Blog de Airton Sousa – Sport é goleado e perde Magrão

                                                                    atletico-pr-x-sport

Nada de empolgação, era o que deveria ter acontecido após a vitória contra o Internacional. Porém, mesmo com a condição difícil na tabela o treinador, o grupo de jogadores e a torcida exageraram no otimismo, e a verdade é que foi apenas uma zebra e o resultado foi fruto do futebol que o Internacional não trouxe para Pernambuco.

É tanto que nesse domingo (14), o Internacional jogou um grande futebol, goleou o São Paulo e chegou a segunda colocação com 56 pontos, vendo a falta que fez o relaxamento por ocasião do jogo contra o Sport. Se tem encarado com responsabilidade o jogo passado, estaria dividindo a liderança com o Palmeiras.

Porém, não nos interessa o Internacional. O que interessa nesse instante é que o Sport tomou mais uma goleada, perdeu Magrão por contusão, com suspeita de fratura no ante-braço, com o risco de ficar de fora o resto do campeonato, o que é uma pena pela qualidade do profissional e pela falta que fará ao time rubro-negro.

Agora falando do jogo, tivemos um primeiro tempo em que o Atlético foi absoluto. Teve 82% de posse de bola, chutou nove vezes com perigo, dominou em cima dos alas leoninos, mandou no meio de campo e fez o Sport tremer, perdendo todas as bolas que sobravam na frente da área.

No entanto, o Sport escapou com um zero a zero. No segundo tempo, o técnico Milton Mendes colocou Brocador no lugar de Mateus, porém tomou o primeiro gol aos dois minutos de jogo, desarrumando o time todo. Na sequencia, aos 10 minutos Raul Prata cometeu um pênalti, convertido por Bergson e permitindo que o Atlético chegasse ao segundo gol.

Aí as coisas ficaram mais fáceis, o Sport desesperado e o Atlético administrando a vantagem. Veio então uma sequencia de substituições: Rafael Marques, Nonoca, Rony e Wellington. Continuava a predominância do time do Paraná, aos 36 minutos para complicar a situação, Magrão deixou o campo com uma contusão no antebraço.

Como o Sport não podia mais substituir, o treinador colocou Gabriel no gol, facilitando mais ainda o jogo. Aos 39 minutos Bergson ampliou, e Rony fechou o placar de 4 x 0. Como detalhe: o pênalti foi cometido por Raul Prata fora de posição, e os dois últimos gols do Atlético, foram do lado defendido por Raul Prata.

As ausências de Jair, Durval e Sander com certeza ajudaram na fragilidade do time leonino. O Sport permanece na décima nona posição com 27 pontos, ainda mais próximo do rebaixamento. O próximo compromisso é sábado à noite (20), contra o Vasco da Gama. Só o maior dos milagres, evita o Sport de ser rebaixado.

Está anunciada para terça-feira (16), uma reunião em Boa Viagem com os ex-presidentes do Sport, com a coordenação de Jarbas Guimarães e Homero Lacerda, que anunciam a presença de vários ex dirigentes, com a finalidade de tratarem de assuntos das próximas eleições. Também na terça-feira, desta feita a seleção brasileira volta a campo contra a Argentina.

Blog de Airton Sousa – Sem Anselmo e Sander, o Sport vence mais uma

Sport x Atlético PR - Brasileirão 2018

Havia muita expectativa em torno das ausências de Anselmo que foi embora para o futebol da Arábia, e Sander que cumpria a suspensão automática , pela força que esses dois jogadores conseguiam dar ao time Leonino. No entanto, a força de vontade e a determinação fizeram com que o time se superasse, e conseguisse mais uma importante vitória.

Foi um primeiro tempo apenas razoável com o Sport criando mais do que o Atlético, que entrou em campo para jogar por uma bola, porém poucas foram as jogadas construídas pelo time do Paraná, enquanto que o Sport criou algumas oportunidades, sem contudo chegar a finalizar sem muito perigo para o gol de Santos.

Evandro no lugar de Sander, Deivid no lugar de Anselmo, a rigor essas foram as alterações do time no inicio do jogo. Felipe Bastos chutava com perigo aos 10 minutos, Gabriel aos 27 minutos, Raul Prata aos 29 minutos e finalmente aos 33 minutos, uma bola cruzada por Felipe Bastos . No total de quatro chances concretas de gol, para o time Pernambucano.

No inicio do segundo tempo, o inesperado. Um minuto de jogo, uma bola praticamente do meio de campo, com o goleiro Santos adiantado, Felipe Bastos lança uma bola e simplesmente Santos aceita, dando ao Sport naquele momento o primeiro gol da partida. O que foi uma ducha fria, nas pretensões do time paranaense.

Com o gol tomado no primeiro momento do jogo, não tinha outra alternativa ao Atlético, se não evitar tomar mais um gol. Aconteceram muitas modificações nas duas equipes. Bergon aos 7 minutos, Durval aos 15 minutos, Michel Bastos aos 21 minutos, Bruno Guimarães aos 24 minutos,  Neto Moura aos 26 e Bil aos 34 minutos.

O Sport teve poucas chances que merecessem registro no segundo tempo, enquanto que o Atlético teve uma boa oportunidade através de Lucho Gonzales aos 38 minutos, registrando-se a grande defesa de Magrão. Com a vitória, o Sport passou a somar 18 pontos, ocupando a segunda posição. O próximo jogo do Leão será contra o Vasco da Gama no Rio de Janeiro.

Blog de Airton Sousa: O Sport joga na retranca e perde

Atlético-PR-x-Sport

Na tarde desse domingo (22) na Arena da Baixada, o Sport Clube do Recife jogou e perdeu para o Atlético do Paraná pelo placar de 2 x 1. O esquema do técnico Wanderley Luxemburgo jogando com excesso de volantes só beneficiou ao adversário, pela dificuldade que o Sport encontrou para jogar mais ofensivo.

No primeiro tempo, a equipe Paranaense teve cinco chances de gol concretas, contra apenas duas chances do Sport, mesmo assim com bolas aéreas sem muita perspectiva e André distante da área, provocando uma vantagem para o adversário, principalmente nas decidas em contra-ataques pelo setor esquerdo.

Não tivemos gols no primeiro tempo, no segundo tempo a principio as equipes voltaram sem alteração,  porém aos 12 minutos era a primeira chance do jogo para o Sport com Oswaldo, em seguida Lucas Ribamar perde um gol aos 15 minutos e aos 16 minutos acontece o gol Atleticano com o jogador Lucho Gonzales, colocando o atlético na frente do placar.

Depois do gol, varias alterações: Rogério, Juninho e Rodrigo pelo Sport. Felipe, Rossêto e Sidcley pelo Atlético Paranaense. Após as modificações o jogo cresceu a favor do Atlético, em razão das substituições do Sport, exceção do Rogério porque Juninho e Rodrigo entraram para segurar o empate pelo quantidade de volantes colocados pelo técnico Luxemburgo.

Diego Sousa marcou o gol de  pênalti aos 25 minutos  empatando o jogo, aliás muito apagado no jogo  Diego Sousa. Para complicar a situação Leonina, aos 43 minutos o jogador Richely que também não teve uma boa atuação, cometeu  um pênalti e Felipe cobrou com maestria colocando outra vez o Atlético na frente, fechando o placar de 2 x 1 no jogo. O próximo jogo ao Sport, será domingo (27) contra o Coritiba na Ilha do Retiro.

Blog de Airton Sousa: Pernambuco dá adeus a Copa do Brasil

Na noite desta quarta-feira (31), os dois representantes de Pernambuco, disputaram a chance de ir às quartas de final da Copa do Brasil. Infelizmente, ambos esbarraram nas limitações e terminaram dando adeus a competição. O Santa Cruz perdeu para o Atlético do Paraná, por 2 x 0, no Paraná. Enquanto que o Sport empatou na Ilha do Retiro, em 1 x 1 contra o Botafogo, quando só a vitória com diferença de dois gols, era o que interessava ao Leão.

A desclassificação do Santa Cruz, deve-se ao resultado do primeiro jogo no Arruda, onde com o empate em casa, o tricolor teria que vencer ao Atlético, na baixada. Era difícil, e todos sabiam, pela qualidade no time Paranaense. E não deu outra, o Atlético venceu por 2 x 0, avança para as quartas de final, enquanto que o Santa encerrou a sua participação. O time do Paraná foi absoluto, mereceu a classificação, enquanto que o Santa Cruz, limitou-se apenas a duas jogadas ofensivas, o que foi muito pouco. Agora, é esperar que o time tricolor, com os reforços possa produzir mais, no Campeonato Brasileiro.

Outro desclassificado, foi o Sport Clube do Recife. Nem mesmo a estreia do técnico Wanderley Luxemburgo, deu qualificação ao time leonino. Uma zaga lenta e falha, um meio de campo marcando com fragilidade, e o ataque sem produzir, inclusive Rogério sendo expulso mais uma vez, desta feita no segundo tempo de jogo. Diego Sousa jogando apenas um tempo, cansando na segunda fase, e jogando um pouco mais avançado.

Quanto ao time do Botafogo, muito bem treinado por Jair Ventura, foi rápido do meio de campo para frente, tendo como destaque a qualidade de João Paulo, Camilo, Roger e Rodrigo Pimpão, que aproveitaram a lentidão da defensiva rubro negra. Com o placar de 1 x 1, o  Botafogo ganhou a classificação para as quartas de final, enquanto que o Sport parou na competição. O time leonino segue em três competições: Campeonato Pernambucano, Copa Sul-Americana e Campeonato Brasileiro. Esperar as mudanças no time da Ilha, com os reforços e agora, com o  comando de Wanderley Luxemburgo.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz estréia na Copa do Brasil com um empate

Depois de acontecerem quatro fases, o Santa Cruz estreou nessa quarta-feira(10), na Copa do Brasil. Um adversário tradicionalmente qualificado, acostumado com competições nacionais e internacionais. No entanto, para o jogo, o técnico Paulo Autuori, optou por contar com um time mesclado.

Porém, o time do Atlético do Paraná, foi melhor do que o Santa Cruz, nos dois tempos de jogo, inclusive com jogadores de destaque do time tricolor, desaparecidos na partida, não contribuindo para que acontecesse a vitória em casa. Zero a zero foi o placar do jogo, e agora a partida de volta, acontecerá no dia 31 deste mês.

O árbitro Graziani Rocha do Rio Grande do Sul, assinalou um pênalti aos 18 minutos do segundo tempo, inexistente, quando o jogador Vitor por baixo, tirou uma bola de Sidcley, sem atingir o jogador do Paraná, mesmo assim o árbitro assinalou o pênalti, com protesto dos tricolores. Na cobrança do jogador Rosseto, Júlio César saiu bem do gol, e evitou a vitória do time Atleticano.