Blog de Airton Sousa: Outra vez um final de semana nada positivo

O Sport esteve mal outra vez, o Santa Cruz empatou e o Náutico perdeu e afunda cada vez mais. Salgueiro empata, América perde, Atlético Pernambucano e Central vencem. Esse foi o balanço dos sete representantes de Pernambuco nas séries A,B,C e D do Campeonato Brasileiro nesse final de semana, somando duas vitórias, dois empates e três derrotas. Mais uma vez podemos dizer que não fomos bem na rodada, principalmente os três grandes.

Em meio a muitas críticas a escalação do time e a postura em campo de alguns jogadores, entre eles André e Diego Sousa , o Sport viu o time do Vitória passear em campo e vencer pelo placar de 3 x 1, com muitas reclamações pela maneira com o time leonino jogou, tanto no primeiro como no segundo tempo. Foi um time morto em campo, com o sistema defensivo bastante falho, e os demais setores pouco ou quase nada produzindo.

Com a derrota, o Sport entrou na zona de rebaixamento e agora tem que trabalhar com mais empenho, fazer modificações no elenco, além da carência de contratar, para resolver, porque para fazer de conta já existem no elenco bastante jogadores. Quanto ao treinador Wanderley Luxemburgo, só um bonito discurso, sem que a solução, nem as vitórias venham a acontecer.Agora o time rubro-negro sai para duas partidas, respectivamente contra o Atlético Mineiro e Santos.

Enquanto isso, o Santa Cruz fez um bom jogo contra o Internacional, dentro dos percentuais programados, vencendo fora de casa ao Ceará e empatando em casa contra o Inter. Agora o tricolor tem pela frente o América Mineiro, fora de casa. No entanto os quatro pontos somados nos dois jogos, deram ao técnico Adriano Teixeira, a confiança que ele e o grupo necessitavam, para avançar mais ainda na competição. Mesmo sendo em casa, o empate contra o Internacional, foi considerado um bom resultado, após a vitória contra o Ceará. O Santa Cruz é o quarto colocado, e voltou ao G 4.

Quanto ao Náutico, nada mudou, foi a mesma mediocridade dos jogos anteriores, e nem a chegada do novo treinador Beto Campos,  deu ao time  inspiração e  qualidade, rendendo um futebol pequeno, com pouca produção e no final perdeu mais uma partida por 2 x 1, desta feita para o time do Boa, o que podemos considerar um time de nível fraco. O Náutico volta a jogar amanhã, na Arena de Pernambuco, contra o time do Goiás. Cada vez mais, o timbu observa  de perto , o rebaixamento.

Quanto aos representantes do interior: O Salgueiro empatou em casa com o placar de 1 x 1, contra o Cuiabá, o que podemos considerar um resultado razoável, porque o time vinha em uma sequência  de derrotas. O América foi ao Piauí e perdeu   para o Parnahyba por 2 x 0, e não fez uma boa partida. O Atlético Pernambucano, aproveitou a oportunidade de jogar em casa e teve uma importante vitória de 1 x 0, contra o Fluminense de Feira de Santana, mantendo um bom percentual de aproveitamento na competição.

Para finalizar o balanço dos nossos representantes nesse final de semana, o Central conseguiu uma vitória surpreendente e importante, quando venceu em Alagoas o time do Coruripe pelo placar de 3 x 2. Foi um jogo bastante disputado, com o alvi-negro se superando, já que teve outra vez uma semana tumultuada, com ameaça de greve dos jogadores, falta de pagamento ao grupo e outros problemas.

Mesmo assim, a vitória aconteceu e no final, com a combinação de resultados, pela vitória da Juazeirense em cima do Sousa,com o placar de 3 x 2 na Paraíba. Com os resultados desse domingo (18), a situação do grupo é a seguinte: Juazeirense 9 pontos, Central 7 pontos, Sousa 6 pontos e o Coruripe com 4 pontos, esse o único dos quatro, que não tem oportunidade de classificação.

No próximo final de semana, a ultima rodada tem os seguintes jogos: Central e Sousa, onde o Central tem a obrigação de vencer, enquanto o Juazeirense recebe em casa o time do Coruripe. O Central pode chegar aos 10 pontos, o Juazeirense  a 12 pontos, o Sousa a 9 pontos,  e o Coruripe, que já fora da outra fase pode chegar no máximo a 7 pontos, o que coloca o time de Alagoas fora da disputa.