Blog de Airton Sousa: Atlético e Coritiba quebram barreira de monopólio

Com as torcidas presentes no estádio, na vibração e rivalidade do futebol do Paraná, todos aguardavam ansiosos a entrada dos times, e consequentemente o início da partida. De repente, entra o Atlético em campo e passados alguns minutos, o técnico Paulo Autuori, chama os jogadores para se retirarem. Ninguém entendeu nada, porque momentos após, o mesmo fato aconteceu com o Coritiba, mesmo com o trio de arbitragem presente no centro do gramado.

Posteriormente os times entraram em campo outra vez, para evitar a perda de pontos por WO. Aí começou a confusão nas explicações dos dirigentes para a imprensa. O fato é que os dois clubes não assinaram o patrocínio da transmissão, com a estação detentora dos direitos, e acordaram para transmitir o jogo pelo youtube, sem o consentimento da Federação Paranaense de Futebol.

Confusão  no gramado, nos bastidores, nas arquibancadas e a essa altura, fora do estádio e nas ruas, onde houve a intervenção do policiamento, que foi importante para evitar que fatos mais graves viessem a acontecer. Esse é um fato que demonstra mais uma vez, o poder de alguns veículos de comunicação no nosso futebol, chegando ao extremo de deixar de acontecer um jogo, com os times e as torcidas presentes em campo, em um autêntico desrespeito a história do futebol brasileiro.

A ideia com a atitude do que aconteceu no futebol do Paraná, é quebrar o monopólio de alguns canais de televisão, que, em parceria com as Federações Estaduais e a CBF, vem trazendo cada vez mais prejuízos morais e financeiros para o nosso futebol, e principalmente um tremendo desrespeito ao torcedor brasileiro. Agora, é aguardar o desdobramento do fato, através dos órgãos responsáveis, pelo lado jurídico do nosso futebol.

Blog de Airton Sousa: G4 e Z4 ainda em disputa na série A

Que América, Santa Cruz e Figueirense já estão rebaixados, já sabemos. Agora a questão é saber quem será o outro clube, a formar o Z4, e consequentemente ser rebaixado para a série B, em 2017. Uma disputa acirrada entre Sport, Vitória e Internacional. Este, inclusive, nesta segunda-feira(21/11), perdeu para o Corinthians, de uma maneira duvidosa, pela marcação de um pênalti, que deu a vitória ao time Corintiano, que aproximou-se do G6, e volta a brigar por uma vaga na Libertadores.

O Sport tem 43 pontos, e entende-se que a salvação foi aquele resultado, no mínimo comprometido contra o Grêmio, porque a sequência do time rubro negro, foi duas derrotas, contra o Cruzeiro, na Ilha do Retiro e contra o Atlético, no Paraná. Porém entre os três ameaçados, o time leonino, é o que está com mais probabilidade de se manter na primeira divisão.

O Vitória, por sua vez, é o 16º colocado, tem 42 pontos e enfrenta na 37a rodada, o Coritiba, no Paraná, encerrando em casa contra o Palmeiras. Portanto também apresenta possibilidade de se manter na divisão de elite. Porque neste caso, a exemplo do Sport, o time baiano só depende dele.

Agora, complicada mesmo, é a situação do Internacional que continua na zona de rebaixamento, com 39 pontos, e que teve sua situação mais complicada, após a derrota para o Corinthians. Tem pela frente dois jogos difíceis, na 37a. rodada, na Arena Beira Rio, enfrenta o Cruzeiro, e na última rodada, tem fora de casa, o  Fluminense. A situação complica mais ainda, porque além de vencer, o clube gaúcho tem que torcer por resultados negativos do Sport ou do Vitória. Realmente, a situação do Internacional, é com certeza, a mais complicada, o que podemos dizer que o time colorado, está com o pé na segunda divisão em 2017.

Blog de Airton Sousa: Resultados de Pernambuco na série A

Um jogo eletrizante, com seis gols e uma partida disputada do começo ao fim. Foi esse o resultado do encontro deste domingo às 18:30 h,  no Estádio José do Rego Maciel, envolvendo Santa Cruz e Atlético Mineiro. No final, o placar de 3 x 3, com gols que surgiam a cada momento, tornando o jogo extremamente gostoso de ser assistido.

No primeiro tempo o tricolor venceu parcialmente pelo placar de 2 x 1, com Fred marcando aos 5 minutos, Grafite aos 13 minutos, e Keno aos 30 minutos. O técnico Marcelo Oliveira, do Atlético, contou com Fred, Marcos Rocha, Rafael Carioca e Cazares. Os demais titulares foram poupados, em razão da primeira partida decisiva, que acontecerá quarta-feira(23), contra o Grêmio, na decisão da Copa do Brasil.

Na segunda etapa, mais gols e emoções. Clayton empatou aos 9 minutos, Vitor desempatou aos 13 minutos e finalmente Hyuri fechou o placar aos 34 minutos. O time mineiro com o empate, continuou no quarto lugar com 62 pontos, enquanto que o Santa Cruz continua na décima nona, com 28 pontos. O próximo jogo do tricolor Pernambucano será contra o Grêmio no Arruda.

Por sua vez, o Sport perdeu para o Atlético Paranaense pelo placar de 2 x 0, em um jogo em que o rubro negro, voltou a jogar mal, entre eles Diego Sousa, com um futebol lento e improdutivo, sendo na sequência, duas derrotas consecutivas. Passes errados, meio de campo dominado pelo meio de campo adversário, e o goleiro Ueverton, do Atlético, sem nenhum trabalho. André Lima marcou aos 22 minutos, enquanto que Tiago Heleno, de pênalti, fez o segundo gol, tudo isso no primeiro tempo.

No segundo tempo, o Sport melhora um pouco, tem oportunidade de gols com Diego Sousa, aos 7 minutos e Ritchely,  aos 14 minutos. Depois disso, o time paranaense voltou a dominar o jogo, mesmo com as entradas de Apodí, Túlio de Melo e Gabriel Xavier, que não influenciaram em nada, para evolução do time Pernambucano.

Com essa derrota, o Sport continua na décima quinta posição, com 43 pontos, porém com o resultado do Vitória, contra o Figueirense pelo placar de 4 x 0, a situação do time da Ilha do Retiro, agora fica complicada, visto que apenas um ponto, separa o rubro negro Pernambucano, do rubro negro Baiano. O próximo jogo do Sport, é contra o já rebaixado América Mineiro, em Minas Gerais.

Blog de Airton Sousa: Finalmente uma vitória do Santa Cruz

Depois do desespero da torcida, ao longo de quase dez jogos, finalmente o Santa Cruz surpreende e vence pelo placar de 1 x 0 ao Atlético do Paraná, no Arruda, na noite dessa quarta-feira(14). O time Atleticano jogou o tempo todo na retaguarda, esperando sempre o Santa Cruz,  daí o tricolor atuou mais ofensivamente, porém, poucas foram as chances de gol, principalmente no primeiro tempo de jogo. No entanto já no primeiro tempo o Santa Cruz teve mais domínio no jogo. Sem Grafite e colocando a esperança de gol no atacante Bruno Morais, as jogadas para o ataque foram se sucedendo e a retaguarda do Atlético também colaborando para que os atletas do Santa Cruz tivessem condição de finalizar algumas bolas contra a meta do time Paranaense.

No segundo tempo não foi diferente, o Santa Cruz se impondo, dominando o jogo pelo meio, devido a limitação dos seus laterais, principalmente Tiago Costa, porque sabemos da qualidade técnica de Léo Moura. No entanto, a condição física e a idade, já não permitem que o jogador mantenha uma regularidade de um jogo para o outro. As chances iam surgindo e sendo desperdiçadas.  Quando o torcedor, na sua maioria, já havia deixado o Arruda,  eis que surge a bola salvadora de Bruno Morais, indefensável para o bom goleiro atleticano, e aí depois de muito tempo, a vitória de 1 x 0 para o time do Arruda, encontrando apesar das dificuldades, uma merecida vitória. Agora o Santa Cruz enfrenta ao Santos na baixada santista, em mais um jogo complicado e difícil, o que aliás, tem sido uma rotina no time do Arruda.

Blog de Airton Sousa: Otimismo toma conta dos leoninos

Foi um dia de festa na Ilha do Retiro, principalmente depois que a torcida tomou ciência que o técnico Paulo Autuori do Atlético Paranaense, não poderia contar com mais da metade dos titulares, inclusive o terror das defesas, o atacante Walter. Daí um público de mais de vinte e duas mil pessoas que compareceu ao jogo, terem visto um time valente, dinâmico e voluntarioso, principalmente no primeiro tempo. Diego Sousa, ao lado de Everton Filipe e Rogério, enquanto tiveram condição física mandaram realmente no time paranaense. Os dois gols do jogo, foram  lances criados por Rogério, aos 15 minutos do primeiro tempo, onde o atacante sofreu um pênalti, convertido com muita qualidade por Diego Sousa, e no segundo tempo também Rogério chutou, o goleiro Weverton largou nos pés de Edmilson que complementou, fechando o placar de 2 x 0.

Foram dois tempos distintos, no primeiro tempo com o domínio total do time pernambucano e o segundo tempo, com a queda física das principais peças do Sport, o Atlético aproveitou, porém encontrou no goleiro Magrão e na dupla de  zagueiros Matheus Ferraz  e Ronaldo Alves, a segurança  que a defesa necessitava. Porém, com algumas mudanças feitas pelo técnico atleticano, o time cresceu tendo várias oportunidades, a maioria delas com o jogador Pablo. Destacamos no time do Atlético alguns jogadores: Rafael Galhardo, Paulo André, Luciano Cabral, Pablo e Marcos Guilherme, que demonstraram um bom potencial técnico. Porém, o importante é que o time rubro negro emplacou a terceira vitória consecutiva, somando agora 21 pontos, aproximando-se dos dez melhores colocados e começando a atingir os percentuais necessários para virar essa fase, com uma soma  entre 24 e 26 pontos, condição indispensável para entrar na segunda fase, com mais condição de, no mínimo, se manter na primeira divisão em  2017. Os jogos restantes dessa fase para o Sport são: América Mineiro em Recife e Figueirense em Santa Catarina, dois adversários aparentemente frágeis, principalmente o América, que dificilmente escapa do rebaixamento.

Blog de Airton Sousa: Notícias do Sport e Santa Cruz

Depois de dois resultados altamente positivos, o Sport joga neste sábado (30), na Ilha do Retiro contra o Atlético do Paraná. O time rubro negro vem de uma vitória em casa contra o Grêmio pelo placar de 4 x 2 e outra vitória fora de casa contra o Cruzeiro por  1 x 0. Foram seis pontos tão importantes que afastaram o time leonino da zona de rebaixamento.  O melhor desses pontos conquistados é que, se conseguir uma vitória esta noite, contra o time paranaense, a equipe pernambucana aproxima-se dos dez melhores colocados, o que será um ponto muito positivo para virar essa primeira fase do Brasileiro da série A.

A volta de Durval, trás mais otimismo ainda,  enquanto que o time do Atlético tem ausências interessantes, a exemplo do atacante Walter, o que pode beneficiar o rubro negro pernambucano. O técnico Oswaldo de Oliveira está otimista, principalmente pelo momento que passa o seu time. Depois do jogo de hoje, o Sport continua em casa para jogar contra o lanterna da competição, América Mineiro, o que se espera que serão mais três pontos a serem somados.

Enquanto isso, também esta noite às 21.00 horas, em Porto Alegre, o Santa Cruz tem um jogo difícil contra o Grêmio, terceiro colocado com 30 pontos, e uma campanha quase irretocável na competição. Em contra partida, o tricolor encontra-se numa posição complicada, perdendo jogos sucessivos, inclusive em casa, deixando preocupados, dirigentes, comissão técnica e torcida.  O tricolor tem uma sequência de jogos difíceis. Após o jogo desta noite, jogará contra o Atlético em Minas, e em casa contra o São Paulo, fechando sua participação nessa primeira fase do Brasileiro da  série A. Com João Paulo e Neris de fora, o técnico Milton Mendes tem perdido noites de sono, para repor essas e outras ausências. No entanto, é pensar primeiro no Grêmio, depois ver o que é possível fazer nas partidas restantes dessa fase.

Blog de Airton Sousa: Dois Atléticos contra os Pernambucanos

Depois da derrota para o Sport no Arruda, nas circunstâncias que todos viram, onde o time tricolor não existiu em campo, e merecia ter perdido por um saco de gols, a equipe entra em campo neste sábado, na baixada, contra o Atlético do Paraná. Algumas perguntas ainda sob o futebol não jogado pelo time do Arruda : Foi sapato alto? Foi uma daquelas noites em que nada deu certo? Foi excesso de preciosismo? O foi o adversário que realmente fez valer a rivalidade, a necessidade de começar a vencer na competição?

Bem, todas essas perguntas poderão ser respondidas após o jogo contra o time paranaense, onde jogar na baixada não é fácil, e o Santa Cruz vai ter que se superar, fazendo com que o seu torcedor esqueça o acidente de percurso que aconteceu contra o Sport, e volte a acreditar no futebol que o seu time vinha jogando até então.

Eu prefiro acreditar, que foi na realidade sapato alto, onde o time foi surpreendido pelo plano tático do adversário, e quando tentou se encontrar já estava totalmente envolvido pelo time rubro negro. O técnico também reconhece que o seu planejamento falhou, como falharam alguns setores, principalmente os alas, zagueiros e meio campistas. Vejamos então como a equipe se comportará, diante de um Atlético que não teve, até agora, uma participação de destaque. Volta Neris a zaga tricolor, o que até certo ponto já dá uma tranquilidade ao setor.

Quanto ao outro pernambucano, o Sport Clube do Recife, que surpreendeu ao adversário na quarta feira passada, enfrenta ao outro Atlético, desta feita o Mineiro, na Ilha do Retiro, nesse domingo à tarde. E depois dos gols perdidos e da vitória apertada, porém com mérito, o time leonino fica na obrigação de vencer ao time mineiro, para provar que tudo aquilo que aconteceu contra o santa Cruz, não foi apenas pela rivalidade, e sim, pela evolução que o elenco está buscando. Será um jogo complicado, o Sport não pode desperdiçar tantas oportunidades, porque com certeza, se assim proceder, o time Atleticano vai tirar proveito pela qualidade dos seus finalizadores.

É o tipo do jogo onde o técnico Oswaldo de Oliveira, terá que ter muita precaução, principalmente porque o seu time abusou de perder gol, e apenas o Edmilson deu uma nova cara ao ataque, faltando o compromisso ofensivo dos demais jogadores. Aguardemos então para ver se o Sport desse domingo à tarde, é ou não, um time em evolução, pelo que deixou transparecer diante do seu arqui rival Santa Cruz.

Foto: Internet

Foto: Internet