Blog de Airton Sousa: Santa Cruz rumo para a série – C

index

Como se não bastasse o Náutico travado na zona de rebaixamento, o Santa Cruz fica solidário e se mantém entre os piores, perdendo para o Clube de Regatas Brasil pelo placar de 2 x 1. Um jogo em que no primeiro tempo, o time tricolor teve raros momentos de um bom futebol, marcando o gol com Grafite em posição duvidosa, aos 32 minutos.

O time comandado por Givanildo Oliveira com algumas modificações, pouco criou com a sua meia cancha, complicando a situação do atacante Grafite, isolado na frente e muitas vezes voltando para apanhar jogo, deixando a sua posição entre os defensores do Regatas sem preocupação nenhuma.

De qualquer maneira, a vitória parcial no final do primeiro tempo, deixou a torcida esperançosa de uma vitória, para melhorar a posição no time no campeonato. Puro engano, porque já aos 15 minutos de fora da área o jogador Tony observou o goleiro Julio César adiantado e marcou o gol de empate , silenciando os quase 8500 torcedores no Arruda.

Se a situação estava complicada, passou a piorar mais ainda com o empate e a evolução do time alagoano, até chegar ao gol da vitória com o jogador Chico, deixando o Santa Cruz mais complicado na competição. Agora, as torcidas do Náutico e do Santa Cruz ficam solidárias, porque ambos os times estão cada vez mais próximos do rebaixamento. E o pior, nesse instante temos três nordestinos na zona de rebaixamento: Náutico, Santa Cruz e ABC.