Blog de Airton Sousa – Balanço da Copa do Nordeste – Sport na final do Pernambucano

                                salsuh

Tivemos três jogos válidos pelas quartas de final da Copa do Nordeste, onde Pernambuco levou vantagem colocando seus dois representantes nas seminais. Santa Cruz e Náutico conseguirão a classificação, enquanto que o Botafogo (PB) também ganhou a vaga, resta conhecer na noite  dessa segunda-feira (8), o ultimo classificado.

Sábado (06) a tarde, o Náutico surpreendeu e venceu ao Ceará pelo placar de 2 x 0, aproveitando a invenção do técnico Lisca em escalar para o jogo um time reserva. O time cearense foi surpreendido no segundo tempo e não teve futebol nem tempo hábil para promover uma reação.

O Náutico foi administrando aos poucos  a superioridade técnica do Ceará, jogou atrás só saindo na boa, aplicando uma marcação severa e dura, sem permitir o toque de bola do time de Lisca. Venceu com méritos pelo placar de 2 x 0, e agora espera o complemento da rodada para se preparar para os jogos semifinais.

Também no sábado (06) à noite, o Santa Cruz jogou no Arruda contra o CRB. Não fez uma boa partida, o time de Roberto Fernandes foi aos poucos administrando o empate, porém aos 44 minutos do segundo tempo abriu o placar, silenciando todo estádio do Arruda pelo tempo em que o gol saiu.

No entanto, aos 48 minutos numa jogada milagrosa o Santa Cruz chegou ao empate, mudando a história da partida. A classificação foi definida nos pênaltis, e o Santa Cruz venceu pelo placar de 8 x 7, diante da expectativa em cada cobrança, sem se falar na qualidade dos cobradores. A exemplo do Náutico, o Santa Cruz também ganhou a vaga para as semifinais.

Ainda pela Copa do Nordeste, o Botafogo da Paraíba não tomou conhecimento do adversário e venceu bem pelo placar de 3 x 1 ao time do CSA. Com a vitória, é mais um time classificado para os jogos semifinais. Só resta então sabermos entre Fortaleza e Vitória quem será o vencedor para formar  o grupo das semifinais da competição.

Pelo Campeonato Pernambuco, foi conhecido na tarde do domingo (07), o adversário do Náutico na decisão do campeonato. O Sport foi absoluto diante do Salgueiro, vencendo pelo placar de 3 x 1, com um público de 22.117 torcedores presentes na Ilha, o maior público do campeonato até agora. Dia 144 nos Aflitos, dia 21\4 na Ilha do Retiro, será a decisão.

Blog de Airton Sousa – O Santa Cruz derrota o Central e o Náutico vence o CRB

                                         uoh

Tivemos na noite desta quinta-feira (14) o fechamento da oitava rodada do Campeonato Pernambucano, com o Santa Cruz vencendo ao Central pelo placar de 1 x 0, deixando a equipe tricolor na terceira posição com  dezesseis pontos e se mantendo entre os quatro melhores da fase.

O primeiro tempo foi zero a zero, com o Central fazendo um jogo razoável, tendo três oportunidades de gol, com apenas uma chance do Santa Cruz. No entanto, não foi um jogo bom tecnicamente por parte das duas equipes, onde os ataques pouco funcionaram e os goleiros sendo pouco acionados.

No segundo tempo, o técnico Leston Junior modificou o plano tático  avançando Alan Dias, que esteve todo primeiro tempo como volante e passou a sua real posição, dando ao time mais condição ofensiva, até que cobrou uma falta aos vinte minutos (inexistente), e fez o gol da vitória tricolor.

Podemos dizer que a árbitra Débora Cecília, influenciou no resultado do jogo quando marcou a falta contra o Central, daí a vitória tricolor. No Central, destaques para os zagueiros Yuri e Bruno Oliveira além dos meio campistas Fernando Pires e Eduardo Eré. O resto do time não teve bem sem contribuir para um melhor resultado para a patativa.

Com a derrota, o Central teve complicada a sua situação, fechou na quarta posição e obrigatoriamente tem que no mínimo empatar contra o Sport, caso contrário poderá ficar de fora do G4, em razão da vitória do Salgueiro  que chegou a treze pontos, podendo superar a patativa.

Para domingo os seguintes jogos: Flamengo e América, Central e Sport, Salgueiro e Petrolina, Náutico e Santa Cruz, Vitória e Afogados. No final da fase, os quatro primeiro colocados levam a vantagem de jogar em casa, o que é extremamente importante. Só resta aguardar a última rodada neste domingo (17).

Enquanto isso, o Náutico jogou em Maceió contra o CRB e terminou vencendo pelo placar de 2 x 1. Com a vitória o time timbu entrou pela primeira vez no G4, melhorando a sua posição na competição. Foi um resultado importante pela condição que o time conseguiu  na Copa do Nordeste.

Blog de Airton Sousa – Sport volta a liderar o Campeonato Pernambucano

nautico-x-crb-745x410

O Sport assumiu na noite desta quarta-feira (13) a liderança do Campeonato Estadual, após golear ao Salgueiro pelo placar de 4 x 0. Foi um jogo em que o time leonino mandou do começo ao fim, não encontrando no adversário reação nenhuma que terminou se rendendo  ao bom futebol do time rubro-negro.

Os gols do time leonino foram surgindo passo a passo, vencendo parcialmente no primeiro tempo por 2 x 0, na segunda fase o placar foi sendo ampliado, e o jogo terminou com a vitória rubro-negra por 4 x 0. Com a vitória, o Sport voltou a assumir a liderança do campeonato com 18 pontos, mesma pontuação do Náutico, porém com melhor saldo de gol.

No próximo domingo o time disputa em Caruaru o título do primeiro turno, contra o Central e as vantagens que o regulamento reserva para os primeiros colocados. De uma coisa o torcedor está convicto: O time começa a se organizar técnica e taticamente, deixando boa perspectiva para o resto do campeonato.

Nesta quinta-feira (14), Santa Cruz e Central se encontram na tentativa de desbancar a liderança leonina. Se o Santa Cruz vencer o Sport permanece em primeiro lugar, se o resultado vier a favorecer ao Central, a patativa assume a liderança com 19 pontos, e tudo fica adiado para o encontro de domingo (17), no Lacerdão.

Pela Copa do Nordeste, o Náutico enfrenta na noite desta quarta-feira (14) ao time do CRB. O time pernambucano está na sexta posição com oito pontos, enquanto que o time alagoano tem cinco pontos e é o quarto colocado. É um jogo de vida ou morte, muito mais para o time timbu, do que para o time alagoano

Santa-Cruz-x-Central.

Blog de Airton Sousa: Empates com o mesmo placar, coincidência ou fragilidade

nautico x santa

Uma terça-feira (17), de muita expectativa em razão da participação dos dois representantes de Pernambuco, na série-B do Campeonato Brasileiro. O Santa Cruz jogou no Arruda contra a boa equipe do Oeste, enquanto que o Náutico foi até Maceió para enfrentar no Estádio Rei Pelé o Clube de Regatas Brasil. Toda expectativa era em razão da posição dos dois clubes na competição, ambos na zona de rebaixamento.

Mais cedo, o Santa Cruz empatou em 2 x 2 com o Oeste, um jogo cantado por antecipação como difícil para o tricolor, em razão da qualidade do time paulista. E apesar de ter jogado grande parte  com dez  homens o time do Oeste não se rendeu, e foi valente até o fim do jogo.Mesmo porque jogando fora, podemos considerar um bom resultado, principalmente pela posição do Oeste na competição.

Enquanto isso, o Santa Cruz não conseguia acertar o passe, mesmo tendo mais posse de bola, fato aliás que o tricolor tem apresentado em quase todas as partidas. Para quem necessitava vencer, o time do Arruda  teve mesmo que se contentar com o empate, considerado pelas circunstancias da equipe na competição ,  um  resultado negativo.

O Santa Cruz fecha a rodada com 30 pontos, joga fora do Arruda neste fim de semana, contra o Brasil de Pelotas que empatou em casa com a equipe do América Mineiro. O Brasil fechou a rodada com 38 pontos, o que é preciso dizer, irá tentar jogar tudo contra o tricolor de Pernambuco. Para o Santa Cruz restam oito rodadas, das quais o time terá que vencer cinco partidas, para escapar do rebaixamento.

Por outro lado, no desespero de está a muito tempo na décima nona posição, o Náutico foi a Maceió para enfrentar o Clube de Regatas Brasil no Estádio Rei Pelé. Um jogo complicado e difícil, também pela necessidade que o time de Alagoas tinha de vencer, e todos sabiam que o Regatas ia partir para cima.

O Náutico surpreendeu com a disposição que entrou em campo, dando velocidade ao jogo, principalmente com uma boa atuação do jogador Sueliton, que podemos dizer foi uma das peças mais importantes do time alvi-rubro. E foi o Náutico que abriu o placar, segurando a vitória até quase o final do primeiro tempo, quando aconteceu o empate, terminando o primeiro tempo com o placar de 1 x 1.

Na volta da segunda etapa de jogo, as equipes começaram no mesmo ritmo, e a cada momento as chances iam sendo criadas para as duas equipes, onde os ataques estavam sempre dando muito trabalho as defensivas. E outra vez, o Náutico com muita personalidade virou o jogo, aos 36 minutos.

Com 2 x 1 no placar, sentindo que a derrota estava cada vez mais próxima, o Clube de Regatas Brasil, fez uma substituição importante no ataque. Saiu o jogador Zé Carlos, entrando Neto Baiano, uma estratégica do treinador Mazola de forçar a sua peça ofensiva, e foi exatamente o que aconteceu, Neto Baiano aproveitou uma falha de Jeferson e Rafael Ribeiro,  coloca nas redes, empatando o jogo.

Se o empate pouco serviu para o Náutico  pela posição na tabela, também para o CRB não foi um bom resultado, pelo fato de jogar em casa. Porém a posição do time alagoano é no meio da tabela com 38 pontos. O próximo jogo do Náutico será nesta sexta-feira em Caruaru, contra o lanterna ABC. O alvi-rubro fechou a rodada com 27 pontos.  O time timbu tem ainda oito jogos até o final do Campeonato, tendo que vencer seis jogos para escapar do rebaixamento, situação muito complicada.

Blog de Airton Sousa: Mais uma rodada decisiva para Pernambuco

20150310131319_0

O Campeonato Brasileiro da série-B tem sequencia nesta terá-feira (17), com a participação de todos os clubes desta categoria. A competição afunila e já chega a sua reta final com a realização da trigésima rodada. As coisas complicam a cada rodada, principalmente para os clubes que estão na parte de baixo da tabela, pela distancia criada de um time para outro.

Vejamos por exemplo, o Luverdense que é o décimo sétimo colocado tem 34 pontos, enquanto que Guarani décimo sexto colocado tem também 34 pontos e na décima quarta e décima quinta colocação, estão as equipes do Figueirense e Goiás com 35 pontos. Numa demonstração clara de que a competição poderá apresentar muitas surpresas.

Nessa briga de pontuação, o Santa Cruz entra em campo no Estádio José do Rego Maciel, enfrentando a equipe do Oeste, sexta colocada com 47 pontos o que consideramos uma excelente campanha do time Paulista. Deduzindo-se desta forma, as dificuldades que o tricolor de Pernambuco irá enfrentar, principalmente porque não existe outro resultado, se não uma vitória.

O time do Arruda está na zona de rebaixamento, somando 29 pontos  e se porventura a vitória não acontecer, as coisas complicarão mais ainda, em face de que a distancia aumentaria para aqueles clubes que estão próximos ao Z-4. O técnico Marteloti demonstrando preocupação, e tentando  a todo custo organizar taticamente o seu time, com isso buscando uma vitória nesta terça-feira (17).

Enquanto isso, outro Pernambucano também joga nesta terça-feira (17), desta feita em Maceió contra o Clubes de Regatas Brasil.O Náutico vem de uma vitória contra o Guarani de Campinas, somando no momento 26 pontos, na décima nona posição. Muito distante de atingir pontos, para fugir do rebaixamento. No entanto a competição só tem 9 rodadas para serem disputadas, e  os times  principalmente aqueles que estão perto ou na zona de rebaixamento, já não podem errar mais.

O Clube de Regatas Brasil é o décimo terceiro colocado com 36 pontos, e tenta principalmente em casa vencer, para fugir a cada rodada da ameaça de rebaixamento. O time Alagoano está na chamada zona no meio da tabela, vencendo quatro rodadas  automaticamente será mantido na série-B, preocupação nesse instante dos alagoanos. E com isso é necessário vencer os jogos no Estádio Rei Pelé.

A situação do time de Roberto Fernandes  continua complicada  porque mesmo vencendo algumas partidas, não conseguiu sair da penúltima posição. Além de tudo, a pontuação do time Timbú representa uma distancia considerável para as equipes que estão na décima sexta e  décima quinta colocação, hoje exatos nove pontos. Aguardemos então, que resposta dará o time do Náutico  em meio também, as ausências de jogadores importantes do grupo.

Blog de Airton Sousa: Tricolores e alvi-rubros em busca de recuperação

 fggf

Nesta sexta-feira (25), o Náutico vai até Fortaleza para enfrentar a equipe do Ceará. Um jogo complicado em vários aspectos, começando pela necessidade de recuperação do time do ceará  , em razão da goleada sofrida para o time do Boa na última rodada. Depois o jogo será no Presidente Vargas, estádio menor com  a pressão da torcida, além da rivalidade que sempre existiu entre esses dois estados nordestinos.

O Náutico que após Roberto Fernandes assumir o comando técnico, venceu três partidas e perdeu apenas uma, demonstrando uma boa recuperação, apesar de está na vice lanterna da competição, e faz o seu torcedor voltar a ter esperança. No entanto é inegável que houve uma evolução do time  timbu. Porém, é bom lembrar que o alvi-rubro perdeu a sua principal peça, o jogador Erick nesta confusão da sua transição com o futebol de Portugal.

Outro pernambucano que estará jogando, desta feita neste sábado (26) à tarde, é o Santa Cruz que está vivendo os mais diversos problemas, entrando na zona de rebaixamento após a última rodada e tendo muitas broncas a serem resolvidas. O técnico Givanildo Oliveira, ameaçado de demissão, em razão dos resultados negativos. E mais uma bronca surge,o ex-goleiro Tiago Cardoso colocou o clube na justiça e rola uma divida em torno de 750 mil reais.

Quanto ao jogo, é desnecessário dizer das dificuldades que o Santa Cruz irá enfrentar diante do time alagoano, pelo elenco, pelo treinador e também porque o Regatas sempre complica contra os pernambucanos. Não tem outra saída para o time do Arruda: vencer, vencer e vencer. E a grande pergunta é essa: A torcida irá ao estádio, ou os resultados irão afastar ainda mais o apaixonado torcedor tricolor?

Para finalizar a participação dos clubes de Pernambuco neste fim de semana, o Salgueiro joga neste sábado (26) à noite contra o time do Sampaio Correia. O jogo será na cidade de Salgueiro e o Carcará no momento é o quinto colocado do grupo, podendo voltar ao G-4, caso vença esse compromisso. Sabemos que nos seus domínios o time salgueirense se torna mais forte, e é isso que espera a sua torcida.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz perde a invencibilidade em Alagoas

Todos sabiam das dificuldades que o Santa Cruz  teria pela frente no jogo dessa terça-feira (23), no Rei Pelé contra o Clube de Regatas Brasil. Há dez jogos que o Regatas não perdia em casa, e ampliou essa invencibilidade ao vencer o time Pernambucano. São duas vitórias em casa e um empate fora, somando 7 pontos em três rodadas.

O time tricolor esteve o tempo quase todo jogando atrás,  recuado, sem sair para o jogo, e quando tentava sair, demonstrava muita fragilidade na retaguarda. O jogador André Luiz, foi o destaque do Santa Cruz, que teve ao longo do jogo  poucas chances, inclusive uma bola na trave do atacante Pitibull, isso já aos 31 minutos do segundo tempo, porque na primeira fase, o time criou poucas chance, terminando o primeiro tempo em 0 x 0.

Quanto ao Clube de Regatas Brasil, teve em Chico, Neto Baiano e Almir os destaques. Aos 26 minutos do segundo tempo,  o zagueiro Anderson Sales colocou a mão na bola, provocando a marcação do pênalti. Os jogadores do Santa Cruz, reclamaram muito da arbitragem, no entanto, a marcação foi correta. Na cobrança, Neto Baiano, que marcou aos 28 minutos,  deu a vitória ao time Alagoano, por 1×0.

No final do jogo, o técnico Vinicius Eutrópio reclamou muito da arbitragem, achando que o Santa Cruz foi prejudicado pela não marcação de um pênalti em André Luiz, o que não aconteceu, pelo contrário, foi o atacante do Santa Cruz que cometeu a falta no zagueiro adversário. O tricolor joga agora no dia 31.05 pela Copa do Brasil, é a partida de volta contra o Atlético do Paraná.

 

Blog de Airton Sousa: O Santa Cruz defende a invencibilidade em Maceió

Depois de duas vitórias, fora de casa e em casa, somando seis pontos, e com 100% de aproveitamento na série – B, o Santa Cruz volta a campo nesta terça-feira (23), no Rei Pelé, contra a boa equipe do Clube de Regatas Brasil. O time alagoano ganhou do Ceará em casa, e empatou com a Luverdense, fora de Maceió.

Esses resultados, credenciam o CRB, a vantagem no jogo, principalmente pela rivalidade existente entre Pernambuco e Alagoas. Daí a necessidade do técnico Vinicius Eutrópio, de manter o mesmo estilo de jogo, aplicado até agora na competição, com um bom comportamento em todos os setores e do próprio grupo.

Será com certeza, um jogo muito equilibrado, que pode ser decidido por uma boa. O time tricolor vai enfrentar além da qualidade do adversário, a torcida regatiana empolgada e que sempre marca presença em bom numero. Um empate para o Santa Cruz, poderá ser considerado com um bom resultado. Só resta esperar o que vai acontecer.

Blog de Airton Sousa: CRB sem chances de entrar no G4

Um obstáculo foi derrubado a favor do Náutico nessa sexta-feira(11), no Estádio Rei Pelé, por ocasião do jogo entre o Clube de Ro egatas Brasil e Payssandu. Um jogo em que interessava de perto ao time timbu, pelo fato de que o time alagoano é o sexto colocado com 55 pontos, apenas 2 a menos que o timbu. Uma vitória do Regatas, complicava mais ainda a situação do Náutico, que cairia uma posição, até o jogo deste  sábado, contra o Avaí.

A verdade é que, dominando o jogo no primeiro tempo, e no segundo tempo, até tomar um gol surpreendente, o Clube de Regatas Brasil, não teve competência ofensiva, mesmo contando com a participação do artilheiro Zé Carlos, que saiu machucado no meio do segundo tempo. O time de Dado Cavalcanti, se defendeu o tempo todo, bateu muito e jogou por uma bola, tendo a competência de faturar no tempo certo.

Após o gol, o desânimo abateu o time do Clube de Regatas Brasil, que se entregou ao resultado e aos desespero. Com a derrota, as chances diminuíram, parou com 55 pontos, e só chega no máximo a 61 pontos, sendo quase impossível a chance de chegar ao G4. Esse resultado favoreceu diretamente ao time de Givanildo Oliveira, desde que consiga vencer ao Avaí neste sábado(12), onde a vitória é fundamental. O empate complica, e a derrota, afasta mais ainda o time Pernambucano do G4 do Campeonato Brasileiro da série B . É aguardar para ver o que acontece neste sábado, entre o Avaí e o Náutico.

Blog de Airton Sousa: Náutico perde e continua fora do G4

Num jogo, em que a torcida timbu fez o seu papel, indo a capital alagoana, incentivando o time, e saindo decepcionada, o Náutico terminou perdendo para o desesperado Clube de Regatas Brasil, pelo placar de 1 x 0. O time alagoano jogava uma cartada decisiva, porque se não conseguisse vencer, teria afastada de uma vez por todas, as chances de brigar por uma das vagas no G 4.

Tivemos um primeiro tempo com os goleiros trabalhando muito, as defesas superando os ataques e as finalizações erradas, foi esse o padrão da primeira fase, com o Náutico encontrando dificuldades na transmissão e também sentindo a falta de um jogador com presença de área, enquanto que o adversário tentava a todo custo, principalmente com o artilheiro Zé Carlos, que não fez um bom jogo. Daí o 0 x 0 do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Clube de Regatas Brasil, voltou mais agudo e ofensivo, principalmente com o jogador Wellington Junior, que apavorou o sistema defensivo timbu, pela direita, onde o Náutico sentiu a ausência do jogador Gaston Filgueira, entre outros jogadores. A transição do time alvi-rubro foi complicada, e a verdade é que o time alagoano foi dono absoluto do segundo tempo. De tanto insistir e diante das facilidades, terminou marcando o gol da vitória aos 35 minutos, com Matheus Galdezani, após uma troca de passe errada entre os jogadores Marco Antonio e Igor Rabelo.

Se o Náutico estava mal, piorou muito mais,depois do gol sofrido, sem encontrar a capacidade suficiente de reagir. A derrota complicou a situação do Náutico, principalmente pelos resultados dos concorrentes diretos: Avaí, Bahia, e o próprio Regatas. O Náutico continua fora do G4, agora com uma diferença de 2 pontos para o Bahia e 3 pontos para o Avaí, que venceram os seus jogos. O próximo jogo do timbu, será terça-feira(08), na Arena de Pernambuco contra o Goiás, que perdeu o clássico para o Atlético por 4 x 2.

Se quiser continuar na disputa por uma vaga no G4, o time timbu terá que vencer ao Goiás, e partir para outra vitória contra o Avaí, em Santa Catarina, no próximo final de semana. O ponto negativo do jogo de hoje, além da derrota do Náutico, foi a arbitragem de Alinor Silva da Paixão, que anulou um gol legítimo do Náutico, e deixou de marcar um pênalti claro, a favor do Clube de Regatas Brasil. Ou seja, uma arbitragem que terminou influenciando no resultado do jogo, mais uma vez.

Blog de Airton Sousa: Náutico sai do G4

Nessa reta importante e final da série B do Campeonato Brasileiro, continua bastante acirrada a disputa pelas quatro vagas à primeira divisão. Nesse instante, estão praticamente garantidas duas vagas, Atlético de Goiás com 61 pontos e o Vasco da Gama com 58 pontos. A disputa está entre o Bahia, com 56 pontos, após vencer nesta sexta-feira(04), o time do Vila Nova em Goiás; o Avaí com 55 pontos, que  joga em Santa Catarina, contra o Londrina, que tem  54 pontos; o Náutico que está também com 54 pontos e que joga neste sábado(05), no Estádio Rei Pelé, contra o Clube de Regatas Brasil, que tem 49 pontos, e que também tem chances, se vencer ao Náutico,  de entrar na disputa do G4.

Observa-se principalmente agora, quando a competição chega na reta final, como faz falta as vitórias que não acontecem em casa, além de derrotas para times inferiores fora de casa. O Náutico tem hoje o jogo da vida, contra o Clube de Regatas Brasil, se vence avança e faz a diferença, se perde tem complicada sua situação, principalmente se o Avaí que joga em casa, vencer ao Londrina, que tem a mesma pontuação do time timbu.

O alvi-rubro tem depois do jogo deste sábado(05), os seguintes adversários: Goiás na Arena de Pernambuco;  o Avaí em Santa Catarina(confronto direto); o Tupi em Minas Gerais e finalmente o Oeste na Arena de Pernambuco. Ou seja, dois jogos em casa, dois jogos fora. Porém, antes de tudo, é vencer neste sábado(05), ao Clube de Regatas Brasil, uma missão muito difícil.

Blog de Airton Sousa: Jogos de Pernambuco no Brasileiro

Mais uma vez os clubes de Pernambuco, na sua maioria, não se deram bem nas quatro séries do Campeonato Brasileiro. Foram cinco derrotas, um empate e uma vitória. No sábado Náutico e Sport perderam, e coincidência, começaram vencendo os jogos. O Náutico jogou em casa contra o CRB, partiu na frente e terminou cedendo a derrota pelo placar de 3 x 1, terminando a rodada na oitava posição, complicando mais ainda sua situação na competição.

Principalmente depois de perder seus dois zagueiros titulares, o Ronaldo Alves e o Fabiano Eller. Descansa a semana e joga no sábado(16/07), contra o Goiás, em Goiânia. Por sua vez  o Sport que perdeu para a Ponte Preta em Campinas, afundou ainda mais na tábua de classificação, descendo de pontuação. Agora joga em casa contra o Grêmio. A situação do rubro negro é cada vez mais preocupante, porque os desacertos continuam, e o ponto cruciante no jogo contra a Ponte foi o sistema defensivo.

Ainda bem que o Santa Cruz, se superou e mesmo não jogando bem, conseguiu vencer ao Internacional por 1 x 0, com um gol de Keno, aos 47 minutos do primeiro tempo. Grafite ausente, Marion estreando sem convencer, Derley entrando no segundo tempo e ajudando William Correia a proteger a frente de área, e as demais peças sem conseguirem se destacar. No entanto a vitória chegou, depois de muitos resultados negativos, dando sobrevida ao técnico Milton Mendes, e oportunidade a alguns jogadores. Estão chegando novos contratados e espera-se que sejam de uma qualidade mais apurada do que os que estão atualmente no elenco, para tentar salvar o Santa Cruz do rebaixamento para a segunda divisão.

América perdeu por 2 x 1 para o Sousa e tem complicada a sua situação. O Salgueiro perdeu para o Ríver por 1 x 0, dentro da inconstância do time na competição. O Serra Talhada, para manter a tradição, continuou perdendo,  desta  vez  para  o  Itabaiana,  por 1 x 0. Finalmente o Central que necessitava de uma vitória, partiu na frente,  mas depois cedeu o empate ao Parnahyba, pelo placar de 1 x 1. Volta para casa pensando em um único resultado, uma vitória contra o Guarany de Juazeiro do Ceará. Entretanto, o empate não foi um resultado de se desprezar, porque coloca o Central na briga por uma vaga na próxima fase.