Agrestina-PE: Justiça Eleitoral cassa mandatos de prefeito e vice-prefeito

1

A Justiça Eleitoral de Agrestina cassou no início da tarde desta sexta (30) os diplomas do prefeito Thiago Nunes (PDT) e do vice Josué Mendes (PTB), sob acusações de abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio. A decisão foi em consonância com o parecer do Ministério Público do município, que pedia a cassação dos líderes executivos.

O prefeito e o vice foram cassados na ação de investigação eleitoral que teve como objeto a realização do aniversário de Thiago Nunes, em período vedado pela justiça eleitoral, durante 2012.

O Juiz considerou que o convite à população, apresentação de bandas de forró, distribuição de comida e o pronunciamento do então candidato, admite a realização de um showmício, onde Thiago Nunes teria dito que haveria mais comícios.

Fonte: Blog do Mário Flávio