Blog de Airton Sousa – Notícias da Copa América

                  190619

Tivemos até agora oito jogos válidos pela Copa América 2019, o nível das partidas é de uma avaliação apenas razoável, mesma avaliação podemos fazer com relação a presença do público, com exceção de alguns jogos, o que podemos dizer até certo ponto decepcionantes, sem ainda ter motivado o torcedor para ir aos Estádios.

Algumas poucas surpresas nos resultados, e no futebol de algumas seleções inclusive a seleção brasileira. Porém, como estamos apenas no início da competição, o bom senso manda que aguardemos mais um pouco, para tirarmos uma conclusão a respeito da competição, das seleções participantes e a própria avaliação de  presença dos torcedores.

Falando da Seleção Brasileira, até agora apresentou um futebol pífio, sem agradar a torcida e deixando muitas interrogações com a relação ao futuro da seleção na própria competição. Vencemos a primeira partida contra a fraca Bolívia pelo placar de 3 x 0, com um futebol muito pequeno para a tradição do futebol brasileiro.

Esperava-se contra a Seleção da Venezuela, que não tem nenhuma tradição no mundo do futebol, um  time brasileiro arrasador, envolvente e massacrante diante do adversário onde o futebol é a quarta opção dos venezuelanos. E aí ficou um medíocre empate de zero a zero, e a pergunta: Para onde vai o futebol brasileiro na Copa América e no futuro?

Confira os resultados acontecidos até agora, nos três grupos: A- ) Brasil 3 x 0 Bolívia, Venezuela 0 x 0 Peru, Brasil 0 x 0 Venezuela, Bolívia 1 x Peru 3(1ª e 2ª. Rodadas).  B-) Argentina 0 x 2 Colômbia, Paraguai 2 x 2 Catar (1ª. Rodada).  C-) Uruguai 4 x 0 Equador, Japão 0 x 4 Chile (1ª. Rodada).

Blog de Airton Sousa: Sul-Americana termina e sábado tem decisão do mundial de clubes

Bola-de-futebol-Getty-Images

Acabou para o Flamengo a chance de conquistar o título da Copa Sul-Americana. No primeiro jogo houve a vitória do time argentino pelo placar de 2 x 1, e na  noite dessa quarta-feira (13) com o Maracanã lotado, o empate de 1 x 1 favoreceu ao Independiente, que acabou conquistando a competição. Não é por menos que o time é considerado o Rei das Copas.

Foi um jogo eletrizante, disputado a cada lance com uma forte marcação do Independiente sobre o Flamengo, que esbarrou nas bolas perdidas do meio de campo e as jogadas de velocidade do adversário. O time Brasileiro saiu na frente do placar, porém dava para sentir que não estava longe o gol de empate.

E o gol de empate aconteceu através de uma corança de pênalti. A partir do empate houve uma evolução ainda maior do Independiente que ameaçou várias vezes o gol do time carioca. No final do jogo, a comemoração foi do Independiente cujo resultado tirou o Atlético Mineiro da Libertadores e por tabela o Sport de entrar na Sul-Americana de 2018.

Por outro lado, depois de conseguirem a classificação para a decisão do Mundial de Clubes, Real  Madrid e Grêmio decidem neste sábado à tarde (16), o título. São escolas diferentes, bem como estilos diferentes. De um lado um time de craques inclusive Cristiano Ronaldo entre outros, do outro lado um time de um futebol  forte,aéreo e que demonstrou muita determinação, para atingir o mérito e chegar a decisão.

Será um jogo em que a principio o Real Madrid é favorito pela qualidade individual, no entanto o time gaúcho também tem o seu lado forte em campo, contando com a garra, a forte marcação e o atrevimento do técnico Renato Gaúcho. Só resta torcer que dê Brasil na decisão, porém, se não acontecer o futebol Brasileiro teve ao longo desse ano, uma forte reação Internacional, inclusive com o próprio Grêmio.

Blog de Airton Sousa: Flamengo se garante na final da Sul-Americana

20161004174430_684

Dá a impressão pelo desenrolar dos resultados, que esse final de ano servirá para  melhorar a imagem do Futebol Brasileiro. A Seleção de Tite já deu o seu ponta pé, classificando com antecipação e deixando a esperança de uma grande Copa em 2018. De repente o Grêmio conquista o Tri-Campeonato da Libertadores, e na quinta-feira (30) é a vez do Flamengo garantir a vaga na decisão da Sul-Americana.

Um jogo contra o Junior de Barranquilla que perdeu a primeira partida por 2 x 1, de repente 1 x 0 dava a classificação ao time Colombiano. O primeiro tempo o time Brasileiro sofreu pressão o tempo todo, no entanto a presença de Juan e Rodolfo, garantiram o placar de 0 x 0, contando com a participação do  goleiro César, que também fez grandes defesas.

No segundo tempo, não poderia ser diferente. O Junior partiu para cima, pressão total e aos três minutos Juan comete um pênalti, não marcado pelo árbitro. Muitas reclamações e aos 7 minutos, Felipe Vizeu monta um contra-ataque, avança e marca o primeiro gol do jogo, deixando o time Brasileiro com folga para a classificação.

O Junior Barranquilla não se entregou, passou a jogar no campo do Flamengo e exigiu muito mais dos jogadores de defesa do rubro-negro Carioca. Muitas bolas cruzadas, um futebol aéreo improdutivo e o desespero aumentando a cada gol perdido. Para completar, aos 43 minutos, William Arão comete um pênalti em Barrera e o árbitro marca.

Na cobrança o jogador Tiará chuta e César fecha a sua participação defendendo. Em seguida, aos 46 minutos, outra vez Felipe Vizeu aproveita um cruzamento da direita, se antecipa ao zagueiro e joga contra as redes do adversário fazendo o segundo gol, e dando a classificação para a final ao time do Flamengo.

O primeiro jogo será no dia (06), contra o Independiente da Argentina e a segunda partida no Maracanã no dia 13\12. Uma semana realmente para o Brasileiro não esquecer, provocando o otimismo para dizer que o nosso futebol começa a ter de novo a liderança no Continente Sul-Americano, que havíamos perdido  alguns anos atrás.

Blog de Airton Sousa: Sport dá adeus a Sul-Americana

                                    junior

O Sport Clube do Recife deu adeus a Copa Sul-Americana na noite dessa quinta-feira (2), quando empatou com o Junior Barranquilla em 0 x 0. É bom lembrar que a desclassificação teve o seu início no primeiro jogo, quando o time Leonino perdeu pelo placar de 2 x 0, e tomou um baile do  time Colombiano.

Ficava claro pelo    escalação, e pelos titulares que ficaram em Recife, que os mesmos fariam falta, porque se o time completo já não é essas coisas, imaginem com três ou quatro titulares ausentes. O resultado foi um fiasco no primeiro e no segundo tempo do jogo de ontem, com o  time apenas se defendendo.

Jogadores como Mena, Sander, Thomás, Rogério e Juninho estiveram simplesmente decepcionantes, não justificando em momento algum a escalação, sem se falar o esquema extremamente defensivo, aplicado pelo técnico Daniel Paulista, fruto quem sabe da limitação que o treinador conhece da sua equipe.

Por outro lado, o Junior Barranquilla jogou o tempo todo com o regulamento em baixo do braço, indo poucas vezes ao ataque, ao contrário do que aconteceu no primeiro jogo, em Recife. A rigor o Sport teve uma chance no primeiro tempo, com Patrick aos 25 minutos , muito pouco pela necessidade de uma vitória, com diferença de dois gols.

No segundo tempo, o Junior Barranquilla acelerou mais o jogo, aproveitou o recuo do Sport e ameaçou várias vezes. Aos oito minutos com Chará, aos 15 minutos com Viera e ainda com Cantillo e Diaz. Demonstrando com isso, que o Sport dava espaço para o adversário jogar, e esse ocupava os espaços no seu campo e tudo indicava que se acontecesse uma vitória, seria do dono da casa.

Final de jogo, o placar de 0 x 0 favoreceu ao time adversário, diante da vantagem obtida na primeira partida. O Sport  já está no Brasil, e agora prepara-se para o compromisso importante contra a Chapecoense em Santa Catarina, onde só a vitória interessa pela posição do time no Brasileiro, décima quinta posição com 35 pontos, mesma pontuação da Ponte Preta, que abre a  zona de rebaixamento, na décima sétima posição.

Blog de Airton Sousa: Sport joga mal porém se classifica

 arsenal de srandi

Todos esperavam na noite dessa quinta-feira (27), que o Sport Clube do Recife fizesse uma boa apresentação, fazendo  valer a sua superioridade técnica. Porém, o que nós vimos foi um time fragilizado, sem vontade e dominado principalmente no primeiro tempo pelo fraco time do Arsenal.

Com o adversário pressionando, sem que a defesa e meio de campo do Sport, demonstrassem nenhuma qualidade, perdemos por 1 x 0 na primeira etapa de competição. Na volta nada mudou no time Leonino e logo tomou o segundo gol, com falha de marcação do meio de campo e da zaga Pernambucana.

Ainda bem, que as entradas de Rogério e Tomás , fizeram com que o time acordasse, e com um gol de André,  o rubro-negro escapasse, e  conseguisse a classificação para a próxima fase, onde irá enfrentar a Ponte Preta, sendo o primeiro jogo em Recife e o segundo jogo na cidade de Campinas.

Após a partida,  o Presidente abriu o verbo, demonstrando decepção pelo que o time fez.Em seguida foi a vez do técnico Wanderley Luxemburgo , que não economizou palavras para criticar a postura medíocre do grupo, inclusive citando o jogo do Vitória pelo Brasileiro, onde falou que somente naquela partida, o grupo tinha tido um comportamento tão decepcionante. O rubro-negro volta para casa, e domingo a tarde enfrenta ao time do Bahia, em Salvador.

Blog de Airton Sousa: Sport favorito no jogo de volta pela Sul-Americana

Tivemos na noite desta quinta-feira(06), uma vitória extremamente importante do Sport Clube do Recife, sobre o Danúbio do Uruguai. A diferença de 3 gols, a favor do time leonino, para o jogo de volta no dia 11 de maio, foi fundamental.

Após assumir o comando do grupo, o técnico Ney Franco demonstrou durante o jogo, o seu estilo ofensivo de atuar. Foi assim contra o Campinense, jogando baseado em três atacantes. E contra o Danúbio do Uruguai, o time adotou o mesmo esquema ofensivo, prendendo o adversário no campo defensivo.

O Sport iniciou o jogo marcando com Rithely e em seguida com Diego Sousa, fechando o placar parcial de 2 x 0. Na segunda etapa, o time pernambucano, não baixou a guarda, e com uma cobrança de falta com maestria, através do jovem Fabrício, marcou o terceiro gol, fazendo a torcida explodir de emoção.

Agora, é trabalhar com mais calma o jogo do dia 11 de maio, em Montevidéo, onde a vantagem de gols, é o fator preponderante a favor do time rubro-negro. Foi o maior placar neste início de competição. É bom lembrar os diversos jogos que o Sport tem no momento, participando de quatro competições: Campeonato Estadual, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana.

Não tem saída, é montar dois times, equivalentes na qualidade técnica, para poder suportar o peso de tantos jogos. Porém, é necessário dá uma ajustada no calendário, porque mesmo precisando faturar, se faz justo que haja um alinhamento no calendário. Não é apenas pelo faturamento e sim a construção e perspectiva de evolução técnica do grupo.