Blog de Airton Sousa – Santa Cruz escapa e empata contra o Treze pelo Brasileiro

                                trezeano

Foi mais um resultado negativo para o futebol pernambucano, o empate desta segunda-feira (29), do Santa Cruz contra o Treze de Campina Grande. O time tricolor não teve bem o tempo quase todo, só reagindo após 38 minutos do segundo tempo, o resto do jogo foi todo de domínio do time paraibano.

Já aos 22 minutos do primeiro tempo o Santa Cruz perdia pelo placar de 2 x 0, dando liberdade para o adversário jogar, falhando na marcação, sem acertar os passes e sendo dominando em todos os setores, deixando entender que a vitória contra o Fluminense subiu para a cabeça do time, que menosprezou ao adversário. Lembrando que a arbitragem deixou de marcar um pênalti contra o Santa Cruz, aos 42 minutos do primeiro tempo.

Com 2 x 0 no primeiro tempo, o Treze voltou com o mesmo estilo de jogo, ou seja com tranquilidade montando contra-ataques e surpreendendo o time tricolor, que não se acertava e era surpreendido todo instante principalmente pelo jogador Marcelinho Paraíba, que enquanto teve fôlego foi o dono do jogo.

A partir dos 35 minutos, aproveitando o cansaço do adversário, o Santa Cruz partiu para cima, impôs velocidade e marcou o primeiro gol aos 39 minutos, melhorando a sua produção e empatando aos 49 minutos, já no finalzinho do jogo. O empate não foi um bom resultado para o Santa Cruz, que fechou a participação de Pernambuco na estreia do Brasileiro sem vencer.

O próximo jogo do Santa Cruz será contra o Ferroviário no Ceará, aliás o time tem dois jogos fora na sequencia, o Ferroviário e depois o Botafogo da Paraíba, que consideramos dois compromissos bastante difícil, daí o empate contra o Treze por essa e outras razões, não ter sido um bom resultado.

O Náutico que também começou mal no Brasileiro, joga nesta quarta-feira (01), em Campina Grande contra o Campinense. Serão duas partidas entre os dois times, primeiro jogo fora de casa, segundo jogo nos Aflitos. Essas duas partidas são válidas pelas seletivas para a Copa do Nordeste de 2020.

Blog de Airton Sousa – Pernambuco largou mal no Campeonato Brasileiro

3-2

Foi um fim de semana nada positivo para o futebol pernambucano. Nada de vitória, o Sport na sexta-feira (26), empatou em casa contra o Oeste. Enquanto que o Náutico jogou em Natal e terminou perdendo para o time do ABC, só resta para estrear o Santa Cruz nesta segunda-feira (29), no Arruda contra o time do Treze de Campina Grande.

 Falando de Sport e Oeste, o time rubro-negro  não esteve bem nos dois tempos, empatou em 0 x 0 na primeira etapa, e quando esperava-se que o time melhorasse no segundo tempo, não aconteceu. Abriu o placar, e de nada adiantou porque não houve reação nenhuma, principalmente o setor de criatividade do time.

Os laterais sem saírem para o apoio, a ligação do meio de campo para o ataque inexistiu e por sua vez o ataque não funcionou porque estava bastante frágil a transição, para os atacantes. E o pior aconteceu, com o Oeste empatando no finalzinho do jogo e deixando a torcida insatisfeita, placar final 1 x 1.

O técnico Guto Ferreira  tentou minimizar as deficiências, porém admitiu que o time realmente necessita de reforços pontuais nos três setores, caso contrário deverá passar muito vexame na competição. O próximo jogo será em Bragança Paulista, contra o Bragantino  agora reforçado com o time do Red Bull.

No domingo à noite  foi a vez do Náutico, que viajou cheio de otimismo. Porém, a exemplo do Sport todos sabem que o Náutico necessita contratar para formar um elenco e não um time, já que os reservas não estão a altura da competição, e quando o técnico necessita fazer substituições, o time cai de produção, para o próximo jogo Tiago estará de fora.

O ABC dominou o jogo o tempo todo com os atletas  Anderson, Anderson Rosa, Ivan, Waldemir, Maurílio entre outros, e o goleiro Saulo (Ex Sport), foi mero espectador no jogo, sem nenhum trabalho provocado pelos jogadores do Náutico. O time alvi-rubro  teve o tempo todo apenas se defendendo.

Dentro desse clima  o ABC sendo absoluto, marcou o primeiro gol aos 25 minutos do primeiro tempo. O Náutico apresentava muita intranquilidade,  sem o mínimo sentido de conjunto. No segundo tempo perdendo por 1 x 0, o Náutico voltou mais perdido e terminou tomando o segundo gol aos 15 minutos. Placar final: ABC 2 x 0 Náutico, que joga quarta-feira (01) em Campina grande, contra o Campinense pela seletiva da Copa do Nordeste.

Para a noite desta segunda-feira (29), o Santa Cruz estreia no Brasileiro da série C, jogando no Arruda contra o time do Treze. Só resta esperar que o time tricolor possa salvar a imagem do futebol Pernambucano, vencendo ao time de Campina Grande.  A segunda partida do Santa Cruz, será em Fortaleza contra o Ferroviário que empatou na estreia contra o Botafogo da Paraíba.

Blog de Airton Sousa: Sport se classifica para as semi-finais

Com um publico surpreendente, ao contrário dos jogos anteriores, o Sport devolveu o placar de 3 x 1, a equipe do Campinense na tarde deste domingo(02), levando a decisão para as cobranças de pênaltis, gerando mais ainda emoção e expectativa, nas duas torcidas.

Foi um jogo tumultuado, com muitas faltas e cartões amarelos. No entanto, o Sport, na maioria dos dois tempos foi mais preciso, e diferente das ultimas partidas, inclusive contra o Campinense no Estádio Amigão. Enquanto isso, o Campinense tentava administrar a vantagem obtida no primeiro jogo.

Porém, foi o Sport que esteve marcando aos três minutos com Rogério, aumentando a pressão, e ampliando com Diogo Sousa, aos 17 minutos. Com 2 x 0 no placar, o Sport acomoda um pouco o jogo, e a partir dos 25 minutos, é o Campinense que passa a oferecer reações, deixando o respeito de lado e partindo para o campo ofensivo, no entanto, encontrando pela frente a qualidade e experiência do goleiro Magrão.

No segundo tempo de jogo, o time de Campina grande, entra mais ofensivo, o técnico Ney da Mata, faz algumas substituições positivas, e já aos 3 minutos, Fernando Pires recebe uma assistência de Reinaldo Alagoano, e marca o primeiro gol para do Campinense.

A partir do gol, o time Paraibano reage mais ainda, aperta o cerco e cria outras oportunidades. Várias alterações aconteceram nas duas equipes, porém a mais importante, foi a entrada de Lênis pelo Sport, puxando o time para os contra-ataques, até que aos 15 minutos, Diego Sousa de bicicleta, decreta o terceiro gol para o Sport, levando a decisão para os pênaltis.

Na cobrança dos pênaltis, o Campinense desperdiça duas chances e o Sport consegue a classificação para as semi-finais. Agora a decisão da vaga para a final é contra o Santa Cruz, em duas partidas. Voltando mais uma vez a se encontrarem esse ano, e agora pela Copa do Nordeste.

Estão classificados para as semi-finais, dois clubes de Pernambuco, e dois clubes da Bahia. Santa Cruz e Sport, Vitória e Bahia. Daí sairão dois vencedores, para o confronto final, afim de conhecermos o campeão da competição, em duas partidas, sem perspectiva de vantagem para nenhuma das quatro equipes.

Blog de Airton Sousa: Campinense complica o Sport outra vez

Nem mesmo a estréia do técnico Ney Franco, evitou a derrota do Sport na noite dessa 5ª feira (30), no Estádio Amigão, em Campina Grande, para o Campinense, pelo placar de 3 x 1. O Sport voltou a jogar mal, inclusive contando com todos os titulares, e apesar disso, não se encontrou em campo e complicou sua situação na Copa do Nordeste.

É bom lembrar, que foi o Campinense, que em 2016, tirou o Sport da competição. Agora o time leonino, no jogo de volta, domingo (02/04), terá que vencer com diferença de dois gols, e não tomar nenhum, caso contrário, o vexame será maior ainda, perante a sua torcida, que não vem bem com os resultados, e acreditava ser o ex-técnico Daniel Paulista, o motivo do mal futebol do time.

Está provado agora, apesar de poucos reconhecerem, que existem carências de melhores profissionais no Sport, e que poucos estão alcançando essas deficiências. O treinador Ney Franco terá que reverter, caso contrário, será responsabilizado também se a classificação não acontecer.

O time do Campinense, que também estreava o treinador Ney da Mata, teve facilidade para jogar, principalmente pelas falhas constantes de marcação do meio campo leonino, e pelo fraco futebol jogado pela defensiva, principalmente Samuel Xavier, que falhou em um dos gols do time paraibano.

Aos 28 minutos o jogador Magno abre o placar, demorou apenas um minuto, e aos vinte nove minutos Augusto amplia, deixando o Sport apavorado, no restante do primeiro tempo. Terminando assim 2 x 0 a favor da raposa paraibana.

Na segunda etapa, mais precaução por parte do Campinense, o Sport tentando se encontrar, e aos 35 minutos, o jogador Juninho desconta para o rubro-negro, dando a entender que a partir daquele momento, o Sport reagiria. Puro engano, 3 minutos depois, a torcida leonina silencia, o estádio explode de emoção, porque o Campinense fazia o terceiro gol, com Reinaldo Alagoano, aos 38 minutos, ampliando o placar, deixando o jogo com 3 x 1, para o Campinense.

O Campinense deu um passo importante para passar para as semi-finais da Copa do Nordeste, onde pode empatar com qualquer resultado, ou perder pelo placar de 1 x 0. Ao Sport cabe, se quiser continuar na competição, ter a competência de marcar 2 x 0, sem tomar nenhum gol. A dúvida é a seguinte: será que agora, diante da necessidade, o time terá a competência  que não teve no três últimos jogos?

Blog de Airton Sousa: Sport tem jogo difícil pela Copa do Nordeste

O Sport Clube do Recife, de técnico novo, enfrenta ao Campinense, coincidentemente também com um novo treinador, após a saída de Sérgio China. O jogo será no  Estádio Amigão, e o time leonino já  vai contar com a presença de Diego Sousa e Mena, que estavam a serviço das seleções do Brasil e Chile, respectivamente.

O rubro-negro, terá que fazer um placar que venha favorecer no jogo de volta, a exemplo do que aconteceu na noite desta quarta-feira(29), onde todos os visitantes venceram. O Campinense, por outro lado, já chegou a duas finais na Copa do Nordeste, sendo campeão e vice, respectivamente.

Nos últimos jogos, contra o Sampaio Correia pela Copa do Nordeste, e contra o Santa Cruz, pelo Hexagonal do Título, o time leonino não teve bons resultados,  provocando inclusive, o afastamento do ex técnico Daniel Paulista. Espera-se dessa maneira, que a motivação do  treinador Ney Franco, possa revigorar a condição técnica do  rubro negro, e sair com um resultado positivo.

Blog de Airton Sousa: Pernambuco na Copa do Nordeste

Sport, Santa Cruz e Náutico, entram em campo neste sábado(11), e domingo(12), pela Copa do Nordeste. No sábado à noite o rubro-negro enfrenta ao River do Piauí na Ilha do Retiro, valendo a liderança do grupo, em razão de que os dois times estão com 100% de aproveitamento, ou seja, duas vitórias. O Sport tem tudo para somar três pontos, porque além de jogar em casa, com o apoio da torcida, tecnicamente tem um time superior ao adversário. Caso aconteça a vitória, o rubro negro praticamente garante a vaga na próxima fase, em razão de que os dois próximos jogos, são com adversários teoricamente inferiores, que são o Juazeirense, cujo jogo será na Ilha do Retiro, e o Sampaio Correia, no Estádio Castelão, em São Luiz.

Por outro lado, o Santa Cruz tem 4 pontos na competição, fruto de um empate em Campina Grande contra o Campinense, e uma vitória no Arruda contra o Náutico. O adversário deste domingo(12), do time tricolor é o Uniclinic do Ceará, considerado o adversário mais fraco do grupo, que inclusive na estréia, perdeu na Arena Pernambuco, pelo placar de 4 x 0. O Santa Cruz começa tomar corpo no Campeonato Pernambuco, que também incentivará o time e a tendência é a soma de 3 pontos contra o time Cearense.

Finalmente o Náutico vai até a Rainha da Borborema para enfrentar ao time do Campinense, que na estréia empatou no Estádio Amigão, contra o Santa Cruz. A raposa possui um bom elenco, e tem como retrospecto o título de campeão e vice-campeão, respectivamente, da Copa do Nordeste, sendo dessa maneira um adversário experiente. Por outro lado, o time de Dado Cavalcanti, vem em baixa, ou seja, uma derrota para o Santa Cruz por 1 x 0 pela Copa do Nordeste, e uma derrota para o time do Salgueiro por 2 x 0, pelo Hexagonal do Campeonato Pernambucano. Portanto, um jogo em que o Náutico tem que dar a volta por cima, em todos os sentidos, inclusive livrando a pele do Técnico Dado Cavalcanti de mais um resultado negativo. Fato aliás, se acontecer, pode causar a saída desse treinador.

Blog de Airton Sousa: Central é goleado na Paraíba

Confesso, que fiquei acreditando após o primeiro jogo entre o Central e o Campinense, no Lacerdão no dia(18/12), que faltava pouco para o técnico Laelson Lima, fechar o grupo. Puro engano, porque bastou não jogar duas peças que foram destaque naquela partida, para que tudo desabasse. O time de Campina Grande deu um verdadeiro nó no alvi-negro, fechou com o placar de 3 x 0, colocou o pé no freio, porque caso contrário, a patativa teria voltado para casa, sem asa, embalada por uma goleada maior, e o desencanto do seu torcedor.

No jogo do Amigão, ninguém no alvi-negro jogou nada. A defesa foi um desastre, o meio de campo, também nada criou, e o ataque, não  cardíaco, sem qualquer condição de incomodar a defesa e o goleiro adversários. Foi realmente um time medíocre, deixando para a sua torcida, muita preocupação, porque faltam apenas 15 dias para a estréia do time, em Paulista, contra o América. Agora, é recomeçar novamente, com a tentativa de dar esperança à torcida, de que nem tudo está perdido.

Agora, de uma coisa temos certeza, após o jogo de ontem com as deficiências apresentadas, a Diretoria e o técnico, terão de correr atrás de jogadores, com melhor qualidade, para encontrar as peças de reposição necessárias para o time, em razão de que, quando esperava-se que os contratados tivessem o mínimo de qualidade, após a apresentação em Campina Grande, temos certeza de que, para uma boa qualidade, os jogadores que atuaram ontem, falta muito a percorrer.

Blog de Airton Sousa: Central faz bom teste contra o Campinense

O torcedor patativa, que vive mais uma vez um fim de ano cheio de expectativas, acompanhou com muita curiosidade o amistoso contra o time do Campinense na tarde deste domingo(18/12), no Lacerdão. Amistoso é amistoso, porém, a depender do adversário vale a pena o teste, mesmo porque o time paraibano prepara-se para diversas competições em 1017, e não deixa de ser um adversário considerável.

No primeiro tempo,  a desenvoltura maior foi do time de Campina Grande, deixando o time patativa acuado. O placar foi iniciado pelo Campinense, posteriormente ampliado para 2 x 0, e aos poucos as modificações iam acontecendo. O Central, aproveitando essas alterações, partiu para cima, cresceu no jogo, fez o primeiro gol através do veterano Ailton. A partir do primeiro gol, o time patativa cresceu e chegou ao empate com o jogador Anderson Lessa. Final do amistoso o empate de 2 x 2.

A nota dada para o time patativa foi sete, mesmo porque muitas coisas precisam ser ajustadas, principalmente no seu sistema defensivo, que apresentou falhas no sentido conjuntivo. O técnico Laelcio Lima, demonstrou satisfação com o rendimento do grupo, vai trabalhar a semana inteira, para o jogo de volta em Campina Grande, na próxima quarta-feira(21/12). Os destaques do Central foram: Ailton, Tiaguinho e Anderson Lessa.