaixamento. Contudo  de qualquer maneira, foi importante o empate.

 

Blog de Airton Sousa: Empates com o mesmo placar, coincidência ou fragilidade

nautico x santa

Uma terça-feira (17), de muita expectativa em razão da participação dos dois representantes de Pernambuco, na série-B do Campeonato Brasileiro. O Santa Cruz jogou no Arruda contra a boa equipe do Oeste, enquanto que o Náutico foi até Maceió para enfrentar no Estádio Rei Pelé o Clube de Regatas Brasil. Toda expectativa era em razão da posição dos dois clubes na competição, ambos na zona de rebaixamento.

Mais cedo, o Santa Cruz empatou em 2 x 2 com o Oeste, um jogo cantado por antecipação como difícil para o tricolor, em razão da qualidade do time paulista. E apesar de ter jogado grande parte  com dez  homens o time do Oeste não se rendeu, e foi valente até o fim do jogo.Mesmo porque jogando fora, podemos considerar um bom resultado, principalmente pela posição do Oeste na competição.

Enquanto isso, o Santa Cruz não conseguia acertar o passe, mesmo tendo mais posse de bola, fato aliás que o tricolor tem apresentado em quase todas as partidas. Para quem necessitava vencer, o time do Arruda  teve mesmo que se contentar com o empate, considerado pelas circunstancias da equipe na competição ,  um  resultado negativo.

O Santa Cruz fecha a rodada com 30 pontos, joga fora do Arruda neste fim de semana, contra o Brasil de Pelotas que empatou em casa com a equipe do América Mineiro. O Brasil fechou a rodada com 38 pontos, o que é preciso dizer, irá tentar jogar tudo contra o tricolor de Pernambuco. Para o Santa Cruz restam oito rodadas, das quais o time terá que vencer cinco partidas, para escapar do rebaixamento.

Por outro lado, no desespero de está a muito tempo na décima nona posição, o Náutico foi a Maceió para enfrentar o Clube de Regatas Brasil no Estádio Rei Pelé. Um jogo complicado e difícil, também pela necessidade que o time de Alagoas tinha de vencer, e todos sabiam que o Regatas ia partir para cima.

O Náutico surpreendeu com a disposição que entrou em campo, dando velocidade ao jogo, principalmente com uma boa atuação do jogador Sueliton, que podemos dizer foi uma das peças mais importantes do time alvi-rubro. E foi o Náutico que abriu o placar, segurando a vitória até quase o final do primeiro tempo, quando aconteceu o empate, terminando o primeiro tempo com o placar de 1 x 1.

Na volta da segunda etapa de jogo, as equipes começaram no mesmo ritmo, e a cada momento as chances iam sendo criadas para as duas equipes, onde os ataques estavam sempre dando muito trabalho as defensivas. E outra vez, o Náutico com muita personalidade virou o jogo, aos 36 minutos.

Com 2 x 1 no placar, sentindo que a derrota estava cada vez mais próxima, o Clube de Regatas Brasil, fez uma substituição importante no ataque. Saiu o jogador Zé Carlos, entrando Neto Baiano, uma estratégica do treinador Mazola de forçar a sua peça ofensiva, e foi exatamente o que aconteceu, Neto Baiano aproveitou uma falha de Jeferson e Rafael Ribeiro,  coloca nas redes, empatando o jogo.

Se o empate pouco serviu para o Náutico  pela posição na tabela, também para o CRB não foi um bom resultado, pelo fato de jogar em casa. Porém a posição do time alagoano é no meio da tabela com 38 pontos. O próximo jogo do Náutico será nesta sexta-feira em Caruaru, contra o lanterna ABC. O alvi-rubro fechou a rodada com 27 pontos.  O time timbu tem ainda oito jogos até o final do Campeonato, tendo que vencer seis jogos para escapar do rebaixamento, situação muito complicada.

Blog de Airton Sousa: O Santa Cruz afunda no Z-4

                        santa cruz

Como se não bastasse a preocupação com o Náutico rumo ao rebaixamento, nesse sábado (07) não foi diferente, em pleno Arruda o time do Santa Cruz se rendeu ao América Mineiro e perdeu pelo  placar de 1 x 0, mantendo o time na décima oitava posição com 29 pontos e passando mais uma rodada sem conseguir vencer.

Agora são dois clubes de Pernambuco, ameaçados de rebaixamento pelo fracasso nos últimos jogos e pela evolução daquelas equipes que também brigam para escapar. Muitos erros nas finalizações, falta de transição nos momentos importantes do jogo, e peças individualmente frágeis, complicando a cada partida.

O Santa Cruz tem agora o Figueirense que perdeu na rodada para o Luverdense. O time de Santa Catarina joga em casa neste sábado(14), com a necessidade de vencer, para tentar sair da zona da degola, o que torna o jogo ainda mais difícil para o tricolor, que cai  de produção a cada jogo e vê  afastar-se  a chance de se manter na série-B.

Quanto ao jogo o time do América jogou por uma bola, e essa aconteceu aos 33 minutos do segundo tempo com Mateuzinho, o carrasco do Santa Cruz, porque no primeiro jogo o Mateuzinho também fez o gol do América Mineiro. O domínio na maioria do jogo  foi do adversário, organizado taticamente, porque o Santa Cruz jogou apenas os dez minutos de jogo.

Ao longo da partida era observado muito individualismo no Santa Cruz, com os alas limitando o apoio e a criatividade do meio campo sem funcionar. Aos 24 minutos tivemos um gol anulado em razão de impedimento do ataque tricolor. O tempo ia passando e o Santa Cruz se tornava mais desesperado ainda, daí a falta de controle emocional.

A zona de rebaixamento apresenta o seguinte quadro: ABC 20 pontos, Náutico 23 pontos, Santa Cruz 29 pontos e finalmente o Figueirense  com 32 pontos. O Luverdense venceu e deixou a zona de rebaixamento, somando 34 pontos e ficando na décima sexta posição . Restam agora dez rodadas, das quais para escapar do rebaixamento o time tricolor é obrigado a vencer cinco partidas, se não o pior pode acontecer.

Blog de Airton Sousa: Reunião do Conselho Arbitral e o Pernambucano 2018

index

Aconteceu terça-feira (03/10), a reunião do Conselho Arbitral, para decidir as normas e mudanças do Campeonato Pernambucano de 2018. A voz do futebol do interior desta feita foi ouvida, e os clubes da Capital foram derrotados porque tiveram minoria na votação e nas sugestões. Muitas coisas sofreram alteração, evitando o fracasso financeiro, principalmente para os clubes do interior.

Quem não lembra, nos últimos Campeonatos os principais clubes do Recife não jogaram no interior, trazendo prejuízo aos chamados clubes pequenos, com a diminuição de público e de atração. Além de tudo tivemos clubes que não enfrentarão em momento algum, os clubes da capital.

Se não houver mudanças e os grandes não engrossarem contra a votação e não pressionarem a Federação Pernambucana de Futebol, o Campeonato terá 16 datas, com todos os clubes jogando entre si, inclusive o time  que subirá da série A-2 deste ano,  para o grupo de cima. A competição terá inicio no dia 17 de janeiro de 2018.

 Todos correrão o mesmo risco de caírem, ao contrário dos Campeonatos anteriores. Os classificados na primeira fase, participam das quartas de final, posteriormente das semi – finais e os dois classificados decidem o título de campeão em dois jogos. Com certeza teremos um Campeonato mais motivado.

A Federação agora, encarregará um mandatário para observar os Estádios do interior, para avaliar as condições de cada um, desde o gramado, cabines, vestiários, acesso entre outras exigências, para evitar os transtornos dos últimos anos.  Foi inegavelmente uma vitória dos clubes do interior, provando que faltava coragem e união para irem de encontro a decisão dos grandes clubes e da própria Federação.

Blog de Airton Sousa: Santa e Sport perdem , Salgueiro vence

brasil

Jogando na tarde desse sábado (05), o Santa Cruz não conseguiu passar pelo Juventude, e amargou mais uma derrota na série-A. Foi a ultima rodada do considerado primeiro turno, onde o tricolor fecha numa posição um tanto preocupante, pela repetição e carências dos jogos anteriores, deixando a torcida insegura e o técnico Givanildo Oliveira, com uma tremenda dor de cabeça.

A partida esteve o tempo quase todo nas mãos do time gaúcho, que chegou aos 2 x 0, no entanto  aos 37 minutos do segundo tempo, o jogador Sheik aproveitando o rebote marcou o gol tricolor. Porém os êrros contribuíram para que o Santa Cruz saísse derrotado no final do jogo por 2 x 1. Terminado o primeiro turno, com uma campanha cheia de altos e baixos, o time do Arruda  agora prepara-se para o inicio do segundo turno  nesta terça-feira (08), contra o Criciúma.

Outro representante de Pernambuco, que também não se deu bem foi o Sport Clube do Recife, que enfrentou ao líder da série- B, o Corinthians e perdeu por 3 x 1. O time leonino fez um primeiro tempo destacável, mesmo perdendo por 1 x 0. Bem posicionado dentro de campo, conseguiu suportar a qualidade do time Paulista.

A expectativa pelo futebol do primeiro tempo, seria que o Sport voltasse com a mesma disposição, no entanto o gol tomado aos 26 segundos de jogo, mudou totalmente  a reação do Leão, que passou a comprometer o seu futebol, também porque as principais peças, não repetiram a atuação da primeira fase.

Não demorou, e logo saía o terceiro gol através de Pedro Henrique aos 21 minutos. Foi uma pancada nas pretensões do Sport, que emocionalmente se entregou ao adversário, mesmo com as mudanças feitas pelo técnico Wanderley Luxemburgo. Aos 38 minutos, o jogador Thalísson que havia entrado, fez o gol leonino, no entanto nada mudava e o Corinthians terminou vencendo por 3 x 1. Começa para o Sport o segundo turno, jogando contra a Ponte Preta na Capital Pernambucana.

Ainda bem, que o Salgueiro fez o seu dever de casa vencendo ao Botafogo da Paraíba, pelo placar de 1 x 0, após perder no Ceará na rodada anterior. Foi uma vitória importante do Carcará, porque continua com chances de se manter  no G-4, e lutar para avançar na competição, o que será extremamente importante para o time Salgueirense.

Blog de Airton Sousa: Central tem eleição antecipada

central simpolo

Reunido o Conselho Deliberativo, através de convocação do Presidente Antonio Amâncio, o Central Sport Clube, tem eleição antecipada para o dia 31 de agosto. A providencia aconteceu em razão da grave situação que encontra-se o Clube, sem qualquer movimentação, com inúmeros problemas a serem resolvidos e uma gestão que está terminando, onde o Clube passou por dias obscuros.

O Presidente do Conselho Deliberativo, espera com o novo modelo de gestão,  tirar o Central da atual situação, e aos poucos afastar o Clube do marasmo . Quando Presidente do Clube por duas vezes, Antonio Amâncio se cercou de centralinos autênticos e levou o Central a competições importantes do futebol nacional. A expectativa é que desta feita, mesmo sem querer cargo, Antonio Amâncio possa repetir com os colaboradores uma nova fase no alvi-negro.

A eleição acontecerá no dia 31 de agosto, e espera-se que desta vez, as mudanças realmente aconteçam, principalmente pelos nomes que estão incluídos no novo projeto, a exemplo de Sivaldo Oliveira, Alexandre do Carrancão, Marcio Porto, entre outros nomes de respeito e tradicionais centralinos. A torcida também terá a sua participação nesse novo projeto que espera-se o alvi-negro possa viver.

É bom lembrar que esse grupo, pretende devolver ao Central uma nova história, principalmente porque faltam dois anos para a comemoração do Centenário, o que seria pertinente que mudanças acontecessem, quem sabe com uma melhor participação  nas competições futuras, presenteando a história do Central, com um modelo de gestão forte, diferente e promissor. Todos esperam essa mudança.

Blog de Airton Sousa: Sport tem título ameaçado

taca campeonatoDe acordo com o presidente em exercício do TJD-PE., Vitor Freitas Andrade Vieira, a Federação Pernambucana de Futebol, foi notificada para que não faça a homologação do segundo jogo entre Salgueiro e Sport, na decisão do Campeonato de 2017. Só não sabemos se o caminho jurídico adotado pelo Salgueiro é esse.
O polêmico gol do Carcará anulado pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio, baseando-se em lances gravados pela câmera autorizada pela CBF, via FIFA, foi mostrado por outros veículos de televisão presentes no Estádio, em vários ângulos que a bola não havia ultrapassado a linha de fundo. O goleiro Luciano, foi o responsável pela denuncia.
Enquanto isso, o Presidente da Federação Pernambucana, Evandro Carvalho, disse está tranqüilo, porque o clube rubro negro ainda não foi homologado como campeão pernambucano. A Federação não homologa nenhum título de campeão, antes de 30 dias. Essa atitude é tomada para que alguma ação possa ir a justiça, seja por uma pessoa ou mais.
Por outro lado, o presidente em exercício do Tribunal de Justiça Desportiva, explicou que o despacho não julga o mérito da questão, é apenas a admissibilidade do processo. A decisão é julgada pelo administrativo e não pelo Tribunal. No máximo em duas semanas, o julgamento ocorrerá.

Blog de Airton Sousa: Waldemar Lemos é mais um que cai

Após mais uma derrota na noite dessa terça-feira (14), a diretoria do Náutico resolveu dispensar os trabalhos do técnico Waldemar Lemos. Uma sucessão de derrotas, a lanterna da série B, o desencontro do time, e principalmente a falta de condição de trabalho, tudo junto, fez com que o insucesso acontecesse.

Será que a deficiência era do comando técnico, ou será que a falta de elenco e qualidade foram o ponto cruciante? Difícil é saber se a causa era o treinador demitido, ou se a falta de dinheiro e de um elenco de qualidade?

Já está praticamente certa, a contratação do ex técnico do Novo Hamburgo, Beto Campos, que deverá chegar ao Recife, até o dia de amanhã. O conceito que nós temos a respeito da situação do Náutico, é que a questão não está no comando técnico, e sim nos comandados, pela fraca qualidade técnica. Quem sabe, agora com o novo treinador, tudo fique para trás e a renovação do elenco venha a acontecer.

Blog de Airton Sousa: Mais uma do Presidente do Central

Mais um fato extremamente negativo, vem a acontecer com o Presidente do Central. Terminado o Hexagonal do Campeonato deste ano, os jogadores foram mandados embora, inclusive os jogadores da base. Até aí tudo bem, no entanto, os atletas foram embora, sem receber os salários, só com a passagem de ida, e sem nenhuma satisfação a mais.

Fonte: Internet

Fonte: Internet

Escutem só, o que falou o genitor do atleta Paulinho, volante do clube:

Blog de Airton Sousa: Finalmente tudo certo entre o Sport e Wanderley Luxemburgo

A novela acabou, no final da tarde dessa segunda-feira (29), a diretoria do Sport, anunciou oficialmente a contratação do treinador Wanderley Luxemburgo. O profissional esteve no Recife nesse final de semana, e não chegaram a um denominador, no entanto, todos voltaram atrás, o bom senso e os reais falaram mais alto, e Wanderley Luxemburgo acertou com o Clube da Praça da Bandeira.

Agora, é esperar as exigências do treinador, as condições que serão dadas pela diretoria, e as mudanças que o time terá, a partir do momento em que o novo treinador assumir o comando técnico do rubro-negro Pernambucano. A realidade do Sport hoje é uma, com a chegada do novo treinador, muitas coisas irão mudar, a começar pela contratação de valores do nível de Wanderley, que acima de tudo é bastante exigente.

Só resta esperar as novidades das duas partes, conhecimento técnico o novo treinador tem, isso é indiscutível, quanto ao clube tem lastro suficiente para contratar grandes nomes, principalmente porque no elenco, já existem jogadores com salários milionários, que estão jogando um futebol aquém do que estão recebendo. Além disso, deveremos ter dispensas, porque o time está com um elenco exageradamente grande, alguns, com pouca qualidade.

Blog de Airton Sousa: Arena faz rodada dupla do Hexagonal

Teremos nessa quarta-feira(05), o encerramento da nona rodada do Hexagonal do título, com a realização de dois jogos, e desta feita por determinação na Federação Pernambucana de Futebol, com uma rodada dupla, na Arena de Pernambuco. Essa decisão prende-se ao limite no calendário, e também com a intenção de atrair um público maior, em face dos percentuais de público, estarem abaixo da média.

O Náutico faz o jogo preliminar contra o Central, e o Belo Jardim o jogo principal, contra o Santa Cruz. Com relação ao Náutico, que tem no momento apenas o Campeonato Pernambuco, pelo fato de ter ficado de fora da Copa do Brasil prematuramente, e também da Copa do Nordeste, indo apenas até a primeira fase daquela competição, resta apenas a tentativa de conquistar o Pernambucano de 2017.

Enquanto isso, o time do Central, que faz este ano uma das piores participações da sua história, apenas cumpre tabela, porque começou na lanterna do Hexagonal, e dificilmente perderá essa posição para o Belo Jardim. Sinceramente, não sei que motivação terá o torcedor alvi-rubro para ir à Arena na noite dessa quarta-feira.

Na partida principal, também não será diferente. O Belo Jardim, a exemplo do Central, também não tem chance nenhuma, porém a decepção é menor, porque pelo fato de não estar jogando no seu Estádio, atua na capital pernambucana, e tem vendido caro os resultados contra os três grandes da capital.

Finalmente o Santa Cruz, que não alcança mais a equipe do Salgueiro no Hexagonal. Apenas disputa com o Sport, a segunda colocação, e, se permanece nessa posição, ou no terceiro lugar, deverá mesmo enfrentar ao Sport nas semi-finais do Campeonato.

Falta de motivação para os clubes, também para as torcidas, esse tem sido o campeonato deste ano, exigindo para 2018, mudanças radicais, na tentativa de resgatar a imagem positiva que acontecia em outros Campeonatos Estaduais. Ou a Federação senta com os Dirigentes, para rever novas fórmulas, ou o Campeonato Estadual, estará com os seus dias contados.

Blog de Airton Sousa: Clássico sem vencedor

Não sabemos até quando a Federação Pernambucana de  Futebol, vai continuar sem o planejamento necessário para uma tabela mais coerente do Campeonato  Estadual. É inadmissível que em plena quarta-feira de cinzas, na terra do frevo tenhamos um clássico entre duas equipes tão rivais, mesmo com a ideia do técnico Daniel Paulista de escalar, para alguns jogos do Estadual, o seu time reserva, ou alternativo, como queiram.

Tivemos um jogo bem movimentado no primeiro tempo, com o Náutico desenvolvendo um melhor futebol, e  taticamente mais encorpado. O time timbu teve cinco chances concretas de gol, contra três do time leonino. Já aos 4 minutos, a primeira chance com Tiago Silva; aos 7 minutos, com Marco Antonio; aos 16 minutos, uma cabeçada de Rodrigo Sousa, e finalmente, um pênalti de Rodrigo em David, aos 28 minutos. Erick cobra com categoria e coloca o Náutico na frente do placar.

A partir daí o Sport avança  um pouco, melhora a produção do meio de campo para o ataque, e aos 39 minutos, Neto Moura chuta uma bola de primeira, indefensável e empata o jogo, encerrando o primeiro tempo com o placar de 1 x 1. Destaca-se na primeira fase pelo Náutico, Marco Antonio, Erick e Manoel. Enquanto no Sport, não tivemos destaque  especial.

O segundo tempo começou co  o Náutico tendo a primeira chance aos 2 minutos com Agenor, Dudu chutando uma bola aos 26 minutos, e o Sport sem ter um bom trabalho na sua meia cancha, dificultando o rendimento dos atacantes. Muitas modificações aconteceram nas duas equipes, e somente aos 41 minutos, Fábio chuta uma bola perigosa, para uma boa defesa de Tiago Cardoso.

Quando tudo parecia estar definido, o Náutico sofre um pênalti aos 44 minutos e colocam o jogador André para a cobrança, aí aconteceu o que vem sendo repetido, André cobra mal, e permite que Tiago Cardoso evite que a bola entre. Placar final 1 x 1, para uma renda de R$ 58.425,00, e um público de 3.430 expectadores. Náutico e Sport voltam a se encontrar neste domingo(05), na Arena de Pernambuco, às 16 horas, também pelo Hexagonal.

Um ponto positivo, foi a arbitragem do desconhecido José Washington, que esteve muito bem, no campo técnico e disciplinar, ao lado de Elam Vieira e Ricardo Chianca.

Blog de Airton Sousa: Clássico na Ilha nessa quarta-feira

Terminava o jogo no Ceará e logo o técnico Daniel Paulista, na coletiva, já adiantava que para o clássico contra o Náutico, pelo Hexagonal, iria colocar o  time misto, deixando os jogadores da Copa do Nordeste de fora. Nenhuma novidade, porque tem sido esse, o critério do treinador, para as duas competições.

Sendo assim, o time rubro-negro para enfrentar o Náutico nessa quarta-feira(01/03), será basicamente um misto com poucos titulares e a maioria de jogadores que o treinador pretende utilizar em um futuro não muito distante. Esse time vem jogando, vencendo, porém ainda não conseguiu conquistar a confiança da torcida.

Enquanto isso, o Náutico que vem de um empate pela Copa do Nordeste, na Arena de Pernambuco, contra o Campinense, pretende tirar proveito da escalação do adversário e tentar vencer o clássico, para levantar a confiança da torcida, em razão de que o alvi-rubro, dificilmente passa para a outra fase da Copa do Nordeste, e no Hexagonal, também não vem convencendo.

O técnico Milton Cruz, teve um tempo mais longo para conhecer e trabalhar o grupo. Pretende dar um novo sentido tático ao time, que vem falhando em todos os setores. Como o adversário, tecnicamente não vai colocar em campo o que tem de melhor, nos Aflitos, todos estão esperançosos de uma vitória.

Fica meio confuso para as duas torcidas. De um lado o Sport com o time misto ou reserva, deixando entender que não está ligando muito para o Estadual. Do outro lado, o Náutico que ainda não conseguiu a credibilidade da sua torcida e também quer mostrar a cara de um elenco com qualidade técnica. É aguardar para ver, quem erra menos nesse jogo que ainda pode ser chamado de ” Clássico em Pernambuco ” .

Blog de Airton Sousa: Finalmente confirmados jogos do Pernambucano

Depois de mudanças e mudanças, finalmente a confirmação das datas, horários e locais dos jogos deste sábado(18), domingo(19), e segunda-feira(20). Como se não bastassem os problemas do Campeonato, a Federação Pernambucana resolve promover uma confusão, levando a todos um clima de incerteza, e prejudicando a programação das Comissões Técnicas, principalmente dos clubes que participam de mais de uma competição. Porém, novidade seria se o Campeonato tivesse pelo menos, um pequeno percentual de organização.

Para sábado(18) às 16.30 no Estádio José do Rego Maciel, o clássico entre o Santa Cruz e o Sport. Agressões verbais dos dois lados, provocações e outros adjetivos. O que nós esperamos, é que em campo, os provocadores pratiquem um bom futebol e que apresentem um bom jogo tecnicamente, apesar da limitação dos dois clubes. No entanto, como trata-se de um clássico, é bom que a rivalidade venha dar qualidade ao jogo.

No domingo(19), às 20 horas, atendendo uma solicitação do time sertanejo, o jogo entre Salgueiro e Central. O Salgueiro é vice-líder, tendo a sua frente o Sport Clube do Recife. Enquanto isso, o time patativa, não ganhou um único jogo. É o lanterna e teve problemas técnicos e disciplinares durante esta semana, inclusive o afastamento de cinco jogadores do elenco.

O técnico Laelcio Lima, já tem um grupo limitado, muito mais terá  a partir de agora, com essas dispensas. A situação do alvi-negro é complicada no Hexagonal, e a tendência é piorar cada vez mais, a não ser que o milagre da vitória aconteça contra o Salgueiro, que vem de uma viagem cansativa, após jogar na quinta-feira(16), contra o Sinope, pela Copa do Brasil.

Completando as mudanças recentes, o Belo Jardim joga outra vez fora dos seus domínios, desta feita contra o Náutico, no Estádio José do Rego Maciel. O time da terra do Bitury empatou contra o Santa Cruz em 0 x 0, e perdeu pelo placar de 1 x 0 para o Sport, ambos os jogos na capital pernambucana. O time do Belo é muito bem treinado pelo Luciano Veloso Filho, que vem faz um trabalho elogiável.

Para a segubda-feira(20), temos o Náutico, com 4 derrotas consecutivas. Uma para o Santa Cruz, para o Salgueiro, para o Campinense e também para o Guarani de Juazeiro. Essas derrotas, provocaram a queda do ex-técnico Dado Cavalcanti, que não suportou as cobranças, os desacertos e as indisciplinas. Quem sabe, o time do Belo Jardim, não venha a aproveitar o momento complicado que vive o alvi-rubro pernambucano.

Só uma colocação a ser refletida: será que a FPF, ao elaborar o calendário dos jogos do Campeonato Pernambucano, não lembrou que Recife e Olinda comandam um dos maiores carnavais do país? Pois é, todos esses transtornos, em razão de que a mentora máxima do nosso futebol, ainda não aprendeu a ver o calendário anual, para evitar que aconteça mais uma imagem negativa do futebol pernambucano.

Blog de Airton Sousa: Santa vence Central de virada

Aumenta a cada rodada, o prejuízo do Central no Hexagonal do Título. Jogando na Arena de Pernambuco, o time alvi-negro voltou a perder. Aliás, no Hexagonal, o time Caruaruense não conseguiu nem chegar a um empate. São derrotas e mais derrotas, tornando cada vez mais crítica a situação da patativa.

No primeiro tempo, o Santa Cruz teve um domínio maior, marcou o primeiro gol aos 16 minutos com Everton Santos e a partir daí o time patativa sentiu ainda mais, com a pressão do time tricolor. No entanto, aos 43 minutos,  Anderson Lessa empata, dando a entender que voltaria diferente no segundo tempo.

No segundo tempo, outra vez, o Central demonstrou cansaço.  Entretanto aproveitou um pênalti cometido pela zaga tricolor, e Altemar, cobrando com maestria, fez 2 x 1.  O time alvi-negro com a virada no jogo, se empenhou e aguentou a pressão tricolor até 40 minutos, quando numa cobrança de falta, Anderson Sales empatou o jogo e o Central voltou a negligenciar com a falta de fôlego de alguns jogadores.

Aos 45 Everton Santos faz o terceiro gol e William Barbio fechou o placar aos 48 minutos, daí o placar de 4 x 2 para o time do Arruda, que assumiu a vice-liderança do Hexagonal, enquanto que o Central sustenta a lanterna, sem somar um ponto se quer. O próximo jogo do Santa Cruz pelo Hexagonal é no dia 19/02, contra o Sport Clube do Recife.  O jogo do Central que seria também no dia 19, passou para a segunda-feira(20), contra o Salgueiro, no sertão de Pernambuco.

Blog de Airton Sousa: Futebol de Pernambuco em 2016

Está na hora de avaliarmos o que foi o futebol Pernambuco em 2016. Faremos um retrospecto da participação do Sport, Santa Cruz, Náutico e Central nessa temporada esportiva, onde aconteceram muito mais erros do que acertos, nas mais diversas participações que tivemos durante o ano. Entendemos que alguns dos principais erros cometidos pelos Dirigentes dos três clubes da capital, foi a mudança frequente dos treinadores e a contratação de muitos jogadores, a maioria sem qualidade, tornando assim o time impraticável de formação.

Começando pelo Santa Cruz, que vinha de acesso para a primeira divisão, aproveitando a estrutura anterior e começando o ano. Coincidência ou não, em razão do desmonte dos concorrentes, consegue ser Campeão Pernambucano, e avançando na Copa do Nordeste, até chegar a conquista da competição. Além do mais, na própria Sul-Americana, podemos dizer que foi boa a participação. Também na Copa do Brasil, o tricolor foi convincente, deixando o seu torcedor satisfeito. Ou seja, além das duas conquistas, o Santa Cruz também não decepcionou nas demais competições aqui evidenciadas.

Agora, tratando-se de Campeonato Brasileiro, foi um desastre, chegando ao rebaixamento, por razões diversas: troca de técnicos, contratações de baixa qualidade, um elenco inchado e a desorganização financeira. Porém, de todas as competições que participou,  exceção o rebaixamento 2016,  foi um ano positivo para o Santa Cruz. Como nota para o tricolor, seria 7, sobretudo porque, apesar do rebaixamento, foi o único clube que conquistou duas competições.

Com relação ao Náutico, mais uma vez nada de conquista, nada de acesso. Um ano em que o timbu passou pelos Campeonatos Pernambucano e Brasileiro, sem nada crescer, e na Copa do Brasil, uma participação extremamente discreta. Ressaltando-se também, que a mudança de treinador, as contratações em grande quantidade e sem tanta qualidade, foram os principais erros.  O lado mais positivo, foi a contratação do técnico Givanildo Oliveira e o trabalho da Diretoria no campo financeiro, ao contrário de anos anteriores. Se fosse para dar uma nota ao Náutico em 2016, essa nota seria 6.

O Sport, em contra partida, foi outro clube Pernambuco que apenas gastou, e gastou muito, sem os resultados devidos. Uma folha de pagamento em torno de quatro milhões, jogadores que chegaram a ganhar até 350 mil reais por mês. E nada veio em retorno, pelo contrário, uma participação pífia nos Campeonatos Pernambucano e Brasileiro, nas Copas do Nordeste, do Brasil e Sul-Americana, sendo também uma vergonha, sem dar um bom resultado à sua torcida.

A exemplo do Náutico e Santa Cruz, o Sport pisou na bola, com a contratação de treinadores. Esperar que a nova Diretoria rubro negra, possa errar menos que a atual e traga conquistas para o clube, o que não aconteceu este ano. Quer saber a nota que o Sport merece, para a sua temporada em 2016? Apenas uma nota 5.

Para  falar de um clube do interior, escolhemos o Central, que a exemplo dos três grandes, teve uma participação extremamente negativa na fase importante do Campeonato Pernambucano, e ao chegar no Campeonato Brasileiro da série D, não foi diferente, ficando apenas na primeira fase, ao contrário dos anos anteriores, onde conseguia avançar no Brasileiro. O que justificar dessa participação negativa? Uma parceria que não deu certo em nada, a desorganização financeira, a falta de senso administrativo  dos Dirigentes, o descrédito junto ao empresariado e a torcida, além da maneira amadora de administrar.

Como será 2017 para o Central, é uma pergunta de difícil resposta, porque não se vê muita perspectiva, há não ser acreditar que o técnico Laelcio Lima, possa aproveitar alguns jogadores da base, juntando-se aos poucos contratados e fazer o milagre da reprodução técnica. Para não falar apenas de coisas negativas, temos um fato positivo do alvi-negro, que foi a participação pela primeira vez, na Taça São Paulo de Futebol Júnior, fato aliás que tem como mérito principal, o esforço e qualidade dos técnicos Laelcio e Elivelton.

Agora, é esperar que o complemento de mandato da atual Diretoria, possa trazer algo de positivo para o clube, porque até agora, poucos ou quase nenhum fato positivo podemos veicular do presidente Licius Cavalcanti. Sim, devemos registrar, em torno de 7 a 8 meses de atraso de salário, com os funcionários do clube, e esse é também um fato extremamente lamentável. A nota para a Diretoria, é nota 4; se melhorar a gestão do clube no próximo ano, talvez essa nota possa subir um pouco.

Que venha 2017 com melhores resultados para o futebol pernambucano!

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz confirma novo técnico

Será que a solução tricolor é a contratação de um novo técnico? Será que agora tudo vei ser diferente? Será que o time do Arruda, não precisava mais de organização interna, e de pagar parte dos compromissos com os jogadores e funcionários? Pelo visto esse não é o pensamento da Diretoria, ao contratar um treinador, desacreditando no trabalho de Adriano Teixeira que demonstrou competência e conhecimento, após assumir o comando do time, quando da saída de  Doriva.

Bem, o  técnico Vinícius Eutrópio chega, e com certeza enfrentará um clima não muito otimista, saída de grande parte do elenco, falta de pagamento e a necessidade de remontar um time em menos de 40 dias, porque o Santa Cruz, tem na segunda quinzena de janeiro, a estréia em duas competições: Copa do Nordeste e Campeonato Brasileiro, dentro um espaço de tempo em que a Comissão Técnica terá que indicar jogadores, fazer pré temporada e estrear nas duas competições.

Lamentavelmente, só em Pernambuco o profissional local não é valorizado, pelo menos no Santa Cruz e no Náutico. O Sport, nesse sentido, faz diferente, e em menos de oito anos, revelou para o Brasil três treinadores: Mazola Junior, Eduardo Batista e agora Daniel Paulista. Infelizmente esse exemplo não é seguido pelos outros dois grandes times, que estão frequentemente quebrando a cara, na contratação de nomes famosos, sem tantos resultados.

Esperar para ver o que vai acontecer de diferente no time tricolor, com a chegada do técnico Vinícius Eutrópio. Que milagre vai acontecer para aparecer dinheiro, e que condições serão dadas para que Vinicíus Eutrópio possa realizar um bom trabalho e fazer do tricolor um time ganhador e competente, o que não aconteceu, em parte do Campeonato Brasileiro de 2016. É uma interrogação muito grande, a situação tricolor no novo ano.

Blog de Airton Sousa: Sport em pé de guerra

Dá a impressão, que o clima das eleições no Sport, estão influenciando dentro de campo. Os dois lados, situação e oposição, trocando farpas, fazendo valer o sentimento e a vaidade pessoal, e não o bem estar do clube, que aliás está precisando de reciclagem administrativa, patrimonial e técnica. Com a aproximação do dia das eleições, os homens não economizam acusações, dúvidas no comportamento moral e fazendo recordar administrações passadas, com alguns candidatos do momento, onde o Sport passou por momentos iguais ou piores que os atuais. É uma pena, que um patrimônio social e esportivo, seja delapidado como está sendo, por uma simples razão: a vaidade sobrepujando o bom senso.

Por outro lado, alguns jogadores, entre eles Durval, se sentem no direito de cobrar titularidade, injustiça pela perda da titularidade, acusando alguns treinadores, dos quais o técnico Oswaldo de Oliveira, que o afastou da titularidade, colocando o jogador no banco. Quando escalado para o time principal, no jogo contra o Figueirense, o jogador desabafou dizendo ter ficado ” p ” da vida com a situação constrangedora que ficou durante essa fase.

Só resta esperar, que a tempestade das eleições possam passar, e que o Sport tenha, no próximo mandato, mais harmonia e organização, além de resultados, que aliás, há bastante tempo, o Sport não conquista. Enquanto isso em campo, espera-se que os jogadores tirem de letra, se superem e possam dar a torcida, o melhor presente, que é segundo o jogador Diego Sousa, a manutenção na primeira divisão. Pois é, são vaidades, acima de vaidades, tudo isso contribuindo para essa fase desgastante que o rubro-negro está passando.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz deixa a lanterna

Não há como iniciar essa matéria, sem dar ênfase e rasgar elogios a torcida tricolor. Poucos são os times no Brasil, que podem ter uma torcida tão fiel. O time já rebaixado, uma campanha decepcionante, depois de 8 anos ganha o acesso para à primeira divisão, e no ano seguinte volta a cair. Mesmo assim, o destaque maior do jogo contra o América(MG), neste domingo(06), foi o número de torcedores presentes no  Estádio José do Rego Maciel, que foi de 7.632. Pelo menos foi o público anunciando, dando a impressão, a princípio, que tinha um número maior. Porém isso não importa, o que importa mesmo é a solidariedade desse torcedor, que terá outra vez, a resignação de esperar para  2017, com a esperança de subir para a primeira divisão, outra vez.

Agora, com a permissão do torcedor tricolor, vamos falar do jogo. Um jogo tenso, nervoso, com as equipes limitadas tecnicamente, e não precisa ir muito longe, a posição dos dois times são o retrato dessa colocação. Com a mudança de Léo Moura para o meio, trocando figurinhas com Vitor, João Paulo com liberdade para avançar, Derley como primeiro volante, Roberto garantindo a titularidade e jogando bem, Grafite se mexendo com mais facilidade, e apenas Kêno, sem produzir o futebol de sempre. Assim, o tricolor foi melhor, marcou o gol aos 33 minutos e venceu parcialmente o primeiro tempo.

Na volta do segundo tempo, o América esteve melhor, corrigiu alguns setores  e obrigou o Santa Cruz a recuar. No entanto, a pressão do América era apenas no meio de campo, sem chegar ao gol  de Tiago Cardoso. Pelo Santa Cruz, João Paulo teve duas chances de gol, aos 23 e 42 minutos, com dois chutes fortes para a meta do bom goleiro João Ricardo. Com a vitória o Santa Cruz foi a 27 pontos, igual pontuação do time do América, porém pela campanha, o tricolor é o 19º colocado, e a lanterna fica, temporariamente, com o time mineiro. Pelo menos isso é um consolo para a torcida tricolor, que aguarda  a próxima partida, fora de casa, contra o Coritiba.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz joga bem e perde

Um jogo de cinco gols, uma partida disputada no primeiro e no segundo tempo, é o que podemos dizer do jogo desse domingo(18/09), no Pacaembu, entre Santa Cruz e Santos. Um jogo que teve de tudo, inclusive a falta de energia por duas vezes, no intervalo do primeiro para o segundo tempo e aos 19 minutos também do segundo tempo. Na primeira fase, o Santa Cruz apenas se defendeu, tomando um gol aos 4 minutos através do jogador Copete, em uma falha individual do jogador Tiago Cardoso. Apesar da boa aplicação tática,  o tricolor pernambucano encontrava  nos jogadores Lucas Lima, Vitor Bueno, Vitor Ferraz e Ricardo Lima, a qualidade que fazia a diferença a favor do time Santista. Além do mais, o jogador Derley indicado para marcar Lucas Lima, não tinha condições de evitar o domínio do jogador do Santos, principal articulador das jogadas ofensivas, além do que o peixe encontrou nos laterais do Santa Cruz, um espaço para jogar nas costas de Léo Moura e Alan Vieira. Placar do primeiro tempo 1 x 0 a favor do Santos.

No segundo tempo, o técnico Doriva consertou as falhas de marcação, o Santa Cruz melhorou e aos 10 minutos através de Keno, com uma troca de passe com Bruno Morais, chegava ao empate. O tricolor pressionava, porém a qualidade de Lucas Lima, em um lançamento para Ricardo Oliveira, quase chegava ao segundo gol. No entanto aos 27 minutos, era inevitável o gol do Santos através de Jean Mota, colocando o peixe na frente do placar. Porém, com a entrada de Grafite, o Santa Cruz reagia e em uma troca de passes do atacante tricolor com Keno, acontecia o empate, aliás o segundo gol de Keno no jogo. Estava empatada a partida, o Santa procurava desempatar o jogo, no entanto era o time santista que chegava ao terceiro gol, através de Vitor Bueno. Fechando o placar em 3 x 2.

Um público muito bom, totalizou 28.763 e uma renda de R$ 884.560,00. Agora o Santa Cruz tem nessa quarta-feira(21/09), sua primeira partida na segunda fase da Sul Americana, em Medelim(Colômbia), contra o Independiente. Após esse jogo volta para enfrentar o Figueirense em Recife. No entanto com mais essa derrota, mesmo evoluindo no Brasileiro, a situação fica cada vez mais complicada para o time do Arruda, apesar do otimismo dos jogadores e do técnico Doriva, que não cansa de motivar os seus comandados, o que não poderia ser diferente.

Blog de Airton Sousa: Sport também se aproxima do Z4

Mesmo com as alterações que o técnico Oswaldo de Oliveira fez, tentando melhorar o rendimento do time contra o Corinthians nesta quinta-feira(08),  a equipe não conseguiu frear o adversário. Entendemos que no primeiro tempo, o resultado de 0 x 0  foi fruto de acomodação e desacerto do time paulista, porque o leão não jogou mal. Na segunda etapa de jogo, com a mudança de plano tático, o Corinthians já aos 18 minutos vencia pelo placar de 3 x 0, envolvendo o time Pernambucano em todos os sentidos, inclusive  cometendo falhas  em todos os gols surgidos.

Defesa falha, meio de campo sem criatividade e um ataque inexistente, esse era o retrato do Sport no jogo. A esperança com a volta de Durval para segurar a zaga, de Diogo Sousa para produzir um melhor futebol e um ataque onde  Ruiz, foi igual ou pior que os atacantes que haviam entrado, sem jogar absolutamente nada, nem resolver o problema de gols. Outra vez a torcida ficou decepcionada, acompanhando mais uma derrota e vendo o time se aproximar da zona de rebaixamento. Agora é esperar para o jogo de domingo na Ilha, no clássico das multidões e ver qual dos dois será o pior. Sim, o pior, porque considerando os resultados dos últimos jogos, com erros e decepção, não há muito entusiasmo com o futebol apresentado pelos times pernambucanos.

Blog de Airton Sousa: Náutico surpreende e vence

Demonstrando mais uma vez, a inconstância dos nossos times, o Náutico na tarde desse sábado (27), surpreendeu vencendo ao Vila Nova em Goiás pelo placar de 2 x 0. Esse tem sido o ritual dos times pernambucanos, quando ninguém espera vencem, quando tem a vantagem de jogar em casa, perdem, a exemplo do que aconteceu com o próprio Náutico no jogo anterior, na Arena Pernambuco perdendo para o Criciúma, deixando o técnico Galo e a torcida insatisfeitos.

No caso desse sábado, o time do Vila Nova era favorito, principalmente pelo fato de jogar nos seus domínios. Se não foi um grande jogo, pelo menos as equipes lutaram, em busca da marcação de gols. O Náutico alterado, trabalhando bem sua peça de criação, e os atacantes desperdiçando as oportunidades, enquanto o Vila Nova, fragilizado com poucas finalizações e encontrando no goleiro Júlio César, uma barreira quase intransponível. Os gols do Náutico surgiram de jogadas trabalhadas, envolvendo a defensiva do time goiano, e se tornando impossível para o goleiro do Vila Nova, evitar que a bola entrasse.

Com a vitória, o Náutico voltou a se aproximar do G4, joga na Arena nesta terça-feira (30), contra o Londrina, onde espera-se que o time pernambucano, empolgado com a vitoria contra o Vila Nova, possa encontrar o caminho do gol e vencer ao time do Paraná. Se acontece a vitória, o que é uma obrigação do time timbu, a condição na tabela fica cada vez melhor. Se porventura o resultado não for negativo, de nada valeu a vitória contra o Vila Nova. Espera-se que depois desta vitória, o time possa adquirir mais confiança e tenha uma sequência de bons resultados. Quanto ao torcedor, essa é a grande questão, a aversão que a torcida do Náutico tem a Arena Pernambuco, por uma série de razões. No entanto há a expectativa de uma presença, pelo menos razoável, do torcedor timbu. A diretoria iniciou uma campanha junto aos associados, para angariar fundos, com a finalidade de iniciar o projeto da reforma dos Aflitos, com a condição de em 2017, o Náutico  voltar a jogar no seu estádio.

Blog de Airton Sousa: Sport e Náutico jogam mal e perdem

Abrindo a segunda fase do Brasileiro série B, o Náutico jogou na Arena Pernambuco e perdeu para o Criciúma pelo placar de 1 x 0. Um jogo em que nada deu certo, com todos os setores do time jogando mal, errando passes e finalizações. O técnico Alexandre Galo viu a derrota acontecer, sem qualquer condição pelo menos para empatar o jogo. No final, as explicações não convincentes e as justificativas que não tem qualquer sentido. Com essa derrota, o Náutico se afastou mais ainda do G4 e vem a preocupação, porque nessa fase, será imprescindível que a vitória em casa aconteça, além de jogando fora, ocorram empates ou vitórias, para que se tenha uma boa classificação na série B. O próximo adversário do time alvi rubro será o Vila Nova em Goiás, onde o Náutico tem que recuperar pontos, em razão da derrota em casa.

O Sport também perdeu, e perdeu de goleada para o Botafogo. Até então na zona de rebaixamento, com essa vitória, o time carioca aproximou-se dos dez primeiros colocados, respirando na competição e partindo para uma recuperação total. Por outro lado o técnico Oswaldo de Oliveira, saiu revoltado com o futebol que o time jogou, não quis dar entrevista e prometeu mudanças durante a semana, para o jogo contra o Internacional em Recife. A facilidade com que os gols do Botafogo aconteceram, foi algo impressionante. O primeiro gol, aos 47 minutos da primeira fase, uma falha individual do jogador Paulo Roberto e o goleiro Magrão, entregando de presente, ao jogador Sassá . O segundo gol, já no segundo tempo, também uma falha, desta feita de Magrão que largou a bola nos pés do atacante Sassá, que só fez empurrar para as redes. Quando se esperava mais empenho e correções do time leonino, aí veio o terceiro gol, também uma bola largada pelo goleiro Magrão nos pés do jogador Camilo. O técnico do Botafogo Jair Ventura, descobriu ao longo do jogo, que o mapa da mina era em cima de Renê, que voltou a jogar e jogar muito mal. Esperar para ver o que vai acontecer contra o time gaúcho no próximo final de semana.

Blog de Airton Sousa: Otimismo toma conta dos leoninos

Foi um dia de festa na Ilha do Retiro, principalmente depois que a torcida tomou ciência que o técnico Paulo Autuori do Atlético Paranaense, não poderia contar com mais da metade dos titulares, inclusive o terror das defesas, o atacante Walter. Daí um público de mais de vinte e duas mil pessoas que compareceu ao jogo, terem visto um time valente, dinâmico e voluntarioso, principalmente no primeiro tempo. Diego Sousa, ao lado de Everton Filipe e Rogério, enquanto tiveram condição física mandaram realmente no time paranaense. Os dois gols do jogo, foram  lances criados por Rogério, aos 15 minutos do primeiro tempo, onde o atacante sofreu um pênalti, convertido com muita qualidade por Diego Sousa, e no segundo tempo também Rogério chutou, o goleiro Weverton largou nos pés de Edmilson que complementou, fechando o placar de 2 x 0.

Foram dois tempos distintos, no primeiro tempo com o domínio total do time pernambucano e o segundo tempo, com a queda física das principais peças do Sport, o Atlético aproveitou, porém encontrou no goleiro Magrão e na dupla de  zagueiros Matheus Ferraz  e Ronaldo Alves, a segurança  que a defesa necessitava. Porém, com algumas mudanças feitas pelo técnico atleticano, o time cresceu tendo várias oportunidades, a maioria delas com o jogador Pablo. Destacamos no time do Atlético alguns jogadores: Rafael Galhardo, Paulo André, Luciano Cabral, Pablo e Marcos Guilherme, que demonstraram um bom potencial técnico. Porém, o importante é que o time rubro negro emplacou a terceira vitória consecutiva, somando agora 21 pontos, aproximando-se dos dez melhores colocados e começando a atingir os percentuais necessários para virar essa fase, com uma soma  entre 24 e 26 pontos, condição indispensável para entrar na segunda fase, com mais condição de, no mínimo, se manter na primeira divisão em  2017. Os jogos restantes dessa fase para o Sport são: América Mineiro em Recife e Figueirense em Santa Catarina, dois adversários aparentemente frágeis, principalmente o América, que dificilmente escapa do rebaixamento.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz mais próximo da série B

No confronto de dois adversários, havia um frágil e outro forte. A principio esse adversário frágil começa a atacar para impressionar e aos poucos vai cedendo diante da sua fraqueza e consequentemente da superação do mais forte. Foi exatamente o que aconteceu nesse sábado(30/07), no jogo entre Atlético Mineiro e Santa Cruz. O time pernambucano até quinze minutos do primeiro tempo, parecia dominar e querer mandar no jogo, porém foi apenas no início, porque aos poucos foi faltando folego, futebol, qualidade técnica e o Atlético logo tomou conta, marcando o primeiro gol e dominando toda primeira etapa, vencendo pelo placar de 1 x 0, sem  corresponder, de fato, ao que  o time mineiro merecia. Na volta da segunda etapa, o Santa Cruz com o mesmo comportamento do início do primeiro tempo, jogou bem até os quinze minutos, e de novo, a coincidência aconteceu, o Atlético voltou a dominar, inclusive marcando o segundo gol através de Robinho, considerado um gol de placa, e também o terceiro gol, chegando a vitória de 3 x 0, a favor do galo.

Com a derrota contra o Atlético, e  Figueirense vencendo ao vitoria, o Santa Cruz voltou novamente a zona de rebaixamento, complicando ainda maia a sua situação. Agora o tricolor tem pela frente o time do Grêmio em Porto Alegre, um adversário igual ou mais difícil do que o galo, daí ficar cada vez mais complicada a situação na tabela do campeonato da série A. Sinal de alerta, essa é a situação, porque os matemáticos afirmam que para não ter ameaça de rebaixamento, o time tem que virar a primeira fase, com  no mínimo entre 24 e 26 pontos, e hoje o tricolor tem apenas 17, com dois jogos restantes, ou seja,  Grêmio e São Paulo respectivamente, será preciso muito otimismo para acreditar que no restante da fase o time vai ganhar as duas partidas e fechar com 23 pontos, mesmo assim, insuficientes para os percentuais exigidos. Sem exagero de pessimismo, porém com a realidade dos números, lamentamos dizer a torcida tricolor, que o time  está cada vez mais próximo de voltar a série B.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz dá adeus à Copa do Brasil

Até agora, o torcedor tricolor está sem entender a mudança do time, do primeiro para o segundo tempo. No primeiro tempo, um time organizado taticamente, administrando com qualidade o regulamento da competição, valente, marcador, jogando no campo do adversário, sem se apavorar. As chances fora iguais: Para o Santa Cruz, aos 22 minutos com Leandrinho, aos 26 com Keno e aos 38 com Bruno Morais. Enquanto que o Vasco teve chances aos 20 minutos, 30 e 41, ou seja, três oportunidades de gol para cada time, deixando a torcida tricolor bastante satisfeita com a atuação do time.

Esperava-se que no segundo tempo, fosse mantido o mesmo quadro, porém o Santa Cruz volta com uma alteração que ninguém  entendeu, nem tão pouco o técnico Milton Mendes conseguiu explicar com clareza. No tricolor entrou João Paulo no lugar de Neris, deixando assim o time vulnerável na defesa, enquanto no Vasco da Gama entrou Diguinho, saiu Marcelo Matos. Já aos seis minutos Andrezinho faz o primeiro gol, desconcertando o time Pernambucano, que a partir daí não conseguiu se encontrar. Em seguida, aos 19 minutos toma o segundo gol com Picachú. Depois do segundo gol, o treinador tricolor fez algumas modificações, chegou a marcar um gol aos 23 minutos com Keno, em seguida toma o terceiro gol através do jogador Jorge Henrique, e em seguida o tricolor faz o segundo gol, através de Artur aos 49 minutos. Porém era tarde, e o time com o placar de 3 x 2, dava adeus a Copa do Brasil.

Muitas explicações, sem convencer, e agora é preparar o time para a Sul Americana, no confronto contra o Sport, em duas partidas. Enquanto isso o Campinense lamenta, pois se o time Pernambucano, continuasse na Copa do Brasil, a Paraíba pela primeira vez teria um representante na Sul Americana. Sábado, o time do Arruda enfrenta em casa a equipe do Coritiba, com a responsabilidade de vencer, para se afastar mais ainda da zona de rebaixamento e deixar a sua torcida, com o coração mais aliviado. Deve voltar para esse jogo William Correia, enquanto que Grafite continua fora do time.

Blog de Airton Sousa: Sport supera e vence o Grêmio

Depois de vários resultados negativos, o Sport venceu na noite deste domingo (17/07), ao Grêmio pelo placar de 4 x 2. Chegou a aplicar 2 x 0, deixou o time gaúcho empatar, depois marcou o terceiro, e finalmente ao quarto gol, deixando a torcida  eufórica, porém apreensiva, com o desenrolar do placar. Os jogadores, após o encerramento, em conversa com a imprensa, chegaram a se auto elogiarem. Entendemos perfeitamente, porque vitória é isso mesmo, principalmente para um time que vem com  uma participação inconstante na competição. Agora é aguardar o próximo compromisso, fora de casa, desta feita contra o Cruzeiro em Belo Horizonte.

Enquanto isso, o técnico Oswaldo de Oliveira, procura no decorrer dessa semana, tranquilizar o seu grupo de jogadores, a fim de corrigir as falhas apresentadas até agora pelos comandados, porque segundo o técnico, os jogadores têm falhado, principalmente, pelo lado emocional, onde a ansiedade tem prejudicado um melhor rendimento. O treinador tem a semana toda para preparar a equipe. O Cruzeiro não deixa de ser um adversário complicado em qualquer posição que esteja na tabela. Por outro lado, o Sport precisa somar pontos, para  recuperar posição e chegar no final dessa fase com uma melhor pontuação.

Blog de Airton Sousa: Divergências no Central

Vivendo uma semana bastante tumultuada, em razão da falta de compromissos do presidente do Central com a MR3, o time joga nesse domingo (17/07), uma cartada decisiva para passar à fase seguinte do Campeonato Brasileiro. A divergência começou em face da contradição no preço dos ingressos enviados para a Diretoria do CSA, quando do jogo de volta aqui em Caruaru, entre essas duas equipes. O Central informou um valor superior ao acertado com o time alagoano, essa questão foi levada a imprensa e posteriormente, ao grupo arrendatário do futebol do Central. Há quem diga que outros problemas já haviam acontecido, no entanto, o complicador maior foi mesmo esse incidente nos ingressos enviados à Maceió. O problema está gerado, e há quem diga que tudo vai depender da classificação nesse domingo (17/07).

Enquanto tudo isso acontece, e com o técnico sem estar no banco para comandar o time, em razão de problemas de saúde, o torcedor espera que a equipe se supere, e os fatos fora de campo, não venham causar nenhum mal ao grupo de jogadores, porque o que está em jogo, nesse momento, é a classificação para a próxima etapa do Campeonato Brasileiro da série D. Caso contrário, todos irão perder, porque futebol  profissional só em 2017, o que seria um tremendo prejuízo. A situação no grupo do Central é a seguinte: CSA 10 pontos – primeiro lugar; Parnahyba 07 pontos – segundo lugar; e o Central, também 07 pontos – terceiro lugar.  Porém o grande detalhe é a vantagem no saldo de gols do CSA e do Parnahyba. O jogo está marcado para 18 horas, com promoção no preço dos ingressos, e conta com a expectativa de uma classificação do Central, com a presença de um bom público, para incentivar o alvi negro Caruaruense, rumo a vitória.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz derrotado, é novidade?

Jogando neste domingo (03), em Juiz de Fora, o Santa Cruz amargou mais uma derrota. Muitos questionamentos a respeito da campanha tricolor e de mais um resultado negativo. Culpa do técnico e da mudança de esquema a cada partida? Time limitado para uma primeira divisão? Jogadores de segunda, atuando na primeira divisão? Diretores que contrataram errado, e se acomodaram com os primeiros resultados? Situação financeira refletindo na qualidade das contratações?

A verdade é que o tricolor afunda a cada rodada, e se não tomarem cuidado, o rumo será a volta para a segunda divisão, depois de tanto sacrifício para chegar à primeira outra vez. São muitos os problemas, a começar pelo técnico que tem errado no esquema tático e tem feito substituições precipitadas. Quando tenta reparar no  decorrer do jogo, já é tarde.

Na derrota contra o Botafogo, o primeiro tempo do Santa Cruz, a exemplo de outros jogos foi terrível, ninguém acertava nada, inclusive o goleiro Tiago Cardoso, que a cada partida vem falhando, e já não é mais um paredão, talvez contagiado com a fraca qualidade dos companheiros. No segundo tempo, o tricolor marcou um gol, o Botafogo ficou encurralado, porém o time Pernambucano não teve competência de empatar, saindo com mais uma derrota, e deixando a sua torcida apavorada com a situação.

Vem por aí, mais um forte adversário. O Internacional de Porto Alegre, tradicionalmente uma equipe que envolve os nossos representantes, e na atual situação que está o futebol Pernambucano, fica difícil acreditar que o Santa Cruz se recupere com uma vitória. É preocupante, e muito, a situação do time tricolor, diante de tantos resultados de derrotas que estão acontecendo.

Foto: Internet

Foto: Internet

Blog de Airton Sousa: E esta derrota, também foi o gramado?

Após a derrota de 3 x 0 neste sábado(02/07), os torcedores do Náutico e dos outros clubes começaram a perguntar ao técnico Alexandre Galo, através das redes sociais, se a derrota foi em razão da condição do gramado? Bem, é um fato que vai marcar por muito tempo, a infeliz colocação feita pelo técnico alvi rubro, quando jogou uma única partida no Arruda, ferindo principalmente ao adversário que abriu as portas para acolher o seu time.

O resultado do jogo por 3 x 0, favorável ao Atlético de Goiás, foi a  vitória que colocou o time goiano na liderança, ao lado do Vaco da Gama, passadas 14 rodadas. Quanto ao Náutico, vira essa rodada na oitava posição. O jogo começou com o Náutico se postando bem até dez minutos, tendo inclusive duas oportunidades ofensivas, daí então, o Atlético marcou o primeiro e o segundo gol.  O Náutico desabou até tomar o terceiro gol. No final muitas explicações, sem convencerem, justificativas de quem perde, e a preocupação com a campanha do time, visto que já caminhamos 40% da competição, e não se vê progresso no time, com as dispensas e também com as contratações.

Foi mais uma derrota, e agora o técnico terá a semana toda para consertar os erros, fazer substituições e enfrentar  ao CRB na Arena Pernambuco. É um adversário difícil, que vem bem na competição e que geralmente dá muito trabalho aos Pernambucanos. Agora, mais uma derrota e em casa principalmente, poderá tornar mais difícil  a situação timbu. Deixar de tantas falações, consertar os erros, escalar as peças certas, no lugar certo, e esperar que a vitória chegue, caso contrário todo crédito que o treinador Alexandre Galo tem, poderá desaparecer diante dos torcedores.

Foto: Internet

Foto: Internet

Blog de Airton Sousa: Santa desaba no campeonato

A quem debitar a derrocada tricolor no Campeonato Brasileiro? Ao treinador, ao time, aos dirigentes, a limitação técnica, ou a insatisfação dos jogadores com a falta de estrutura? Tenho a impressão que se colarmos esses argumentos uns aos outros, a conclusão será uma só, time de terceira numa primeira divisão, onde salvam-se apenas quatro jogadores, no máximo, e todos os setores da equipe apresentam deficiências, o que torna difícil criar esperança, dentro de tudo negativo que até agora o Santa Cruz apresentou dentro de campo. Muito discurso, muitas contradições, poucos assumindo a situação, porém a verdade é que se não cuidarem enquanto é tempo, o tricolor no final da competição volta para a segundona.

No final do jogo, muita choradeira, muita conversa o que na prática nada resolve, porque foi mais uma derrota, e uma decepção a mais para o sofrido torcedor tricolor. Não é fácil, se analisarmos as conquistas do Campeonato Pernambucano e Copa do Nordeste, e quando chegam os jogos da série A, tudo se foi, restando o que está aí. O que vemos na verdade, é um grupo de jogadores que vieram para reforçar e que não passam de atletas de uma limitação sem precedentes.

Quanto ao jogo, o time foi dominado do começo ao fim pela Ponta Preta, vencendo pelo placar de 3 x 0, e no caso de ter se empenhado mais, teria fatalmente, chegado ao quarto, quinto gol, e daí por diante. Foi uma noite em que não deu para escolher um único jogador que veio para   fazer a diferença. O time foi um fiasco, deixando o adversário à vontade, livre, leve e solto. Dá para ter esperança na próxima partida?  O Botafogo é o próximo adversário do time Pernambucano, e sinceramente não sabemos o que vai acontecer. Providências urgentes, é o que tem que acontecer, caso contrário estaremos vendo cada vez mais o Santa desabar na tabela de classificação.