Blog de Airton Sousa: Sport se rende ao River

Talvez a falta de respeito e o espírito de superioridade, tenham feito com que o Sport não conseguisse, na Ilha do Retiro, vencer ao mediano time do River do Piauí. Com todas as suas estrelas, com a estréia de André, a partir dos 5 minutos do segundo tempo, com a participação e o incentivo do torcedor, nada disso foi suficiente para o rubro-negro somar três pontos. 2 x 2 foi o placar, deixando o torcedor rubro-negro apreensivo, com o rendimento ofensivo do time. Daniel Paulista vai ter que rever os posicionamentos a partir de agora, tanto de Diego Sousa como de André, porque no jogo contra o River, esses jogadores tiveram mal posicionados.

Bolas altas, muita distância entre os jogadores, Diego Sousa fazendo de conta que estava em campo, e  a aplicação colocada pelo técnico Waldemar Lemos, que fechou muito bem o seu time, sendo objetivo na finalização e com apenas duas chances no jogo, marcou os dois gols, entendendo-se que o técnico do River se preparou taticamente para o jogo, pegando Daniel Paulista desprevenido e sem poder reagir taticamente.

O técnico Daniel Paulista tem urgentemente, que encontrar um outro jogador para o Mansur. O atleta Caio, da base, e que teve um grande destaque na Copinha em São Paulo, pode quem sabe, aparecer no time, assim como aconteceu com o ex jogador leonino Renê. O que não pode acontecer é insistir com Mansur, facilitando em todos os jogos o caminho para os adversários, e não só isso, Samuel Xavier também não vem correspondendo, o que é uma preocupação a mais.

Para quarta-feira(15), pelo Hexagonal do Título, o técnico Daniel Paulista, já anunciou o time opcional para enfrentar ao Belo Jardim. O que vai acontecer sinceramente, não sabemos. Já para no  clássico do final de semana, contra o Santa Cruz, o técnico pode escalar o time principal, porque trata-se de  um rival direto pelo título do Pernambucano 2017.

Blog de Airton Sousa: Pernambuco na Copa do Nordeste

Sport, Santa Cruz e Náutico, entram em campo neste sábado(11), e domingo(12), pela Copa do Nordeste. No sábado à noite o rubro-negro enfrenta ao River do Piauí na Ilha do Retiro, valendo a liderança do grupo, em razão de que os dois times estão com 100% de aproveitamento, ou seja, duas vitórias. O Sport tem tudo para somar três pontos, porque além de jogar em casa, com o apoio da torcida, tecnicamente tem um time superior ao adversário. Caso aconteça a vitória, o rubro negro praticamente garante a vaga na próxima fase, em razão de que os dois próximos jogos, são com adversários teoricamente inferiores, que são o Juazeirense, cujo jogo será na Ilha do Retiro, e o Sampaio Correia, no Estádio Castelão, em São Luiz.

Por outro lado, o Santa Cruz tem 4 pontos na competição, fruto de um empate em Campina Grande contra o Campinense, e uma vitória no Arruda contra o Náutico. O adversário deste domingo(12), do time tricolor é o Uniclinic do Ceará, considerado o adversário mais fraco do grupo, que inclusive na estréia, perdeu na Arena Pernambuco, pelo placar de 4 x 0. O Santa Cruz começa tomar corpo no Campeonato Pernambuco, que também incentivará o time e a tendência é a soma de 3 pontos contra o time Cearense.

Finalmente o Náutico vai até a Rainha da Borborema para enfrentar ao time do Campinense, que na estréia empatou no Estádio Amigão, contra o Santa Cruz. A raposa possui um bom elenco, e tem como retrospecto o título de campeão e vice-campeão, respectivamente, da Copa do Nordeste, sendo dessa maneira um adversário experiente. Por outro lado, o time de Dado Cavalcanti, vem em baixa, ou seja, uma derrota para o Santa Cruz por 1 x 0 pela Copa do Nordeste, e uma derrota para o time do Salgueiro por 2 x 0, pelo Hexagonal do Campeonato Pernambucano. Portanto, um jogo em que o Náutico tem que dar a volta por cima, em todos os sentidos, inclusive livrando a pele do Técnico Dado Cavalcanti de mais um resultado negativo. Fato aliás, se acontecer, pode causar a saída desse treinador.

Blog de Airton Sousa: Santa vence Central de virada

Aumenta a cada rodada, o prejuízo do Central no Hexagonal do Título. Jogando na Arena de Pernambuco, o time alvi-negro voltou a perder. Aliás, no Hexagonal, o time Caruaruense não conseguiu nem chegar a um empate. São derrotas e mais derrotas, tornando cada vez mais crítica a situação da patativa.

No primeiro tempo, o Santa Cruz teve um domínio maior, marcou o primeiro gol aos 16 minutos com Everton Santos e a partir daí o time patativa sentiu ainda mais, com a pressão do time tricolor. No entanto, aos 43 minutos,  Anderson Lessa empata, dando a entender que voltaria diferente no segundo tempo.

No segundo tempo, outra vez, o Central demonstrou cansaço.  Entretanto aproveitou um pênalti cometido pela zaga tricolor, e Altemar, cobrando com maestria, fez 2 x 1.  O time alvi-negro com a virada no jogo, se empenhou e aguentou a pressão tricolor até 40 minutos, quando numa cobrança de falta, Anderson Sales empatou o jogo e o Central voltou a negligenciar com a falta de fôlego de alguns jogadores.

Aos 45 Everton Santos faz o terceiro gol e William Barbio fechou o placar aos 48 minutos, daí o placar de 4 x 2 para o time do Arruda, que assumiu a vice-liderança do Hexagonal, enquanto que o Central sustenta a lanterna, sem somar um ponto se quer. O próximo jogo do Santa Cruz pelo Hexagonal é no dia 19/02, contra o Sport Clube do Recife.  O jogo do Central que seria também no dia 19, passou para a segunda-feira(20), contra o Salgueiro, no sertão de Pernambuco.