Blog de Airton Sousa: Libertadores fica com o Atlético Nacional

Com o estádio Atanasio Girardot lotado, diante de 45 mil torcedores, o Atlético Nacional venceu ao Independiente del Valle, pelo placar de 1 x 0. A estrela do jogo foi o atacante Borja, que marcou o gol da vitória aos oito minutos do primeiro tempo. O mesmo Borja que havia marcado dois, dos quatro  contra o São Paulo, nas semifinais. O time Colombiano  conquistou em 1989, pela primeira vez, a Libertadores da América, e com a conquista desta quarta-feira(27/07), conquistou o segundo título sul americano.

Foi um jogo bastante disputado, onde o time do Independiente del Valle valorizou a conquista do Atlético Nacional. Agora, os colombianos irão preparar-se para enfrentar o Real Madrid, campeão da Liga dos Campeões,  para decidirem o Mundial de Clubes,  no final desse ano. Será uma disputa onde o time espanhol, pelo elenco milionário que tem, leva inúmeras vantagens. No entanto, para o time do Atlético, a conquista pela segunda vez da Libertadores, é um marco inesquecível na sua história.

Blog de Airton Sousa: Times sem tradição decidem Libertadores

Há quanto tempo os grandes do Brasil e da Argentina não chegam a  reta final da Libertadores. É muito fácil de explicar, e mais fácil ainda de entender. Esses dois países que no passado mandavam no continente sul-americano, hoje acompanham com lamentação, a ausência das  principais forças, em razão de que acabou a criatividade, a revelação de talentos e a manutenção dos grandes nomes. A inconstância, os altos salários e o fato de que logo que o jovem atleta desponta, é mandado para o exterior. Lá ele cresce técnica, física e financeiramente, o que se vê então, é a decadência dos Brasileiros e dos Argentinos. Tem solução? Não sei, porque prevalece o empresário, os grandes clubes e o interesse maior pelos dólares, euros e agora também o yua/ chinesa.

Em meio a tudo isso nessa quarta-feira(27/07), na Colômbia, aontecerá a decisão da Libertadores 2016. Na primeira partida no Equador, aconteceu o empate de 1 x 1, beneficiando a rigor, o time do Atlético Nacional da Colômbia. Hoje pelo fato de ter empatado a primeira partida nos seus domínios, o Independiente del Valle vai ter que superar as adversidades e vender o jogo. Daí o time Colombiano entrar em campo com vários pontos ao seu favor. No entanto, com qualquer dos dois times que ficar o título, a razão maior é, inquestionavelmente, a conquista da Libertadores e, no final do ano, decidir o título mundial. Acreditamos, principalmente com relação ao futebol do Equador, que essa evolução não é à toa, porque a seleção líder dos jogos eliminatórios da copa, é exatamente a seleção equatoriana. Dessa maneira, os dois principais países do continente sul-americano, tradicionais no futebol, estarão nessa noite de quarta feira, vendo, de forma bem reflexiva as suas atuações, e com uma “boa inveja”, estarem duas equipes sem tradição, decidindo a Copa Libertadores da América, com muita capacidade.