Cara a Cara com Edvaldo Magalhães: Diogo Cantarelli responde a vários questionamentos sobre sua candidatura – l Bloco

Neste Programa Cara a Cara, Edvaldo Magalhães, entrevista o candidato a Deputado Estadual por Caruaru, Diogo Cantarelli (PRP), que é graduado em Administração de Empresas, com Pós-Graduação em Gestão Pública, foi agente de crédito do Banco do Povo em Recife, supervisor de crédito do Banco Popular em Olinda, gerente da empresa Tecnodont e diretor da 4ª Ciretran em Caruaru. Foi eleito Vereador aos 24 anos de idade e reeleito para o 2º mandato, além de ter sido candidato a vice-Prefeito de Caruaru, na chapa encabeçada por Mirian Lacerda (PMDB).

Neste 1º bloco, Diogo Cantarelli (PRP), responde as seguintes indagações: por que deixou o PSDB depois de 10 anos no partido e ingressou no PRP? porque agora é candidato a Deputado Estadual?  Quais cidades busca votos? Porque faz dobradinha com Jorge Corte Real (PTB) e não com alguém de Caruaru?

Confira!

Cara a Cara - Diogo Cantarelli

TV Replay, o que é bom se repete!

Irritado com veto de Dilma ao fim da multa do FGTS, Jorge Corte Real chama governo de mentiroso

1

 

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco e deputado federal Jorge Corte Real demonstrou irritação com o veto que a presidente Dilma deu ao fim da multa de 10% no FGTS, decidido pela Câmara dos Deputados, antes de iniciar o recesso dos trabalhos. Como parlamentar, Jorge Corte Real trabalhou nas articulações para derrubar a taxação, imposta pelo governo Federal para ajudar a pagar planos econômicos do passado.

”É um absurdo. Justamente nesta hora em que se precisa muito de investimentos (produtivos) para a retomada do desenvolvimento. A medida é profundamente prejudicial à indústria”, observou.

“Também achei desrespeitoso com o Congresso. Nós achávamos que tínhamos um parceiro, mas com esse veto o governo dá sinais de que não quer criar condições para a retomada do desenvolvimento. É um governo mentiroso, pois se sabe que essa verba é usada para o ajuste fiscal, está sendo usada para ajudar a criar superávit primário desde 2006”, afirmou, contrapondo-se à justificativa oficial, que dá conta de financiamento de projetos sociais.

“Depois de todos esses anos, já foi juntado muito mais do que era suficiente (para pagar a correção de perdas com planos econômicos antigos para os trabalhadores). Essa medida aliviaria o custo do emprego, alto no Brasil. Seria uma forma de ajudar a induzir a geração de empregos”, pontuou.

Jorge Corte Real diz que é cedo para saber, mas acredita que a tendência é de que a medida seja derrubada pelos parlamentares. “É uma questão de coerência”, afirmou.

Fonte: http://jc3.uol.com.br/blogs/blogjamildo/canais/noticias/2013/07/26/irritado_com_veto_de_dilma_ao_fim_da_multa_do_fgts_jorge_corte_real_chama_governo_de_mentiroso_155913.php

Caruaru-PE: São João no Forró da Macambira – Deputado e Presidente da FIEPE, Jorge Côrte Real, prestigia evento de Vice-governador

Confira!

Cachoeirinha-PE: Presidente da FIEPE se dispõe a ampliar serviços do SESI e SENAI na cidade

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!