Caruaru-PE: SINDECC e SINDLOJA fecham acordo

Ontem a noite, na sede do Ministério do Trabalho em Caruaru, o SINDECC e o SINDLOJA encerraram as negociações salariais que se arrastavam desde o mês de dezembro de 2013.

Em reunião bastante demorada, mas proveitosa, as partes chegaram a um acordo  e definiram as questões salariais para os empregados no comércio varejista, e estabeleceram as seguintes condições:

1 -  Que a partir de 1º de janeiro de 2014, os empregados que recebem remuneração superior ao piso, terão um  reajuste no percentual de 7,5% ( sete vírgula cinco porcento ), aplicados sobre o salário de dezembro de 2013;

2 – Referente ao piso salarial, ficou definido o seguinte:

a ) Para os empregados nas empresas sob o regime do MEI – Micro Empresário Individual, o piso é de R$ 730,00
b ) Para os empregados nas empresas sob o regime de ME ( Micro Empresas  ou EPP   ( Empresa de Pequeno Porte ) cadastrada no Simples Nacional, o piso é de R$ 780,00.
c -  Para os empregados nas empresas dos demais regimes, o piso é R$ de 785,00.

3 – Referente a ajuda de custo para a jornada nos domingos e feriados, o valor é de R$ 30,00

Melhores informações, favor ligar para 9937.6674 ou 3721.2894

Com relação as empresas do comércio atacadista, as negociações só serão retomadas depois do dia 10 de março.

unnamed

1

TV  Replay, o que é bom se repete!

São Caetano-PE: Policiais Civis e Militares prendem acusado de espancamento

Policiais da equipe de operações Malhas da Lei, prenderam Jefferson José dos Santos, de 18 anos. Ele é acusado de no mês de dezembro do ano de 2013, depois de articular com seu parceiro Fabrício, decidiu roubar uma quantia de dinheiro que estava com um casal de idosos em uma fazenda às margens da BR 423. Ao chegarem ao local não encontraram o dinheiro e Fabrício, passou a espancar o casal que veio a sofrer várias lesões por todo o corpo enquanto Jeferson distraia os cães da casa.
Depois de iniciadas as investigações a polícia civil da cidade conseguiu chegar à autoria do crime, tendo o delegado Dr. Luiz Bernardo Moraes, indiciado os dois acusados e representado pela prisão dos mesmos, o que foi acatado pelo juiz da comarca local e os policiais civis José de Assís, e o delegado Luís Bernardo, juntamente com a equipe Malhas da Lei da 15ª DESEC, cumpriram o mandado de prisão expedido em desfavor de Jeferson José dos Santos, o qual voltou para a cidade de São Caetano depois de ter se evadido da mesma a fim de aproveitar a festa de reis.
O acusado foi recolhido ao presídio Desembargador Augusto Duque em Pesqueira.
11
TV Replay, o que é bom se repete!