Paudalho-PE: Policia Civil fez prisão temporária de investigados de latrocínio de um Policial Militar da Rocam

Em uma ação integrada a Polícia Civil e a Polícia Militar de Pernambuco, deram uma resolução rápida, eficaz e eficiente ao crime de latrocínio, ocorrido na sexta-feira (1º), por volta das 22h, na BR 408, Km 72, em Paudalho, tendo como vítima o Sd PMPE Plínio Paulo Nunes da Silva, que foi morto a tiros e teve sua motocicleta roubada.

Na ocasião foi preso em flagrante, pela polícia militar, no município de Araçoiaba – PE, o indivíduo Gregório Lourenço da Silva, o “Cabeleira”, de 29 anos. Com ele estava a motocicleta roubada e a arma de fogo com cartuchos deflagrados. No entanto, pelo fato de, naquele momento, a motocicleta não estar constando no sistema como roubada, Gregório foi autuado em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo e, em seguida, recolhido ao COTEL.

A polícia civil, prosseguindo com as diligências, conseguiu identificar o outro indivíduo Alex da Silva Neves, o “Alex”, com 19 anos, porém o acusado não foi preso e ainda se encontra em local incerto e não sabido. O delegado Marcos Roberto, responsável pelas investigações, representou pela prisão temporária dos dois acusados, para evitar que o Gregório seja posto em liberdade provisória e ainda possibilitar que o Alex seja preso.

Os dois acusados respondem pela pena, tendo a Justiça Pública deferido a representação pelo prazo de 30 dias, findo qual o referido inquérito será concluído e devidamente remetido à Justiça Pública da Comarca de Paudalho – PE.

unnamed
unnamed (1)
TV Replay, informações é aqui!

Palmares-PE: Mototaxista foi assassinado a caminho da igreja

Um homem foi morto a tiros enquanto se deslocava para uma igreja evangélica na noite deste domingo (11), em Palmares, Mata Sul do Estado. Lioberto José da Silva, de 52 anos, foi atingido por disparos de arma de fogo no Bairro Santo Onofre, precisamente nas proximidades do Centro Social Urbano da cidade e não resistiu.

De acordo com informações iniciais, o possível executor teria deixado o local em um veículo. “Nino Mototaxista”, como também era conhecido, sofreu uma tentativa de homicídio no final do ano passado. A Polícia investiga a ligação entre os dois casos. Ele era proprietário de uma loja de móveis usados e também alugava muitas motos e segundo informações emprestava dinheiro a juros. O corpo do mototaxista foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), em Caruaru, no Agreste.

IMG-20140511-WA0004

TV Replay, informações é aqui!

Cupira-PE: Policia Civil prende acusado de homicídio

O crime de morte aconteceu por volta de meia noite de 30 minutos desta segunda-feira (21), no bairro Cohab, em Cupira. A vítima, o mecânico José Milton Vicente, vulgo “João Cara Larga” ou “Fernando Mecânico” que tinha 53 anos e foi morto a tiros dentro do seu veículo, um Fiat Uno placa KHF-1220. A vítima guiava o seu carro a após ter sido atingido com disparos de arma de fogo na cabeça, perdeu o controle da direção e bateu em um pilar de madeira. Ele era foragido do sistema prisional e era acusado de matar a ex-cunhada, o esposo dela e de tentar matar a ex-companheira, há 17 anos em Bezerros, por isso passou 16 anos preso.

Os agentes André e Marcos da Delegacia de Cupira, conseguiram localizar e prender em Caruaru o acusado do crime, Josimar Francisco da Silva, vulgo “Pato”. O motivo do crime, seria uma rixa entre o acusado e a vítima, pois “João Cara Larga” vivia maritalmente com a irmã do Josimar e como era muito violento constantemente agredia a esposa e ontem o acusado soube que a irmã mais uma vez foi espancada e se juntou com mais três comparsas não identificados e foram até Cupira e mataram a vítima que já havia prometido matar a sua irmã. Os policiais descobriram a autoria do crime pelo fato da vítima está com roupas dentro do carro e isso despertou os policiais que encontraram a esposa da vítima com o seu irmão “Pato” e deduziram a dinâmica do crime.

O delegado Dr. Eduardo Sunaga, que estava de plantão na delegacia de Cupira, autuou o acusado em flagrante e o encaminhou ao presídio de Caruaru.

A vítima adotou o nome de Fernando Mecânico para despistar a polícia

A vítima adotou o nome de Fernando Mecânico para despistar a polícia

1

4

 

"Rato" negou a autoria do crime

“Rato” negou a autoria do crime

Delegado Dr. Eduardo Sunaga

Delegado Dr. Eduardo Sunaga

TV Replay, informações é aqui!