Blog de Airton Sousa – Campeonato Brasileiro está chegando a reta final

taca_do_campeonato_brasileiro_2015

Com a chegada dos últimos jogos do Campeonato Brasileiro de 2019, começa o vai e vem dos clubes tentando escapar do rebaixamento, ou ter acesso a divisão de cima da competição. Dentro desse principio observamos a preocupação dos dirigentes, para que no mínimo aconteça a permanência na divisão já existente.

Alguns estados levarão vantagem no fim do campeonato, e dentro  desse conceito o desespero ou  a euforia. Citando o exemplo de Pernambuco, estamos correndo o risco de perdermos o único representante do estado na série A, em razão da ameaça do Sport de ser atingido pelo rebaixamento.

É lamentável porque de 2016 para 2017, tivemos  a descida dos tricolores e alvi rubros que não conseguiram se manter na série B e voltaram para a série C, o que é lamentável. São muitos os prejuízos para os clubes, para as torcidas, para a imagem do futebol de Pernambuco, e para a própria imprensa.

Ainda com relação a Pernambuco, aconteceu a queda do Salgueiro da série C, para a série D que irá participar da competição ao lado do Central e mais dois representantes do interior. Temos que reconhecer que nos dois últimos anos, o nosso estado foi o que mais perdeu, levando-se em consideração o acesso dos estados do  Ceará e de Alagoas.

Faltando oito rodadas para o término na série A, existe uma forte ameaça também de rebaixamento para o Vitória pelo estado da Bahia e o Ceará representante daquele estado, mesmo levando-se em consideração o crescimento que o time do Ceará apresentou após a Copa do Mundo.

Em contra partida, terão acesso a série A, um representante do Ceará. É o caso do Fortaleza que vem em uma campanha de destaque, somando sessenta pontos e desde o início, se mantendo na primeira colocação. O CSA também tem forte possibilidade de subir, ao lado do Bahia, que deverá ser mantido.

Blog de Airton Sousa – Milton Mendes estreia com mais uma derrota

                                         cam x sport

Não adiantou o treinador mudar-se para a concentração; não adiantou a preleção antes do jogo, não adiantaram as mudanças na escalação, nem no estilo de jogo, porque o Sport outra vez sofreu mais uma derrota, e desta feita foi ainda pior, uma goleada de 5 x 2 para a equipe do Atlético.

Tudo isso está deixando o torcedor mais frustrado ainda, e os jogadores ninguém sabe como reagem a cada rodada, a cada derrota. Esperava-se pelo menos um time diferente nas reações, porém foi a mesma coisa, um time pobre de criatividade e de forças, deixando a cada minuto de jogo, uma imagem cada vez mais negativa.

Antes do jogo, eram doze rodadas. Após o jogo, onze rodadas, as chances diminuindo e o monstro da série B, cada vez mais próxima da Ilha do Retiro. Infelizmente,  as chances diminuem, e tudo isso faz com que Pernambuco fique cada vez mais fragilizado com os representantes no Brasileiro.

Quanto ao jogo, o Sport abriu o placar com sete minutos de jogo, um gol contra do zagueiro Leonardo Silva. Dois minutos após, Elias empatou para o Atlético, o Sport recuou e logo aconteceu o gol de desempate, aos vinte e seis minutos, através de Fábio Santos. Uma sequência de gols; Emerson aos 28 e Cazaris aos 30 minutos, fechando o placar do primeiro tempo em 4 x 1, além da expulsão de Durval aos 33 minutos.

Na volta do segundo tempo, o Sport com uma peça a menos e a entrada após a expulsão de Durval no primeiro tempo, do jogador Raul Prata. No segundo tempo o time mineiro era absoluto, porém de cabeça Michael Bastos marcou o segundo gol, deixando o placar em 4 x 2, voltando a dá um pouco de esperança a torcida rubro-negro.

Porém, aos poucos o Sport se deixava conduzir pelo Atlético, até que Ricardo Oliveira marcou aos 25 minutos o quinto gol, fechando o placar de 5 x 2. Com a vitória, o Atlético volta a brigar para ficar entre os quatro melhores, enquanto que o Sport se manteve na vice lanterna do campeonato.

O próximo jogo do Leão da praça da bandeira é sexta-feira (5), na Ilha do Retiro contra o Internacional. Talvez o treinador Milton Mendes altere outra vez a equipe no sentido de dar mais consistência ao sistema defensivo, visto que o Sport é um dos times mais vazados no campeonato. Explicar a derrota, seria repetir tudo que vem sendo dito após cada partida.

Blog de Airton Sousa – Sport perde e entra na zona de rebaixamento

                                           botafofo

O que era esperado há muito tempo, terminou acontecendo na noite desse sábado (25). O Sport finalmente entrou na zona de rebaixamento, após perder para o Botafogo pelo placar de 2 x 0 no Rio de Janeiro. Era um fato adiado a cada rodada, as vezes porque os adversários ajudavam, outras porque o próprio resultado contribuía.

Além da limitação técnica, o time jogou também desfalcado dos laterais titulares, Raul Prata e Sander. Sem ter jogadores de origem para as posições, o treinador Eduardo Batista se viu na obrigação de improvisar, o que tornou a situação ainda mais difícil, facilitando assim o trabalho para o adversário;

No primeiro tempo, foi visível a vantagem do time Botafoguense, onde os jogadores Luiz Fernando e Jair exploraram os lados  rubro-negro, pressionando e levando geralmente perigo para a meta do goleiro Magrão, que outra vez foi o salvador da pátria, evitando que já na primeira fase o seu arco caísse, terminando o primeiro tempo em 0 x 0.

Na segunda fase, as coisas mudaram. A pressão do time da estrela solitária aumentou, o Sport esbarrou na sua limitação em todos os setores, e logo saiu o primeiro gol, apavorando o time Pernambuco. Perdendo por 1 x 0, o Sport apresentou ainda mais fragilidade, mesmo com as modificações feitas pelo técnico Eduardo Batista.

Dentro desse clima de inferioridade, o Sport tomou o segundo gol. Perdendo pelo placar de 2 x 0, sem nenhuma reação na partida, o rubro-negro entrou na zona de rebaixamento, porque além da derrota, logo cedo o Atlético do Paraná, conseguiu vencer ao Grêmio pelo placar de 2 x 1, deixando a zona de rebaixamento e colocando o Sport.

O time continua com 20 pontos, é o décimo sétimo colocado. A depender dos resultados do Vitória e do Ceará que ainda jogarão, o rubro-negro poderá  cair mais ainda de posição. Foi a décima primeira derrota no campeonato. É bom lembrar que para se garantir na primeira divisão, o time tem que somar no mínimo quarenta e sete pontos.

Obrigatoriamente o Leão terá que vencer nove das partidas restantes, para chegar aos quarenta e sete pontos, o que começam a diminuir as chances pela desenvoltura do time. O próximo adversário é o Paraná, lanterna absoluto da competição. O jogo será na Ilha do Retiro, e logo vem a pergunta: Dá para ganhar?

Blog de Airton Sousa – Sport estreia novo treinador, Náutico e Santa Cruz começam quartas de final

                                                                     brasileirao_serie_c

Estreando o técnico Eduardo Batista, em meio a uma crise sem precedentes, o Sport enfrenta neste sábado (18), o time do Santos na baixada santista. Além da expectativa da estreia do treinador, também a observação para  saber como o time irá se comportar diante de um Santos desesperado na zona de rebaixamento.

É impossível esperar um milagre, em menos de 72 horas da chegada do técnico, no entanto sempre que acontece a estreia de um treinador, acontece motivação para o grupo de jogadores, mesmo diante da situação técnica e  financeira que o Sport vive. É um confronto de dois desesperados.

O Santos nesse instante tem 18 pontos, e está na décima sétima posição, dentro da zona de rebaixamento, daí a torcida santista está confiante de um resultado positivo, principalmente após uma vitória no tempo normal, pela Copa do Brasil contra o Cruzeiro em Belo Horizonte, mesmo tendo perdido a classificação na cobrança de pênalti.

Quanto ao Sport, é tudo ou nada porque caso não volte pelo menos com um ponto somado, o rubro negro poderá entrar na zona de rebaixamento e aí sim, complicará mais ainda porque o treinador emocionalmente junto com o grupo, encerraria a participação nesta primeira fase na parte de baixo da tabela. O jogo será às 16 horas deste sábado (18).

Quanto ao início dos jogos das quartas de final, o Náutico joga em Bragança Paulista contra o Bragantino. Um bom publico que irá torcer pelo time paulista, diante da importância de um resultado positivo no jogo em casa, para ter no jogo de volta na Arena, a vantagem no placar.Quanto ao time timbu um clima de otimismo, principalmente para o jogo de volta.

Por outro lado, o Santa Cruz diante da sua torcida, enfrenta ao time do Operário de Ponta Grossa. Visando estimular a sua torcida, a diretoria facilitou para que o torcedor comprasse o seu ingresso antecipado, com a previsão de 35 mil pessoas empurrando o time para uma vitória.

A diretoria tricolor efetuou na ultima quinta-feira (16), o pagamento do mês de junho em forma de incentivo para que o grupo se empenhe mais ainda. Com o prenuncio de uma grande arrecadação, a diretoria já planeja um outro acerto financeiro para a próxima semana. É fundamental que o time consiga um resultado positivo, para uma folga no jogo de volta

Blog de Airton Sousa – Sport, Santa Cruz e Salgueiro perdem, só o Náutico ganha

                                     pedro 2

Foi um fim de semana extremamente complicado nas séries A e C, para os clubes de Pernambuco. Só o Náutico conseguiu vencer, com um gol de Ortigoza, aos 50 minutos do segundo tempo, e a vitória deu ao Náutico a classificação antecipada para a segunda fase da série C, mesmo faltando ainda três jogos para o encerramento dessa fase de grupos.

A torcida esperava que no dia em que o clube completava 50 anos da conquista do Hexa, antecipasse a classificação e foi exatamente o que aconteceu, porque a previsão para a classificação é de 27 pontos e com a vitória o time foi aos 26, antecipando  com muita competência a passagem para a fase seguinte.

O mesmo não aconteceu com o Santa Cruz, que não conseguiu passar pelo Botafogo em João Pessoa, perdeu por 2 x 0, saiu do G4 e agora ocupa a quinta posição tendo que se superar e superar dois concorrentes, o ABC com 21 pontos na terceira posição e o Botafogo da Paraíba, também com 21 pontos, na quarta posição.

O Santa Cruz agora terá que fazer o seu dever, contra Confiança e Salgueiro no Arruda, ou contra o Juazeirense na Bahia. A meta para atingir a classificação é 27 pontos, portanto faltam 6 pontos para o tricolor, além de ficar dependendo dos resultados dos dois concorrentes da Paraíba e Rio Grande do Norte, respectivamente.

Por sua vez, situação mais complicada ainda é do Salgueiro, que perdeu para o ABC, continua na zona de rebaixamento com 16 pontos e mesmo vencendo os três jogos restantes, dificilmente alcançará os concorrentes que estão na terceira, quarta e quinta  posição da série C, podemos dá como certo o rebaixamento do Carcará para a série D em 2019.

Pense que só foi a série C que decepcionou Pernambuco? Nada disso, o Sport também pela série A, perdeu mais uma vez e é a segunda derrota após a Copa do Mundo. Havia perdido para o lanterna Ceará na quarta-feira (18), em  Fortaleza deixando a torcida de orelha em pé, e como se não bastasse em casa perdeu para o Fluminense.

O rubro-negro de novo  jogou muito mal, decepcionou o seu torcedor que foi a Ilha do Retiro e se rendeu ao Fluminense, aliás se rendeu apenas a um jogador do time Carioca, o garoto Pedro que além de ter feito dois gols, botou a defensiva do Sport  no bolso, criando várias oportunidades e sendo o melhor atleta em campo.

Com a derrota, o time desceu para a décima posição, deixou a torcida mais preocupada  pela desarrumação do time em campo e pelos dois jogos que vem pela frente. O Vitória na quarta-feira em Salvador, e o Flamengo no domingo no Rio de Janeiro. É de  lamentar o astral que o Clube está vivendo, em campo, fora de campo e principalmente no campo financeiro.

                                                               IMG-20180718-WA0005(5)

Blog de Airton Sousa – Pernambuco encerra a 11ª rodada da série C

AG-dudu-nautico-botafogo-pb-2

Tivemos da noite do domingo (24), o encerramento da 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da série C. O Santa Cruz jogou no Acre contra o Atlético Acreano e perdeu de virada pelo placar de 2 x 1. O tricolor saiu na frente do placar, mais aos poucos foi se rendendo até que o Atlético marcou o gol de empate e na sequencia virou para 2 x 1.

Foi a segunda derrota tricolor em seguida, perdeu no Arruda para o Náutico e agora essa derrota, que tirou com a combinação de resultados, o Santa Cruz do G 4. Essa derrota e a posição do time no campeonato preocupa e muito a sua torcida, que vê com ansiedade a queda do time no Campeonato, e logo vem o pensamento de uma série D em 2019.

Pior que tudo, o próximo jogo é fora do Recife em Natal, contra o ABC. O time do Rio Grande do Norte é o quinto colocado com 15 pontos, tornando-se um jogo difícil em todos os aspectos, principalmente pelo momento de derrotas que vive o time do Arruda. Roberto Fernandes terá que trabalhar muito junto ao elenco para o próximo compromisso.

Enquanto isso, a torcida do Náutico está eufórica pelo momento que vive o time. A segunda vitória seguida, venceu ao clássico contra o Santa Cruz e nesta segunda-feira (25), venceu bem ao Botafogo da Paraíba pelo placar de 2 x 0. O primeiro gol aconteceu aos 3 minutos do primeiro tempo e o segundo gol foi aos 42 minutos, contra do zagueiro Walter.

Além do mais, o Botafogo que pouco reagiu no jogo, teve aos 16 minutos o jogador Walter expulso, complicando mais ainda a situação do time em campo. A esperança do Botafogo era o jogador Marcos Aurélio, que não esteve bem no jogo, contribuindo dessa maneira para o domínio do time alvi-rubro.

O Náutico continua jogando na Arena de Pernambuco, e já nesse fim de semana enfrenta ao todo poderoso Atlético Acreano, líder absoluto do grupo A com 23 pontos. Um adversário que representa perigo em casa e fora de casa, um verdadeiro teste de fogo para o Náutico. O alvi-rubro tem 16 pontos e fecha a 11ª rodada, na terceira posição.

Outro que jogou e não se deu bem, foi o time do Salgueiro. Jogou em casa, partiu na frente do placar e terminou cedendo o empate ao time do Confiança, segundo colocado com 18 pontos. Com o empate, o Salgueiro desceu para a sétima posição com 14 pontos. É uma verdadeira gangorra a série C, o que obriga o time que joga em casa somar 3 pontos.

Blog de Airton Sousa – Sport não passa de um empate na Ilha do Retiro

532578568539e6539ddf8f386435f509

Todos esperavam que o time leonino se recuperasse na noite dessa quarta-feira jogando em casa contra o Gremio. Porém não tivemos nada além de um empate, com alguns jogadores do time leonino atuando abaixo do esperado. Quanto ao resultado não podemos considerar um bom resultado, porque o Sport não conseguiu voltar para o G 4, antes da parada para a Copa.

Poucos chutes, o torcedor inquieto com as falhas ofensivas  do time e os quase dezenove mil torcedores ficaram frustrados pelo fato da vitória não ter acontecido. Uma coisa ficou clara e evidenciada, será necessário que a diretoria enxerte o grupo e coloque nas mãos do técnico Claudinei Oliveira, atletas com um pouco mais de nível.

Um primeiro tempo, em que o grupo leonino pecou na finalização e no individualismo, deixando sempre que o adversário tirasse proveito, porque de qualquer maneira um empate fora de casa, representava um bom resultado dentro das pretensões do técnico Renato Gaucho e do grupo de jogadores.

No segundo tempo, o Sport equilibrou o jogo, mesmo com o Gremio tendo  voltado mais agudo, porém o Sport não aceItou com facilidade a reação do time gaucho, se bem que nem a entrada de Filipe Bastos contribuiu para o crescimento do Sport, no entanto o problema maior não era corrigido, no sentido de finalizar com mais perfeição.

Quanto ao Gremio, não precisa dizer que é um time cheio de  bons e grandes valores, com o comando de Renato Gaucho que também insistiu em colocar a equipe para cima do Sport, sem contudo conseguir o seu intuito. É bom lembrar que o Gremio no momento participa de três competições paralelamente.

 O Sport concede  folga ao grupo até o dia 25 de junho, pois somente voltará a jogar no dia 18 de julho em Fortaleza contra o fraco time do Ceará. A questão também é  como o Sport aproveitará essa parada para recuperar jogadores, aprimorar a parte técnica e física. Enfim, esperar que na volta o time venha com as correções devidas. O Sport fechou essa fase com 19 pontos somados.

Blog de Airton Sousa – Sem Anselmo e Sander, o Sport vence mais uma

Sport x Atlético PR - Brasileirão 2018

Havia muita expectativa em torno das ausências de Anselmo que foi embora para o futebol da Arábia, e Sander que cumpria a suspensão automática , pela força que esses dois jogadores conseguiam dar ao time Leonino. No entanto, a força de vontade e a determinação fizeram com que o time se superasse, e conseguisse mais uma importante vitória.

Foi um primeiro tempo apenas razoável com o Sport criando mais do que o Atlético, que entrou em campo para jogar por uma bola, porém poucas foram as jogadas construídas pelo time do Paraná, enquanto que o Sport criou algumas oportunidades, sem contudo chegar a finalizar sem muito perigo para o gol de Santos.

Evandro no lugar de Sander, Deivid no lugar de Anselmo, a rigor essas foram as alterações do time no inicio do jogo. Felipe Bastos chutava com perigo aos 10 minutos, Gabriel aos 27 minutos, Raul Prata aos 29 minutos e finalmente aos 33 minutos, uma bola cruzada por Felipe Bastos . No total de quatro chances concretas de gol, para o time Pernambucano.

No inicio do segundo tempo, o inesperado. Um minuto de jogo, uma bola praticamente do meio de campo, com o goleiro Santos adiantado, Felipe Bastos lança uma bola e simplesmente Santos aceita, dando ao Sport naquele momento o primeiro gol da partida. O que foi uma ducha fria, nas pretensões do time paranaense.

Com o gol tomado no primeiro momento do jogo, não tinha outra alternativa ao Atlético, se não evitar tomar mais um gol. Aconteceram muitas modificações nas duas equipes. Bergon aos 7 minutos, Durval aos 15 minutos, Michel Bastos aos 21 minutos, Bruno Guimarães aos 24 minutos,  Neto Moura aos 26 e Bil aos 34 minutos.

O Sport teve poucas chances que merecessem registro no segundo tempo, enquanto que o Atlético teve uma boa oportunidade através de Lucho Gonzales aos 38 minutos, registrando-se a grande defesa de Magrão. Com a vitória, o Sport passou a somar 18 pontos, ocupando a segunda posição. O próximo jogo do Leão será contra o Vasco da Gama no Rio de Janeiro.

Blog de Airton Sousa – Sport empata, Náutico perde e o Santa Cruz vence

anse3lmo

Uma rodada cheia de altos e baixos para os três da capital. Jogando em Porto Alegre o Sport conseguiu um resultado excelente, ao empatar em 0 x 0 contra o Internacional. É a quarta partida do time  Leonino, sem conhecer uma derrota. Se não houve evolução, pelo menos o time manteve o padrão dos jogos anteriores.

Com o empate, o Sport entrou temporariamente no G 4, já que a rodada só terminará  na próxima terça-feira. De qualquer maneira foi um resultado positivo, mesmo entendendo-se que o Internacional pressionou o Sport, o que aliás já era esperado. O time Pernambucano foi  muito bem aplicado na marcação. O próximo jogo será quarta-feira, na Ilha contra o Atlético Paranaense.

O Náutico teve sua situação complicada mais ainda, quando voltou a lanterna do grupo, ao perder para o time do ABC em Natal pelo placar de 2 x 0. Uma derrota que começa preocupar a torcida, porque outra vez o time volta a lanterna. O próximo jogo do Náutico será na Arena de Pernambuco, contra o time do Remo.

O Santa Cruz, foi o único Pernambucano que conseguiu vencer. O adversário foi o bom time do Juazeirense no Arruda. O placar apertado de 1 x 0, jogou o tricolor para o G 4, dependendo agora do resultado do Botafogo contra o Globo. Segunda-feira acontecerá essa partida, e se o time Paraibano perder o Santa Cruz vira a rodada dentro do G 4.

O próximo jogo do Santa Cruz será contra o Time do Salgueiro no sertão de Pernambuco. Voltando  ao  jogo contra o Juazeirense, o Santa Cruz fez um bom primeiro tempo, recuou na segunda fase, facilitando jogadas ofensivas para o adversário. O árbitro do jogo, acrescentou seis minutos o que provocou irritação ao técnico Roberto Fernandes.

Blog de Airton Sousa – Central dá adeus ao Brasileiro – Outros resultados do futebol Pernambucano

                                                         10163040218-t480x280

Jogando na tarde desse sábado, o Central deu adeus ao Brasileiro da série D, quando perdeu pelo placar de 1 x 0 para o time do Sergipe. Era o jogo chave para o time alvi-negro, caso vencesse continuaria com a esperança no ultimo jogo no Lacerdão, no próximo domingo contra o time da Jacuipense.

No entanto, mesmo com as modificações do treinador Mauro Fernandes, o time não conseguiu o seu intento que era voltar para Caruaru com 3 pontos. Agora as chances desapareceram, principalmente depois que a Jacuipense venceu ao Asa pelo placar de 3 x 1. O Central cumpre o último jogo domingo, contra a Jacuipense, sem valer nada.

O destino dos jogadores e comissão técnica será decidido durante essa semana, mesmo antes do ultimo jogo. Em cinco jogos disputados, o Central não ganhou uma só partida, somando apenas 3 pontos. Uma campanha realmente decepcionante, muito distante do que todos esperavam.

Ainda pela série C, o time do Belo Jardim também perdeu, desta feita para o Imperatriz pelo placar de 4 x 0, ficando a exemplo do Central de fora da próxima fase. Para não fazer diferente, o Flamengo também decepcionou e perdeu para o Fluminense de Feira de Santana, 4 x 0. Foi realmente uma vergonha a participação dos representantes de Pernambuco na série – D.

Para não ser diferente, o Náutico jogando contra o Juazeirense na Bahia perdeu pelo placar de 2 x 0, ocupando outra vez a lanterna do grupo. Enquanto isso, o Santa Cruz no Arruda, perdeu pelo placar de 3 x 2 para o Botafogo da Paraíba, deixando o G 4. Apenas o Salgueiro pela série C, é que venceu pelo placar de 3 x 0 ao time do ABC.

Por sua vez, o Sport não teve competência e terminou empatando contra o Corintihians pelo placar de 1 x 1. Com um detalhe, o time Corintiano bastante desfalcando e o Sport sem Marlone, apresentando deficiências diversas desde a zaga, o setor de criação e finalização. O gol  do Corinthians foi marcado por Roger aos 8 minutos, enquanto que Carlos Henrique empatou para o time leonino, aos 18 minutos, ambos do segundo tempo.

O que esperar do time leonino, depois desse empate, porque na sequencia o time tem compromissos difíceis. O Palmeiras no Alianz Parque, depois Atlético Mineiro em Recife, em seguida o Internacional em Porto Alegre, ainda o Atlético do Paraná em Recife. Ou seja, uma sequencia realmente difícil e complicada. Notando-se que o time necessita de qualidade.

Blog de Airton Sousa – Jogos de Pernambuco no Campeonato Brasileiro

                                                2000px-Bandeira_de_Pernambuco.svg

Teremos um fim de semana bastante movimentado para os clubes de Pernambuco. O Central tem jogo decisivo contra o Sergipe em Aracaju. O Náutico tem a difícil missão de tentar a primeira vitória fora de casa contra o Juazeirense. O Santa Cruz enfrenta ao Botafogo da Paraíba no Arruda.

O Sport na Arena tenta a recuperação em um jogo difícil contra o Corinthians, que joga com cinco desfalques. O Salgueiro joga contra o ABC em Salgueiro. O Belo Jardim vai ao Maranhão enfrentar ao  Imperatriz e o Flamengo joga em Arcoverde contra o Fluminense de Feira de Santana.

O Central que até agora não conseguiu nenhuma vitória na competição, tem o desafio de vencer as duas ultimas partidas da fase neste sábado ao Sergipe, líder do grupo e que venceu aqui em Caruaru pelo placar de 1 x 0, vem de uma derrota contra a Jacuípense na Bahia, e se não vencer ao Central poderá complicar a sua situação.

Quanto ao Central, com algumas modificações entra em campo com o desafio de vencer. Na lateral esquerda, a saída de Charles que deixou o Clube essa semana. No meio de campo, a introdução de Washington e Junior Lemos formando dois meias avançados, e finalmente no ataque a entrada de frente do jogador Grafite, ao lado de Leandro Costa. Só resta esperar, para saber o destino da patativa na fase.

O Santa Cruz que vem de um resultado importante contra o Globo, colocando o time no G 4, daí a importância de uma vitória contra o Time Paraibano,  também porque o Botafogo soma sete pontos, ameaçando entrar também no G 4. O clima no Arruda é tranquilo, enquanto que no Botafogo existe um clima de apreensão, por questões judiciais no Campeonato Paraibano.

O Náutico por sua vez, teve como ultimo resultado uma goleada contra o Salgueiro, o que deixou o grupo bastante otimista, para o jogo em Juazeiro contra o Juazeirense. Porém, a inconstância do timbu e a própria posição de vice-lanterna do grupo deixam muita expectativa na torcida alvi-rubra. É podemos dizer, um jogo muito difícil para o alvi-rubro.

Por sua vez, o Sport depois de perder em Minas Gerais para o Cruzeiro, tem o compromisso difícil contra o Corinthians na Arena, que deverá receber um grande público. A ausência mais notada no Leão da Ilha do retiro é do jogador Marlone. No entanto, o time corintiano vem desfalcado de jogadores importantes no grupo.

Salgueiro, lanterna do grupo tem a chance de tentar a recuperação jogando em casa contra o ABC, é a luta do carcará para fugir da lanterna do grupo. Ainda pela série D, o Belo Jardim no desespero enfrenta ao Imperatriz, enquanto que o Flamengo joga contra o Fluminense de Feira. É difícil a situação dos dois Pernambucanos.

Blog de Airton Sousa: Fim de semana desastroso para o futebol pernambucano

                                                271854,475,80,0,0,475,365,0,0,0,0

Um fim de semana, que o torcedor de Pernambuco vai fazer questão de esquecer. Apenas uma vitória, três empates e três derrotas. Foi esse o balanço esportivo no fim de semana, onde apenas o Sport venceu, com a estreia do treinador Claudinei Oliveira, salvando dessa maneira a participação dos nossos clubes no fim de semana.

No sábado, na Arena de Pernambuco o Santa Cruz jogando muito mal, não conseguiu passar pelo ABC, apenas empatando em 0 x 0. Esse mesmo ABC que jogará nesta terça-feira (01), em Natal contra o próprio Santa Cruz, valendo uma sequencia de dois jogos pela Copa do Nordeste.

Por sua vez o Náutico, que teve em Bruno a sua melhor peça, pelo domínio do time do Atlético do Acre. A derrota de 1 x 0 apenas, não disse o domínio do time do Atlético que mandou no jogo o tempo quase todo, dando ao Náutico mesmo com a volta de Ortigoza poucas chances. No final a derrota de 1 x 0, coloca o timbu numa situação difícil no grupo.

O Sport conseguiu sua primeira vitória, desta feita fora de casa contra o Paraná, com a estreia do treinador Claudinei Oliveira. A vitória do time Leonino foi de 2 x 1, a primeira na sequencia de três partidas, quem sabe iniciando agora uma nova fase na competição. O Sport volta para casa para enfrentar ao time do Bahia.

Enquanto isso, o Salgueiro foi ao Rio Grande do Norte e conseguiu o empate de 1 x 1, contra o Globo. O time salgueirense que vinha de resultados negativos, pelo menos o empate fora de casa, é um consolo para a próxima partida em casa, contra o Atlético do Acre, na expectativa que no fim de semana, o time possa conseguir sua primeira vitória.

Com relação a série D, ninguém ganhou. O Flamengo foi goleado pelo Fluminense de Feira de Santana, com o placar de 5 x 0, um verdadeiro desastre. O Belo Jardim conseguiu um empate dentro de casa, enfrentando a equipe do Imperatriz, não foi um bom resultado pelo fato do jogo ter sido na terra do Bitury.

Finalmente, o Central decepcionou a sua torcida e foi derrotado pelo Sergipe pelo placar de 1 x 0. Os comandados de Mauro Fernandes estiveram numa tarde simplesmente decepcionante, não dando para destacar um jogador  se quer. Para culminar, o técnico Mauro Fernandes foi expulso pelo árbitro do jogo. Agora o time vai ter que recuperar pontos, no jogo de domingo (6), em Arapiraca contra o Asa, que empatou com a Jacuípense pelo placar de 1 x 1.

 

Blog de Airton Sousa: Sport vence, Santa e Náutico perdem e Beto Campos cai

 camisa_retro_nautico_santa_cruz_sport_560_380

Um final de semana, com resultados negativos nas séries B e C, somente o Sport Clube do Recife é que honrou o futebol do nosso estado, vencendo ao Bahia por 3 x 1, dando a volta por cima, em razão de que vinha de dois resultados negativos, pelo Brasileiro e pela Sul-Americana. Com um detalhe: após o jogo o técnico Jorginho do Bahia foi demitido pela diretoria.

Falando do Santa Cruz, o tricolor terminou perdendo de goleada para o Paraná pelo placar de 4 x 0. Foi um time desencontrado, tanto no primeiro como no segundo tempo, deixando-se dominar pelo time adversário. O Paraná não teve trabalho nenhum ao longo do jogo, inclusive com várias chances de ampliar o placar.

O tricolor teve uma defesa falha, um meio de campo pouco criativo e as consequências para os atacantes eram as piores possíveis. Para o jogo contra o Paysandu, o técnico Givanildo Oliveira não vai contar com o zagueiro Jaime que foi expulso, e tem como opção o jogador Anderson Sales. Com a derrota o tricolor caiu para a décima terceira posição e joga nesta terça-feira(01) na Arena de Pernambuco.

O Náutico perdeu o jogo e perdeu também o técnico Beto Campos. Um jogo na Arena de Pernambuco, onde o timbu tinha tudo para somar três  pontos, e não aconteceu. Pelo contrário, veio mais uma derrota, com o time jogando mal e deixando-se dominar pelo adversário.

Com mais essa derrota, a situação complicou mais ainda, porque a diferença do alvi-rubro para o décimo nono colocado, é de sete pontos, o que se torna uma posição praticamente irreversível. A saída do técnico Belo Campos provoca agora o investimento em um outro treinador, e nesse caso o técnico da vez é Roberto Fernandes, atualmente no Confiança. O Náutico joga nesta terça-feira (01), contra o Vila Nova em Goiás.

O Salgueiro também perdeu, desta feita fora de casa para o Fortaleza. A derrota tirou o Carcará do G-4, caindo para a quinta posição. No entanto, nada apavora a comissão técnica e os jogadores, pela facilidade que o time sertanejo tem de se recuperar. Foi assim, no inicio da competição. Só resta aguardar o próximo compromisso.

Finalmente, um vitorioso, e esse foi o Sport Clube do Recife, que venceu ao Bahia na Arena Fonte Nova por 2 x 1. Depois de duas derrotas seguidas e deixando o seu torcedor apreensivo, principalmente a derrota contra o Arsenal. As duas derrotas colocavam duvidas na torcida, no entanto mesmo com  ausências importantes, o time se superou, avançou a marcação e amarrou o time baiano.

 Alguns jogadores se destacaram na partida: Mena, Thomás, Lenis e Everton Felipe, que fizeram o torcedor esquecer Diego Sousa, Richele, André e Samuel Xavier, porque o comportamento do time foi bastante seguro  e aplicado. Com a vitória, o Sport voltou a sexta colocação, com 27 pontos e joga nesta quarta-feira (2), na Arena de Pernambuco, contra o Fluminense, já podendo contar com os profissionais que estiveram de fora contra o Bahia.

Blog de Airton Sousa: Outra vez um final de semana nada positivo

O Sport esteve mal outra vez, o Santa Cruz empatou e o Náutico perdeu e afunda cada vez mais. Salgueiro empata, América perde, Atlético Pernambucano e Central vencem. Esse foi o balanço dos sete representantes de Pernambuco nas séries A,B,C e D do Campeonato Brasileiro nesse final de semana, somando duas vitórias, dois empates e três derrotas. Mais uma vez podemos dizer que não fomos bem na rodada, principalmente os três grandes.

Em meio a muitas críticas a escalação do time e a postura em campo de alguns jogadores, entre eles André e Diego Sousa , o Sport viu o time do Vitória passear em campo e vencer pelo placar de 3 x 1, com muitas reclamações pela maneira com o time leonino jogou, tanto no primeiro como no segundo tempo. Foi um time morto em campo, com o sistema defensivo bastante falho, e os demais setores pouco ou quase nada produzindo.

Com a derrota, o Sport entrou na zona de rebaixamento e agora tem que trabalhar com mais empenho, fazer modificações no elenco, além da carência de contratar, para resolver, porque para fazer de conta já existem no elenco bastante jogadores. Quanto ao treinador Wanderley Luxemburgo, só um bonito discurso, sem que a solução, nem as vitórias venham a acontecer.Agora o time rubro-negro sai para duas partidas, respectivamente contra o Atlético Mineiro e Santos.

Enquanto isso, o Santa Cruz fez um bom jogo contra o Internacional, dentro dos percentuais programados, vencendo fora de casa ao Ceará e empatando em casa contra o Inter. Agora o tricolor tem pela frente o América Mineiro, fora de casa. No entanto os quatro pontos somados nos dois jogos, deram ao técnico Adriano Teixeira, a confiança que ele e o grupo necessitavam, para avançar mais ainda na competição. Mesmo sendo em casa, o empate contra o Internacional, foi considerado um bom resultado, após a vitória contra o Ceará. O Santa Cruz é o quarto colocado, e voltou ao G 4.

Quanto ao Náutico, nada mudou, foi a mesma mediocridade dos jogos anteriores, e nem a chegada do novo treinador Beto Campos,  deu ao time  inspiração e  qualidade, rendendo um futebol pequeno, com pouca produção e no final perdeu mais uma partida por 2 x 1, desta feita para o time do Boa, o que podemos considerar um time de nível fraco. O Náutico volta a jogar amanhã, na Arena de Pernambuco, contra o time do Goiás. Cada vez mais, o timbu observa  de perto , o rebaixamento.

Quanto aos representantes do interior: O Salgueiro empatou em casa com o placar de 1 x 1, contra o Cuiabá, o que podemos considerar um resultado razoável, porque o time vinha em uma sequência  de derrotas. O América foi ao Piauí e perdeu   para o Parnahyba por 2 x 0, e não fez uma boa partida. O Atlético Pernambucano, aproveitou a oportunidade de jogar em casa e teve uma importante vitória de 1 x 0, contra o Fluminense de Feira de Santana, mantendo um bom percentual de aproveitamento na competição.

Para finalizar o balanço dos nossos representantes nesse final de semana, o Central conseguiu uma vitória surpreendente e importante, quando venceu em Alagoas o time do Coruripe pelo placar de 3 x 2. Foi um jogo bastante disputado, com o alvi-negro se superando, já que teve outra vez uma semana tumultuada, com ameaça de greve dos jogadores, falta de pagamento ao grupo e outros problemas.

Mesmo assim, a vitória aconteceu e no final, com a combinação de resultados, pela vitória da Juazeirense em cima do Sousa,com o placar de 3 x 2 na Paraíba. Com os resultados desse domingo (18), a situação do grupo é a seguinte: Juazeirense 9 pontos, Central 7 pontos, Sousa 6 pontos e o Coruripe com 4 pontos, esse o único dos quatro, que não tem oportunidade de classificação.

No próximo final de semana, a ultima rodada tem os seguintes jogos: Central e Sousa, onde o Central tem a obrigação de vencer, enquanto o Juazeirense recebe em casa o time do Coruripe. O Central pode chegar aos 10 pontos, o Juazeirense  a 12 pontos, o Sousa a 9 pontos,  e o Coruripe, que já fora da outra fase pode chegar no máximo a 7 pontos, o que coloca o time de Alagoas fora da disputa.

 

Blog de Airton Sousa: Sport empata e decepciona outra vez

Na noite dessa quarta-feira(14), o Sport jogando na Ilha do Retiro, não passou de um empate contra a equipe do São Paulo. O time comandado por Rogério Ceni, desfalcado de jogadores importantes, não se esforçou muito para arrancar um empate, no Estádio da Ilha do Retiro, o que não deixou de ser um bom resultado.

Quanto ao time de Wanderley Luxemburgo, pouco ou nada mudou das ultimas partidas, a exemplo da dificuldade para sair jogando, falta de criatividade e um ataque que pouco apareceu no jogo, principalmente no primeiro tempo, onde a rigor o time teve apenas uma chance, em um contra-ataque com o jogador André.

No segundo tempo, com a entrada de Everton Felipe, o time melhorou um pouco, no entanto, nada de chamar a atenção. Rogério também entrou, a exemplo de jogos anteriores, totalmente perdido. Uma cabeçada de André, aos 2 minutos, um chute de André, aos 8 minutos,um chute de Everton Felipe, aos 37 minutos, foi o resumo ofensivo do Sport na segunda etapa.

Quanto ao São Paulo, teve chances aos 34 minutos com uma cabeçada de Gilberto, e uma outra cabeçada também de Gilberto, aos 47 minutos. Foi reclamado do àrbitro Heber Roberto Lopes um pênalti em André, aos 49 minutos, no entanto foi um lance um tanto quanto duvidoso. O Sport tem agora oito pontos, enquanto que o São Paulo soma 10 pontos. O próximo jogo do time Pernambucano, será na Ilha do Retiro, domingo,contra o Vitória.

Blog de Airton Sousa: Os Pernambucanos no Brasileiro deste final de semana

Agora, são os nossos clubes se voltarem para o Campeonato Brasileiro, porque já era Copa do Brasil, e a decisão do Campeonato só no dia 18 em Salgueiro. Daí, a necessidade de concentrarem  esforços, se aprimorarem tecnicamente,  para que não aconteçam os mesmos erros primários, das partidas anteriores.

O Sport, que não está bem na série  A, necessita voltar de Santa Catarina com uma vitória contra o Avaí, no domingo às 11 horas. É um adversário de médio porte, no entanto o jogo é na sua casa , o que torna a partida mais difícil para o time rubro negro. Agora sim, já podemos cobrar um pouco mais do técnico Wanderley Luxemburgo, que terá setenta e duas horas, para consertar parte dos erros, principalmente de fundamentos demonstrados contra o Botafogo.

Por sua vez o Santa Cruz, que a partir de agora só tem como competição, o Campeonato Brasileiro, tem que procurar melhorar o seu rendimento, mesmo entendendo que a campanha é boa, porém o futebol em alguns momentos causa preocupação ao seu torcedor, que inclusive derrama muitas criticas ao treinador Vinicius Procópio, que nós sabemos trabalha um grupo extremamente limitado.

No entanto, o treinador recebeu essa semana reforços de peso, o que poderá qualificar o grupo, e dá ao técnico mais opção de trabalho, na escalação e também nas possíveis substituições. O Santa Cruz tem 6 pontos, fruto de duas vitórias. Enfrentando neste sábado à tarde no Arruda, a equipe do ABC, um time modesto, porém com um técnico que conhece profundamente o nosso futebol. Geninho é  na verdade, um treinador sério, e que não podemos discutir a sua competência. Esse é um jogo  de seis pontos.

O Central, continua no Lacerdão, depois de perder para o Sousa e vencer ao Coruripe. No momento, o time patativa é o terceiro colocado do grupo, somando três pontos. A vitória contra o Juazeirense é fundamental, porque depois o time tem dois jogos fora de casa. A semana patativa foi tumultuada, com jogadores indo embora, os que ficaram ameaçaram não treinar na quinta-feira, porém esperamos que domingo, o time possa se empenhar no sentido de vencer ao time Baiano.

Outros jogos dos Pernambucanos : Botafogo x Salgueiro em João Pessoa. Itabaiana e Atlético Pernambucano em Sergipe. América e Globo em Pernambuco.

Blog de Airton Sousa: Jogos de Pernambuco para essa semana

Uma semana recheada de jogos, das mais diversas competições,  com a inclusão das Copas do Brasil e Sul-Americana, Campeonato Brasileiro, séries A e B, onde será necessário os nossos clubes estarem preparados para a quantidade de jogos e competições, em razão principalmente das viagens e dos concorrentes.

Nessa quarta-feira(10), o Santa Cruz estreia na Copa do Brasil, jogando no Estádio José do Rêgo Maciel, contra a boa equipe do Atlético do Paraná. Muita responsabilidade para o tricolor Pernambucano, em razão de que passaram-se quatro fases para que o Santa Cruz, viesse a estrear na competição, em razão do título conquistado em 2016, da Copa do Nordeste.

Quanto ao Atlético do Paraná, joga com alguns desfalques, no entanto, não deixa de ser um adversário forte e de respeito. Porém, pelo fato de jogar fora de casa, a equipe Paranaense venha a se fragilizar. Daí aumentar a responsabilidade do time tricolor, sendo bastante importante ter precauções, para evitar um vexame em casa diante da sua torcida.

Enquanto isso, quinta-feira(11), o Sport tem o  jogo de volta em Montevidéo, contra o Danúbio do Uruguai, que veio ao Recife e perdeu pelo placar de 3 x 0. Daí o treinador Ney Franco, anunciar algumas ausências para esse jogo, entre elas: Ronaldo Alves, Richelly, Samuel Xavier, Juninho,  além de Diego Sousa.

Já na sexta-feira(12), o Náutico de técnico novo, estreia no Campeonato Brasileiro da série B, cercado de muitos problemas: técnicos, financeiros e administrativos. E para completar, o jogador Éverton Páscoa, pediu dispensa do grupo, tornando-se uma dor de cabeça a mais para Waldemar Lemos. O jogo será na Arena de Pernambuco, de portões fechados, pela punição dos fatos que ocorreram o ano passado, contra o Oeste.