Blog de Airton Sousa: Fim de semana de derrotas para Pernambuco

Sport-Salgueiro-e-Santa-Cruz

Tivemos um fim de semana, onde os rubro-negros e os tricolores jogaram e não conseguiram vencer. Para ninguém falar de ninguém, o Santa Cruz perdeu e o Sport também , e só uma  coincidência, pelo mesmo placar: 2 x 0, ambos jogaram fora da Capital Pernambucana, e quem sabe esse fato seja um consolo para as torcidas.

O Santa Cruz, com muitas modificações e a esperança na volta de Grafite, não conseguiu incomodar o Guarani e terminou perdendo o jogo, sem qualquer poder de reação, já que entrou totalmente desligado, e tomou dois gols em menos de dez minutos, desmantelando  o grupo, logo no inicio da partida.

Grafite, no sacrifício na maioria do jogo voltando para apanhar a bola, deixando o seu setor livre, facilitando o trabalho da zaga adversária. Com a derrota, o time tricolor é mais um na zona de rebaixamento, fazendo companhia ao time do Náutico. Como se não bastasse um, agora dois pernambucanos ameaçados de rebaixamento.

O Sport não fez diferente, também perdeu por 2 x 0, não jogou nada, pouco incomodou a defesa e o goleiro Fabio do Cruzeiro, e terminou descendo mais ainda na classificação. Todos esperavam que o time de Mano Meneses entrasse com o time misto. Nada disso, o técnico colocou em campo as melhores peças, apenas Rafael Sobis e Digão não jogaram.

Com o time completo, visando ampliar as jogadas para a decisão da quarta-feira, contra o Grêmio, o Cruzeiro se empenhou em campo, dominou do começo ao fim o time rubro-negro e mandou no jogo, principalmente o jogador Tiago Neves que foi dono absoluto das ações, com Sassá marcando aos 34 do primeiro tempo, e Raniel aos 42 da segunda fase.

Quanto ao rubro-negro, a maioria das peças destoaram. A zaga foi falha, inclusive nos dois gols do Cruzeiro, com falha direta de Ronaldo Alves, a meia cancha totalmente dominada, com Diego Sousa escondido no jogo, e o ataque com Lenis muito mal,  André isolado e alheio ao que  rolava dentro de campo. O Sport descansa 11 dias, para enfrentar ao Grêmio em Porto Alegre, no dia 02 de setembro.

 Para fechar esse final de semana de derrotas para Pernambuco, o Salgueiro que vinha em uma sequência muito boa de vitórias, perdeu neste domingo à noite, para o time do Cuiabá pelo placar de 1 x 0, deixando desta maneira o G-4. Com a derrota o time do sertão encerrou a rodada ocupando a quinta posição, o que é lamentável. Portanto, só não perdeu quem não jogou: Sport , Santa Cruz e Salgueiro. Todos decepcionaram e perderam.

Blog de Airton Sousa: Balanço de Pernambuco no Brasileiro

Tivemos apenas uma vitória Pernambucana no Campeonato Brasileiro e três derrotas, nas séries A, B e C da competição. O Sport venceu ao Atlético Paranaense pelo placar de 1 x 0, mais um vez com um gol irregular, aos 30 minutos do segundo tempo, através de um pênalti, marcado  pelo árbitro Graziani Rocha, do Rio Grande do Sul, e cobrado por Diego Sousa.

O Leão dominou o jogo, teve mais chances, mais posse de bola. Contra um adversário que não saiu para o jogo, com a ausência de seis titulares, limitando-se apenas a marcar e se defender.Porém, não podemos deixar de dizer, a exemplo do jogo decisivo contra o Salgueiro, que o rubro-negro foi beneficiado. Com a vitória, o Sport afastou-se da zona de rebaixamento, somando 15 pontos. Próximo jogo pelo Brasileiro, no dia 10, contra o Coritiba.

Já o Santa Cruz, jogando contra o Oeste, voltou a perder e desta feita pelo placar de 2 x 0. O tricolor não se encontrou em momento algum do jogo, sem que houvesse combinação entre Elí Carlos e Derley, os laterais com bastante fragilidade e mesmo com quatro atacantes, em alguns momentos(Facundo, Barbio, Sheik e Ricardo Bueno), o time não conseguiu ser ofensivo.

O Santa volta para casa, e enfrenta ao Brasil de Pelotas, com a obrigação de vencer, porque a luz na zona de rebaixamento está bem próxima, e o time está vindo de uma sequência de resultados negativos na série-B. A novidade do final de semana, foi a contratação do técnico Givanildo, após doze anos o treinador está de volta  ao Arruda. Vamos vê que milagre vai acontecer.

Por sua vez, o Náutico perdeu, o que não é novidade. Mais uma derrota e desta feita para o time do CRB, treinado pelo Dado Cavalcanti, que conhece muito bem o futebol Pernambuco, e aplicou o Regatas tecnicamente, de uma maneira que não deu oportunidade do Náutico reagir. O próximo jogo timbu, é fora de casa, nesta terça-feira em Natal, contra o ABC treinado pelo técnico Geninho.

Finalmente, o Salgueiro que justificava as derrotas no Brasileiro da série-C, porque os jogadores estavam com a cabeça na decisão do Campeonato Pernambucano, acabou perdendo mais uma, desta feita em casa , para o time do CSA pelo placar de 1 x 0, e afundando mais ainda rumo ao rebaixamento para a série D, o que é lamentável. Vamos aguardar as providencias no Carcará, para evitar que mais um pernambucano, venha a ser rebaixado.