Blog de Airton Sousa – Notícias do Santa Cruz e do Sport

                                sposan

No Arruda  o assunto é o jogo desta quinta-feira (25) contra o Fluminense. É a segunda partida valendo a classificação para a fase seguinte da Copa do Brasil. No primeiro jogo no Maracanã, o time tricolor escapou de tomar uma goleada principalmente no primeiro tempo, graças a fragilidade do time.

Salvou-se na segunda etapa, em função dos desfalques sofridos pelo time das laranjeiras, que diminuiu um pouco o ritmo, sentiu as ausências e deu espaço para o Santa Cruz jogar, sem contudo sofrer ameaça de gol do time pernambucano, principalmente sua peça ofensiva, que esteve inoperante.

Para esta quinta-feira (25) no Arruda, continua uma grande vantagem para o time carioca, mesmo com a ausência do jogador Ganso que está contundido. A questão é a vantagem que leva o time do Fluminense  podendo   empatar, perder com diferença de um gol e nem assim perde a classificação.

Quanto ao Santa Cruz, dentro da sua limitação em todos os setores, terá que reverter essa vantagem que o adversário carrega para dentro de campo. Podemos dizer que quase impossível a situação se reverter, porém com o embalo do torcedor que deverá comparecer, quem sabe um milagre venha a acontecer,  porém só um grande milagre.

Com relação ao Sport, as véspera de estrear no Campeonato Brasileiro, bronca é que não falta. Quase certa as saídas de Adrielson e Brocador, que provocarão um desfalque dos maiores, e a questão financeira que se agravou. A Rede Globo via  justiça, entrou com uma ação de bloqueio em todas as rendas  do clube, provocando uma tempestade sem precedentes na diretoria.

Blog de Airton Sousa – Campeonato Brasileiro da série A, afunila a cada rodada

                                                   torcida rubro negra

Uma rodada onde os times mais uma vez não podem cometer erros, porque agora só faltam cinco rodadas para o encerramento da competição e com certeza, qualquer erro será fatal. Observa-se as posições do Vasco da Gama, Ceará, Corinthians, Sport, Vitória, Fluminense que jogarão nesta quarta-feira (14), enquanto que Chapecoense e Santos terão seus jogos na quinta-feira (15).

Serão jogos importantíssimos porque a partir desta rodada, apenas quatro rodadas faltarão para o encerramento da competição, decidindo quem fica na parte de cima, disputando Sul-Americana e Libertadores, além do título e as equipes que tentam escapar do rebaixamento para a série B.

Daí, ficarmos atentos aos jogos desta quarta-feira (14): Vasco x Atlético do Paraná, Paraná e Atlético Mineiro, Bahia e Ceará, Cruzeiro e Corinthians, Palmeiras e Fluminense, além de Sport e Vitória. Na quinta-feira, também jogos importantes: Chapecoense e Botafogo, Flamengo e Santos, São Paulo e Grêmio, Internacional e América Mineiro.

Para os pernambucanos e baianos, uma decisão que vale seis pontos. Sport e Vitória na Ilha do Retiro, que terá com certeza aproximadamente 30 mil pessoas. O Sport espera contar com a participação efetiva da torcida, e a torcida vai tentar levar o time para cima do Vitória, que a exemplo do Leão também tem que vencer.

O técnico Milton Mendes que contará com a ausência de quatro jogadores importantes no grupo, a exemplo de Marlone, Sander, Gabriel e Claudio Winck, desses três são titulares absolutos. Quanto ao Vitória, dispensou o treinador Paulo César Carpegiane e entrará em campo, com o auxiliar comandando o time.

Muita coisa poderá mudar a partir dessa rodada, no entanto mais do que nunca, é imprescindível a vitória em casa. O Sport por exemplo após esse jogo, enfrentará também na Ilha do Retiro, a equipe do Flamengo e sabemos entre os dois adversários, o Flamengo é mais difícil de ser batido.

Blog de Airton Sousa – Rodada do Brasileiro beneficia o Sport

5be8a87870370

Tivemos neste fim de semana, a trigésima terceira rodada da série A. O Sport empatou com o Fluminense no Maracanã, e pelas circunstâncias da rodada o resultado terminou sendo benéfico para o rubro-negro Pernambucano. Com o empate e a combinação dos resultados, o time leonino se manteve na décima sexta posição.

Das equipes que brigam para se manterem na primeira divisão, tivemos os seguintes resultados: Ceará 1 x 1 Internacional, Vitória 2 x 2 Bahia, Grêmio 2 x 1 Vasco da Gama, América MG x 0 Paraná 1. Esses resultados não mexeram com a posição do time Pernambucano na tabela da primeira divisão.

Com relação ao jogo, tivemos uma partida fraca tecnicamente, com poucas jogadas ofensivas, no entanto ainda foi do Fluminense as poucas chances de gol, o placar traduziu a ineficiência dos dois times na partida, e os goleiros pouco trabalharam no decorrer do jogo. A marcação e a quantidade de faltas, foi outro ponto que marcou a partida.

O Fluminense teve um gol anulado corretamente pelo árbitro, aos 40 minutos do segundo tempo,  quando o jogador do time carioca após um cruzamento estava antecipado, sendo apontado pela auxiliar Tatiane dos Santos. Em contra partida, o Sport aos 35 minutos do primeiro tempo através de Michel Bastos colocou uma bola na trave.

Com o resultado e com a combinação do placar dos adversários, o time rubro-negro se manteve na mesma posição da tabela, ou seja na décima sexta posição. O Próximo jogo do time leonino, será nesta quarta-feira (14), contra o Vitória. Desfalcarão o Sport os jogadores Gabriel e Claudio Wink por terem tomado o terceiro cartão amarelo.

Blog de Airton Sousa: Sport cai diante do Ferroviário e o Salgueiro é goleado

copa-do-brasil

Uma quinta-feira totalmente oposta do dia anterior, quando o Santa Cruz conseguiu vencer e o Náutico passou para a terceira fase da Copa do Brasil. O oposto aconteceu principalmente com o Sport, que enfrentou ao modesto Ferroviário do Ceará, muito distante de ser um time de linha de frente do futebol daquele estado.

Tudo deixava transparecer que o Sport passaria fácil. Nada disso, André mais uma vez não quis jogar, Leandro Pereira foi  substituído ainda na metade do primeiro tempo e o placar apertado de 1 x 0 na primeira etapa. Muito pouco, porque o Ferroviário criou algumas situações de perigo.

No segundo tempo, o Sport dava a entender que ganharia fácil. Aos dez minutos o segundo gol com Fabrício, o terceiro gol marcado pelo jogador Mardone aos 26 minutos. Aí as coisas se viraram contra o time Pernambucano, atribuindo-se a acomodação ou talvez a saída do jogador Felipe Rodrigues e a ida de Fabrício para a lateral.

Porém, o Ferroviário em meio a toda humildade marcou com Mazinho de cabeça, aos 31 minutos, o Sport desorganizado taticamente, toma o segundo gol através de Mazinho outra vez  aos 38 minutos para   desespero do time leonino , até que aos 40 minutos Valdecí marcou o gol de empate.

Final do jogo 3 x 3. Nas cobranças de pênaltis o Ferroviário venceu por 4 x 3, tirando o Sport da competição. Agora o time Pernambucano só tem como opção o Campeonato Pernambucano e em breve o Campeonato Brasileiro. Fica a lição para os dirigentes que pensavam ter um super time, Copa do Brasil, Sul-Americana também, e o sonho irreal da Libertadores. Para finalizar, a Copa do Nordeste era pouco para o Sport, mera ilusão.

Para fechar a decepção dessa quinta-feira (15), o Salgueiro foi ao Rio de Janeiro e tomou um chocolate do Fluminense, perdeu pelo placar de 5 x 0. A derrota era esperada pela transição que o Salgueiro vem passando, porém uma goleada dessas não. Resta agora ao Carcará, brigar na Copa do Nordeste e no Campeonato Pernambucano.

Blog de Airton Sousa: Sport continua no páreo

                                andre flum

Muitas eram as perguntas, com relação ao comportamento do time do Sport, no jogo desse sábado (25), contra o Fluminense no Rio de janeiro. Todas as questões eram em função do comportamento do time e da inconstância ao longo do Campeonato, principalmente no segundo turno da competição.

A defesa com um comportamento abaixo da crítica, a produção do meio de campo com bastante inconstância, e o ataque era o setor menos falho da equipe. Como se não bastasse tudo isso, a posição dentro da zona de rebaixamento e a situação dos concorrentes direto. Ponte Preta, Vitória e o Avaí.

Porém, pela posição do Fluminense esperava-se que o time de Abel Braga entrasse em campo sem tanto empenho, e foi exatamente isso que aconteceu. O Sport tirou proveito da situação, e em menos de 25 minutos já estava vencendo pelo placar de 2 x 0. No entanto, após o segundo gol o time de Abel Braga, aproveitou uma falha da zaga e do goleiro Magrão e de bicicleta Marcos Júnior descontou, fazendo o gol do tricolor carioca.

O primeiro tempo terminou com o placar de 2 x 1, e como era de se esperar o Fluminense voltou com mais volume na segunda etapa. No entanto nada suficiente para empatar e tentar a vitória. Vendo a pressão que estava sofrendo no jogo, Daniel Paulista faz algumas alterações, entre elas a entrada de Rogério aos 35 minutos, o time cresceu, teve algumas oportunidades de gol, inclusive com o próprio Rogério.

Com a vitória, o Sport volta a ter chances de se manter na primeira divisão, e fica no aguardo dos jogos deste domingo (26), envolvendo Ponte Preta e Vitória, Avaí e Atlético do Paraná, ainda entre Coritiba e São Paulo. Torcendo agora, por um empate entre a Ponte e Vitória, a derrota  do Coritiba e até a derrota ou empate do Avaí.

Agora, a expectativa também é o jogo de domingo (3) na Ilha do Retiro contra o Corinthians, onde a depender dos resultados dos concorrentes neste final de semana, até um empate pode fazer o time escapar do rebaixamento a segunda divisão. Independentemente do que acontecer, espera-se que a lição deste ano possa servir para a nova temporada.

 

Blog de Airton Sousa: Sport deixa a torcida frustada

abel braga

Vivemos nessa quarta-feira (02), emoção e decepção ao mesmo tempo. Primeiro foi a solidariedade do torcedor do Sport com o técnico Abel Braga, onde por ocasião da entrada do time do Fluminense, juntamente com a comissão técnica, todo Estádio ficou de pé e aplaudiu o treinador , que passa momentos difíceis em razão do trágico acidente com um dos  filhos.

O outro lado da história, foi a decepção que o time provocou, jogando um futebol desencontrado,  tomando dois gols em menos de 13 minutos, e quase acontecendo o terceiro, aos 20 minutos, através de uma cabeçada do jogador Renato Chaves, onde mais uma vez apareceu a figura milagrosa do goleiro Magrão. Se concluído o gol, com certeza o Sport não encontraria forças para reagir.

Ainda bem, que após os 22 minutos, o Fluminense se acomodou, recuou e deu espaço para o rubro-negro avançar no jogo. Foi com André através de uma cabeçada, que o Sport diminuiu  a vantagem , inclusive perdendo através de uma cabeçada de Richeli a chance de empatar, ainda no primeiro tempo.

No segunda etapa, as correções foram feitas por Wanderley Luxemburgo  e já aos 4 minutos o jogador Patrick, impõe velocidade em  um lance, penetra na área e chuta indefensável empatando a  partida. Com o empate, o jogo ficou igual, porém o Fluminense teve o jogador  Orejuela expulso injustamente, aos 8.30 minutos de jogo.

Ao contrário do que se esperava, com dez homens em campo, o Fluminense cresceu e passou a jogar melhor do que o time Leonino, com chances criadas aos 42 minutos com Lucas, e aos 47 minutos com Gustavo Scarpa. Antes desses dois lances  tentando reagir, o treinador Leonino ainda fez duas modificações, tirou Everton Felipe, colocou Tomás e tirou Lenis, colocou Oswaldo, sem contudo contribuírem para a reação do Sport.

Com o empate, o rubro-negro permanece na sexta posição, e terá neste sábado à noite um compromisso difícil, contra o líder da série A, o Corinthians em São Paulo. Será  mais um teste para o time Leonino, fechando a sua participação no considerado primeiro turno da competições.

 

Blog de Airton Sousa: Comissão de Arbitragem criticada

Nem diante de tantos erros dos árbitros, ao longo do Campeonato Brasileiro, a Comissão de Arbitragem da CBF evitou a indicação de árbitros de dois estados concorrentes para apitar o jogo do Sport e o jogo do Vitória. O Sport com 37 pontos, na 16a  posição, e o Vitória com 35 pontos, na 17a  posição. Qual a reclamação dos Dirigentes dos dois clubes? É que o árbitro do jogo do Sport é o baiano Jailson Macedo de Freitas, e o árbitro do jogo do Vitória é o pernambucano Nielson Nogueira Dias.

Imaginem vocês, o clima de tensão que os árbitros irão entrar em campo. Se cometem qualquer falha, automaticamente irão causar insatisfação, para o lado prejudicado. O Vice Presidente do leão, Arnaldo Barros, não poupou críticas pela indicação dos dois árbitros, e com razão, em função de que o Sport, ao lado dos demais clubes,  foram prejudicados em determinados jogos.

A verdade, é que está faltando sensibilidade aos membros da Comissão de Arbitragem da CBF, pois ao que tudo indica, estão pouco se importando com as reclamações dos clubes. E com um detalhe, clubes grandes e intermediários, todos eles reclamam do que está acontecendo no Campeonato Brasileiro das séries A e B, no que diz respeito às arbitragens. Só resta torcer que Jailson Macedo de Freitas e Nielson Nogueira Dias, tenham um trabalho imparcial, não cometam erros e que os resultados aconteçam de maneira limpa, sem intercessão do apito.

Blog de Airton Sousa: Erros e fragilidades na arbitragem brasileira

Antes de ser torcedor e cronista esportivo, já vimos ao longo da história do futebol, muitas falhas dos árbitros e auxiliares, algumas falhas e erros propositais, na sua maioria, e muitas vezes, erros tão graves, que não dá para pensar que foram imparciais. O tempo passou, pouca coisa mudou, mesmo com o advento da tecnologia e outros auxílios. Quantas vezes os times intermediários de Pernambuco, no campeonato estadual, tiveram seus jogos tomados pelos árbitros? Não adiantava reclamar dentro ou após o jogo, porque prevalecia sempre a supremacia dos considerados grandes da capital.

Hoje o que se vê, com uma sequência muito grande de jogos e competições, é que dificilmente acontece uma rodada, sem que os erros dos árbitros deixem de acontecer. Bem recentemente o Sport foi vítima, o Náutico e o Santa Cruz também. Como se trata de equipes do Nordeste, e de médio porte, os fatos vão acontecendo e sendo repetidos. Agora a história mudou, erros contra o Palmeiras,  Internacional,  Corinthians, e agora o erro mais absurdo cometido pelo árbitro Sandro Meira Ricci, no jogo entre Flamengo e Fluminense.

Passados alguns dias, depois da repercussão nacional e internacional, o time do Fluminense acionou os órgãos maiores do futebol Brasileiro, e a verdade é  que o jogo e o resultado estão sub judice, causando uma enorme confusão, principalmente porque os três pontos retirados do Flamengo, colocam uma distância de sete pontos para o Palmeiras, primeiro colocado da competição.

O árbitro em questão, juntamente com os auxiliares, estão apitando jogos na Índia e logo que cheguem, serão notificados da punição de afastamento temporário do quadro de árbitros da CBF.

A solução seria inegavelmente, o recurso da tecnologia, para dissipar qualquer dúvida, além da profissionalização da arbitragem, onde com certeza, qualificaria os profissionais do apito, evitando que os mesmos exerçam outras atividades, e não tenham o repouso emocional suficiente para apitar as competições, sem trazer os transtornos que vivem os técnicos, jogadores, dirigentes e principalmente os torcedores.

É aguardar para ver o que pode e vai acontecer, porém, a verdade é que providências mais drásticas obrigatoriamente todos esperam, para evitar que novos fatos sejam repetidos, principalmente nessa reta final do Campeonato Brasileiro, das séries A e B, onde um ponto, vai ter uma importância muito grande e pode trazer consequências irreparáveis.

Foto: Internet

Foto: Internet

Blog de Airton Sousa: Sport erra e perde para o Fluminense

Um jogo em que o Sport fez um primeiro tempo quase impecável, marcando um gol aos onze minutos, com uma cobrança de escanteio, através de Gabriel Xavier e uma disputa na bola entre Ronaldo Alves e Gum, com a arbitragem creditando ao zagueiro do Fluminense o gol, portanto, contra, para o time Pernambucano. Não foi apenas o gol, mais também o volume de jogo que o rubro negro apresentou, atuando bem em todos os setores, exceção as bolas desperdiçadas pelos atacantes, ao longo de toda primeira fase de jogo. O destaque do jogo foi Diego Sousa, jogando em todos os setores do campo e contribuindo para um domínio do clube da praça da bandeira. As chances desperdiçadas, fizeram falta no jogo, porque 1 x 0 era muito pouco, para o que faria o Fluminense na volta do segundo tempo.

O técnico Levi Cupe, fez uma leitura perfeita dos dois times e já na volta do segundo tempo, fez a primeira substituição, tirando o volante Douglas e colocando o atacante Richarlison. A partir daí o Fluminense passou a dominar, o Sport se encolheu, cedeu espaços, cansou e terminou tomando o gol de empate aos 8 minutos, com o jogador Marcos Junior, creditando-se a arbitragem, o erro de não marcar impedimento. No entanto, o Sport caía a cada minuto, com o futebol negativo de Gabriel Xavier, Everton Felipe, Rithely, Samuel Xavier entre outros, até que o técnico leonino fez a primeira modificação, tirando Paulo Roberto que estava bem e colocando Neto Moura, por volta dos 20 minutos. Dois minutos após, o Fluminense fazia o gol da virada através de Richardson. Em seguida saía Gabriel Xavier, entrava Vinícius aos 26 minutos, e no Fluminense saía Marcos Junior, para a entrada de Marquinhos aos 29 minutos.

Era visível a queda do Sport, e a expectativa de sair  o terceiro gol, e foi exatamente isso que aconteceu, com um gol de Scarpa aos 41 minutos, em uma falha individual de Durval. Ainda no Fluminense saía Wellington, entrava Magno Alves, aos 43 minutos, e no final tivemos a vitória do Fluminense pelo placar de 3 x 1.

Os destaques do time Carioca no segundo tempo foram Wellington e Richarlison, que predominaram em cima de Samuel Xavier. A derrota complicou ainda mais a situação do Sport no Brasileiro da série A. O próximo jogo do time leonino será em Recife, contra o São Paulo.

Blog de Airton Sousa: Santa e Salgueiro sem vitória

Para fechar este final de semana bastante negativo para o futebol pernambucano, o Santa Cruz perdeu, em pleno Arruda, para o Fluminense, pelo placar de 1 x 0, e o Salgueiro em casa, empatou com o Cuiabá em 2 x 2. O jogo do Santa Cruz, com a estréia do técnico Doriva, teve alguns detalhes que merecem registro. Grafite que mais vez teve uma atuação negativa, fazendo uma partida irreconhecível, sem chutar uma bola se quer contra o gol de Diego Cavaliere. E não foi só isso, Léo Moura também não esteve bem, acompanhado de Artur, que substituiu o próprio Grafite, Lelê não disse para que foi escalado,  substituindo Derley,  e Pisano que só aguentou jogar um tempo, tornando-se um jogador igual aos demais e decepcionando a torcida.

Finalmente nem o técnico Doriva motivou os jogadores, nem alcançou o seu objetivo, porque nada mudou da era Miton Mendes para o novo treinador, mesmo entendendo-se que o técnico teve pouco tempo para trabalhar os novos comandados.

O Santa Cruz permanece na 19ª posição, e caminha a passos largos para o rebaixamento em 2017. Jogadores limitados, um ataque frágil, laterais limitados, uma diretoria que reclama falta de condição financeira e dificuldades para contratar, além de um elenco inchado e de pouca qualidade. Além do mais, Tiago Cardoso que sempre foi a barreira do time, agora está contagiado com a fraca qualidade do elenco, falhando mais uma vez, desta feita no gol do Fluminense, aos 29 minutos do primeiro tempo.

O público começa a se afastar em razão dos resultados negativos, e no jogo contra o Fluminense apenas 8.279 torcedores estiveram presentes, provando mais uma vez a sua insatisfação. O Santa Cruz volta a jogar contra o Cruzeiro em Belo Horizonte, no próximo final de semana.  Na quarta-feira(24) estréia na Copa Sul Americana, contra o Sport, e aí a pergunta:  o que pode acontecer com os dois times jogando pela Sul americana?

Para completar o final de semana, em casa, o Salgueiro empatou em 2 x 2, contra o Cuiabá, tornando-se um resultado muito negativo, e distanciado o time sertanejo cada vez mais das chances de subir de divisão. Em casa todos sabem da importância de vencer, e o Salgueiro infelizmente, não vem fazendo o dever de casa.

Um sábado e um domingo que o torcedor Pernambucano, tanto da capital como do interior, irão fazer questão de esquecer, porque foi extremamente negativo.