Blog de Airton Sousa: Santa Cruz mais perto do rebaixamento

                                                    Santa Cruz

Não precisa ser exigente, nem apaixonado demais, para perceber a real situação do Santa Cruz, no Campeonato Brasileiro da série-B. Um time que não consegue vencer no Arruda, mesmo jogando com cinco atacantes, como foi o caso do jogo desse sábado (28), contra o time do Luverdense. É bem verdade que o time de Lucas do Rio Verde, é um adversário com uma certa qualidade, porém os erros cometidos pelo tricolor, principalmente na transição, são  injustificáveis.

Apenas luta, e isso não faltou ao time de Marteloti, o que não resolve. O time tem que ter qualidade no passe, acertar mais finalizações e o meio de campo dá mais qualidade as jogadas individuais. É lamentável, o torcedor tricolor saiu do Arruda mais uma vez decepcionado e com o prognostico claro de que o rebaixamento está mais perto do que se imagina, principalmente porque o próximo adversário é o desesperado Náutico, já rebaixado no Campeonato.

Quanto ao jogo desse sábado (28), um primeiro tempo em que o meio de campo do Luverdense teve um excelente comportamento, com os jogadores Moacir, Marcos Antonio e Ricardo, com um bom trabalho de distribuição de bolas, aproveitando a habilidade de Alfredo e Rafael, respectivamente. Quatro chances de gol para o Luverdense: Aderlan aos 14 minutos, Marcos Aurélio aos 27 minutos, Alfredo aos 34 minutos e novamente Alfredo aos 41 minutos. Contra uma chance real do Santa Cruz, com o jogador Bruno Paulo aos 35 minutos.

No segundo tempo, com o placar de 0 x 0, o tricolor pernambucano voltou com Bruno Silva improvisado na lateral esquerda no lugar de Tiago Costa. O Luverdense já começou ameaçando com Rafael, aos 3 minutos. No entanto é do Santa Cruz, uma sequência de  jogadas ofensivas: Ricardo Bueno aos 5, 7 e 10 minutos, dando a entender que o tricolor estaria com mais disposição ofensiva.

Porém, o grande problema do Santa Cruz continua sendo qualidade, porque o time lutou, correu, brigou, no entanto esbarrava na falta de perfeição das jogadas. Moacir desperdiçou uma chance para o Luverdense, e aos 18 minutos entram respectivamente Cléo e André Luiz. Até que o tricolor evoluiu, aos 19 minutos na cobrança de falta Anderson Sales coloca uma bola na trave.

Os dois time estavam mais soltos em campo, aos 24 minutos Cléo chuta por  cima, aos 30 minutos é a vez de Léo Cereja, enquanto que Ricardo Bueno jogando como atacante chuta com perigo para o gol de Diogo Silva. O jogo continuava corrido, porém sem qualidade, e aos 32 minutos Ricardo Bueno chuta com perigo para o gol do Luverdense. Tivemos ainda duas oportunidades de gol, aos 39 minutos Cléo Cereja, e aos 47 minutos  Ricardo Bueno coloca uma  bola na trave.

Finalmente tivemos o placar de 0 x 0, depois dos atacantes desperdiçarem várias oportunidades no jogo. O empate favoreceu ao Luverdense com 36 pontos na décima sétima posição, e joga em Natal contra o ABC. Quanto ao Santa Cruz, o empate foi um resultado desastroso pela posição do time na tabela, que volta a jogar sábado (4), contra o Náutico. Observa-se que começam a ser remotas as possibilidades de manutenção do time na série-B, e o pior para Pernambuco, possivelmente duas equipes rebaixadas para a série-C em 2018.

Blog de Airton Sousa: Roberto Fernandes estreia vencendo

erick

Na noite dessa sexta-feira (04),  O Náutico Venceu ao Luverdense na Arena de Pernambuco, pelo placar de 1 x 0. O jogo marcou a estreia do técnico Roberto Fernandes, sendo a primeira vitória do time Pernambucano. Mesmo com a vitória, o time timbu permanece na lanterna e fecha o primeiro turno com 14 pontos.

O primeiro tempo, foi um jogo fraco tecnicamente, com as duas equipes jogando mais na marcação do que no campo ofensivo, porém apesar de tudo o empate ainda seria um resultado negativo para o Náutico, em razão da deficiência de pontos que o time se encontra, daí a expectativa do que seria o segundo tempo.

No segundo tempo, os comandados do técnico Roberto Fernandes voltaram com algumas correções, e passaram a apertar o time do Mato Grosso. Aos 18 minutos, o árbitro marcou um pênalti duvidoso para o alvi-rubro, voltou atrás porém, depois confirmou a marcação do pênalti.

Erick cobrou com qualidade, colocou o Náutico na vantagem e a Luverdense, logo após o gol tentou empatar, se abriu no jogo, porém a defensiva timbu evitou que o empate acontecesse. A vitória trouxe para o alvi-rubo um clima de otimismo, mesmo com a saída inesperada do goleiro Tiago Cardoso, que anunciou está deixando  o time, pegando todos de surpresa. O próximo jogo, abrindo o segundo turno será contra o América, em Minas Gerais

Blog de Airton Sousa: Última rodada do primeiro turno neste fim de semana

 

roberto fernandes

Teremos a última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro das séries A e B neste final de semana.  O Náutico joga nesta sexta-feira (04), na Arena de Pernambuco contra o time da Luverdense. Este jogo marca a estreia do técnico Roberto Fernandes, e coincidência ou não, na véspera do jogo contra o Vila Nova em Goiás, a diretoria fechava contrato com o treinador, e o Náutico venceu depois de muito tempo.

Muita expectativa para o jogo contra a Luverdense, em razão de que o treinador faz a sua estreia, e teve três dias para começar o seu trabalho junto ao grupo. Todos sabem a situação do time timbu, e o treinador veio coinsciente da atual realidade do clube. É a quarta vez que Roberto Fernandes passa pelo Náutico, e só resta esperar a resposta no jogo contra a Luverdense.

O Santa Cruz que está descendo a ladeira, tem um compromisso difícil contra um dos melhores times da série B, o Juventude neste sabado (5) a tarde . O jogo é na cidade de Caxias, e isso é mais um motivo de preocupação, além dos problemas técnicos e financeiros que o tricolor está sofrendo. O time está na décima quinta colocação, três pontos da zona de rebaixamento. É preciso que a recuperação aconteça, caso contrário a situação irá complicar mais ainda.

Por sua vez, o Sport que decepcionou a sua torcida, no jogo de quarta-feira contra o Palmeiras, tem um compromisso difícil em São Paulo, contra o líder Corinthians. Um jogo considerado complicado, onde o clube pernambucano vem de um empate na Ilha do Retiro contra o Palmeiras, deixando a torcida em alerta. Vê qual será o comportamento do grupo neste sábado (05), e de que maneira o técnico Wanderdey  Luxemburgo, montará a sua equipe.

Enquanto isso, o Salgueiro que vem de uma derrota no Ceará, joga no sertão pernambucano, contra o Botafogo da Paraíba. Importante lembrar que o time Salgueirense se recuperou, após o termino do Campeonato Pernambucano. Vencendo, o Salgueiro poderá está de volta ao G-4, e irá continuar sonhando com a série B.

Blog de Airton Sousa: Náutico sai do G4

Foi quebrada nessa sexta-feira(21), a invencibilidade do Náutico sob o comando do técnico Givanildo Oliveira, onde o time vinha de dois empates e seis vitórias. Uma maratona de jogos,  mesmo sem jogar bem contra alguns adversários, o resultado positivo acontecia, graças a determinação de alguns jogadores, entre eles, Marco Antonio, Rony e Vinícius. Na partida contra a Luverdense, as ausências de Júlio César, Rony e Vinícius, influenciaram muito, inclusive no rendimento do jogador Marco Antonio, que terminou sendo substituído no segundo tempo de jogo. O time pernambucano, encontrou muitas dificuldades, também pela aplicação do  adversário.

O time de Givanildo Oliveira abriu o placar através de um pênalti, cobrado por Bergson, aos 10 minutos do primeiro tempo, terminando com o placar parcial de 1 x 0, a favor do alvi rubro, apesar de não estar jogando bem, em todos os setores. No segundo tempo, a pressão da Luverdense aumentou mais ainda, e aos 9 minutos, através do jogador Alfredo, o empate acontecia, coincidência também, na cobrança de um pênalti. A partir daí, o time da Luverdense, passou a predominar e logo se percebia que o segundo gol, não demoraria a acontecer, pelo desespero do time alvi rubro. Sem render um bom futebol, Marco Antonio é substituído, e nem assim, o time de Givanildo, melhorava a produção. Com a supremacia da Luverdense, não demorou muito e aos 37 minutos, saía o gol da vitória, também através  do jogador Alfredo, quebrada assim, uma invencibilidade de 8 jogos.

Para o próximo compromisso, o Náutico tem os retornos de Julio César, Rony e Vinícius, onde espera-se que o time volte a praticar um bom futebol, mesmo contra o líder da série B. A derrota trouxe algumas consequências para o time timbu:  saída do G4 e a obrigação de vencer ao Atlético de Goiás, na Arena de Pernambuco. No mínimo empatar contra o  C R B,  no Rei Pelé, além de outras dificuldades que o time terá pela frente. Lembrando da importância de não tomar distância do G 4. Sabemos que invencibilidade, não é para sempre, porém a derrota e a maneira como o time jogou, causa preocupação.